SlideShare uma empresa Scribd logo
SOARES, S. B. C., dezembro/2009  Apresentação licenciada por uma licença   Creative   Commons Palestra de abertura   O bibliotecário como agente da democratização da informação  apresento-me como “piloto de provas” desta corrida Rua Tijucas, 370, Centro, Joinville, SC -   http://www.ccbeuj.com.br/
SKYPE: suelybcs Suely de Brito Clemente Soares SOARES, S. B. C., dezembro/2009  Apresentação licenciada por uma licença   Creative   Commons Mestre em Educação, Ciência e Tecnologia (FE-UNICAMP) Cibertecária - Bibliotecária aposentada/UNESP Palestrante - Profa. EaD pela FEBAB  http://www.febab.org.br   MSN:   [email_address]   http://delicious.com/suelybcs   http://twitter.com/suelybcs   Blog: Ciberteclando com suelybcs http://suelybcs.wordpress.com   Sala virtual  [agendar]   http://connectnow.acrobat.com/suelybcs   http://slideshare.net/suelybcs   Gtalk:   [email_address]
Sumário 01  Bibliotecário  agente –  informação/conhecimento  MTE - Classificação Brasileira de Ocupações: profissional da informação 02  A história da escrita  democratização  e compartilhamento da informação na história da escrita de “0”  a “2.0” 03  Web 2.0  Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
01  Bibliotecário   agente  informação/conhecimento  MTE - Classificação Brasileira de Ocupações: profissional da informação
CiberEduc:   construção e desenvolvimento de uma comunidade virtual de aprendizagem colaborativa das TICs, aplicadas ao fazer diário de bibliotecários de referência de universidades brasileiras. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Biblioteca digital da UNICAMP 100% das dissertações e teses on-line
Acredito que a Biblioteca  (local ou central da rede)  de uma Instituição poderá colaborar com sua comunidade publicando na  web  em 3 áreas: Portal de Periódicos  publicar todos os títulos em um único portal institucional em sistema que permita busca simultânea em todos - vantagem para a instituição O SEER faz isso (gratuito) –  http://seer.ibict.br   Repositório Institucional  publicar toda produção - de qualquer tipo – em qualquer formato - inclusive separatas de artigos científicos já publicados em periódicos comercializados - com indexação automática - dentro de padrões internacionais – com acesso aberto (gratuito) – sistema que permita busca simultânea em todos O DSpace faz isso (gratuito) -  http://www.dspace.org   Portal de Eventos  publicar todos os eventos em um único portal institucional em sistema que permita busca simultânea em todos - vantagem para a instituição O SOAC faz isso (gratuito) –  http://pkp.ubc.ca/ocs/
http://www.rc.unesp.br/biblioteca/brcdigital
http://www.rc.unesp.br/biblioteca/brcdigital   DSpace  repositório institucional SEER 12 títulos/periódicos publicados SOAC  eventos – 1 evento publicado
Repositório em DSpace  (em teste)
32 tipos de coleções formatadas As comunidades são os cursos do  campus
 
para testes 12 títulos publicados em SEER
SOAC  Sistema On-Line de Apoio a Congressos
 
 
 
 
 
