SlideShare uma empresa Scribd logo
Hanseníase no Brasil
 A hanseníase é uma doença endêmica no Brasil, em
decréscimo contínuo desde 2003
 Existem variações na tendência e magnitude da endemia na
comparação entre regiões e unidades da federação
 Dentre as estratégias adotadas pelo Brasil para eliminar a
hanseníase como problema de saúde pública destacam-se:
 Ampliação da oferta de serviços de diagnóstico e tratamento;
 Implementação de atividades que promovam a interrupção da
cadeia de transmissão, como intensificação da busca ativa de casos
em crianças, entre os contatos dos casos e em áreas de maior
carga da doença.
RS SC SP MG RJ PR RN DF AL AC AP ES SE PB BA AM CE PI GO PE RR MS RO PA TO MA MT
³Coef.Prev. 0,13 0,22 0,32 0,51 0,67 0,70 0,76 0,80 0,84 1,22 1,41 1,44 1,45 1,47 1,50 1,61 1,96 2,65 2,71 2,79 2,89 3,33 3,69 3,76 4,28 5,29 9,03
0,00
1,00
2,00
3,00
4,00
5,00
6,00
7,00
8,00
9,00
10,00
Taxapor10milhab.
BRASIL 1,42
Dados disponíveis em 02/05/2014Fonte:Sinan/SVS-MS
Eliminação como problema de saúde pública = Prevalência de menos de
01 caso/10.000 habitantes
Brasil 2013: 1,42 casos por 10.000 habitantes
Brasil 2014 (dados preliminares)1,56 por 10 mil habitantes
Prevalência da hanseníase - 2013
Análise de aglomerados do
Coeficiente de Detecção médio de
hanseníase no Brasil (2011-2013)
Fonte: WHO, 2014
 Mato Grosso
 Pará
 Maranhão
 Tocantins
 Rondônia
 Goiás
Áreas de maior risco de transmissão
Ano
Total
Casos
Novos
Taxa
detecção/100
mil habitantes
Casos
Novos
< 15
anos
% Casos
Novos
< 15 anos
% de
cura nas
coortes
2003 51.900 29.37 4.181 8,06 69.3
2004 50.565 28.24 4.075 8,06 67.3
2005 49.448 26.86 4.010 8,11 69.2
2006 43.642 23.37 3.444 7,89 85.5
2007 40.126 21.19 3.048 7,60 81.1
2008 39.047 20.59 2.913 7,46 81.3
2009 37.610 19.64 2.669 7,10 82.1
2010 34.894 18.22 2.461 7,05 82.6
2011 33.955 17.65 2.420 7,13 82.7
2012 33.303 17,17 2.246 6,74 85.9
2013 31.044 15,44 2.439 7,86 84.0
2014* 24.612 12,14 1.793 7,23 83,4
Fonte: Sinan/SVS-MS; Tabela elaborada pela
CGHDE/DEVIT/SVS-MS
* Dados Preliminares disponíveis em 07/01/2015
Panorama da doença no Brasil: 2003 a 2013
Decréscimo de 40% no número
de casos novos entre 2003 e
2013
Aumento do percentual de
cura: mais de 80%
7,8% dos novos casos foram em
menores de 15 anos
43.9 45.5
49.7
43.8
49.8
54.7
59.8
57.7 58.9
74.5 75.1
0
10
20
30
40
50
60
70
80
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013
Percentual
Fonte:Sinan/SVS-MS
Percentual de contatos examinados
77,3%
em 2014
(dados preliminares)
Aumento da taxa de exames realizados em contatos próximos do paciente:
fundamental para a quebra da cadeia de transmissão.
Rio Grande do Sul, 72.3
Bahia, 76.3
Rio Grande do Norte, 78.3
Alagoas, 79.6
Pernambuco, 80.2
Para, 80.6
Roraima, 81.3
Piaui, 81.6
Paraiba, 82.2
Maranhao, 82.2
Amapa, 82.5
Mato Grosso, 83.4
Goias, 83.5
Brasil, 84.0
Mato Grosso do Sul, 84.0
Amazonas, 84.6
Santa Catarina, 86.5
Ceara, 87.1
Rio de Janeiro, 87.3
Tocantins, 87.7
Minas Gerais, 88.0
Distrito Federal, 89.2
Rondonia, 90.4
Sergipe, 90.5
Sao Paulo, 91.2
Parana, 91.7
Acre, 94.8
Espirito Santo, 95.3
0.0 10.0 20.0 30.0 40.0 50.0 60.0 70.0 80.0 90.0 100.0 110.0
Fonte:Sinan/SVS-MS
Percentual de cura por UF - 2013
Assistência no SUS
31.568 pacientes em
tratamento em 2014
(dados preliminares)
 Tratamento é garantia de cura
 Oferta de polioquimioterapia
 Exame clínico
 Avaliação neurológica
ESQUEMA MULTIBACILAR
12 meses
ESQUEMA PAUCIBACILAR
6 meses
Objetivo Estratégia
Hanseníase Busca ativa de casos novos Utilização da ficha de
autoimagem
Geo-helmintíases Reduzir a carga parasitária de
Geo-helmintos
Tratamento quimioprofilatico
com Albendazol 400 mg
Tracoma Busca ativa de casos novos Exame ocular externo
 Público-alvo
Estudantes de 5 a 14 anos
 Abrangência:
Escolas públicas de ensino fundamental
municipais e estaduais
Campanha de hanseníase nas escolas
2013
25 estados
852 municípios
2014
27 estados
1.944 municípios
Aumento da adesão de municípios
291
427
2013
2014
Resultados: campanha nas escolas
Cerca de 5 milhões de crianças avaliadas para hanseníase
Ampliação do diagnóstico resultou em mais casos registrados
Outros resultados de 2014
 4.754.092 escolares tratados
para verminoses
 25.173 casos diagnosticados
de tracoma
Escolares: casos novos detectados na campanha 2014
0 20 40 60 80 100 120 140 160
AM
AP
DF
MG
GO
RJ
SE
TO
AL
ES
SP
CE
PI
MA
BA
PE
MT
PA
AM AP DF MG GO RJ SE TO AL ES SP CE PI MA BA PE MT PA
1 1 1 1 3 3 3 3 4 5 7 9 12 33 37 41 44 146
Fonte: FormSUS/DataSUS
Fonte: FormSUS/Datasus
Dados disponíveis em 31/12/2013
Escolares: casos novos diagnosticados em 2014
Perspectivas para 2015
 Detecção precoce e tratamento dos casos diagnosticados;
 Busca ativa: busca “casa a casa” de casos novos de
hanseníase na população geral e em grupos específicos;
 Divulgação de sinais e sintomas;
 Aumento do percentual de realização de exames dos
contatos;
 Aumento do percentual de cura dos casos diagnosticados;
 Redução do coeficiente de detecção de casos novos de
hanseníase em menores de 15 anos;
 Ampliar o número de municípios participantes na
campanha escolar e incluir o público pré-escolar.
Campanha publicitária
 A ação tem como foco o diagnóstico
precoce da doença e a divulgação da oferta
de tratamento no SUS
 Campanha direcionada aos municípios de
maior prevalência da doença –
principalmente no Norte, Nordeste e
Centro-Oeste
 www.saude.gov.br/semhanseniase
“Hanseníase: quanto antes você
descobrir, mais cedo vai se curar”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novoDoencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
bhbiohorrores
 
