SlideShare uma empresa Scribd logo
Notação científica é uma forma de representar
números muito grandes ou muito pequenos,
baseada no uso de potências de base 10.
Notação Científica
Notação Científica
Potências de base 10
Expoentes positivos
Exemplo: 103 = 10 x 10 x 10 = 1000
Expoentes negativos
Exemplo: 10-3 = 1 = 1 = 0,001
103 1000
Notação Científica
Potências de base 10
100 = 1
101 = 10 10-1 = 0,1
102 = 100 10-2 = 0,01
103 = 1000 10-3 = 0,001
104 = 10000 10-4 = 0,0001
105 = 100000 10-5 = 0,00001
106 = 1000000 10-6 = 0,000001
107 = 10000000 10-7 = 0,0000001
108 = 100000000 10-8 = 0,00000001
109 = 1000000000 10-9 = 0,000000001
1010 =10000000000 10-10 =0,0000000001
Existem algumas vantagens em utilizarmos a notação
científica:
• os números muito grandes ou muito pequenos
podem ser escritos de forma reduzida;
• é utilizada por computadores e máquinas de calcular;
• torna os cálculos mais rápidos e fáceis.
Notação Científica
Um número estará em notação científica quando estiver escrito no
seguinte formato:
x . 10 y
• X é um valor qualquer, entre 1 e 9, multiplicado por uma potência de base
10 e
• y é o expoente que pode ser positivo ou negativo
Ex: 3000 = 3.103
0,003 = 3.10-3
Nota: Usamos expoentes positivos quando estamos
representando números grandes e expoentes negativos
quando estamos representando números pequenos.
Notação Científica
Notação Científica
Exemplos de valores escritos em notação científica
• Velocidade da luz no vácuo: 3 . 105 Km/s
• Diâmetro de um átomo (H): 1 . 10-10 m
• Quantidade de moléculas em 1 mol de uma substância qualquer:
6,022 . 1023
• Quantidade de segundos em 1 ano: 3,1536 . 107
• Quantidade de água nos oceanos da Terra: 1,35 . 1021 L
• Duração de uma piscada: 2 . 10-1 s
• Massa de um átomo (C): 19,92 . 10-27 Kg
Operações com notação científica
Adição
Para somar números escritos em notação científica, é necessário
que o expoente seja o mesmo. Se não o for temos que transformar
uma das potências para que o seu expoente seja igual ao da outra.
Exemplo: (5 . 104) + (7,1 . 102)
= (5 . 104) + (0,071 . 104)
= (5 + 0,071) . 104
= 5,071 . 104
Notação Científica
Operações com notação científica
Subtração
Na subtração também é necessário que o expoente seja o mesmo.
O procedimento é igual ao da soma.
Exemplo: (7,7 . 106) - (2,5 . 103)
= (7,7 . 106) - (0,0025 . 106)
= (7,7 - 0,0025) . 106
= 7,6975 . 106
Notação Científica
Operações com notação científica
Multiplicação
Multiplicamos os números sem expoente, mantemos a potência de
base 10 e somamos os expoentes de cada uma.
Exemplo: (4,3 . 103) . (7 . 102)
= (4,3 . 7) . 10(3+2)
= 30,1 . 105
Notação Científica
Operações com notação científica
Divisão
Dividimos os números sem expoente, mantemos a potência de base
10 e subtraímos os expoentes.
Exemplo: 6 . 103
8,2 . 102
=(6/8,2) . 10(3-2)
= 0,73 . 101
Notação Científica
Notação Científica
Os valores expressos em notação científica possibilitam a
utilização dos múltiplos e submúltiplos das unidades de
medida, conforme a tabela seguir.
Múltiplos Submúltiplos
Símbolo Nome Fator Símbolo Nome Fator
Y Yotta 1024 d deci 10-1
Z Zetta 1021 c centi 10-2
E Exa 1018 m mili 10-3
P Peta 1015 μ micro 10-6
T Tera 1012 n nano 10-9
G Giga 109 p pico 10-12
M Mega 106 f femto 10-15
k Quilo 103 a atto 10-18
h hecto 102 z zepto 10-21
da deca 101 y yocto 10-24
Notação Científica
Utilização dos múltiplos e submúltiplos
Uma forma alternativa de escrever valores muito grandes ou muito
pequenos é através da utilização dos símbolos de múltiplos ou
submúltiplos. Basta substituir a potência de 10 pelo símbolo
correspondente na tabela.
Exemplo: 5 . 103 m
na tabela, 103 equivale a k (quilo), então
5 . 103 m = 5 km
Notação Científica
Utilização dos múltiplos e submúltiplos
Outros Exemplos: 7,2 . 10-9 L
na tabela, 10-9 equivale a n (nano), então
7,2 . 10-9 L = 7,2 nL
512 . 106 B (Bytes)
na tabela, 106 equivale a M (mega), então
512 . 106 B = 512 MB
Notação Científica
Utilização dos múltiplos e submúltiplos
Não é possível realizar cálculos com valores expressos em forma de
múltiplos ou submúltiplos. Para realizar cálculos, então, bastão
converter os valores para notação científica e utilizar as regras que
vimos anteriormente.
Exemplo: 8 Gm
na tabela, G equivale a 109, então
8 Gm = 8 . 109 m
Notação Científica
Resumindo
Existem várias formas de escrevermos um mesmo valor. Podemos
escrevê-lo em notação decimal, notação científica ou utilizando
múltiplos e submúltiplos. Todas as formas são válidas e é importante
que saibamos como tratar cada caso.
Exemplo: 4 milhões de metros
4.000.000 m
4 . 106 m e
4 Mm
são formas diferentes
de escrevermos o mesmo valor

