SlideShare uma empresa Scribd logo
Preparação para os
festejos.
Euforia
Expectativa
extravagâncias
consumistas
extravagâncias
gastronômicas
 Usar roupa branca;
 Usar lingerie colorida;
 Comer lentilha, uva, romã;
 Pular 7 ondas; etc....
E cantamos uma
música bem
conhecida ....
Fim de Ano, Francisco Alves e David
Nasser, 1951
Fim de Ano, Francisco Alves e David
Nasser, 1951
Fim de Ano, Francisco Alves e David
Nasser, 1951
Sem saúde e sem
dinheiro no bolso
dá pra se fazer
pouca coisa.
Acontece que essas
coisas são as mais
importantes, as mais
relevantes e as que
mais edificam.
Tem pessoas que
não ficam
esperando que as
tudo se realize:
ELAS REALIZARAM.
Não renovam
apenas
“esperanças” para o
ano novo:
RENOVARAM
COMPROMISSOS
Data meramente simbólica.
Final de um ciclo e início de outro.
Oportunidade ideal para renovarmos as nossas
esperanças.
 Ter uma alimentação mais
saudável;
 Emagrecer e praticar mais
exercícios;
 Parar com algum vício que
possuímos;
 Ser mais organizado(a);
 Ler mais;
 Investir na minha carreira
profissional;
 Casar, ter um filho(a), adquirir a
casa própria ou um veículo... Etc.
“Ano novo é também a renovação
de nossa oportunidade de aprender,
trabalhar e servir.
O tempo, como paternal amigo,
como que se reencarna no corpo do
calendário, descerrando-nos
horizontes mais claros para a
necessária ascensão.
Francisco Cândido Xavier,
Vida e Caminho, pelo Espírito Emmanuel
Lembra-te de que o ano em retorno é novo dia a
convocar-nos para execução de velhas promessas, que
ainda não tiveste a coragem de cumprir.”.
Não te esqueças de que
Jesus jamais se desespera
conosco e, como que oculto
ao nosso lado, paciente e
bondoso, repete-nos de hora
a hora:
- Ama e auxilia sempre.
Ajuda aos outros amparando
a ti mesmo, porque se o dia
volta amanhã, eu estou
contigo, esperando pela
doce alegria da porta aberta
de teu coração. Francisco Cândido Xavier,
Vida e Caminho, pelo Espírito Emmanuel
E havia, entre os fariseus,
um homem chamado
Nicodemos, príncipe dos
judeus.
Este foi ter de noite com
Jesus e disse-lhe:
- Rabi, bem sabemos que
és mestre vindo de Deus,
porque ninguém pose fazer
estes sinais que tu fazes, se
Deus não for com ele.João 3:1-6
Jesus respondeu, e disse-lhe:
Na verdade, na verdade te
digo que aquele que não
nascer de novo, não pode
ver o Reino de Deus.
Disse-lhe Nicodemos: Como
pode um homem nascer,
sendo velho? Porventura,
pode tornar a entrar no
ventre de sua mãe e nascer? João 3:1-6
“Jesus respondeu: (...)
aquele que não nascer da
água e do Espírito não
pode entrar no Reino de
Deus.
O que é nascido da carne
é carne, e o que é nascido
do Espírito é espírito.”.
Renascer da água: o corpo renasce pela água, isto é a
vida orgânica se origina na água, elemento material.
Renascer do espírito: O espírito surge do elemento
espiritual e desenvolvendo-se através de corpos
materiais, em mundos materiais, segundo a lei da
reencarnação, vai adquirindo as qualificações de
perfeição para a qual está destinado João 3:1-6
“Somos tangidos por fatos e
problemas a exigirem a
manifestação de nossa vontade
em todas as circunstâncias.”.
Afora tu mesmo, ninguém
te decide o destino...
XAVIER, Francisco Cândido; VIEIRA, Waldo. Opinião Espírita.
Pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz. CEC. Capítulo 27
Jesus entrou em
Jericó e ia
atravessando a
cidade. Morava ali
um homem rico,
chamado Zaqueu,
que era chefe dos
cobradores de
impostos.
Ele estava tentando
ver quem era Jesus,
mas não podia, por
causa da multidão,
pois Zaqueu era muito
baixo.
Então correu adiante
da multidão e subiu
