SlideShare uma empresa Scribd logo
PRÁTICAS EFICAZES PARA GERENCIAMENTO DO
CONTEÚDO E CUIDADOS ESPECÍFICOS COM SEU
PORTAL CORPORATIVO
12ª Conferência – Portais Corporativos – 24 de março de 2010
Flávio Morasco Benetti – Comunicação Interna – Grupo Schincariol

1
MÍDIAS SOCIAIS
2
A MÍDIA SOCIAL NASCEU COM A INTERNET E
SUAS FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS.
É A PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DE FORMA
DESCENTRALIZADA E SEM UM CONTROLE
EDITORIAL RIGOROSO.
SIGNIFICA A PRODUÇÃO E INTERAÇÃO DE
MUITOS PARA MUITOS.

Fonte: www.wikipedia.org

3
Um pouco mais simples:

“São sistemas online
projetados para permitir a
interação social a partir
do compartilhamento de
informações.”

4
Essas conversas são potencializadas por...
+ Blogs
+ Micro Blogs
+ RSS
+ Widgets
+ Redes Sociais
+ Podcasts
+ Wikis
+ Mundos Virtuais
+ Compartilhamento de fotos e vídeos
(... e uma infinidade de outras possibilidades)

5
E POR QUE VOCÊ DEVE SE
PREOCUPAR COM AS MÍDIAS
SOCIAIS QUANDO O ASSUNTO É
PORTAL CORPORATIVO?

6
Razão #1
SITES DE REDES SOCIAIS SÃO OFICIALMENTE MAIS
POPULARES DO QUE SITES PORNOGRÁFICOS.
Fonte: Revista TIME – 13 de outubro de 2007

7
Mais de

4.000.000
de artigos.

8
Mais de 100.000.000 de vídeos.

(65.000 novos vídeos por dia)

9
200.000.000 blogs.

10
1.5 milhões
de residentes.

11
73%
dos internautas costumam ler algum blog.
Fonte: Universal McCann Comparative Study on Social Media Trends – Abril 2008

12
45%
iniciaram seus próprios blogs.

13
39%
já se inscreveram em
algum feed RSS.

14
57%
participam de alguma
rede social.

15
55%
fazem uploads de fotos.
16
83%
já assistiram algum vídeo na internet.
17
“JÁ ESTAMOS EM 2010 E SE VOCÊ E SUA EMPRESA
NÃO PENSAM EM UMA REDE SOCIAL
CORPORATIVA... VOCÊS ESTÃO FORA DA
REALIDADE.”

18
4 em cada 10
brasileiros usam redes sociais
para fins profissionais, mesmo sem
aprovação das empresas à prática.
19
55%
das companhias nacionais
limitam o uso de redes
sociais.

20
ISSO NÃO É UMA BRINCADEIRA.

É UMA SIGNIFICATIVA
MUDANÇA NO CAMINHO DA
COMUNICAÇÃO.
21
O antigo modelo de comunicação era um

monólogo.

22
Apenas 18% das campanhas de TV geraram
algum tipo de ROI positivo para os anunciantes.

23
90% dos
telespectadores
que podem “pular” os
comerciais de TV,
o fazem.

24
Em média, uma pessoa é exposta a

3.000

mensagens publicitárias por dia.

25
Somente

14%

das pessoas acreditam
em propaganda.

26
Razão #2

78%
dos consumidores acreditam nas recomendações
de outros consumidores.
Fonte: Nielsen – “Trust In Advertising” – Outubro de 2007

27
14% vs.

78%

HMMM...

28
O novo modelo de comunicação
baseia-se no diálogo.

29
Isso significa...

+ TRANSPARÊNCIA
+ INCLUSÃO
+ AUTÊNTICIDADE
+ MOTIVAÇÃO
+ DIRIGIDA AO PÚBLICO-ALVO
30
E não...

• CONTROLE
• ORGANIZAÇÃO
• EXCLUSIVIDADE
• DIRIGIDA AO PRODUTO
31
“Conteúdo é a nova democracia
que garante ao povo que sua
voz está sendo ouvida.”
Fonte: Brian Solis – “The Social Media Manifesto”

32
Razão #3

OS CONSUMIDORES E
COLABORADORES ESTÃO FALANDO
DA NOSSA MARCA EXATAMENTE
AGORA!

33
34%

dos posts em blogs são

sobre produtos e marcas.

34
36%
dos consumidores e colaboradores
têm mais empatia com as empresas que possuem
algum tipo de blog.

35
32%
dos blogueiros “confiáveis” opinam, de alguma
forma, sobre produtos e serviços de determinadas
empresas.

36
Razão #4

AS MÍDIAS SOCIAIS ESTÃO SE
TORNANDO FATORES CRÍTICOS DE
SUCESSO PARA MUITOS NEGÓCIOS.
Fonte: Brian Solis – “The Social Media Manifesto” – 21 de agosto de 2007

37
38
Razão #5

E FALANDO UM POUCO SOBRE O
FUTURO...

39
Os consumidores de amanhã serão
“nativos digitais”.

40
A GERAÇÃO MILLENIALS,
NASCIDA ENTRE 1982 E 2000,
GASTA EM MÉDIA 16 HORAS
POR SEMANA CONECTADAS
À INTERNET.

41
96%
DESSES INDIVÍDUOS
FAZEM PARTE DE
ALGUMA REDE SOCIAL.