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturais
rubensdiasjr07
 
Equacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauEquacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grau
estrelaeia
 
Teorema de pitágoras apresentação de slide
Teorema de pitágoras   apresentação de slideTeorema de pitágoras   apresentação de slide
Teorema de pitágoras apresentação de slide
Raquel1966
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
Murilo Cretuchi de Oliveira
 
Função afim
Função afimFunção afim
Função afim
wfsousamatematica
 
Ponto, reta e plano
Ponto, reta e planoPonto, reta e plano
Ponto, reta e plano
rubensdiasjr07
 
Aula de unidades de medidas
Aula de unidades de medidasAula de unidades de medidas
Aula de unidades de medidas
profgilvano
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
Miky Mine
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Waldir Montenegro
 
Ordem de grandeza
Ordem de grandezaOrdem de grandeza
Ordem de grandeza
fisicaatual
 
Cicuito elétrico
Cicuito elétricoCicuito elétrico
Cicuito elétrico
O mundo da FÍSICA
 
Conjuntos numéricos
Conjuntos numéricosConjuntos numéricos
Conjuntos numéricos
Alexandre Cirqueira
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
Liliana Carvalho
 
Plano cartesiano ppt
Plano cartesiano pptPlano cartesiano ppt
Plano cartesiano ppt
Newton Sérgio Lima
 
Radiciaçâo
RadiciaçâoRadiciaçâo
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
Professora Raquel
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
O mundo da FÍSICA
 
Slide aula angulos
Slide aula angulosSlide aula angulos
Slide aula angulos
andrewmonteiro
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
Rodrigo Carvalho
 
Matematica Basica
Matematica BasicaMatematica Basica
Matematica Basica
Nyedson Barbosa
 

Mais procurados (20)

Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturais
 
Equacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grauEquacoes do 1 grau
Equacoes do 1 grau
 
Teorema de pitágoras apresentação de slide
Teorema de pitágoras   apresentação de slideTeorema de pitágoras   apresentação de slide
Teorema de pitágoras apresentação de slide
 
Áreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras PlanasÁreas de Figuras Planas
Áreas de Figuras Planas
 
Função afim
Função afimFunção afim
Função afim
 
Ponto, reta e plano
Ponto, reta e planoPonto, reta e plano
Ponto, reta e plano
 
Aula de unidades de medidas
Aula de unidades de medidasAula de unidades de medidas
Aula de unidades de medidas
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
 
Ordem de grandeza
Ordem de grandezaOrdem de grandeza
Ordem de grandeza
 
Cicuito elétrico
Cicuito elétricoCicuito elétrico
Cicuito elétrico
 
Conjuntos numéricos
Conjuntos numéricosConjuntos numéricos
Conjuntos numéricos
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Plano cartesiano ppt
Plano cartesiano pptPlano cartesiano ppt
Plano cartesiano ppt
 
Radiciaçâo
RadiciaçâoRadiciaçâo
Radiciaçâo
 
Exercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidadeExercícios extras 9ano densidade
Exercícios extras 9ano densidade
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
 
Slide aula angulos
Slide aula angulosSlide aula angulos
Slide aula angulos
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
Matematica Basica
Matematica BasicaMatematica Basica
Matematica Basica
 

Semelhante a Notação cientifica

Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
Fernanda Katiusca Santos
 
Notação Científica (Telecomunicações)
Notação Científica (Telecomunicações)Notação Científica (Telecomunicações)
Notação Científica (Telecomunicações)
Equipe_FAETEC
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
Paulo Rafael Vaz
 
Notação científica e o.g.
Notação científica e o.g.Notação científica e o.g.
Notação científica e o.g.
Rildo Borges
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
O mundo da FÍSICA
 
Fisica grandeza física
Fisica grandeza físicaFisica grandeza física
Fisica grandeza física
comentada
 