numa figueira brava
para ver Jesus, que
devia passar por ali.
Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para
cima e disse a Zaqueu: —Zaqueu, desça
depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa.
Vendo isto, todos murmuravam e diziam: 'Ele vai
hospedar-se em casa de um pecador...'.
Zaqueu, entretanto, de
pé, diante do Senhor
disse-lhe: ‘Senhor,
doravante dou a metade
dos meus bens aos
pobres, e, se tiver
defraudado alguém,
restituirei o quadruplo.’
Disse-lhe Jesus: ‘Hoje
entrou a salvação nesta
casa; porquanto também
este é filho de Abraão.
Pois o Filho do homem
veio procurar e salvar o
que estava perdido.’
Abandonou a cátedra de
mestre renomado e arriscou
a própria reputação em
busca de um novo ideal.
Abandonou o próprio nome
em benefício do Espiritismo.
Abriu mão das próprias convicções para ser
fiel ao pensamento dos Espíritos que o
orientavam.
Deixou o luxo de um
colégio para moças
inglesas, em Calcutá,
para assumir a miséria em
um dos lugares mais
pobres do mundo.
Assumiu o nome de
Tereza, e abriu mão de
qualquer ajuda material.
Dedicou sua vida à
pratica da mais pura
caridade.
E nós???
Estamos dispostos a
renascer do Espírito,
buscando nos aproximar
cada vez mais da
Espiritualidade Amiga, por
meio do trabalho no bem e
da prática da Caridade,
como Jesus nos ensinou???
Cumprimos, enfim, algumas promessas que fizemos
anteriormente e, por isso, é natural que estejamos
entusiasmados e eufóricos, alimentado pela
convicção de inúmeras vitórias.
Todos nós, ao fim de mais um ano,
contabilizamos as conquistas materiais
que alcançamos:
 Enriquecemos o patrimônio;
 Adquirimos a moradia de nossos
sonhos;
 Viajamos;
 Lucramos nos negócios; etc....
 Destinaste ao faminto as sobras de tua mesa farta?
 Colaboraste com o necessitado sem abrigo?
 Visitaste alguém castigado pela solidão?
 Abriste a carteira ao infeliz em penúria? Usaste tua
influência para amenizar o sofrimento alheio?
 Favoreceste com a peça de roupa o irmão quase
nu?
 Socorreste o doente sem recursos?
 Semeaste solidariedade, fé e esperança?
Vivendo o Evangelho - vol. I / Antônio Baduy Filho,
Espírito André Luiz, Cap. II, mensagem 23 “Novo Ano”.
 Sejamos gratos;
 Cultivar o amor e a fé;
 Nunca parar de sonhar, de
planejar;
 Renascer a cada manhã;
 Reconcilia-te consigo mesmo e
com os que te feriram;
 Construir o futuro que nós queremos
ver;
 Oremos e vigiemos.
 Trabalhemos, no limite de nossas
forças.
 Sejamos perseverantes, humildes....
Acima de tudo “(...),
reparte tuas alegrias com
os que choram à tua
volta, serve, trabalha e
ajuda, na certeza de que
Jesus foi claro e objetivo
ao traçar o roteiro do
bem, afirmando sem
qualquer vacilação:
“Ama teu próximo como
a ti mesmo”.”.
Vivendo o Evangelho - vol. I / Antônio Baduy Filho,
Espírito André Luiz, Cap. II, mensagem 23.
O ano novo convida-
nos a um olhar
diferenciado perante
todos e tudo e,
especialmente, à
renovação de nós
mesmos.
Renovação de ideais,
sentimentos e ações.
Dar as boas-vindas a um
novo ano representa abrir-
se à possibilidade de
novas experiências e
aprendizagens,
fortalecendo valores e
transformando más
inclinações em boas
atitudes, ações
consideradas
fundamentais para a
formação de “homens
novos”.
Para a espiritualidade um
ano novo é tempo de
renovação de cada um...
Aproveitemos, então, todas
as oportunidades dessa
reencarnação, desse ano
que acabou de nascer e de
todos os dias que Deus nos
concede para fazermos
melhor!!!
Renovemos todos os dias os
nossos compromissos de
renascer em espirito!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
igmateus
 
