SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO – UPE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - PROEAD PÓLO CAMPINA GRANDE CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA PROFa.: MÁRCIA MARIA CAMARGO DE MORAIS 1ª. ATIVIDADE REINO PROTISTA DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS ALUNA: EDNA MARIA DE MOURA CONCEIÇÃO DE   ALBUQUERQUE CAMPINA GRANDE, 24/06/2010
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Por flagelos Autótrofos  Fotossíntese Oceanos água doce  Ambiente úmidos Unicelular e Pluricelular Algas verdes Clorófítas Por flagelos Autótrofos Fotossíntese Oceanos Unicelular Dinoflagelados Maré vermelha Pirrófitas  Por flagelos e pseudópodes Autótrofos Fotossíntese Oceanos e água doce Unicelular Douradas  Diatomácea xantófitas Clisófitas   Por flagelos Autótrofos  Fotossíntese Água doce Unicelular Euglena Viridis Euglenófitas ALGAS ILUSTRAÇAO LOCOMOÇAO NUTRIÇÃO HABITAT CARACATERISTICAS CLASSIFICAÇÃO PROTISTA
Não possuem Heterótrofos Hospedeiro Unicelular Parasitas Sporozoa Aplicomplexa Por cílios Heterótrofos Captam Alimento através dos cílios Marinho Dulcicolas Unicelular Vida livre e parasita Ciliata Por flagelos Autótrofos e heterótrofos Marinho Dulcicola Terra Unicelular Vida livre e parasita Flagelata Mastigophora Por emissão de pseudopo. Heterótrofos Fagocitose Marinho Dulcicolas Unicelular Vida livre e parasita Rhizopoda Sarcodina PROTOZOÁRIOS ILUSTRAÇÃO LOCOMOÇÃO NUTRIÇÃO HABITAT CARACRISTICAS CLASSIFICAÇÃO PROTISTA
DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS Tartáro emético e antimoniato de N-metil glucamina por via IM ou EV. Telagem nas habitações, mosquiteiros e repelentes. Uso de inseticida Picada do mosquito palha ( Phlebotomus sp. ) Ulcerações (feridas que não cicatrizam) no rosto, braços e pernas Úlcera de Bauru Flagelado Leishmania brasiliensis Seguir a orientação medica. Aplicação de inseticida nos buracos e frestas das casas, construção de habitação decente,etc Fezes do inseto barbeiro ( Triatoma sp. ) Problemas no coração, inchaço do baço e fígado, mal estar Doença de Chagas Flagelado Trypanosoma Cruzi Tratar doentes e asintomáticos portadores, usar fármacos como nitroimizadois, diloxamid Associados com antibióticos, quando necessário. Manter snitários limpos; lavar as mãos antes das refeições não usar excrementos como fetilizantes,etc. Ingestão de cistos eliminados com as fezes humanas. Ulcerações intestinais, diarréia, enfraquecimento Amebíase Rizópodo Entamœba histolytica Profilaxia Prevenção Transmissão Sintomas Doença Classe Espécie
DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS Tratamento medicamentoso alcaloides Usar telas evitar acumulodepneusvelhos, vasos,latas, drenagem de valas e banhados,criaçao de peixes larvófagos Picada de mosquito-prego (Anopheles sp.). Febres, anemia, lesões no baço e no fígado Malária Esporozoário Plasmodium vivax Tratamrento medicamento nitroimidazol Educação san Higiene ind. Proteção e lavagemdos alimentos e trat. da água. Ingestão de cistos eliminados com fezes humanas Dores abdominais, diarréia Giardíase Flagelado Giardia lamblia Seguir orientação médica. Uso de preservativo e Fidelidade, abstinência. Relação sexual ou toalhas e objetos úmidos contaminados Vaginite, uretrite, corrimento Tricomoníase Flagelado Trichomonas vaginalis Profilaxia Prevenção Transmissão Sintomas Doença Classe Espéci e
DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS
A disenteria amebiana aguda manifesta-se com quadro disentérico agudo, melena, cólicas abdominais, tenesmo, náuseas, vômitos, emagrecimento e fadiga muscular.  manter sanitários limpos;  lavar as mãos antes das refeições e após a defecação;  tratar os doentes e portadores assintomáticos;  não usar excrementos, como fertilizantes;  combater as moscas e baratas.  AMEBÍASE INTESTINAL
GIARDÍASE INTESTINAL A giardíase é uma parasitose intestinal, também denominada giardose ou lamblíase, causada pelo protozoário flagelado  Giardia   lamblia
O Mal de Chagas é uma doença infecciosa causada pelo protozoário (microrganismo de uma célula)  Trypanosoma   cruzi , que vive naturalmente no sangue de seres humanos e animais (cães, gatos, ratos, gambás, macacos, tatus, entre outros).  MAL DE CHAGAS “ BARBEIRO” “ BICUDO” “ RONDÃO” “ FLAMENGO” “ CHUPANÇA” “ FINCUDO”
Um terço dos infectados apresentam sintomas na fase crônica, entre 20 e 30 anos mais tarde, quando aparecem problemas cardíacos - aumento do coração, arritmia e parada cardíaca. O sistema digestivo também pode ser afetado, com inchaço de órgãos e dificuldade de engolir. A gravidade da infecção depende da virulência do parasita e a suscetibilidade do paciente infectado.  MAL DE CHAGAS
TRICOMONÍASE VAGINAL Doença infecto-contagiosa do sistema gênito-urinário do homem e da mulher. No homem causa uma uretrite de manifestações em geral discretas, podendo, eventualmente ser ausentes em alguns e muito intensas em outros. É uma das principais causas de vulvovaginite da mulher adulta podendo porém, cursar com pouca ou nenhuma manifestação clínica.
Leishmaniose Estima-se em 12 milhões o número de pessoas acometidas, em 88 países da Ásia, África, Europa e Américas.
Leishmaniose De modo geral, essas enfermidades se dividem em leishmanioses tegumentares, que atacam a pele e as mucosas, e viscerais (ou  calazar ), que atacam os órgãos internos.  A  Leishmania  é transmitida ao homem e às demais espécies de hospedeiros vertebrados por pequenos insetos, de cor amarelada: os flebotomíneos.
MALÁRIA MALEITA SEZÃO IMPALUDISMO FEBRE PALUSTRE FEBRE RECORRENTE
A MALÁRIA É CAUSADA PELO Plasmodium QUE SÃO INOCULADOS NO HOMEM PELA PICADA DA FÊMEA DO Anopheles sp  (MOSQUITO-”PREGO”) Malária
Malária

