SlideShare uma empresa Scribd logo
CEDERJ Disciplina: Educação a Distância Alunas: Danielle de Oliveira Chaves, Monica Silveira Barros e  Simone Gomes de Oliveira Setembro/2011
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Segundo Moran (2011), Educação a distância é um processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente.  A partir da mudança de paradigmas iniciada na década de setenta do século passado, a evolução tecnológica e das novas tendências na área da educação continuada ou de formação, podemos considerar que a Educação a Distância a cada dia vem sendo objeto de questionamento científico e de novas tendências mercadológica.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Sabe-se que a sociedade pós-moderna é fortemente marcada pelo poder do conhecimento e da informação. De acordo com Pesce (2005), baseado em Kincholoe (1997), discute-se que os professores devem ser coletivamente reflexivos e devem estabelecer alianças solidárias, o que caracteriza a “pedagogia da consciência”.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Assim, a comunicação estabelecida sob a proposta de “todos com todos” requer não só características específicas de um tutor ou professor como, por exemplo, organização de um grande número de ideias lançadas quase que simultaneamente, administração e disponibilidade de tempo suficiente para a leitura e interpretação das idéias lançadas pelos discentes, suficientemente conhecedor dos embasamentos teóricos propostos nas atividades e conteúdos e capaz de avançar de forma coesa, organizada, democrática, individual e coletiva simultaneamente.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores  As políticas públicas para os usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores são: a nova LDB – lei nº 9394/96, os Referenciais para Formação de Professores (1999) e o Plano Nacional de Educação (2001).  O sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) foi instituído para regulamentar a Educação a Distância no país, através do decreto 5800/2006.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Assim sendo, a Tv Escola, o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) e o Programa de Formação de Professores (PROFORMAÇÃO) implementaram ações voltadas para o enriquecimento do processo de ensino e aprendizagem, democratizar o acesso à telemática, educar para o exercício da cidadania no mundo contemporâneo, capacitar continuamente os docentes e gestores e aprimorar a recuperação e aceleração escolar.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Sabendo-se que o país tem dimensões continentais, como formar e capacitar professores que vivem nos mais diversos espaços?  Assim, surge a possibilidade de explorar a educação a distância para enfrentar esse desafio, permitindo flexibilidade de tempo, de ritmos de aprendizagem, com distintos itinerários formativos que possibilitam diferentes entradas e saídas, favorecendo a permanência do aluno em seu entorno familiar e profissional.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores É do conhecimento de todos que as tecnologias da informação e comunicação modificaram as possibilidades de mediação pedagógica. A formação de professores em nível superior está inserida na perspectiva de adequação à “sociedade da informação”, enfatizada por indicações de que o uso das TICs, reduzidas a estratégias de EAD, possa ampliar o acesso, “democratizando” e modernizando a educação superior.
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Refletir sobre as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs), a legislação e vários programas de incentivo à formação de professores apoiados e financiados pelo MEC trouxe-nos a oportunidade de rever questões sobre Educação à Distância, tais como: Quais as vantagens e desvantagens das diferentes tecnologias?
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Como a generalização das novas tecnologias de informação e comunicação podem favorecer o desenvolvimento dos processos educacionais? Quais as consequências do uso generalizado das novas tecnologias no comportamento social e psicológico do aluno? Certas faculdades intelectuais perdem sua importância numa sociedade informatizada, em benefício de outras?
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores O uso do computador desenvolve faculdades intelectuais deferentes das pretendidas pelo ensino convencional? Quais os modelos mais adequados de interação professor-aluno-computador?
Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores CONCLUSÕES É importante que não haja preocupação demasiada com os aspectos técnicos da informática, em detrimento da relevância social e cidadã quando da apropriação de novas tecnologias para a formação de professores do Ensino Básico no país, posto que o uso das NTICs amplia o nível de informação, mas é imprescindível que o ser humano seja sábio para aproveitar as vantagens da Tecnologia da Educação em prol da transformação social, por um mundo mais justo, democrático e que respeite a diversidade cultural, social e econômica existentes.
Referências bibliográficas KINCHELOE , J. L. A formação do professor como compromisso político: mapeando o pós-moderno. Trad. N. M. C. Pellanda.  Porto Alegre: ArtMed, 1997. MARSICANO, Neuza Maria de Oliveira. Novas tecnologias: apoio para formação de professores  no Brasil. Acessado em Setembro/2011. MORAN, J. M. O. que é educação a distância. Disponível em: < http://www.eca.usp.br/prof/moran/dist.htm> . Acessado em Setembro/2011. PESCE, L. Formação de educadores na contemporaneidade: a contribuição dos ambientes digitais de aprendizagem. GT: Educação e Comunicação / n. 16. Disponível em: <http://www.irece.faced.ufba.br/twiki/pub/GEC/TrabalhoAno2005/formacao_de_educadores.pdf.> Acessado em Setembro/2011. STAHL, Marimar M. Formação de professores para uso das novas tecnologias de comunicação e informação. Acessado em Setembro/2011.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As Tic Educacao
As Tic EducacaoAs Tic Educacao
As Tic Educacao
Professora Silvia batista
 