Leishmaniose visceral
Leishmaniose visceralLeishmaniose visceral
Leishmaniose visceral
HIAGO SANTOS
 
Vigilância em saúde
Vigilância em saúdeVigilância em saúde
Vigilância em saúde
Anderson da Silva
 
HanseníAse Pronto
HanseníAse ProntoHanseníAse Pronto
HanseníAse Pronto
ITPAC PORTO
 
Slide Vigilância Epidemiológica
Slide Vigilância EpidemiológicaSlide Vigilância Epidemiológica
Slide Vigilância Epidemiológica
Ilca Rocha
 
Indicadores de Saúde
Indicadores de SaúdeIndicadores de Saúde
Indicadores de Saúde
Wanderson Oliveira
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz)
 
Leishmaniose
LeishmanioseLeishmaniose
Leishmaniose
Caroline Landim
 
Hanseniase
HanseniaseHanseniase
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUSAula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
Ghiordanno Bruno
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Karla Toledo
 
Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral
Lauriete Damaris Jesus Freitas
 
Epidemiologia das doenças transmissíveis
Epidemiologia das doenças transmissíveisEpidemiologia das doenças transmissíveis
Epidemiologia das doenças transmissíveis
Ricardo Alanís
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
Nome Sobrenome
 
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIAEPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
Ana Carolina Costa
 
Saúde da Mulher
Saúde da MulherSaúde da Mulher
Saúde da Mulher
Neto Pontes
 
Conceitos e ferramentas da Epidemiologia
Conceitos e ferramentas da EpidemiologiaConceitos e ferramentas da Epidemiologia
Conceitos e ferramentas da Epidemiologia
Centro Universitário Ages
 