42
ELES POSSUEM EM MÉDIA

53
AMIGOS ONLINE.

43
E ELES NÃO SE IMPORTAM COM A NOSSA
PROPAGANDA.

ELES SE PREOCUPAM
COM O QUE SEUS AMIGOS
PENSAM.
44
TRADUZINDO:

O TREM ESTÁ DEIXANDO
A ESTAÇÃO.

COM OU SEM A GENTE!
45
COMO FAZER PARA
NÃO PERDER ESSE
TREM?
46
FÁCIL.
É SÓ NÃO DEIXAR O
MOMENTO PASSAR.
47
“Falando sobre comunicação: os melhores
comunicadores são, invariavelmente, os melhores
ouvintes.”
Fonte: Brian Solis – Social Media Manifesto

48
A.

Escute bem.

49
Faça uma imersão nas discussões.

(se você não está dentro de uma rede social, qualquer hora é hora para iniciar)

50
Mensagens não são conversas.

51
B.

Participe.

52
É UM DIÁLOGO,
NÃO UM MONÓLOGO.

A comida e a
bebida estavam
ótimas. O seu
serviço também foi
impecável.

Que bom senhora!
Posso servi-la em
mais alguma coisa?

53
C.

Renunciar ao controle.

54
REPITA:
“A META NÃO É CONTROLAR A
CONVERSA.”

55
A META É:
INSPIRAR
INFLUENCIAR
&...

56
D.

Engajar!

57
CRIAR ALGUMAS
OPORTUNIDADES DAS
PESSOAS SE SENTIREM
“DONAS” DA MARCA.
58
FORNECER ALGUMAS
INFORMAÇÕES QUE AS
PERMITAM CONVERSAR
SOBRE O ASSUNTO.
59
FAÇA AS PESSOAS

TE AMAREM
OU

TE ODIAREM
(só não deixe que elas sejam indiferentes)

60
E, PARA FINALIZAR, UMA
FRASE QUE MERECE
MUITA ATENÇÃO POR
PARTE DE TODOS NÓS:
61
NÃO SUBJULGUE A
INTELIGÊNCIA DAS
PESSOAS!
62
“Qualquer atividade
virtual que falte com
a verdade, logo não
existirá.
No mundo das mídias
sociais, honestidade
é a única exigência.”
Abertura
Honestidade
Autenticidade
Diálogo
63
64
O Grupo Schincariol em números:
+ Um dos maiores parques de produção de bebidas da América do Sul.
+ Capital 100% nacional.
+ 2ª maior cervejaria do Brasil.
+ Entre as 20 maiores no mundo.
+ 14 Unidades Fabris.
+ Capacidade de produção: 4,5 bilhões de litros/ano.
+ Cerca de 9 mil empregos diretos e 65 mil indiretos.
+ Mais de 200 distribuidores e de 600 mil PDVs no Brasil.
+ Aquisições desde 2008: NOBEL, BADEN BADEN, DEVASSA, EISENBAHN e CINTRA, além
da constituição da Sonar Serviços de Franquias.

65
Marcas da Schincariol no mercado brasileiro
+ Alcóolicos: NOVA SCHIN, NS2, GLACIAL, PRIMUS, CINTRA, BADEN BADEN, DEVASSA,
DEVASSA BEM LOURA, EISENBAHN.
+ Não-Alcóolicos: SCHIN REFRIGERANTES, MINI SCHIN, ITUBAÍNA, SCHIN TÔNICA, ÁGUA
SCHIN, FYS, FRUTHOS, SKINKA E VIVA.

66
CENÁRIO PRÉ-LANÇAMENTO
Até 2008 a Schincariol ainda contava com uma solução de
intranet ultrapassada:
•faltava interatividade;
•sem frequência de manutenção do conteúdo;
•o design não era atrativo e intuitivo;
•não era fornecida nenhuma estatística de acesso;
•sem alinhamento com os Valores e com a Visão do Grupo;
•sem possibilidade de utilizar recursos multimídia;
•e o valor percebido pelos colaboradores era nulo.

67
LAYOUT ANTIGO

68
CENÁRIO PÓS-LANÇAMENTO
O Conexão Schin veio para apoiar diretamente os
negócios do Grupo Schincariol, ajudando-o a atingir a
Visão 2012: Marcas Fortes, Serviços com Foco do Cliente,
Operações de Altíssimo Desempenho, Excelência em Custos e
Despesas e Identidade Schin.
Os benefícios para os colaboradores: simplicidade de uso, fácil
localização das informações, senso de independência e rapidez na
execução de tarefas rotineiras.
Os benefícios para a comunicação: informações atualizadas,
precisas, rápida, assertiva e com credibilidade.
69
NOVO LAYOUT

70
CONCEITO

O Conexão Schin nasceu para
ser uma ferramenta de apoio
direto ao negócio da empresa,
ajudando-a a ser mais ágil e
competitiva no mercado.

71
OBJETIVOS
+ Facilitar o relacionamento entre as áreas e agilizar o fluxo de comunicação
interna.
+ Propiciar uma navegação fácil, com linguagem simples e intuitiva, que possibilite
o acesso de todos os colaboradores.
+ Oferecer informações atualizadas e precisas.
+ Quebrar a barreira da tecnologia.
+ Estimular a pró-atividade de todos os colaboradores.
+ Implantar a cultura de auto-atendimento, ou seja, abrigar diversos serviços e
informações pertinentes ao dia a dia dos colaboradores.

