SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Lc 1.55
Deus é fiel e cumpre as suas promessas
Terça - Lc 1.41
Deus revitaliza as profecias a respeito do Messias
Quarta - Lc 4.18; 6.20
Deus revela-se aos carentes e necessitados
Quinta - Lc 2.11
Deus revela a realeza do Messias para toda a
humanidade
Sexta - Lc 2.25,26
Deus revela-se aos piedosos e às minorias
Sábado - Lc 2.36-38
Deus revela-se aos humildes e contritos de coração
COMENTÁRIO
Lucas narra o nascimento de Jesus, situando-o no
contexto das profecias bíblicas e do judaísmo dos
seus dias. O "silêncio profético", que já durava
quatrocentos anos, foi rompido pelas
manifestações divinas na Judeia. A plenitude dos
tempos havia chegado e o Messias agora seria
revelado!
O nascimento
de Jesus
significava
boas novas de
alegria para
todo o povo.
I -O NASCIMENTO DE JESUS NO CONTEXTO PROFÉTICO
1. Poesia e profecia.
No relato do nascimento de Jesus há
duas belíssimas poesias conhecidas na
teologia cristã como Magnificat de
Maria, a mãe de Jesus, e o Benedictus
de Zacarias, o sacerdote (Lc 1.46-55,67-79).
2. A restauração do Espírito profético.
I -O NASCIMENTO DE JESUS NO CONTEXTO PROFÉTICO
Já observamos que, na teologia lucana, o
Espírito Santo ocupa um lugar especial.
Encontramos 17 referências ao Espírito
Santo no terceiro Evangelho e 54 no
livro de Atos dos Apóstolos.
1. Zacarias e Izabel
Em sua narrativa dos fatos que
precederam o anúncio do nascimento de
Jesus, Lucas diz que o sacerdote
Zacarias havia entrado no "templo para
ofertar incenso" (Lc 1.9).
2. José e Maria.
Cerca de seis meses após o anúncio do
nascimento de João, o Batista, o anjo
Gabriel é enviado a Nazaré, lugar onde
moravam José e sua noiva, Maria. Ela
era uma virgem e estava noiva de José.
1. A nobreza dos pobres.
No anúncio do nascimento de Jesus,
um anjo do Senhor é enviado
especialmente aos camponeses
pobres que pastoreavam os seus
rebanhos no campo. Jesus veio para
todos, independente da condição
social. O Filho de Deus dedicou total
atenção as minorias do seu tempo: as
mulheres, crianças, gentios, leprosos,
2. A realeza do Messias.
Lucas lembra o fato de que
Cristo nasceu em Belém,
cidade de Davi, cumprindo
dessa forma a profecia bíblica
(Mq 5.2). Mas o Messias não
apenas nasce em Belém,
cidade de Davi, Ele também
possui realeza porque é da
descendência de Davi, como
atesta a sua árvore genealógica
(Lc 3.23-38)
IV - O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO
1. Judeus piedosos.
Lucas mostra que o nascimento de Jesus aconteceu
sob o judaísmo piedoso. Ele ocorre dentro do contexto
daqueles que alimentavam a esperança messiânica.
São pessoas piedosas que aguardavam o Messias e,
quando Ele se revelou, elas prontamente o
reconheceram.
Lucas apresenta também Simeão,
outro judeu piedoso de Jerusalém,
e que esperava a consolação de
Israel. A ele foi revelado, pelo
Espírito Santo, que não morreria
antes que visse o Messias (Lc
2.25,26). Da mesma forma a
profetisa Ana, uma viúva piedosa,
que continuamente orava a Deus e
jejuava.
IV - O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO
2. Rituais sagrados.
Lucas coloca o cristianismo dentro do
contexto do judaísmo e não como uma seita
derivada deste. Como qualquer judeu de seu
tempo, Jesus se submete aos rituais da
religião judaica (Lc 2.21-24). Como Homem
Perfeito, Ele cumpriu toda a lei de Moisés.
.
Já observamos que Lucas procura situar o
nascimento de Jesus dento do contexto
histórico. Dessa forma ele dá detalhes sobre
fatos da história universal mostrando que
Deus foi, é e continuará sendo Senhor da
História.
É dentro dessa história
que se cumpre as
profecias. O Messias
prometido,
diferentemente do
Messias esperado pelos
judeus, nasce em uma
manjedoura e não em um
palácio.
Os pobres, e não os
ricos, são os convidados
a participar do seu natal.
A lógica do Reino de
Deus se manifesta
oposta à do reino dos
homens. Todos aqueles
que se sentem carentes e
necessitados são
convidados a
participarem dele.
1- De que forma devem ser entendidos os cânticos de Zacarias e
Maria?
Eles devem ser entendidos como sendo de natureza
profética. Esses cânticos contextualizam o
nascimento de Cristo dentro das promessas de Deus
ao seu povo.
2- Como era o relacionamento de José e Maria antes da anunciação
angélica?
Eles eram noivos.
Os pobres são os carentes tanto de bens materiais
como espirituais.
3- De que forma a lição conceitua os pobres?
Lucas deseja mostrar que Jesus, como Homem
Perfeito, se submeteu e cumpriu os rituais
judaicos, tendo, com isso, cumprido a Lei.
Dentro de que contexto Lucas procura situar o
nascimento de Jesus?
Lucas procura situar o nascimento de Jesus
dentro do contexto histórico.
4- De acordo com a lição, qual o propósito de Lucas mostrar Jesus
cumprindo rituais judaicos?
http://ebdbiblias.wix.com/escola

