SlideShare uma empresa Scribd logo
CICLO DO EVANGELHO
O Jugo Leve
Consolador
Prometido
Jesus falando aos seus discípulos
O convite de Jesus
No Evangelho de
Mateus está
registrado o doce
chamado que Ele nos
faz:
“Vinde a mim, todos
os que andam em
sofrimento e vos
achais carregados, e
eu vos aliviarei.
...”
Quando Ele diz
Vinde a mim,
está convidando
todos nós, todas
as criaturas
humanas e nos
deixando a
certeza de que
podemos ir até
Ele.
Ao se referir aos
aflitos e
sobrecarregados,
Ele se reporta a
nós, os sofridos, os
que choram, os
preocupados dos
dias atuais, os
depressivos, os
ansiosos e os que
padecem tantas
outras aflições.
Na fala Eu vos aliviarei, Ele traz a
promessa do alívio de nossas dores,
que se dará a partir do momento em
que nos sintonizarmos no padrão do
Cristo.
Ainda Mateus ensina:
“...
Tomai sobre vós o meu
jugo, e aprendei de
mim, que sou manso e
humilde de coração, e
achareis descanso
para as vossas almas.
Porque o meu jugo é
suave e o meu fardo é
leve.”
Quando Ele diz
Tomai sobre vós
o meu jugo,
Cristo vem nos
contar da Sua
autoridade,
baseado
simplesmente no
poder do AMOR.
Ele se coloca
como referencial
quando diz
Aprendei comigo
que sou manso e
humilde de
coração.
“MEU JUGO É SUAVE E O MEU
FARDO É LEVE”
Jesus coloca uma condição
à sua assistência e à felicidade
que promete aos aflitos.
Essa condição está na lei que
Ele ensina: é a obediência a
essa lei – que está contida em seus
ensinamentos.
O jugo é leve e essa lei é
suave, pois que
impõem, como
dever, o amor e a
caridade.
O Cristo disse: “Bem-
aventurados os aflitos, pois
serão consolados...”
Mas como se
achar feliz por
sofrer, se não se
sabe por que
se sofre?
Jesus é o consolador não por que ele vem
tirar a dor, mas Ele vem para trazer alívio.
Ele veio consolar, nos dizendo: “não se
desespere esta dor vai te regenerar.”.
Sua consolação é ligar-nos ao dever,
as nossas responsabilidades com a
consciência que este sofrimento
passa e nos purifica e ilumina.
A dor não tem o
papel de punição,
não tem o papel
de responsabilizar,
tem o papel de
EDUCAR.
Nós espíritas muitas vezes achamos
que toda dor é expiação.
A DOR ENSINA
As provações da vida são como o esmeril
que lapida o diamante bruto em busca do
brilho da pedra preciosa. Todas ocorrem
com um único objetivo: ajudar o homem a
eliminar de si tudo aquilo que o impede
de amar o seu semelhante.
Jesus vai nos
consolar que esta
dor bem vivida,
pode sim, nos
conduzir na
direção da
verdadeira
felicidade.
Ela sedimenta
dentro de nós as
virtudes que ela
vem ensinar.
Haroldo Dutra
Perante toda
situação da vida
em que você
esteja
necessitando de
um braço ou de
um abraço que
agasalhe o seu
coração, busque
Jesus.
Jesus Cristo é aquele
amigo que sempre
espera a nossa
decisão de buscá-Lo,
de ir até Ele, abrindo
mão de tudo o que
nos agrilhoa no
mundo a fim de nos
aconchegarmos em
Seus braços.
Ele nunca nos indagará por que demoramos
tanto. Esse dia da busca é também o dia da
maturidade nossa e da aceitação do Senhor.
Já sabemos o caminho, agora só nos resta
segui-lo!
(Jo 16,33)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
Izabel Cristina Fonseca
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
Jorge Luiz dos Santos
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Bruno Cechinel Filho
 
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Marcos Antônio Alves
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
Ricardo Azevedo
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Fábio Paiva
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
Izabel Cristina Fonseca
 
A eficácia da Prece
A eficácia da PreceA eficácia da Prece
A eficácia da Prece
Izabel Cristina Fonseca
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
Ronaldo Pereira Rodrigues
 
Anjos da Guarda
Anjos da GuardaAnjos da Guarda
Anjos da Guarda
Ponte de Luz ASEC
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
Grupo Espírita Cristão
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
Ponte de Luz ASEC
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
Semente de Esperança
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
Roseli Lemes
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
Sergio Menezes
 
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
manumino
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
grupodepaisceb
 

Mais procurados (20)

O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
 
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
 
A eficácia da Prece
A eficácia da PreceA eficácia da Prece
A eficácia da Prece
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
Anjos da Guarda
Anjos da GuardaAnjos da Guarda
Anjos da Guarda
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
 