72
ESTRUTURA DE INFORMAÇÕES
Com a premissa de transformar uma simples intranet em um portal corporativo exclusivo
do Grupo Schincariol, as informações foram alocadas baseando-se nos Valores da
empresa – Identidade Schin:

73
CONTEÚDOS
O CONEXÃO SCHIN possui várias informações RELEVANTES para os colaboradores:
+ História do Grupo Schincariol.
+ Identidade Schin (Valores).
+ Programa de Gestão Schincariol (PGS).
+ Estrutura Organizacional.
+ Notícias, clippings e publicações internas.
+ ...

Mas, os conteúdos diferenciados são os que mais
chamam a atenção do público-alvo...

74
ANIVERSARIANTES

75
BLOG DO PRESIDENTE

76
LISTA TELEFÔNICA

77
CENTRAL MULTIMÍDIA

78
FÓRUM

79
GALERIA DE IMAGENS

80
PESQUISAS & ENQUETES

81
COLABORE

82
LAYOUT DAS PÁGINAS
O método utilizado para criar a interface do CONEXÃO SCHIN foi a aplicação de uma
escala de tons claros, contrastando com as cores escuras das informações,
integrando com as cores determinadas para os Valores da Identidade Schin.

83
MENU “PESSOAS”

84
MENU “SERVIÇOS”

85
MENU “RESULTADOS”

86
ESTUDO DE USABILIDADE
Teve como principais objetivos avaliar:
+ A navegação e localização das informações.
+ Entendimento da estrutura do portal.
+ Percepção subjetiva de cada colaborador.
FORTALEZAS

DESAFIOS

Design gráfico diferenciado

Priorização de conteúdos

Novas funcionalidades

Rotulação de menus

Menu “Acessa Fácil”

Detalhes de navegação

87
CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO
Foi parte essencial do lançamento do CONEXÃO SCHIN e teve como objetivos:
+ Criar expectativa e envolver todos os lançamentos da ferramenta.
+ Apresentar o portal como um recurso que promove facilidade e
interatividade.
+ Identificar e potencializar os principais conteúdos da ferramenta.
+ Estabelecer o CONEXÃO como um canal de comunicação diferenciado.
+ Conquistar e estimular os colaboradores, mantendo uma relação aberta e
dinâmica.

88
CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO
O lançamento do CONEXÃO SCHIN foi dividido em quatro fases:

Teaser – causando curiosidade nos colaboradores.
Lançamento – revelação do tema e convite para acessar
e votar no nome do novo portal.
Lançamento/Sustentação – divulgação do nome
vencedor e ganhador do prêmio.
Sustentação – divulgação de todas as funcionalidades do
portal.

89
90
200.000

100.000

Mar
Abr
Mai
Jun
Jul

Visitas

136.442
177.010

125.448
165.629

140.231
179.318

150.398
204.446

0
147.640
187.619

174.756
229.404

Ago
Set

129.794
176.018

Out

130.142
172.299

142.365
185.129

131.673
170.502

INDICADORES DE ACESSO (2009)
300.000

Nov
Dez

Exibições

91
Qual sua principal fonte de informação?
Jornal Mural

24%

Revistas NOVAS

18%

Conexão Schin

13%

E-mail

12%

DHO

8%

Meu Superior

6%
0%

3%

5%

8%

10%

13%

15%

18%

20%

23%

Canais de Comunicação

Fonte: Índice de Eficácia da Comunicação Interna – Dez/09 – Amostragem de 837 colaboradores
92

25%
GOOGLE ANALYTICS

93
INDICADORES INTERAÇÃO (2009)

500

274

338

400
300

33
68

33
46

68
22

41

50

52

34
46

55

18

25
37

124

200
100

Atualizações: 390
Interação: 2.097

469

511

600

Out

Nov

Dez

0
Mar

Abr

Mai

Jun

Jul

Atualizações

Ago

Set

Interações

94
PESQUISA DE SATISFAÇÃO
Semestralmente, a pesquisa é aplicada, de forma on-line, para mensurar a satisfação
dos colaboradores em relação ao CONEXÃO SCHIN. Os itens avaliados englobam:

INTERATIVIDADE

72%

ACESSIBILIDADE

76%

CONTEÚDO

64%

SATISFAÇÃO E MOTIVAÇÃO

75%

INDÍCE DE SATISFAÇÃO TOTAL

72%

95
Vídeo Lançamento Conexão Schin

96
O QUE DIZEM SOBRE O CONEXÃO SCHIN
“Atualmente, o Grupo Schincariol é a única empresa de bebidas associada ao Instituto Brasileiro de
Governança Corporativa, entidade voltada à promoção e disseminação das melhores práticas de
gestão. Para atender a este propósito, é praticada a transparência e a interlocução com diversos
públicos de interesse. Contamos com o Conexão Schin voltado à comunicação em âmbito interno,
oferecendo canais exclusivos para o atendimento e a troca de informações com colaboradores.”
Conselho de Administração
“Acredito que o Conexão Schin é de grande utilidade para todos os colaboradores, facilitando a vida
por meio do simples acesso a informações que necessitamos no dia a dia. O mais bacana é que é uma
ferramenta inovadora, que reflete o crescimento e desenvolvimento da empresa.” - Roberta Fiorini –
Marketing
“O novo portal tem um visual muito mais atraente e atual, com melhor disposição das ferramentas.
Isso aumenta a interação do usuário, além de facilitar a navegação e o acesso à informação.” - Luís
Rogério de Oliveira - DHO

