SlideShare uma empresa Scribd logo
AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DOS ALUNOS AVALIAÇÃO, AUTO-AVALIAÇÃO e @VALIAÇÃO ELECTRÓNICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA VERDE Ano Lectivo 2008/2009
Modalidade: OFICINA Partilha de experiências Partilha de problemas Partilha de materiais Busca colaborativa de soluções Experimentação de novos métodos/recursos Reformulação de práticas Reflexão Reformulação
Objectivos: Valorização profissional dos professores, Formação na área da avaliação das aprendizagens, Promoção da reflexão e consequente reformulação da acção educativa, Promoção de práticas avaliativas mais formativas,  Promoção de práticas mais sistematizadas, menos baseadas em percepções, Inclusão da auto-avaliação dos alunos na sua avaliação como parte fundamental no processo, diversificação de instrumentos, nomeadamente através da introdução das novas tecnologias (avaliação electrónica – um dos eixos do Plano Tecnológico para a Educação do ME). Trabalho colaborativo
Conteúdos: A avaliação entre dois pólos (um positivo e outro negativo); Avaliação formativa  versus  Avaliação classificatória; O que dizem os programas das disciplinas; A importância da sistematização da avaliação; Diferenças entre didáctica activa e didáctica tradicional; A auto-avaliação como processo fundamental na avaliação. Módulo I: Avaliação e auto-avaliação Grelhas de sistematização no processador de texto e folha de cálculo; A pesquisa orientada na web (webquests e visitas virtuais); Google Docs e suas funcionalidades; Plataforma Moodle: pastas, carregamento e descarregamento de ficheiros, o chat, o fórum, trabalhos, mini-testes, e-portfólios… Módulo II: @valiação electrónica
Avaliação A avaliação contínua,  formativa  e  diferenciada  é o pretendido por este projecto de formação, para a  oficina  e para a  sala de aula . Desta forma, serão tidos na avaliação final em os seguinte itens (modelo An2): o  envolvimento activo de cada formando , através da sua participação nas discussões colectivas nas sessões de trabalho, trabalhos individuais que respeitam a individualidade de cada um, como  diários de bordo ,  portfólios  e/ou  reflexões escritas ,  a  elaboração/adaptação de recursos e instrumentos de avaliação  das aprendizagens dos alunos e para sua sistematização (grelhas, por exemplo); Acção Sala de Aula = Negociação Sistematização Diálogo
Avaliação PORTFOLIO: AVALIAÇÃO, PARTICIPAÇÃO, REFLEXÃO O QUE É UM PORTFOLIO?  Um portfolio de evidências de aprendizagem é uma colecção  organizada  e devidamente  planeada  de trabalhos produzidos pelo aluno ao longo de um dado período de tempo, com o objectivo de proporcionar uma visão alargada e pormenorizada das diferentes componentes do seu desenvolvimento. O QUE DEVE CONSTAR DE UM PORTFOLIO?  Quer o professor quer o aluno partilham responsabilidades na sua elaboração decidindo o que incluir no portfolio, que poderá ser um pouco de tudo o que se fez na disciplina:  Relatórios,  Composições,  Desenhos,  Testes, Trabalhos individuais e de grupo,  Trabalhos de casa,  Comentários escritos sobre: visitas de estudo, filmes, obras lida,  etc. NOTA: A própria organização do portfolio é individual e constitui um elemento de avaliação. OBJECTIVOS DO PORTFOLIO:  (Auto) avaliar/participar e reflectir Avaliar conscienciosamente o seu processo de aprendizagem: Diversificar os processos e objectos de avaliação; Proporcionar oportunidades de demonstração de conhecimento; Partilhar o poder da avaliação; Responsabilizar-se pelo próprio desenvolvimento; Identificar “pontos fortes e fracos” do desempenho, superando dificuldades; Reflectir sobre o trabalho realizado; Desenvolver capacidades metacognitivas; Criar hábitos de revisão e reformulação do trabalho; Desenvolver a responsabilidade pessoal pela reflexão/crítica do próprio trabalho.
Avaliação Critérios: peso relativo na avaliação Negociação Sistematização Diálogo Parte prática: avaliação electrónica Assiduidade/Pontualidade Recursos e instrumentos de avaliação (sistematização) Trabalho individual (Portfólio) Envolvimento activo (Participação)
Calendário:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação no Ambiente Virtual
Avaliação no Ambiente VirtualAvaliação no Ambiente Virtual
Avaliação no Ambiente Virtual
Márcia Castilho de Sales
 
