Margarida Pereira 1
ARTEFACTO DIGITAL 1 – participar numa plataforma colaborativa (Moodle)
ENQUADRAMENTO
O curso de formaç...
Margarida Pereira 2
2. Competência a desenvolver
Pretende-se que cada formando, após este módulo, esteja apto a:
 Compree...
Margarida Pereira 3
O que é EaD? Quais as diferenças entre e-learning e b.learning? Quem já frequentou
um curso via e-lear...
Margarida Pereira 4
Ao longo das sessões, a formadora e os formandos poderão criar entradas no blogue
(inserido na platafo...
Margarida Pereira 5
Página do Módulo 7
Margarida Pereira 6
Webgrafia
www.milaulas.com
https://www.youtube.com/watch?v=uhAbwQPbIys
Bibliografia
Referencial de For...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores

265 visualizações

Publicada em

Competências digitais para professores | Artefacto Digital 1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores

  1. 1. Margarida Pereira 1 ARTEFACTO DIGITAL 1 – participar numa plataforma colaborativa (Moodle) ENQUADRAMENTO O curso de formação pedagógica inicial de formadores é constituído por 9 módulos sendo o módulo 7 sobre as plataformas colaborativas e de aprendizagem, com a duração de 10 horas. O curso é presencial mas este módulo pretende capacitar os futuros formadores de competências digitais a nível da aprendizagem em meio virtual, ou seja, saber utilizar ferramentas de comunicação em e-learning, de forma síncrona e assíncrona. Deste modo, decidi recriar um ambiente b-learning, isto é, em sala de formação, as sessões serão ministradas em várias modalidades: presencial e simulando a experiência do virtual através da participação numa plataforma colaborativa baseada no Moodle. Após várias pesquisas, encontrei um sítio que permite criar um curso numa plataforma tipo Moodle. No Youtube, encontrei um tutorial para criar o curso no Moodle 2.6 e após várias (muitas) tentativas, consegui! Os formandos poderão simular a frequência de um curso via on-line e assim, experienciar e trabalhar as várias ferramentas digitais disponíveis. Futuramente, estarão mais preparados para criarem o seu próprio curso numa plataforma. 1. Conteúdos a explorar: COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR Evolução da Web (da 1.0 à atual); Princípios básicos da Web 2.0; Evolução do ensino a distância (EaD); Princípios básicos sobre e-learning; Pesquisar, selecionar e partilhar informação na Web; Regras “Net-etiqueta”; Comunidade virtual de aprendizagem (blogues, fórum de discussão, plataformas); Aprendizagem Cooperativa e Colaborativa; Funcionalidades de uma plataforma (Moodle); Adaptação dos conteúdos em formato digital (em Pdf, comprimidos – ZIP, apresentações em PowerPoint em formato .pps); Inserção de recursos didáticos em plataformas colaborativas; Ferramentas de comunicação síncronas (chat, videoconferência) e assíncronas (e-mail, blogues, fóruns de discussão); Papel e funções do e-formador.
  2. 2. Margarida Pereira 2 2. Competência a desenvolver Pretende-se que cada formando, após este módulo, esteja apto a:  Compreender as mudanças evolutivas do Ensino a Distância;  Identificar as características e as vantagens do e-learning;  Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação a distância;  Reconhecer a importância do e-formador no processo formativo a distância;  Identificar e aplicar as ferramentas de comunicação Online;  Participar numa Plataforma Colaborativa e de Aprendizagem para suporte de materiais. 3. Objetivos de aprendizagem  Capacidade de pesquisar e selecionar a informação de forma mais eficaz;  Capacidade de utilizar várias ferramentas digitais;  Desenvolver mais autonomia na aprendizagem;  Capacidade de compreender a prática de aprendizagem colaborativa. 4. Ferramentas tecnológicas mobilizadas  Motor de pesquisa e as ferramentas avançadas (Google);  Youtube;  Wikispaces;  Skype;  Plataforma Moodle: fórum de discussão, chat, inserção dos trabalhos de grupo; blogue pessoal e de grupo (ccp.milaulas.com). 5. Como operacionalizar o uso das ferramentas tecnológicas Inicialmente, a formadora irá contextualizar o módulo apresentando os objetivos específicos e questionar através de algumas tempestades de ideias sobre os conceitos:
  3. 3. Margarida Pereira 3 O que é EaD? Quais as diferenças entre e-learning e b.learning? Quem já frequentou um curso via e-learning ou b-learning? Quais as expectativas iniciais e os resultados obtidos? A partir das experiências dos formandos, será apresentada uma breve apresentação em PowerPoint que abordará os conceitos acima referidos, introduzindo a definição de comunidade virtual de aprendizagem, de plataforma colaborativa e mais em particular, do Moodle e das suas funcionalidades e ferramentas. Numa parte mais prática, os formandos irão aceder à plataforma criada pela formadora (ccp.milaulas.com) com os respetivos nome de utilizador e palavra-passe (criados e fornecidos pela formadora). A primeira tarefa será alterar a foto de perfil. A segunda tarefa será responder a uma pergunta para efeitos de inquérito: Já ouviu falar de EaD? A terceira tarefa será participar num fórum de discussão: A partir da sua experiência na formação presencial ou através de e-learning, indique as vantagens e as desvantagens de ambas as modalidades? A quarta tarefa será criar um comentário após a visualização de um vídeo sobre a evolução da Web (1.0 até 3.0). A quinta tarefa será a realização de um trabalho de grupo (distinção entre e-learning, b-learning, m-learning e vantagens e desvantagens; caracterização das funções e das competências do e-formador), a partir de pesquisas na internet. Será relembrado o conjunto de técnicas para melhor pesquisar, selecionar e partilhar a informação. A informação será trabalhada num suporte à escolha (Word, PowerPoint ou outro) e guardada em pdf, para ser inserida na plataforma. A sexta tarefa será a visualização de uma lição (criada na própria plataforma) sobre a definição e caracterização das ferramentas de comunicação síncronas (chat, videoconferência) e assíncronas (e-mail, blogues, fóruns de discussão), havendo no final várias perguntas sobre os conteúdos anteriores, obtendo uma classificação. A sétima tarefa será a realização de uma sessão de chat para esclarecer dúvidas, questionar os formandos sobre os vários conceitos do módulo e fazer uma avaliação informal da formação deste módulo com o objetivo de melhorar a plataforma. A oitava tarefa será a realização de uma videoconferência (Skype) entre os formandos, numa hora a combinar, fora da sala de formação e do horário da formação. A formadora terá uma lista de perguntas / dúvidas para avaliar de forma contínua a progressão dos formandos.
  4. 4. Margarida Pereira 4 Ao longo das sessões, a formadora e os formandos poderão criar entradas no blogue (inserido na plataforma) sobre os conteúdos e/ou dúvidas. No final, a formadora apresentará outras comunidades de aprendizagem virtual (http://www.aprenderlivre.com.br/ e https://www.coursera.org/ ). Página inicial
  5. 5. Margarida Pereira 5 Página do Módulo 7
  6. 6. Margarida Pereira 6 Webgrafia www.milaulas.com https://www.youtube.com/watch?v=uhAbwQPbIys Bibliografia Referencial de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, IEFP, 2ª edição 2013.

×