SlideShare uma empresa Scribd logo
Padrões de resposta para as questões dissertativas da AV Integrada 7º Semestre de
Publicidade e Propaganda
Questões 27 e 28 – Foco na interpretação do tema e na produção textual
100%:
O aluno conseguiu:
- obedecer ao tema proposto;
- obedecer ao gênero do texto dissertativo-argumentativo;
- obedecer à estrutura textual;
- obedecer à comenda da proposta;
- obedecer ao nível de linguagem exigido (variedade culta);
- escrever um texto coeso (encadeamento e logicidade entre as frases, articular ideias, usar
corretamente os conectivos);
- manter a unidade, com argumentos coerentes ao tema proposto, lógica de raciocínio;
- Texto é considerado MUITO BOM.
75%:
O aluno conseguiu:
- obedecer ao tema, ao tipo de gênero, à estrutura, à comanda da proposta, porém apresenta
POUCOS problemas no tocante ao nível de linguagem, ou ainda, aspectos relacionados à
coesão ou coerência, abordados anteriormente;
- argumentos apresentados são BONS;
- Texto é considerado BOM.
50%:
O aluno conseguiu:
- obedecer ao tema, ao tipo de gênero, à estrutura, à comenda da proposta, porém apresenta
problemas no tocante ao nível de linguagem, ou ainda, aspectos relacionados à coesão e
coerência, abordados anteriormente;
- argumentos apresentados são RAZOÁVEIS;
- Texto é considerado REGULAR.
25%:
Texto apresenta problemas em relação:
- ao tema (tangencia, mas não desenvolve, ou ainda, responde parte do que foi solicitado);
- estrutura do texto (embrionária);
- comprometimento em relação ao gênero dissertativo-argumentativo;
- muitas inadequações de norma culta;
- organizar precariamente as partes do texto, torna algumas ideias ilógicas, problemas de
coesão;
- argumentação fraca;
- Texto é considerado PRECÁRIO.
ZERO:
- Texto em branco;
- Fuga total do tema.
Questão 29 – Comunicação Virtual
A resposta correta deve considerar:
1) Que a charge é um exemplo de relacionamento através das Redes Sociais e
que, o namorado que cobra da sua namorada a falta de contato imediato não
percebe que a utilização de outro meio poderia ter resolvido o impasse.
2) Parte-se do enunciado que a comunicação virtual é um suplemento da vida
real, isto é, não substitui a vida real, mas traz a ela algumas vantagens como a
informação atualizada, a comercialização de marcas, produtos e serviços on-
line e o papel protagônico dos usuários que participam desses processos de
troca interativa.
3) Contudo, o texto também deve fazer referência aos perigos deste tipo de
comunicação: os relacionamentos pessoais, o oportunismo das empresas que
lucram via internet ou o terrorismo desta espécie.
4) O aluno pode trazer alguns exemplos de sua vida pessoal ou um
posicionamento a respeito do tema, ele pode ser considerado sempre e
quando parta de um ponto explícito/literal contido na charge ou no texto.
Questão 30 – Simulacro
1) O texto pode explicar o título considerando que o relacionamento do
protagonista com um sistema operacional torna verossímil o romance entre
ambos. Pode-se partir do princípio que a palavra verossímil é uma composição
entre a palavra verdade e semelhança, dando precisamente esse sentido ao
simulacro, algo que se parece à verdade.
2) Pode-se igualmente explorar a definição de simulacro: uma representação
técnica do real.
3) O argumento trata da impossibilidade de um romance virtual se converter em
realidade. Contudo, deve-se apontar a informação sobre o desconforto ou
mal-estar que produz viver em um mundo cheio de simulacros e simulações,
fruto dos impasses entre o corpo e o espírito.
4) O posicionamento tem que ser baseado no combate ao desequilíbrio corpo,
mente e espírito.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Padrões de resposta para as dissertativas av integrada 7 semestre pp

Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
MatheusMesquitaMelo
 
O que não fazer na redação do ENEM
O que não fazer na redação do ENEMO que não fazer na redação do ENEM
O que não fazer na redação do ENEM
Rayane Roale
 
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdfEbook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
DiocelliDantas
 
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptxAEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
LeandroGalvo8
 
