SlideShare uma empresa Scribd logo
O QUE É LITERATURA?
Profº Esp. Rafael Vasconcelos
E-mail: vasconcelos.professor@gmail.com
O que é Literatura
Assim como a música, a pintura e a dança,
a Literatura é considerada uma arte.
Através dela temos contato com um
conjunto      de  experiências     vividas
pelo homem sem que seja preciso vivê-las.

A Literatura é um instrumento de
comunicação,       pois   transmite   os
conhecimentos e a cultura de uma
comunidade. O texto literário nos permite
identificar as marcas do momento em que
foi escrito.
As obras literárias nos ajudam a compreender sobre nós mesmos e sobre as
mudanças do comportamento do homem ao longo dos séculos; e, a partir dos
exemplos, ajudam-nos a refletir sobre nós mesmos.
O texto literário apresenta:

-Ficcionalidade: os textos não fazem, necessariamente, parte da realidade.

- Função estética: o artista procura representar a realidade a partir da sua visão.

- Plurissignificação: nos textos literários as palavras assumem diferentes
significados.

- Subjetividade: expressão pessoal de experiências, emoções e sentimentos.


As obras literárias são divididas em
escolas literárias, pois cada obra
apresenta um estilo de época, ou seja, um
conjunto de características formais e de
seleção de conteúdo evidente na obra de
escritores e poetas que viveram em um
mesmo momento.
As escolas literárias são:

                  - Trovadorismo
                   - Classicismo
                       - Barroco
                     - Arcadismo
                   - Romantismo
              - Realismo / Naturalismo
                    - Simbolismo
                   - Modernismo

Há um momento de transição entre o Trovadorismo e
o Classicismo conhecido como Humanismo, e muitos
 críticos literários afirmam que ainda exista um estilo
        de época denominado Pós-Modernismo.
Literariedade
A literatura é associada à criação de um texto elaborado por um autor, que
Seleciona criteriosamente os termos utilizados e é capaz de criar imagens
Significativas por meio do trabalho com a linguagem.
Assim, determinados textos exploram os mais diferentes recursos linguísticos,
Distinguindo-os da esfera cotidiana.

Ficção – Não Ficção / Literário – Não Literário
PARA ENTENDER MELHOR
     EXERCITANDO
TEXTO 1                          Texto 2
 Aterro terá escolta para        O Bicho (Manuel Bandeira)
Expulsar badameiros em
Jequié                           Vi ontem um bicho
                                 Na imundície do pátio
Depois de tentar, sem            Catando comida entre os
sucesso, retirar um grupo        detritos.
de 40 badameiros do aterro
sanitário de Jequié, a 359km     Quando achava alguma
de Salvador, a prefeitura do     coisa,
município abriu licitação para   Não examinava nem
contratar serviços de vigilân-   cheirava:
cia armada para expulsar o       Engolia com voracidade.
grupo e patrulhar a área a fim
de evitar novas ocupações. O     O bicho não era um cão,
chefe de fiscalização dos        Não era um gato,
serviços no aterro, Gilson       Não era um rato.
Cezimbra, confirma a informa-
ção. Segundo ele, depois da      O bicho, meu Deus, era um
evacuação dos bandameiros,       homem.
os homens armados vão fazer
rondas no aterro.
Os dois textos apresentam tema comum, porém a organização e a linguagem
utilizadas são diferentes. Considerando essa informação, responda:

a)Qual é o assunto tratado nos textos?
b)Qual é a função desempenhada em cada um dos textos apresentados?
c)Quais são as diferenças de composição entre eles? Aponte, pelo menos, três.
d)Analisando a linguagem, é possível dizer que um deles possui literariedade?
Justifique.




IMPORTANTE: a linguagem literária se caracteriza pela elaboração
estética que procura gerar algum efeito. Por vezes, os autores fazem
uso das figuras de linguagem, inversões sintáticas, vocábulos rebuscados;
por outras, valem-se da linguagem cotidiana. De qualquer forma, percebe-se
a intensão de trabalhar a palavra como matéria-prima da literatura.
Os dois textos apresentam tema comum, porém a organização e a linguagem
utilizadas são diferentes. Considerando essa informação, responda:

a)Qual é o assunto tratado nos textos?
b)Qual é a função desempenhada em cada um dos textos apresentados?
c)Quais são as diferenças de composição entre eles? Aponte, pelo menos, três.
d)Analisando a linguagem, é possível dizer que um deles possui literariedade?
Justifique.




