SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Objetivos
-Apresentar os aspectos relevantes da classificação
brasileira de ocupações – CBO
-Formação, experiência e condições gerais de exercício
da profissão.
-Recursos de trabalho e atividades a serem
desenvolvidas
68
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Introdução
O profissional que lida com a atividade de
içamento e movimentação de cargas, com o
auxílio de guindaste, contém uma série de pré-
requisitos para o exercício de sua atividade.
Além disso, lhe é incumbido uma gama de
atividades com o intuito de garantir segurança
e maior efetividade na operação do serviço.
É importante o operador conhecer as
expectativas que sua função requer.
69
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Classificação brasileira de ocupações - CBO
Segundo a classificação brasileira de
ocupações – CBO, os operadores de
guindastes estão classificados como
operadores de máquinas e
equipamentos de elevação.
70
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Classificação brasileira de ocupações - CBO
Dentro da categoria dos operadores de máquinas e equipamentos de
elevação entram as duas referentes aos operadores de guindastes
Operador de guindaste (fixo) - Guincheiro, Guindasteiro, Operador de
guindaste fixo sobre vagões de plataformas flutuantes, Operador de ship
loader
Operador de guindaste móvel - Operador de grua (móvel)
71
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Classificação brasileira de ocupações - CBO
Para o CBO esses profissionais são responsáveis por operar máquinas e
equipamentos de elevação, ajustando comandos e acionando movimentos
das máquinas. Além disso, devem:
•Avaliar as condições de funcionamento das máquinas e equipamentos;
•Interpretar painel de instrumentos de medição, verificando fonte de
alimentação, testando comandos de acionamento;
•Preparar área para operação dos equipamentos e transportam pessoas e
materiais em máquinas e equipamentos de elevação;
•Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao
meio ambiente.
72
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Formação, experiência e condições gerais
de exercício da profissão
É requerido do operador de guindaste ensino fundamental completo e
curso básico de qualificação profissional .
O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de
experiência profissional.
Esses trabalhadores atuam em diversas áreas, trabalhando de forma
individual sob supervisão ocasional.
73
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Formação, experiência e condições gerais
de exercício da profissão
O trabalho pode ser desenvolvido em todos os turnos (diurno,
noturno e por rodízio de turnos) e em diferentes ambientes, dentre
os quais:
•Ambiente fechado
•Ambiente a céu aberto
•Ambiente confinado
•Em grandes alturas
•Em veículos
74
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Formação, experiência e condições gerais
de exercício da profissão
Esses profissionais, como estão sujeitos a grandes
jornadas de trabalho em uma mesma posição,
permanecem em posições desconfortáveis durante
longos períodos e trabalham sob pressão, o que
pode levá-los à situação de estresse. Também
permanecem expostos a materiais tóxicos,
radiação, ruído intenso, altas e baixas temperaturas,
pó, odores e intempéries.
A utilização dos equipamentos de segurança é
indispensável para esses profissionais.
75
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Formação, experiência e condições gerais
de exercício da profissão
É esperado que esse profissional tenha um mínimo de características
necessárias para exercer sua função, sendo elas:
•Demonstrar auto-organização
•Manter atenção
•Comunicar-se com eficiência
•Relacionar-se com superiores e subordinados
•Demonstrar autocontrole
•Evidenciar coordenação motora
•Ter responsabilidade
•Adaptar-se a novos trabalhos e situações
•Demonstrar autocrítica
76
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Recursos de trabalho e atividades a serem
desenvolvidas
Além de conseguirem operar um guindaste, o operador desse equipamento deve
conhecer e saber lidar com outros recursos necessários para o desenvolvimento
de suas atividades. Dentre esses recursos podemos citar:
Chaves (combinada, fenda, "allen", inglesa);
Manômetro;
Martelo;
Nível;
Talha elétrica;
Termômetro.
77
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Recursos de trabalho e atividades a serem
desenvolvidas
Na operação de máquinas e equipamentos de elevação o operador deve:
• Adequar a cabine de acordo com ambiente de trabalho
• Regular assento e encosto do banco das máquinas e equipamentos
de elevação
• Ajustar comandos e apoios das máquinas e equipamentos de
elevação
• Posicionar máquinas e equipamentos de elevação para operação
• Travar máquinas e equipamentos de elevação
• Acionar movimentos das máquinas, equipamentos e acessórios
conforme procedimentos operacionais
• Conferir capacidade de máquinas e equipamentos
• Interpretar recomendações dos fabricantes para a operação de
máquinas e equipamentos
• Nivelar máquinas e equipamentos
78
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas
Na avaliação das condições de funcionamento das máquinas e equipamentos de
elevação o operador deve:
• Interpretar painel de instrumentos de medição
• Verificar fonte de alimentação do equipamento (elétrica e combustível)
• Testar comandos de acionamento
• Testar deslocamento e frenagem das máquinas e equipamentos (rotação,
vertical, horizontal)
• Verificar condições e conservação de acessórios (gancho, mangueira,
sinalizadores, friso de roda)
• Inspecionar nível, alinhamento e verticalidade de cabos de aços e
correias transportadoras
• Inspecionar dispositivos de segurança
• Vistoriar máquinas e equipamentos de elevação
• Solicitar manutenção das máquinas e equipamentos de elevação
79
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Recursos de trabalho e atividades a serem
desenvolvidas
80
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
Na preparação da área para operação de equipamentos de elevação o
operador deve:
•Inspecionar visualmente a área de operação do equipamento no
solo, ar, água e vias de acesso
•Respeitar legislação ambiental e normas técnicas
•Solicitar limpeza do local de trabalho
•Solicitar isolamento da área de trabalho
•Verificar iluminação na área de trabalho
•Interpretar programação de trabalho
Recursos de trabalho e atividades a serem
desenvolvidas
81
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste
No transporte de pessoas e materiais em máquinas e equipamentos de
elevação o operador deve:
• Examinar as condições climáticas
• Conferir autorização de serviço
• Definir equipamentos de transporte e movimentação conforme capacidade
• Conferir o peso de cargas
• Selecionar acessórios conforme o tipo de carga e descarga
• Utilizar acessórios compatíveis com a carga (cabo, cinta)
• Cumprir ordem de serviço
• Movimentar pessoas e materiais através de máquinas e equipamentos de
elevação
Conclusões
A atividade de operador de guindaste não é uma
simples operação mecânica, de lidar com
um equipamento.
Ela exige desse profissional qualificação e um
perfil específico, pois requer muita
disciplina, comprometimento e
competência por parte dele.
82
Unidade 4: Características da atividade: Operador
de Guindaste

