SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 51
Baixar para ler offline
Manoel Neves
Visão geral das figuras de linguagem
NÍVEIS DE LINGUAGEM
visão geral das figuras de linguagem
denotação
conotação
Sen$do	
  próprio,	
  real,	
  do	
  dicionário.	
  
A	
  flor	
  é	
  o	
  órgão	
  reprodutor	
  das	
  plantas.	
  
Sen$do	
  segundo,	
  figurado,	
  literário.	
  
Fernanda	
  está	
  na	
  flor	
  dos	
  anos.	
  
QUESTÃO 01
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(CPPS/Agente/2010)	
  Assinale	
  a	
  alterna$va	
  usada	
  em	
  sen$do	
  figurado.	
  
a)	
  A	
  dureza	
  das	
  pedras.	
  
b)	
  O	
  perfume	
  das	
  flores.	
  
c)	
  O	
  verde	
  das	
  matas.	
  
d)	
  A	
  dureza	
  nos	
  corações.	
  
e)	
  Nenhuma	
  das	
  alterna$vas	
  anteriores.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
Na	
   alterna$va	
   “d”,	
   coração	
   está	
   empregado	
   cenota$vamente,	
   referindo-­‐se	
   a	
  
sen$mentos.	
  Sendo	
  assim,	
  há	
  metáfora	
  em	
  “A	
  dureza	
  dos	
  corações”.	
  
KUSH,	
  Vladimir.	
  Fauna	
  in	
  La	
  Mancha.	
  Disponível	
  em:	
  hXp://wikipedia.org.	
  Acesso	
  07	
  fev.	
  2014.	
  
Vladimir	
  Kush.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>	
  
Vladimir	
  Kush.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>	
  
Vladimir	
  Kush.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
metáfora
catacrese
Analogia;	
  aproxima	
  realidades	
  diferentes;	
  sem	
  termo	
  comparante.	
  
O	
  bigode	
  é	
  a	
  antena	
  do	
  gato.	
  
Metáfora	
  concreta,	
  desgastada	
  pelo	
  uso	
  co$diano.	
  
Batata	
  da	
  perna,	
  embarcar	
  no	
  trem,	
  pele	
  de	
  tomate,	
  céu	
  da	
  boca,	
  pé	
  de	
  vento.	
  
comparação ou símile
Analogia;	
  aproxima	
  realidades	
  diferentes;	
  com	
  termo	
  comparante.	
  
Seu	
  dorso	
  frio	
  é	
  um	
  como	
  um	
  campo	
  de	
  lírios.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
alegoria
Acúmulo	
  de	
  metáforas:	
  três	
  ou	
  mais;	
  metáfora	
  desenvolvida	
  em	
  texto	
  narra$vo.	
  
De	
  grão	
  em	
  grão	
  a	
  galinha	
  enche	
  o	
  papo.	
  
hXp://definicion.de/alegoria/	
  
hXp://picoledetamarindo.blogspot.com/2010/03/nascimento-­‐de-­‐palas-­‐athena-­‐minerva.html	
  
RELAÇÕES METONÍMICAS
visão geral das figuras de linguagem
a metonímia
Um	
  termo	
  subs$tui	
  o	
  outro	
  com	
  base	
  em	
  uma	
  relação	
  lógica;	
  
O	
  bonde	
  passa	
  cheio	
  de	
  pernas	
  
marca pelo produto
bom	
  bril,	
  champagne,	
  gileXe,	
  cotonete,	
  cheddar,	
  coca	
  cola...	
  
continente pelo conteúdo
beber	
  dois	
  copos;	
  comer	
  três	
  pratos	
  
material pelo objeto
O	
  goleiro	
  agarrou	
  o	
  couro.	
  
autor pela obra
Adoro	
  Machado	
  de	
  Assis.	
  Admiro	
  Clarice	
  Lispector.	
  
OUTRAS RELAÇÕES METONÍMICAS
visão geral das figuras de linguagem
metonímia/sinédoque
subs$tuição:	
  a	
  parte	
  pelo	
  todo.	
  
Precisa	
  de	
  um	
  teto	
  e	
  de	
  comida;	
  Moscou	
  caiu	
  na	
  mão	
  dos	
  inimigos.	
  
metonímia/antonomásia/perífrase
emprego	
  de	
  termo	
  ou	
  expressão	
  curta	
  em	
  lugar	
  de	
  uma	
  mais	
  longa	
  
Aleijadinho	
  é	
  do	
  período	
  barroco;	
  Tiradentes	
  é	
  o	
  már$r	
  da	
  	
  Inconfidência.	
  
Petróleo:	
  ouro	
  negro;	
  Belo	
  Horizonte:	
  capital	
  das	
  alterosas;	
  Paris:	
  cidade	
  luz.	
  
METÁFORA, SÍMILE OU METONÍMIA?
visão geral das figuras de linguagem
“És	
  página	
  virada/	
  descartada	
  do	
  meu	
  folhe$m”.	
  
“Algumas	
  janelas,	
  aqui	
  e	
  ali,	
  con$nuam	
  acesas,	
  esquecidas	
  da	
  noite	
  que	
  se	
  foi”.	
  
“Trabalhava	
  ao	
  piano,	
  não	
  só	
  Chopin	
  como	
  ainda	
  estudos	
  de	
  Caemy”.	
  
"Café	
  gostoso	
  que	
  nem	
  a	
  preta	
  velha/	
  Café	
  gostoso/	
  Café	
  bom”.	
  
“Tua	
  presença	
  é	
  uma	
  carne	
  de	
  peixe/	
  De	
  resistência	
  mansa	
  e	
  um	
  branco/	
  Ecoando	
  azuis	
  profundos”
“A	
  mão	
  que	
  toca	
  o	
  violão/	
  se	
  for	
  preciso	
  faz	
  a	
  guerra”.	
  
“As	
  velas	
  do	
  Mucuripe	
  vão	
  sair	
  para	
  pescar”.	
  
METÁFORA, SÍMILE OU METONÍMIA?
visão geral das figuras de linguagem
“És	
  página	
  virada/	
  descartada	
  do	
  meu	
  folhe$m”.	
  
“Algumas	
  janelas,	
  aqui	
  e	
  ali,	
  con$nuam	
  acesas,	
  esquecidas	
  da	
  noite	
  que	
  se	
  foi”.	
  
“Trabalhava	
  ao	
  piano,	
  não	
  só	
  Chopin	
  como	
  ainda	
  estudos	
  de	
  Caemy”.	
  
"Café	
  gostoso	
  que	
  nem	
  a	
  preta	
  velha/	
  Café	
  gostoso/	
  Café	
  bom”.	
  
“Tua	
  presença	
  é	
  uma	
  carne	
  de	
  peixe/	
  De	
  resistência	
  mansa	
  e	
  um	
  branco/	
  Ecoando	
  azuis	
  profundos”
“A	
  mão	
  que	
  toca	
  o	
  violão/	
  se	
  for	
  preciso	
  faz	
  a	
  guerra”.	
  