O Bibliotecário na Classificação Brasileira de Ocupações   Ministério do Trabalho e Emprego – CBO2002 http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/home. jsf
Bibliotecário: Profissional da Informação
02  A história da escrita  democratização e compartilhamento da informação na história da escrita de “0”  a “2.0”
Como evoluímos no registro da informação, da pictografia à web 2.0?  A maneira como o homem registra/escreve/documenta a informação de sua época bem como o(s) suporte(s) e formato(s) que utiliza revela(m) a época.   Evolução do bibliotecário como profissional da informação ><   imagem >< desenho ><   oralidade >< Pictografia   (25 mil a.C.)  Escrita   (4 mil a.C.) Imprensa – Gutenberg  (séc. XV) Internet  (séc. XX  - web 1.0) Web 2.0  (séc. XXI)   >< imagem >< desenho >< oralidade ><
Os documentos on-line hipermídia  interativos  refletem a era  que estamos  vivendo hoje: tempos de web 2.0...  3.0...
Web 1.0  =  somente  leitura Web 2.0  = leitura/escrita Web 3.0  = leitura/escrita/executável  web executável/web semântica
03  WEB 2.0   Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
Aplicações 2.0 Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
Compartilhamento de vídeos – YouTube  Broadcast Yourself  (divulgue-se) -   http://www.youtube.com ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Compartilhar imagens/fotos: flickr http://www.flickr.com
http://www.slide.com/arrange?song=231371&fx=0&tt=0&bc=0&sk=0&cy=lt&mode=music&th=0&sc=0   http://www.slide.com   Compartilhar fotos em Slideshow
Compartilhar slides: Slideshare  http://slideshare.net/suelybcs
PodCast – Compartilhar áudio MP3 http://www.gengibre.com.br/perfil/nepomuceno
Compartilhamento de arquivos em áudio http://www.gengibre.com.br/perfil/suelybcs PodCast gratuito, basta se cadastrar gravar áudio no celular e enviar  ou gravar áudio diretamente no gengibre
Compartilhamento share – social bookmarking D el.icio.us  Twitter  Facebook  ... http://www.addthis.com
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
http://portal.unesco.org/ci/en/ev. php-URL _ID=27501&URL_DO= DO_TOPIC&URL_SECTION =201. html Compartilhar favoritos gravar em sistemas para reuso por outros e não no próprio micro
http://www.del.icio.us.com   Compartilhar favoritos
Abrir conta gratuita em 3 passos: Tutorial em português sobre Delicious http://www.meiobit.com/meio-bit/tutorial/tutorial-delicious
Link  Del.icio.us em periódicos
do  Del.icio.us  para o  Twitter
Wikipédia   enciclopédia livre http://www.wikipedia.org
Aplicações  web  2.0 em  Wiki Por livre, entende-se material em  domínio público  ou que se possa fazer absolutamente qualquer uso, inclusive criar novos trabalhos originais baseados em um anterior sem a necessidade de prévia autorização e o uso com interesse comercial dos mesmos.   Coletânea de citações   Livros e manuais livres   Dicionário em várias línguas   Fonte de notícias livre   Centro ilimitado do aprender   Diretório de espécies   Coordenação  dos projetos   Imagens, sons, vídeos   Acervo/textos originais
http://twitter.com/suelybcs   Mini blog com msg de  até  140 caracteres
Twitter - Conceitos, Estratégias e Ferramentas, por Martha Gabriel http://www.slideshare.net/marthagabriel/twitter-conceitos-estratgias-e-ferramentas-por-martha-gabriel Twitter na Wikipédia -   http://pt.wikipedia.org/wiki/Twitter   Twitter  é uma  rede social  e  servidor  para  microblogging  que permite aos  usuários  que enviem e leiam atualizações pessoais de outros contatos  (em textos de até 140  caracteres , conhecidos como &quot;tweets&quot;), através da própria  Web , por  SMS  e por  softwares  específicos instalados em  dispositivos  portáteis como o  Twitterberry  desenvolvido para o  Blackberry
O que é o Twitter, como usar e como responder  http://www.vejaisso.com/2007/12/20/o-que-e-o-twitter-como-usar-e-como-responder/
100 maneiras de usar o Twitter em sua biblioteca http://mobile-libraries.blogspot.com/2009/09/100-ways-to-use-twitter-in-your-library.html
Inúmeros aplicativos para Twitter
Aumentar caixa de texto que é só até 140 caracteres   http://tweetextend.com/index. php Adicione até 14.000 caracteres – Digite sua msg nesta caixa de texto e clique “Sign”
Extensão do Firefox que permite postagens  além dos 140 caracteres no Twitter   http://twitzer.com/twitzer. aspx
Inserir Widget do Twitter em site, FaceBook , MySpace http://twitter.com/goodies/widgets Atualiza automaticamente os twetts do Twitter no seu site  ou em redes sociais configurar
Redes Sociais on-line http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social# Redes_Sociais_na_Internet ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Principais Redes Sociais on-line em ordem de data de lançamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Redes sociais e política ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Campanha Digital de Barack Obama http://www.slideshare.net/tarushijio/campanha-digital-de-barack-obama
“ 2.0” = compartilhar é um privilégio ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ser 2.0  =  Compartilhar INFORMAÇÃO é   perder   poder? quem detinha a informação, tinha o poder não compartilhando aumentava o seu domínio sobre determinada área ou assunto   A informação, de certa forma, não circulava e você passava a ter um valor acumulado   ( Carlos Nepomuceno )
INFORMAÇÃO é / ou era   poder? a visão antiga de colocar na gaveta, pelo contrário, ao invés de ser um símbolo de poder,  é uma perda de status,  pois rapidamente aquela  informação tende a perder cada vez mais o valor Compartilhar e estar no centro do compartilhamento, nos leva não mais a perder, mas a ganhar o tempo todo,  no ritmo que a  rede exige ( Carlos Nepomuceno )
colaborador inteligente  é aquele que está o tempo todo colocando o seu conhecimento à prova e  evoluindo-o com o que há  de mais novo naquele campo, não deixando que aquilo  que ele sabe perca o valor.   ( Carlos Nepomuceno ) Ser 2.0
Para ser 2.0 é  preciso ter  disposição interesse infra-estrutura [a 3.0 vem aí...]
AUTODIDATISMO Ser autodidata é um estilo de vida Ser 2.0 também...
A chave é ter motivação para a  APRENDIZAGEM  AO LONGO DA VIDA
Ser  ou  não ser  “2.0”: uma decisão de cunho pessoal! Por que ser criativo, empreendedor ou inovador? Há um preço a ser pago... Quem se “atreveria” ?
Certa vez, duas moscas caíram num copo de leite... A primeira era forte e valente. Assim, logo ao cair, nadou até a borda do copo. Como a superfície era muito  lisa e suas asas estavam molhadas, não conseguiu escapar. Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de se debater e afundou.
Sua companheira  de infortúnio,  apesar de não ser tão forte, era tenaz e, por isso, continuou a se  debater  e a lutar Aos poucos  com tanta agitação,  o leite ao seu redor formou um pequeno nódulo de manteiga no qual ela subiu Dali,  conseguiu levantar vôo e sair do copo
Tempos depois, a mosca tenaz, por descuido, novamente caiu num copo, desta vez cheio de água Como pensou que já conhecia a solução daquele problema, começou a se debater na esperança de que, no devido tempo, se salvasse Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou:
soluções do passado,  em contextos diferentes,  podem transformar-se  em problemas ... se a situação se modificou,  dê um jeito de mudar tem um canudo ali,  nade até lá e suba A mosca tenaz respondeu: &quot;Pode deixar que eu sei como resolver este problema&quot; E continuou a se debater mais  e mais até que, exausta,  afundou na água
Quantos de nós, baseados em experiências anteriores, deixamos de observar as mudanças ao redor e  ficamos lutando inutilmente  até afundarmos em  nossa própria falta de visão! Criamos uma confiança equivocada e perdemos a oportunidade de repensar nossas experiências. Ficamos presos a velhos hábitos que nos levaram ao sucesso e perdemos a oportunidade de evoluir
É por isso que os japoneses dizem que na garupa do sucesso vem sempre o fracasso.  Os dois estão tão próximos que  a arrogância pelo sucesso pode levar à displicência que conduz ao fracasso. Os donos do futuro sabem reconhecer essas transformações e fazer as mudanças necessárias para acompanhar a nova situação. (Os donos do futuro - Roberto Shinyashiki) Se a única ferramenta que você conhece é o martelo, todo problema que aparece você pensa que é prego .
sugestões de leituras Juliano Spyer ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
“ [...]  é irônico que pela primeira vez na história as tecnologias da informação criaram a possibilidade da comunidade global, mas fazê-la acontecer,  de fato, exige atos do  c o r a ç ã o   h u m a n o ” (Richard McDermott  - Knowing in community)   SKYPE: suelybcs MSN: suelybcs@hotmail.com Ciberteclando com Suelybcs http://suelybcs.wordpress.com http://twitter.com/suelybcs http://delicious.com/suelybcs http://slideshare.net/suelybcs Gtalk: suelybcs@gmail.com SOARES, S. B. C., dezembro/2009  Apresentação licenciada por uma licença   Creative   Commons