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Patricia Farias
 
Perfeição moral: as virtudes e os vícios . ...
Perfeição moral: as virtudes e os vícios  .                                  ...Perfeição moral: as virtudes e os vícios  .                                  ...
Perfeição moral: as virtudes e os vícios . ...
Therezinha Dinelli
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Divulgador do Espiritismo
 
Trabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraTrabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima Hora
Sergio Menezes
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiosos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Patricia Farias
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
umecamaqua
 
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismoPalestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Jose Ferreira Almeida
 
Palestra Espírita - Reforma íntima na prática
Palestra Espírita - Reforma íntima na práticaPalestra Espírita - Reforma íntima na prática
Palestra Espírita - Reforma íntima na prática
Divulgador do Espiritismo
 
A Prece
A PreceA Prece
Trabalhador espírita
Trabalhador espíritaTrabalhador espírita
Trabalhador espírita
Norberto Tomasini Jr
 
Palestra 14 o evangelho no lar
Palestra 14 o evangelho no larPalestra 14 o evangelho no lar
Palestra 14 o evangelho no lar
Jose Ferreira Almeida
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
Divulgador do Espiritismo
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão esprita
Victor Passos
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Almir Silva
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última hora
Isnande Mota Barros
 

Mais procurados (20)

Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
 
Perfeição moral: as virtudes e os vícios . ...
Perfeição moral: as virtudes e os vícios  .                                  ...Perfeição moral: as virtudes e os vícios  .                                  ...
Perfeição moral: as virtudes e os vícios . ...
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Trabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraTrabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima Hora
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiosos
 
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismoPalestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
Palestra 18 o evangelho segundo o espiritismo
 
Palestra Espírita - Reforma íntima na prática
Palestra Espírita - Reforma íntima na práticaPalestra Espírita - Reforma íntima na prática
Palestra Espírita - Reforma íntima na prática
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
Trabalhador espírita
Trabalhador espíritaTrabalhador espírita
Trabalhador espírita
 
Palestra 14 o evangelho no lar
Palestra 14 o evangelho no larPalestra 14 o evangelho no lar
Palestra 14 o evangelho no lar
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão esprita
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última hora
 

Semelhante a Ano novo

A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida") A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
Celso Moreira
 
Voz da Paróquia - Agosto 2012
Voz da Paróquia - Agosto 2012Voz da Paróquia - Agosto 2012
Voz da Paróquia - Agosto 2012
jesmioma
 
Quer empreender
Quer empreenderQuer empreender
Quer empreender
guilhermino ribas
 
248
248248
Jormi 40
Jormi 40Jormi 40
11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição
Josenilton Pinheiro Pinheiro
 
17052012
1705201217052012
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdfYESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
GarantiaCorujonda
 
17072012
1707201217072012
Zaqueu
ZaqueuZaqueu
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
Sementes de Fé Uma Vida na Palavra
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
nara machado
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
nara machado
 
Resiliência
ResiliênciaResiliência
Resiliência
Sidinei Kauer
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
adalbertovha
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
Leandro Morais Almeida
 
Norman Vincent Peale - A Esperanca
Norman Vincent Peale - A EsperancaNorman Vincent Peale - A Esperanca
Norman Vincent Peale - A Esperanca
IEAD PG
 
Oração que transporta montes gordon lindsay
Oração que transporta montes   gordon lindsayOração que transporta montes   gordon lindsay
Oração que transporta montes gordon lindsay
deusdetdfsoares
 
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
Magali ..
 
Livro vai tudo bem pr marcio valadao
Livro vai tudo bem   pr marcio valadaoLivro vai tudo bem   pr marcio valadao
Livro vai tudo bem pr marcio valadao
dudu1978
 

Semelhante a Ano novo (20)

A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida") A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
A Conversão de Zaqueu (Projeto "Construindo uma vida")
 
Voz da Paróquia - Agosto 2012
Voz da Paróquia - Agosto 2012Voz da Paróquia - Agosto 2012
Voz da Paróquia - Agosto 2012
 
Quer empreender
Quer empreenderQuer empreender
Quer empreender
 
248
248248
248
 
Jormi 40
Jormi 40Jormi 40
Jormi 40
 
11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição
 
17052012
1705201217052012
17052012
 
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdfYESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
YESHUA-M6A34-A-ressurreicao-e-a-Vida.pdf
 
17072012
1707201217072012
17072012
 
Zaqueu
ZaqueuZaqueu
Zaqueu
 
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê!
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
 
Resiliência
ResiliênciaResiliência
Resiliência
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
Norman Vincent Peale - A Esperanca
Norman Vincent Peale - A EsperancaNorman Vincent Peale - A Esperanca
Norman Vincent Peale - A Esperanca
 
Oração que transporta montes gordon lindsay
Oração que transporta montes   gordon lindsayOração que transporta montes   gordon lindsay
Oração que transporta montes gordon lindsay
 
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
A preceligaçãomaiorentre-criaturae-criador29.01.04(2)
 