“As	
  velas	
  do	
  Mucuripe	
  vão	
  sair	
  para	
  pescar”.	
  
metáfora	
  
metonímia	
  
metonímia	
  
símile	
  
metáfora	
  
metonímia	
  
metonímia	
  
METÁFORA OU METONÍMIA?
visão geral das figuras de linguagem
hXp://blog.educacional.com.br/videverso	
  	
  
QUESTÃO 02
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(PMMG/Téc./QPE-­‐2014)	
   Marque	
   a	
   alterna$va	
   CORRETA	
   que	
   apresenta	
   um	
  
exemplo	
  de	
  metonímia.	
  
a)	
  João	
  se	
  alimenta	
  como	
  um	
  pássaro.	
  
b)	
  As	
  fêmeas	
  cassam	
  para	
  o	
  rei	
  dos	
  animais.	
  
c)	
  Gosto	
  de	
  ler	
  Machado	
  à	
  noite.	
  
d)	
  Antônio	
  foi	
  um	
  burro.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
Na	
  metonímia,	
  um	
  termo	
  subs$tui	
  o	
  outro	
  com	
  base	
  em	
  uma	
  relação	
  lógica	
  entre	
  
eles.	
   Isso	
   ocorre	
   na	
   frase	
   transcrita	
   na	
   alterna$va	
   “c”,	
   em	
   que	
   Machado	
   está	
  
subs$tuindo	
  os	
  livros	
  do	
  autor	
  de	
  Dom	
  Casmurro.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
antítese
paradoxo
Opostos	
  se	
  excluem	
  para	
  reforçar	
  uma	
  ideia;	
  dois	
  referentes.	
  
De	
  um	
  lado,	
  estavam	
  os	
  débitos;	
  de	
  outro,	
  os	
  créditos.	
  
Opostos	
  se	
  fundem;	
  ideia	
  absurda;	
  um	
  referente.	
  
O	
  mito	
  é	
  o	
  nada	
  que	
  é	
  tudo.	
  
ESCHER,	
  M.	
  C.	
  Belvedere.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://www.focusing.org/apm_papers/Rosen.html>.	
  Acesso	
  em	
  28/02/2012.	
  
MAGRITTE,	
  René.	
  Império	
  das	
  luzes.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://manoelneves.com>.	
  Acesso	
  em	
  28/02/2014.	
  
Maquete	
  do	
  filme	
  “Incep$on”	
  livremente	
  inspirada	
  na	
  obra	
  de	
  Escher.	
  
CARAVAGGIO.	
  Judith	
  decepando	
  a	
  cabeça	
  de	
  Holofernes.	
  Disponível	
  em:	
  <hXp://www.wga.hu/>	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
metonímia	
  metáfora	
   metonímia	
  metáfora	
   metonímia	
  anytese	
   paradoxo	
  
Eu	
  sou	
  velho,	
  você	
  é	
  moço.	
  
Mariana	
  é	
  uma	
  velha	
  moça.	
  
“Não	
  sei	
  se	
  fico	
  ou	
  passo.	
  Sei	
  que	
  canto	
  e	
  a	
  canção	
  é	
  tudo.”	
  
“Eterna	
  é	
  a	
  flor	
  que	
  se	
  fana/	
  se	
  soube	
  florir”.	
  
“Adeus!	
  Vamos	
  para	
  frente/	
  recuando	
  de	
  olhos	
  acesos.”	
  
Viverei	
  para	
  sempre	
  ou	
  morrerei	
  tentando.	
  
“É	
  um	
  contentamento	
  descontente”.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
metonímia	
  metáfora	
   metonímia	
  metáfora	
   metonímia	
  anytese	
   paradoxo	
  
Eu	
  sou	
  velho,	
  você	
  é	
  moço.	
  
Mariana	
  é	
  uma	
  velha	
  moça.	
  
“Não	
  sei	
  se	
  fico	
  ou	
  passo.	
  Sei	
  que	
  canto	
  e	
  a	
  canção	
  é	
  tudo.”	
  
“Eterna	
  é	
  a	
  flor	
  que	
  se	
  fana/	
  se	
  soube	
  florir”.	
  
“Adeus!	
  Vamos	
  para	
  frente/	
  recuando	
  de	
  olhos	
  acesos.”	
  
Viverei	
  para	
  sempre	
  ou	
  morrerei	
  tentando.	
  
“É	
  um	
  contentamento	
  descontente”.	
  
anytese	
  
paradoxo	
  
anytese	
  
paradoxo	
  
paradoxo	
  
anytese	
  
paradoxo	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
hipérbole
eufemismo
Expressão	
  que	
  indica	
  exagero.	
  
Mariana	
  chorou	
  rios	
  de	
  lágrimas;	
  Já	
  falei	
  mil	
  vezes.	
  
Expressão	
  polida	
  que	
  denota	
  suavização,	
  polidez.	
  
Enriquecer	
  ilicitamente;	
  comer	
  capim	
  pela	
  raiz;	
  faltar	
  com	
  a	
  verdade.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
prosopopeia, personificação
zoomorfismo
Dar	
  atributos	
  humanos	
  a	
  animais	
  ou	
  a	
  coisas.	
  
As	
  árvores	
  acariciam	
  os	
  pássaros.	
  
Dar	
  atributos	
  de	
  animais	
  a	
  personagens	
  humanas.	
  
Os	
  homens	
  fossavam	
  o	
  nariz	
  e	
  fungavam	
  contra	
  a	
  palma	
  das	
  mãos.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
símile	
   metonímia	
  metáfora	
   símile	
   metonímia	
  metáfora	
   símile	
   metonímia	
  eufemismo	
   hipérbole	
   personificação	
  
“Esse	
  desrespeitador	
  dos	
  bens	
  alheios	
  merece	
  ser	
  colocado	
  à	
  margem	
  da	
  sociedade”.	
  
“Sinto	
  o	
  canto	
  da	
  noite	
  na	
  boca	
  do	
  vento”.	
  
“Ao	
  saber	
  da	
  noycia,	
  Gilda	
  chorou	
  rios	
  de	
  lágrimas”.	
  
“E	
  me	
  beija	
  com	
  calma	
  e	
  fundo/	
  até	
  minh’alma	
  se	
  sen$r	
  beijada”.	
  
“Já	
  assis$	
  a	
  essa	
  cena	
  mais	
  de	
  mil	
  vezes”.	
  
“A	
  nação	
  lamenta	
  a	
  crise	
  polí$co-­‐social	
  e	
  econômica	
  que	
  se	
  instaurou”.	
  
Marivaldo	
  par$u	
  dessa	
  para	
  melhor.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
símile	
   metonímia	
  metáfora	
   símile	
   metonímia	
  metáfora	
   símile	
   metonímia	
  eufemismo	
   hipérbole	
   personificação	
  
“Esse	
  desrespeitador	
  dos	
  bens	
  alheios	
  merece	
  ser	
  colocado	
  à	
  margem	
  da	
  sociedade”.	
  
“Sinto	
  o	
  canto	
  da	
  noite	
  na	
  boca	
  do	
  vento”.	
  
“Ao	
  saber	
  da	
  noycia,	
  Gilda	
  chorou	
  rios	
  de	
  lágrimas”.	
  