97
Obrigado!

Flávio Benetti

DHO – Comunicação Interna
Grupo Schincariol
98

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Marketing Digital - ESAMC
Marketing Digital - ESAMCMarketing Digital - ESAMC
Marketing Digital - ESAMC
Lógica Digital
 
Marketing digital resumo
Marketing digital   resumoMarketing digital   resumo
Marketing digital resumo
Ana Paula Coelho Barbosa
 
Social Media Marketing 23.02.2010
Social Media Marketing 23.02.2010Social Media Marketing 23.02.2010
Social Media Marketing 23.02.2010
Elife Brasil
 
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
Rafael Camanho
 
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes SociaisGestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Fernando Souza
 
Marketing na Era Digital, por Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, por Martha GabrielMarketing na Era Digital, por Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, por Martha Gabriel
Martha Gabriel
 
Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
Marcelo Ribeiro
 
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias SociaisPlanejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
Lucas VGR
 
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas consideraçõesMarcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Tarcízio Silva
 
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Fernando Souza
 
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovaçõesComunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
Tarcízio Silva
 
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter LongoMarketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
Geverson Bispo Rodrigues
 
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-bocaAula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
Gustavo Fischer
 
Palestra Fatec
Palestra FatecPalestra Fatec
Palestra Fatec
Josué Brazil
 
Planejamento de Comunicação em Mídias Sociais
Planejamento de Comunicação em Mídias SociaisPlanejamento de Comunicação em Mídias Sociais
Planejamento de Comunicação em Mídias Sociais
PaperCliQ Comunicação
 
Palestra Etec
Palestra EtecPalestra Etec
Palestra Etec
Josué Brazil
 
Palestra Alshop - Patricia Andrade
Palestra Alshop - Patricia AndradePalestra Alshop - Patricia Andrade
Palestra Alshop - Patricia Andrade
DM9DDB
 
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas? Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
Mauro Segura
 
Marketing na Era Digital, by Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, by Martha GabrielMarketing na Era Digital, by Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, by Martha Gabriel
Martha Gabriel
 
Apresentação da Disciplina Marketing Digital
Apresentação da Disciplina Marketing DigitalApresentação da Disciplina Marketing Digital
Apresentação da Disciplina Marketing Digital
Karina Rocha
 

Mais procurados (20)

Marketing Digital - ESAMC
Marketing Digital - ESAMCMarketing Digital - ESAMC
Marketing Digital - ESAMC
 
Marketing digital resumo
Marketing digital   resumoMarketing digital   resumo
Marketing digital resumo
 
Social Media Marketing 23.02.2010
Social Media Marketing 23.02.2010Social Media Marketing 23.02.2010
Social Media Marketing 23.02.2010
 
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
Ascensão das mídias sociais e seus impactos na sociedade.
 
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes SociaisGestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
 
Marketing na Era Digital, por Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, por Martha GabrielMarketing na Era Digital, por Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, por Martha Gabriel
 
Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
 
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias SociaisPlanejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
Planejamento, Ação e Monitoramento em Mídias Sociais
 
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas consideraçõesMarcas e Engajamento Digital: algumas considerações
Marcas e Engajamento Digital: algumas considerações
 
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
Curso Gestão de Rede Sociais - Introdução e tendências das Redes Sociais
 
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovaçõesComunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações
 
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter LongoMarketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
Marketing e Comunicação na Era Pós-Digital por Walter Longo
 
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-bocaAula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
Aula Design Novas Tecnologias e Inovação - Buzz, viral, boca-a-boca
 
Palestra Fatec
Palestra FatecPalestra Fatec
Palestra Fatec
 
Planejamento de Comunicação em Mídias Sociais
Planejamento de Comunicação em Mídias SociaisPlanejamento de Comunicação em Mídias Sociais
Planejamento de Comunicação em Mídias Sociais
 
Palestra Etec
Palestra EtecPalestra Etec
Palestra Etec
 
Palestra Alshop - Patricia Andrade
Palestra Alshop - Patricia AndradePalestra Alshop - Patricia Andrade
Palestra Alshop - Patricia Andrade
 
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas? Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
Mídias Sociais: Aliadas ou Inimigas?
 