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Workshop Ferramentas Web para Serviços educativos
Workshop Ferramentas Web para Serviços educativosWorkshop Ferramentas Web para Serviços educativos
Workshop Ferramentas Web para Serviços educativos
Serpentina
 
Web2.0 aplicações 3
Web2.0   aplicações 3Web2.0   aplicações 3
Web2.0 aplicações 3
Marcelo Henderson Salles
 
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
Serpentina
 
Manual da web2.0
Manual da web2.0Manual da web2.0
Manual da web2.0
Ana Paula Paixão
 
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profsManual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
tecampinasoeste
 
Ferramentas da web 2 0
Ferramentas da web 2 0Ferramentas da web 2 0
Ferramentas da web 2 0
Alice_brandao
 
Blog na educação
Blog na educaçãoBlog na educação
Blog na educação
LuanaPaulinha
 
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociaisWorkshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
Serpentina
 
Sociedade em rede ferramentas da web 2-0 - corrigido
Sociedade em rede   ferramentas da web 2-0 -  corrigidoSociedade em rede   ferramentas da web 2-0 -  corrigido
Sociedade em rede ferramentas da web 2-0 - corrigido
Alice_brandao
 
Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
Victor Passos
 
Ferramentas WEB 2.0 para EaD
Ferramentas WEB 2.0 para EaDFerramentas WEB 2.0 para EaD
Ferramentas WEB 2.0 para EaD
N Rodrigo Vargas
 

Mais procurados (11)

Workshop Ferramentas Web para Serviços educativos
Workshop Ferramentas Web para Serviços educativosWorkshop Ferramentas Web para Serviços educativos
Workshop Ferramentas Web para Serviços educativos
 
Web2.0 aplicações 3
Web2.0   aplicações 3Web2.0   aplicações 3
Web2.0 aplicações 3
 
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
Workshop Cultura Online- Museu da Presidência da Republica | 26 de Maio 2010
 
Manual da web2.0
Manual da web2.0Manual da web2.0
Manual da web2.0
 
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profsManual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
Manual+de+ferramentas+web+20+pª+profs
 
