SlideShare uma empresa Scribd logo
402874 – ESCOLA S/3 S. PEDRO
VILA REAL
Ano: 10º
Vulcanologia
Disciplina: Biologia e Geologia Data: 04-12-14
Domínio: Compreender a estrutura e a dinâmica da Geosfera
Subdomínio: Vulcanismo
Conteúdo Programático: Contexto geológico do arquipélago dos Açores
As ilhas vulcânicas do arquipélago açoriano situam-se num enquadramento tectónico muito
particular — a Junção Tripla dos Açores. Os Açores localizam-se numa zona de contacto de três placas
tectónicas — as placas Norte-americana, Euroasiática e Africana (Fig. 1).
A geodinâmica associada ao arquipélago dos Açores está condicionada pela junção tripla entre as
placas litosféricas Norte-americana, Euroasiática e Africana.
É uma junção em forma de T, sendo um dos ramos constituído pela Dorsal Médio-Oceânica (DMO)
e o outro pelo denominado Rifte da Terceira (RT).
O Rifte da Terceira, uma zona de expansão oceânica perpendicular à Dorsal Médio-Oceânica, passa
pela ilha Graciosa, pela ilha Terceira e pela parte ocidental da ilha de São Miguel. Observe, atentamente, a
figura seguinte.
1
Fig.1- Localização e enquadramento geográfico do Arquipélago dos Açores
O Rifte da Terceira faz parte de um limite tectónico mais amplo — a fronteira entre as placas
Euroasiática e Africana — designado Falha Açores-Gibraltar. O limite entre estas duas placas é complexo e
apresenta características tectónicas distintas pelo que é subdividida em três troços com comprimentos e
comportamentos tectónicos distintos (Fig. 3):
• um troço mais oriental, designado Banco de Gorringe (BG);
• um troço central, designado Falha de Glória (FG), onde se verifica uma velocidade de
deslocamento relativo entre as placas Euroasiática e Africana, da ordem dos 3,39 cm/ano;
• um troço mais ocidental, o Rifte da Terceira (RT), que apresenta uma velocidade de afastamento
entre as placas da ordem dos 0,76 cm/ano.
2
Fig.2- Enquadramento tectónico do Arquipélago dos Açores
Fig. 3- Estruturação Tectónica da Falha Açores-Gibraltar.
Por sua vez, a Dorsal Médio-Atlântica a cortada por diversas falhas ativas (falhas transformantes),
como é possível observar na figura 4, de entre as quais se destacam as seguintes:
• a Zona de Fratura Norte dos Açores (ZFNA);
• a Zona de Fratura Faial-Pico (ZFFP);
• a Zona de Fratura do Banco Açor (ZFBA);
• a Zona de Fratura do Banco Princesa Alice (ZFBPA).
Muitas outras falhas ativas afetam o arquipélago, sendo de realçar a designada Transformante de S.
Jorge (TSJ), com expressão subaérea na ilha.
Exercícios
1- Localize, tectonicamente, as diferentes ilhas açorianas.
2- Especfique o conceito de falha ativa e os tipos de movimentos associados a falhas ativas.
3- Caracterize o tipo de limite tectónico nos três troços da fronteira entre as placas
Euroasiática e Africana (Falha Açores-Gibraltar).
4- Com base na interpretação do enquadramento tectónico dos Açores, formule uma
hipótese que explique a atividade vulcânica dos Açores.
5- Com base nos dados fornecidos, indique, justificando, as ilhas de maior e de menor risco
sísmico.
6- Tente explicar o mecanismo que, nos Açores, desencadeia a intensa atividade sísmica.
3
Fig.4- Principais falhas ativas nos açores.
7- Explique por que razão se consideram os Açores um laboratório de estudo do planeta
Terra.
4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017
Vitor Perfeito
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Catir
 
Geologia 10 vulcanismo
Geologia 10   vulcanismoGeologia 10   vulcanismo
Geologia 10 vulcanismo
Nuno Correia
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
catiacsantos
 