“E	
  me	
  beija	
  com	
  calma	
  e	
  fundo/	
  até	
  minh’alma	
  se	
  sen$r	
  beijada”.	
  
“Já	
  assis$	
  a	
  essa	
  cena	
  mais	
  de	
  mil	
  vezes”.	
  
“A	
  nação	
  lamenta	
  a	
  crise	
  polí$co-­‐social	
  e	
  econômica	
  que	
  se	
  instaurou”.	
  
Marivaldo	
  par$u	
  dessa	
  para	
  melhor.	
  
eufemismo	
  
personificação	
  
hipérbole	
  
hipérbole	
  
hipérbole	
  
personificação	
  
eufemismo	
  
QUESTÃO 03
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(CPPS/Agente-­‐2010)	
  Em:	
  Já	
  lhe	
  disse	
  mais	
  de	
  mil	
  vezes	
  que	
  não	
  deve	
  conversar	
  
na	
  aula,	
  ocorreu:	
  
a)	
  eufemismo.	
  
b)	
  prosopopeia.	
  
c)	
  hipérbole.	
  
d)	
  ironia.	
  
e)	
  anytese.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
No	
   fragmento	
   em	
   análise,	
   o	
   que	
   se	
   destaca	
   é	
   a	
   hipérbole,	
   o	
   exagero,	
   expresso	
  
especificamente	
  no	
  trecho	
  disse	
  mais	
  de	
  mil	
  vezes.	
  Assinale-­‐se,	
  pois,	
  a	
  alterna$va	
  
“c”.	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
ironia
Consiste	
  em	
  expressar	
  o	
  contrário	
  do	
  que	
  se	
  pensa;	
  possui	
  marcador	
  linguís$co.	
  
Se	
  sua	
  sogra	
  é	
  uma	
  joia,	
  temos	
  o	
  melhor	
  estojo.	
  [Funerária	
  Sousa]	
  
EFEITOS IRÔNICOS
visão geral das figuras de linguagem
A	
   –	
   Qual	
   o	
   feminino	
   de	
   “deitado	
   no	
   sofá	
   assis$ndo	
  
televisão”?	
  
B	
  –	
  Em	
  pé	
  na	
  cozinha	
  lavando	
  roupa!	
  
Duas	
  mulheres	
  conversando:	
  
–	
  Graças	
  a	
  mim,	
  o	
  meu	
  marido	
  ficou	
  milionário!	
  
–	
  Ué!	
  –	
  estranhou	
  a	
  outra.	
  –	
  Quando	
  vocês	
  se	
  casaram	
  ele	
  
já	
  não	
  era	
  milionário?	
  
–	
  Não,	
  quando	
  nos	
  casamos	
  ele	
  era	
  mul$milionário!	
  
humor	
   críIca	
   preconceito	
  
reflexão	
  
Disponível	
  em:	
  hXps://www.facebook.com/MacumbeiraJaciara?fref=ts	
  
FIGURAS SEMÂNTICAS
visão geral das figuras de linguagem
sinestesia
mistura	
  de	
  sensações	
  
Réquiem	
  do	
  Sol	
  que	
  a	
  Dor	
  da	
  Luz	
  resume.	
  
QUESTÃO 04
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(CPPS/Agente-­‐2010)	
  Observe	
  as	
  proposições	
  abaixo:	
  
I.	
  Rios	
  te	
  correrão	
  dos	
  olhos,	
  se	
  chorares!	
  [Olavo	
  Bilac]	
  
II.	
  Já	
  estou	
  cheio	
  de	
  me	
  senIr	
  vazio.	
  [Renato	
  Russo]	
  
III.	
  Já	
  reparei	
  que	
  no	
  seu	
  peito	
  soluça	
  o	
  coração	
  bem	
  feito	
  de	
  você.	
  [Mário	
  de	
  Andrade]	
  
IV.	
  Moça	
  linda,	
  bem	
  tratada,	
  três	
  séculos	
  de	
  família,	
  burra	
  como	
  uma	
  porta:	
  um	
  
amor.	
  [Mário	
  de	
  Andrade]	
  
As	
  proposições,	
  na	
  respec$va	
  ordem,	
  representam:	
  
a)	
  anytese,	
  prosopopeia,	
  ironia,	
  hipérbole.	
  
b)	
  hipérbole,	
  anytese,	
  prosopopeia,	
  ironia.	
  
c)	
  ironia,	
  hipérbole,	
  anytese,	
  prosopopeia.	
  
d)	
  ironia,	
  prosopopeia,	
  hipérbole,	
  anytese.	
  
e)	
  hipérbole,	
  prosopopeia,	
  anytese,	
  ironia.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
O	
   primeiro	
   fragmento	
   apresenta	
   uma	
   expressão	
   exagerada;	
   trata-­‐se,	
   pois,	
   de	
  
hipérbole.	
  No	
  segundo,	
  há	
  um	
  reforço	
  de	
  termos	
  opostos,	
  que	
  visa	
  a	
  chamar	
  a	
  
atenção	
  leitor;	
  é,	
  portanto,	
  uma	
  anOtese.	
  Na	
  frase	
  de	
  número	
  três,	
  o	
  locutor	
  põe	
  
o	
  coração	
  a	
  soluçar;	
  trata-­‐se	
  de	
  uma	
  personificação	
  ou	
  prosopopeia.	
  Por	
  fim,	
  no	
  
úl$mo	
  fragmento,	
  o	
  enunciador	
  constrói	
  uma	
  imagem	
  de	
  uma	
  garota,	
  depois	
  a	
  
destrói.	
  Há,	
  pois,	
  ironia.	
  Assinale-­‐se,	
  portanto,	
  a	
  alterna$va	
  “b”.	
  
QUESTÃO 05
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(Vunesp/PMSP-­‐2010)	
   Nos	
   versos	
   –	
   Eu	
   amo	
   esses	
   olhos	
   que	
   falam	
   de	
   amores/	
  
Com	
  tanta	
  paixão	
  –,	
  percebe-­‐se	
  o	
  uso	
  de	
  
a)	
  pleonasmo.	
  
b)	
  metonímia.	
  
c)	
  ironia.	
  
d)	
  comparação.	
  
e)	
  anytese	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
Se	
  se	
  considerar	
  que:	
  a)	
  	
  “olhos	
  falam”,	
  há	
  personificação	
  ou	
  prosopopeia;	
  b)	
  que	
  
os	
  olhos	
  estejam	
  subs$tuindo	
  a	
  pessoa	
  que	
  ama,	
  há	
  metonímia.	
  Marque-­‐se,	
  pois,	
  
a	
  letra	
  “b”.	
  