Avaliação em EAD
Avaliação em EADAvaliação em EAD
Portfólio pessoal
Portfólio pessoalPortfólio pessoal
Portfólio pessoal
adilson-fogaca
 
«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»
«O E-Portfolio em area de projecto   8ºAno»«O E-Portfolio em area de projecto   8ºAno»
«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»
Diana Magalhães
 
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVAAvaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
Lucila Pesce
 
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - TransparênciasAvaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
TelEduc
 
A avaliação na EAD
A avaliação na EADA avaliação na EAD
A avaliação na EAD
Renata Costa
 
Plano curso pronatec_tec_informatica
Plano curso pronatec_tec_informaticaPlano curso pronatec_tec_informatica
Plano curso pronatec_tec_informatica
Gelber Freitas
 
Avaliar Para Quê
Avaliar Para QuêAvaliar Para Quê
Avaliar Para Quê
Paula Peres
 
Sintese2 A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
Sintese2  A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2Sintese2  A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
Sintese2 A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
Ana Cristina Matias
 
Conceitos Avaliação da Formação
Conceitos Avaliação da FormaçãoConceitos Avaliação da Formação
Conceitos Avaliação da Formação
João Lima
 
Modelo para projeto
Modelo para projetoModelo para projeto
Modelo para projeto
contatofemama
 
Tarefa 4 Isabel
Tarefa 4 IsabelTarefa 4 Isabel
Tarefa 4 Isabel
isabelsantosilva
 
Avaliação do Processo Formativo
Avaliação do Processo FormativoAvaliação do Processo Formativo
Avaliação do Processo Formativo
João Lima
 
Seq did conceitos
Seq did conceitosSeq did conceitos
Seq did conceitos
maxteles2004
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
guestf38751
 
Grelha de observaç
Grelha de observaçGrelha de observaç
Grelha de observaç
sandramergulhao20
 
Sintese T3 Sessao 4
Sintese T3 Sessao 4Sintese T3 Sessao 4
Sintese T3 Sessao 4
rbento
 
Supervisão e ad dpower
Supervisão e ad dpowerSupervisão e ad dpower
Supervisão e ad dpower
filomena cabral
 
portefolio_digital1[1]
portefolio_digital1[1]portefolio_digital1[1]

Mais procurados (20)

Avaliação no Ambiente Virtual
Avaliação no Ambiente VirtualAvaliação no Ambiente Virtual
Avaliação no Ambiente Virtual
 
Avaliação em EAD
Avaliação em EADAvaliação em EAD
Avaliação em EAD
 
Portfólio pessoal
Portfólio pessoalPortfólio pessoal
Portfólio pessoal
 
«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»
«O E-Portfolio em area de projecto   8ºAno»«O E-Portfolio em area de projecto   8ºAno»
«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»
 
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVAAvaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
Avaliação formativa: desafio aos processos de formação veiculados em AVA
 
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - TransparênciasAvaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
Avaliação Formativa em Ambientes de EaD - Transparências
 
A avaliação na EAD
A avaliação na EADA avaliação na EAD
A avaliação na EAD
 
Plano curso pronatec_tec_informatica
Plano curso pronatec_tec_informaticaPlano curso pronatec_tec_informatica
Plano curso pronatec_tec_informatica
 
Avaliar Para Quê
Avaliar Para QuêAvaliar Para Quê
Avaliar Para Quê
 
Sintese2 A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
Sintese2  A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2Sintese2  A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
Sintese2 A Be Desafios E Oportunidades No Contexto De Mudanca Drealg Turma 2
 
Conceitos Avaliação da Formação
Conceitos Avaliação da FormaçãoConceitos Avaliação da Formação
Conceitos Avaliação da Formação
 