Rochas sedimentares classificação biogénicas
Rochas sedimentares  classificação biogénicasRochas sedimentares  classificação biogénicas
Rochas sedimentares classificação biogénicas
Isabel Lopes
 
1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
margaridabt
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
margaridabt
 
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absolutaO tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
Ana Castro
 
Geo 10 tempo geológico (datação absoluta)
Geo 10   tempo geológico (datação absoluta)Geo 10   tempo geológico (datação absoluta)
Geo 10 tempo geológico (datação absoluta)
Nuno Correia
 
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ana Castro
 
Abertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomasAbertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomas
Dina do Céu Lopes Araújo
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
José Luís Alves
 
Rochas sedimentares classificação detríticas
Rochas sedimentares  classificação detríticasRochas sedimentares  classificação detríticas
Rochas sedimentares classificação detríticas
Isabel Lopes
 
Descontinuidades Internas
Descontinuidades InternasDescontinuidades Internas
Descontinuidades Internas
Tânia Reis
 
Vulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placasVulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placas
Luís Filipe Marinho
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Estrutura interna da terra
catiacsantos
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
margaridabt
 
Vulcanismo em Portugal
Vulcanismo em PortugalVulcanismo em Portugal
Vulcanismo em Portugal
Luís Filipe Marinho
 
Beneficios do vulcanismo
Beneficios do vulcanismoBeneficios do vulcanismo
Beneficios do vulcanismo
Adrianna Carvalho
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
sandranascimento
 

Mais procurados (20)

IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017IAVE Biologia Geologia 2017
IAVE Biologia Geologia 2017
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
 
Geologia 10 vulcanismo
Geologia 10   vulcanismoGeologia 10   vulcanismo
Geologia 10 vulcanismo
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
Rochas sedimentares classificação biogénicas
Rochas sedimentares  classificação biogénicasRochas sedimentares  classificação biogénicas
Rochas sedimentares classificação biogénicas
 
1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absolutaO tempo em geologia - datação relativa e absoluta
O tempo em geologia - datação relativa e absoluta
 
Geo 10 tempo geológico (datação absoluta)
Geo 10   tempo geológico (datação absoluta)Geo 10   tempo geológico (datação absoluta)
Geo 10 tempo geológico (datação absoluta)
 
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
 
Abertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomasAbertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomas
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Rochas sedimentares classificação detríticas
Rochas sedimentares  classificação detríticasRochas sedimentares  classificação detríticas
Rochas sedimentares classificação detríticas
 
Descontinuidades Internas
Descontinuidades InternasDescontinuidades Internas
Descontinuidades Internas
 
Vulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placasVulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placas
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Estrutura interna da terra
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
 
Vulcanismo em Portugal
Vulcanismo em PortugalVulcanismo em Portugal
Vulcanismo em Portugal
 
Beneficios do vulcanismo
Beneficios do vulcanismoBeneficios do vulcanismo
Beneficios do vulcanismo
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
 

Destaque

Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcãoBiologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
AlexandreGuerreiroMartins
 
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICAFT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
sandranascimento
 
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperaçãoTeste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
Estela Costa
 
Exercícios de geologia
Exercícios de geologiaExercícios de geologia
Exercícios de geologia
Nuno Correia
 
A Face Da Terra, Continentes E Oceanos
A Face Da Terra, Continentes E OceanosA Face Da Terra, Continentes E Oceanos
A Face Da Terra, Continentes E Oceanos
Ana Abegão
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Nuno Correia
 
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º anoAula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
Carlos Craveiro
 
Como planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdosComo planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdos
Amorim Albert
 
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
Hugo Martins
 
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Resumo   sismologia e estrutura interna da terraResumo   sismologia e estrutura interna da terra
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Hugo Martins
 
10 vulcanologia
10 vulcanologia10 vulcanologia
10 vulcanologia
Maria João Drumond
 