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérieNotação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
MuriloMartins48
 
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixoNOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
NascelioPinheiro
 
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisicanotacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
JulianaCarla29
 
Mat notacao cientifica e ordem de grandeza
Mat notacao cientifica e ordem de grandezaMat notacao cientifica e ordem de grandeza
Mat notacao cientifica e ordem de grandeza
trigono_metria
 
Aula 1 ele1
Aula 1 ele1Aula 1 ele1
Aula 1 ele1
Wellington Santos
 
Aula 1 eletricidade
Aula 1 eletricidadeAula 1 eletricidade
Aula 1 eletricidade
Alleksa Henrik's
 
2008 helio2anoaula01
2008 helio2anoaula012008 helio2anoaula01
2008 helio2anoaula01
Evandro Alves
 
Eletricid.. catia
Eletricid.. catiaEletricid.. catia
Eletricid.. catia
Reginaldo Steinhardt
 
Notacao Cientifica
Notacao CientificaNotacao Cientifica
Notacao Cientifica
Equipe_FAETEC
 
Mat utfrs 04. potencias de base 10
Mat utfrs 04. potencias de base 10Mat utfrs 04. potencias de base 10
Mat utfrs 04. potencias de base 10
trigono_metria
 
Unidades de medida... e notação científica
Unidades de medida... e notação científicaUnidades de medida... e notação científica
Unidades de medida... e notação científica
Marco Antonio Sanches
 
B
BB
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptx
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptxAnexo 1 - Algarismos e medições.pptx
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptx
Jonathas Felipe
 
Fisica 1 aula 1
Fisica 1   aula 1Fisica 1   aula 1
Fisica 1 aula 1
Fisicaefacil
 

Semelhante a Notação cientifica (20)

Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
 
Notação Científica (Telecomunicações)
Notação Científica (Telecomunicações)Notação Científica (Telecomunicações)
Notação Científica (Telecomunicações)
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
 
Notação científica e o.g.
Notação científica e o.g.Notação científica e o.g.
Notação científica e o.g.
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
 
Fisica grandeza física
Fisica grandeza físicaFisica grandeza física
Fisica grandeza física
 
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérieNotação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
Notação Científica, Ordem de Grandeza e Algarismos Significativos - 1ªSérie
 
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixoNOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
NOTAÇÃO CIENTÍFICA: unidades básicas E prefixo
 
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisicanotacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
notacao-unidades-basicas-e-prefixo1 - fisica
 
Mat notacao cientifica e ordem de grandeza
Mat notacao cientifica e ordem de grandezaMat notacao cientifica e ordem de grandeza
Mat notacao cientifica e ordem de grandeza
 
Aula 1 ele1
Aula 1 ele1Aula 1 ele1
Aula 1 ele1
 
Aula 1 eletricidade
Aula 1 eletricidadeAula 1 eletricidade
Aula 1 eletricidade
 
2008 helio2anoaula01
2008 helio2anoaula012008 helio2anoaula01
2008 helio2anoaula01
 
Eletricid.. catia
Eletricid.. catiaEletricid.. catia
Eletricid.. catia
 
Notacao Cientifica
Notacao CientificaNotacao Cientifica
Notacao Cientifica
 
Mat utfrs 04. potencias de base 10
Mat utfrs 04. potencias de base 10Mat utfrs 04. potencias de base 10
Mat utfrs 04. potencias de base 10
 
Unidades de medida... e notação científica
Unidades de medida... e notação científicaUnidades de medida... e notação científica
Unidades de medida... e notação científica
 
B
BB
B
 
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptx
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptxAnexo 1 - Algarismos e medições.pptx
Anexo 1 - Algarismos e medições.pptx
 
Fisica 1 aula 1
Fisica 1   aula 1Fisica 1   aula 1
Fisica 1 aula 1
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 