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusJoyAlbanez
 
Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)guest9c2db2e
 
Natal - Nascimento de Jesus
Natal - Nascimento de JesusNatal - Nascimento de Jesus
Natal - Nascimento de JesusAntonino Silva
 
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)Daniel Junior
 
Lição 11 - No dia de Pentecostes
Lição 11 - No dia de PentecostesLição 11 - No dia de Pentecostes
Lição 11 - No dia de PentecostesÉder Tomé
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva HumildeÉder Tomé
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. pazCleudson Corrêa
 
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBEducação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBDouglasFigueiredo22
 
Aula02 cristologia
Aula02 cristologiaAula02 cristologia
Aula02 cristologiaDanilo Lemos
 
1 aula administração e liderança crista com ética
1 aula   administração e liderança crista com ética1 aula   administração e liderança crista com ética
1 aula administração e liderança crista com éticaRODRIGO FERREIRA
 
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSO
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSOAS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSO
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSOSuely Anjos
 

Mais procurados (20)

45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias
 
Oração
OraçãoOração
Oração
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
 
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusLição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
 
Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)
 
Natal - Nascimento de Jesus
Natal - Nascimento de JesusNatal - Nascimento de Jesus
Natal - Nascimento de Jesus
 
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)
Estudo Bíblico 1 Coríntios - Estudo 3 (power point)
 
Os apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesusOs apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesus
 
Ministério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a InfânciaMinistério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a Infância
 
As Cartas de Paulo
As Cartas de PauloAs Cartas de Paulo
As Cartas de Paulo
 
Lição 11 - No dia de Pentecostes
Lição 11 - No dia de PentecostesLição 11 - No dia de Pentecostes
Lição 11 - No dia de Pentecostes
 
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva HumildeLição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
Lição 11 - Maria, Mãe de Jesus - uma serva Humilde
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBEducação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
 
Aula02 cristologia
Aula02 cristologiaAula02 cristologia
Aula02 cristologia
 
1 aula administração e liderança crista com ética
1 aula   administração e liderança crista com ética1 aula   administração e liderança crista com ética
1 aula administração e liderança crista com ética
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSO
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSOAS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSO
AS VIAGENS MISSIONÁRIAS DE PAULO DE TARSO
 

Destaque

Destaque (6)

O Nascimento E A Vida
O  Nascimento E A VidaO  Nascimento E A Vida
O Nascimento E A Vida
 
Nascimento de Jesus
Nascimento de JesusNascimento de Jesus
Nascimento de Jesus
 
Já Nasceu O Menino Jesus..
Já Nasceu O Menino Jesus..Já Nasceu O Menino Jesus..
Já Nasceu O Menino Jesus..
 
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUSLIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
 
A história do nascimento de jesus
A história do nascimento de jesusA história do nascimento de jesus
A história do nascimento de jesus
 
História do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de JesusHistória do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de Jesus
 

Semelhante a lição 2- O nascimento de jesus

LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUSLIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUSLourinaldo Serafim
 
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jin
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jinO nascimento de jesus ibe 512 irmão jin
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jinJeronimo Nunes
 
O nascimento de jesus - Lição 02/2015
O nascimento de jesus - Lição 02/2015O nascimento de jesus - Lição 02/2015
O nascimento de jesus - Lição 02/2015Pr. Andre Luiz
 
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de Jesus
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de JesusLição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de Jesus
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de JesusÉder Tomé
 
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano C
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano CComentário: 4° Domingo do Advento - Ano C
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano CJosé Lima
 