Aula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – liliAula 2 - Deus – lili
Aula 2 - Deus – lili
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
Palestra Espirita - Tema livre-arbítrio
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
 

Semelhante a O cristo consolador

O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
Helio Cruz
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
Fatoze
 
Domingo da pascoa
Domingo da pascoaDomingo da pascoa
Domingo da pascoa
Jose Aroso
 
2 domingo da pascoa
2 domingo da pascoa2 domingo da pascoa
2 domingo da pascoa
Jose Aroso
 
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
Rosana De Rosa
 
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
Kardecian Spiritist Society of Florida
 
vencendo a depressão
vencendo a depressãovencendo a depressão
vencendo a depressão
Rômulo Martins
 
O jugo suave e o fardo leve
O jugo suave e o fardo leveO jugo suave e o fardo leve
O jugo suave e o fardo leve
Helio Cruz
 
OraçãO E MissãO
OraçãO E MissãOOraçãO E MissãO
OraçãO E MissãO
Leone Orlando
 
Resenha de estudos espiritas 05
Resenha de estudos espiritas 05Resenha de estudos espiritas 05
Resenha de estudos espiritas 05
MRS
 
O Cristo Consolador
O Cristo ConsoladorO Cristo Consolador
O Cristo Consolador
Marta Cristina
 
Estudo do livro Roteiro lição 19
Estudo do livro Roteiro lição 19Estudo do livro Roteiro lição 19
Estudo do livro Roteiro lição 19
Candice Gunther
 
Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.
felipe_higa
 
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
mateusjardim
 
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
Sergio Menezes
 
Cura e libertação (josé carlos de lucca)
Cura e libertação (josé carlos de lucca)Cura e libertação (josé carlos de lucca)
Cura e libertação (josé carlos de lucca)
VaraisnaVaranda
 
vencendo a depressão (contin)
vencendo a depressão (contin)vencendo a depressão (contin)
vencendo a depressão (contin)
Rômulo Martins
 
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
Fatoze
 
O Fardo com Jesus
O Fardo com JesusO Fardo com Jesus
O Fardo com Jesus
CEENA_SS
 
O sofrimento
O sofrimentoO sofrimento
O sofrimento
pr_afsalbergaria
 

Semelhante a O cristo consolador (20)

O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
Domingo da pascoa
Domingo da pascoaDomingo da pascoa
Domingo da pascoa
 
2 domingo da pascoa
2 domingo da pascoa2 domingo da pascoa
2 domingo da pascoa
 
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
2015 02-26-Palestra-O Cristo Consolador Rosana De Rosa - KSSF
 
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
KSSF Palestra - O Cristo Consolador - Rosana De Rosa - Fevereiro/2015
 
vencendo a depressão
vencendo a depressãovencendo a depressão
vencendo a depressão
 
O jugo suave e o fardo leve
O jugo suave e o fardo leveO jugo suave e o fardo leve
O jugo suave e o fardo leve
 
OraçãO E MissãO
OraçãO E MissãOOraçãO E MissãO
OraçãO E MissãO
 
Resenha de estudos espiritas 05
Resenha de estudos espiritas 05Resenha de estudos espiritas 05
Resenha de estudos espiritas 05
 
O Cristo Consolador
O Cristo ConsoladorO Cristo Consolador
O Cristo Consolador
 
Estudo do livro Roteiro lição 19
Estudo do livro Roteiro lição 19Estudo do livro Roteiro lição 19
Estudo do livro Roteiro lição 19
 
Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.
 
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
Cura e libertação (José Carlos de Lucca)
 
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
 
Cura e libertação (josé carlos de lucca)
Cura e libertação (josé carlos de lucca)Cura e libertação (josé carlos de lucca)
Cura e libertação (josé carlos de lucca)
 
vencendo a depressão (contin)
vencendo a depressão (contin)vencendo a depressão (contin)
vencendo a depressão (contin)
 
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
A presença amorosa de jesus em nossas vidas 7
 
O Fardo com Jesus
O Fardo com JesusO Fardo com Jesus
O Fardo com Jesus
 
O sofrimento
O sofrimentoO sofrimento
O sofrimento
 

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA

Ano novo
Ano novoAno novo
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritanoA parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritano
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro meu avô desencarnou
Livro   meu avô desencarnouLivro   meu avô desencarnou
Livro meu avô desencarnou
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A lição dos chuchus
A lição dos chuchusA lição dos chuchus
A lição dos chuchus
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro casinhas de morar
Livro casinhas de morarLivro casinhas de morar
Livro casinhas de morar
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro os dois franciscos
Livro   os dois franciscosLivro   os dois franciscos
Livro os dois franciscos
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro o espírito
Livro   o espíritoLivro   o espírito
Livro o espírito
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Livro a vida
Livro   a vidaLivro   a vida
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Palestra evangelização 19.09.2012
Palestra evangelização   19.09.2012Palestra evangelização   19.09.2012
Palestra evangelização 19.09.2012
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Tatuagens e afins
Tatuagens e afinsTatuagens e afins
Tatuagens e afins
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA (20)

Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
 
A parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritanoA parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritano
 
Livro meu avô desencarnou
Livro   meu avô desencarnouLivro   meu avô desencarnou
Livro meu avô desencarnou
 
A lição dos chuchus
A lição dos chuchusA lição dos chuchus
A lição dos chuchus
 
Livro casinhas de morar
Livro casinhas de morarLivro casinhas de morar
Livro casinhas de morar
 
Livro os dois franciscos
Livro   os dois franciscosLivro   os dois franciscos
Livro os dois franciscos
 
Livro o espírito
Livro   o espíritoLivro   o espírito
Livro o espírito
 
Livro a vida
Livro   a vidaLivro   a vida
Livro a vida
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
 
Palestra evangelização 19.09.2012
Palestra evangelização   19.09.2012Palestra evangelização   19.09.2012
Palestra evangelização 19.09.2012
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
 
Tatuagens e afins
Tatuagens e afinsTatuagens e afins
Tatuagens e afins
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 

Último

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 

Último (16)

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 

O cristo consolador

  • 1. CICLO DO EVANGELHO O Jugo Leve Consolador Prometido
  • 2. Jesus falando aos seus discípulos
  • 3. O convite de Jesus
  • 4. No Evangelho de Mateus está registrado o doce chamado que Ele nos faz: “Vinde a mim, todos os que andam em sofrimento e vos achais carregados, e eu vos aliviarei. ...”
  • 5. Quando Ele diz Vinde a mim, está convidando todos nós, todas as criaturas humanas e nos deixando a certeza de que podemos ir até Ele.
  • 6. Ao se referir aos aflitos e sobrecarregados, Ele se reporta a nós, os sofridos, os que choram, os preocupados dos dias atuais, os depressivos, os ansiosos e os que padecem tantas outras aflições.
  • 7. Na fala Eu vos aliviarei, Ele traz a promessa do alívio de nossas dores, que se dará a partir do momento em que nos sintonizarmos no padrão do Cristo.
  • 8. Ainda Mateus ensina: “... Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”
  • 9. Quando Ele diz Tomai sobre vós o meu jugo, Cristo vem nos contar da Sua autoridade, baseado simplesmente no poder do AMOR.
  • 10. Ele se coloca como referencial quando diz Aprendei comigo que sou manso e humilde de coração.
  • 11. “MEU JUGO É SUAVE E O MEU FARDO É LEVE” Jesus coloca uma condição à sua assistência e à felicidade que promete aos aflitos.
  • 12. Essa condição está na lei que Ele ensina: é a obediência a essa lei – que está contida em seus ensinamentos.
  • 13. O jugo é leve e essa lei é suave, pois que impõem, como dever, o amor e a caridade.
  • 14. O Cristo disse: “Bem- aventurados os aflitos, pois serão consolados...” Mas como se achar feliz por sofrer, se não se sabe por que se sofre?
  • 15. Jesus é o consolador não por que ele vem tirar a dor, mas Ele vem para trazer alívio. Ele veio consolar, nos dizendo: “não se desespere esta dor vai te regenerar.”.
  • 16. Sua consolação é ligar-nos ao dever, as nossas responsabilidades com a consciência que este sofrimento passa e nos purifica e ilumina.
  • 17. A dor não tem o papel de punição, não tem o papel de responsabilizar, tem o papel de EDUCAR.
  • 18. Nós espíritas muitas vezes achamos que toda dor é expiação. A DOR ENSINA
  • 19. As provações da vida são como o esmeril que lapida o diamante bruto em busca do brilho da pedra preciosa. Todas ocorrem com um único objetivo: ajudar o homem a eliminar de si tudo aquilo que o impede de amar o seu semelhante.
  • 20. Jesus vai nos consolar que esta dor bem vivida, pode sim, nos conduzir na direção da verdadeira felicidade. Ela sedimenta dentro de nós as virtudes que ela vem ensinar.
  • 22. Perante toda situação da vida em que você esteja necessitando de um braço ou de um abraço que agasalhe o seu coração, busque Jesus.
  • 23. Jesus Cristo é aquele amigo que sempre espera a nossa decisão de buscá-Lo, de ir até Ele, abrindo mão de tudo o que nos agrilhoa no mundo a fim de nos aconchegarmos em Seus braços.
  • 24. Ele nunca nos indagará por que demoramos tanto. Esse dia da busca é também o dia da maturidade nossa e da aceitação do Senhor. Já sabemos o caminho, agora só nos resta segui-lo!