SlideShare uma empresa Scribd logo
EXERCÍCIOS SOBRE VERBOS
               Manoel Neves
TEMPO, MODO E ASPECTO
                                 breve introdução
Em seu livro Introdução à semântica, o professor Rodolfo Ilari, da UNICAMP, afirma que as
formas verbais do português exprimem tempo, modo e aspecto. O aspecto pode ser:
               PERFECTIVO                                IMPERFECTIVO
            [não conhece fases]                      [desdobra-se em fases]

                      pontual                                    inceptivo

                                                     A criança adormeceu às sete horas.
           À noite, João arrumou a mala.

                     resultativo                                  cursivo

       Às oito e meia, a mala estava arrumada.         João estava arrumando a mala.

                                                                terminativo

                                                      João terminava de arrumar a mala.
TEMPO, MODO E ASPECTO
                                  ITA-2003
                 Quanto ao tempo verbal é correto afirmar no texto a seguir.

                                   a) a relação cronológica, no primeiro verso, entre o momento da
  JOÃO E MARIA, Chico Buarque
                                   fala e “ser herói” é de anterioridade.
Agora eu era herói
E o meu cavalo só falava inglês    b) o pretérito imperfeito indica um processo concluído num
A noiva do cawboy
                                   período definido no passado.
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões         c) o pretérito imperfeito é usado para instaurar um mundo
Os alemães e os seus canhões       imaginário, próprio do universo infantil.
Guardava o meu bodoque
                                   d) o conflito entre a marca do presente – no advérbio “agora” –
Ensaiava o rock
                                   e a do passado – nos verbos – leva à intemporalidade.
Para as matinês

                          COMENTANDO A QUESTÃO
a) A forma verbal agora não deixa clara que a referência é anterior, mas simulânea; b) O pretérito
imperfeito indica um processo não concluído num passado definido; c) Conforme se constata no
texto de Chico Buarque, todos os tempos instauram o mundo imaginário, típico do universo
infantil, inclusive o presente do indicativo; d) o tempo da poesia [e do imaginário infantil] não se
encontra situado no tempo comum; por isso, pode ser chamado de intemporal ou mítico
TEMPO, MODO E ASPECTO
                                Rodolfo Ilari
As duas narrativas transcritas a seguir foram utilizadas, em anos diferentes, como textos de
referência no exame de língua portuguesa do Vestibular Unicamp. Além de outras características
comuns eles se assemelham porque uma das personagens desperdiça a possibilidade de criar para si
própria uma situação vantajosa, distinta de sua situação real.

Dois carregadores estão conversando e um diz: “Se eu fosse presidente da República, eu só
acordava lá pelo meio-dia, depois ia almoçar lá pelas três, quatro horas. Só então é que eu ia fazer o
primeiro carreto”.
Cansado de não vender nada na sua loja, João pegou o carro e saiu pelo interior para vender seus
produtos. Depois de 15 dias sem tirar um só pedido, sentou-se embaixo de uma árvore para
descansar. De repente, viu uma garrafa e chutou. A garrafa deu meia volta e chegou junto. João
tornou a chutar e a garrafa deu outra meia volta e ficou bem ao seu lado. João pegou a garrafa,
começou a acariciar e de repente surgiu uma voz que disse: — Você tem direito a três pedidos. João
levantou correndo e disse: — Espere que vou buscar o talão!
TEMPO, MODO E ASPECTO
                            Rodolfo Ilari [Adaptada]
Identifique, nas duas histórias, as personagens que incorrem nesse tipo de fracasso; analise o modo
como se cria, na história, a possibilidade de construir uma situação irreal.

                          COMENTANDO A QUESTÃO
As personagens que incorrem em fracasso são um carregador e um vendedor. A possibilidade de
se construir uma situação irreal se dá, no primeiro texto, através do uso da conjunção condicional
se e do uso do pretérito imperfeito do subjuntivo [se eu fosse] e, no segundo, através da criação
de um contexto narrativo similar aos das histórias das Mil e uma noites, em que uma personagem
encontra uma garrafa, da qual sai um gênio, que realiza os desejos da personagem.

O humor advém do fato de, mesmo na fantasia, os protagonistas [carregador e vendedor] não
abandonarem suas condições reais.

