SlideShare uma empresa Scribd logo
O valor do perdão
      Lição 6
Texto Bíblico
 “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o
 Pai         celestial     também      lhes     perdoará.
 Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai
 celestial      não      lhes   perdoará   as   ofensas".
 Mateus 6:14-15
“Na oração, há uma conexão entre o que Deus faz e
o que você faz. Por exemplo, você não pode obter
perdão de Deus se não perdoa os outros. Se
recusar fazer a sua parte, você estará separado de
Deus.” Mateus 6.14-15

         Versão: A Mensagem de Eugene Peterson
Mensagem Valiosa

 “Sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E
 perdoem uns aos outros, assim como Deus, por
 meio de Cristo, perdoou vocês.”   Efésios 4:32
Verdade Aplicada


O homem perdoado por
Deus tem o dever de
perdoar    ao   seu
próximo.
O que significa perdão?
 “A palavra grega traduzida como “perdoar”
 significa     literalmente             cancelar           ou       remir.
 Significa a liberação ou cancelamento de
 uma obrigação e foi algumas vezes usada no
     sentido de perdoar um débito financeiro.”
             Fonte: http://conectadosemcristo.wordpress.com/2012/07/22/perdao/
Introdução

 A Bíblia nos afirma que somos devedores e nossa dívida

 é para com Deus. Mas qual o preço da dívida? Temos

 condições de pagá-la? É evidente que não!

 Jesus, na cruz do Calvário, ao entregar sua vida pela

 humanidade, quitou para sempre nossa dívida para com

 Deus. Agora Ele nos pede que façamos o mesmo com o

 nosso próximo!
1. O perdão produz paz.
 “Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me
 lembrarei    mais    dos     seus    pecados".
 Hebreus 8:12

 Quando Deus nos perdoa é como se Ele jogasse
 nossos pecados no mar do esquecimento e
 colocasse uma placa: “proibido pescar”.
“Deus não se esquece. Esta linguagem é
uma metáfora, uma figura de linguagem,
com intuito de enfatizar a determinação da
graça de Deus em não manter-nos
responsáveis por nossos pecados. Ele
cancelou o débito e nunca exigirá um
pagamento.” Sam Storms
Para nós seres humanos “perdoar e esquecer”
é, simplesmente, psicologicamente impossível.
Mas o perdão nos possibilita a lembrar do fato
sem sofrer, a reabrir o caminho para o
relacionamento com alguém.
A falta de perdão gera em nós amargura, que por
sua vez tem um efeito nocivo e devastador nas
nossas vidas física e espiritual.

O perdão, para o filho de Deus, não é opcional.
Jesus não sugere, nem tão pouco convida a pessoa
a perdoar, ele simplesmente ordena: “Perdoai!”

Mc 11.25
2. Aprendendo com Jesus

 Jesus é o nosso modelo de amor e perdão!
 Na cruz rogou ao Pai o perdão aos seus
 agressores (Lc 23.34).
 Estevão teve a mesma atitude porque tinha
 sua vida transformada pelo poder da graça
 de Deus em Cristo Jesus (At 7.60).
Jesus Cristo
Estevão
Qualquer pessoa é capaz de amar aqueles que
são bondosos e amáveis, mas os cristãos são
chamados para amar os desprezíveis e os que
não merecem perdão, porque somente um
coração transformado pela graça redentora de
Cristo é capaz de imitar o exemplo do próprio
Deus e perdoar seus devedores.
3. Sem limites para o perdão

 Então   Pedro     aproximou-se   de   Jesus   e
 perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei
 perdoar a meu irmão quando ele pecar contra
 mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: "Eu lhe
 digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.”
 Mateus 18:21-22
Quando Jesus diz a Pedro que devemos perdoar
até setenta vezes sete, Ele está dizendo que o
perdão não é uma questão de matemática
celestial, mas de conduta. Ele está dizendo que
o perdão deve ser uma atitude constante, como
o é com Deus.
Temos de nos comportar em
relação a outras pessoas como
Deus procede em relação a
nós.
Conclusão

 Ao entendermos o significado da misericórdia de
 Deus para conosco, devemos colocá-la em
 prática em relação ao nosso próximo.