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Protozoarios
 
Aula n° 1
Aula n° 1  Aula n° 1
Aula n° 1
 
Répteis
 Répteis Répteis
Répteis
 
Bases Ii Aula 1 IntroduçãO à Parasitologia 24082009
Bases Ii   Aula 1   IntroduçãO à Parasitologia   24082009Bases Ii   Aula 1   IntroduçãO à Parasitologia   24082009
Bases Ii Aula 1 IntroduçãO à Parasitologia 24082009
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
slide Filarioses
slide Filariosesslide Filarioses
slide Filarioses
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
0 conceitos sobre parasitologia
0   conceitos sobre parasitologia0   conceitos sobre parasitologia
0 conceitos sobre parasitologia
 
Protozooses
ProtozoosesProtozooses
Protozooses
 
Reinos dos fungos prof Ivanise Meyer
Reinos dos fungos prof Ivanise MeyerReinos dos fungos prof Ivanise Meyer
Reinos dos fungos prof Ivanise Meyer
 
Biologia - A evolução dos mamíferos
Biologia - A evolução dos mamíferos Biologia - A evolução dos mamíferos
Biologia - A evolução dos mamíferos
 
Protozoários e protozooses
Protozoários e protozoosesProtozoários e protozooses
Protozoários e protozooses
 
OS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOSOS EQUINODERMOS
OS EQUINODERMOS
 
Invertebrados 2 Animais vermiformes
Invertebrados 2  Animais vermiformesInvertebrados 2  Animais vermiformes
Invertebrados 2 Animais vermiformes
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctista
 

Destaque

Doenças causadas por fungos
Doenças causadas por fungosDoenças causadas por fungos
Doenças causadas por fungosRafael Serafim
 
Doencas virus e bacterias
Doencas virus e bacteriasDoencas virus e bacterias
Doencas virus e bacteriasGisele Fidelis
 
Doença por vírus
Doença por vírusDoença por vírus
Doença por vírusProf Regina
 
Toxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidezToxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidezRita Silva
 