No primeiro texto, a personagem imagina um presidente da república que faça carretos. E, na
segunda história, João imagina que o gênio da garrafa seja um cliente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61luisprista
 
1 ano literatura gramatica
1 ano literatura gramatica1 ano literatura gramatica
1 ano literatura gramaticaAline Roma
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27luisprista
 
Visão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemVisão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemma.no.el.ne.ves
 
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1ma.no.el.ne.ves
 
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01ma.no.el.ne.ves
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7luisprista
 
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileiraRevisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileirama.no.el.ne.ves
 
Lp9 1 bim_aluno_2014
Lp9 1 bim_aluno_2014Lp9 1 bim_aluno_2014
Lp9 1 bim_aluno_2014jeniifers
 
Compreensão textual na FUMARC, 02
Compreensão textual na FUMARC, 02Compreensão textual na FUMARC, 02
Compreensão textual na FUMARC, 02ma.no.el.ne.ves
 
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012ma.no.el.ne.ves
 

Mais procurados (19)

Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
 
Material do cursinho
Material do cursinhoMaterial do cursinho
Material do cursinho
 
1 ano literatura gramatica
1 ano literatura gramatica1 ano literatura gramatica
1 ano literatura gramatica
 
Enem 2012, literatura
Enem 2012, literaturaEnem 2012, literatura
Enem 2012, literatura
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 125-126
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 93-94
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
 
Visão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemVisão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagem
 
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1
Prova aberta de literatura brasileira ufmg 2012-1
 
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01
Aspectos da compreensão textual na FUMARC, 01
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 146-147
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
 
Enem aulao
Enem aulaoEnem aulao
Enem aulao
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
 
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileiraRevisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
 
Lp9 1 bim_aluno_2014
Lp9 1 bim_aluno_2014Lp9 1 bim_aluno_2014
Lp9 1 bim_aluno_2014
 
Compreensão textual na FUMARC, 02
Compreensão textual na FUMARC, 02Compreensão textual na FUMARC, 02
Compreensão textual na FUMARC, 02
 
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012
Prova aberta de língua portuguesa ufmg 2012
 

Semelhante a Exercícios sobre verbos

O homem da cabeça de papelão: crítica e vozes
O homem da cabeça de papelão: crítica e vozesO homem da cabeça de papelão: crítica e vozes
O homem da cabeça de papelão: crítica e vozesEva Rocha
 
Prova de Português com gabarito sobre Caramuru
Prova de Português com gabarito sobre CaramuruProva de Português com gabarito sobre Caramuru
Prova de Português com gabarito sobre CaramuruVal Valença
 
Treinamento de questões abertas de literatura, 05
Treinamento de questões abertas de literatura, 05Treinamento de questões abertas de literatura, 05
Treinamento de questões abertas de literatura, 05ma.no.el.ne.ves
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertidoguest7174ad
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertidoguest7174ad
 
Realismo e naturalismo
Realismo e naturalismoRealismo e naturalismo
Realismo e naturalismoLuizBraz9
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Aula 9gsbq
 
Simulado MACVEST - 3 2012
Simulado MACVEST - 3 2012Simulado MACVEST - 3 2012
Simulado MACVEST - 3 2012Matheus Ronconi
 
ENEM-2000 resolvido e comentado
ENEM-2000 resolvido e comentadoENEM-2000 resolvido e comentado
ENEM-2000 resolvido e comentadoma.no.el.ne.ves
 

Semelhante a Exercícios sobre verbos (13)

Alvaro de campos
Alvaro de camposAlvaro de campos
Alvaro de campos
 
O homem da cabeça de papelão: crítica e vozes
O homem da cabeça de papelão: crítica e vozesO homem da cabeça de papelão: crítica e vozes
O homem da cabeça de papelão: crítica e vozes
 
Prova de Português com gabarito sobre Caramuru
Prova de Português com gabarito sobre CaramuruProva de Português com gabarito sobre Caramuru
Prova de Português com gabarito sobre Caramuru
 
Treinamento de questões abertas de literatura, 05
Treinamento de questões abertas de literatura, 05Treinamento de questões abertas de literatura, 05
Treinamento de questões abertas de literatura, 05
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertido
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertido
 
Revisao portugues
Revisao portuguesRevisao portugues
Revisao portugues
 
Seminário Linguagem Figurada
Seminário Linguagem FiguradaSeminário Linguagem Figurada
Seminário Linguagem Figurada
 
Realismo e naturalismo
Realismo e naturalismoRealismo e naturalismo
Realismo e naturalismo
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Aula 9
 
Simulado MACVEST - 3 2012
Simulado MACVEST - 3 2012Simulado MACVEST - 3 2012
Simulado MACVEST - 3 2012
 
Slide d20-aula-sexta-feira
Slide d20-aula-sexta-feiraSlide d20-aula-sexta-feira
Slide d20-aula-sexta-feira
 