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2Robson Tavares Fernandes
 
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .ssuserc59aac
 
Curso de josefologia - Quem é são josé?
Curso de josefologia - Quem é são josé?Curso de josefologia - Quem é são josé?
Curso de josefologia - Quem é são josé?Paulo Silva
 
Evangelho segundo-lucas
Evangelho segundo-lucasEvangelho segundo-lucas
Evangelho segundo-lucasSérgio Ira
 
Jose, trabalhador, esposo, pai, santo
Jose, trabalhador, esposo, pai, santoJose, trabalhador, esposo, pai, santo
Jose, trabalhador, esposo, pai, santoMartin M Flynn
 
Lucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoLucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoCarlos Allvarenga
 
Lucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoLucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoCarlos Allvarenga
 
LIÇÃO 01 - EBD
LIÇÃO 01 - EBDLIÇÃO 01 - EBD
LIÇÃO 01 - EBDcemaeumadeb
 

Semelhante a lição 2- O nascimento de jesus (20)

LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUSLIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 02 – O NASCIMENTO DE JESUS
 
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jin
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jinO nascimento de jesus ibe 512 irmão jin
O nascimento de jesus ibe 512 irmão jin
 
O nascimento de jesus 2
O nascimento de jesus  2O nascimento de jesus  2
O nascimento de jesus 2
 
A TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUSA TENTAÇÃO DE JESUS
A TENTAÇÃO DE JESUS
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
 
O nascimento de jesus - Lição 02/2015
O nascimento de jesus - Lição 02/2015O nascimento de jesus - Lição 02/2015
O nascimento de jesus - Lição 02/2015
 
LIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUSLIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUS
LIÇÃO 2 - O NASCIMENTO DE JESUS
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
 
Natal em jerusalém 2010
Natal em jerusalém 2010Natal em jerusalém 2010
Natal em jerusalém 2010
 
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de Jesus
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de JesusLição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de Jesus
Lição 12 - O testemunho dos evangelhos sobre a existência de Jesus
 
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano C
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano CComentário: 4° Domingo do Advento - Ano C
Comentário: 4° Domingo do Advento - Ano C
 
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2
117 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_lucas_parte_2
 
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .
Licao 02 01 Trimestre 2022 Jovens.pptx .
 
Curso de josefologia - Quem é são josé?
Curso de josefologia - Quem é são josé?Curso de josefologia - Quem é são josé?
Curso de josefologia - Quem é são josé?
 
Evangelho segundo-lucas
Evangelho segundo-lucasEvangelho segundo-lucas
Evangelho segundo-lucas
 
Jose, trabalhador, esposo, pai, santo
Jose, trabalhador, esposo, pai, santoJose, trabalhador, esposo, pai, santo
Jose, trabalhador, esposo, pai, santo
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
 
Lucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoLucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeito
 
Lucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeitoLucas, o evangelho do homem perfeito
Lucas, o evangelho do homem perfeito
 
LIÇÃO 01 - EBD
LIÇÃO 01 - EBDLIÇÃO 01 - EBD
LIÇÃO 01 - EBD
 

Mais de antonio vieira

Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?
Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?
Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?antonio vieira
 
Lição 5 a obra salvífica de jesus cristo
Lição 5  a obra salvífica de jesus cristo Lição 5  a obra salvífica de jesus cristo
Lição 5 a obra salvífica de jesus cristo antonio vieira
 
Lição 4, salvação o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...
Lição 4, salvação   o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...Lição 4, salvação   o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...
Lição 4, salvação o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...antonio vieira
 
Lição 3 a salvação e o advento do salvador
Lição 3   a salvação e o advento do salvador Lição 3   a salvação e o advento do salvador
Lição 3 a salvação e o advento do salvador antonio vieira
 
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei antonio vieira
 
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominical
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominicalAula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominical
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominicalantonio vieira
 
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejas
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejasaula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejas
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejasantonio vieira
 
Lição 08° a bondade que confere a vida
Lição 08°   a bondade que confere a vida Lição 08°   a bondade que confere a vida
Lição 08° a bondade que confere a vida antonio vieira
 
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tanguaantonio vieira
 
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇASLiçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇASantonio vieira
 
Lição 5 as consequências das escolhas precipitadas
Lição 5   as consequências das escolhas precipitadasLição 5   as consequências das escolhas precipitadas
Lição 5 as consequências das escolhas precipitadasantonio vieira
 
Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício
Lição 4   A  provisão de Deus no monte do sacrifícioLição 4   A  provisão de Deus no monte do sacrifício
Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifícioantonio vieira
 
liçao 3 Abraão, a esperança do pai da fé
 liçao 3  Abraão, a esperança do pai da fé liçao 3  Abraão, a esperança do pai da fé
liçao 3 Abraão, a esperança do pai da féantonio vieira
 
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS antonio vieira
 
Liçaqo 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
Liçaqo 13  A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA Liçaqo 13  A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
Liçaqo 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA antonio vieira
 
O poder da evangelizao na familia
O poder da evangelizao na familiaO poder da evangelizao na familia
O poder da evangelizao na familiaantonio vieira
 
Lição 10 deveres civis morais e espirituais
Lição 10 deveres civis morais e espirituaisLição 10 deveres civis morais e espirituais
Lição 10 deveres civis morais e espirituaisantonio vieira
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4  A tentação de Jesuslição 4  A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesusantonio vieira
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesuslição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesusantonio vieira
 

Mais de antonio vieira (20)

Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?
Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?
Lição 8 - A Teologia de Zofar: O Justo não Passa por Tribulação?
 
Adao e eva
Adao e eva Adao e eva
Adao e eva
 
Lição 5 a obra salvífica de jesus cristo
Lição 5  a obra salvífica de jesus cristo Lição 5  a obra salvífica de jesus cristo
Lição 5 a obra salvífica de jesus cristo
 
Lição 4, salvação o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...
Lição 4, salvação   o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...Lição 4, salvação   o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...
Lição 4, salvação o amor e a misericórdia de Deus escola biblica dominical ...
 
Lição 3 a salvação e o advento do salvador
Lição 3   a salvação e o advento do salvador Lição 3   a salvação e o advento do salvador
Lição 3 a salvação e o advento do salvador
 
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei Lição 12  quem ama cumpre plenamente a lei
Lição 12 quem ama cumpre plenamente a lei
 
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominical
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominicalAula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominical
Aula 11 vivendo de forma moderada escola biblica dominical
 
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejas
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejasaula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejas
aula 10 mansidão torna o crente apto para evitar pelejas
 
Lição 08° a bondade que confere a vida
Lição 08°   a bondade que confere a vida Lição 08°   a bondade que confere a vida
Lição 08° a bondade que confere a vida
 
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇASLiçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
Liçao 7 JOSÉ: FÉ EM MEIO ÀS INJUSTIÇAS
 
Lição 5 as consequências das escolhas precipitadas
Lição 5   as consequências das escolhas precipitadasLição 5   as consequências das escolhas precipitadas
Lição 5 as consequências das escolhas precipitadas
 
Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício
Lição 4   A  provisão de Deus no monte do sacrifícioLição 4   A  provisão de Deus no monte do sacrifício
Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício
 
liçao 3 Abraão, a esperança do pai da fé
 liçao 3  Abraão, a esperança do pai da fé liçao 3  Abraão, a esperança do pai da fé
liçao 3 Abraão, a esperança do pai da fé
 
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS
Liçao 2 A PROVISÃO DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS
 
Liçaqo 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
Liçaqo 13  A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA Liçaqo 13  A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
Liçaqo 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
 
O poder da evangelizao na familia
O poder da evangelizao na familiaO poder da evangelizao na familia
O poder da evangelizao na familia
 
Lição 10 deveres civis morais e espirituais
Lição 10 deveres civis morais e espirituaisLição 10 deveres civis morais e espirituais
Lição 10 deveres civis morais e espirituais
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4  A tentação de Jesuslição 4  A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
 
lição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesuslição 4 A tentação de Jesus
lição 4 A tentação de Jesus
 