Leishmaníase Tegumentar Americana e Visceral
Leishmaníase Tegumentar Americana e VisceralLeishmaníase Tegumentar Americana e Visceral
Leishmaníase Tegumentar Americana e Visceralmonica_lima
 
Doenças causadas por protozoários e vermes
Doenças causadas por protozoários e vermesDoenças causadas por protozoários e vermes
Doenças causadas por protozoários e vermesingridavilez
 
Tabela de seres_maior
Tabela de seres_maiorTabela de seres_maior
Tabela de seres_maiorErcio Novaes
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose3a2011
 
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de Chagas
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de ChagasEctoparasitos de interesse médico e Doença de Chagas
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de ChagasLilian Souza
 
Doenças bacterianas
Doenças bacterianasDoenças bacterianas
Doenças bacterianasProf Regina
 
Aula n° 6 toxoplasma
Aula n° 6   toxoplasmaAula n° 6   toxoplasma
Aula n° 6 toxoplasmaGildo Crispim
 

Destaque (20)

Parasitologia
ParasitologiaParasitologia
Parasitologia
 
Vermes
VermesVermes
Vermes
 
Doenças causadas por fungos
Doenças causadas por fungosDoenças causadas por fungos
Doenças causadas por fungos
 
1ª protozoarios
 1ª protozoarios 1ª protozoarios
1ª protozoarios
 
Doencas virus e bacterias
Doencas virus e bacteriasDoencas virus e bacterias
Doencas virus e bacterias
 
Doença por vírus
Doença por vírusDoença por vírus
Doença por vírus
 
Toxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidezToxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidez
 
Trabalho AP | Protozoários | Biologia 12º Ano
Trabalho AP | Protozoários | Biologia 12º AnoTrabalho AP | Protozoários | Biologia 12º Ano
Trabalho AP | Protozoários | Biologia 12º Ano
 
Leishmaníase Tegumentar Americana e Visceral
Leishmaníase Tegumentar Americana e VisceralLeishmaníase Tegumentar Americana e Visceral
Leishmaníase Tegumentar Americana e Visceral
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Doenças causadas por protozoários e vermes
Doenças causadas por protozoários e vermesDoenças causadas por protozoários e vermes
Doenças causadas por protozoários e vermes
 
Tabela de seres_maior
Tabela de seres_maiorTabela de seres_maior
Tabela de seres_maior
 
Moluscos e anelideos
Moluscos e anelideosMoluscos e anelideos
Moluscos e anelideos
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Apresentação malária
Apresentação maláriaApresentação malária
Apresentação malária
 
Doença de chagas
Doença de chagas   Doença de chagas
Doença de chagas
 
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de Chagas
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de ChagasEctoparasitos de interesse médico e Doença de Chagas
Ectoparasitos de interesse médico e Doença de Chagas
 
Doenças bacterianas
Doenças bacterianasDoenças bacterianas
Doenças bacterianas
 
Aula n° 6 toxoplasma
Aula n° 6   toxoplasmaAula n° 6   toxoplasma
Aula n° 6 toxoplasma
 

Semelhante a Microbio reino protista_doenças_protozoários

Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans CutaneaAula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans CutaneaITPAC PORTO
 
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagem
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagemMICRO II.pptx curso tecnico de enfermagem
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagemJoana Darc Calado
 
Correção do estudo dirigido protozoários
Correção do estudo dirigido protozoáriosCorreção do estudo dirigido protozoários
Correção do estudo dirigido protozoáriosRaquel Freiry
 
Introdução a Parasitologia
Introdução a ParasitologiaIntrodução a Parasitologia
Introdução a ParasitologiaSafia Naser
 
slides Larva migrans
slides Larva migransslides Larva migrans
slides Larva migransNETTO Santtos
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino ProtistaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino ProtistaTurma Olímpica
 
Teníase e malária
Teníase e maláriaTeníase e malária
Teníase e maláriaFilipe Bispo
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctistaURCA
 
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptAMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptdirleyvalderez1
 
Reino protista: protozoarios
Reino protista: protozoariosReino protista: protozoarios
Reino protista: protozoariosErnesto Silva
 
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagem
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagemmicrobiologia e parasitologia voltada para a enfermagem
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagemssuser5cab6e
 

