SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Mapa das hipóteses dos alunos sobre o sistema de escrita
Sondagem realizada em: ____ /____ / _____

            Alunos                      Pré-silábico               Silábico            Silábico-       Alfabético
                                                                                      alfabético
                                   1         2         3   1   2              3   4        1       1            2
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
15.
16.
17.
18.
19.
20.
21.
22.
23.
24.
25.
26.
27.
Hipóteses
Pré-silábico
1. Pré-silábico, sem variações quantitativas ou qualitativas dentro da palavra e entre as palavras. O aluno diferencia desenhos (que não podem ser lidos) de
“escritos” (que podem ser lidos), mesmo que sejam compostos por grafismos, símbolos ou letras. A leitura que realiza do escrito é sempre global, com o dedo
deslizando por todo o registro escrito.

2. Pré-silábico com exigência mínima de letras ou símbolos, com variação de caracteres dentro da palavra, mas não entre as palavras. A leitura do escrito é
sempre global, com o dedo deslizando por todo o registro escrito.

3. Pré-silábico com exigência mínima de letras ou símbolos, com variação de caracteres dentro da palavra e entre as palavras (variação qualitativa intrafigural e
interfigural). Neste nível, o aluno considera que coisas diferentes devem ser escritas de forma diferente. A leitura do escrito continua global, com o dedo
deslizando por todo o registro escrito.

Silábico
1. Silábico com letras não pertinentes ou sem valor sonoro convencional. Cada letra ou símbolo corresponde a uma sílaba falada, mas o que se escreve ainda
não tem correspondência com o som convencional daquela sílaba. A leitura é silabada.

2. Silábico com vogais pertinentes ou com valor sonoro convencional de vogais. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem
correspondência com o som convencional daquela sílaba, representada pela vogal. A leitura é silabada.

3. Silábico com consoantes pertinentes ou com valor sonoro convencional de consoantes. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem
correspondência com o som convencional daquela sílaba, representada pela consoante. A leitura é silabada.

4. Silábico com vogais e consoantes pertinentes. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem correspondência com o som convencional
daquela sílaba, representada ora pela vogal, ora pela consoante. A leitura é silabada.

Silábico-alfabética
1. Este nível marca a transição do aluno da hipótese silábica para a hipótese alfabética. Ora ele escreve atribuindo a cada sílaba uma letra, ora representando as
unidades sonoras menores, os fonemas.

Alfabético
1. Alfabético inicial Neste estágio, o aluno já compreendeu o sistema de escrita, entendendo que cada um dos caracteres da palavra corresponde a um valor
sonoro menor do que a sílaba. Agora, falta-lhe dominar as convenções ortográficas.

2. Alfabético. Neste estágio, o aluno já compreendeu o sistema de escrita, entendendo que cada um dos caracteres da palavra corresponde a um valor sonoro
menor do que a sílaba e também domina as convenções ortográficas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
baibicalho
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
Arte Tecnologia
 
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamentalConteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
josivaldopassos
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
Nethy Marques
 
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizadoModelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
Antonio Sousa
 
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinarAta reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Domi Calixto
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovada
SimoneHelenDrumond
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Belister Paulino
 
Sequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulasSequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulas
Professora Cida
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
SimoneHelenDrumond
 

Mais procurados (20)

Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
 
Formularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretorFormularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretor
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
 
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamentalConteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
 
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizadoModelo pei-plano-educacional-individualizado
Modelo pei-plano-educacional-individualizado
 
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinarAta reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
Ata reunião pais aluno alisson de lima comissão disciplinar
 
Ata de capacitação pronta
Ata de capacitação   prontaAta de capacitação   pronta
Ata de capacitação pronta
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovada
 
Plano Anual de Ação Secretaria Escolar
Plano Anual de Ação Secretaria Escolar Plano Anual de Ação Secretaria Escolar
Plano Anual de Ação Secretaria Escolar
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Plano de aee
Plano de aeePlano de aee
Plano de aee
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Projeto passo a passo : movimento, matemática e letramento.
Projeto passo a passo : movimento, matemática e letramento. Projeto passo a passo : movimento, matemática e letramento.
Projeto passo a passo : movimento, matemática e letramento.
 
Sequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulasSequencia didatica _fabulas
Sequencia didatica _fabulas
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico Autismo
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
Apostila com atividades de Libras
Apostila com atividades de LibrasApostila com atividades de Libras
Apostila com atividades de Libras
 

Destaque

Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábicaComo trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Edinei Messias
 
Mapa do desenvolvimento da escrita
Mapa do desenvolvimento da escritaMapa do desenvolvimento da escrita
Mapa do desenvolvimento da escrita
Andreá Perez Leinat
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Andreá Perez Leinat
 
Manual de jogos_didáticos_revisado
Manual de jogos_didáticos_revisadoManual de jogos_didáticos_revisado
Manual de jogos_didáticos_revisado
Jeh Antunes
 
тригонометр бодолтууд
тригонометр бодолтуудтригонометр бодолтууд
тригонометр бодолтууд
Khishighuu Myanganbuu
 
O Que é, O Que é?
O Que é, O Que é?O Que é, O Que é?
O Que é, O Que é?
silsiane
 
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabéticoComo trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
Edinei Messias
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Edeil Reis do Espírito Santo
 
Silabario (juega con las palabras)
Silabario (juega con las palabras)Silabario (juega con las palabras)
Silabario (juega con las palabras)
Emilia Jaén Gil
 
Divisão silábica - O lobo sabichão
Divisão silábica - O  lobo sabichãoDivisão silábica - O  lobo sabichão
Divisão silábica - O lobo sabichão
beatriz123-madeira
 

Destaque (20)

NÍVEL SILÁBICO - TRABALHO COM LETRAS
NÍVEL SILÁBICO - TRABALHO COM LETRASNÍVEL SILÁBICO - TRABALHO COM LETRAS
NÍVEL SILÁBICO - TRABALHO COM LETRAS
 
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábicaComo trabalhar com a hipótese de escrita silábica
Como trabalhar com a hipótese de escrita silábica
 
Mapa do desenvolvimento da escrita
Mapa do desenvolvimento da escritaMapa do desenvolvimento da escrita
Mapa do desenvolvimento da escrita
 
Características da leitura e escrita
Características da leitura e escritaCaracterísticas da leitura e escrita
Características da leitura e escrita
 
Apostila de jogos[1]
Apostila  de  jogos[1]Apostila  de  jogos[1]
Apostila de jogos[1]
 
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da  escritaFicha de monitoramento dos níveis da  escrita
Ficha de monitoramento dos níveis da escrita
 
Manual de jogos_didáticos_revisado
Manual de jogos_didáticos_revisadoManual de jogos_didáticos_revisado
Manual de jogos_didáticos_revisado
 
ciranda das silabas
ciranda das silabasciranda das silabas
ciranda das silabas
 
тригонометр бодолтууд
тригонометр бодолтуудтригонометр бодолтууд
тригонометр бодолтууд
 
O Que é, O Que é?
O Que é, O Que é?O Que é, O Que é?
O Que é, O Que é?
 
TIPOS DE LEITURA
TIPOS DE LEITURATIPOS DE LEITURA
TIPOS DE LEITURA
 
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabéticoComo trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
Como trabalhar para que o aluno avance para o nível alfabético
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Ciranda das sílabas volume 5
Ciranda das sílabas   volume 5Ciranda das sílabas   volume 5
Ciranda das sílabas volume 5
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
 
Ciranda das sílabas volume 4
Ciranda das sílabas   volume 4Ciranda das sílabas   volume 4
Ciranda das sílabas volume 4
 
Silabario (juega con las palabras)
Silabario (juega con las palabras)Silabario (juega con las palabras)
Silabario (juega con las palabras)
 
Silabario
SilabarioSilabario
Silabario
 
Divisão silábica - O lobo sabichão
Divisão silábica - O  lobo sabichãoDivisão silábica - O  lobo sabichão
Divisão silábica - O lobo sabichão
 

Semelhante a Mapa hipoteses-alfa

Interpretação de hipóteses de escrita
Interpretação de hipóteses de escritaInterpretação de hipóteses de escrita
Interpretação de hipóteses de escrita
SEMED - IGARAPÉ-MIRI
 
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp022slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
Isabela Maggot
 
2º slide primeiro encontro encontro
2º slide primeiro encontro encontro2º slide primeiro encontro encontro
2º slide primeiro encontro encontro
orientacoesdidaticas
 
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp022slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
Flávia Boni
 
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escritaOrganizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
assessoriapedagogica
 
Hipóteses de escrita
 Hipóteses de escrita Hipóteses de escrita
Hipóteses de escrita
sielcs
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escrita
Edinei Messias
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Kreusa Martins
 
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabético
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabéticoComo trabalhar com a hipótese silábico alfabético
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabético
Edinei Messias
 
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
Flávia Boni
 

Semelhante a Mapa hipoteses-alfa (20)

Mapa hipoteses-alfa
Mapa hipoteses-alfaMapa hipoteses-alfa
Mapa hipoteses-alfa
 
Interpretação de hipóteses de escrita
Interpretação de hipóteses de escritaInterpretação de hipóteses de escrita
Interpretação de hipóteses de escrita
 
Interpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de EscritaInterpretação das Hipóteses de Escrita
Interpretação das Hipóteses de Escrita
 
Tabela sondagem-alfabetização
Tabela sondagem-alfabetizaçãoTabela sondagem-alfabetização
Tabela sondagem-alfabetização
 
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp022slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
 
2º slide primeiro encontro encontro
2º slide primeiro encontro encontro2º slide primeiro encontro encontro
2º slide primeiro encontro encontro
 