Ferramentas da web 2 0
Ferramentas da web 2 0Ferramentas da web 2 0
Ferramentas da web 2 0
 
Blog na educação
Blog na educaçãoBlog na educação
Blog na educação
 
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociaisWorkshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
Workshop Museus– trabalho colaborativo e tecnologias sociais
 
Sociedade em rede ferramentas da web 2-0 - corrigido
Sociedade em rede   ferramentas da web 2-0 -  corrigidoSociedade em rede   ferramentas da web 2-0 -  corrigido
Sociedade em rede ferramentas da web 2-0 - corrigido
 
Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
 
Ferramentas WEB 2.0 para EaD
Ferramentas WEB 2.0 para EaDFerramentas WEB 2.0 para EaD
Ferramentas WEB 2.0 para EaD
 

Destaque

Interferencia Grafica
Interferencia GraficaInterferencia Grafica
Interferencia Grafica
Denise Faria
 
Fuentes de información4
Fuentes de información4Fuentes de información4
Fuentes de información4
ReferenciaElectronica
 
Conferencia Energyin
Conferencia EnergyinConferencia Energyin
TIK SMA soal ulangan
TIK SMA soal ulanganTIK SMA soal ulangan
TIK SMA soal ulangan
Anggita Dwi Lestari Lestari
 
Matematica para genios
Matematica para geniosMatematica para genios
Matematica para genios
JNR
 
Vitacell - REPARADOR CELULAR
Vitacell -  REPARADOR CELULARVitacell -  REPARADOR CELULAR
Vitacell - REPARADOR CELULAR
Herbolario Allium
 
Perlas navideñas para ti[1]...
Perlas navideñas para ti[1]...Perlas navideñas para ti[1]...
Perlas navideñas para ti[1]...
Bernardita
 
Escritura s ltda
Escritura s ltdaEscritura s ltda
Escritura s ltda
Sergio Patiño Palacio
 
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
Antonio Carneiro
 
Por tu llaga
Por tu llagaPor tu llaga
Por tu llaga
palabra limpia
 
E learning
E learningE learning
E learning
Bernardita
 
Tecnicas para la presentación de informes administrativos
Tecnicas para la presentación de informes administrativosTecnicas para la presentación de informes administrativos
Tecnicas para la presentación de informes administrativos
Johanna Cruz
 
CIRCULAR
CIRCULARCIRCULAR
Abre tu regalo
Abre tu regaloAbre tu regalo
Abre tu regalo
Bernardita
 
Motel
MotelMotel
Motel
JNR
 
Apresentação simpav 2010
Apresentação simpav 2010Apresentação simpav 2010
Apresentação simpav 2010
Claudio Lima
 
Genesis
GenesisGenesis
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
Gisele Dziekaniak
 
El hockey en línea en colombia
El hockey en línea en colombiaEl hockey en línea en colombia
El hockey en línea en colombia
ricardo villamil
 
Jenis karangan
Jenis karanganJenis karangan

Destaque (20)

Interferencia Grafica
Interferencia GraficaInterferencia Grafica
Interferencia Grafica
 
Fuentes de información4
Fuentes de información4Fuentes de información4
Fuentes de información4
 
Conferencia Energyin
Conferencia EnergyinConferencia Energyin
Conferencia Energyin
 
TIK SMA soal ulangan
TIK SMA soal ulanganTIK SMA soal ulangan
TIK SMA soal ulangan
 
Matematica para genios
Matematica para geniosMatematica para genios
Matematica para genios
 
Vitacell - REPARADOR CELULAR
Vitacell -  REPARADOR CELULARVitacell -  REPARADOR CELULAR
Vitacell - REPARADOR CELULAR
 
Perlas navideñas para ti[1]...
Perlas navideñas para ti[1]...Perlas navideñas para ti[1]...
Perlas navideñas para ti[1]...
 
Escritura s ltda
Escritura s ltdaEscritura s ltda
Escritura s ltda
 
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
Plano de 1ª aula 6ªsérie7º ano gestar 2012
 
Por tu llaga
Por tu llagaPor tu llaga
Por tu llaga
 
E learning
E learningE learning
E learning
 
Tecnicas para la presentación de informes administrativos
Tecnicas para la presentación de informes administrativosTecnicas para la presentación de informes administrativos
Tecnicas para la presentación de informes administrativos
 
CIRCULAR
CIRCULARCIRCULAR
CIRCULAR
 
Abre tu regalo
Abre tu regaloAbre tu regalo
Abre tu regalo
 
Motel
MotelMotel
Motel
 
Apresentação simpav 2010
Apresentação simpav 2010Apresentação simpav 2010
Apresentação simpav 2010
 
Genesis
GenesisGenesis
Genesis
 
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
Métodos para inclusão de conhecimento presente nas mídias sociais no aprimora...
 
