SlideShare uma empresa Scribd logo
III Encontro Internacional de Revitalização de Rios
e I Encontro das bacias hidrográficas de Minas
Gerais
29 de novembro de 2017, Belo Horizonte/MG
A conjuntura da Bacia
Hidrográfica do Rio Paraíba
do Sul
Estrutura CEIVAP
Outros Grupos de Trabalho
Grupo de Acompanhamento
do Contrato de Gestão GACG
Grupo de Trabalho de
Articulação Institucional GTAI
Câmara Técnica Consultiva
(18 membros titulares)
Plenária
(60 membros titulares)
Diretoria Colegiada
(3 membros)
Secretaria Executivae Agência
(AGEVAP)
Grupo de Trabalho Permanente
de Acompanhamento da
Operação Hidráulica GTAOH
Grupo de Trabalho de
Segurança de Barragens GTSB
Comissão Especial
Permanente CEIVAP
Guandu CEPCG
Estrutura CEIVAP
Grupo de Trabalho
Macrófitas
GT Macrófitas
Grupo de Trabalho
Pagamento por Serviços
Ambientais GT PSA
Composição CEIVAP
Poder Público Federal 3 representantes da União indicados pelo Ministério do Meio Ambiente
Poder Público Estadual 3
representantes das Secretarias
relacionadas ao gerenciamento dos
recursos hídricos e à gestão
ambiental
3
representantes das Secretarias
relacionadas ao gerenciamento dos
recursos hídricos e à gestão
ambiental
3
representantes das Secretarias
relacionadas ao gerenciamento dos
recursos hídricos e à gestão
ambiental
Poder Público Municipal 4
representantes de Prefeituras de
Municípios ou de Associações de
Municípios
4
representantes de Prefeituras de
Municípios ou de Associações de
Municípios
3
representantes de Prefeituras de
Municípios ou de Associações de
Municípios
2
representantes do abastecimento
urbano e lançamento de efluentes 2
representantes do abastecimento
urbano e lançamento de efluentes 2
representantes do abastecimento
urbano e lançamento de efluentes
2
representantes indústria e
mineração 3
representantes indústria e
mineração 4
representantes indústria e
mineração
1
representante irrigação e uso
agropecuário 1
representante irrigação e uso
agropecuário 1
representante irrigação e uso
agropecuário
2
representante setor de
hidroeletricidade 1
representante setor de
hidroeletricidade 1
representante setor de
hidroeletricidade
1
representante associações de
usuários de recursos hídricos 1
representante associações de
usuários de recursos hídricos 0
representante associações de
usuários de recursos hídricos
2
representantes organizações
técnicas, profissionais e de ensino
e pesquisa com interesse na área
de recursos hídricos
2
representantes organizações
técnicas, profissionais e de ensino
e pesquisa com interesse na área
de recursos hídricos
2
representantes organizações
técnicas, profissionais e de ensino
e pesquisa com interesse na área
de recursos hídricos
2
representantes ONGs com
objetivos de defesa de interesses
difusos e coletivos da sociedade e
atuação em defesa dos recursos
hídricos
2
representantes ONGs com
objetivos de defesa de interesses
difusos e coletivos da sociedade e
atuação em defesa dos recursos
hídricos
3
representantes ONGs com
objetivos de defesa de interesses
difusos e coletivos da sociedade e
atuação em defesa dos recursos
hídricos
São Paulo
Sociedade Civil
Usuários de Água
União
Minas Gerais
Total de 60 membros
Rio de Janeiro
Área de atuação
Principais municípios da Bacia
Dos 184 municípios cabe destacar:
No Estado de Minas Gerais: Além Paraíba, Barbacena, Carangola, Juiz de
Fora, Muriaé, Santos Dumont e Ubá.
→
→
→
No Estado do Rio de Janeiro: Barra do Piraí, Campos dos Goytacazes, Macaé,
Petrópolis, Piraí, Porto Real, Resende e Volta Redonda.
No Estado de São Paulo: Aparecida, Cruzeiro, Guaratinguetá, Guarulhos
Jacareí, São José dos Campos e Taubaté.
Diretoria Colegiada
Em 30 de junho de 2017, durante a 1ª Reunião Extraordinária o CEIVAP, no Rio de Janeiro/RJ, a
atual Diretoria Colegiada do CEIVAP (biênio 2017/2019) tomou posse.
Presidente
MONICA PORTO (ao centro na foto)