Último

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

lição 2- O nascimento de jesus

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4. LEITURA DIÁRIA Segunda - Lc 1.55 Deus é fiel e cumpre as suas promessas Terça - Lc 1.41 Deus revitaliza as profecias a respeito do Messias Quarta - Lc 4.18; 6.20 Deus revela-se aos carentes e necessitados Quinta - Lc 2.11 Deus revela a realeza do Messias para toda a humanidade Sexta - Lc 2.25,26 Deus revela-se aos piedosos e às minorias Sábado - Lc 2.36-38 Deus revela-se aos humildes e contritos de coração
  • 5.
  • 6.
  • 7. COMENTÁRIO Lucas narra o nascimento de Jesus, situando-o no contexto das profecias bíblicas e do judaísmo dos seus dias. O "silêncio profético", que já durava quatrocentos anos, foi rompido pelas manifestações divinas na Judeia. A plenitude dos tempos havia chegado e o Messias agora seria revelado! O nascimento de Jesus significava boas novas de alegria para todo o povo.
  • 8. I -O NASCIMENTO DE JESUS NO CONTEXTO PROFÉTICO 1. Poesia e profecia. No relato do nascimento de Jesus há duas belíssimas poesias conhecidas na teologia cristã como Magnificat de Maria, a mãe de Jesus, e o Benedictus de Zacarias, o sacerdote (Lc 1.46-55,67-79).
  • 9. 2. A restauração do Espírito profético. I -O NASCIMENTO DE JESUS NO CONTEXTO PROFÉTICO Já observamos que, na teologia lucana, o Espírito Santo ocupa um lugar especial. Encontramos 17 referências ao Espírito Santo no terceiro Evangelho e 54 no livro de Atos dos Apóstolos.
  • 10. 1. Zacarias e Izabel Em sua narrativa dos fatos que precederam o anúncio do nascimento de Jesus, Lucas diz que o sacerdote Zacarias havia entrado no "templo para ofertar incenso" (Lc 1.9).
  • 11. 2. José e Maria. Cerca de seis meses após o anúncio do nascimento de João, o Batista, o anjo Gabriel é enviado a Nazaré, lugar onde moravam José e sua noiva, Maria. Ela era uma virgem e estava noiva de José.
  • 12. 1. A nobreza dos pobres. No anúncio do nascimento de Jesus, um anjo do Senhor é enviado especialmente aos camponeses pobres que pastoreavam os seus rebanhos no campo. Jesus veio para todos, independente da condição social. O Filho de Deus dedicou total atenção as minorias do seu tempo: as mulheres, crianças, gentios, leprosos,
  • 13. 2. A realeza do Messias. Lucas lembra o fato de que Cristo nasceu em Belém, cidade de Davi, cumprindo dessa forma a profecia bíblica (Mq 5.2). Mas o Messias não apenas nasce em Belém, cidade de Davi, Ele também possui realeza porque é da descendência de Davi, como atesta a sua árvore genealógica (Lc 3.23-38)
  • 14. IV - O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO 1. Judeus piedosos. Lucas mostra que o nascimento de Jesus aconteceu sob o judaísmo piedoso. Ele ocorre dentro do contexto daqueles que alimentavam a esperança messiânica. São pessoas piedosas que aguardavam o Messias e, quando Ele se revelou, elas prontamente o reconheceram. Lucas apresenta também Simeão, outro judeu piedoso de Jerusalém, e que esperava a consolação de Israel. A ele foi revelado, pelo Espírito Santo, que não morreria antes que visse o Messias (Lc 2.25,26). Da mesma forma a profetisa Ana, uma viúva piedosa, que continuamente orava a Deus e jejuava.
  • 15. IV - O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO 2. Rituais sagrados. Lucas coloca o cristianismo dentro do contexto do judaísmo e não como uma seita derivada deste. Como qualquer judeu de seu tempo, Jesus se submete aos rituais da religião judaica (Lc 2.21-24). Como Homem Perfeito, Ele cumpriu toda a lei de Moisés. .
  • 16. Já observamos que Lucas procura situar o nascimento de Jesus dento do contexto histórico. Dessa forma ele dá detalhes sobre fatos da história universal mostrando que Deus foi, é e continuará sendo Senhor da História. É dentro dessa história que se cumpre as profecias. O Messias prometido, diferentemente do Messias esperado pelos judeus, nasce em uma manjedoura e não em um palácio. Os pobres, e não os ricos, são os convidados a participar do seu natal. A lógica do Reino de Deus se manifesta oposta à do reino dos homens. Todos aqueles que se sentem carentes e necessitados são convidados a participarem dele.
  • 17. 1- De que forma devem ser entendidos os cânticos de Zacarias e Maria? Eles devem ser entendidos como sendo de natureza profética. Esses cânticos contextualizam o nascimento de Cristo dentro das promessas de Deus ao seu povo. 2- Como era o relacionamento de José e Maria antes da anunciação angélica? Eles eram noivos. Os pobres são os carentes tanto de bens materiais como espirituais. 3- De que forma a lição conceitua os pobres?
  • 18. Lucas deseja mostrar que Jesus, como Homem Perfeito, se submeteu e cumpriu os rituais judaicos, tendo, com isso, cumprido a Lei. Dentro de que contexto Lucas procura situar o nascimento de Jesus? Lucas procura situar o nascimento de Jesus dentro do contexto histórico. 4- De acordo com a lição, qual o propósito de Lucas mostrar Jesus cumprindo rituais judaicos?