ENEM-2000 resolvido e comentado
ENEM-2000 resolvido e comentadoENEM-2000 resolvido e comentado
ENEM-2000 resolvido e comentado
 

Mais de ma.no.el.ne.ves

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literaturama.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artesma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologiasma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticaisma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textualma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internetma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literaturama.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textualma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artesma.no.el.ne.ves
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010ma.no.el.ne.ves
 

Mais de ma.no.el.ne.ves (20)

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
 

Último

Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorCasa Ciências
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergBrenda Fritz
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 

Último (20)

Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 

Exercícios sobre verbos

  • 2. TEMPO, MODO E ASPECTO breve introdução Em seu livro Introdução à semântica, o professor Rodolfo Ilari, da UNICAMP, afirma que as formas verbais do português exprimem tempo, modo e aspecto. O aspecto pode ser: PERFECTIVO IMPERFECTIVO [não conhece fases] [desdobra-se em fases] pontual inceptivo A criança adormeceu às sete horas. À noite, João arrumou a mala. resultativo cursivo Às oito e meia, a mala estava arrumada. João estava arrumando a mala. terminativo João terminava de arrumar a mala.
  • 3. TEMPO, MODO E ASPECTO ITA-2003 Quanto ao tempo verbal é correto afirmar no texto a seguir. a) a relação cronológica, no primeiro verso, entre o momento da JOÃO E MARIA, Chico Buarque fala e “ser herói” é de anterioridade. Agora eu era herói E o meu cavalo só falava inglês b) o pretérito imperfeito indica um processo concluído num A noiva do cawboy período definido no passado. Era você além das outras três Eu enfrentava os batalhões c) o pretérito imperfeito é usado para instaurar um mundo Os alemães e os seus canhões imaginário, próprio do universo infantil. Guardava o meu bodoque d) o conflito entre a marca do presente – no advérbio “agora” – Ensaiava o rock e a do passado – nos verbos – leva à intemporalidade. Para as matinês COMENTANDO A QUESTÃO a) A forma verbal agora não deixa clara que a referência é anterior, mas simulânea; b) O pretérito imperfeito indica um processo não concluído num passado definido; c) Conforme se constata no texto de Chico Buarque, todos os tempos instauram o mundo imaginário, típico do universo infantil, inclusive o presente do indicativo; d) o tempo da poesia [e do imaginário infantil] não se encontra situado no tempo comum; por isso, pode ser chamado de intemporal ou mítico
  • 4. TEMPO, MODO E ASPECTO Rodolfo Ilari As duas narrativas transcritas a seguir foram utilizadas, em anos diferentes, como textos de referência no exame de língua portuguesa do Vestibular Unicamp. Além de outras características comuns eles se assemelham porque uma das personagens desperdiça a possibilidade de criar para si própria uma situação vantajosa, distinta de sua situação real. Dois carregadores estão conversando e um diz: “Se eu fosse presidente da República, eu só acordava lá pelo meio-dia, depois ia almoçar lá pelas três, quatro horas. Só então é que eu ia fazer o primeiro carreto”. Cansado de não vender nada na sua loja, João pegou o carro e saiu pelo interior para vender seus produtos. Depois de 15 dias sem tirar um só pedido, sentou-se embaixo de uma árvore para descansar. De repente, viu uma garrafa e chutou. A garrafa deu meia volta e chegou junto. João tornou a chutar e a garrafa deu outra meia volta e ficou bem ao seu lado. João pegou a garrafa, começou a acariciar e de repente surgiu uma voz que disse: — Você tem direito a três pedidos. João levantou correndo e disse: — Espere que vou buscar o talão!
  • 5. TEMPO, MODO E ASPECTO Rodolfo Ilari [Adaptada] Identifique, nas duas histórias, as personagens que incorrem nesse tipo de fracasso; analise o modo como se cria, na história, a possibilidade de construir uma situação irreal. COMENTANDO A QUESTÃO As personagens que incorrem em fracasso são um carregador e um vendedor. A possibilidade de se construir uma situação irreal se dá, no primeiro texto, através do uso da conjunção condicional se e do uso do pretérito imperfeito do subjuntivo [se eu fosse] e, no segundo, através da criação de um contexto narrativo similar aos das histórias das Mil e uma noites, em que uma personagem encontra uma garrafa, da qual sai um gênio, que realiza os desejos da personagem. O humor advém do fato de, mesmo na fantasia, os protagonistas [carregador e vendedor] não abandonarem suas condições reais. No primeiro texto, a personagem imagina um presidente da república que faça carretos. E, na segunda história, João imagina que o gênio da garrafa seja um cliente.