Livro vai tudo bem pr marcio valadao
Livro vai tudo bem   pr marcio valadaoLivro vai tudo bem   pr marcio valadao
Livro vai tudo bem pr marcio valadao
 

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA

O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritanoA parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritano
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro meu avô desencarnou
Livro   meu avô desencarnouLivro   meu avô desencarnou
Livro meu avô desencarnou
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A lição dos chuchus
A lição dos chuchusA lição dos chuchus
A lição dos chuchus
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro casinhas de morar
Livro casinhas de morarLivro casinhas de morar
Livro casinhas de morar
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro os dois franciscos
Livro   os dois franciscosLivro   os dois franciscos
Livro os dois franciscos
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro o espírito
Livro   o espíritoLivro   o espírito
Livro o espírito
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro a vida
Livro   a vidaLivro   a vida
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Palestra evangelização 19.09.2012
Palestra evangelização   19.09.2012Palestra evangelização   19.09.2012
Palestra evangelização 19.09.2012
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Tatuagens e afins
Tatuagens e afinsTatuagens e afins
Tatuagens e afins
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA (20)

O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
 
A parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritanoA parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritano
 
Livro meu avô desencarnou
Livro   meu avô desencarnouLivro   meu avô desencarnou
Livro meu avô desencarnou
 
A lição dos chuchus
A lição dos chuchusA lição dos chuchus
A lição dos chuchus
 
Livro casinhas de morar
Livro casinhas de morarLivro casinhas de morar
Livro casinhas de morar
 
Livro os dois franciscos
Livro   os dois franciscosLivro   os dois franciscos
Livro os dois franciscos
 
Livro o espírito
Livro   o espíritoLivro   o espírito
Livro o espírito
 
Livro a vida
Livro   a vidaLivro   a vida
Livro a vida
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
 
Palestra evangelização 19.09.2012
Palestra evangelização   19.09.2012Palestra evangelização   19.09.2012
Palestra evangelização 19.09.2012
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
 
Tatuagens e afins
Tatuagens e afinsTatuagens e afins
Tatuagens e afins
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 

Último

A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 

Último (12)