TERRITORIALIZAÇÃO.pptx
TERRITORIALIZAÇÃO.pptxTERRITORIALIZAÇÃO.pptx
TERRITORIALIZAÇÃO.pptx
ssuser51d27c1
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
resenfe2013
 
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinais
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinaisFisiologia dos distúrbios gastrointestinais
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinais
Lucas Fontes
 

Mais procurados (20)

Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novoDoencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
 
Leishmaniose visceral
Leishmaniose visceralLeishmaniose visceral
Leishmaniose visceral
 
Vigilância em saúde
Vigilância em saúdeVigilância em saúde
Vigilância em saúde
 
HanseníAse Pronto
HanseníAse ProntoHanseníAse Pronto
HanseníAse Pronto
 
Slide Vigilância Epidemiológica
Slide Vigilância EpidemiológicaSlide Vigilância Epidemiológica
Slide Vigilância Epidemiológica
 
Indicadores de Saúde
Indicadores de SaúdeIndicadores de Saúde
Indicadores de Saúde
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC)
 
Leishmaniose
LeishmanioseLeishmaniose
Leishmaniose
 
Hanseniase
HanseniaseHanseniase
Hanseniase
 
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUSAula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
Aula 01 - Sistemas de informação em saúde para gestão do SUS
 
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópiaAula 1 saúde coletiva i   slides aula - cópia
Aula 1 saúde coletiva i slides aula - cópia
 
Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral Leishmaniose tegumentar e visceral
Leishmaniose tegumentar e visceral
 
Epidemiologia das doenças transmissíveis
Epidemiologia das doenças transmissíveisEpidemiologia das doenças transmissíveis
Epidemiologia das doenças transmissíveis
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
 
EPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIAEPIDEMIOLOGIA
EPIDEMIOLOGIA
 
Saúde da Mulher
Saúde da MulherSaúde da Mulher
Saúde da Mulher
 
Conceitos e ferramentas da Epidemiologia
Conceitos e ferramentas da EpidemiologiaConceitos e ferramentas da Epidemiologia
Conceitos e ferramentas da Epidemiologia
 
TERRITORIALIZAÇÃO.pptx
TERRITORIALIZAÇÃO.pptxTERRITORIALIZAÇÃO.pptx
TERRITORIALIZAÇÃO.pptx
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
 
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinais
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinaisFisiologia dos distúrbios gastrointestinais
Fisiologia dos distúrbios gastrointestinais
 

Destaque

Hanseniase slide
Hanseniase   slideHanseniase   slide
Hanseniase slide
danilindalima
 
HanseníAse.Ppt
HanseníAse.PptHanseníAse.Ppt
HanseníAse.Ppt
guest0cc73a
 
Aula de hanseníase
Aula de hanseníaseAula de hanseníase
Aula de hanseníase
Ismael Costa
 
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiasesApresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
andreinaabs
 
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDSHanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
sara moura
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
Rita Jussara
 
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista CarlaSimpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
lascounic
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
Walquiria Dutra
 
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
sara moura
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
wcastrosuporte
 
Guia de hanseniase
Guia de hanseniaseGuia de hanseniase
Guia de hanseniase
gloryal
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
Solange Broggine
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Cláudia Sofia
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Inês Santos
 
Tuberculose Aula
Tuberculose   AulaTuberculose   Aula
Tuberculose Aula
douglas silva
 
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante CíceroSeminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
lascounic
 
Hanseníase laderm
Hanseníase ladermHanseníase laderm
Hanseníase laderm
Vanessa Boeira
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
bubuzinhapj
 
Hanseniase mycobacteruim leprae
Hanseniase   mycobacteruim lepraeHanseniase   mycobacteruim leprae
Hanseniase mycobacteruim leprae
Evando Brito
 
Verminoses
VerminosesVerminoses

Destaque (20)

Hanseniase slide
Hanseniase   slideHanseniase   slide
Hanseniase slide
 
HanseníAse.Ppt
HanseníAse.PptHanseníAse.Ppt
HanseníAse.Ppt
 
Aula de hanseníase
Aula de hanseníaseAula de hanseníase
Aula de hanseníase
 
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiasesApresentacao campanha-de-geohelmintiases
Apresentacao campanha-de-geohelmintiases
 
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDSHanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
Hanseníase do conceito ao tratamento SLIDS
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
 