Marketing na Era Digital, by Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, by Martha GabrielMarketing na Era Digital, by Martha Gabriel
Marketing na Era Digital, by Martha Gabriel
 
Apresentação da Disciplina Marketing Digital
Apresentação da Disciplina Marketing DigitalApresentação da Disciplina Marketing Digital
Apresentação da Disciplina Marketing Digital
 

Semelhante a Práticas Eficazes para Gerenciamento do Conteúdo e Cuidados Específicos com seu Portal Corporativo

Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas EmpresasPlanejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
NIT Rio
 
Social Minas
Social MinasSocial Minas
Social Minas
Leticia Lira
 
Gestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
Gestão do Relacionamento nas Mídias SociaisGestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
Gestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
Danila Dourado
 
Content4u - O conteúdo de sua marca.
Content4u - O conteúdo de sua marca.Content4u - O conteúdo de sua marca.
Content4u - O conteúdo de sua marca.
Luciano do Carmo
 
Dinamize - E-book Mídias Sociais II
Dinamize - E-book Mídias Sociais IIDinamize - E-book Mídias Sociais II
Dinamize - E-book Mídias Sociais II
Well Sarto
 
Metricas para mídias sociais parte ii
Metricas para mídias sociais parte iiMetricas para mídias sociais parte ii
Metricas para mídias sociais parte ii
Pinceladas Digitais
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Fernando Neves
 
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
Jonathan Becker
 
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - NocautePalestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
L3 CRM
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Ketchum Digital
 
fazendo marketing em ambientes virtuais
fazendo marketing em ambientes virtuaisfazendo marketing em ambientes virtuais
fazendo marketing em ambientes virtuais
gilbertociro
 
Anefac processos e riscos 9 out-2012
Anefac processos e riscos 9 out-2012Anefac processos e riscos 9 out-2012
Anefac processos e riscos 9 out-2012
Numeric Contadores
 
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOWApresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
EXPONOR
 
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOWApresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Exponor
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
Lógica Digital
 
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio MoreiraComunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Claudio Moreira
 
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociaisTendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
Editora Generale
 
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontroCurso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Thiago Fraga
 
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdfAPRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
JacquelineAssis3
 
Apresentação nova semente empresa (1)
Apresentação nova semente empresa (1)Apresentação nova semente empresa (1)
Apresentação nova semente empresa (1)
Igor Campos
 

Semelhante a Práticas Eficazes para Gerenciamento do Conteúdo e Cuidados Específicos com seu Portal Corporativo (20)

Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas EmpresasPlanejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
Planejamento de Comunicação na Gestão de Novas Empresas
 
Social Minas
Social MinasSocial Minas
Social Minas
 
Gestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
Gestão do Relacionamento nas Mídias SociaisGestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
Gestão do Relacionamento nas Mídias Sociais
 
Content4u - O conteúdo de sua marca.
Content4u - O conteúdo de sua marca.Content4u - O conteúdo de sua marca.
Content4u - O conteúdo de sua marca.
 
Dinamize - E-book Mídias Sociais II
Dinamize - E-book Mídias Sociais IIDinamize - E-book Mídias Sociais II
Dinamize - E-book Mídias Sociais II
 
Metricas para mídias sociais parte ii
Metricas para mídias sociais parte iiMetricas para mídias sociais parte ii
Metricas para mídias sociais parte ii
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
 
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
Jonathan Becker - Marketing Corporativo e Redes 2
 
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - NocautePalestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
Palestra CRM e as Mídias Sociais - L3CRM - Nocaute
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
 
fazendo marketing em ambientes virtuais
fazendo marketing em ambientes virtuaisfazendo marketing em ambientes virtuais
fazendo marketing em ambientes virtuais
 
Anefac processos e riscos 9 out-2012
Anefac processos e riscos 9 out-2012Anefac processos e riscos 9 out-2012
Anefac processos e riscos 9 out-2012
 
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOWApresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
 
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOWApresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
Apresentação de Pedro Rocha no MARKETING SHOW
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio MoreiraComunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
Comunicação em cenários de cocriação Claudio Moreira
 
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociaisTendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
Tendências de comportamento das marcas nas mídias sociais
 
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontroCurso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
 
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdfAPRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
APRESENTACAO_CURSO_REDES SOCIAIS_THIAGO COSTA.pdf
 
Apresentação nova semente empresa (1)
Apresentação nova semente empresa (1)Apresentação nova semente empresa (1)
Apresentação nova semente empresa (1)
 

Mais de GPA

Marketing Digital - Aula 4
Marketing Digital - Aula 4Marketing Digital - Aula 4
Marketing Digital - Aula 4
GPA
 
Marketing Digital - Aula 3
Marketing Digital - Aula 3Marketing Digital - Aula 3
Marketing Digital - Aula 3
GPA
 
Marketing Digital - Aula 2
Marketing Digital - Aula 2Marketing Digital - Aula 2
Marketing Digital - Aula 2
GPA
 
Marketing Digital - Aula 1
Marketing Digital - Aula 1Marketing Digital - Aula 1
Marketing Digital - Aula 1
GPA
 
Definição e Classificação de Serviços
Definição e Classificação de ServiçosDefinição e Classificação de Serviços
Definição e Classificação de Serviços
GPA
 
Gestão de Varejo
Gestão de VarejoGestão de Varejo
Gestão de Varejo
GPA
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
GPA
 
Marketing Promocional
Marketing PromocionalMarketing Promocional
Marketing Promocional
GPA
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação Colaborativa
GPA
 
Estudo Site de Tendências
Estudo Site de TendênciasEstudo Site de Tendências
Estudo Site de Tendências
GPA
 

Mais de GPA (10)

Marketing Digital - Aula 4
Marketing Digital - Aula 4Marketing Digital - Aula 4
Marketing Digital - Aula 4
 
Marketing Digital - Aula 3
Marketing Digital - Aula 3Marketing Digital - Aula 3
Marketing Digital - Aula 3
 