QUESTÃO 06
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(PL/Agente-­‐2010)	
  Iden$fique	
  nas	
  frases	
  quais	
  as	
  figuras	
  de	
  linguagem	
  foram	
  usadas	
  
I.	
  Que	
  maravilhosa	
  redação	
  a	
  sua!	
  Um	
  bebê	
  alcançaria	
  nota	
  melhor!	
  
II.	
  Os	
  interesses	
  do	
  Brasil	
  falaram	
  mais	
  alto	
  na	
  reunião.	
  
III.	
  Você	
  faltou	
  à	
  verdade.	
  
IV.	
  O	
  velho	
  acaba	
  de	
  entregar	
  a	
  alma	
  a	
  Deus.	
  
V.	
  Estou	
  morto	
  de	
  cansaço.	
  
A	
  sequência	
  correta	
  das	
  frases	
  é:	
  
a)	
  prosopopeia,	
  eufemismo,	
  hipérbole,	
  ironia,	
  hipérbole.	
  
b)	
  eufemismo,	
  hipérbole,	
  ironia,	
  eufemismo,	
  eufemismo.	
  
c)	
  ironia,	
  prosopopeia,	
  eufemismo,	
  eufemismo,	
  hipérbole.	
  
d)	
  prosopopeia,	
  prosopopeia,	
  eufemismo,	
  eufemismo,	
  ironia.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
No	
  primeiro	
  fragmento,	
  o	
  locutor	
  apresenta	
  duas	
  imagens	
  conflitantes	
  acerca	
  de	
  
seu	
  interlocutor;	
  apesar	
  de	
  falar	
  que	
  a	
  redação	
  foi	
  boa,	
  sua	
  intenção	
  era	
  cri$car	
  o	
  
texto;	
  trata-­‐se,	
  pois,	
  de	
  ironia.	
  No	
  segundo,	
  há	
  uma	
  personificação	
  do	
  Brasil,	
  que,	
  
no	
  caso,	
  está	
  se	
  esforçando;	
  é,	
  portanto,	
  uma	
  prosopopeia.	
  Na	
  frase	
  de	
  número	
  
três,	
   o	
   locutor	
   suaviza	
   uma	
   ideia;	
   trata-­‐se	
   de	
   uma	
   eufemismo.	
   No	
   quarto	
  
enunciado,	
   novamente	
   suaviza-­‐se	
   um	
   pensamento;	
   trata-­‐se	
   de	
   eufemismo.	
   Por	
  
fim,	
  na	
  frase	
  5,	
  ocorre	
  um	
  exagero	
  de	
  expressão;	
  há,	
  pois,	
  hipérbole.	
  Assinale-­‐se,	
  
portanto,	
  a	
  letra	
  “c”.	
  
FIGURAS FONÉTICAS
visão geral das figuras de linguagem
aliteração
repe$ção	
  de	
  consoantes	
  
“No	
  baile,	
  beijo,	
  beijinho,	
  beijoca”...	
  
assonância
repe$ção	
  de	
  vogais	
  
“Quando	
  a	
  manhã	
  madrugava	
  calma”	
  
paronomásia
palavras	
  aproximam-­‐se	
  pelo	
  som	
  [parônimos]	
  
“Quando	
  você	
  pinta	
  $nta	
  nessa	
  tela	
  cinza”	
  
onomatopeia
sons	
  da	
  língua	
  reproduzem	
  ruídos	
  
“Sino	
  de	
  Belém,	
  como	
  soa	
  bem/	
  Sino	
  de	
  Belém	
  bate	
  bem	
  bem	
  bem”.	
  
QUESTÃO 07
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(PL/Agente-­‐2010)	
  Qual	
  figura	
  de	
  linguagem	
  que	
  representa	
  a	
  frase:	
  O	
  relógio	
  faz	
  
Ic-­‐tac,	
  Ic-­‐tac:	
  
a)	
  metáfora.	
  
b)	
  anáfase.	
  
c)	
  catacrese.	
  
d)	
  onomatopeia.	
  
e)	
  metonímia	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
No	
   fragmento	
   em	
   análise,	
   sons	
   da	
   língua	
   reproduzem	
   ruídos.	
   Há,	
   portanto,	
  
onomatopeia.	
  Marque-­‐se	
  a	
  letra	
  “d”.	
  
ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS
visão geral das figuras de linguagem
gradação
pôr	
  ideias	
  em	
  ordem;	
  três	
  ou	
  mais	
  elementos	
  do	
  mesmo	
  campo	
  semân$co	
  
E	
  foram	
  virando	
  peixes,	
  virando	
  seixos,	
  virando	
  areia.	
  
hipérbato
inversão	
  da	
  ordem	
  natural	
  [SVC]	
  da	
  frase	
  
À	
  noite,	
  descansa,	
  na	
  piscina,	
  o	
  casal.	
  
anáfora
repe$ção	
  de	
  estrutura	
  no	
  início	
  de	
  frase,	
  oração,	
  período,	
  parágrafo...	
  
Ilha	
  cheia	
  de	
  graça,/	
  Ilha	
  cheia	
  de	
  pássaros,/	
  Ilha	
  cheia	
  de	
  luz.	
  
pleonasmo
repete-­‐se	
  a	
  mesma	
  ideia	
  com	
  palavras	
  similares	
  
Eu	
  nasci	
  há	
  dez	
  mil	
  anos	
  atrás.	
  
ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS
visão geral das figuras de linguagem
elipse
supressão	
  de	
  elementos	
  não	
  mencionados	
  anteriormente	
  
Na	
  sala,	
  apenas	
  uns	
  três	
  ou	
  quatro	
  convidados.	
  
zeugma
supressão	
  de	
  elemento	
  mencionado	
  anteriormente	
  
Nossos	
  bosques	
  têm	
  mais	
  vida;/	
  Nossa	
  vida,	
  mais	
  amores.	
  
assíndeto
supressão	
  da	
  conjunção	
  
Não	
  posso	
  sair.	
  Está	
  a	
  chover	
  muito.	
  
polissíndeto
repe$ção	
  da	
  conjunção	
  
Trabalha	
  e	
  teima	
  e	
  lima	
  e	
  sofre	
  e	
  sua.	
  
ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS
visão geral das figuras de linguagem
anacoluto
expressão	
  sem	
  função	
  sintá$ca	
  no	
  início	
  de	
  frase,	
  oração,	
  período,	
  parágrafo	
  
Poesia,	
  ninguém	
  gosta	
  de	
  choradeiras	
  poé$cas.	
  
apóstrofe
serve	
  para	
  chamar	
  pessoas	
  ou	
  divindades;	
  o	
  mesmo	
  que	
  voca$vo	
  
Garçom,	
  você	
  já	
  cansou	
  de	
  escutar	
  centenas	
  de	
  casos	
  de	
  amor.	
  