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Operador de guindaste: formação, atividades e segurança

Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11GAC CURSOS ONLINE
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfSérgio Alves
 
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riser
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riserCurso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riser
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riserSQC_Group
 
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptx
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptxManual de Boas Práticas Para operadores .pptx
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptxHudsonOliveira50
 
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdf
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdfAPOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdf
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdfssuser22319e
 
Treinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdfTreinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdfFelipeSouza493606
 
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptx
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptxCurso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptx
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptxRúben Viana
 
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdf
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdfApostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdf
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdfFLAMARIONDEPAULA2
 
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horas
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horasSegurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horas
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horasTIPSAL
 
Treinamento-Varredeira.pdf
Treinamento-Varredeira.pdfTreinamento-Varredeira.pdf
Treinamento-Varredeira.pdfelietecunha2
 

Semelhante a Operador de guindaste: formação, atividades e segurança (20)

Pta
PtaPta
Pta
 
Institucional INCATEP
Institucional INCATEPInstitucional INCATEP
Institucional INCATEP
 
Treinamento pta
Treinamento ptaTreinamento pta
Treinamento pta
 
Aula NR12.ppt
Aula NR12.pptAula NR12.ppt
Aula NR12.ppt
 
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
 
Treinamento de pta
Treinamento de ptaTreinamento de pta
Treinamento de pta
 
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riser
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riserCurso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riser
Curso de operação de compensadores de movimento e tensionadores de riser
 
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptx
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptxManual de Boas Práticas Para operadores .pptx
Manual de Boas Práticas Para operadores .pptx
 
MANUAL RTG
MANUAL RTG MANUAL RTG
MANUAL RTG
 
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdf
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdfAPOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdf
APOSTILA PONTE ROLANTE - SENAI.pdf
 
Treinamento para trabalho em altura
Treinamento para trabalho em alturaTreinamento para trabalho em altura
Treinamento para trabalho em altura
 
Aula 5
Aula 5Aula 5
Aula 5
 
Treinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdfTreinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdf
 
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptx
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptxCurso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptx
Curso empilhador PPT_50H_IEFP#2018.pptx
 
02 aula industria do petróleo
02 aula industria do petróleo02 aula industria do petróleo
02 aula industria do petróleo
 