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista CarlaSimpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
Simpósio Hanseníase - Hanseníase - dermatologista Carla
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
 
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
Hanseníase - Do conceito ao tratamento ( TCC )
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
 
Guia de hanseniase
Guia de hanseniaseGuia de hanseniase
Guia de hanseniase
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Tuberculose Aula
Tuberculose   AulaTuberculose   Aula
Tuberculose Aula
 
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante CíceroSeminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
Seminário Hanseníase - A Situação da Hanseníase em MT - palestrante Cícero
 
Hanseníase laderm
Hanseníase ladermHanseníase laderm
Hanseníase laderm
 
Hanseníase
HanseníaseHanseníase
Hanseníase
 
Hanseniase mycobacteruim leprae
Hanseniase   mycobacteruim lepraeHanseniase   mycobacteruim leprae
Hanseniase mycobacteruim leprae
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 

Semelhante a Campanha Nacional de Hanseníase 2015

Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
lascounic
 
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo ClínicoHepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Ministério da Saúde
 
Trabalho ii
Trabalho iiTrabalho ii
SP Carinhosa - CRS Centro-oeste
SP Carinhosa - CRS Centro-oesteSP Carinhosa - CRS Centro-oeste
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnavalCampanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Ministério da Saúde
 
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no BrasilO pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdfSlides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
MenezesJos2
 
Dengue diagnóstico e manejo clínico - criança
Dengue   diagnóstico e manejo clínico - criançaDengue   diagnóstico e manejo clínico - criança
Dengue diagnóstico e manejo clínico - criança
adrianomedico
 
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
Rodrigo Abreu
 
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengueDiretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
Tâmara Lessa
 
Diretrizes para prevenção e controle da dengue
Diretrizes para prevenção e controle da dengueDiretrizes para prevenção e controle da dengue
Diretrizes para prevenção e controle da dengue
adrianomedico
 
Manual+dengue+para+criancas
Manual+dengue+para+criancasManual+dengue+para+criancas
Manual+dengue+para+criancas
Onésimo Ramiro
 
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
jaciremagoncalves
 
Caso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníaseCaso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníase
Osmarino Gomes Pereira
 
Caso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníaseCaso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníase
Osmarino Gomes Pereira
 
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAaBalanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
Ministério da Saúde
 
TelessaúdeRS
TelessaúdeRSTelessaúdeRS
2015 038---campanha-publica----o
2015 038---campanha-publica----o2015 038---campanha-publica----o
2015 038---campanha-publica----o
hanseníase fametro
 
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdfEscassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
DaviCarvalho66
 
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 

Semelhante a Campanha Nacional de Hanseníase 2015 (20)

Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
 
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo ClínicoHepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
 
Trabalho ii
Trabalho iiTrabalho ii
Trabalho ii
 
SP Carinhosa - CRS Centro-oeste
SP Carinhosa - CRS Centro-oesteSP Carinhosa - CRS Centro-oeste
SP Carinhosa - CRS Centro-oeste
 
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnavalCampanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
 
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no BrasilO pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
 
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdfSlides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
Slides completos usados para apresentaçãomonografia.pdf
 
Dengue diagnóstico e manejo clínico - criança
Dengue   diagnóstico e manejo clínico - criançaDengue   diagnóstico e manejo clínico - criança
Dengue diagnóstico e manejo clínico - criança
 
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
Denguecrianams20111 110222155350-phpapp02
 
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengueDiretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
Diretrizes nacionais prevenção e controle da dengue
 
Diretrizes para prevenção e controle da dengue
Diretrizes para prevenção e controle da dengueDiretrizes para prevenção e controle da dengue
Diretrizes para prevenção e controle da dengue
 
Manual+dengue+para+criancas
Manual+dengue+para+criancasManual+dengue+para+criancas
Manual+dengue+para+criancas
 
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
Boletim Epidemiologico- tuberculose-v44n2-2014
 
Caso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníaseCaso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníase
 
Caso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníaseCaso clinico hanseníase
Caso clinico hanseníase
 
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAaBalanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
Balanço de casos da Dengue e resultados do novo LIRAa
 
TelessaúdeRS
TelessaúdeRSTelessaúdeRS
TelessaúdeRS
 
2015 038---campanha-publica----o
2015 038---campanha-publica----o2015 038---campanha-publica----o
2015 038---campanha-publica----o
 
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdfEscassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
 
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
Experiências NE – PREPARAÇÃO E RESPOSTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ÀS EMERGÊNCIAS...
 