 Amor verdadeiro gera atitudes!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Erberson Pinheiro
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada dia
Edmilson Fernandes
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
Carlos Cirleno Neves
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
Carlos Cirleno Neves
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Michel Plattiny
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Wander Sousa
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
RODRIGO FERREIRA
 
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiaisOs três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
Anderson Silvério
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
Felicio Araujo
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
Josue Lima
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Mordomia Cristã
Mordomia CristãMordomia Cristã
Mordomia Cristã
Rogério Nunes
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
Marconi Pacheco
 
Armadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do FimArmadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do Fim
Anderson Damasceno
 

Mais procurados (20)

Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada dia
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Batalha espiritual
Batalha espiritualBatalha espiritual
Batalha espiritual
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiaisOs três campos de batalha   parte 3 - nas regiões celestiais
Os três campos de batalha parte 3 - nas regiões celestiais
 
A armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completaA armadura de_deus_completa
A armadura de_deus_completa
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Mordomia Cristã
Mordomia CristãMordomia Cristã
Mordomia Cristã
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
 
Armadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do FimArmadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do Fim
 

Destaque

2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
Quenia Damata
 
O Perdão
O PerdãoO Perdão
O Perdão
-
 
A dinamica do perdão
A dinamica do perdãoA dinamica do perdão
A dinamica do perdão
Eliane Costa
 
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
Quenia Damata
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Quenia Damata
 
Perdoando E Sendo Perdoado
Perdoando E Sendo PerdoadoPerdoando E Sendo Perdoado
Perdoando E Sendo Perdoado
Pr Ismael Carvalho
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Prof. Robson Santos
 
14988576 1240859437cipamotivacionais
14988576 1240859437cipamotivacionais14988576 1240859437cipamotivacionais
14988576 1240859437cipamotivacionais
Pelo Siro
 
Perdão
PerdãoPerdão
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente ConvertidoUm Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Igreja Batista Regular da Fé
 
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Aula 4   Sempre crescendo em CristoAula 4   Sempre crescendo em Cristo
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Nacao_Libertai
 
O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20
Graça Maciel
 
A Força da Prece - Palestra Mauro Santos
A Força da Prece - Palestra Mauro SantosA Força da Prece - Palestra Mauro Santos
A Força da Prece - Palestra Mauro Santos
Mauro Santos
 
Remorso Ou Arrependimento
Remorso Ou ArrependimentoRemorso Ou Arrependimento
Remorso Ou Arrependimento
guest8c8f3155
 
O dom do perdao
O dom do perdaoO dom do perdao
O dom do perdao
Mensagens Virtuais
 
Amai vos uns aos outros
Amai vos uns aos outrosAmai vos uns aos outros
Amai vos uns aos outros
pmabonfim
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
Quenia Damata
 
Terra
TerraTerra
Ação e Reação
Ação e ReaçãoAção e Reação
Ação e Reação
Melita Andrade
 

Destaque (20)

2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
 
O Perdão
O PerdãoO Perdão
O Perdão
 
A dinamica do perdão
A dinamica do perdãoA dinamica do perdão
A dinamica do perdão
 
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
O adolescente e a mansidão - lição 5 - Adolescer +
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
 
Perdoando E Sendo Perdoado
Perdoando E Sendo PerdoadoPerdoando E Sendo Perdoado
Perdoando E Sendo Perdoado
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
14988576 1240859437cipamotivacionais
14988576 1240859437cipamotivacionais14988576 1240859437cipamotivacionais
14988576 1240859437cipamotivacionais
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente ConvertidoUm Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
 
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Aula 4   Sempre crescendo em CristoAula 4   Sempre crescendo em Cristo
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
 
O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20
 
A Força da Prece - Palestra Mauro Santos
A Força da Prece - Palestra Mauro SantosA Força da Prece - Palestra Mauro Santos
A Força da Prece - Palestra Mauro Santos
 
Remorso Ou Arrependimento
Remorso Ou ArrependimentoRemorso Ou Arrependimento
Remorso Ou Arrependimento
 
O dom do perdao
O dom do perdaoO dom do perdao
O dom do perdao
 
Amai vos uns aos outros
Amai vos uns aos outrosAmai vos uns aos outros
Amai vos uns aos outros
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
 
