SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Programa Complementar
SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES DOS ESPÍRITOS
MÓDULO I : Vida no mundo espiritual
• ROTEIRO 3 : Ensaio teórico das
sensações e percepções dos Espíritos
OBJETIVO GERAL:
• Propiciar conhecimentos da vida no
Mundo Espiritual.
OBJETIVO ESPECÍFICO:
• Explicar as principais sensações e
percepções dos Espíritos.
Palavras chaves:
Kardecismo. Espiritismo. Morte. Vida espiritual. Alma. Corpo. Sensações e
Percepções dos Espíritos .
• O corpo é instrumento
da dor.
• Se não é a causa
primária desta é, pelo
menos, a causa
imediata.
• A alma tem a percepção
da dor: essa percepção
é o efeito.
• A lembrança que da dor a
alma conserva pode ser
muito penosa, mas não
pode ter ação física.
• De fato, nem o frio, nem o
calor são capazes de
desorganizar os tecidos da
alma, que não é suscetível
de congelar-se, nem de
queimar-se. [...]
Toda gente sabe que
aqueles a quem se
amputou um membro
costumam sentir dor no
membro que lhes falta.
Certo que aí não está a
sede, ou, sequer, o
ponto de partida da dor.
O que há, apenas, é que o
cérebro guardou desta a
impressão.
Lícito, portanto, será
admitir-se que coisa
análoga ocorra nos
sofrimentos do Espírito
após a morte.
Também não sofre mais no
inverno do que no verão:
temo-los visto atravessar
chamas, sem
experimentarem qualquer
dor.
Nenhuma impressão lhes
causa, conseguintemente, a
temperatura.
Liberto do corpo, o
Espírito pode sofrer,
mas esse sofrimento
não é corporal, embora
não seja exclusivamente
moral, como o remorso,
pois que ele se queixa
de frio e calor.
• Sabemos que no Espírito há
percepção, sensação, audição, visão;
que essas faculdades são atributos
do ser todo e não, como no homem,
de uma parte apenas do ser; mas,
de que modo ele as tem?
IGNORAMO-LO.
Dizendo que
os Espíritos
são
inacessíveis às
impressões da
matéria
que
conhecemos,
referimo-nos
aos Espíritos
muito
elevados,
cujo envoltório etéreo
NÃO ENCONTRA ANALOGIA NESTE MUNDO.
• Outro tanto não acontece com os
de perispírito mais denso, os
quais percebem os nossos sons e
odores, não, porém, apenas por
uma parte limitada de suas
individualidades, conforme lhes
sucedia quando vivos
[encarnados].
• Eles ouvem o som da nossa voz,
entretanto nos compreendem
sem o auxílio da palavra, somente
pela transmissão do pensamento.
• Pelo que concerne à vista, essa,
para o Espírito, independe da luz,
qual a temos.
• A faculdade de ver é um atributo
essencial da alma, para quem a
obscuridade não existe.
• É, contudo, mais extensa, mais
penetrante nas mais purificadas.
• A alma, ou o Espírito, tem, pois, em
si mesma, a faculdade de todas as
percepções.
• Os Espíritos possuem todas as
percepções que tinham na Terra,
porém em grau mais alto, porque
as suas faculdades não estão
amortecidas pela matéria; eles têm
sensações desconhecidas por nós,
veem e ouvem coisas que os
nossos sentidos limitados nos não
permitem ver nem ouvir.
• Para eles não há obscuridade,
excetuando-se aqueles que, por
punição, se acham
temporariamente nas trevas.
3. REFERÊNCIAS
1. KARDEC, Allan. O livro dos espíritos. Tradução de Guillon Ribeiro. 91.ed.
Rio de Janeiro: FEB, 2007, questão 257, comentário, p. 188-189.
2. ______. p. 189-190.
3. ______. p. 190-191.
4. ______. p. 192.
5. ______. O que é o espiritismo. Tradução de Guillon Ribeiro. 55.ed. Rio de
Janeiro: FEB, 2006. Cap. 2 (Noções elementares de Espiritismo), item
17 (Dos Espíritos), p. 172.
6. ______. Revista espírita. Jornal de estudos psicológicos. Ano 1858. Tradução
de Evandro Noleto Bezerra. Poesias traduzidas por Inaldo Lacerda
Lima. Rio de Janeiro: FEB, 2004. Ano I, dezembro de 1858, n.º 12, Item:
Sensações dos espíritos, p.498.
7. ______. p. 499.
• A MORTE DE DIMAS
O PROCESSO DE DESENCARNAÇÃO
Caso de André Luiz - Curta Metragem
Espírita.
Publicado em 22 de mai de 2013.
• COMO OCORRE A MORTE? Este é um
curta metragem espírita baseado no
livro Obreiros da Vida Eterna, de
André Luiz, editora FEB, que narra o
processo de desencarnação de
Dimas.
Em
https://www.youtube.com/watch?v=
o9xtfz76PEg
• Duas semanas antes de desencarnar, Dra.
Marlene Nobre presidente da AME -
Associação dos Médicos Espíritas do Brasil
deixou gravado entrevista com a jornalista
Miriam Portela para o seu programa
"PORTAL DE LUZ" apresentado
semanalmente na TV Aberta canal 9 da
NET São Paulo, onde falou sobre o
momento da desencarnação, assunto do
último livro que escreveu editado pela Fé
Editora.
• Programa gravado antes do dia 5/1/2015,
data da morte da Dra Marlene Nobre.
Em:
https://www.youtube.com/watch?v=HpL7
12XwqsE - Publicado em 14 de jan de 2015
• Vida e Doutrina - Experiência de quase morte. Federação Espírita Brasileira
• Em: https://www.youtube.com/watch?v=it-z0nVDdNA
Muito obrigada!
2015