3 biomoléculas
3 biomoléculas3 biomoléculas
3 biomoléculas
Maria João Drumond
 
4 terra planeta_mudança
4 terra planeta_mudança4 terra planeta_mudança
4 terra planeta_mudança
Maria João Drumond
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologia
Joana Maria
 
Terra – Continentes e Oceanos
Terra – Continentes e OceanosTerra – Continentes e Oceanos
Terra – Continentes e Oceanos
Doug Caesar
 
A face da Terra. Continentes e Oceanos
A face da Terra. Continentes e OceanosA face da Terra. Continentes e Oceanos
A face da Terra. Continentes e Oceanos
guestdbe434
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Isaura Mourão
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
Ana Pereira
 
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
guest53937e3
 
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - ResolvidoCaderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Kelven Lima
 

Destaque (20)

Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcãoBiologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
Biologia e Geologia 10ºano - Como sobreviver junto a um vulcão
 
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICAFT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
FT7 - OCUPAÇÃO ANTRÓPICA
 
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperaçãoTeste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
Teste geologia 12 primeiro período 14 15 recuperação
 
Exercícios de geologia
Exercícios de geologiaExercícios de geologia
Exercícios de geologia
 
A Face Da Terra, Continentes E Oceanos
A Face Da Terra, Continentes E OceanosA Face Da Terra, Continentes E Oceanos
A Face Da Terra, Continentes E Oceanos
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
 
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º anoAula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
Aula de apresentação considerações gerais e critérios de avaliação em bg 11º ano
 
Como planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdosComo planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdos
 
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
 
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Resumo   sismologia e estrutura interna da terraResumo   sismologia e estrutura interna da terra
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
 
10 vulcanologia
10 vulcanologia10 vulcanologia
10 vulcanologia
 
3 biomoléculas
3 biomoléculas3 biomoléculas
3 biomoléculas
 
4 terra planeta_mudança
4 terra planeta_mudança4 terra planeta_mudança
4 terra planeta_mudança
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologia
 
Terra – Continentes e Oceanos
Terra – Continentes e OceanosTerra – Continentes e Oceanos
Terra – Continentes e Oceanos
 
A face da Terra. Continentes e Oceanos
A face da Terra. Continentes e OceanosA face da Terra. Continentes e Oceanos
A face da Terra. Continentes e Oceanos
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
 
Teste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentosTeste 6 descobrimentos
Teste 6 descobrimentos
 
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
14. A Face da Terra: Continentes e Oceanos
 
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - ResolvidoCaderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
 

Semelhante a Ficha de trabalho Vulcanismo nos Açores

Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm baGeografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Nilberte
 
GEOLOGIA DO TIMOR 2
GEOLOGIA DO TIMOR 2GEOLOGIA DO TIMOR 2
GEOLOGIA DO TIMOR 2
TEODORO SOARES
 
Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2
João Soares
 
A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011
Bruna Azevedo
 
Terramoto 1522
Terramoto 1522Terramoto 1522
Terramoto 1522
aqmedeiros
 
Tectônica global
Tectônica globalTectônica global
Tectônica global
Anderson Muniz
 
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No MundoAbalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Planeta Diário Online
 
Relevo2
Relevo2Relevo2
Geologia da nossa região
Geologia da nossa regiãoGeologia da nossa região
Geologia da nossa região
littledoll6
 
Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1
olecramsepol
 
Relevo continental e submarino
Relevo continental e submarinoRelevo continental e submarino
Relevo continental e submarino
profleofonseca
 
Relevo Brasileiro 2
Relevo Brasileiro 2Relevo Brasileiro 2
Relevo Brasileiro 2
Paulo Sindeaux
 
Obj geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
Obj   geografia - cartografia formação geológica da terra-listaObj   geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
Obj geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Capitulo geologia camposgerais
Capitulo geologia camposgeraisCapitulo geologia camposgerais
Capitulo geologia camposgerais
Ana Vieira
 