IMPORTANTE: a linguagem literária se caracteriza pela elaboração
estética que procura gerar algum efeito. Por vezes, os autores fazem
uso das figuras de linguagem, inversões sintáticas, vocábulos rebuscados;
por outras, valem-se da linguagem cotidiana. De qualquer forma, percebe-se
a intensão de trabalhar a palavra como matéria-prima da literatura.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
Jaicinha
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
Cláudia Heloísa
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade
Denise
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Crase
CraseCrase
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Faell Vasconcelos
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
Zenia Ferreira
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Conto
ContoConto
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
Cláudia Heloísa
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
pnaicdertsis
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
Ana Claudia André
 
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdfFICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
Natália Moura
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Conto Fantástico
Conto FantásticoConto Fantástico
Conto Fantástico
Mariany Dutra
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Edna Brito
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
Luciene Gomes
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
CrisBiagio
 

Mais procurados (20)

AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdfFICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Conto Fantástico
Conto FantásticoConto Fantástico
Conto Fantástico
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 

Semelhante a O que é Literatura?

Aula 01.pptx
Aula 01.pptxAula 01.pptx
Aula 01.pptx
BibiaRJ
 
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.pptaula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
Katia Souza
 
1ano-teoria-da-literatura.ppt
1ano-teoria-da-literatura.ppt1ano-teoria-da-literatura.ppt
1ano-teoria-da-literatura.ppt
VeraGarcia17
 
Aula da disciplina de L.pptx
Aula da disciplina de L.pptxAula da disciplina de L.pptx
Aula da disciplina de L.pptx
Neomare
 
APOSTILA DE LITERATURA
APOSTILA DE LITERATURAAPOSTILA DE LITERATURA
APOSTILA DE LITERATURA
Evandro Batista
 
Teoria literária
Teoria literáriaTeoria literária
Teoria literária
Claudia Ribeiro
 
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIALLINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
iamraphael
 
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptxLITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
Andréia Cristina
 
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane BrumEntre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
Márcio Eduardo Borges
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
guesta35ddeb6
 
Literatura e Movimentos Literários - uma introdução
Literatura e Movimentos Literários - uma introduçãoLiteratura e Movimentos Literários - uma introdução
Literatura e Movimentos Literários - uma introdução
Carolina Matuck
 
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
iamraphael
 
introdução aos estudos da Literatura
introdução aos estudos da Literaturaintrodução aos estudos da Literatura
introdução aos estudos da Literatura
elenir duarte dias
 
o que é Literatura?
o que é Literatura?o que é Literatura?
o que é Literatura?
Laura Cardoso
 
concretismo
concretismoconcretismo
concretismo
whybells
 
22833615 literaturaportuguesa
22833615 literaturaportuguesa22833615 literaturaportuguesa
22833615 literaturaportuguesa
Tiago
 
O que é literatura?
O que é literatura?O que é literatura?
O que é literatura?
Mayara Santos
 
O que é Literatura ?
O que é Literatura ?O que é Literatura ?
O que é Literatura ?
Gabriel Andrade
 
Análise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumesAnálise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumes
ma.no.el.ne.ves
 
Conceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de LiteraturaConceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de Literatura
leliovr
 

Semelhante a O que é Literatura? (20)

Aula 01.pptx
Aula 01.pptxAula 01.pptx
Aula 01.pptx
 
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.pptaula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
aula1oqueliteratura-130204142749-phpapp02.ppt
 
1ano-teoria-da-literatura.ppt
1ano-teoria-da-literatura.ppt1ano-teoria-da-literatura.ppt
1ano-teoria-da-literatura.ppt
 
Aula da disciplina de L.pptx
Aula da disciplina de L.pptxAula da disciplina de L.pptx
Aula da disciplina de L.pptx
 
APOSTILA DE LITERATURA
APOSTILA DE LITERATURAAPOSTILA DE LITERATURA
APOSTILA DE LITERATURA
 
Teoria literária
Teoria literáriaTeoria literária
Teoria literária
 
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIALLINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
LINGUAGEM LITERÁRIA VS. LINGUAGEM REFERENCIAL
 
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptxLITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
LITERATURA- A ARTE DA PALAVRA 1 ANOS.pptx
 
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane BrumEntre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
Entre o real e a ficção - as marcas literárias no jornalismo de Eliane Brum
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 
Literatura e Movimentos Literários - uma introdução
Literatura e Movimentos Literários - uma introduçãoLiteratura e Movimentos Literários - uma introdução
Literatura e Movimentos Literários - uma introdução
 
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
TEXTO BASE (LITERATURA NO ENSINO MÉDIO)
 
introdução aos estudos da Literatura
introdução aos estudos da Literaturaintrodução aos estudos da Literatura
introdução aos estudos da Literatura
 
o que é Literatura?
o que é Literatura?o que é Literatura?
o que é Literatura?
 
concretismo
concretismoconcretismo
concretismo
 
22833615 literaturaportuguesa
22833615 literaturaportuguesa22833615 literaturaportuguesa
22833615 literaturaportuguesa
 
O que é literatura?
O que é literatura?O que é literatura?
O que é literatura?
 