Marketing Digital - Aula 2
Marketing Digital - Aula 2Marketing Digital - Aula 2
Marketing Digital - Aula 2
 
Marketing Digital - Aula 1
Marketing Digital - Aula 1Marketing Digital - Aula 1
Marketing Digital - Aula 1
 
Definição e Classificação de Serviços
Definição e Classificação de ServiçosDefinição e Classificação de Serviços
Definição e Classificação de Serviços
 
Gestão de Varejo
Gestão de VarejoGestão de Varejo
Gestão de Varejo
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
 
Marketing Promocional
Marketing PromocionalMarketing Promocional
Marketing Promocional
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação Colaborativa
 
Estudo Site de Tendências
Estudo Site de TendênciasEstudo Site de Tendências
Estudo Site de Tendências
 

Último

Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdfInformativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
edsonfrancojunior99
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Carlos Eduardo Coan Junior
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
Paulo Dalla Nora Macedo
 

Último (6)

Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdfInformativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
 

Práticas Eficazes para Gerenciamento do Conteúdo e Cuidados Específicos com seu Portal Corporativo

  • 1. PRÁTICAS EFICAZES PARA GERENCIAMENTO DO CONTEÚDO E CUIDADOS ESPECÍFICOS COM SEU PORTAL CORPORATIVO 12ª Conferência – Portais Corporativos – 24 de março de 2010 Flávio Morasco Benetti – Comunicação Interna – Grupo Schincariol 1
  • 3. A MÍDIA SOCIAL NASCEU COM A INTERNET E SUAS FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS. É A PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DE FORMA DESCENTRALIZADA E SEM UM CONTROLE EDITORIAL RIGOROSO. SIGNIFICA A PRODUÇÃO E INTERAÇÃO DE MUITOS PARA MUITOS. Fonte: www.wikipedia.org 3
  • 4. Um pouco mais simples: “São sistemas online projetados para permitir a interação social a partir do compartilhamento de informações.” 4
  • 5. Essas conversas são potencializadas por... + Blogs + Micro Blogs + RSS + Widgets + Redes Sociais + Podcasts + Wikis + Mundos Virtuais + Compartilhamento de fotos e vídeos (... e uma infinidade de outras possibilidades) 5
  • 6. E POR QUE VOCÊ DEVE SE PREOCUPAR COM AS MÍDIAS SOCIAIS QUANDO O ASSUNTO É PORTAL CORPORATIVO? 6
  • 7. Razão #1 SITES DE REDES SOCIAIS SÃO OFICIALMENTE MAIS POPULARES DO QUE SITES PORNOGRÁFICOS. Fonte: Revista TIME – 13 de outubro de 2007 7
  • 9. Mais de 100.000.000 de vídeos. (65.000 novos vídeos por dia) 9
  • 12. 73% dos internautas costumam ler algum blog. Fonte: Universal McCann Comparative Study on Social Media Trends – Abril 2008 12
  • 14. 39% já se inscreveram em algum feed RSS. 14
  • 16. 55% fazem uploads de fotos. 16
  • 17. 83% já assistiram algum vídeo na internet. 17
  • 18. “JÁ ESTAMOS EM 2010 E SE VOCÊ E SUA EMPRESA NÃO PENSAM EM UMA REDE SOCIAL CORPORATIVA... VOCÊS ESTÃO FORA DA REALIDADE.” 18
  • 19. 4 em cada 10 brasileiros usam redes sociais para fins profissionais, mesmo sem aprovação das empresas à prática. 19
  • 20. 55% das companhias nacionais limitam o uso de redes sociais. 20
  • 21. ISSO NÃO É UMA BRINCADEIRA. É UMA SIGNIFICATIVA MUDANÇA NO CAMINHO DA COMUNICAÇÃO. 21
  • 22. O antigo modelo de comunicação era um monólogo. 22
  • 23. Apenas 18% das campanhas de TV geraram algum tipo de ROI positivo para os anunciantes. 23
  • 24. 90% dos telespectadores que podem “pular” os comerciais de TV, o fazem. 24
  • 25. Em média, uma pessoa é exposta a 3.000 mensagens publicitárias por dia. 25
  • 27. Razão #2 78% dos consumidores acreditam nas recomendações de outros consumidores. Fonte: Nielsen – “Trust In Advertising” – Outubro de 2007 27
  • 29. O novo modelo de comunicação baseia-se no diálogo. 29
  • 30. Isso significa... + TRANSPARÊNCIA + INCLUSÃO + AUTÊNTICIDADE + MOTIVAÇÃO + DIRIGIDA AO PÚBLICO-ALVO 30
  • 31. E não... • CONTROLE • ORGANIZAÇÃO • EXCLUSIVIDADE • DIRIGIDA AO PRODUTO 31
  • 32. “Conteúdo é a nova democracia que garante ao povo que sua voz está sendo ouvida.” Fonte: Brian Solis – “The Social Media Manifesto” 32
  • 33. Razão #3 OS CONSUMIDORES E COLABORADORES ESTÃO FALANDO DA NOSSA MARCA EXATAMENTE AGORA! 33
  • 34. 34% dos posts em blogs são sobre produtos e marcas. 34
  • 35. 36% dos consumidores e colaboradores têm mais empatia com as empresas que possuem algum tipo de blog. 35