QUESTÃO 08
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
(CTSP/PMMG-­‐2012)	
   Marque	
   a	
   alterna$va	
   CORRETA.	
   Há	
   zeugma	
   na	
   seguinte	
  
asser$va.	
  
a)	
  Minha	
  mãe	
  trabalha	
  numa	
  empresa	
  par$cular.	
  Eu,	
  na	
  pública.	
  
b)	
  Uma	
  pessoa	
  torpe,	
  uma	
  criatura	
  limitada,	
  um	
  grão	
  de	
  pó	
  perdido	
  no	
  universo,	
  
eis	
  o	
  que	
  Roberto	
  é.	
  
c)	
  Na	
  escuridão	
  da	
  madrugada,	
  corria	
  gente	
  de	
  todos	
  os	
  lados.	
  E	
  a$ravam.	
  
d)	
   Esses	
   escravos	
   que	
   se	
   viram	
   libertos,	
   não	
   penso	
   nada	
   contra	
   eles,	
   mas	
   não	
  
servem	
  para	
  nós.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre estilística e figuras de linguagem
Na	
   alterna$va	
   “a”,	
   ocorre	
   supressão	
   de	
   uma	
   forma	
   verbal	
   presente	
   na	
   frase	
  
anterior;	
   trata-­‐se	
   de	
   zeugma.	
   Na	
   letra	
   “b”,	
   um	
   mesmo	
   ser	
   é	
   apresentado	
  
gradaIvamente	
  de	
  três	
  formas.	
  Em	
  “c”,	
  o	
  sujeito	
  da	
  forma	
  verbal	
  “a$ravam”	
  é	
  
“gente”;	
  é,	
  pois,	
  uma	
  silepse.	
  Por	
  fim,	
  na	
  alterna$va	
  “d”,	
  há,	
  no	
  início	
  da	
  frase,	
  
termo	
  que	
  não	
  guarda	
  relação	
  sintá$ca	
  com	
  a	
  frase;	
  trata-­‐se	
  de	
  anacoluto.	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.
Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.
Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.Cláudia Heloísa
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbalSadrak Silva
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaLucilene Barcelos
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbalPaolaLins
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoElaine Blogger
 
Relação de denotação e conotação
Relação de denotação e conotaçãoRelação de denotação e conotação
Relação de denotação e conotaçãoiamraphael
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slideJaciara Mota
 
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)Julia Nogueira
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasCláudia Heloísa
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem paula nery
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagem Figuras de linguagem
Figuras de linguagem Denise
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominalIsabel Sousa
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagemYasmin Pessoa
 
Pronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativosPronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativosKarin Cristine
 
Variantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na MúsicaVariantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na MúsicaPricila Yessayan
 

Mais procurados (20)

Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.
Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.
Figuras de linguagem: 25 propagandas. Exercício 2.
 
Preposição
PreposiçãoPreposição
Preposição
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumo
 
Tempos verbais
Tempos verbaisTempos verbais
Tempos verbais
 
Relação de denotação e conotação
Relação de denotação e conotaçãoRelação de denotação e conotação
Relação de denotação e conotação
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)
Produção de-texto-9º-ano-narrativa (1)
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagem Figuras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Texto e textualidade
Texto e textualidadeTexto e textualidade
Texto e textualidade
 
Pronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativosPronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativos
 
Variantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na MúsicaVariantes Linguísticas na Música
Variantes Linguísticas na Música
 

Destaque

Questões de figuras de linguagem na aocp 2
Questões de figuras de linguagem na aocp 2Questões de figuras de linguagem na aocp 2
Questões de figuras de linguagem na aocp 2ma.no.el.ne.ves
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02ma.no.el.ne.ves
 
Figuras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanFiguras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanma.no.el.ne.ves
 
Revisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismoRevisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismoma.no.el.ne.ves
 
A (nova) literatura marginal (das periferias)
A (nova) literatura marginal (das periferias)A (nova) literatura marginal (das periferias)
A (nova) literatura marginal (das periferias)ma.no.el.ne.ves
 
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machadoLirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machadoma.no.el.ne.ves
 
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileiraRevisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileirama.no.el.ne.ves
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideIvana Bastos
 
Exercícios de estilística e figuras de linguagem
Exercícios de estilística e figuras de linguagemExercícios de estilística e figuras de linguagem
Exercícios de estilística e figuras de linguagemma.no.el.ne.ves
 
Figuras de-linguagem
Figuras de-linguagemFiguras de-linguagem
Figuras de-linguagemBovary16
 
Questões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africanoQuestões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africanoma.no.el.ne.ves
 
Questões fechadas sobre clara dos anjos
Questões fechadas sobre clara dos anjosQuestões fechadas sobre clara dos anjos
Questões fechadas sobre clara dos anjosma.no.el.ne.ves
 
Questões sobre o alienista
Questões sobre o alienistaQuestões sobre o alienista
Questões sobre o alienistama.no.el.ne.ves
 
Questões sobre navio negreiro
Questões sobre navio negreiroQuestões sobre navio negreiro
Questões sobre navio negreiroma.no.el.ne.ves
 
Questões sobre sagarana
Questões sobre sagaranaQuestões sobre sagarana
Questões sobre sagaranama.no.el.ne.ves
 

Destaque (20)

Questões de figuras de linguagem na aocp 2
Questões de figuras de linguagem na aocp 2Questões de figuras de linguagem na aocp 2
Questões de figuras de linguagem na aocp 2
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
 
Figuras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanFiguras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecan
 
O gênero lírico
O gênero líricoO gênero lírico
O gênero lírico
 
O gênero épico
O gênero épicoO gênero épico
O gênero épico
 
O gênero dramático,
O gênero dramático,O gênero dramático,
O gênero dramático,
 
Revisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismoRevisional de vanguardas europeias e de modernismo
Revisional de vanguardas europeias e de modernismo
 
A (nova) literatura marginal (das periferias)
A (nova) literatura marginal (das periferias)A (nova) literatura marginal (das periferias)
A (nova) literatura marginal (das periferias)
 
O tropicalismo
O tropicalismoO tropicalismo
O tropicalismo
 
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machadoLirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
 
Arcadismo no enem
Arcadismo no enemArcadismo no enem
Arcadismo no enem
 
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileiraRevisional de teoria da literatura + literatura brasileira
Revisional de teoria da literatura + literatura brasileira
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slide
 
Exercícios de estilística e figuras de linguagem
Exercícios de estilística e figuras de linguagemExercícios de estilística e figuras de linguagem
Exercícios de estilística e figuras de linguagem
 
Figuras de-linguagem
Figuras de-linguagemFiguras de-linguagem
Figuras de-linguagem
 
Questões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africanoQuestões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africano
 
Questões fechadas sobre clara dos anjos
Questões fechadas sobre clara dos anjosQuestões fechadas sobre clara dos anjos
Questões fechadas sobre clara dos anjos
 
Questões sobre o alienista
Questões sobre o alienistaQuestões sobre o alienista
Questões sobre o alienista
 
Questões sobre navio negreiro
Questões sobre navio negreiroQuestões sobre navio negreiro
Questões sobre navio negreiro
 
Questões sobre sagarana
Questões sobre sagaranaQuestões sobre sagarana
Questões sobre sagarana
 

Semelhante a Visão geral das figuras de linguagem

Semelhante a Visão geral das figuras de linguagem (20)

Habilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagemHabilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
A ficção nas mídias
A ficção nas mídiasA ficção nas mídias
A ficção nas mídias
 
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagemCefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
 
Apresentação para décimo segundo ano, aula 13
Apresentação para décimo segundo ano, aula 13Apresentação para décimo segundo ano, aula 13
Apresentação para décimo segundo ano, aula 13
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Figuras de Linguagem
Figuras de LinguagemFiguras de Linguagem
Figuras de Linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Seminário Linguagem Figurada
Seminário Linguagem FiguradaSeminário Linguagem Figurada
Seminário Linguagem Figurada
 
Figuras De Linguagem
Figuras De LinguagemFiguras De Linguagem
Figuras De Linguagem
 