Vice-Presidente
MATHEUS MACHADO CREMONESE (à esquerda na
foto)
Secretário
EDUARDO SCHLAEPFER RIBEIRO DANTAS (à
direita na foto)
As ações do CEIVAP são desenvolvidas em conformidade com seu Plano de
Aplicação Plurianual – PAP, que é a ferramenta de planejamento utilizada
para alocação de recursos do Comitê tendo como base o Plano de Recursos
Hídricos da Bacia do Paraíba do Sul.
O PAP é dividido por componentes, subcomponentes e programas.
Plano de Aplicação Plurianual - PAP
Investimentos
•
Ações desenvolvidas pelo CEIVAP
Dos 327 projetos do CEIVAP, cabe destacar:
A implantação do SIGA - Sistema de Informações Geográficas e
Geoambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.
A elaboração e a implantação do Plano de Comunicação do Comitê.
A implementação de Programas de Pagamentos por Serviços Ambientais - PSA através de
Unidades Demonstrativas (UDs) com práticas integradas de Recuperação
e Conservação de pequenas bacias hidrográficas.
→
→
→
→
O financiamento das Captações Emergenciais identificadas em função da crise hídrica.
→
A implantação do Programa de Educação Ambiental através da criação de uma plataforma
digital para ensino a distância ou presencial na elaboração de projetos.
Projetos
→
A criação e implantação do Programa Escola de Projetos, que
capacitação empregados da agência e estudantes na elaboração de
projetos e planos com foco em recursos hídricos.
→
A criação do Programa MONITORAR.
→
Continuidade na elaboração de 178 planos municipais (PMSB, PMGIRS e Planos Municipais
Específicos de Saneamento Básico.
O desenvolvimento do Programa PROTRATAR.
→
Projetos
O Programa de Pagamentos por Serviços Ambientais – PSA Hídrico do CEIVAP visa
selecionar, através de inscrição de proposta, projetos que contemplem ações de
restauração e conservação florestal, conforme definições do Programa de
Pagamento por Serviço Ambiental com foco em Recursos Hídricos – PSA Hídrico do
CEIVAP, elaborados por municípios ou instituições Executoras em parceria com
municípios.
PSA Hídrico
Atualmente o PSA Hídrico do CEIVAP está em fase de execução dos projetos e
contempla os três estados da Bacia: Minas Gerais, Rio de janeiro e São Paulo.
Conforme definido no Plano de Aplicação Plurianual do CEIVAP – PAP foi aportado
R$ 17.000.000 para investimento no referido Programa entre os anos de 2017 a
2020.
TdR PSA-Hídrico
Edital 004/2014
2
2,27 ha
10,8 ha
11
30 ha
30 ha
6
10 ha
10 ha
12
25,74 ha
25,92 ha
12
32,41 ha
6,18 ha
27
20 ha
23 ha
12
27,97 ha
11,52 ha
4
352,9 ha
50,48 ha
SJC
17
0 ha
38,17 ha
Guaratinguetá
5
20 ha
40 ha
Resend
e
7
21 ha
39 ha
Barra Mansa
1
10 ha
8 ha
Areal
Paraíba do Sul
Paty do Alferes
Petrópolis
Carapebus
Rio Pomba
Muriaé
SSVA
TOTAL
Provedores: 116
Conservação: 588,4 ha
Restauração: 256,9 ha
Abrangência - PSA Hídrico
Placa do PSA Hídrico - Rancho Bela Vista, Resende/RJ
Abrangência - PSA Hídrico
Conforme Relatório de Diagnóstico do Plano Integrado de Recursos Hídricos da Bacia
Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, o potencial de poluição orgânica das diversas formas de
despejo é medido pela sua carga de material orgânico, quantificado pela Demanda
Bioquímica de Oxigênio - DBO5,20. A figura a seguir, mostra o balanço de massa em
termos de DBO5,20, considerando a população urbana da região da bacia como um todo e
os dados considerados no presente estudo.
Efluentes tratados na Bacia
Nesse contexto, observa-se que os municípios da bacia produzem cerca de 305
toneladas de DBO5,20 por dia, das quais 247 toneladas são recolhidas por
redes coletoras e o restante disposto em sistemas de fossas. Da quantidade
recolhida pelas redes coletoras, 144 toneladas são lançadas diretamente nos
cursos d’água. O restante passa por sistemas de tratamento que conseguem
reduzir, em cerca de 80% a carga de material orgânico.
Efluentes tratados na Bacia
Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul
A bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul enfrentou nos anos de 2014 e 2015 a maior seca já
registrada em sua história, o que consequentemente, ocasionou uma queda drástica no nível de
todos os reservatórios que compõe o esquema de reservatórios da bacia.
No decorrer de 2014, com a diminuição gradativa do nível dos reservatórios e a estiagem
prolongada, foi sendo estabelecida uma situação crítica de escassez hídrica na Bacia, com os
piores índices registrados desde a maior seca já ocorrida, no ano de 1955.
Ações do CEIVAP para mitigação da Crise Hídrica
Acompanhamento dos reservatórios realizado no âmbito do Grupo de Trabalho
Permanente de Acompanhamento da Operação Hidráulica do Rio Paraíba do sul (GTAOH),
do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP) evitando o
esvaziamento dos mesmos com a manutenção da capacidade de armazenamento do
reservatório equivalente da Bacia do rio Paraíba do Sul;
Realização de obras emergenciais para adequações nas captações dos municípios que
poderiam ter prejuízos severos com as reduções de vazões, no valor total de R$
8.500.000,00 (oito milhões e quinhentos mil reais) para os municípios com as captações
mais afetadas.
Tendo em vista, a ocorrência de maior de volume de chuvas, principalmente a partir de
dezembro de 2015, atreladas às ações citadas acima, foi possível a recuperação da
capacidade de armazenamento do reservatório equivalente da bacia hidrográfica do rio
Paraíba do Sul.
→
→
→
Acordo entre STF e Órgãos Gestores com participação do
CEIVAP
Em 10 de dezembro de 2015 foi firmado dia Acordo do Supremo Tribunal Federal com órgãos
gestores e Resolução Conjunta (ANA, DAEE, IGAM e INEA) com novas regras sobre a operação do
Sistema Hidráulico da Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul onde o CEIVAP atuou desde a
instância de seu grupo de trabalho GTAOH discutindo as propostas, bem como no Grupo criado
pela ANA com a participação dos órgãos gestores e CEIVAP.
As novas regras para viabilizar a interligação Jaguari-Atibainha, foram criadas para garantir
aportes adicionais de até 5,3m³/s de água da Bacia do Paraíba do Sul ao Sistema Cantareira,
quando necessário, porém a interligação só poderia funcionar quando o padrão de chuvas
registradas estivesse dentro da normalidade e respeitando o limite mínimo de vazões a jusante
dos reservatórios que compõe o sistema.
Regra atual de operação do Sistema Hidráulico do Rio
Paraíba do Sul
Conforme Resolução Conjunta ANA/DAEE/IGAM/INEA Nº1382, de 07/12/2015, segue a Regra
atual de operação do Sistema Hidráulico do Rio Paraíba do Sul:
Conclusão
A Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul é de suma importância para as cidades abrangidas na
mesma. Neste sentido, todos as medidas tem sido tomadas, principalmente no que diz à respeito
à atuação do CEIVAP, para garantia de água em quantidade e qualidade.
Cabe ressaltar que os esforços para evitar-se uma nova crise hídrica continuam sendo realizados
de forma constante através do acompanhamento do GTAOH e da Diretoria Colegiada do CEIVAP.
A atual Diretoria do Comitê tem atuado desde o início do seu mandato, em junho de 2017, com a
preocupação de uma gestão participativa que envolva todos os segmentos do Comitê (União,
Estado, Municípios, Usuários e Sociedade Civil) com a finalidade de uma aplicação efetiva dos
recursos disponibilizados em prol do desenvolvimento da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do
Sul.
OBRIGADO
Matheus Machado Cremonese
Vice-Presidente do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do
Rio Paraíba do Sul – CEIVAP
cremonese78@yahoo.com.br
ceivap@agevap.org.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio ParáCartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Agência Peixe Vivo
 