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhosMarta Gomes
 
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualDenise Aguiar
 
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãOKardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãOSergio Menezes
 
Capitulo VII - Retorno a Vida Corporal
Capitulo VII -  Retorno a Vida CorporalCapitulo VII -  Retorno a Vida Corporal
Capitulo VII - Retorno a Vida CorporalMarta Gomes
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispíritoigmateus
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispiritoduadv
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862igmateus
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRosimeire Alves
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardecmarjoriestavismeyer
 
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9Patricia Farias
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Leonardo Pereira
 
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMEspírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMWilma Badan C.G.
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitadosBruno Cechinel Filho
 

Mais procurados (20)

Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
 
Roteiro 4 os reinos da natureza
Roteiro 4   os reinos da naturezaRoteiro 4   os reinos da natureza
Roteiro 4 os reinos da natureza
 
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
 
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãOKardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO
 
Capitulo VII - Retorno a Vida Corporal
Capitulo VII -  Retorno a Vida CorporalCapitulo VII -  Retorno a Vida Corporal
Capitulo VII - Retorno a Vida Corporal
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Sono e sonhos
Sono e sonhosSono e sonhos
Sono e sonhos
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9
Livro dos Espiritos questao 222 Evangelho cap16, 9
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
 
Desencarnação
DesencarnaçãoDesencarnação
Desencarnação
 
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMEspírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
OS MÉDIUNS
OS MÉDIUNSOS MÉDIUNS
OS MÉDIUNS
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
 

Destaque

Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morteDenise Aguiar
 
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6Carlos Alberto Freire De Souza
 
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2Patricia Farias
 
A vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritualA vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritualGraça Maciel
 
PerturbaçãO EspíRita
PerturbaçãO EspíRitaPerturbaçãO EspíRita
PerturbaçãO EspíRitaguestb30c415
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da mortehome
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23Jose Luiz Maio
 
02.01 fenominos parte 2_mesas girantes
02.01 fenominos parte 2_mesas girantes02.01 fenominos parte 2_mesas girantes
02.01 fenominos parte 2_mesas girantesDenise Aguiar
 
Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Denise Aguiar
 
Esdei 01.01 parte i_2016
Esdei 01.01 parte i_2016Esdei 01.01 parte i_2016
Esdei 01.01 parte i_2016Denise Aguiar
 
02.02 allan kardec 1_parte
02.02 allan kardec 1_parte02.02 allan kardec 1_parte
02.02 allan kardec 1_parteDenise Aguiar
 
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDO
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDOESDE I - PROGRAMA DE ESTUDO
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDODenise Aguiar
 

Destaque (20)

Da Vida Espírita
Da Vida EspíritaDa Vida Espírita
Da Vida Espírita
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
 
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6
090429 percepções, sensações e sofrimentos dos espíritos–livro ii, cap-6
 
Aula espiritos errantes
Aula espiritos errantesAula espiritos errantes
Aula espiritos errantes
 