Figuras de linguagem ii
Figuras de linguagem iiFiguras de linguagem ii
Figuras de linguagem ii
 
Figuras-de-linguagem.pdf
Figuras-de-linguagem.pdfFiguras-de-linguagem.pdf
Figuras-de-linguagem.pdf
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
Teoria LiteráRia Ensino MéDio
Teoria LiteráRia Ensino MéDioTeoria LiteráRia Ensino MéDio
Teoria LiteráRia Ensino MéDio
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Recursosexpressivos
RecursosexpressivosRecursosexpressivos
Recursosexpressivos
 
Figuras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptxFiguras de Linguagem.pptx
Figuras de Linguagem.pptx
 

Mais de ma.no.el.ne.ves

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literaturama.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artesma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologiasma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticaisma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textualma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internetma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literaturama.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Físicama.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textualma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artesma.no.el.ne.ves
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010ma.no.el.ne.ves
 

Mais de ma.no.el.ne.ves (20)

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
 

Visão geral das figuras de linguagem

  • 1. Manoel Neves Visão geral das figuras de linguagem
  • 2. NÍVEIS DE LINGUAGEM visão geral das figuras de linguagem denotação conotação Sen$do  próprio,  real,  do  dicionário.   A  flor  é  o  órgão  reprodutor  das  plantas.   Sen$do  segundo,  figurado,  literário.   Fernanda  está  na  flor  dos  anos.  
  • 3. QUESTÃO 01 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (CPPS/Agente/2010)  Assinale  a  alterna$va  usada  em  sen$do  figurado.   a)  A  dureza  das  pedras.   b)  O  perfume  das  flores.   c)  O  verde  das  matas.   d)  A  dureza  nos  corações.   e)  Nenhuma  das  alterna$vas  anteriores.  
  • 4. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem Na   alterna$va   “d”,   coração   está   empregado   cenota$vamente,   referindo-­‐se   a   sen$mentos.  Sendo  assim,  há  metáfora  em  “A  dureza  dos  corações”.  
  • 5. KUSH,  Vladimir.  Fauna  in  La  Mancha.  Disponível  em:  hXp://wikipedia.org.  Acesso  07  fev.  2014.  
  • 6. Vladimir  Kush.  Disponível  em:  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>  
  • 7. Vladimir  Kush.  Disponível  em:  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>  
  • 8. Vladimir  Kush.  Disponível  em:  <hXp://www.mdig.com.br/index.php?itemid=3373>  
  • 9. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem metáfora catacrese Analogia;  aproxima  realidades  diferentes;  sem  termo  comparante.   O  bigode  é  a  antena  do  gato.   Metáfora  concreta,  desgastada  pelo  uso  co$diano.   Batata  da  perna,  embarcar  no  trem,  pele  de  tomate,  céu  da  boca,  pé  de  vento.   comparação ou símile Analogia;  aproxima  realidades  diferentes;  com  termo  comparante.   Seu  dorso  frio  é  um  como  um  campo  de  lírios.  
  • 10. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem alegoria Acúmulo  de  metáforas:  três  ou  mais;  metáfora  desenvolvida  em  texto  narra$vo.   De  grão  em  grão  a  galinha  enche  o  papo.  
  • 13. RELAÇÕES METONÍMICAS visão geral das figuras de linguagem a metonímia Um  termo  subs$tui  o  outro  com  base  em  uma  relação  lógica;   O  bonde  passa  cheio  de  pernas   marca pelo produto bom  bril,  champagne,  gileXe,  cotonete,  cheddar,  coca  cola...   continente pelo conteúdo beber  dois  copos;  comer  três  pratos   material pelo objeto O  goleiro  agarrou  o  couro.   autor pela obra Adoro  Machado  de  Assis.  Admiro  Clarice  Lispector.  
  • 14. OUTRAS RELAÇÕES METONÍMICAS visão geral das figuras de linguagem metonímia/sinédoque subs$tuição:  a  parte  pelo  todo.   Precisa  de  um  teto  e  de  comida;  Moscou  caiu  na  mão  dos  inimigos.   metonímia/antonomásia/perífrase emprego  de  termo  ou  expressão  curta  em  lugar  de  uma  mais  longa   Aleijadinho  é  do  período  barroco;  Tiradentes  é  o  már$r  da    Inconfidência.   Petróleo:  ouro  negro;  Belo  Horizonte:  capital  das  alterosas;  Paris:  cidade  luz.  
  • 15. METÁFORA, SÍMILE OU METONÍMIA? visão geral das figuras de linguagem “És  página  virada/  descartada  do  meu  folhe$m”.   “Algumas  janelas,  aqui  e  ali,  con$nuam  acesas,  esquecidas  da  noite  que  se  foi”.   “Trabalhava  ao  piano,  não  só  Chopin  como  ainda  estudos  de  Caemy”.   "Café  gostoso  que  nem  a  preta  velha/  Café  gostoso/  Café  bom”.   “Tua  presença  é  uma  carne  de  peixe/  De  resistência  mansa  e  um  branco/  Ecoando  azuis  profundos” “A  mão  que  toca  o  violão/  se  for  preciso  faz  a  guerra”.   “As  velas  do  Mucuripe  vão  sair  para  pescar”.  
  • 16. METÁFORA, SÍMILE OU METONÍMIA? visão geral das figuras de linguagem “És  página  virada/  descartada  do  meu  folhe$m”.   “Algumas  janelas,  aqui  e  ali,  con$nuam  acesas,  esquecidas  da  noite  que  se  foi”.   “Trabalhava  ao  piano,  não  só  Chopin  como  ainda  estudos  de  Caemy”.   "Café  gostoso  que  nem  a  preta  velha/  Café  gostoso/  Café  bom”.   “Tua  presença  é  uma  carne  de  peixe/  De  resistência  mansa  e  um  branco/  Ecoando  azuis  profundos” “A  mão  que  toca  o  violão/  se  for  preciso  faz  a  guerra”.   “As  velas  do  Mucuripe  vão  sair  para  pescar”.   metáfora   metonímia   metonímia   símile   metáfora   metonímia   metonímia  
  • 17. METÁFORA OU METONÍMIA? visão geral das figuras de linguagem
  • 19. QUESTÃO 02 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (PMMG/Téc./QPE-­‐2014)   Marque   a   alterna$va   CORRETA   que   apresenta   um   exemplo  de  metonímia.   a)  João  se  alimenta  como  um  pássaro.   b)  As  fêmeas  cassam  para  o  rei  dos  animais.   c)  Gosto  de  ler  Machado  à  noite.   d)  Antônio  foi  um  burro.  