A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 

Ano novo

  • 1.
  • 4.  Usar roupa branca;  Usar lingerie colorida;  Comer lentilha, uva, romã;  Pular 7 ondas; etc.... E cantamos uma música bem conhecida ....
  • 5. Fim de Ano, Francisco Alves e David Nasser, 1951
  • 6. Fim de Ano, Francisco Alves e David Nasser, 1951
  • 7. Fim de Ano, Francisco Alves e David Nasser, 1951
  • 8. Sem saúde e sem dinheiro no bolso dá pra se fazer pouca coisa. Acontece que essas coisas são as mais importantes, as mais relevantes e as que mais edificam.
  • 9. Tem pessoas que não ficam esperando que as tudo se realize: ELAS REALIZARAM. Não renovam apenas “esperanças” para o ano novo: RENOVARAM COMPROMISSOS
  • 10. Data meramente simbólica. Final de um ciclo e início de outro. Oportunidade ideal para renovarmos as nossas esperanças.
  • 11.  Ter uma alimentação mais saudável;  Emagrecer e praticar mais exercícios;  Parar com algum vício que possuímos;  Ser mais organizado(a);  Ler mais;  Investir na minha carreira profissional;  Casar, ter um filho(a), adquirir a casa própria ou um veículo... Etc.
  • 12. “Ano novo é também a renovação de nossa oportunidade de aprender, trabalhar e servir. O tempo, como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para a necessária ascensão. Francisco Cândido Xavier, Vida e Caminho, pelo Espírito Emmanuel Lembra-te de que o ano em retorno é novo dia a convocar-nos para execução de velhas promessas, que ainda não tiveste a coragem de cumprir.”.
  • 13. Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: - Ama e auxilia sempre. Ajuda aos outros amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração. Francisco Cândido Xavier, Vida e Caminho, pelo Espírito Emmanuel
  • 14. E havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus e disse-lhe: - Rabi, bem sabemos que és mestre vindo de Deus, porque ninguém pose fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.João 3:1-6
  • 15. Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer? João 3:1-6
  • 16. “Jesus respondeu: (...) aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.”. Renascer da água: o corpo renasce pela água, isto é a vida orgânica se origina na água, elemento material. Renascer do espírito: O espírito surge do elemento espiritual e desenvolvendo-se através de corpos materiais, em mundos materiais, segundo a lei da reencarnação, vai adquirindo as qualificações de perfeição para a qual está destinado João 3:1-6
  • 17. “Somos tangidos por fatos e problemas a exigirem a manifestação de nossa vontade em todas as circunstâncias.”. Afora tu mesmo, ninguém te decide o destino... XAVIER, Francisco Cândido; VIEIRA, Waldo. Opinião Espírita. Pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz. CEC. Capítulo 27
  • 18. Jesus entrou em Jericó e ia atravessando a cidade. Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos.
  • 19. Ele estava tentando ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, pois Zaqueu era muito baixo. Então correu adiante da multidão e subiu numa figueira brava para ver Jesus, que devia passar por ali.
  • 20. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e disse a Zaqueu: —Zaqueu, desça depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa. Vendo isto, todos murmuravam e diziam: 'Ele vai hospedar-se em casa de um pecador...'.
  • 21. Zaqueu, entretanto, de pé, diante do Senhor disse-lhe: ‘Senhor, doravante dou a metade dos meus bens aos pobres, e, se tiver defraudado alguém, restituirei o quadruplo.’ Disse-lhe Jesus: ‘Hoje entrou a salvação nesta casa; porquanto também este é filho de Abraão. Pois o Filho do homem veio procurar e salvar o que estava perdido.’
  • 22. Abandonou a cátedra de mestre renomado e arriscou a própria reputação em busca de um novo ideal. Abandonou o próprio nome em benefício do Espiritismo. Abriu mão das próprias convicções para ser fiel ao pensamento dos Espíritos que o orientavam.
  • 23. Deixou o luxo de um colégio para moças inglesas, em Calcutá, para assumir a miséria em um dos lugares mais pobres do mundo. Assumiu o nome de Tereza, e abriu mão de qualquer ajuda material. Dedicou sua vida à pratica da mais pura caridade.
  • 24. E nós??? Estamos dispostos a renascer do Espírito, buscando nos aproximar cada vez mais da Espiritualidade Amiga, por meio do trabalho no bem e da prática da Caridade, como Jesus nos ensinou???
  • 25. Cumprimos, enfim, algumas promessas que fizemos anteriormente e, por isso, é natural que estejamos entusiasmados e eufóricos, alimentado pela convicção de inúmeras vitórias. Todos nós, ao fim de mais um ano, contabilizamos as conquistas materiais que alcançamos:  Enriquecemos o patrimônio;  Adquirimos a moradia de nossos sonhos;  Viajamos;  Lucramos nos negócios; etc....
  • 26.  Destinaste ao faminto as sobras de tua mesa farta?  Colaboraste com o necessitado sem abrigo?  Visitaste alguém castigado pela solidão?  Abriste a carteira ao infeliz em penúria? Usaste tua influência para amenizar o sofrimento alheio?  Favoreceste com a peça de roupa o irmão quase nu?  Socorreste o doente sem recursos?  Semeaste solidariedade, fé e esperança? Vivendo o Evangelho - vol. I / Antônio Baduy Filho, Espírito André Luiz, Cap. II, mensagem 23 “Novo Ano”.
  • 27.  Sejamos gratos;  Cultivar o amor e a fé;  Nunca parar de sonhar, de planejar;  Renascer a cada manhã;  Reconcilia-te consigo mesmo e com os que te feriram;  Construir o futuro que nós queremos ver;  Oremos e vigiemos.  Trabalhemos, no limite de nossas forças.  Sejamos perseverantes, humildes....
  • 28. Acima de tudo “(...), reparte tuas alegrias com os que choram à tua volta, serve, trabalha e ajuda, na certeza de que Jesus foi claro e objetivo ao traçar o roteiro do bem, afirmando sem qualquer vacilação: “Ama teu próximo como a ti mesmo”.”. Vivendo o Evangelho - vol. I / Antônio Baduy Filho, Espírito André Luiz, Cap. II, mensagem 23.
  • 29. O ano novo convida- nos a um olhar diferenciado perante todos e tudo e, especialmente, à renovação de nós mesmos. Renovação de ideais, sentimentos e ações.
  • 30. Dar as boas-vindas a um novo ano representa abrir- se à possibilidade de novas experiências e aprendizagens, fortalecendo valores e transformando más inclinações em boas atitudes, ações consideradas fundamentais para a formação de “homens novos”.
  • 31. Para a espiritualidade um ano novo é tempo de renovação de cada um... Aproveitemos, então, todas as oportunidades dessa reencarnação, desse ano que acabou de nascer e de todos os dias que Deus nos concede para fazermos melhor!!! Renovemos todos os dias os nossos compromissos de renascer em espirito!