SlideShare uma empresa Scribd logo
O DEVER
Evangelho Segundo o Espiritismo –
Cap. 17
• O dever é a obrigação moral da
criatura para consigo mesma,
primeiro, e, em seguida, para com os
outros .
• O Dever principia , para cada um de vós
exatamente no ponto em que ameaçais a
felicidade ou a tranquilidade do vosso
próximo; acaba no limite que não desejais
ninguém transponha com relação a vós .
• O homem que cumpre o seu DEVER ama a
Deus mais do que as criaturas e ama as
criaturas mais que a si mesmo .
• O homem tem de amar o DEVER não porque
preserve de males a vida, mas porque confere
à alma o vigor necessário ao seu
desenvolvimento .
Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as assim mesmo.
Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta,
e interesseiro .
Seja gentil assim mesmo.
Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns
inimigos verdadeiros .
Vença assim mesmo .
Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto assim mesmo .
O que levou anos para construir, alguém pode destruir
de uma hora para outra .
Construa assim mesmo.
Se você tem paz , é feliz, as pessoas podem sentir inveja
Seja feliz assim mesmo .
Dê ao mundo o melhor de você , mas isto pode nunca
ser o bastante
Dê o melhor assim mesmo.
Veja você que, no final das contas, é entre você e
Deus, nunca entre você e as outras pessoas
Madre Teresa de Calcutá .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Izabel Cristina Fonseca
 
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRiosReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
Grupo Espírita Cristão
 
Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmoPalestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo
Divulgador do Espiritismo
 
O Livre Arbitrio
O Livre ArbitrioO Livre Arbitrio
O Livre Arbitrio
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheia
Graça Maciel
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
Angela Ewerling
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento
Henrique Vieira
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
Helio Cruz
 
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
gmo1973
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
Izabel Cristina Fonseca
 
Perdão na visão espírita
Perdão na visão espíritaPerdão na visão espírita
Perdão na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
umecamaqua
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
paikachambi
 
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
Francisco de Assis Alencar
 
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitosPalestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Divulgador do Espiritismo
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
Leonardo Pereira
 

Mais procurados (20)

Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRiosReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
 
Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmoPalestra Espírita -  Amar ao próximo como a si mesmo
Palestra Espírita - Amar ao próximo como a si mesmo
 
O Livre Arbitrio
O Livre ArbitrioO Livre Arbitrio
O Livre Arbitrio
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheia
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
 
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
 
Perdão na visão espírita
Perdão na visão espíritaPerdão na visão espírita
Perdão na visão espírita
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
 
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
 
Palestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitosPalestra Espírita - Sede perfeitos
Palestra Espírita - Sede perfeitos
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 

Destaque

Direitos e Deveres Segundo o Espiritismo
Direitos e Deveres Segundo o EspiritismoDireitos e Deveres Segundo o Espiritismo
Direitos e Deveres Segundo o Espiritismo
Carlos Correa
 
Momento RioJunior
Momento RioJuniorMomento RioJunior
Momento RioJunior
Hector Muniz
 
Evangelização - Os Três Meninos - Honestidade
Evangelização - Os Três Meninos - HonestidadeEvangelização - Os Três Meninos - Honestidade
Evangelização - Os Três Meninos - Honestidade
Antonino Silva
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Vergonhade Ser Honesto
Vergonhade Ser HonestoVergonhade Ser Honesto
Vergonhade Ser Honesto
cab3032
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
ObservatorioTEPUCPR
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
Luis Eduardo
 
Comportamento aula 03 - verdade x honestidade
Comportamento  aula 03 - verdade x honestidadeComportamento  aula 03 - verdade x honestidade
Comportamento aula 03 - verdade x honestidade
jvictormm
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade e integridade
Honestidade e integridadeHonestidade e integridade
Honestidade e integridade
Fer Nanda
 
Dinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
Dinâmica: Discutindo sobre a HonestidadeDinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
Dinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
Quenia Damata
 
A HONESTIDADE SEMPRE VENCE
A HONESTIDADE SEMPRE VENCEA HONESTIDADE SEMPRE VENCE
A HONESTIDADE SEMPRE VENCE
Marisa Seara
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
Luiz Siles
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
Izabel Cristina Fonseca
 
Valores virtudes
Valores virtudesValores virtudes
Valores virtudes
Arthur Roose
 

Destaque (16)

Direitos e Deveres Segundo o Espiritismo
Direitos e Deveres Segundo o EspiritismoDireitos e Deveres Segundo o Espiritismo
Direitos e Deveres Segundo o Espiritismo
 
Momento RioJunior
Momento RioJuniorMomento RioJunior
Momento RioJunior
 
Evangelização - Os Três Meninos - Honestidade
Evangelização - Os Três Meninos - HonestidadeEvangelização - Os Três Meninos - Honestidade
Evangelização - Os Três Meninos - Honestidade
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
 
Vergonhade Ser Honesto
Vergonhade Ser HonestoVergonhade Ser Honesto
Vergonhade Ser Honesto
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
 
SESINHO SER HONESTO É LEGAL!
SESINHO SER HONESTO É LEGAL!SESINHO SER HONESTO É LEGAL!
SESINHO SER HONESTO É LEGAL!
 
