SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Impressionismo Alessandra Mariani Bárbara Machado Camila Bellon Laíse Britto Letícia Bazet Rafael Cossetti
[object Object],Introdução ,[object Object],[object Object],By the Lake,  Berthe Morisot - 1884
Contexto Histórico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Antecedentes do Impressionismo ,[object Object],[object Object],[object Object]
Auto retrato com chapéu de palha , Van Gogh A pintura impressionista é considerada o marco da arte moderna porque é o início do caminho rumo à abstração.
Características ,[object Object],[object Object],The Argenteuil Bridge and the Seine,  Caillebotte
[object Object],[object Object],[object Object],Gustave Interior, Caillebotte - 1880
[object Object],[object Object],[object Object],The End of the Day , Claude Monet
Impressionismo no Brasil ,[object Object],Acacia Iquarana , Washington Magueta - 2001
Foi  Eliseu Visconti , porém, quem melhor representou os postulados impressionistas no Brasil. Considerado o   mais legítimo representante de uma das mais importantes etapas da pintura contemporânea. Trouxe o impressionismo da França e transformou-o perante a cor e a atmosfera luminosa do nosso País. A Caminho da Escola , Eliseu Visconti
Exposições ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Olímpia - Manet Oitava Exposição e Nascimento do  Neo-Impressionismo
" Les impressionnistes“ - A França lança uma nova série de selos postais, com obras impressionistas. Selos Impressionistas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Selo Impressionista da Alemanha
Principais Artistas Impressionistas ,[object Object],[object Object],[object Object],Mulheres no Jardim Jeanne Marguerite Lecadre in the Garden
Catedral de Rouen em Pleno Sol CLAUDE MONET
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Bather with Blonde Hair Le Harem
Rosa e Azul AUGUSTE RENOIR La-Lecture
[object Object],[object Object],[object Object],Eliseu Visconti
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Dançarinas Subindo as Escadas
EDGARD DEGAS Ballet at the Paris Opera  Ballet Rehearsal
Camille Pissarro ,[object Object],“ The Garden of Les Mathurins at Pontoise” (1876) ,[object Object],[object Object],[object Object]
Les grands boulevards CAMILLE PISSARRO
Édouard Manet ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O Cantor Espanhol
Almoço na relva  ÉDOUARD MANET
A obra impressionista não foi bem recebida pelo público e a crítica, já que ambos ainda se mantinham fiéis aos princípios acadêmicos da pintura.   Reação ao Impressionismo Os cortadores de pedras , Gustave Coubert Au Bord de la Mer , Renoir REALISMO IMPRESSIONISMO
BERTHE MORISOT Psyche The Cheval Glass
Erupção do Vesuvio JOSEPH TURNER
Auto retrato Eglise D’Auvers VAN GOGH
Música Impressionista  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Escultura Impressionista ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Carpeaux deixava sem polimento a superfície de suas obras, o que foi depois fundamental para as esculturas inacabadas de Rodin.  Negresse , Carpeaux O escultor Jean-Baptiste Carpeaux retomou a vivacidade e a opulência do estilo rococó e distribuiu com habilidade luzes e sombras.  O Beijo , Rodin
Rodin considerava  O Escravo Acordando  - escultura inacabada de Michelangelo - a obra em que a ação do escultor melhor se refletia. Por isso achou tão interessantes os esboços de Carpeaux, começando então a exibir obras inacabadas.  O escravo acordando , Michelangelo
Conversazione Madame Noblet
[object Object],[object Object],Eugenie Wynne, Dalou Le marteleur, Meunier

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

A Escultura de Rodin
A Escultura de RodinA Escultura de Rodin
A Escultura de Rodin
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Pintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássicaPintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássica
 
Módulo 9 em portugal
Módulo 9  em portugalMódulo 9  em portugal
Módulo 9 em portugal
 
Módulo 9 arte
Módulo 9   arteMódulo 9   arte
Módulo 9 arte
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
1ª Grande Exposição de Londres
1ª Grande Exposição de Londres1ª Grande Exposição de Londres
1ª Grande Exposição de Londres
 
Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)Art Nouveau (Arte Nova)
Art Nouveau (Arte Nova)
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
A cultura do cinema
A cultura do cinema   A cultura do cinema
A cultura do cinema
 
As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidade
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
O realismo na pintura
O realismo na pinturaO realismo na pintura
O realismo na pintura
 
DADAÍSMO
DADAÍSMODADAÍSMO
DADAÍSMO
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Pintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismoPintura e escultura do romantismo
Pintura e escultura do romantismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Arquitectura romantica
Arquitectura romanticaArquitectura romantica
Arquitectura romantica
 

Destaque

Caspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersCaspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersAna Isabel Falé
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroJorge Almeida
 
Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Joaquim Melro
 
A Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXA Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXJorge Almeida
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroJorge Almeida
 
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º bIlda Oliveira
 
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarFicha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarmluisavalente
 
Objectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científicaObjectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científicaAMLDRP
 
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicoT 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicomluisavalente
 
T 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãoT 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãomluisavalente
 
Falácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaFalácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaIsaque Tomé
 

Destaque (17)

Caspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchersCaspar david friedrich_moonwatchers
Caspar david friedrich_moonwatchers
 
Degas 1834 - 1917
Degas 1834 - 1917Degas 1834 - 1917
Degas 1834 - 1917
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do Ferro
 
Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)Falácias formais (lógica proposicional)
Falácias formais (lógica proposicional)
 
A Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIXA Arquitectura do Ferro no século XIX
A Arquitectura do Ferro no século XIX
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do Ferro
 
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
2ª ficha de avaliação de lp novembro 2012 9º b
 
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiarFicha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
Ficha de trabalho lógica proposicional 2 fotocopiar
 
Ft lógica nº 2
Ft lógica nº 2Ft lógica nº 2
Ft lógica nº 2
 
T 2004
T 2004T 2004
T 2004
 
Objectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científicaObjectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científica
 
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científicoT 2003   teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
T 2003 teste de avaliação - 11º ano - conhecimento científico
 
T 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliaçãoT 2002 teste de avaliação
T 2002 teste de avaliação
 
O Realismo
O RealismoO Realismo
O Realismo
 
Falácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retóricaFalácias Informais - Filosofia e retórica
Falácias Informais - Filosofia e retórica
 

Semelhante a Impressionismo

Semelhante a Impressionismo (20)

HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
 
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Seminários história da arte 04
Seminários história da arte   04Seminários história da arte   04
Seminários história da arte 04
 
impressionismo.pdf
impressionismo.pdfimpressionismo.pdf
impressionismo.pdf
 
Cursinho novo1
Cursinho novo1Cursinho novo1
Cursinho novo1
 
3227realismo
3227realismo3227realismo
3227realismo
 
3227realismo ronaldo
3227realismo ronaldo3227realismo ronaldo
3227realismo ronaldo
 
Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
 
Trabalho De Historia
Trabalho De HistoriaTrabalho De Historia
Trabalho De Historia
 
A Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XXA Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XX
 
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
 
12 impressionismo 2020
12 impressionismo 202012 impressionismo 2020
12 impressionismo 2020
 
O Impressionismo
O ImpressionismoO Impressionismo
O Impressionismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Apresentação sobre Impressionismo
Apresentação sobre ImpressionismoApresentação sobre Impressionismo
Apresentação sobre Impressionismo
 
9o. ano os ismos da arte moderna- Os Impressionistas: monet- renoir- degas)...
9o. ano  os ismos da arte moderna-  Os Impressionistas: monet- renoir- degas)...9o. ano  os ismos da arte moderna-  Os Impressionistas: monet- renoir- degas)...
9o. ano os ismos da arte moderna- Os Impressionistas: monet- renoir- degas)...
 
HistóRia
HistóRiaHistóRia
HistóRia
 
HistóRia
HistóRiaHistóRia
HistóRia
 

Mais de Ellen_Assad

Mais de Ellen_Assad (10)

Manguinhos Estudopreliminar
Manguinhos EstudopreliminarManguinhos Estudopreliminar
Manguinhos Estudopreliminar
 
Situacionsimo Popart
Situacionsimo PopartSituacionsimo Popart
Situacionsimo Popart
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
Fotografia Atual
Fotografia AtualFotografia Atual
Fotografia Atual
 
Futurismo Italiano
Futurismo ItalianoFuturismo Italiano
Futurismo Italiano
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
GréCia
GréCiaGréCia
GréCia
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Egito
EgitoEgito
Egito
 
Egito
EgitoEgito
Egito
 

Impressionismo

  • 1. Impressionismo Alessandra Mariani Bárbara Machado Camila Bellon Laíse Britto Letícia Bazet Rafael Cossetti
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Auto retrato com chapéu de palha , Van Gogh A pintura impressionista é considerada o marco da arte moderna porque é o início do caminho rumo à abstração.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Foi Eliseu Visconti , porém, quem melhor representou os postulados impressionistas no Brasil. Considerado o mais legítimo representante de uma das mais importantes etapas da pintura contemporânea. Trouxe o impressionismo da França e transformou-o perante a cor e a atmosfera luminosa do nosso País. A Caminho da Escola , Eliseu Visconti
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17. Catedral de Rouen em Pleno Sol CLAUDE MONET
  • 18.
  • 19. Rosa e Azul AUGUSTE RENOIR La-Lecture
  • 20.
  • 21.
  • 22. EDGARD DEGAS Ballet at the Paris Opera Ballet Rehearsal
  • 23.
  • 24. Les grands boulevards CAMILLE PISSARRO
  • 25.
  • 26. Almoço na relva ÉDOUARD MANET
  • 27. A obra impressionista não foi bem recebida pelo público e a crítica, já que ambos ainda se mantinham fiéis aos princípios acadêmicos da pintura. Reação ao Impressionismo Os cortadores de pedras , Gustave Coubert Au Bord de la Mer , Renoir REALISMO IMPRESSIONISMO
  • 28. BERTHE MORISOT Psyche The Cheval Glass
  • 29. Erupção do Vesuvio JOSEPH TURNER
  • 30. Auto retrato Eglise D’Auvers VAN GOGH
  • 31.
  • 32.
  • 33. Carpeaux deixava sem polimento a superfície de suas obras, o que foi depois fundamental para as esculturas inacabadas de Rodin. Negresse , Carpeaux O escultor Jean-Baptiste Carpeaux retomou a vivacidade e a opulência do estilo rococó e distribuiu com habilidade luzes e sombras. O Beijo , Rodin
  • 34. Rodin considerava O Escravo Acordando - escultura inacabada de Michelangelo - a obra em que a ação do escultor melhor se refletia. Por isso achou tão interessantes os esboços de Carpeaux, começando então a exibir obras inacabadas. O escravo acordando , Michelangelo
  • 36.