Banco de questões Geografia
Banco de questões GeografiaBanco de questões Geografia
Banco de questões Geografia
aroudus
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
Pedro Melo
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
Pedro Melo
 
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdfGEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
Luiz Avelar
 
Geografia
GeografiaGeografia
A península ibérica na europa e em todo o mundo
A península ibérica na europa e em todo o mundoA península ibérica na europa e em todo o mundo
A península ibérica na europa e em todo o mundo
capell18
 

Semelhante a Ficha de trabalho Vulcanismo nos Açores (20)

Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm baGeografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
 
GEOLOGIA DO TIMOR 2
GEOLOGIA DO TIMOR 2GEOLOGIA DO TIMOR 2
GEOLOGIA DO TIMOR 2
 
Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2
 
A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011A natureza brasileira - GEO PM 2011
A natureza brasileira - GEO PM 2011
 
Terramoto 1522
Terramoto 1522Terramoto 1522
Terramoto 1522
 
Tectônica global
Tectônica globalTectônica global
Tectônica global
 
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No MundoAbalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
 
Relevo2
Relevo2Relevo2
Relevo2
 
Geologia da nossa região
Geologia da nossa regiãoGeologia da nossa região
Geologia da nossa região
 
Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1Trabalho de geografia1
Trabalho de geografia1
 
Relevo continental e submarino
Relevo continental e submarinoRelevo continental e submarino
Relevo continental e submarino
 
Relevo Brasileiro 2
Relevo Brasileiro 2Relevo Brasileiro 2
Relevo Brasileiro 2
 
Obj geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
Obj   geografia - cartografia formação geológica da terra-listaObj   geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
Obj geografia - cartografia formação geológica da terra-lista
 
Capitulo geologia camposgerais
Capitulo geologia camposgeraisCapitulo geologia camposgerais
Capitulo geologia camposgerais
 
Banco de questões Geografia
Banco de questões GeografiaBanco de questões Geografia
Banco de questões Geografia
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
 
Os contrastes da américa
Os contrastes da américaOs contrastes da américa
Os contrastes da américa
 
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdfGEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
GEOGRAFIA, apostila-300pag pré vestibular gratuita material para estudar em pdf
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
A península ibérica na europa e em todo o mundo
A península ibérica na europa e em todo o mundoA península ibérica na europa e em todo o mundo
A península ibérica na europa e em todo o mundo
 

Mais de Luís Filipe Marinho

Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficosObtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Luís Filipe Marinho
 
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
Luís Filipe Marinho
 
Ingestão, digestão e absorção
Ingestão, digestão e absorçãoIngestão, digestão e absorção
Ingestão, digestão e absorção
Luís Filipe Marinho
 
Transportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambranaTransportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambrana
Luís Filipe Marinho
 
Membrana celular
Membrana celularMembrana celular
Membrana celular
Luís Filipe Marinho
 
Ficha 1 membrana plasmasmática
Ficha 1   membrana plasmasmáticaFicha 1   membrana plasmasmática
Ficha 1 membrana plasmasmática
Luís Filipe Marinho
 
J2 serviço dos ecossistemas
J2   serviço dos ecossistemasJ2   serviço dos ecossistemas
J2 serviço dos ecossistemas
Luís Filipe Marinho
 
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentávelJ1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
Luís Filipe Marinho
 
I2 equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
I2   equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terraI2   equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
I2 equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
Luís Filipe Marinho
 
I1 sucessões ecológicas
I1   sucessões ecológicasI1   sucessões ecológicas
I1 sucessões ecológicas
Luís Filipe Marinho
 
Protocolo do trabalho prático - fatores abióticos luz e água
Protocolo do trabalho prático -  fatores abióticos luz e águaProtocolo do trabalho prático -  fatores abióticos luz e água
Protocolo do trabalho prático - fatores abióticos luz e água
Luís Filipe Marinho
 