Terra
TerraTerra
Terra
 
Ação e Reação
Ação e ReaçãoAção e Reação
Ação e Reação
 

Semelhante a O valor do perdão

O que significa perdoar
O que significa perdoarO que significa perdoar
O que significa perdoar
Miranda Do Brasil
 
Acertando contas
Acertando contasAcertando contas
Acertando contas
Ramón Zazatt
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
Noimix
 
O que significa perdoar
O que significa perdoarO que significa perdoar
O que significa perdoar
Renato Santos
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
Janaina Oliveira
 
Diferenças entre misericórdia e graça
Diferenças entre misericórdia e graçaDiferenças entre misericórdia e graça
Diferenças entre misericórdia e graça
Juraci Rocha
 
Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3
Richard Rossini Atanes
 
12 o perdao na familia
12   o perdao na familia12   o perdao na familia
12 o perdao na familia
PIB Penha
 
O verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restauraO verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restaura
Instituto Teológico Gamaliel
 
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano AComentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
Domingo ano a - xxiv tempo comum
Domingo   ano a - xxiv tempo comumDomingo   ano a - xxiv tempo comum
Domingo ano a - xxiv tempo comum
Augusto Manuel Caneca
 
O verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restauraO verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restaura
Instituto Teológico Gamaliel
 
C1724 perdao sem_limites
C1724 perdao sem_limitesC1724 perdao sem_limites
C1724 perdao sem_limites
pr_afsalbergaria
 
Perdão sem_limites
Perdão sem_limitesPerdão sem_limites
Perdão sem_limites
pr_afsalbergaria
 
Perdoa as nossas ofensas
Perdoa as nossas ofensasPerdoa as nossas ofensas
Perdoa as nossas ofensas
Fernando Carlos Demarcos
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Erberson Pinheiro
 
Watchman nee a verdadeira vida cristã (tradução)
Watchman nee   a verdadeira vida cristã (tradução)Watchman nee   a verdadeira vida cristã (tradução)
Watchman nee a verdadeira vida cristã (tradução)
Escola Bíblica Ministério Missões
 
Perdão sem_limites
Perdão sem_limitesPerdão sem_limites
Perdão sem_limites
pr_afsalbergaria
 
Ebd lição 13.pptx
Ebd lição 13.pptxEbd lição 13.pptx
Ebd lição 13.pptx
ValmirPires5
 
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos PerdoadosLição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
Hamilton Souza
 

Semelhante a O valor do perdão (20)

O que significa perdoar
O que significa perdoarO que significa perdoar
O que significa perdoar
 
Acertando contas
Acertando contasAcertando contas
Acertando contas
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
O que significa perdoar
O que significa perdoarO que significa perdoar
O que significa perdoar
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
Diferenças entre misericórdia e graça
Diferenças entre misericórdia e graçaDiferenças entre misericórdia e graça
Diferenças entre misericórdia e graça
 
Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3
 
12 o perdao na familia
12   o perdao na familia12   o perdao na familia
12 o perdao na familia
 
O verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restauraO verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restaura
 
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano AComentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Comentário: 24º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Domingo ano a - xxiv tempo comum
Domingo   ano a - xxiv tempo comumDomingo   ano a - xxiv tempo comum
Domingo ano a - xxiv tempo comum
 
O verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restauraO verdadeiro perdão nos restaura
O verdadeiro perdão nos restaura
 
C1724 perdao sem_limites
C1724 perdao sem_limitesC1724 perdao sem_limites
C1724 perdao sem_limites
 
Perdão sem_limites
Perdão sem_limitesPerdão sem_limites
Perdão sem_limites
 
Perdoa as nossas ofensas
Perdoa as nossas ofensasPerdoa as nossas ofensas
Perdoa as nossas ofensas
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
 
Watchman nee a verdadeira vida cristã (tradução)
Watchman nee   a verdadeira vida cristã (tradução)Watchman nee   a verdadeira vida cristã (tradução)
Watchman nee a verdadeira vida cristã (tradução)
 
Perdão sem_limites
Perdão sem_limitesPerdão sem_limites
Perdão sem_limites
 
Ebd lição 13.pptx
Ebd lição 13.pptxEbd lição 13.pptx
Ebd lição 13.pptx
 
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos PerdoadosLição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
Lição 7- Perdoamos Porque Fomos Perdoados
 