Modelo para projeto
Modelo para projetoModelo para projeto
Modelo para projeto
 
Tarefa 4 Isabel
Tarefa 4 IsabelTarefa 4 Isabel
Tarefa 4 Isabel
 
Avaliação do Processo Formativo
Avaliação do Processo FormativoAvaliação do Processo Formativo
Avaliação do Processo Formativo
 
Seq did conceitos
Seq did conceitosSeq did conceitos
Seq did conceitos
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
 
Grelha de observaç
Grelha de observaçGrelha de observaç
Grelha de observaç
 
Sintese T3 Sessao 4
Sintese T3 Sessao 4Sintese T3 Sessao 4
Sintese T3 Sessao 4
 
Supervisão e ad dpower
Supervisão e ad dpowerSupervisão e ad dpower
Supervisão e ad dpower
 
portefolio_digital1[1]
portefolio_digital1[1]portefolio_digital1[1]
portefolio_digital1[1]
 

Destaque

"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas""Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
Andreia de Castro
 
Competências para o Ensino Superior
Competências para o Ensino SuperiorCompetências para o Ensino Superior
Competências para o Ensino Superior
achiuratto
 
Domingos fernandes avaliação das aprendizagens
Domingos fernandes   avaliação das aprendizagensDomingos fernandes   avaliação das aprendizagens
Domingos fernandes avaliação das aprendizagens
ProjectoFenix
 
Hoffmann, jussara o jogo em avaliação
Hoffmann, jussara   o jogo em avaliaçãoHoffmann, jussara   o jogo em avaliação
Hoffmann, jussara o jogo em avaliação
marcaocampos
 
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunosCritérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
Marcelo Souza
 
Trio InfalíVel
Trio InfalíVelTrio InfalíVel
Trio InfalíVel
Grupo Espírita Cristão
 
A arte de ensinar
A  arte de ensinarA  arte de ensinar
A arte de ensinar
Adrinic
 
Perfil cidadao pre-escolar
Perfil cidadao pre-escolarPerfil cidadao pre-escolar
Perfil cidadao pre-escolar
Albertina Pereira
 
Dez competências para ensinar
Dez competências para ensinarDez competências para ensinar
Dez competências para ensinar
Regina Karla de Azevedo
 
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoudDez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Soares Junior
 
Avaliação escolar em discução
Avaliação escolar em discuçãoAvaliação escolar em discução
Avaliação escolar em discução
Cursos Profissionalizantes
 
Adaptações curriculares
Adaptações curricularesAdaptações curriculares
Adaptações curriculares
Elisete Nunes
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Edlauva Santos
 

Destaque (13)

"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas""Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
"Avaliação das Aprendizagens: Desafios às Teorias, Práticas e Políticas"
 
Competências para o Ensino Superior
Competências para o Ensino SuperiorCompetências para o Ensino Superior
Competências para o Ensino Superior
 
Domingos fernandes avaliação das aprendizagens
Domingos fernandes   avaliação das aprendizagensDomingos fernandes   avaliação das aprendizagens
Domingos fernandes avaliação das aprendizagens
 
Hoffmann, jussara o jogo em avaliação
Hoffmann, jussara   o jogo em avaliaçãoHoffmann, jussara   o jogo em avaliação
Hoffmann, jussara o jogo em avaliação
 
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunosCritérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
Critérios estabelecidos pelo professor para autoavaliação dos alunos
 
Trio InfalíVel
Trio InfalíVelTrio InfalíVel
Trio InfalíVel
 
A arte de ensinar
A  arte de ensinarA  arte de ensinar
A arte de ensinar
 
Perfil cidadao pre-escolar
Perfil cidadao pre-escolarPerfil cidadao pre-escolar
Perfil cidadao pre-escolar
 
Dez competências para ensinar
Dez competências para ensinarDez competências para ensinar
Dez competências para ensinar
 
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoudDez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
 
Avaliação escolar em discução
Avaliação escolar em discuçãoAvaliação escolar em discução
Avaliação escolar em discução
 
Adaptações curriculares
Adaptações curricularesAdaptações curriculares
Adaptações curriculares
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 