Fatores abióticos - solo e vento
Fatores abióticos - solo e ventoFatores abióticos - solo e vento
Fatores abióticos - solo e vento
Luís Filipe Marinho
 
Fatores abióticos - água e luz (continuação
Fatores abióticos - água e luz (continuaçãoFatores abióticos - água e luz (continuação
Fatores abióticos - água e luz (continuação
Luís Filipe Marinho
 
Fatores abióticos - água e luz
Fatores abióticos - água e luzFatores abióticos - água e luz
Fatores abióticos - água e luz
Luís Filipe Marinho
 
Ficha 5 medidas de minimização
Ficha 5   medidas de minimizaçãoFicha 5   medidas de minimização
Ficha 5 medidas de minimização
Luís Filipe Marinho
 
Aula 5 minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
Aula 5  minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevençãoAula 5  minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
Aula 5 minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
Luís Filipe Marinho
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Ficha 3 tipo de erupções
Ficha 3  tipo de erupçõesFicha 3  tipo de erupções
Ficha 3 tipo de erupções
Luís Filipe Marinho
 
Aula 3 tipos de erupções vulcãnicas
Aula 3  tipos de erupções vulcãnicasAula 3  tipos de erupções vulcãnicas
Aula 3 tipos de erupções vulcãnicas
Luís Filipe Marinho
 
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologia
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologiaFicha de trabalho - noções básicas vulcanologia
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologia
Luís Filipe Marinho
 

Mais de Luís Filipe Marinho (20)

Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficosObtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
 
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
Ingestão, digestão e absorção (parte 2)
 
Ingestão, digestão e absorção
Ingestão, digestão e absorçãoIngestão, digestão e absorção
Ingestão, digestão e absorção
 
Transportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambranaTransportes de materiais através da mambrana
Transportes de materiais através da mambrana
 
Membrana celular
Membrana celularMembrana celular
Membrana celular
 
Ficha 1 membrana plasmasmática
Ficha 1   membrana plasmasmáticaFicha 1   membrana plasmasmática
Ficha 1 membrana plasmasmática
 
J2 serviço dos ecossistemas
J2   serviço dos ecossistemasJ2   serviço dos ecossistemas
J2 serviço dos ecossistemas
 
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentávelJ1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
 
I2 equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
I2   equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terraI2   equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
I2 equilíbrio dinâmico e sustentabilidade da terra
 
I1 sucessões ecológicas
I1   sucessões ecológicasI1   sucessões ecológicas
I1 sucessões ecológicas
 
Protocolo do trabalho prático - fatores abióticos luz e água
Protocolo do trabalho prático -  fatores abióticos luz e águaProtocolo do trabalho prático -  fatores abióticos luz e água
Protocolo do trabalho prático - fatores abióticos luz e água
 
Fatores abióticos - solo e vento
Fatores abióticos - solo e ventoFatores abióticos - solo e vento
Fatores abióticos - solo e vento
 
Fatores abióticos - água e luz (continuação
Fatores abióticos - água e luz (continuaçãoFatores abióticos - água e luz (continuação
Fatores abióticos - água e luz (continuação
 
Fatores abióticos - água e luz
Fatores abióticos - água e luzFatores abióticos - água e luz
Fatores abióticos - água e luz
 
Ficha 5 medidas de minimização
Ficha 5   medidas de minimizaçãoFicha 5   medidas de minimização
Ficha 5 medidas de minimização
 
Aula 5 minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
Aula 5  minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevençãoAula 5  minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
Aula 5 minimização dos riscos vulcanicos- previsão e prevenção
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Ficha 3 tipo de erupções
Ficha 3  tipo de erupçõesFicha 3  tipo de erupções
Ficha 3 tipo de erupções
 
Aula 3 tipos de erupções vulcãnicas
Aula 3  tipos de erupções vulcãnicasAula 3  tipos de erupções vulcãnicas
Aula 3 tipos de erupções vulcãnicas
 