Notação cientifica

  • 1.
  • 2. Notação científica é uma forma de representar números muito grandes ou muito pequenos, baseada no uso de potências de base 10. Notação Científica
  • 3. Notação Científica Potências de base 10 Expoentes positivos Exemplo: 103 = 10 x 10 x 10 = 1000 Expoentes negativos Exemplo: 10-3 = 1 = 1 = 0,001 103 1000
  • 4. Notação Científica Potências de base 10 100 = 1 101 = 10 10-1 = 0,1 102 = 100 10-2 = 0,01 103 = 1000 10-3 = 0,001 104 = 10000 10-4 = 0,0001 105 = 100000 10-5 = 0,00001 106 = 1000000 10-6 = 0,000001 107 = 10000000 10-7 = 0,0000001 108 = 100000000 10-8 = 0,00000001 109 = 1000000000 10-9 = 0,000000001 1010 =10000000000 10-10 =0,0000000001
  • 5. Existem algumas vantagens em utilizarmos a notação científica: • os números muito grandes ou muito pequenos podem ser escritos de forma reduzida; • é utilizada por computadores e máquinas de calcular; • torna os cálculos mais rápidos e fáceis. Notação Científica
  • 6. Um número estará em notação científica quando estiver escrito no seguinte formato: x . 10 y • X é um valor qualquer, entre 1 e 9, multiplicado por uma potência de base 10 e • y é o expoente que pode ser positivo ou negativo Ex: 3000 = 3.103 0,003 = 3.10-3 Nota: Usamos expoentes positivos quando estamos representando números grandes e expoentes negativos quando estamos representando números pequenos. Notação Científica
  • 7. Notação Científica Exemplos de valores escritos em notação científica • Velocidade da luz no vácuo: 3 . 105 Km/s • Diâmetro de um átomo (H): 1 . 10-10 m • Quantidade de moléculas em 1 mol de uma substância qualquer: 6,022 . 1023 • Quantidade de segundos em 1 ano: 3,1536 . 107 • Quantidade de água nos oceanos da Terra: 1,35 . 1021 L • Duração de uma piscada: 2 . 10-1 s • Massa de um átomo (C): 19,92 . 10-27 Kg
  • 8. Operações com notação científica Adição Para somar números escritos em notação científica, é necessário que o expoente seja o mesmo. Se não o for temos que transformar uma das potências para que o seu expoente seja igual ao da outra. Exemplo: (5 . 104) + (7,1 . 102) = (5 . 104) + (0,071 . 104) = (5 + 0,071) . 104 = 5,071 . 104 Notação Científica
  • 9. Operações com notação científica Subtração Na subtração também é necessário que o expoente seja o mesmo. O procedimento é igual ao da soma. Exemplo: (7,7 . 106) - (2,5 . 103) = (7,7 . 106) - (0,0025 . 106) = (7,7 - 0,0025) . 106 = 7,6975 . 106 Notação Científica
  • 10. Operações com notação científica Multiplicação Multiplicamos os números sem expoente, mantemos a potência de base 10 e somamos os expoentes de cada uma. Exemplo: (4,3 . 103) . (7 . 102) = (4,3 . 7) . 10(3+2) = 30,1 . 105 Notação Científica
  • 11. Operações com notação científica Divisão Dividimos os números sem expoente, mantemos a potência de base 10 e subtraímos os expoentes. Exemplo: 6 . 103 8,2 . 102 =(6/8,2) . 10(3-2) = 0,73 . 101 Notação Científica
  • 12. Notação Científica Os valores expressos em notação científica possibilitam a utilização dos múltiplos e submúltiplos das unidades de medida, conforme a tabela seguir. Múltiplos Submúltiplos Símbolo Nome Fator Símbolo Nome Fator Y Yotta 1024 d deci 10-1 Z Zetta 1021 c centi 10-2 E Exa 1018 m mili 10-3 P Peta 1015 μ micro 10-6 T Tera 1012 n nano 10-9 G Giga 109 p pico 10-12 M Mega 106 f femto 10-15 k Quilo 103 a atto 10-18 h hecto 102 z zepto 10-21 da deca 101 y yocto 10-24
  • 13. Notação Científica Utilização dos múltiplos e submúltiplos Uma forma alternativa de escrever valores muito grandes ou muito pequenos é através da utilização dos símbolos de múltiplos ou submúltiplos. Basta substituir a potência de 10 pelo símbolo correspondente na tabela. Exemplo: 5 . 103 m na tabela, 103 equivale a k (quilo), então 5 . 103 m = 5 km
  • 14. Notação Científica Utilização dos múltiplos e submúltiplos Outros Exemplos: 7,2 . 10-9 L na tabela, 10-9 equivale a n (nano), então 7,2 . 10-9 L = 7,2 nL 512 . 106 B (Bytes) na tabela, 106 equivale a M (mega), então 512 . 106 B = 512 MB
  • 15. Notação Científica Utilização dos múltiplos e submúltiplos Não é possível realizar cálculos com valores expressos em forma de múltiplos ou submúltiplos. Para realizar cálculos, então, bastão converter os valores para notação científica e utilizar as regras que vimos anteriormente. Exemplo: 8 Gm na tabela, G equivale a 109, então 8 Gm = 8 . 109 m
  • 16. Notação Científica Resumindo Existem várias formas de escrevermos um mesmo valor. Podemos escrevê-lo em notação decimal, notação científica ou utilizando múltiplos e submúltiplos. Todas as formas são válidas e é importante que saibamos como tratar cada caso. Exemplo: 4 milhões de metros 4.000.000 m 4 . 106 m e 4 Mm são formas diferentes de escrevermos o mesmo valor