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
CBH Rio das Velhas
 
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientaisDiretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
CBH Rio das Velhas
 
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017 Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
Laura Magalhães
 
SANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEASANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEA
Lia Prado
 
PDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das VelhasPDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das Velhas
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao 99 plenaria - projetos ctpc
Apresentacao  99 plenaria - projetos ctpcApresentacao  99 plenaria - projetos ctpc
Apresentacao 99 plenaria - projetos ctpc
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao 99 plenaria - ctpc
Apresentacao   99 plenaria - ctpcApresentacao   99 plenaria - ctpc
Apresentacao 99 plenaria - ctpc
CBH Rio das Velhas
 
Saneamento nos Municípios
Saneamento nos MunicípiosSaneamento nos Municípios
Saneamento nos Municípios
Cogepp CEPAM
 
Bacia hidrográfica do rio doce
Bacia hidrográfica do rio doceBacia hidrográfica do rio doce
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von SperlingAtlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
CBH Rio das Velhas
 
Livro experiencias de psa no brasil
Livro experiencias de psa no brasilLivro experiencias de psa no brasil
Livro experiencias de psa no brasil
Leesander Alves da Cruz
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
Apresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e GersonApresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e Gerson
equipeagroplus
 
Revista Águas do Rio Taquaraçu
Revista Águas do Rio TaquaraçuRevista Águas do Rio Taquaraçu
Revista Águas do Rio Taquaraçu
CBH Rio das Velhas
 
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazioProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
equipeagroplus
 
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militaresApresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
Reinaldo Del Fiaco
 
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-DoceProcesso de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce - CBH-Doce
 
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
CBH Rio das Velhas
 
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
Agência Peixe Vivo
 

Mais procurados (20)

Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio ParáCartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
Cartilha Cobrança pelo Uso da Água CBH Rio Pará
 
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
Painel Rio Doce - Andréa Azevedo - Renova
 
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientaisDiretrizes para elaboração de projetos ambientais
Diretrizes para elaboração de projetos ambientais
 
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017 Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
Barragem Sanasa-Sousas-Edital 2017
 
SANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEASANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEA
 
PDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das VelhasPDRH Rio das Velhas
PDRH Rio das Velhas
 
Apresentacao 99 plenaria - projetos ctpc
Apresentacao  99 plenaria - projetos ctpcApresentacao  99 plenaria - projetos ctpc
Apresentacao 99 plenaria - projetos ctpc
 
Apresentacao 99 plenaria - ctpc
Apresentacao   99 plenaria - ctpcApresentacao   99 plenaria - ctpc
Apresentacao 99 plenaria - ctpc
 
Saneamento nos Municípios
Saneamento nos MunicípiosSaneamento nos Municípios
Saneamento nos Municípios
 
Bacia hidrográfica do rio doce
Bacia hidrográfica do rio doceBacia hidrográfica do rio doce
Bacia hidrográfica do rio doce
 
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von SperlingAtlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
 
Livro experiencias de psa no brasil
Livro experiencias de psa no brasilLivro experiencias de psa no brasil
Livro experiencias de psa no brasil
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Apresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e GersonApresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e Gerson
 
Revista Águas do Rio Taquaraçu
Revista Águas do Rio TaquaraçuRevista Águas do Rio Taquaraçu
Revista Águas do Rio Taquaraçu
 
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazioProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
ProjetoUrucuia_W2_EudardoTopazio
 
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militaresApresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
Apresentação análise da cadeia de distribuição de suprimentos militares
 
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-DoceProcesso de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
Processo de Gestão Recursos Hídricos CBH-Doce
 
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
Bacias hidrográficas: território, saúde, gestão e revitalização - Revitaliza ...
 