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologia
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologiaFicha de trabalho - noções básicas vulcanologia
Ficha de trabalho - noções básicas vulcanologia
 

Último

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 

Último (20)

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 

Ficha de trabalho Vulcanismo nos Açores

  • 1. 402874 – ESCOLA S/3 S. PEDRO VILA REAL Ano: 10º Vulcanologia Disciplina: Biologia e Geologia Data: 04-12-14 Domínio: Compreender a estrutura e a dinâmica da Geosfera Subdomínio: Vulcanismo Conteúdo Programático: Contexto geológico do arquipélago dos Açores As ilhas vulcânicas do arquipélago açoriano situam-se num enquadramento tectónico muito particular — a Junção Tripla dos Açores. Os Açores localizam-se numa zona de contacto de três placas tectónicas — as placas Norte-americana, Euroasiática e Africana (Fig. 1). A geodinâmica associada ao arquipélago dos Açores está condicionada pela junção tripla entre as placas litosféricas Norte-americana, Euroasiática e Africana. É uma junção em forma de T, sendo um dos ramos constituído pela Dorsal Médio-Oceânica (DMO) e o outro pelo denominado Rifte da Terceira (RT). O Rifte da Terceira, uma zona de expansão oceânica perpendicular à Dorsal Médio-Oceânica, passa pela ilha Graciosa, pela ilha Terceira e pela parte ocidental da ilha de São Miguel. Observe, atentamente, a figura seguinte. 1 Fig.1- Localização e enquadramento geográfico do Arquipélago dos Açores
  • 2. O Rifte da Terceira faz parte de um limite tectónico mais amplo — a fronteira entre as placas Euroasiática e Africana — designado Falha Açores-Gibraltar. O limite entre estas duas placas é complexo e apresenta características tectónicas distintas pelo que é subdividida em três troços com comprimentos e comportamentos tectónicos distintos (Fig. 3): • um troço mais oriental, designado Banco de Gorringe (BG); • um troço central, designado Falha de Glória (FG), onde se verifica uma velocidade de deslocamento relativo entre as placas Euroasiática e Africana, da ordem dos 3,39 cm/ano; • um troço mais ocidental, o Rifte da Terceira (RT), que apresenta uma velocidade de afastamento entre as placas da ordem dos 0,76 cm/ano. 2 Fig.2- Enquadramento tectónico do Arquipélago dos Açores Fig. 3- Estruturação Tectónica da Falha Açores-Gibraltar.
  • 3. Por sua vez, a Dorsal Médio-Atlântica a cortada por diversas falhas ativas (falhas transformantes), como é possível observar na figura 4, de entre as quais se destacam as seguintes: • a Zona de Fratura Norte dos Açores (ZFNA); • a Zona de Fratura Faial-Pico (ZFFP); • a Zona de Fratura do Banco Açor (ZFBA); • a Zona de Fratura do Banco Princesa Alice (ZFBPA). Muitas outras falhas ativas afetam o arquipélago, sendo de realçar a designada Transformante de S. Jorge (TSJ), com expressão subaérea na ilha. Exercícios 1- Localize, tectonicamente, as diferentes ilhas açorianas. 2- Especfique o conceito de falha ativa e os tipos de movimentos associados a falhas ativas. 3- Caracterize o tipo de limite tectónico nos três troços da fronteira entre as placas Euroasiática e Africana (Falha Açores-Gibraltar). 4- Com base na interpretação do enquadramento tectónico dos Açores, formule uma hipótese que explique a atividade vulcânica dos Açores. 5- Com base nos dados fornecidos, indique, justificando, as ilhas de maior e de menor risco sísmico. 6- Tente explicar o mecanismo que, nos Açores, desencadeia a intensa atividade sísmica. 3 Fig.4- Principais falhas ativas nos açores.
  • 4. 7- Explique por que razão se consideram os Açores um laboratório de estudo do planeta Terra. 4