Apostila Empilhadeira de Grande Porte
Apostila Empilhadeira de Grande PorteApostila Empilhadeira de Grande Porte
Apostila Empilhadeira de Grande Porte
 
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdf
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdfApostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdf
Apostila para treinamento de Empilhadeira Virtual.pdf
 
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horas
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horasSegurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horas
Segurança na Utilização de Empilhadores - SUE – 14 horas
 
Treinamento-Varredeira.pdf
Treinamento-Varredeira.pdfTreinamento-Varredeira.pdf
Treinamento-Varredeira.pdf
 

Mais de Sérgio Alves

Definições espaço confinado.pdf
Definições espaço confinado.pdfDefinições espaço confinado.pdf
Definições espaço confinado.pdfSérgio Alves
 
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdf
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdfMOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdf
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdfSérgio Alves
 
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdf
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdfMOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdf
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdfSérgio Alves
 
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdf
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdfMOD 6 plano de içamento e mov carga.pdf
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdfSérgio Alves
 
MOD 3 componentes basicos.pdf
MOD 3 componentes basicos.pdfMOD 3 componentes basicos.pdf
MOD 3 componentes basicos.pdfSérgio Alves
 
MOD 2 tipos de guindastes.pdf
MOD 2 tipos de guindastes.pdfMOD 2 tipos de guindastes.pdf
MOD 2 tipos de guindastes.pdfSérgio Alves
 
MOD 1 historico e caracteristicas.pdf
MOD 1 historico e caracteristicas.pdfMOD 1 historico e caracteristicas.pdf
MOD 1 historico e caracteristicas.pdfSérgio Alves
 

Mais de Sérgio Alves (7)

Definições espaço confinado.pdf
Definições espaço confinado.pdfDefinições espaço confinado.pdf
Definições espaço confinado.pdf
 
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdf
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdfMOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdf
MOD 8 aspectos operacionais dos guindastes.pdf
 
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdf
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdfMOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdf
MOD 7 conceitos operacionais do guindaste.pdf
 
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdf
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdfMOD 6 plano de içamento e mov carga.pdf
MOD 6 plano de içamento e mov carga.pdf
 
MOD 3 componentes basicos.pdf
MOD 3 componentes basicos.pdfMOD 3 componentes basicos.pdf
MOD 3 componentes basicos.pdf
 
MOD 2 tipos de guindastes.pdf
MOD 2 tipos de guindastes.pdfMOD 2 tipos de guindastes.pdf
MOD 2 tipos de guindastes.pdf
 
MOD 1 historico e caracteristicas.pdf
MOD 1 historico e caracteristicas.pdfMOD 1 historico e caracteristicas.pdf
MOD 1 historico e caracteristicas.pdf
 

Último

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 

Último (20)