Comportamento aula 03 - verdade x honestidade
Comportamento  aula 03 - verdade x honestidadeComportamento  aula 03 - verdade x honestidade
Comportamento aula 03 - verdade x honestidade
 
Honestidade
HonestidadeHonestidade
Honestidade
 
Honestidade e integridade
Honestidade e integridadeHonestidade e integridade
Honestidade e integridade
 
Dinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
Dinâmica: Discutindo sobre a HonestidadeDinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
Dinâmica: Discutindo sobre a Honestidade
 
A HONESTIDADE SEMPRE VENCE
A HONESTIDADE SEMPRE VENCEA HONESTIDADE SEMPRE VENCE
A HONESTIDADE SEMPRE VENCE
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
 
Valores virtudes
Valores virtudesValores virtudes
Valores virtudes
 

Semelhante a O dever

entre vc e Deus
 entre vc e Deus entre vc e Deus
entre vc e Deus
Franciwesllen Gomes
 
3.12.1 - O Homem de bem.pptx
3.12.1 - O Homem de bem.pptx3.12.1 - O Homem de bem.pptx
3.12.1 - O Homem de bem.pptx
Marta Gomes
 
Entre você..
Entre você..Entre você..
Entre você..
Moninhabm
 
Pensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinhoPensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinho
Carlos Roberto Deberge
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
grupodepaisceb
 
Entre vc-e-deus
Entre vc-e-deusEntre vc-e-deus
Entre vc-e-deus
Central Do Trabalho RH
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Quenia Damata
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
( Espiritismo)   # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho( Espiritismo)   # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
( Espiritismo) # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Entre voce e ele
Entre voce e eleEntre voce e ele
Entre voce e ele
JNR
 
Voce e valioso do jeito que e
Voce e valioso do jeito que eVoce e valioso do jeito que e
Voce e valioso do jeito que e
Fer Nanda
 
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores moraisSensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
Euzebio Raimundo da Silva
 
Caminho a Seguir
Caminho a SeguirCaminho a Seguir
0122
01220122
0122
01220122
0122
boasnovas
 
Eternidade
EternidadeEternidade
Eternidade
Mensagens Virtuais
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
Paulo Bachur
 
Galopando a vida ham
Galopando a vida hamGalopando a vida ham
Galopando a vida ham
Rogerio Oliveira
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
Otavianos Rancho
 
Galopando a Vida
Galopando a VidaGalopando a Vida
Galopando a Vida
Carlos Correa
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
Cleber Galdino
 

Semelhante a O dever (20)

entre vc e Deus
 entre vc e Deus entre vc e Deus
entre vc e Deus
 
3.12.1 - O Homem de bem.pptx
3.12.1 - O Homem de bem.pptx3.12.1 - O Homem de bem.pptx
3.12.1 - O Homem de bem.pptx
 
Entre você..
Entre você..Entre você..
Entre você..
 
Pensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinhoPensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinho
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
 
Entre vc-e-deus
Entre vc-e-deusEntre vc-e-deus
Entre vc-e-deus
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
( Espiritismo)   # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho( Espiritismo)   # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
( Espiritismo) # - amag ramgis - 199 pensamentos de santo agostinho
 
Entre voce e ele
Entre voce e eleEntre voce e ele
Entre voce e ele
 
Voce e valioso do jeito que e
Voce e valioso do jeito que eVoce e valioso do jeito que e
Voce e valioso do jeito que e
 
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores moraisSensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
Sensações dos espíritos a busca da cura de suas dores morais
 
Caminho a Seguir
Caminho a SeguirCaminho a Seguir
Caminho a Seguir
 
0122
01220122
0122
 
0122
01220122
0122
 
Eternidade
EternidadeEternidade
Eternidade
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
 
Galopando a vida ham
Galopando a vida hamGalopando a vida ham
Galopando a vida ham
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
 
Galopando a Vida
Galopando a VidaGalopando a Vida
Galopando a Vida
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
 

Mais de Dr. Walter Cury

Transtornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da almaTranstornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da alma
Dr. Walter Cury
 