Competencias tic para docentes
Competencias tic para docentesCompetencias tic para docentes
Competencias tic para docentes
andriellifasipe
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
alinefh
 
Proinfo
ProinfoProinfo
Proinfo
AlleSantos
 
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensinoA tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
Alexandre Bento
 
Computadores como instrumentos educacionais
Computadores como instrumentos educacionaisComputadores como instrumentos educacionais
Computadores como instrumentos educacionais
Aline Rosa
 
Educação ciência e tecnologia tics
Educação   ciência e tecnologia  ticsEducação   ciência e tecnologia  tics
Educação ciência e tecnologia tics
SSSSSS SSSSSSS
 
A inserção das ti cs no ensino fundamental limites e
A inserção das ti cs no ensino fundamental   limites eA inserção das ti cs no ensino fundamental   limites e
A inserção das ti cs no ensino fundamental limites e
tarlison00
 
Livro Verde: Educação na Sociedade Informação
Livro Verde: Educação na Sociedade InformaçãoLivro Verde: Educação na Sociedade Informação
Livro Verde: Educação na Sociedade Informação
Lucila Pesce
 
Ti cs e educação
Ti cs e educaçãoTi cs e educação
Ti cs e educação
Marcelo Henderson Salles
 
Mídias na Educação
Mídias na EducaçãoMídias na Educação
Mídias na Educação
Marinessacardo
 
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
Marcos Angelino
 
Tics na Educação
Tics na EducaçãoTics na Educação
Tics na Educação
Joemille Leal
 
Jacson josé karlinski
Jacson josé karlinskiJacson josé karlinski
Jacson josé karlinski
equipetics
 
tec
tectec
tec
nereuz
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
Gustavo Coutinho
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto EscolarREFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
Jairo Felipe
 
Slide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologiaSlide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologia
FGedfisica
 
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do ConhecimentoNovas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
ventura234
 

Mais procurados (19)

As Tic Educacao
As Tic EducacaoAs Tic Educacao
As Tic Educacao
 
Competencias tic para docentes
Competencias tic para docentesCompetencias tic para docentes
Competencias tic para docentes
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
 
Proinfo
ProinfoProinfo
Proinfo
 
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensinoA tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
 
Computadores como instrumentos educacionais
Computadores como instrumentos educacionaisComputadores como instrumentos educacionais
Computadores como instrumentos educacionais
 
Educação ciência e tecnologia tics
Educação   ciência e tecnologia  ticsEducação   ciência e tecnologia  tics
Educação ciência e tecnologia tics
 
A inserção das ti cs no ensino fundamental limites e
A inserção das ti cs no ensino fundamental   limites eA inserção das ti cs no ensino fundamental   limites e
A inserção das ti cs no ensino fundamental limites e
 
Livro Verde: Educação na Sociedade Informação
Livro Verde: Educação na Sociedade InformaçãoLivro Verde: Educação na Sociedade Informação
Livro Verde: Educação na Sociedade Informação
 
Ti cs e educação
Ti cs e educaçãoTi cs e educação
Ti cs e educação
 
Mídias na Educação
Mídias na EducaçãoMídias na Educação
Mídias na Educação
 
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
Atividade: 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)
 
Tics na Educação
Tics na EducaçãoTics na Educação
Tics na Educação
 
Jacson josé karlinski
Jacson josé karlinskiJacson josé karlinski
Jacson josé karlinski
 
tec
tectec
tec
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
 
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto EscolarREFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
REFLEXÕES: Mídias e Educação no Contexto Escolar
 
Slide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologiaSlide de informática e metodologia
Slide de informática e metodologia
 
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do ConhecimentoNovas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
Novas Tecnologias, Formação de Professores e Construção do Conhecimento
 

Destaque

Sary saldarriaga
Sary saldarriagaSary saldarriaga
Sary saldarriaga
Romario Correa Aguirre
 
Padrões Riba
Padrões RibaPadrões Riba
Padrões Riba
Caio Primo
 
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
RECLAMEGUAJIRA
 
Vilhena paulo freire
Vilhena paulo freireVilhena paulo freire
Vilhena paulo freire
ucarondonia
 
4 cga
4 cga4 cga
4 cga
pfilipa
 
Como desatar-este-no
Como desatar-este-noComo desatar-este-no
Como desatar-este-no
Roberta Soares
 