  • 20. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem Na  metonímia,  um  termo  subs$tui  o  outro  com  base  em  uma  relação  lógica  entre   eles.   Isso   ocorre   na   frase   transcrita   na   alterna$va   “c”,   em   que   Machado   está   subs$tuindo  os  livros  do  autor  de  Dom  Casmurro.  
  • 21. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem antítese paradoxo Opostos  se  excluem  para  reforçar  uma  ideia;  dois  referentes.   De  um  lado,  estavam  os  débitos;  de  outro,  os  créditos.   Opostos  se  fundem;  ideia  absurda;  um  referente.   O  mito  é  o  nada  que  é  tudo.  
  • 22. ESCHER,  M.  C.  Belvedere.  Disponível  em:  <hXp://www.focusing.org/apm_papers/Rosen.html>.  Acesso  em  28/02/2012.  
  • 23. MAGRITTE,  René.  Império  das  luzes.  Disponível  em:  <hXp://manoelneves.com>.  Acesso  em  28/02/2014.  
  • 24. Maquete  do  filme  “Incep$on”  livremente  inspirada  na  obra  de  Escher.  
  • 25. CARAVAGGIO.  Judith  decepando  a  cabeça  de  Holofernes.  Disponível  em:  <hXp://www.wga.hu/>  
  • 26. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem metonímia  metáfora   metonímia  metáfora   metonímia  anytese   paradoxo   Eu  sou  velho,  você  é  moço.   Mariana  é  uma  velha  moça.   “Não  sei  se  fico  ou  passo.  Sei  que  canto  e  a  canção  é  tudo.”   “Eterna  é  a  flor  que  se  fana/  se  soube  florir”.   “Adeus!  Vamos  para  frente/  recuando  de  olhos  acesos.”   Viverei  para  sempre  ou  morrerei  tentando.   “É  um  contentamento  descontente”.  
  • 27. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem metonímia  metáfora   metonímia  metáfora   metonímia  anytese   paradoxo   Eu  sou  velho,  você  é  moço.   Mariana  é  uma  velha  moça.   “Não  sei  se  fico  ou  passo.  Sei  que  canto  e  a  canção  é  tudo.”   “Eterna  é  a  flor  que  se  fana/  se  soube  florir”.   “Adeus!  Vamos  para  frente/  recuando  de  olhos  acesos.”   Viverei  para  sempre  ou  morrerei  tentando.   “É  um  contentamento  descontente”.   anytese   paradoxo   anytese   paradoxo   paradoxo   anytese   paradoxo  
  • 28. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem hipérbole eufemismo Expressão  que  indica  exagero.   Mariana  chorou  rios  de  lágrimas;  Já  falei  mil  vezes.   Expressão  polida  que  denota  suavização,  polidez.   Enriquecer  ilicitamente;  comer  capim  pela  raiz;  faltar  com  a  verdade.  
  • 29. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem prosopopeia, personificação zoomorfismo Dar  atributos  humanos  a  animais  ou  a  coisas.   As  árvores  acariciam  os  pássaros.   Dar  atributos  de  animais  a  personagens  humanas.   Os  homens  fossavam  o  nariz  e  fungavam  contra  a  palma  das  mãos.  
  • 30. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem símile   metonímia  metáfora   símile   metonímia  metáfora   símile   metonímia  eufemismo   hipérbole   personificação   “Esse  desrespeitador  dos  bens  alheios  merece  ser  colocado  à  margem  da  sociedade”.   “Sinto  o  canto  da  noite  na  boca  do  vento”.   “Ao  saber  da  noycia,  Gilda  chorou  rios  de  lágrimas”.   “E  me  beija  com  calma  e  fundo/  até  minh’alma  se  sen$r  beijada”.   “Já  assis$  a  essa  cena  mais  de  mil  vezes”.   “A  nação  lamenta  a  crise  polí$co-­‐social  e  econômica  que  se  instaurou”.   Marivaldo  par$u  dessa  para  melhor.  
  • 31. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem símile   metonímia  metáfora   símile   metonímia  metáfora   símile   metonímia  eufemismo   hipérbole   personificação   “Esse  desrespeitador  dos  bens  alheios  merece  ser  colocado  à  margem  da  sociedade”.   “Sinto  o  canto  da  noite  na  boca  do  vento”.   “Ao  saber  da  noycia,  Gilda  chorou  rios  de  lágrimas”.   “E  me  beija  com  calma  e  fundo/  até  minh’alma  se  sen$r  beijada”.   “Já  assis$  a  essa  cena  mais  de  mil  vezes”.   “A  nação  lamenta  a  crise  polí$co-­‐social  e  econômica  que  se  instaurou”.   Marivaldo  par$u  dessa  para  melhor.   eufemismo   personificação   hipérbole   hipérbole   hipérbole   personificação   eufemismo  
  • 32. QUESTÃO 03 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (CPPS/Agente-­‐2010)  Em:  Já  lhe  disse  mais  de  mil  vezes  que  não  deve  conversar   na  aula,  ocorreu:   a)  eufemismo.   b)  prosopopeia.   c)  hipérbole.   d)  ironia.   e)  anytese.  
  • 33. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem No   fragmento   em   análise,   o   que   se   destaca   é   a   hipérbole,   o   exagero,   expresso   especificamente  no  trecho  disse  mais  de  mil  vezes.  Assinale-­‐se,  pois,  a  alterna$va   “c”.  
  • 34. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem ironia Consiste  em  expressar  o  contrário  do  que  se  pensa;  possui  marcador  linguís$co.   Se  sua  sogra  é  uma  joia,  temos  o  melhor  estojo.  [Funerária  Sousa]  
  • 35. EFEITOS IRÔNICOS visão geral das figuras de linguagem A   –   Qual   o   feminino   de   “deitado   no   sofá   assis$ndo   televisão”?   B  –  Em  pé  na  cozinha  lavando  roupa!   Duas  mulheres  conversando:   –  Graças  a  mim,  o  meu  marido  ficou  milionário!   –  Ué!  –  estranhou  a  outra.  –  Quando  vocês  se  casaram  ele   já  não  era  milionário?   –  Não,  quando  nos  casamos  ele  era  mul$milionário!   humor   críIca   preconceito   reflexão  
  • 37. FIGURAS SEMÂNTICAS visão geral das figuras de linguagem sinestesia mistura  de  sensações   Réquiem  do  Sol  que  a  Dor  da  Luz  resume.  
  • 38. QUESTÃO 04 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (CPPS/Agente-­‐2010)  Observe  as  proposições  abaixo:   I.  Rios  te  correrão  dos  olhos,  se  chorares!  [Olavo  Bilac]   II.  Já  estou  cheio  de  me  senIr  vazio.  [Renato  Russo]   III.  Já  reparei  que  no  seu  peito  soluça  o  coração  bem  feito  de  você.  [Mário  de  Andrade]   IV.  Moça  linda,  bem  tratada,  três  séculos  de  família,  burra  como  uma  porta:  um   amor.  [Mário  de  Andrade]   As  proposições,  na  respec$va  ordem,  representam:   a)  anytese,  prosopopeia,  ironia,  hipérbole.   b)  hipérbole,  anytese,  prosopopeia,  ironia.   c)  ironia,  hipérbole,  anytese,  prosopopeia.   d)  ironia,  prosopopeia,  hipérbole,  anytese.   e)  hipérbole,  prosopopeia,  anytese,  ironia.  