El hockey en línea en colombia
El hockey en línea en colombiaEl hockey en línea en colombia
El hockey en línea en colombia
 
Jenis karangan
Jenis karanganJenis karangan
Jenis karangan
 

Semelhante a O bibliotecario como agente da democratizacao da informacao

Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
Documentos hipermidia em tempos de web 2.0Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
Suelybcs .
 
ACBredes
ACBredesACBredes
ACBredes
Suelybcs .
 
Redacao academica para Web 2.0
Redacao academica para Web 2.0Redacao academica para Web 2.0
Redacao academica para Web 2.0
Biblioteca da FOB-USP
 
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
Suelybcs .
 
Novas Tecnologias
Novas TecnologiasNovas Tecnologias
Novas Tecnologias
marciaead
 
Blogs e Redes Sociais para Educação
Blogs e Redes Sociais para EducaçãoBlogs e Redes Sociais para Educação
Blogs e Redes Sociais para Educação
João Evandro
 
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEMFerramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
L. Neves Cabral Domingos
 
A web 2.0
A web 2.0A web 2.0
A web 2.0
Quebrangulo
 
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
Serpentina
 
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
Bruno Leite
 
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop   recursos da web 2.0 para pesquisadoresWorkshop   recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
Luciana Viter
 
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
Celoy Mascarello
 
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
Celoy Mascarello
 
Ser2zero
Ser2zeroSer2zero
Ser2zero
Suelybcs .
 
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E AprendizagemCiberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
gueste184fb
 
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E AprendizagemCiberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
guest74c0b9
 
Unidade 2 navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
Unidade 2  navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.Unidade 2  navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
Unidade 2 navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
betzandonadi
 
Social media conjugar razoes
Social media conjugar razoesSocial media conjugar razoes
Social media conjugar razoes
Isabel Lima
 
Ferramentas para reportagem multimídia
Ferramentas para reportagem multimídiaFerramentas para reportagem multimídia
Ferramentas para reportagem multimídia
Laércio Góes
 
Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9
Iara Benedicto
 

Semelhante a O bibliotecario como agente da democratizacao da informacao (20)

Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
Documentos hipermidia em tempos de web 2.0Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
Documentos hipermidia em tempos de web 2.0
 
ACBredes
ACBredesACBredes
ACBredes
 
Redacao academica para Web 2.0
Redacao academica para Web 2.0Redacao academica para Web 2.0
Redacao academica para Web 2.0
 
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
Redação acadêmica para a web 2.0 [versão 2010]
 
Novas Tecnologias
Novas TecnologiasNovas Tecnologias
Novas Tecnologias
 
Blogs e Redes Sociais para Educação
Blogs e Redes Sociais para EducaçãoBlogs e Redes Sociais para Educação
Blogs e Redes Sociais para Educação
 
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEMFerramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
Ferramentas Web 2.0 para uso nas Bibliotecas da UEM
 
A web 2.0
A web 2.0A web 2.0
A web 2.0
 
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
Workshop Cultura Online: Museu da Presidência da República | 26 Maio 2010
 
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
A Web 2.0 no Ensino de Química - Dia 01
 
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop   recursos da web 2.0 para pesquisadoresWorkshop   recursos da web 2.0 para pesquisadores
Workshop recursos da web 2.0 para pesquisadores
 
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
PESQUISANDO E CONSTRUINDO CONHECIMENTO ATRAVÉS DA WEB 2
 
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
Pesquisando e contruindo conhecimentos através da web 2
 
Ser2zero
Ser2zeroSer2zero
Ser2zero
 
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E AprendizagemCiberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
 
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E AprendizagemCiberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
Ciberespaço Como Um Meio De Ensino E Aprendizagem
 
Unidade 2 navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
Unidade 2  navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.Unidade 2  navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
Unidade 2 navegação, pesquisa na internet e segurança na rede.
 
Social media conjugar razoes
Social media conjugar razoesSocial media conjugar razoes
Social media conjugar razoes
 
Ferramentas para reportagem multimídia
Ferramentas para reportagem multimídiaFerramentas para reportagem multimídia
Ferramentas para reportagem multimídia
 
Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9Web2pronino 1213112199412006-9
Web2pronino 1213112199412006-9
 

Mais de Suelybcs .

Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
Suelybcs .
 
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
Suelybcs .
 
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJSComo [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
Suelybcs .
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autores
Suelybcs .
 
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidadesProfissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
Suelybcs .
 
Cultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicosCultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicos
Suelybcs .
 
Como indexar seu Periódico no Google Acadêmico
Como indexar seu Periódico no Google AcadêmicoComo indexar seu Periódico no Google Acadêmico
Como indexar seu Periódico no Google Acadêmico
Suelybcs .
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
Suelybcs .
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
Suelybcs .
 
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
Suelybcs .
 
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientificaGestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
Suelybcs .
 
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
Suelybcs .
 
NBR-6023: Referências em consulta pública
NBR-6023: Referências em consulta públicaNBR-6023: Referências em consulta pública
NBR-6023: Referências em consulta pública
Suelybcs .
 