1 cga
1 cga1 cga
1 cga
pfilipa
 
Coletiva mobilidade 20.05
Coletiva mobilidade   20.05Coletiva mobilidade   20.05
Coletiva mobilidade 20.05
Roberta Soares
 

Destaque (8)

Sary saldarriaga
Sary saldarriagaSary saldarriaga
Sary saldarriaga
 
Padrões Riba
Padrões RibaPadrões Riba
Padrões Riba
 
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
Producto 4 resultados proceso de seguimiento y evaluación 21
 
Vilhena paulo freire
Vilhena paulo freireVilhena paulo freire
Vilhena paulo freire
 
4 cga
4 cga4 cga
4 cga
 
Como desatar-este-no
Como desatar-este-noComo desatar-este-no
Como desatar-este-no
 
1 cga
1 cga1 cga
1 cga
 
Coletiva mobilidade 20.05
Coletiva mobilidade   20.05Coletiva mobilidade   20.05
Coletiva mobilidade 20.05
 

Semelhante a EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira

ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
SimoneHelenDrumond
 
18 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
18 ARTIGO  TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...18 ARTIGO  TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
18 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
SimoneHelenDrumond
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
adrianafrancisca
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
adrianafrancisca
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
adrianafrancisca
 
Autoria
AutoriaAutoria
Autoria
AutoriaAutoria
Autoria
Dilene Matos
 
Guia do formador 2013
Guia do formador 2013Guia do formador 2013
Guia do formador 2013
proinfoundimeparaiba
 
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
Happy family
 
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
Mauricio Maulaz
 
Uso das novas tecnologias
Uso das novas tecnologiasUso das novas tecnologias
Uso das novas tecnologias
eadntics
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
CursoTICs
 
Fichamento ti cs
Fichamento   ti csFichamento   ti cs
Fichamento ti cs
Thiago Caldas
 
Jussara gonçalves
Jussara gonçalvesJussara gonçalves
Jussara gonçalves
equipetics
 
Comunicação e tecnologia
Comunicação e tecnologia   Comunicação e tecnologia
Comunicação e tecnologia
helenasamelo
 
Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012
Teresa Vasconcelos
 
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Professsor Marcos Marcos
 
As TICs na Formação Contínua do Professor
As TICs na Formação Contínua do ProfessorAs TICs na Formação Contínua do Professor
As TICs na Formação Contínua do Professor
lislieribeiro
 
Conclusão tics janaina da silva antunes
Conclusão tics   janaina da silva  antunesConclusão tics   janaina da silva  antunes
Conclusão tics janaina da silva antunes
equipetics
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
Gustavo Coutinho
 

Semelhante a EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira (20)

ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
ARTIGO 5 TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCACIO...
 
18 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
18 ARTIGO  TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...18 ARTIGO  TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
18 ARTIGO TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DÁ PARA INOVAR EM UM CENÁRIO EDUCAC...
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
 
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...Texto  comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
Texto comunicação e tecnologia em supervisão pedagógica ...
 
Autoria
AutoriaAutoria
Autoria
 
Autoria
AutoriaAutoria
Autoria
 
Guia do formador 2013
Guia do formador 2013Guia do formador 2013
Guia do formador 2013
 
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
As TICs na educação: tempos e contratempos na formação docente
 
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
 
Uso das novas tecnologias
Uso das novas tecnologiasUso das novas tecnologias
Uso das novas tecnologias
 
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem NevesSantana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
Santana do Livramento - Maria Francisca Ilha Hardem Neves
 
Fichamento ti cs
Fichamento   ti csFichamento   ti cs
Fichamento ti cs
 
Jussara gonçalves
Jussara gonçalvesJussara gonçalves
Jussara gonçalves
 
Comunicação e tecnologia
Comunicação e tecnologia   Comunicação e tecnologia
Comunicação e tecnologia
 
Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012Forma qim teresa_tic_educa2012
Forma qim teresa_tic_educa2012
 
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
Projeto de intervenção pedagógica - Como estão sendo utilizadas as tecnologia...
 
As TICs na Formação Contínua do Professor
As TICs na Formação Contínua do ProfessorAs TICs na Formação Contínua do Professor
As TICs na Formação Contínua do Professor
 
Conclusão tics janaina da silva antunes
Conclusão tics   janaina da silva  antunesConclusão tics   janaina da silva  antunes
Conclusão tics janaina da silva antunes
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
 

Último

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 

Último (20)