  • 39. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem O   primeiro   fragmento   apresenta   uma   expressão   exagerada;   trata-­‐se,   pois,   de   hipérbole.  No  segundo,  há  um  reforço  de  termos  opostos,  que  visa  a  chamar  a   atenção  leitor;  é,  portanto,  uma  anOtese.  Na  frase  de  número  três,  o  locutor  põe   o  coração  a  soluçar;  trata-­‐se  de  uma  personificação  ou  prosopopeia.  Por  fim,  no   úl$mo  fragmento,  o  enunciador  constrói  uma  imagem  de  uma  garota,  depois  a   destrói.  Há,  pois,  ironia.  Assinale-­‐se,  portanto,  a  alterna$va  “b”.  
  • 40. QUESTÃO 05 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (Vunesp/PMSP-­‐2010)   Nos   versos   –   Eu   amo   esses   olhos   que   falam   de   amores/   Com  tanta  paixão  –,  percebe-­‐se  o  uso  de   a)  pleonasmo.   b)  metonímia.   c)  ironia.   d)  comparação.   e)  anytese  
  • 41. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem Se  se  considerar  que:  a)    “olhos  falam”,  há  personificação  ou  prosopopeia;  b)  que   os  olhos  estejam  subs$tuindo  a  pessoa  que  ama,  há  metonímia.  Marque-­‐se,  pois,   a  letra  “b”.  
  • 42. QUESTÃO 06 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (PL/Agente-­‐2010)  Iden$fique  nas  frases  quais  as  figuras  de  linguagem  foram  usadas   I.  Que  maravilhosa  redação  a  sua!  Um  bebê  alcançaria  nota  melhor!   II.  Os  interesses  do  Brasil  falaram  mais  alto  na  reunião.   III.  Você  faltou  à  verdade.   IV.  O  velho  acaba  de  entregar  a  alma  a  Deus.   V.  Estou  morto  de  cansaço.   A  sequência  correta  das  frases  é:   a)  prosopopeia,  eufemismo,  hipérbole,  ironia,  hipérbole.   b)  eufemismo,  hipérbole,  ironia,  eufemismo,  eufemismo.   c)  ironia,  prosopopeia,  eufemismo,  eufemismo,  hipérbole.   d)  prosopopeia,  prosopopeia,  eufemismo,  eufemismo,  ironia.  
  • 43. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem No  primeiro  fragmento,  o  locutor  apresenta  duas  imagens  conflitantes  acerca  de   seu  interlocutor;  apesar  de  falar  que  a  redação  foi  boa,  sua  intenção  era  cri$car  o   texto;  trata-­‐se,  pois,  de  ironia.  No  segundo,  há  uma  personificação  do  Brasil,  que,   no  caso,  está  se  esforçando;  é,  portanto,  uma  prosopopeia.  Na  frase  de  número   três,   o   locutor   suaviza   uma   ideia;   trata-­‐se   de   uma   eufemismo.   No   quarto   enunciado,   novamente   suaviza-­‐se   um   pensamento;   trata-­‐se   de   eufemismo.   Por   fim,  na  frase  5,  ocorre  um  exagero  de  expressão;  há,  pois,  hipérbole.  Assinale-­‐se,   portanto,  a  letra  “c”.  
  • 44. FIGURAS FONÉTICAS visão geral das figuras de linguagem aliteração repe$ção  de  consoantes   “No  baile,  beijo,  beijinho,  beijoca”...   assonância repe$ção  de  vogais   “Quando  a  manhã  madrugava  calma”   paronomásia palavras  aproximam-­‐se  pelo  som  [parônimos]   “Quando  você  pinta  $nta  nessa  tela  cinza”   onomatopeia sons  da  língua  reproduzem  ruídos   “Sino  de  Belém,  como  soa  bem/  Sino  de  Belém  bate  bem  bem  bem”.  
  • 45. QUESTÃO 07 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (PL/Agente-­‐2010)  Qual  figura  de  linguagem  que  representa  a  frase:  O  relógio  faz   Ic-­‐tac,  Ic-­‐tac:   a)  metáfora.   b)  anáfase.   c)  catacrese.   d)  onomatopeia.   e)  metonímia  
  • 46. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem No   fragmento   em   análise,   sons   da   língua   reproduzem   ruídos.   Há,   portanto,   onomatopeia.  Marque-­‐se  a  letra  “d”.  
  • 47. ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS visão geral das figuras de linguagem gradação pôr  ideias  em  ordem;  três  ou  mais  elementos  do  mesmo  campo  semân$co   E  foram  virando  peixes,  virando  seixos,  virando  areia.   hipérbato inversão  da  ordem  natural  [SVC]  da  frase   À  noite,  descansa,  na  piscina,  o  casal.   anáfora repe$ção  de  estrutura  no  início  de  frase,  oração,  período,  parágrafo...   Ilha  cheia  de  graça,/  Ilha  cheia  de  pássaros,/  Ilha  cheia  de  luz.   pleonasmo repete-­‐se  a  mesma  ideia  com  palavras  similares   Eu  nasci  há  dez  mil  anos  atrás.  
  • 48. ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS visão geral das figuras de linguagem elipse supressão  de  elementos  não  mencionados  anteriormente   Na  sala,  apenas  uns  três  ou  quatro  convidados.   zeugma supressão  de  elemento  mencionado  anteriormente   Nossos  bosques  têm  mais  vida;/  Nossa  vida,  mais  amores.   assíndeto supressão  da  conjunção   Não  posso  sair.  Está  a  chover  muito.   polissíndeto repe$ção  da  conjunção   Trabalha  e  teima  e  lima  e  sofre  e  sua.  
  • 49. ALGUMAS FIGURAS SINTÁTICAS visão geral das figuras de linguagem anacoluto expressão  sem  função  sintá$ca  no  início  de  frase,  oração,  período,  parágrafo   Poesia,  ninguém  gosta  de  choradeiras  poé$cas.   apóstrofe serve  para  chamar  pessoas  ou  divindades;  o  mesmo  que  voca$vo   Garçom,  você  já  cansou  de  escutar  centenas  de  casos  de  amor.  
  • 50. QUESTÃO 08 exercícios sobre estilística e figuras de linguagem (CTSP/PMMG-­‐2012)   Marque   a   alterna$va   CORRETA.   Há   zeugma   na   seguinte   asser$va.   a)  Minha  mãe  trabalha  numa  empresa  par$cular.  Eu,  na  pública.   b)  Uma  pessoa  torpe,  uma  criatura  limitada,  um  grão  de  pó  perdido  no  universo,   eis  o  que  Roberto  é.   c)  Na  escuridão  da  madrugada,  corria  gente  de  todos  os  lados.  E  a$ravam.   d)   Esses   escravos   que   se   viram   libertos,   não   penso   nada   contra   eles,   mas   não   servem  para  nós.  
  • 51. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre estilística e figuras de linguagem Na   alterna$va   “a”,   ocorre   supressão   de   uma   forma   verbal   presente   na   frase   anterior;   trata-­‐se   de   zeugma.   Na   letra   “b”,   um   mesmo   ser   é   apresentado   gradaIvamente  de  três  formas.  Em  “c”,  o  sujeito  da  forma  verbal  “a$ravam”  é   “gente”;  é,  pois,  uma  silepse.  Por  fim,  na  alterna$va  “d”,  há,  no  início  da  frase,   termo  que  não  guarda  relação  sintá$ca  com  a  frase;  trata-­‐se  de  anacoluto.