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 

Operador de guindaste: formação, atividades e segurança

  • 1. Objetivos -Apresentar os aspectos relevantes da classificação brasileira de ocupações – CBO -Formação, experiência e condições gerais de exercício da profissão. -Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas 68 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 2. Introdução O profissional que lida com a atividade de içamento e movimentação de cargas, com o auxílio de guindaste, contém uma série de pré- requisitos para o exercício de sua atividade. Além disso, lhe é incumbido uma gama de atividades com o intuito de garantir segurança e maior efetividade na operação do serviço. É importante o operador conhecer as expectativas que sua função requer. 69 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 3. Classificação brasileira de ocupações - CBO Segundo a classificação brasileira de ocupações – CBO, os operadores de guindastes estão classificados como operadores de máquinas e equipamentos de elevação. 70 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 4. Classificação brasileira de ocupações - CBO Dentro da categoria dos operadores de máquinas e equipamentos de elevação entram as duas referentes aos operadores de guindastes Operador de guindaste (fixo) - Guincheiro, Guindasteiro, Operador de guindaste fixo sobre vagões de plataformas flutuantes, Operador de ship loader Operador de guindaste móvel - Operador de grua (móvel) 71 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 5. Classificação brasileira de ocupações - CBO Para o CBO esses profissionais são responsáveis por operar máquinas e equipamentos de elevação, ajustando comandos e acionando movimentos das máquinas. Além disso, devem: •Avaliar as condições de funcionamento das máquinas e equipamentos; •Interpretar painel de instrumentos de medição, verificando fonte de alimentação, testando comandos de acionamento; •Preparar área para operação dos equipamentos e transportam pessoas e materiais em máquinas e equipamentos de elevação; •Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente. 72 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 6. Formação, experiência e condições gerais de exercício da profissão É requerido do operador de guindaste ensino fundamental completo e curso básico de qualificação profissional . O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional. Esses trabalhadores atuam em diversas áreas, trabalhando de forma individual sob supervisão ocasional. 73 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 7. Formação, experiência e condições gerais de exercício da profissão O trabalho pode ser desenvolvido em todos os turnos (diurno, noturno e por rodízio de turnos) e em diferentes ambientes, dentre os quais: •Ambiente fechado •Ambiente a céu aberto •Ambiente confinado •Em grandes alturas •Em veículos 74 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 8. Formação, experiência e condições gerais de exercício da profissão Esses profissionais, como estão sujeitos a grandes jornadas de trabalho em uma mesma posição, permanecem em posições desconfortáveis durante longos períodos e trabalham sob pressão, o que pode levá-los à situação de estresse. Também permanecem expostos a materiais tóxicos, radiação, ruído intenso, altas e baixas temperaturas, pó, odores e intempéries. A utilização dos equipamentos de segurança é indispensável para esses profissionais. 75 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 9. Formação, experiência e condições gerais de exercício da profissão É esperado que esse profissional tenha um mínimo de características necessárias para exercer sua função, sendo elas: •Demonstrar auto-organização •Manter atenção •Comunicar-se com eficiência •Relacionar-se com superiores e subordinados •Demonstrar autocontrole •Evidenciar coordenação motora •Ter responsabilidade •Adaptar-se a novos trabalhos e situações •Demonstrar autocrítica 76 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 10. Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas Além de conseguirem operar um guindaste, o operador desse equipamento deve conhecer e saber lidar com outros recursos necessários para o desenvolvimento de suas atividades. Dentre esses recursos podemos citar: Chaves (combinada, fenda, "allen", inglesa); Manômetro; Martelo; Nível; Talha elétrica; Termômetro. 77 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 11. Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas Na operação de máquinas e equipamentos de elevação o operador deve: • Adequar a cabine de acordo com ambiente de trabalho • Regular assento e encosto do banco das máquinas e equipamentos de elevação • Ajustar comandos e apoios das máquinas e equipamentos de elevação • Posicionar máquinas e equipamentos de elevação para operação • Travar máquinas e equipamentos de elevação • Acionar movimentos das máquinas, equipamentos e acessórios conforme procedimentos operacionais • Conferir capacidade de máquinas e equipamentos • Interpretar recomendações dos fabricantes para a operação de máquinas e equipamentos • Nivelar máquinas e equipamentos 78 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 12. Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas Na avaliação das condições de funcionamento das máquinas e equipamentos de elevação o operador deve: • Interpretar painel de instrumentos de medição • Verificar fonte de alimentação do equipamento (elétrica e combustível) • Testar comandos de acionamento • Testar deslocamento e frenagem das máquinas e equipamentos (rotação, vertical, horizontal) • Verificar condições e conservação de acessórios (gancho, mangueira, sinalizadores, friso de roda) • Inspecionar nível, alinhamento e verticalidade de cabos de aços e correias transportadoras • Inspecionar dispositivos de segurança • Vistoriar máquinas e equipamentos de elevação • Solicitar manutenção das máquinas e equipamentos de elevação 79 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste
  • 13. Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas 80 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste Na preparação da área para operação de equipamentos de elevação o operador deve: •Inspecionar visualmente a área de operação do equipamento no solo, ar, água e vias de acesso •Respeitar legislação ambiental e normas técnicas •Solicitar limpeza do local de trabalho •Solicitar isolamento da área de trabalho •Verificar iluminação na área de trabalho •Interpretar programação de trabalho
  • 14. Recursos de trabalho e atividades a serem desenvolvidas 81 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste No transporte de pessoas e materiais em máquinas e equipamentos de elevação o operador deve: • Examinar as condições climáticas • Conferir autorização de serviço • Definir equipamentos de transporte e movimentação conforme capacidade • Conferir o peso de cargas • Selecionar acessórios conforme o tipo de carga e descarga • Utilizar acessórios compatíveis com a carga (cabo, cinta) • Cumprir ordem de serviço • Movimentar pessoas e materiais através de máquinas e equipamentos de elevação
  • 15. Conclusões A atividade de operador de guindaste não é uma simples operação mecânica, de lidar com um equipamento. Ela exige desse profissional qualificação e um perfil específico, pois requer muita disciplina, comprometimento e competência por parte dele. 82 Unidade 4: Características da atividade: Operador de Guindaste