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 

EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira

  • 1. CEDERJ Disciplina: Educação a Distância Alunas: Danielle de Oliveira Chaves, Monica Silveira Barros e Simone Gomes de Oliveira Setembro/2011
  • 2. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Segundo Moran (2011), Educação a distância é um processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente. A partir da mudança de paradigmas iniciada na década de setenta do século passado, a evolução tecnológica e das novas tendências na área da educação continuada ou de formação, podemos considerar que a Educação a Distância a cada dia vem sendo objeto de questionamento científico e de novas tendências mercadológica.
  • 3. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Sabe-se que a sociedade pós-moderna é fortemente marcada pelo poder do conhecimento e da informação. De acordo com Pesce (2005), baseado em Kincholoe (1997), discute-se que os professores devem ser coletivamente reflexivos e devem estabelecer alianças solidárias, o que caracteriza a “pedagogia da consciência”.
  • 4. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Assim, a comunicação estabelecida sob a proposta de “todos com todos” requer não só características específicas de um tutor ou professor como, por exemplo, organização de um grande número de ideias lançadas quase que simultaneamente, administração e disponibilidade de tempo suficiente para a leitura e interpretação das idéias lançadas pelos discentes, suficientemente conhecedor dos embasamentos teóricos propostos nas atividades e conteúdos e capaz de avançar de forma coesa, organizada, democrática, individual e coletiva simultaneamente.
  • 5. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores As políticas públicas para os usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores são: a nova LDB – lei nº 9394/96, os Referenciais para Formação de Professores (1999) e o Plano Nacional de Educação (2001). O sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) foi instituído para regulamentar a Educação a Distância no país, através do decreto 5800/2006.
  • 6. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Assim sendo, a Tv Escola, o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) e o Programa de Formação de Professores (PROFORMAÇÃO) implementaram ações voltadas para o enriquecimento do processo de ensino e aprendizagem, democratizar o acesso à telemática, educar para o exercício da cidadania no mundo contemporâneo, capacitar continuamente os docentes e gestores e aprimorar a recuperação e aceleração escolar.
  • 7. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Sabendo-se que o país tem dimensões continentais, como formar e capacitar professores que vivem nos mais diversos espaços? Assim, surge a possibilidade de explorar a educação a distância para enfrentar esse desafio, permitindo flexibilidade de tempo, de ritmos de aprendizagem, com distintos itinerários formativos que possibilitam diferentes entradas e saídas, favorecendo a permanência do aluno em seu entorno familiar e profissional.
  • 8. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores É do conhecimento de todos que as tecnologias da informação e comunicação modificaram as possibilidades de mediação pedagógica. A formação de professores em nível superior está inserida na perspectiva de adequação à “sociedade da informação”, enfatizada por indicações de que o uso das TICs, reduzidas a estratégias de EAD, possa ampliar o acesso, “democratizando” e modernizando a educação superior.
  • 9. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Refletir sobre as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs), a legislação e vários programas de incentivo à formação de professores apoiados e financiados pelo MEC trouxe-nos a oportunidade de rever questões sobre Educação à Distância, tais como: Quais as vantagens e desvantagens das diferentes tecnologias?
  • 10. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores Como a generalização das novas tecnologias de informação e comunicação podem favorecer o desenvolvimento dos processos educacionais? Quais as consequências do uso generalizado das novas tecnologias no comportamento social e psicológico do aluno? Certas faculdades intelectuais perdem sua importância numa sociedade informatizada, em benefício de outras?
  • 11. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores O uso do computador desenvolve faculdades intelectuais deferentes das pretendidas pelo ensino convencional? Quais os modelos mais adequados de interação professor-aluno-computador?
  • 12. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores CONCLUSÕES É importante que não haja preocupação demasiada com os aspectos técnicos da informática, em detrimento da relevância social e cidadã quando da apropriação de novas tecnologias para a formação de professores do Ensino Básico no país, posto que o uso das NTICs amplia o nível de informação, mas é imprescindível que o ser humano seja sábio para aproveitar as vantagens da Tecnologia da Educação em prol da transformação social, por um mundo mais justo, democrático e que respeite a diversidade cultural, social e econômica existentes.
  • 13. Referências bibliográficas KINCHELOE , J. L. A formação do professor como compromisso político: mapeando o pós-moderno. Trad. N. M. C. Pellanda. Porto Alegre: ArtMed, 1997. MARSICANO, Neuza Maria de Oliveira. Novas tecnologias: apoio para formação de professores no Brasil. Acessado em Setembro/2011. MORAN, J. M. O. que é educação a distância. Disponível em: < http://www.eca.usp.br/prof/moran/dist.htm> . Acessado em Setembro/2011. PESCE, L. Formação de educadores na contemporaneidade: a contribuição dos ambientes digitais de aprendizagem. GT: Educação e Comunicação / n. 16. Disponível em: <http://www.irece.faced.ufba.br/twiki/pub/GEC/TrabalhoAno2005/formacao_de_educadores.pdf.> Acessado em Setembro/2011. STAHL, Marimar M. Formação de professores para uso das novas tecnologias de comunicação e informação. Acessado em Setembro/2011.