Semelhante a Formação: "Avaliação das Aprendizagens dos Alunos: Avaliação, auto-avaliação e avaliação electrónica"

Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
Antero
 
Metodologias e ferramentas de avaliação
Metodologias e ferramentas de avaliaçãoMetodologias e ferramentas de avaliação
Metodologias e ferramentas de avaliação
Roberto Costa
 
AvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa AlternativaAvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa Alternativa
sofiamalheiro
 
Sugestão de avaliação
Sugestão de avaliaçãoSugestão de avaliação
Sugestão de avaliação
Maria Cristina Bortolozo
 
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffertPortfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
PROIDDBahiana
 
255 1407-2-pb
255 1407-2-pb255 1407-2-pb
255 1407-2-pb
Ítalo Dantas
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
Gládis L. Santos
 
Proposta de design_final_de_avaliação
Proposta de design_final_de_avaliaçãoProposta de design_final_de_avaliação
Proposta de design_final_de_avaliação
Externato Secundário do Soito
 
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Adelaide Dias
 
E PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios VersaofinalE PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios
E PortefóLiosE PortefóLios
E PortefóLios
Maria Leal
 
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-lineE-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
Ministério da Educação
 
Guiao: Como elaborar um portefolio
Guiao: Como elaborar um portefolioGuiao: Como elaborar um portefolio
Guiao: Como elaborar um portefolio
bedjoaoii
 
Conselho 02
Conselho 02Conselho 02
Conselho 02
eecejar
 
Sessão nº2
Sessão nº2Sessão nº2
Sessão nº2
cristinamlcoelho
 
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
TelEduc
 
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
ValquiriaFernandesOl2
 
Sintese sessao 3
Sintese sessao 3Sintese sessao 3
Sintese sessao 3
Anaigreja
 
AV8_portefolio.docx
AV8_portefolio.docxAV8_portefolio.docx
AV8_portefolio.docx
Eugénia Moura
 
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
ziquinha
 

Semelhante a Formação: "Avaliação das Aprendizagens dos Alunos: Avaliação, auto-avaliação e avaliação electrónica" (20)

Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
 
Metodologias e ferramentas de avaliação
Metodologias e ferramentas de avaliaçãoMetodologias e ferramentas de avaliação
Metodologias e ferramentas de avaliação
 
AvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa AlternativaAvaliaçãO Formativa Alternativa
AvaliaçãO Formativa Alternativa
 
Sugestão de avaliação
Sugestão de avaliaçãoSugestão de avaliação
Sugestão de avaliação
 
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffertPortfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
Portfolio de-avaliacao-do-aluno-otilia-maria-seiffert
 
255 1407-2-pb
255 1407-2-pb255 1407-2-pb
255 1407-2-pb
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
Proposta de design_final_de_avaliação
Proposta de design_final_de_avaliaçãoProposta de design_final_de_avaliação
Proposta de design_final_de_avaliação
 
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
Proposta de design_final_de_avaliacao_mpeleanos6
 
E PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios VersaofinalE PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios Versaofinal
 
E PortefóLios
E PortefóLiosE PortefóLios
E PortefóLios
 
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-lineE-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
 
Guiao: Como elaborar um portefolio
Guiao: Como elaborar um portefolioGuiao: Como elaborar um portefolio
Guiao: Como elaborar um portefolio
 
Conselho 02
Conselho 02Conselho 02
Conselho 02
 
Sessão nº2
Sessão nº2Sessão nº2
Sessão nº2
 
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
# Avaliação Formativa em Ambientes de EaD
 
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
 
Sintese sessao 3
Sintese sessao 3Sintese sessao 3
Sintese sessao 3
 
AV8_portefolio.docx
AV8_portefolio.docxAV8_portefolio.docx
AV8_portefolio.docx
 
Auto aval
Auto avalAuto aval
Auto aval
 

Último

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 

Formação: "Avaliação das Aprendizagens dos Alunos: Avaliação, auto-avaliação e avaliação electrónica"