Semelhante a Microbio reino protista_doenças_protozoários (20)

Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans CutaneaAula 5   Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
Aula 5 Ancylostomidae E Larva Migrans Cutanea
 
Reino monera, protista
Reino monera, protistaReino monera, protista
Reino monera, protista
 
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagem
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagemMICRO II.pptx curso tecnico de enfermagem
MICRO II.pptx curso tecnico de enfermagem
 
Correção do estudo dirigido protozoários
Correção do estudo dirigido protozoáriosCorreção do estudo dirigido protozoários
Correção do estudo dirigido protozoários
 
Introdução a Parasitologia
Introdução a ParasitologiaIntrodução a Parasitologia
Introdução a Parasitologia
 
slides Larva migrans
slides Larva migransslides Larva migrans
slides Larva migrans
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino ProtistaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Teníase e malária
Teníase e maláriaTeníase e malária
Teníase e malária
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctista
 
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).pptAMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
AMEBIASE E GIARDIASE (AULA 1).ppt
 
Reino protista: protozoarios
Reino protista: protozoariosReino protista: protozoarios
Reino protista: protozoarios
 
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagem
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagemmicrobiologia e parasitologia voltada para a enfermagem
microbiologia e parasitologia voltada para a enfermagem
 
Principais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptxPrincipais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptx
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
 
PARASITOLOGIA.pdf
PARASITOLOGIA.pdfPARASITOLOGIA.pdf
PARASITOLOGIA.pdf
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
 
6 - parasitologia
6 - parasitologia6 - parasitologia
6 - parasitologia
 
Aula sobre Protozooses.pdf
Aula sobre Protozooses.pdfAula sobre Protozooses.pdf
Aula sobre Protozooses.pdf
 