Desencarnação
DesencarnaçãoDesencarnação
Desencarnação
 
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
 
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2
Livro dos Espiritos Q.257 ESE cap19 item 2
 
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantesTomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
 
A vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritualA vida no mundo espiritual
A vida no mundo espiritual
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
PerturbaçãO EspíRita
PerturbaçãO EspíRitaPerturbaçãO EspíRita
PerturbaçãO EspíRita
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTEVISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23Estudando André Luiz   Nosso Lar cap. 01 a 23
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 01 a 23
 
Mediunidade nos Animais
Mediunidade nos AnimaisMediunidade nos Animais
Mediunidade nos Animais
 
02.01 fenominos parte 2_mesas girantes
02.01 fenominos parte 2_mesas girantes02.01 fenominos parte 2_mesas girantes
02.01 fenominos parte 2_mesas girantes
 
Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016Esdei 01.01 parte ii_2016
Esdei 01.01 parte ii_2016
 
Esdei 01.01 parte i_2016
Esdei 01.01 parte i_2016Esdei 01.01 parte i_2016
Esdei 01.01 parte i_2016
 
02.02 allan kardec 1_parte
02.02 allan kardec 1_parte02.02 allan kardec 1_parte
02.02 allan kardec 1_parte
 
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDO
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDOESDE I - PROGRAMA DE ESTUDO
ESDE I - PROGRAMA DE ESTUDO
 

Semelhante a Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.

2.6.4 Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos
2.6.4   Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos2.6.4   Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos
2.6.4 Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritosMarta Gomes
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaAnselmo Heib
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. contiSilvio Figueirôa
 
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdf
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdfLIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdf
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdfReginaldo Nobrega
 
2.3.3 perturbacao espiritual
2.3.3   perturbacao espiritual2.3.3   perturbacao espiritual
2.3.3 perturbacao espiritualMarta Gomes
 
05 setembro 2014 como se processam as mortes violentas
05 setembro 2014   como se processam as mortes violentas05 setembro 2014   como se processam as mortes violentas
05 setembro 2014 como se processam as mortes violentasLar Irmã Zarabatana
 
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.ppt
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.pptesde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.ppt
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.pptRobsonTeles6
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaMarta Gomes
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosNeusa Lustosa
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Tiburcio Santos
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdf
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdfO-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdf
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdfVIEIRA RESENDE
 
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaEsclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaM.R.L
 
50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnoseDaphne Guedes
 
50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnoseMarcelo Enrico
 

Semelhante a Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos. (20)

2.6.4 Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos
2.6.4   Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos2.6.4   Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos
2.6.4 Ensaio teorico sobre a sensacao nos epiritos
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
 
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdf
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdfLIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdf
LIVRO DOS ESPIRITOS _ SALVADOR GENTILE.pdf
 
2.3.3 perturbacao espiritual
2.3.3   perturbacao espiritual2.3.3   perturbacao espiritual
2.3.3 perturbacao espiritual
 
05 setembro 2014 como se processam as mortes violentas
05 setembro 2014   como se processam as mortes violentas05 setembro 2014   como se processam as mortes violentas
05 setembro 2014 como se processam as mortes violentas
 
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.ppt
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.pptesde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.ppt
esde-tomo-c3banico-ensaio-tec3b3rico-das-sensac3a7c3b5es.ppt
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
 
05 ciclo basico
05 ciclo basico05 ciclo basico
05 ciclo basico
 
05 ciclo basico
05 ciclo basico05 ciclo basico
05 ciclo basico
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
 
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...( Espiritismo)   # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
( Espiritismo) # - altivo pamphiro - emancipacao da alma (sonhos, desdobram...
 
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdf
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdfO-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdf
O-Livro-Dos-Espiritos-Download.pdf
 
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaEsclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
 
50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose
 
50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose50 licoes-praticas-de-gnose
50 licoes-praticas-de-gnose
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
 
Sonhos na visão espírita
Sonhos na visão espíritaSonhos na visão espírita
Sonhos na visão espírita
 

Mais de Denise Aguiar

CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO
CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃOCAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO
CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃODenise Aguiar
 
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...Denise Aguiar
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...Denise Aguiar
 
Cientistas estudo da evolução quadro TEORIAS EVOLUCIONISTAS
Cientistas   estudo da evolução   quadro TEORIAS EVOLUCIONISTASCientistas   estudo da evolução   quadro TEORIAS EVOLUCIONISTAS
Cientistas estudo da evolução quadro TEORIAS EVOLUCIONISTASDenise Aguiar
 