Criterios &Baremas
Criterios &BaremasCriterios &Baremas
Criterios &Baremas
Dionísio Carmo-Neto
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
Kele Santos
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
Josenilson S'ilva
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
eebhomago
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
RobertaCamposdeCarva
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Aline Gomes
 
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.docDISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
Adriano Alves de Souza
 
Critérios avaliativos padrão puc e competências avaliadas pelo enem
Critérios avaliativos  padrão puc e competências avaliadas pelo enemCritérios avaliativos  padrão puc e competências avaliadas pelo enem
Critérios avaliativos padrão puc e competências avaliadas pelo enem
Dante Napoli
 
Curso de Português para Concurso PM SP
Curso de Português para Concurso PM SPCurso de Português para Concurso PM SP
Curso de Português para Concurso PM SP
Estratégia Concursos
 
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
Concurso Virtual
 
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdfSD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
kelitaaraujo1
 
produção textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptxprodução textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptx
almeidaluana280
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
Ronildo Pinheiro
 
O que é um texto dissertativo
O que é um texto dissertativoO que é um texto dissertativo
O que é um texto dissertativo
André Vítor Monteiro
 
Formação Menino Jesus de Praga
Formação  Menino Jesus de PragaFormação  Menino Jesus de Praga
Formação Menino Jesus de Praga
marcelinorodrigues
 
Passo a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptxPasso a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptx
CAMILACRISTINASILVAB
 

Semelhante a Padrões de resposta para as dissertativas av integrada 7 semestre pp (20)

Manual do aluno de produção textual em-admin-think
Manual do aluno de produção textual   em-admin-thinkManual do aluno de produção textual   em-admin-think
Manual do aluno de produção textual em-admin-think
 
O que não fazer na redação do ENEM
O que não fazer na redação do ENEMO que não fazer na redação do ENEM
O que não fazer na redação do ENEM
 
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdfEbook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
Ebook-Escrever-e-Praticar_Os-06-principais-erros-na-redacao.pdf
 
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptxAEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
AEE-TTCC-2020-Aula4.3-CoesaoCoerencia.pptx
 
Criterios &Baremas
Criterios &BaremasCriterios &Baremas
Criterios &Baremas
 
apostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdfapostila-redacao-enem.pdf
apostila-redacao-enem.pdf
 
Competências da Redação
Competências da RedaçãoCompetências da Redação
Competências da Redação
 
Produção de texto
Produção de textoProdução de texto
Produção de texto
 
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
A REDAÇÃO DO ENEM - HISTÓRICO, COMPETÊNCIAS E EXPLICAÇÕES GERAIS.
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1Curso de Redação para o Enem: Aula 1
Curso de Redação para o Enem: Aula 1
 
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.docDISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
DISTRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO DE REDAÇÃO.doc
 
Critérios avaliativos padrão puc e competências avaliadas pelo enem
Critérios avaliativos  padrão puc e competências avaliadas pelo enemCritérios avaliativos  padrão puc e competências avaliadas pelo enem
Critérios avaliativos padrão puc e competências avaliadas pelo enem
 
Curso de Português para Concurso PM SP
Curso de Português para Concurso PM SPCurso de Português para Concurso PM SP
Curso de Português para Concurso PM SP
 
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
Modelo de recurso prova TRT-RJ 2013 | Provas com notas menores que 8
 
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdfSD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
SD-Comentada-Língua Inglesa-EF Anos Finais.pdf
 
produção textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptxprodução textual, enem, vestibular .pptx
produção textual, enem, vestibular .pptx
 
Matriz Redacao Enem
Matriz Redacao EnemMatriz Redacao Enem
Matriz Redacao Enem
 
O que é um texto dissertativo
O que é um texto dissertativoO que é um texto dissertativo
O que é um texto dissertativo
 
Formação Menino Jesus de Praga
Formação  Menino Jesus de PragaFormação  Menino Jesus de Praga
Formação Menino Jesus de Praga
 
Passo a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptxPasso a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptx
 

Mais de pablonaba

Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
pablonaba
 
Rodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamariaRodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamaria
pablonaba
 
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
pablonaba
 
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
pablonaba
 
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturnoRodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
pablonaba
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
pablonaba
 
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
pablonaba
 
Rodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mmRodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mm
pablonaba
 
Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
pablonaba
 
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturnoRodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
pablonaba
 