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
Suelybcs .
 
Curadoria digital dos dados pessoais
Curadoria digital dos dados pessoaisCuradoria digital dos dados pessoais
Curadoria digital dos dados pessoais
Suelybcs .
 
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol..."Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
Suelybcs .
 
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
Suelybcs .
 
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
Suelybcs .
 
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da CunhaPalestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
Suelybcs .
 
GPS informacional alerta: recalculando...
GPS informacional alerta: recalculando...GPS informacional alerta: recalculando...
GPS informacional alerta: recalculando...
Suelybcs .
 

Mais de Suelybcs . (20)

Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
Curso on-line OJS 3 - Aula 2.5.1 DOI: como configurar/atribuir no OJS 3 e com...
 
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
Pesquisas Acadêmicas na Web: roteiro básico de pesquisa: principais funcional...
 
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJSComo [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
Como [e por quê] otimizar sua publicação em OJS
 
ORCID para autores
ORCID para autoresORCID para autores
ORCID para autores
 
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidadesProfissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
Profissão bibliotecário: tendências e (im)possibilidades
 
Cultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicosCultura digital e editores científicos
Cultura digital e editores científicos
 
Como indexar seu Periódico no Google Acadêmico
Como indexar seu Periódico no Google AcadêmicoComo indexar seu Periódico no Google Acadêmico
Como indexar seu Periódico no Google Acadêmico
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
 
ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?ORCID: o que é e por que usá-lo?
ORCID: o que é e por que usá-lo?
 
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
Uso do SEER - Curso XV ENEC - ABEC - Costão do Santinho, Florianópolis, 24nov...
 
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientificaGestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
Gestao de projetos, inovacao e sustentabilidade na comunicacao cientifica
 
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
Roda de Conversa sobre: “Para além do trabalho: vivendo em biblioteca”
 
NBR-6023: Referências em consulta pública
NBR-6023: Referências em consulta públicaNBR-6023: Referências em consulta pública
NBR-6023: Referências em consulta pública
 
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
Oficina ORCID: gere o seu código junto conosco e aprenda mais sobre o ORCID |...
 
Curadoria digital dos dados pessoais
Curadoria digital dos dados pessoaisCuradoria digital dos dados pessoais
Curadoria digital dos dados pessoais
 
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol..."Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
"Fontes de indexação para periódicos científicos", Palestra de Gildenir Carol...
 
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
Cultura digital mobile: serviços e aplicativos para uso pessoal e profissiona...
 
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
OJS/SEER: demonstração de uma revista hipermídia na versão 2.4.6
 
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da CunhaPalestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
Palestra SNBU 2010 Prof. Murilo Bastos da Cunha
 
GPS informacional alerta: recalculando...
GPS informacional alerta: recalculando...GPS informacional alerta: recalculando...
GPS informacional alerta: recalculando...
 

Último

cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 

Último (20)

cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 

O bibliotecario como agente da democratizacao da informacao

  • 1. SOARES, S. B. C., dezembro/2009 Apresentação licenciada por uma licença Creative Commons Palestra de abertura O bibliotecário como agente da democratização da informação apresento-me como “piloto de provas” desta corrida Rua Tijucas, 370, Centro, Joinville, SC - http://www.ccbeuj.com.br/
  • 2. SKYPE: suelybcs Suely de Brito Clemente Soares SOARES, S. B. C., dezembro/2009 Apresentação licenciada por uma licença Creative Commons Mestre em Educação, Ciência e Tecnologia (FE-UNICAMP) Cibertecária - Bibliotecária aposentada/UNESP Palestrante - Profa. EaD pela FEBAB http://www.febab.org.br MSN: [email_address] http://delicious.com/suelybcs http://twitter.com/suelybcs Blog: Ciberteclando com suelybcs http://suelybcs.wordpress.com Sala virtual [agendar] http://connectnow.acrobat.com/suelybcs http://slideshare.net/suelybcs Gtalk: [email_address]
  • 3. Sumário 01 Bibliotecário agente – informação/conhecimento MTE - Classificação Brasileira de Ocupações: profissional da informação 02 A história da escrita democratização e compartilhamento da informação na história da escrita de “0” a “2.0” 03 Web 2.0 Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
  • 4. 01 Bibliotecário agente informação/conhecimento MTE - Classificação Brasileira de Ocupações: profissional da informação
  • 5.
  • 6. Biblioteca digital da UNICAMP 100% das dissertações e teses on-line
  • 7. Acredito que a Biblioteca (local ou central da rede) de uma Instituição poderá colaborar com sua comunidade publicando na web em 3 áreas: Portal de Periódicos publicar todos os títulos em um único portal institucional em sistema que permita busca simultânea em todos - vantagem para a instituição O SEER faz isso (gratuito) – http://seer.ibict.br Repositório Institucional publicar toda produção - de qualquer tipo – em qualquer formato - inclusive separatas de artigos científicos já publicados em periódicos comercializados - com indexação automática - dentro de padrões internacionais – com acesso aberto (gratuito) – sistema que permita busca simultânea em todos O DSpace faz isso (gratuito) - http://www.dspace.org Portal de Eventos publicar todos os eventos em um único portal institucional em sistema que permita busca simultânea em todos - vantagem para a instituição O SOAC faz isso (gratuito) – http://pkp.ubc.ca/ocs/
  • 9. http://www.rc.unesp.br/biblioteca/brcdigital DSpace repositório institucional SEER 12 títulos/periódicos publicados SOAC eventos – 1 evento publicado
  • 11. 32 tipos de coleções formatadas As comunidades são os cursos do campus
  • 12.  
  • 13. para testes 12 títulos publicados em SEER
  • 14. SOAC Sistema On-Line de Apoio a Congressos
  • 15.  
  • 16.  
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.  
  • 20. O Bibliotecário na Classificação Brasileira de Ocupações Ministério do Trabalho e Emprego – CBO2002 http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/home. jsf
  • 22. 02 A história da escrita democratização e compartilhamento da informação na história da escrita de “0” a “2.0”
  • 23. Como evoluímos no registro da informação, da pictografia à web 2.0? A maneira como o homem registra/escreve/documenta a informação de sua época bem como o(s) suporte(s) e formato(s) que utiliza revela(m) a época. Evolução do bibliotecário como profissional da informação >< imagem >< desenho >< oralidade >< Pictografia (25 mil a.C.) Escrita (4 mil a.C.) Imprensa – Gutenberg (séc. XV) Internet (séc. XX - web 1.0) Web 2.0 (séc. XXI) >< imagem >< desenho >< oralidade ><
  • 24. Os documentos on-line hipermídia interativos refletem a era que estamos vivendo hoje: tempos de web 2.0... 3.0...
  • 25. Web 1.0 = somente leitura Web 2.0 = leitura/escrita Web 3.0 = leitura/escrita/executável web executável/web semântica
  • 26. 03 WEB 2.0 Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
  • 27. Aplicações 2.0 Compartilhamento de imagem, texto, áudio e vídeo
  • 28.
  • 29. Compartilhar imagens/fotos: flickr http://www.flickr.com
  • 31. Compartilhar slides: Slideshare http://slideshare.net/suelybcs
  • 32. PodCast – Compartilhar áudio MP3 http://www.gengibre.com.br/perfil/nepomuceno
  • 33. Compartilhamento de arquivos em áudio http://www.gengibre.com.br/perfil/suelybcs PodCast gratuito, basta se cadastrar gravar áudio no celular e enviar ou gravar áudio diretamente no gengibre
  • 34. Compartilhamento share – social bookmarking D el.icio.us Twitter Facebook ... http://www.addthis.com
  • 35.
  • 36.  
  • 37. http://portal.unesco.org/ci/en/ev. php-URL _ID=27501&URL_DO= DO_TOPIC&URL_SECTION =201. html Compartilhar favoritos gravar em sistemas para reuso por outros e não no próprio micro
  • 38. http://www.del.icio.us.com Compartilhar favoritos
  • 39. Abrir conta gratuita em 3 passos: Tutorial em português sobre Delicious http://www.meiobit.com/meio-bit/tutorial/tutorial-delicious
  • 40. Link Del.icio.us em periódicos
  • 41. do Del.icio.us para o Twitter
  • 42. Wikipédia enciclopédia livre http://www.wikipedia.org
  • 43. Aplicações web 2.0 em Wiki Por livre, entende-se material em domínio público ou que se possa fazer absolutamente qualquer uso, inclusive criar novos trabalhos originais baseados em um anterior sem a necessidade de prévia autorização e o uso com interesse comercial dos mesmos. Coletânea de citações Livros e manuais livres Dicionário em várias línguas Fonte de notícias livre Centro ilimitado do aprender Diretório de espécies Coordenação dos projetos Imagens, sons, vídeos Acervo/textos originais