O que é Literatura ?
O que é Literatura ?O que é Literatura ?
O que é Literatura ?
 
Análise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumesAnálise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumes
 
Conceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de LiteraturaConceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de Literatura
 

Mais de Faell Vasconcelos

Análise do período simples
Análise do período simplesAnálise do período simples
Análise do período simples
Faell Vasconcelos
 
Funções Sintáticas
Funções SintáticasFunções Sintáticas
Funções Sintáticas
Faell Vasconcelos
 
Processo de Formação das Palavras
Processo de Formação das PalavrasProcesso de Formação das Palavras
Processo de Formação das Palavras
Faell Vasconcelos
 
Pré-Modernismo
Pré-ModernismoPré-Modernismo
Pré-Modernismo
Faell Vasconcelos
 
Enem e vestibulares
Enem e vestibularesEnem e vestibulares
Enem e vestibulares
Faell Vasconcelos
 
Vanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - LiteraturaVanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - Literatura
Faell Vasconcelos
 
Adjunto Adnominal e Complemento Nominal
Adjunto Adnominal e Complemento NominalAdjunto Adnominal e Complemento Nominal
Adjunto Adnominal e Complemento Nominal
Faell Vasconcelos
 
Estudo do Período Simples
Estudo do Período SimplesEstudo do Período Simples
Estudo do Período Simples
Faell Vasconcelos
 
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de PalavrasFonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
Faell Vasconcelos
 
Figuras de Linguagem
Figuras de LinguagemFiguras de Linguagem
Figuras de Linguagem
Faell Vasconcelos
 
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
Faell Vasconcelos
 
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
Faell Vasconcelos
 
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
Faell Vasconcelos
 
Realismo - Naturalismo
Realismo - NaturalismoRealismo - Naturalismo
Realismo - Naturalismo
Faell Vasconcelos
 
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1 1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
Faell Vasconcelos
 
Unidade 1 - Positivo
Unidade 1 - PositivoUnidade 1 - Positivo
Unidade 1 - Positivo
Faell Vasconcelos
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Faell Vasconcelos
 
Vozes do verbo
Vozes do verboVozes do verbo
Vozes do verbo
Faell Vasconcelos
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
Faell Vasconcelos
 
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagem
Faell Vasconcelos
 

Mais de Faell Vasconcelos (20)

Análise do período simples
Análise do período simplesAnálise do período simples
Análise do período simples
 
Funções Sintáticas
Funções SintáticasFunções Sintáticas
Funções Sintáticas
 
Processo de Formação das Palavras
Processo de Formação das PalavrasProcesso de Formação das Palavras
Processo de Formação das Palavras
 
Pré-Modernismo
Pré-ModernismoPré-Modernismo
Pré-Modernismo
 
Enem e vestibulares
Enem e vestibularesEnem e vestibulares
Enem e vestibulares
 
Vanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - LiteraturaVanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - Literatura
 
Adjunto Adnominal e Complemento Nominal
Adjunto Adnominal e Complemento NominalAdjunto Adnominal e Complemento Nominal
Adjunto Adnominal e Complemento Nominal
 
Estudo do Período Simples
Estudo do Período SimplesEstudo do Período Simples
Estudo do Período Simples
 
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de PalavrasFonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
Fonética, Divisão Silábica, Acentuação e Estrutura e Formação de Palavras
 
Figuras de Linguagem
Figuras de LinguagemFiguras de Linguagem
Figuras de Linguagem
 
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
3ª Ensino Médio - TR - Unidade 1 do 1º Bimestre
 
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
LITERATURA - Unidade 1 - 1º Bimestre - 2013
 
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
TR - Unidade 1 do 1º Bimestre - SLIDES (2013)
 
Realismo - Naturalismo
Realismo - NaturalismoRealismo - Naturalismo
Realismo - Naturalismo
 
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1 1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
1ª série Ensino Médio - POSITIVO - Literatura - Unidade 1
 
Unidade 1 - Positivo
Unidade 1 - PositivoUnidade 1 - Positivo
Unidade 1 - Positivo
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
 
Vozes do verbo
Vozes do verboVozes do verbo
Vozes do verbo
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagem
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 

O que é Literatura?