Último

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 

Último (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

Microbio reino protista_doenças_protozoários

  • 1. UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO – UPE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - PROEAD PÓLO CAMPINA GRANDE CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA PROFa.: MÁRCIA MARIA CAMARGO DE MORAIS 1ª. ATIVIDADE REINO PROTISTA DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS ALUNA: EDNA MARIA DE MOURA CONCEIÇÃO DE ALBUQUERQUE CAMPINA GRANDE, 24/06/2010
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Por flagelos Autótrofos Fotossíntese Oceanos água doce Ambiente úmidos Unicelular e Pluricelular Algas verdes Clorófítas Por flagelos Autótrofos Fotossíntese Oceanos Unicelular Dinoflagelados Maré vermelha Pirrófitas Por flagelos e pseudópodes Autótrofos Fotossíntese Oceanos e água doce Unicelular Douradas Diatomácea xantófitas Clisófitas   Por flagelos Autótrofos Fotossíntese Água doce Unicelular Euglena Viridis Euglenófitas ALGAS ILUSTRAÇAO LOCOMOÇAO NUTRIÇÃO HABITAT CARACATERISTICAS CLASSIFICAÇÃO PROTISTA
  • 7. Não possuem Heterótrofos Hospedeiro Unicelular Parasitas Sporozoa Aplicomplexa Por cílios Heterótrofos Captam Alimento através dos cílios Marinho Dulcicolas Unicelular Vida livre e parasita Ciliata Por flagelos Autótrofos e heterótrofos Marinho Dulcicola Terra Unicelular Vida livre e parasita Flagelata Mastigophora Por emissão de pseudopo. Heterótrofos Fagocitose Marinho Dulcicolas Unicelular Vida livre e parasita Rhizopoda Sarcodina PROTOZOÁRIOS ILUSTRAÇÃO LOCOMOÇÃO NUTRIÇÃO HABITAT CARACRISTICAS CLASSIFICAÇÃO PROTISTA
  • 8. DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS Tartáro emético e antimoniato de N-metil glucamina por via IM ou EV. Telagem nas habitações, mosquiteiros e repelentes. Uso de inseticida Picada do mosquito palha ( Phlebotomus sp. ) Ulcerações (feridas que não cicatrizam) no rosto, braços e pernas Úlcera de Bauru Flagelado Leishmania brasiliensis Seguir a orientação medica. Aplicação de inseticida nos buracos e frestas das casas, construção de habitação decente,etc Fezes do inseto barbeiro ( Triatoma sp. ) Problemas no coração, inchaço do baço e fígado, mal estar Doença de Chagas Flagelado Trypanosoma Cruzi Tratar doentes e asintomáticos portadores, usar fármacos como nitroimizadois, diloxamid Associados com antibióticos, quando necessário. Manter snitários limpos; lavar as mãos antes das refeições não usar excrementos como fetilizantes,etc. Ingestão de cistos eliminados com as fezes humanas. Ulcerações intestinais, diarréia, enfraquecimento Amebíase Rizópodo Entamœba histolytica Profilaxia Prevenção Transmissão Sintomas Doença Classe Espécie
  • 9. DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS Tratamento medicamentoso alcaloides Usar telas evitar acumulodepneusvelhos, vasos,latas, drenagem de valas e banhados,criaçao de peixes larvófagos Picada de mosquito-prego (Anopheles sp.). Febres, anemia, lesões no baço e no fígado Malária Esporozoário Plasmodium vivax Tratamrento medicamento nitroimidazol Educação san Higiene ind. Proteção e lavagemdos alimentos e trat. da água. Ingestão de cistos eliminados com fezes humanas Dores abdominais, diarréia Giardíase Flagelado Giardia lamblia Seguir orientação médica. Uso de preservativo e Fidelidade, abstinência. Relação sexual ou toalhas e objetos úmidos contaminados Vaginite, uretrite, corrimento Tricomoníase Flagelado Trichomonas vaginalis Profilaxia Prevenção Transmissão Sintomas Doença Classe Espéci e
  • 10. DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS
  • 11. A disenteria amebiana aguda manifesta-se com quadro disentérico agudo, melena, cólicas abdominais, tenesmo, náuseas, vômitos, emagrecimento e fadiga muscular. manter sanitários limpos; lavar as mãos antes das refeições e após a defecação; tratar os doentes e portadores assintomáticos; não usar excrementos, como fertilizantes; combater as moscas e baratas. AMEBÍASE INTESTINAL
  • 12. GIARDÍASE INTESTINAL A giardíase é uma parasitose intestinal, também denominada giardose ou lamblíase, causada pelo protozoário flagelado Giardia lamblia
  • 13. O Mal de Chagas é uma doença infecciosa causada pelo protozoário (microrganismo de uma célula) Trypanosoma cruzi , que vive naturalmente no sangue de seres humanos e animais (cães, gatos, ratos, gambás, macacos, tatus, entre outros). MAL DE CHAGAS “ BARBEIRO” “ BICUDO” “ RONDÃO” “ FLAMENGO” “ CHUPANÇA” “ FINCUDO”
  • 14. Um terço dos infectados apresentam sintomas na fase crônica, entre 20 e 30 anos mais tarde, quando aparecem problemas cardíacos - aumento do coração, arritmia e parada cardíaca. O sistema digestivo também pode ser afetado, com inchaço de órgãos e dificuldade de engolir. A gravidade da infecção depende da virulência do parasita e a suscetibilidade do paciente infectado. MAL DE CHAGAS
  • 15. TRICOMONÍASE VAGINAL Doença infecto-contagiosa do sistema gênito-urinário do homem e da mulher. No homem causa uma uretrite de manifestações em geral discretas, podendo, eventualmente ser ausentes em alguns e muito intensas em outros. É uma das principais causas de vulvovaginite da mulher adulta podendo porém, cursar com pouca ou nenhuma manifestação clínica.
  • 16. Leishmaniose Estima-se em 12 milhões o número de pessoas acometidas, em 88 países da Ásia, África, Europa e Américas.
  • 17. Leishmaniose De modo geral, essas enfermidades se dividem em leishmanioses tegumentares, que atacam a pele e as mucosas, e viscerais (ou calazar ), que atacam os órgãos internos. A Leishmania é transmitida ao homem e às demais espécies de hospedeiros vertebrados por pequenos insetos, de cor amarelada: os flebotomíneos.
  • 18. MALÁRIA MALEITA SEZÃO IMPALUDISMO FEBRE PALUSTRE FEBRE RECORRENTE
  • 19. A MALÁRIA É CAUSADA PELO Plasmodium QUE SÃO INOCULADOS NO HOMEM PELA PICADA DA FÊMEA DO Anopheles sp (MOSQUITO-”PREGO”) Malária