Mais de Ministério da Saúde

Microcefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e RespostasMicrocefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e Respostas
Ministério da Saúde
 
Novo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite CNovo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite C
Ministério da Saúde
 
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPVCarta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Ministério da Saúde
 
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos InternautasPolítica de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Ministério da Saúde
 
Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua
Ministério da Saúde
 
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Ministério da Saúde
 
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsitoGoverno Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Ministério da Saúde
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Ministério da Saúde
 
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Ministério da Saúde
 
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas popularesColetiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Ministério da Saúde
 
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Ministério da Saúde
 
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015 Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Ministério da Saúde
 
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos ProcessadosColetiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Ministério da Saúde
 
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Ministério da Saúde
 
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Ministério da Saúde
 
Parto Normal
Parto NormalParto Normal
Parto Normal
Ministério da Saúde
 
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadasLista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Ministério da Saúde
 
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em ReabilitaçãoLista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Ministério da Saúde
 
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde IndígenaPerguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Ministério da Saúde
 
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da SaúdeTermos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Ministério da Saúde
 

Mais de Ministério da Saúde (20)

Microcefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e RespostasMicrocefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e Respostas
 
Novo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite CNovo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite C
 
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPVCarta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPV
 
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos InternautasPolítica de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos Internautas
 
Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua
 
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
 
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsitoGoverno Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
 
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
 
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas popularesColetiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
 
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
 
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015 Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
 
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos ProcessadosColetiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
 
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
 
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
 
Parto Normal
Parto NormalParto Normal
Parto Normal
 
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadasLista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
 
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em ReabilitaçãoLista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
 
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde IndígenaPerguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
 
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da SaúdeTermos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
 