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
Minuta Da MoçãO Cbh Velhas Nº 01 2009
 

Semelhante a Conjuntura das bacias hidrográficas do Paranaíba, Paraíba do Sul e Grande - Matheus Cremonese

Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMAPalestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
equipeagroplus
 
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidosMarielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Fórum de Desenvolvimento do Rio
 
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
CBH Rio das Velhas
 
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
CBH Rio das Velhas
 
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
CBH Rio das Velhas
 
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - IbamaOficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
CBH Rio das Velhas
 
Bacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santanaBacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santana
Kleber Ferreira
 
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão OnçaCatalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
CBH Rio das Velhas
 
Carta compromisso de Bragança
Carta compromisso de BragançaCarta compromisso de Bragança
Carta compromisso de Bragança
boraplantar
 
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
CBH Rio das Velhas
 
Seminario Revitaliza Rio das Velhas - status
Seminario Revitaliza  Rio das Velhas - statusSeminario Revitaliza  Rio das Velhas - status
Seminario Revitaliza Rio das Velhas - status
CBH Rio das Velhas
 
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
CBH Rio das Velhas
 
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativasÁgua@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
AguaSP
 
Anexo11a
Anexo11aAnexo11a
Anexo11a
Resgate Cambuí
 
Anexo11a
Anexo11aAnexo11a
Anexo11a
Resgate Cambuí
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
Revista Cafeicultura
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
Revista Cafeicultura
 
Anexo III - Proposta Produtor de Água
Anexo III - Proposta Produtor de Água Anexo III - Proposta Produtor de Água
Anexo III - Proposta Produtor de Água
CBH Rio das Velhas
 

Semelhante a Conjuntura das bacias hidrográficas do Paranaíba, Paraíba do Sul e Grande - Matheus Cremonese (20)

Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMAPalestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
Palestra Secretario Jose Geraldo - SEMA
 
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidosMarielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
 
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
Termo de Cooperação para solução do conflito pelo uso da água na bacia do rib...
 
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
 
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
Pacto para solucao do conflito pelo uso da agua na bacia do ribeiro bonito
 
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - IbamaOficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
Oficio - Programa Nacional Conversao de Multas - Ibama
 
Bacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santanaBacia hidrográfica rio santana
Bacia hidrográfica rio santana
 
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão OnçaCatalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
Catalogo de Nascentes Urbanas - Ribeirão Onça
 
Carta compromisso de Bragança
Carta compromisso de BragançaCarta compromisso de Bragança
Carta compromisso de Bragança
 
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
Seminário Saneamento Básico, Saúde e Meio Ambiente - Plano Municipal de Sanea...
 
Seminario Revitaliza Rio das Velhas - status
Seminario Revitaliza  Rio das Velhas - statusSeminario Revitaliza  Rio das Velhas - status
Seminario Revitaliza Rio das Velhas - status
 
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
Plenaria cbh velhas - 26 de abril de 2016
 
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativasÁgua@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
Água@SP: Mapeamento de propostas e iniciativas
 
Anexo11a
Anexo11aAnexo11a
Anexo11a
 
Anexo11a
Anexo11aAnexo11a
Anexo11a
 
Bacias hidrográficas
Bacias hidrográficasBacias hidrográficas
Bacias hidrográficas
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
 
Anexo III - Proposta Produtor de Água
Anexo III - Proposta Produtor de Água Anexo III - Proposta Produtor de Água
Anexo III - Proposta Produtor de Água
 

Mais de CBH Rio das Velhas

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
CBH Rio das Velhas
 
Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019
CBH Rio das Velhas
 
Qualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMGQualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMG
CBH Rio das Velhas
 
Senai
SenaiSenai
Saae
SaaeSaae
Pro mananciais
Pro mananciaisPro mananciais
Pro mananciais
CBH Rio das Velhas
 
Copasa
CopasaCopasa
Projeto jequitiba
Projeto jequitibaProjeto jequitiba
Projeto jequitiba
CBH Rio das Velhas
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantes
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao SEMAD
Apresentacao SEMADApresentacao SEMAD
Apresentacao SEMAD
CBH Rio das Velhas
 
ProfÀgua
ProfÀguaProfÀgua
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
CBH Rio das Velhas
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
CBH Rio das Velhas
 
Ppt peixe vivo
Ppt peixe vivoPpt peixe vivo
Ppt peixe vivo
CBH Rio das Velhas
 
Ppt feam
Ppt feamPpt feam
Ppt copasa
Ppt copasaPpt copasa
Ppt copasa
CBH Rio das Velhas
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
CBH Rio das Velhas
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
CBH Rio das Velhas
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
CBH Rio das Velhas
 