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobreDenise Aguiar
 
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobreDenise Aguiar
 
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobreDenise Aguiar
 
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobreDenise Aguiar
 
Origem e natureza do Espirito parte 3
Origem e natureza do Espirito parte 3Origem e natureza do Espirito parte 3
Origem e natureza do Espirito parte 3Denise Aguiar
 
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2Denise Aguiar
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Denise Aguiar
 
Sobrevivência do Espírito
Sobrevivência do EspíritoSobrevivência do Espírito
Sobrevivência do EspíritoDenise Aguiar
 
Progressão dos Espíritos 2ª Parte
Progressão dos Espíritos 2ª ParteProgressão dos Espíritos 2ª Parte
Progressão dos Espíritos 2ª ParteDenise Aguiar
 
Poesia o mal e o sofrimento
Poesia o mal e o sofrimentoPoesia o mal e o sofrimento
Poesia o mal e o sofrimentoDenise Aguiar
 
Atributos da divindade
Atributos da divindadeAtributos da divindade
Atributos da divindadeDenise Aguiar
 
Provas da existência deus
Provas da existência deusProvas da existência deus
Provas da existência deusDenise Aguiar
 
Provas da existência Deus
Provas da existência DeusProvas da existência Deus
Provas da existência DeusDenise Aguiar
 

Mais de Denise Aguiar (20)

CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO
CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃOCAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO
CAPÍTULO 1 - A FAMÍLIA SOARES - LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO
 
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...
EXAMINANDO A OBSESSÃO - PARTE 2 DO LIVRO ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OB...
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
 
Cientistas estudo da evolução quadro TEORIAS EVOLUCIONISTAS
Cientistas   estudo da evolução   quadro TEORIAS EVOLUCIONISTASCientistas   estudo da evolução   quadro TEORIAS EVOLUCIONISTAS
Cientistas estudo da evolução quadro TEORIAS EVOLUCIONISTAS
 
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 3 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 2 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 1 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
Origem e natureza do Espirito parte 3
Origem e natureza do Espirito parte 3Origem e natureza do Espirito parte 3
Origem e natureza do Espirito parte 3
 
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
Origem e natureza do Espirito. Origem do espírito Parte 2
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1
 
Sobrevivência do Espírito
Sobrevivência do EspíritoSobrevivência do Espírito
Sobrevivência do Espírito
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
 
Progressão dos Espíritos 2ª Parte
Progressão dos Espíritos 2ª ParteProgressão dos Espíritos 2ª Parte
Progressão dos Espíritos 2ª Parte
 
Poesia o mal e o sofrimento
Poesia o mal e o sofrimentoPoesia o mal e o sofrimento
Poesia o mal e o sofrimento
 
providência divina
providência divinaprovidência divina
providência divina
 
Atributos da divindade
Atributos da divindadeAtributos da divindade
Atributos da divindade
 
Provas da existência deus
Provas da existência deusProvas da existência deus
Provas da existência deus
 
Provas da existência Deus
Provas da existência DeusProvas da existência Deus
Provas da existência Deus
 
Existência de Deus
Existência de DeusExistência de Deus
Existência de Deus
 

Último

pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 

Último (8)

pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 

Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.