Mais de Quenia Damata

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
Quenia Damata
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Quenia Damata
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Quenia Damata
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
Quenia Damata
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Quenia Damata
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
Quenia Damata
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
Quenia Damata
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Quenia Damata
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Quenia Damata
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
Quenia Damata
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
Quenia Damata
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Quenia Damata
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
Quenia Damata
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Quenia Damata
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Quenia Damata
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Quenia Damata
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
Quenia Damata
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
Quenia Damata
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
Quenia Damata
 

Mais de Quenia Damata (20)

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
 

Último

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 

Último (12)

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 

O valor do perdão

  • 1. O valor do perdão Lição 6
  • 2. Texto Bíblico “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas". Mateus 6:14-15
  • 3. “Na oração, há uma conexão entre o que Deus faz e o que você faz. Por exemplo, você não pode obter perdão de Deus se não perdoa os outros. Se recusar fazer a sua parte, você estará separado de Deus.” Mateus 6.14-15 Versão: A Mensagem de Eugene Peterson
  • 4. Mensagem Valiosa “Sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês.” Efésios 4:32
  • 5. Verdade Aplicada O homem perdoado por Deus tem o dever de perdoar ao seu próximo.
  • 6.
  • 7. O que significa perdão? “A palavra grega traduzida como “perdoar” significa literalmente cancelar ou remir. Significa a liberação ou cancelamento de uma obrigação e foi algumas vezes usada no sentido de perdoar um débito financeiro.” Fonte: http://conectadosemcristo.wordpress.com/2012/07/22/perdao/
  • 8. Introdução A Bíblia nos afirma que somos devedores e nossa dívida é para com Deus. Mas qual o preço da dívida? Temos condições de pagá-la? É evidente que não! Jesus, na cruz do Calvário, ao entregar sua vida pela humanidade, quitou para sempre nossa dívida para com Deus. Agora Ele nos pede que façamos o mesmo com o nosso próximo!
  • 9. 1. O perdão produz paz. “Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados". Hebreus 8:12 Quando Deus nos perdoa é como se Ele jogasse nossos pecados no mar do esquecimento e colocasse uma placa: “proibido pescar”.
  • 10. “Deus não se esquece. Esta linguagem é uma metáfora, uma figura de linguagem, com intuito de enfatizar a determinação da graça de Deus em não manter-nos responsáveis por nossos pecados. Ele cancelou o débito e nunca exigirá um pagamento.” Sam Storms
  • 11. Para nós seres humanos “perdoar e esquecer” é, simplesmente, psicologicamente impossível. Mas o perdão nos possibilita a lembrar do fato sem sofrer, a reabrir o caminho para o relacionamento com alguém.
  • 12. A falta de perdão gera em nós amargura, que por sua vez tem um efeito nocivo e devastador nas nossas vidas física e espiritual. O perdão, para o filho de Deus, não é opcional. Jesus não sugere, nem tão pouco convida a pessoa a perdoar, ele simplesmente ordena: “Perdoai!” Mc 11.25
  • 13. 2. Aprendendo com Jesus Jesus é o nosso modelo de amor e perdão! Na cruz rogou ao Pai o perdão aos seus agressores (Lc 23.34). Estevão teve a mesma atitude porque tinha sua vida transformada pelo poder da graça de Deus em Cristo Jesus (At 7.60).
  • 16. Qualquer pessoa é capaz de amar aqueles que são bondosos e amáveis, mas os cristãos são chamados para amar os desprezíveis e os que não merecem perdão, porque somente um coração transformado pela graça redentora de Cristo é capaz de imitar o exemplo do próprio Deus e perdoar seus devedores.
  • 17. 3. Sem limites para o perdão Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: "Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: "Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.” Mateus 18:21-22
  • 18. Quando Jesus diz a Pedro que devemos perdoar até setenta vezes sete, Ele está dizendo que o perdão não é uma questão de matemática celestial, mas de conduta. Ele está dizendo que o perdão deve ser uma atitude constante, como o é com Deus.
  • 19. Temos de nos comportar em relação a outras pessoas como Deus procede em relação a nós.
  • 20. Conclusão Ao entendermos o significado da misericórdia de Deus para conosco, devemos colocá-la em prática em relação ao nosso próximo. Amor verdadeiro gera atitudes!