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp022slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
2slideprimeiroencontroencontro 120628123600-phpapp02
 
Ditado para-sondagem-na-alfabetizacao
Ditado para-sondagem-na-alfabetizacaoDitado para-sondagem-na-alfabetizacao
Ditado para-sondagem-na-alfabetizacao
 
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escritaOrganizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
Organizando o trabalho a partir dos níveis da escrita
 
Hipóteses de escrita
 Hipóteses de escrita Hipóteses de escrita
Hipóteses de escrita
 
Hipóteses de escrita
Hipóteses de escritaHipóteses de escrita
Hipóteses de escrita
 
Hipóteses de escrita
Hipóteses de escritaHipóteses de escrita
Hipóteses de escrita
 
Rec Paralela[1]
Rec Paralela[1]Rec Paralela[1]
Rec Paralela[1]
 
Hipóteses Alfabética.pptx
Hipóteses Alfabética.pptxHipóteses Alfabética.pptx
Hipóteses Alfabética.pptx
 
Nivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escritaNivel de desenvolvimento da escrita
Nivel de desenvolvimento da escrita
 
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
Atividadesparanvelpr silbico-130601023708-phpapp01
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Hipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua EscritaHipóteses da Língua Escrita
Hipóteses da Língua Escrita
 
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabético
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabéticoComo trabalhar com a hipótese silábico alfabético
Como trabalhar com a hipótese silábico alfabético
 
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
Infantiliv hiptesesdeescrita-120704121743-phpapp01
 

Mais de Araci Corrêa Cardoso (7)

TCC
TCCTCC
TCC
 
Avaliação da escrita
Avaliação da escritaAvaliação da escrita
Avaliação da escrita
 
Avaliação da escrita
Avaliação da escritaAvaliação da escrita
Avaliação da escrita
 
Avaliação da escrita
Avaliação da escritaAvaliação da escrita
Avaliação da escrita
 
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das FlôresMetodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
 
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das FlôresMetodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
 
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das FlôresMetodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
Metodologia da Rede Municipal de Rio das Flôres
 

Mapa hipoteses-alfa

  • 1. Mapa das hipóteses dos alunos sobre o sistema de escrita Sondagem realizada em: ____ /____ / _____ Alunos Pré-silábico Silábico Silábico- Alfabético alfabético 1 2 3 1 2 3 4 1 1 2 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27.
  • 2. Hipóteses Pré-silábico 1. Pré-silábico, sem variações quantitativas ou qualitativas dentro da palavra e entre as palavras. O aluno diferencia desenhos (que não podem ser lidos) de “escritos” (que podem ser lidos), mesmo que sejam compostos por grafismos, símbolos ou letras. A leitura que realiza do escrito é sempre global, com o dedo deslizando por todo o registro escrito. 2. Pré-silábico com exigência mínima de letras ou símbolos, com variação de caracteres dentro da palavra, mas não entre as palavras. A leitura do escrito é sempre global, com o dedo deslizando por todo o registro escrito. 3. Pré-silábico com exigência mínima de letras ou símbolos, com variação de caracteres dentro da palavra e entre as palavras (variação qualitativa intrafigural e interfigural). Neste nível, o aluno considera que coisas diferentes devem ser escritas de forma diferente. A leitura do escrito continua global, com o dedo deslizando por todo o registro escrito. Silábico 1. Silábico com letras não pertinentes ou sem valor sonoro convencional. Cada letra ou símbolo corresponde a uma sílaba falada, mas o que se escreve ainda não tem correspondência com o som convencional daquela sílaba. A leitura é silabada. 2. Silábico com vogais pertinentes ou com valor sonoro convencional de vogais. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem correspondência com o som convencional daquela sílaba, representada pela vogal. A leitura é silabada. 3. Silábico com consoantes pertinentes ou com valor sonoro convencional de consoantes. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem correspondência com o som convencional daquela sílaba, representada pela consoante. A leitura é silabada. 4. Silábico com vogais e consoantes pertinentes. Cada letra corresponde a uma sílaba falada e o que se escreve tem correspondência com o som convencional daquela sílaba, representada ora pela vogal, ora pela consoante. A leitura é silabada. Silábico-alfabética 1. Este nível marca a transição do aluno da hipótese silábica para a hipótese alfabética. Ora ele escreve atribuindo a cada sílaba uma letra, ora representando as unidades sonoras menores, os fonemas. Alfabético 1. Alfabético inicial Neste estágio, o aluno já compreendeu o sistema de escrita, entendendo que cada um dos caracteres da palavra corresponde a um valor sonoro menor do que a sílaba. Agora, falta-lhe dominar as convenções ortográficas. 2. Alfabético. Neste estágio, o aluno já compreendeu o sistema de escrita, entendendo que cada um dos caracteres da palavra corresponde a um valor sonoro menor do que a sílaba e também domina as convenções ortográficas.