Mais de CBH Rio das Velhas (20)

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
 
Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019
 
Qualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMGQualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMG
 
Senai
SenaiSenai
Senai
 
Saae
SaaeSaae
Saae
 
Pro mananciais
Pro mananciaisPro mananciais
Pro mananciais
 
Copasa
CopasaCopasa
Copasa
 
Projeto jequitiba
Projeto jequitibaProjeto jequitiba
Projeto jequitiba
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantes
 
Apresentacao SEMAD
Apresentacao SEMADApresentacao SEMAD
Apresentacao SEMAD
 
ProfÀgua
ProfÀguaProfÀgua
ProfÀgua
 
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
 
Ppt peixe vivo
Ppt peixe vivoPpt peixe vivo
Ppt peixe vivo
 
Ppt feam
Ppt feamPpt feam
Ppt feam
 
Ppt copasa
Ppt copasaPpt copasa
Ppt copasa
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
 

Conjuntura das bacias hidrográficas do Paranaíba, Paraíba do Sul e Grande - Matheus Cremonese

  • 1. III Encontro Internacional de Revitalização de Rios e I Encontro das bacias hidrográficas de Minas Gerais 29 de novembro de 2017, Belo Horizonte/MG A conjuntura da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul
  • 2. Estrutura CEIVAP Outros Grupos de Trabalho Grupo de Acompanhamento do Contrato de Gestão GACG Grupo de Trabalho de Articulação Institucional GTAI Câmara Técnica Consultiva (18 membros titulares) Plenária (60 membros titulares) Diretoria Colegiada (3 membros) Secretaria Executivae Agência (AGEVAP) Grupo de Trabalho Permanente de Acompanhamento da Operação Hidráulica GTAOH Grupo de Trabalho de Segurança de Barragens GTSB Comissão Especial Permanente CEIVAP Guandu CEPCG Estrutura CEIVAP Grupo de Trabalho Macrófitas GT Macrófitas Grupo de Trabalho Pagamento por Serviços Ambientais GT PSA
  • 3. Composição CEIVAP Poder Público Federal 3 representantes da União indicados pelo Ministério do Meio Ambiente Poder Público Estadual 3 representantes das Secretarias relacionadas ao gerenciamento dos recursos hídricos e à gestão ambiental 3 representantes das Secretarias relacionadas ao gerenciamento dos recursos hídricos e à gestão ambiental 3 representantes das Secretarias relacionadas ao gerenciamento dos recursos hídricos e à gestão ambiental Poder Público Municipal 4 representantes de Prefeituras de Municípios ou de Associações de Municípios 4 representantes de Prefeituras de Municípios ou de Associações de Municípios 3 representantes de Prefeituras de Municípios ou de Associações de Municípios 2 representantes do abastecimento urbano e lançamento de efluentes 2 representantes do abastecimento urbano e lançamento de efluentes 2 representantes do abastecimento urbano e lançamento de efluentes 2 representantes indústria e mineração 3 representantes indústria e mineração 4 representantes indústria e mineração 1 representante irrigação e uso agropecuário 1 representante irrigação e uso agropecuário 1 representante irrigação e uso agropecuário 2 representante setor de hidroeletricidade 1 representante setor de hidroeletricidade 1 representante setor de hidroeletricidade 1 representante associações de usuários de recursos hídricos 1 representante associações de usuários de recursos hídricos 0 representante associações de usuários de recursos hídricos 2 representantes organizações técnicas, profissionais e de ensino e pesquisa com interesse na área de recursos hídricos 2 representantes organizações técnicas, profissionais e de ensino e pesquisa com interesse na área de recursos hídricos 2 representantes organizações técnicas, profissionais e de ensino e pesquisa com interesse na área de recursos hídricos 2 representantes ONGs com objetivos de defesa de interesses difusos e coletivos da sociedade e atuação em defesa dos recursos hídricos 2 representantes ONGs com objetivos de defesa de interesses difusos e coletivos da sociedade e atuação em defesa dos recursos hídricos 3 representantes ONGs com objetivos de defesa de interesses difusos e coletivos da sociedade e atuação em defesa dos recursos hídricos São Paulo Sociedade Civil Usuários de Água União Minas Gerais Total de 60 membros Rio de Janeiro