  • 1. AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DOS ALUNOS AVALIAÇÃO, AUTO-AVALIAÇÃO e @VALIAÇÃO ELECTRÓNICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA VERDE Ano Lectivo 2008/2009
  • 2. Modalidade: OFICINA Partilha de experiências Partilha de problemas Partilha de materiais Busca colaborativa de soluções Experimentação de novos métodos/recursos Reformulação de práticas Reflexão Reformulação
  • 3. Objectivos: Valorização profissional dos professores, Formação na área da avaliação das aprendizagens, Promoção da reflexão e consequente reformulação da acção educativa, Promoção de práticas avaliativas mais formativas, Promoção de práticas mais sistematizadas, menos baseadas em percepções, Inclusão da auto-avaliação dos alunos na sua avaliação como parte fundamental no processo, diversificação de instrumentos, nomeadamente através da introdução das novas tecnologias (avaliação electrónica – um dos eixos do Plano Tecnológico para a Educação do ME). Trabalho colaborativo
  • 4. Conteúdos: A avaliação entre dois pólos (um positivo e outro negativo); Avaliação formativa versus Avaliação classificatória; O que dizem os programas das disciplinas; A importância da sistematização da avaliação; Diferenças entre didáctica activa e didáctica tradicional; A auto-avaliação como processo fundamental na avaliação. Módulo I: Avaliação e auto-avaliação Grelhas de sistematização no processador de texto e folha de cálculo; A pesquisa orientada na web (webquests e visitas virtuais); Google Docs e suas funcionalidades; Plataforma Moodle: pastas, carregamento e descarregamento de ficheiros, o chat, o fórum, trabalhos, mini-testes, e-portfólios… Módulo II: @valiação electrónica
  • 5. Avaliação A avaliação contínua, formativa e diferenciada é o pretendido por este projecto de formação, para a oficina e para a sala de aula . Desta forma, serão tidos na avaliação final em os seguinte itens (modelo An2): o envolvimento activo de cada formando , através da sua participação nas discussões colectivas nas sessões de trabalho, trabalhos individuais que respeitam a individualidade de cada um, como diários de bordo , portfólios e/ou reflexões escritas , a elaboração/adaptação de recursos e instrumentos de avaliação das aprendizagens dos alunos e para sua sistematização (grelhas, por exemplo); Acção Sala de Aula = Negociação Sistematização Diálogo
  • 6. Avaliação PORTFOLIO: AVALIAÇÃO, PARTICIPAÇÃO, REFLEXÃO O QUE É UM PORTFOLIO? Um portfolio de evidências de aprendizagem é uma colecção organizada e devidamente planeada de trabalhos produzidos pelo aluno ao longo de um dado período de tempo, com o objectivo de proporcionar uma visão alargada e pormenorizada das diferentes componentes do seu desenvolvimento. O QUE DEVE CONSTAR DE UM PORTFOLIO? Quer o professor quer o aluno partilham responsabilidades na sua elaboração decidindo o que incluir no portfolio, que poderá ser um pouco de tudo o que se fez na disciplina: Relatórios, Composições, Desenhos, Testes, Trabalhos individuais e de grupo, Trabalhos de casa, Comentários escritos sobre: visitas de estudo, filmes, obras lida, etc. NOTA: A própria organização do portfolio é individual e constitui um elemento de avaliação. OBJECTIVOS DO PORTFOLIO: (Auto) avaliar/participar e reflectir Avaliar conscienciosamente o seu processo de aprendizagem: Diversificar os processos e objectos de avaliação; Proporcionar oportunidades de demonstração de conhecimento; Partilhar o poder da avaliação; Responsabilizar-se pelo próprio desenvolvimento; Identificar “pontos fortes e fracos” do desempenho, superando dificuldades; Reflectir sobre o trabalho realizado; Desenvolver capacidades metacognitivas; Criar hábitos de revisão e reformulação do trabalho; Desenvolver a responsabilidade pessoal pela reflexão/crítica do próprio trabalho.
  • 7. Avaliação Critérios: peso relativo na avaliação Negociação Sistematização Diálogo Parte prática: avaliação electrónica Assiduidade/Pontualidade Recursos e instrumentos de avaliação (sistematização) Trabalho individual (Portfólio) Envolvimento activo (Participação)