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
pablonaba
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
pablonaba
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
pablonaba
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
pablonaba
 
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
pablonaba
 
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
pablonaba
 
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
pablonaba
 
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
pablonaba
 
Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016
pablonaba
 
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
pablonaba
 

Mais de pablonaba (20)

Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
 
Rodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamariaRodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamaria
 
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
 
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
 
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturnoRodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
 
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
 
Rodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mmRodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mm
 
Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
 
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturnoRodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
 
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
 
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
 
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
 
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
 
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
 
Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016
 
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 

Padrões de resposta para as dissertativas av integrada 7 semestre pp

  • 1. Padrões de resposta para as questões dissertativas da AV Integrada 7º Semestre de Publicidade e Propaganda Questões 27 e 28 – Foco na interpretação do tema e na produção textual 100%: O aluno conseguiu: - obedecer ao tema proposto; - obedecer ao gênero do texto dissertativo-argumentativo; - obedecer à estrutura textual; - obedecer à comenda da proposta; - obedecer ao nível de linguagem exigido (variedade culta); - escrever um texto coeso (encadeamento e logicidade entre as frases, articular ideias, usar corretamente os conectivos); - manter a unidade, com argumentos coerentes ao tema proposto, lógica de raciocínio; - Texto é considerado MUITO BOM. 75%: O aluno conseguiu: - obedecer ao tema, ao tipo de gênero, à estrutura, à comanda da proposta, porém apresenta POUCOS problemas no tocante ao nível de linguagem, ou ainda, aspectos relacionados à coesão ou coerência, abordados anteriormente; - argumentos apresentados são BONS; - Texto é considerado BOM. 50%: O aluno conseguiu: - obedecer ao tema, ao tipo de gênero, à estrutura, à comenda da proposta, porém apresenta problemas no tocante ao nível de linguagem, ou ainda, aspectos relacionados à coesão e coerência, abordados anteriormente; - argumentos apresentados são RAZOÁVEIS; - Texto é considerado REGULAR.
  • 2. 25%: Texto apresenta problemas em relação: - ao tema (tangencia, mas não desenvolve, ou ainda, responde parte do que foi solicitado); - estrutura do texto (embrionária); - comprometimento em relação ao gênero dissertativo-argumentativo; - muitas inadequações de norma culta; - organizar precariamente as partes do texto, torna algumas ideias ilógicas, problemas de coesão; - argumentação fraca; - Texto é considerado PRECÁRIO. ZERO: - Texto em branco; - Fuga total do tema. Questão 29 – Comunicação Virtual A resposta correta deve considerar: 1) Que a charge é um exemplo de relacionamento através das Redes Sociais e que, o namorado que cobra da sua namorada a falta de contato imediato não percebe que a utilização de outro meio poderia ter resolvido o impasse. 2) Parte-se do enunciado que a comunicação virtual é um suplemento da vida real, isto é, não substitui a vida real, mas traz a ela algumas vantagens como a informação atualizada, a comercialização de marcas, produtos e serviços on- line e o papel protagônico dos usuários que participam desses processos de troca interativa. 3) Contudo, o texto também deve fazer referência aos perigos deste tipo de comunicação: os relacionamentos pessoais, o oportunismo das empresas que lucram via internet ou o terrorismo desta espécie. 4) O aluno pode trazer alguns exemplos de sua vida pessoal ou um posicionamento a respeito do tema, ele pode ser considerado sempre e quando parta de um ponto explícito/literal contido na charge ou no texto. Questão 30 – Simulacro 1) O texto pode explicar o título considerando que o relacionamento do protagonista com um sistema operacional torna verossímil o romance entre
  • 3. ambos. Pode-se partir do princípio que a palavra verossímil é uma composição entre a palavra verdade e semelhança, dando precisamente esse sentido ao simulacro, algo que se parece à verdade. 2) Pode-se igualmente explorar a definição de simulacro: uma representação técnica do real. 3) O argumento trata da impossibilidade de um romance virtual se converter em realidade. Contudo, deve-se apontar a informação sobre o desconforto ou mal-estar que produz viver em um mundo cheio de simulacros e simulações, fruto dos impasses entre o corpo e o espírito. 4) O posicionamento tem que ser baseado no combate ao desequilíbrio corpo, mente e espírito.