  • 36. 32% dos blogueiros “confiáveis” opinam, de alguma forma, sobre produtos e serviços de determinadas empresas. 36
  • 37. Razão #4 AS MÍDIAS SOCIAIS ESTÃO SE TORNANDO FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO PARA MUITOS NEGÓCIOS. Fonte: Brian Solis – “The Social Media Manifesto” – 21 de agosto de 2007 37
  • 38. 38
  • 39. Razão #5 E FALANDO UM POUCO SOBRE O FUTURO... 39
  • 40. Os consumidores de amanhã serão “nativos digitais”. 40
  • 41. A GERAÇÃO MILLENIALS, NASCIDA ENTRE 1982 E 2000, GASTA EM MÉDIA 16 HORAS POR SEMANA CONECTADAS À INTERNET. 41
  • 42. 96% DESSES INDIVÍDUOS FAZEM PARTE DE ALGUMA REDE SOCIAL. 42
  • 43. ELES POSSUEM EM MÉDIA 53 AMIGOS ONLINE. 43
  • 44. E ELES NÃO SE IMPORTAM COM A NOSSA PROPAGANDA. ELES SE PREOCUPAM COM O QUE SEUS AMIGOS PENSAM. 44
  • 45. TRADUZINDO: O TREM ESTÁ DEIXANDO A ESTAÇÃO. COM OU SEM A GENTE! 45
  • 46. COMO FAZER PARA NÃO PERDER ESSE TREM? 46
  • 47. FÁCIL. É SÓ NÃO DEIXAR O MOMENTO PASSAR. 47
  • 48. “Falando sobre comunicação: os melhores comunicadores são, invariavelmente, os melhores ouvintes.” Fonte: Brian Solis – Social Media Manifesto 48
  • 50. Faça uma imersão nas discussões. (se você não está dentro de uma rede social, qualquer hora é hora para iniciar) 50
  • 51. Mensagens não são conversas. 51
  • 53. É UM DIÁLOGO, NÃO UM MONÓLOGO. A comida e a bebida estavam ótimas. O seu serviço também foi impecável. Que bom senhora! Posso servi-la em mais alguma coisa? 53
  • 55. REPITA: “A META NÃO É CONTROLAR A CONVERSA.” 55
  • 58. CRIAR ALGUMAS OPORTUNIDADES DAS PESSOAS SE SENTIREM “DONAS” DA MARCA. 58
  • 59. FORNECER ALGUMAS INFORMAÇÕES QUE AS PERMITAM CONVERSAR SOBRE O ASSUNTO. 59
  • 60. FAÇA AS PESSOAS TE AMAREM OU TE ODIAREM (só não deixe que elas sejam indiferentes) 60
  • 61. E, PARA FINALIZAR, UMA FRASE QUE MERECE MUITA ATENÇÃO POR PARTE DE TODOS NÓS: 61
  • 63. “Qualquer atividade virtual que falte com a verdade, logo não existirá. No mundo das mídias sociais, honestidade é a única exigência.” Abertura Honestidade Autenticidade Diálogo 63
  • 64. 64
  • 65. O Grupo Schincariol em números: + Um dos maiores parques de produção de bebidas da América do Sul. + Capital 100% nacional. + 2ª maior cervejaria do Brasil. + Entre as 20 maiores no mundo. + 14 Unidades Fabris. + Capacidade de produção: 4,5 bilhões de litros/ano. + Cerca de 9 mil empregos diretos e 65 mil indiretos. + Mais de 200 distribuidores e de 600 mil PDVs no Brasil. + Aquisições desde 2008: NOBEL, BADEN BADEN, DEVASSA, EISENBAHN e CINTRA, além da constituição da Sonar Serviços de Franquias. 65
  • 66. Marcas da Schincariol no mercado brasileiro + Alcóolicos: NOVA SCHIN, NS2, GLACIAL, PRIMUS, CINTRA, BADEN BADEN, DEVASSA, DEVASSA BEM LOURA, EISENBAHN. + Não-Alcóolicos: SCHIN REFRIGERANTES, MINI SCHIN, ITUBAÍNA, SCHIN TÔNICA, ÁGUA SCHIN, FYS, FRUTHOS, SKINKA E VIVA. 66
  • 67. CENÁRIO PRÉ-LANÇAMENTO Até 2008 a Schincariol ainda contava com uma solução de intranet ultrapassada: •faltava interatividade; •sem frequência de manutenção do conteúdo; •o design não era atrativo e intuitivo; •não era fornecida nenhuma estatística de acesso; •sem alinhamento com os Valores e com a Visão do Grupo; •sem possibilidade de utilizar recursos multimídia; •e o valor percebido pelos colaboradores era nulo. 67
  • 69. CENÁRIO PÓS-LANÇAMENTO O Conexão Schin veio para apoiar diretamente os negócios do Grupo Schincariol, ajudando-o a atingir a Visão 2012: Marcas Fortes, Serviços com Foco do Cliente, Operações de Altíssimo Desempenho, Excelência em Custos e Despesas e Identidade Schin. Os benefícios para os colaboradores: simplicidade de uso, fácil localização das informações, senso de independência e rapidez na execução de tarefas rotineiras. Os benefícios para a comunicação: informações atualizadas, precisas, rápida, assertiva e com credibilidade. 69
  • 71. CONCEITO O Conexão Schin nasceu para ser uma ferramenta de apoio direto ao negócio da empresa, ajudando-a a ser mais ágil e competitiva no mercado. 71
  • 72. OBJETIVOS + Facilitar o relacionamento entre as áreas e agilizar o fluxo de comunicação interna. + Propiciar uma navegação fácil, com linguagem simples e intuitiva, que possibilite o acesso de todos os colaboradores. + Oferecer informações atualizadas e precisas. + Quebrar a barreira da tecnologia. + Estimular a pró-atividade de todos os colaboradores. + Implantar a cultura de auto-atendimento, ou seja, abrigar diversos serviços e informações pertinentes ao dia a dia dos colaboradores. 72