Plantio e colheita
Plantio e colheitaPlantio e colheita
Plantio e colheita
Dr. Walter Cury
 
Pacificador
PacificadorPacificador
Pacificador
Dr. Walter Cury
 
Espelhos da mente
Espelhos da menteEspelhos da mente
Espelhos da mente
Dr. Walter Cury
 
Angustia
AngustiaAngustia
Angustia
Dr. Walter Cury
 
Marchemos
MarchemosMarchemos
Marchemos
Dr. Walter Cury
 
Eu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vidaEu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vida
Dr. Walter Cury
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
Dr. Walter Cury
 
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentosInstintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
Dr. Walter Cury
 
Atribulações
AtribulaçõesAtribulações
Atribulações
Dr. Walter Cury
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
Dr. Walter Cury
 
Força de vontade
Força de vontadeForça de vontade
Força de vontade
Dr. Walter Cury
 
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMACOMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
Dr. Walter Cury
 
Porque sofremos
Porque sofremosPorque sofremos
Porque sofremos
Dr. Walter Cury
 
Corpos e saúde
Corpos e saúdeCorpos e saúde
Corpos e saúde
Dr. Walter Cury
 
Transtornos mentais
Transtornos mentaisTranstornos mentais
Transtornos mentais
Dr. Walter Cury
 
Como superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimentoComo superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimento
Dr. Walter Cury
 
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
Alma, corpo físico e espiritual  e  as doençasAlma, corpo físico e espiritual  e  as doenças
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
Dr. Walter Cury
 
Alma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpoAlma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpo
Dr. Walter Cury
 
Se não quiseres saúde
Se não quiseres saúdeSe não quiseres saúde
Se não quiseres saúde
Dr. Walter Cury
 

Mais de Dr. Walter Cury (20)

Transtornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da almaTranstornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da alma
 
Plantio e colheita
Plantio e colheitaPlantio e colheita
Plantio e colheita
 
Pacificador
PacificadorPacificador
Pacificador
 
Espelhos da mente
Espelhos da menteEspelhos da mente
Espelhos da mente
 
Angustia
AngustiaAngustia
Angustia
 
Marchemos
MarchemosMarchemos
Marchemos
 
Eu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vidaEu, pacificador de minha vida
Eu, pacificador de minha vida
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
 
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentosInstintos, sensações, emoções, sentimentos
Instintos, sensações, emoções, sentimentos
 
Atribulações
AtribulaçõesAtribulações
Atribulações
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
 
Força de vontade
Força de vontadeForça de vontade
Força de vontade
 
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMACOMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
COMO FAZER A REFORMA ÍNTIMA
 
Porque sofremos
Porque sofremosPorque sofremos
Porque sofremos
 
Corpos e saúde
Corpos e saúdeCorpos e saúde
Corpos e saúde
 
Transtornos mentais
Transtornos mentaisTranstornos mentais
Transtornos mentais
 
Como superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimentoComo superar a dor e o sofrimento
Como superar a dor e o sofrimento
 
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
Alma, corpo físico e espiritual  e  as doençasAlma, corpo físico e espiritual  e  as doenças
Alma, corpo físico e espiritual e as doenças
 
Alma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpoAlma,mente, emoções, corpo
Alma,mente, emoções, corpo
 
Se não quiseres saúde
Se não quiseres saúdeSe não quiseres saúde
Se não quiseres saúde
 

Último

edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 

Último (14)

edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 

O dever

  • 1. O DEVER Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. 17
  • 2. • O dever é a obrigação moral da criatura para consigo mesma, primeiro, e, em seguida, para com os outros .
  • 3. • O Dever principia , para cada um de vós exatamente no ponto em que ameaçais a felicidade ou a tranquilidade do vosso próximo; acaba no limite que não desejais ninguém transponha com relação a vós .
  • 4. • O homem que cumpre o seu DEVER ama a Deus mais do que as criaturas e ama as criaturas mais que a si mesmo .
  • 5. • O homem tem de amar o DEVER não porque preserve de males a vida, mas porque confere à alma o vigor necessário ao seu desenvolvimento .
  • 6. Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas. Perdoe-as assim mesmo. Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, e interesseiro . Seja gentil assim mesmo. Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros . Vença assim mesmo . Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo. Seja honesto assim mesmo . O que levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra . Construa assim mesmo. Se você tem paz , é feliz, as pessoas podem sentir inveja Seja feliz assim mesmo . Dê ao mundo o melhor de você , mas isto pode nunca ser o bastante Dê o melhor assim mesmo. Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus, nunca entre você e as outras pessoas Madre Teresa de Calcutá .