  • 44. http://twitter.com/suelybcs Mini blog com msg de até 140 caracteres
  • 45. Twitter - Conceitos, Estratégias e Ferramentas, por Martha Gabriel http://www.slideshare.net/marthagabriel/twitter-conceitos-estratgias-e-ferramentas-por-martha-gabriel Twitter na Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Twitter Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários que enviem e leiam atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres , conhecidos como &quot;tweets&quot;), através da própria Web , por SMS e por softwares específicos instalados em dispositivos portáteis como o Twitterberry desenvolvido para o Blackberry
  • 46. O que é o Twitter, como usar e como responder http://www.vejaisso.com/2007/12/20/o-que-e-o-twitter-como-usar-e-como-responder/
  • 47. 100 maneiras de usar o Twitter em sua biblioteca http://mobile-libraries.blogspot.com/2009/09/100-ways-to-use-twitter-in-your-library.html
  • 49. Aumentar caixa de texto que é só até 140 caracteres http://tweetextend.com/index. php Adicione até 14.000 caracteres – Digite sua msg nesta caixa de texto e clique “Sign”
  • 50. Extensão do Firefox que permite postagens além dos 140 caracteres no Twitter http://twitzer.com/twitzer. aspx
  • 51. Inserir Widget do Twitter em site, FaceBook , MySpace http://twitter.com/goodies/widgets Atualiza automaticamente os twetts do Twitter no seu site ou em redes sociais configurar
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57. Ser 2.0 = Compartilhar INFORMAÇÃO é perder poder? quem detinha a informação, tinha o poder não compartilhando aumentava o seu domínio sobre determinada área ou assunto A informação, de certa forma, não circulava e você passava a ter um valor acumulado ( Carlos Nepomuceno )
  • 58. INFORMAÇÃO é / ou era poder? a visão antiga de colocar na gaveta, pelo contrário, ao invés de ser um símbolo de poder, é uma perda de status, pois rapidamente aquela informação tende a perder cada vez mais o valor Compartilhar e estar no centro do compartilhamento, nos leva não mais a perder, mas a ganhar o tempo todo, no ritmo que a rede exige ( Carlos Nepomuceno )
  • 59. colaborador inteligente é aquele que está o tempo todo colocando o seu conhecimento à prova e evoluindo-o com o que há de mais novo naquele campo, não deixando que aquilo que ele sabe perca o valor. ( Carlos Nepomuceno ) Ser 2.0
  • 60. Para ser 2.0 é preciso ter disposição interesse infra-estrutura [a 3.0 vem aí...]
  • 61. AUTODIDATISMO Ser autodidata é um estilo de vida Ser 2.0 também...
  • 62. A chave é ter motivação para a APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA
  • 63. Ser ou não ser “2.0”: uma decisão de cunho pessoal! Por que ser criativo, empreendedor ou inovador? Há um preço a ser pago... Quem se “atreveria” ?
  • 64. Certa vez, duas moscas caíram num copo de leite... A primeira era forte e valente. Assim, logo ao cair, nadou até a borda do copo. Como a superfície era muito lisa e suas asas estavam molhadas, não conseguiu escapar. Acreditando que não havia saída, a mosca desanimou, parou de se debater e afundou.
  • 65. Sua companheira de infortúnio, apesar de não ser tão forte, era tenaz e, por isso, continuou a se debater e a lutar Aos poucos com tanta agitação, o leite ao seu redor formou um pequeno nódulo de manteiga no qual ela subiu Dali, conseguiu levantar vôo e sair do copo
  • 66. Tempos depois, a mosca tenaz, por descuido, novamente caiu num copo, desta vez cheio de água Como pensou que já conhecia a solução daquele problema, começou a se debater na esperança de que, no devido tempo, se salvasse Outra mosca, passando por ali e vendo a aflição da companheira de espécie, pousou na beira do copo e gritou:
  • 67. soluções do passado, em contextos diferentes, podem transformar-se em problemas ... se a situação se modificou, dê um jeito de mudar tem um canudo ali, nade até lá e suba A mosca tenaz respondeu: &quot;Pode deixar que eu sei como resolver este problema&quot; E continuou a se debater mais e mais até que, exausta, afundou na água
  • 68. Quantos de nós, baseados em experiências anteriores, deixamos de observar as mudanças ao redor e ficamos lutando inutilmente até afundarmos em nossa própria falta de visão! Criamos uma confiança equivocada e perdemos a oportunidade de repensar nossas experiências. Ficamos presos a velhos hábitos que nos levaram ao sucesso e perdemos a oportunidade de evoluir
  • 69. É por isso que os japoneses dizem que na garupa do sucesso vem sempre o fracasso. Os dois estão tão próximos que a arrogância pelo sucesso pode levar à displicência que conduz ao fracasso. Os donos do futuro sabem reconhecer essas transformações e fazer as mudanças necessárias para acompanhar a nova situação. (Os donos do futuro - Roberto Shinyashiki) Se a única ferramenta que você conhece é o martelo, todo problema que aparece você pensa que é prego .
  • 70.
  • 71. “ [...] é irônico que pela primeira vez na história as tecnologias da informação criaram a possibilidade da comunidade global, mas fazê-la acontecer, de fato, exige atos do c o r a ç ã o h u m a n o ” (Richard McDermott - Knowing in community)   SKYPE: suelybcs MSN: suelybcs@hotmail.com Ciberteclando com Suelybcs http://suelybcs.wordpress.com http://twitter.com/suelybcs http://delicious.com/suelybcs http://slideshare.net/suelybcs Gtalk: suelybcs@gmail.com SOARES, S. B. C., dezembro/2009 Apresentação licenciada por uma licença Creative Commons