  • 73. ESTRUTURA DE INFORMAÇÕES Com a premissa de transformar uma simples intranet em um portal corporativo exclusivo do Grupo Schincariol, as informações foram alocadas baseando-se nos Valores da empresa – Identidade Schin: 73
  • 74. CONTEÚDOS O CONEXÃO SCHIN possui várias informações RELEVANTES para os colaboradores: + História do Grupo Schincariol. + Identidade Schin (Valores). + Programa de Gestão Schincariol (PGS). + Estrutura Organizacional. + Notícias, clippings e publicações internas. + ... Mas, os conteúdos diferenciados são os que mais chamam a atenção do público-alvo... 74
  • 83. LAYOUT DAS PÁGINAS O método utilizado para criar a interface do CONEXÃO SCHIN foi a aplicação de uma escala de tons claros, contrastando com as cores escuras das informações, integrando com as cores determinadas para os Valores da Identidade Schin. 83
  • 87. ESTUDO DE USABILIDADE Teve como principais objetivos avaliar: + A navegação e localização das informações. + Entendimento da estrutura do portal. + Percepção subjetiva de cada colaborador. FORTALEZAS DESAFIOS Design gráfico diferenciado Priorização de conteúdos Novas funcionalidades Rotulação de menus Menu “Acessa Fácil” Detalhes de navegação 87
  • 88. CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO Foi parte essencial do lançamento do CONEXÃO SCHIN e teve como objetivos: + Criar expectativa e envolver todos os lançamentos da ferramenta. + Apresentar o portal como um recurso que promove facilidade e interatividade. + Identificar e potencializar os principais conteúdos da ferramenta. + Estabelecer o CONEXÃO como um canal de comunicação diferenciado. + Conquistar e estimular os colaboradores, mantendo uma relação aberta e dinâmica. 88
  • 89. CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO O lançamento do CONEXÃO SCHIN foi dividido em quatro fases: Teaser – causando curiosidade nos colaboradores. Lançamento – revelação do tema e convite para acessar e votar no nome do novo portal. Lançamento/Sustentação – divulgação do nome vencedor e ganhador do prêmio. Sustentação – divulgação de todas as funcionalidades do portal. 89
  • 90. 90
  • 92. Qual sua principal fonte de informação? Jornal Mural 24% Revistas NOVAS 18% Conexão Schin 13% E-mail 12% DHO 8% Meu Superior 6% 0% 3% 5% 8% 10% 13% 15% 18% 20% 23% Canais de Comunicação Fonte: Índice de Eficácia da Comunicação Interna – Dez/09 – Amostragem de 837 colaboradores 92 25%
  • 94. INDICADORES INTERAÇÃO (2009) 500 274 338 400 300 33 68 33 46 68 22 41 50 52 34 46 55 18 25 37 124 200 100 Atualizações: 390 Interação: 2.097 469 511 600 Out Nov Dez 0 Mar Abr Mai Jun Jul Atualizações Ago Set Interações 94
  • 95. PESQUISA DE SATISFAÇÃO Semestralmente, a pesquisa é aplicada, de forma on-line, para mensurar a satisfação dos colaboradores em relação ao CONEXÃO SCHIN. Os itens avaliados englobam: INTERATIVIDADE 72% ACESSIBILIDADE 76% CONTEÚDO 64% SATISFAÇÃO E MOTIVAÇÃO 75% INDÍCE DE SATISFAÇÃO TOTAL 72% 95
  • 97. O QUE DIZEM SOBRE O CONEXÃO SCHIN “Atualmente, o Grupo Schincariol é a única empresa de bebidas associada ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, entidade voltada à promoção e disseminação das melhores práticas de gestão. Para atender a este propósito, é praticada a transparência e a interlocução com diversos públicos de interesse. Contamos com o Conexão Schin voltado à comunicação em âmbito interno, oferecendo canais exclusivos para o atendimento e a troca de informações com colaboradores.” Conselho de Administração “Acredito que o Conexão Schin é de grande utilidade para todos os colaboradores, facilitando a vida por meio do simples acesso a informações que necessitamos no dia a dia. O mais bacana é que é uma ferramenta inovadora, que reflete o crescimento e desenvolvimento da empresa.” - Roberta Fiorini – Marketing “O novo portal tem um visual muito mais atraente e atual, com melhor disposição das ferramentas. Isso aumenta a interação do usuário, além de facilitar a navegação e o acesso à informação.” - Luís Rogério de Oliveira - DHO 97
  • 98. Obrigado! Flávio Benetti DHO – Comunicação Interna Grupo Schincariol 98