Campanha Nacional de Hanseníase 2015

  • 1.
  • 2. Hanseníase no Brasil  A hanseníase é uma doença endêmica no Brasil, em decréscimo contínuo desde 2003  Existem variações na tendência e magnitude da endemia na comparação entre regiões e unidades da federação  Dentre as estratégias adotadas pelo Brasil para eliminar a hanseníase como problema de saúde pública destacam-se:  Ampliação da oferta de serviços de diagnóstico e tratamento;  Implementação de atividades que promovam a interrupção da cadeia de transmissão, como intensificação da busca ativa de casos em crianças, entre os contatos dos casos e em áreas de maior carga da doença.
  • 3. RS SC SP MG RJ PR RN DF AL AC AP ES SE PB BA AM CE PI GO PE RR MS RO PA TO MA MT ³Coef.Prev. 0,13 0,22 0,32 0,51 0,67 0,70 0,76 0,80 0,84 1,22 1,41 1,44 1,45 1,47 1,50 1,61 1,96 2,65 2,71 2,79 2,89 3,33 3,69 3,76 4,28 5,29 9,03 0,00 1,00 2,00 3,00 4,00 5,00 6,00 7,00 8,00 9,00 10,00 Taxapor10milhab. BRASIL 1,42 Dados disponíveis em 02/05/2014Fonte:Sinan/SVS-MS Eliminação como problema de saúde pública = Prevalência de menos de 01 caso/10.000 habitantes Brasil 2013: 1,42 casos por 10.000 habitantes Brasil 2014 (dados preliminares)1,56 por 10 mil habitantes Prevalência da hanseníase - 2013
  • 4. Análise de aglomerados do Coeficiente de Detecção médio de hanseníase no Brasil (2011-2013) Fonte: WHO, 2014  Mato Grosso  Pará  Maranhão  Tocantins  Rondônia  Goiás Áreas de maior risco de transmissão
  • 5. Ano Total Casos Novos Taxa detecção/100 mil habitantes Casos Novos < 15 anos % Casos Novos < 15 anos % de cura nas coortes 2003 51.900 29.37 4.181 8,06 69.3 2004 50.565 28.24 4.075 8,06 67.3 2005 49.448 26.86 4.010 8,11 69.2 2006 43.642 23.37 3.444 7,89 85.5 2007 40.126 21.19 3.048 7,60 81.1 2008 39.047 20.59 2.913 7,46 81.3 2009 37.610 19.64 2.669 7,10 82.1 2010 34.894 18.22 2.461 7,05 82.6 2011 33.955 17.65 2.420 7,13 82.7 2012 33.303 17,17 2.246 6,74 85.9 2013 31.044 15,44 2.439 7,86 84.0 2014* 24.612 12,14 1.793 7,23 83,4 Fonte: Sinan/SVS-MS; Tabela elaborada pela CGHDE/DEVIT/SVS-MS * Dados Preliminares disponíveis em 07/01/2015 Panorama da doença no Brasil: 2003 a 2013 Decréscimo de 40% no número de casos novos entre 2003 e 2013 Aumento do percentual de cura: mais de 80% 7,8% dos novos casos foram em menores de 15 anos
  • 6. 43.9 45.5 49.7 43.8 49.8 54.7 59.8 57.7 58.9 74.5 75.1 0 10 20 30 40 50 60 70 80 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Percentual Fonte:Sinan/SVS-MS Percentual de contatos examinados 77,3% em 2014 (dados preliminares) Aumento da taxa de exames realizados em contatos próximos do paciente: fundamental para a quebra da cadeia de transmissão.
  • 7. Rio Grande do Sul, 72.3 Bahia, 76.3 Rio Grande do Norte, 78.3 Alagoas, 79.6 Pernambuco, 80.2 Para, 80.6 Roraima, 81.3 Piaui, 81.6 Paraiba, 82.2 Maranhao, 82.2 Amapa, 82.5 Mato Grosso, 83.4 Goias, 83.5 Brasil, 84.0 Mato Grosso do Sul, 84.0 Amazonas, 84.6 Santa Catarina, 86.5 Ceara, 87.1 Rio de Janeiro, 87.3 Tocantins, 87.7 Minas Gerais, 88.0 Distrito Federal, 89.2 Rondonia, 90.4 Sergipe, 90.5 Sao Paulo, 91.2 Parana, 91.7 Acre, 94.8 Espirito Santo, 95.3 0.0 10.0 20.0 30.0 40.0 50.0 60.0 70.0 80.0 90.0 100.0 110.0 Fonte:Sinan/SVS-MS Percentual de cura por UF - 2013
  • 8. Assistência no SUS 31.568 pacientes em tratamento em 2014 (dados preliminares)  Tratamento é garantia de cura  Oferta de polioquimioterapia  Exame clínico  Avaliação neurológica ESQUEMA MULTIBACILAR 12 meses ESQUEMA PAUCIBACILAR 6 meses
  • 9. Objetivo Estratégia Hanseníase Busca ativa de casos novos Utilização da ficha de autoimagem Geo-helmintíases Reduzir a carga parasitária de Geo-helmintos Tratamento quimioprofilatico com Albendazol 400 mg Tracoma Busca ativa de casos novos Exame ocular externo  Público-alvo Estudantes de 5 a 14 anos  Abrangência: Escolas públicas de ensino fundamental municipais e estaduais Campanha de hanseníase nas escolas
  • 10. 2013 25 estados 852 municípios 2014 27 estados 1.944 municípios Aumento da adesão de municípios
  • 11. 291 427 2013 2014 Resultados: campanha nas escolas Cerca de 5 milhões de crianças avaliadas para hanseníase Ampliação do diagnóstico resultou em mais casos registrados Outros resultados de 2014  4.754.092 escolares tratados para verminoses  25.173 casos diagnosticados de tracoma
  • 12. Escolares: casos novos detectados na campanha 2014 0 20 40 60 80 100 120 140 160 AM AP DF MG GO RJ SE TO AL ES SP CE PI MA BA PE MT PA AM AP DF MG GO RJ SE TO AL ES SP CE PI MA BA PE MT PA 1 1 1 1 3 3 3 3 4 5 7 9 12 33 37 41 44 146 Fonte: FormSUS/DataSUS
  • 13. Fonte: FormSUS/Datasus Dados disponíveis em 31/12/2013 Escolares: casos novos diagnosticados em 2014
  • 14. Perspectivas para 2015  Detecção precoce e tratamento dos casos diagnosticados;  Busca ativa: busca “casa a casa” de casos novos de hanseníase na população geral e em grupos específicos;  Divulgação de sinais e sintomas;  Aumento do percentual de realização de exames dos contatos;  Aumento do percentual de cura dos casos diagnosticados;  Redução do coeficiente de detecção de casos novos de hanseníase em menores de 15 anos;  Ampliar o número de municípios participantes na campanha escolar e incluir o público pré-escolar.
  • 15. Campanha publicitária  A ação tem como foco o diagnóstico precoce da doença e a divulgação da oferta de tratamento no SUS  Campanha direcionada aos municípios de maior prevalência da doença – principalmente no Norte, Nordeste e Centro-Oeste  www.saude.gov.br/semhanseniase “Hanseníase: quanto antes você descobrir, mais cedo vai se curar”