  • 1. Programa Complementar SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES DOS ESPÍRITOS
  • 2. MÓDULO I : Vida no mundo espiritual • ROTEIRO 3 : Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos OBJETIVO GERAL: • Propiciar conhecimentos da vida no Mundo Espiritual. OBJETIVO ESPECÍFICO: • Explicar as principais sensações e percepções dos Espíritos. Palavras chaves: Kardecismo. Espiritismo. Morte. Vida espiritual. Alma. Corpo. Sensações e Percepções dos Espíritos .
  • 3. • O corpo é instrumento da dor. • Se não é a causa primária desta é, pelo menos, a causa imediata. • A alma tem a percepção da dor: essa percepção é o efeito.
  • 4. • A lembrança que da dor a alma conserva pode ser muito penosa, mas não pode ter ação física. • De fato, nem o frio, nem o calor são capazes de desorganizar os tecidos da alma, que não é suscetível de congelar-se, nem de queimar-se. [...]
  • 5. Toda gente sabe que aqueles a quem se amputou um membro costumam sentir dor no membro que lhes falta. Certo que aí não está a sede, ou, sequer, o ponto de partida da dor. O que há, apenas, é que o cérebro guardou desta a impressão. Lícito, portanto, será admitir-se que coisa análoga ocorra nos sofrimentos do Espírito após a morte.
  • 6. Também não sofre mais no inverno do que no verão: temo-los visto atravessar chamas, sem experimentarem qualquer dor. Nenhuma impressão lhes causa, conseguintemente, a temperatura. Liberto do corpo, o Espírito pode sofrer, mas esse sofrimento não é corporal, embora não seja exclusivamente moral, como o remorso, pois que ele se queixa de frio e calor.
  • 7. • Sabemos que no Espírito há percepção, sensação, audição, visão; que essas faculdades são atributos do ser todo e não, como no homem, de uma parte apenas do ser; mas, de que modo ele as tem? IGNORAMO-LO.
  • 8. Dizendo que os Espíritos são inacessíveis às impressões da matéria que conhecemos, referimo-nos aos Espíritos muito elevados, cujo envoltório etéreo NÃO ENCONTRA ANALOGIA NESTE MUNDO.
  • 9. • Outro tanto não acontece com os de perispírito mais denso, os quais percebem os nossos sons e odores, não, porém, apenas por uma parte limitada de suas individualidades, conforme lhes sucedia quando vivos [encarnados]. • Eles ouvem o som da nossa voz, entretanto nos compreendem sem o auxílio da palavra, somente pela transmissão do pensamento.
  • 10. • Pelo que concerne à vista, essa, para o Espírito, independe da luz, qual a temos. • A faculdade de ver é um atributo essencial da alma, para quem a obscuridade não existe. • É, contudo, mais extensa, mais penetrante nas mais purificadas. • A alma, ou o Espírito, tem, pois, em si mesma, a faculdade de todas as percepções.
  • 11. • Os Espíritos possuem todas as percepções que tinham na Terra, porém em grau mais alto, porque as suas faculdades não estão amortecidas pela matéria; eles têm sensações desconhecidas por nós, veem e ouvem coisas que os nossos sentidos limitados nos não permitem ver nem ouvir. • Para eles não há obscuridade, excetuando-se aqueles que, por punição, se acham temporariamente nas trevas.
  • 12. 3. REFERÊNCIAS 1. KARDEC, Allan. O livro dos espíritos. Tradução de Guillon Ribeiro. 91.ed. Rio de Janeiro: FEB, 2007, questão 257, comentário, p. 188-189. 2. ______. p. 189-190. 3. ______. p. 190-191. 4. ______. p. 192. 5. ______. O que é o espiritismo. Tradução de Guillon Ribeiro. 55.ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 2 (Noções elementares de Espiritismo), item 17 (Dos Espíritos), p. 172. 6. ______. Revista espírita. Jornal de estudos psicológicos. Ano 1858. Tradução de Evandro Noleto Bezerra. Poesias traduzidas por Inaldo Lacerda Lima. Rio de Janeiro: FEB, 2004. Ano I, dezembro de 1858, n.º 12, Item: Sensações dos espíritos, p.498. 7. ______. p. 499.
  • 13. • A MORTE DE DIMAS O PROCESSO DE DESENCARNAÇÃO Caso de André Luiz - Curta Metragem Espírita. Publicado em 22 de mai de 2013. • COMO OCORRE A MORTE? Este é um curta metragem espírita baseado no livro Obreiros da Vida Eterna, de André Luiz, editora FEB, que narra o processo de desencarnação de Dimas. Em https://www.youtube.com/watch?v= o9xtfz76PEg • Duas semanas antes de desencarnar, Dra. Marlene Nobre presidente da AME - Associação dos Médicos Espíritas do Brasil deixou gravado entrevista com a jornalista Miriam Portela para o seu programa "PORTAL DE LUZ" apresentado semanalmente na TV Aberta canal 9 da NET São Paulo, onde falou sobre o momento da desencarnação, assunto do último livro que escreveu editado pela Fé Editora. • Programa gravado antes do dia 5/1/2015, data da morte da Dra Marlene Nobre. Em: https://www.youtube.com/watch?v=HpL7 12XwqsE - Publicado em 14 de jan de 2015
  • 14. • Vida e Doutrina - Experiência de quase morte. Federação Espírita Brasileira • Em: https://www.youtube.com/watch?v=it-z0nVDdNA