  • 1. O QUE É LITERATURA? Profº Esp. Rafael Vasconcelos E-mail: vasconcelos.professor@gmail.com
  • 2. O que é Literatura Assim como a música, a pintura e a dança, a Literatura é considerada uma arte. Através dela temos contato com um conjunto de experiências vividas pelo homem sem que seja preciso vivê-las. A Literatura é um instrumento de comunicação, pois transmite os conhecimentos e a cultura de uma comunidade. O texto literário nos permite identificar as marcas do momento em que foi escrito.
  • 3. As obras literárias nos ajudam a compreender sobre nós mesmos e sobre as mudanças do comportamento do homem ao longo dos séculos; e, a partir dos exemplos, ajudam-nos a refletir sobre nós mesmos.
  • 4. O texto literário apresenta: -Ficcionalidade: os textos não fazem, necessariamente, parte da realidade. - Função estética: o artista procura representar a realidade a partir da sua visão. - Plurissignificação: nos textos literários as palavras assumem diferentes significados. - Subjetividade: expressão pessoal de experiências, emoções e sentimentos. As obras literárias são divididas em escolas literárias, pois cada obra apresenta um estilo de época, ou seja, um conjunto de características formais e de seleção de conteúdo evidente na obra de escritores e poetas que viveram em um mesmo momento.
  • 5. As escolas literárias são: - Trovadorismo - Classicismo - Barroco - Arcadismo - Romantismo - Realismo / Naturalismo - Simbolismo - Modernismo Há um momento de transição entre o Trovadorismo e o Classicismo conhecido como Humanismo, e muitos críticos literários afirmam que ainda exista um estilo de época denominado Pós-Modernismo.
  • 6. Literariedade A literatura é associada à criação de um texto elaborado por um autor, que Seleciona criteriosamente os termos utilizados e é capaz de criar imagens Significativas por meio do trabalho com a linguagem. Assim, determinados textos exploram os mais diferentes recursos linguísticos, Distinguindo-os da esfera cotidiana. Ficção – Não Ficção / Literário – Não Literário
  • 7. PARA ENTENDER MELHOR EXERCITANDO
  • 8. TEXTO 1 Texto 2 Aterro terá escolta para O Bicho (Manuel Bandeira) Expulsar badameiros em Jequié Vi ontem um bicho Na imundície do pátio Depois de tentar, sem Catando comida entre os sucesso, retirar um grupo detritos. de 40 badameiros do aterro sanitário de Jequié, a 359km Quando achava alguma de Salvador, a prefeitura do coisa, município abriu licitação para Não examinava nem contratar serviços de vigilân- cheirava: cia armada para expulsar o Engolia com voracidade. grupo e patrulhar a área a fim de evitar novas ocupações. O O bicho não era um cão, chefe de fiscalização dos Não era um gato, serviços no aterro, Gilson Não era um rato. Cezimbra, confirma a informa- ção. Segundo ele, depois da O bicho, meu Deus, era um evacuação dos bandameiros, homem. os homens armados vão fazer rondas no aterro.
  • 9. Os dois textos apresentam tema comum, porém a organização e a linguagem utilizadas são diferentes. Considerando essa informação, responda: a)Qual é o assunto tratado nos textos? b)Qual é a função desempenhada em cada um dos textos apresentados? c)Quais são as diferenças de composição entre eles? Aponte, pelo menos, três. d)Analisando a linguagem, é possível dizer que um deles possui literariedade? Justifique. IMPORTANTE: a linguagem literária se caracteriza pela elaboração estética que procura gerar algum efeito. Por vezes, os autores fazem uso das figuras de linguagem, inversões sintáticas, vocábulos rebuscados; por outras, valem-se da linguagem cotidiana. De qualquer forma, percebe-se a intensão de trabalhar a palavra como matéria-prima da literatura.
  • 10. Os dois textos apresentam tema comum, porém a organização e a linguagem utilizadas são diferentes. Considerando essa informação, responda: a)Qual é o assunto tratado nos textos? b)Qual é a função desempenhada em cada um dos textos apresentados? c)Quais são as diferenças de composição entre eles? Aponte, pelo menos, três. d)Analisando a linguagem, é possível dizer que um deles possui literariedade? Justifique. IMPORTANTE: a linguagem literária se caracteriza pela elaboração estética que procura gerar algum efeito. Por vezes, os autores fazem uso das figuras de linguagem, inversões sintáticas, vocábulos rebuscados; por outras, valem-se da linguagem cotidiana. De qualquer forma, percebe-se a intensão de trabalhar a palavra como matéria-prima da literatura.