  • 5. Principais municípios da Bacia Dos 184 municípios cabe destacar: No Estado de Minas Gerais: Além Paraíba, Barbacena, Carangola, Juiz de Fora, Muriaé, Santos Dumont e Ubá. → → → No Estado do Rio de Janeiro: Barra do Piraí, Campos dos Goytacazes, Macaé, Petrópolis, Piraí, Porto Real, Resende e Volta Redonda. No Estado de São Paulo: Aparecida, Cruzeiro, Guaratinguetá, Guarulhos Jacareí, São José dos Campos e Taubaté.
  • 6. Diretoria Colegiada Em 30 de junho de 2017, durante a 1ª Reunião Extraordinária o CEIVAP, no Rio de Janeiro/RJ, a atual Diretoria Colegiada do CEIVAP (biênio 2017/2019) tomou posse. Presidente MONICA PORTO (ao centro na foto) Vice-Presidente MATHEUS MACHADO CREMONESE (à esquerda na foto) Secretário EDUARDO SCHLAEPFER RIBEIRO DANTAS (à direita na foto)
  • 7. As ações do CEIVAP são desenvolvidas em conformidade com seu Plano de Aplicação Plurianual – PAP, que é a ferramenta de planejamento utilizada para alocação de recursos do Comitê tendo como base o Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Paraíba do Sul. O PAP é dividido por componentes, subcomponentes e programas. Plano de Aplicação Plurianual - PAP
  • 9. Dos 327 projetos do CEIVAP, cabe destacar: A implantação do SIGA - Sistema de Informações Geográficas e Geoambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul. A elaboração e a implantação do Plano de Comunicação do Comitê. A implementação de Programas de Pagamentos por Serviços Ambientais - PSA através de Unidades Demonstrativas (UDs) com práticas integradas de Recuperação e Conservação de pequenas bacias hidrográficas. → → → → O financiamento das Captações Emergenciais identificadas em função da crise hídrica. → A implantação do Programa de Educação Ambiental através da criação de uma plataforma digital para ensino a distância ou presencial na elaboração de projetos. Projetos
  • 10. → A criação e implantação do Programa Escola de Projetos, que capacitação empregados da agência e estudantes na elaboração de projetos e planos com foco em recursos hídricos. → A criação do Programa MONITORAR. → Continuidade na elaboração de 178 planos municipais (PMSB, PMGIRS e Planos Municipais Específicos de Saneamento Básico. O desenvolvimento do Programa PROTRATAR. → Projetos
  • 11. O Programa de Pagamentos por Serviços Ambientais – PSA Hídrico do CEIVAP visa selecionar, através de inscrição de proposta, projetos que contemplem ações de restauração e conservação florestal, conforme definições do Programa de Pagamento por Serviço Ambiental com foco em Recursos Hídricos – PSA Hídrico do CEIVAP, elaborados por municípios ou instituições Executoras em parceria com municípios. PSA Hídrico Atualmente o PSA Hídrico do CEIVAP está em fase de execução dos projetos e contempla os três estados da Bacia: Minas Gerais, Rio de janeiro e São Paulo. Conforme definido no Plano de Aplicação Plurianual do CEIVAP – PAP foi aportado R$ 17.000.000 para investimento no referido Programa entre os anos de 2017 a 2020.
  • 12. TdR PSA-Hídrico Edital 004/2014 2 2,27 ha 10,8 ha 11 30 ha 30 ha 6 10 ha 10 ha 12 25,74 ha 25,92 ha 12 32,41 ha 6,18 ha 27 20 ha 23 ha 12 27,97 ha 11,52 ha 4 352,9 ha 50,48 ha SJC 17 0 ha 38,17 ha Guaratinguetá 5 20 ha 40 ha Resend e 7 21 ha 39 ha Barra Mansa 1 10 ha 8 ha Areal Paraíba do Sul Paty do Alferes Petrópolis Carapebus Rio Pomba Muriaé SSVA TOTAL Provedores: 116 Conservação: 588,4 ha Restauração: 256,9 ha Abrangência - PSA Hídrico
  • 13. Placa do PSA Hídrico - Rancho Bela Vista, Resende/RJ Abrangência - PSA Hídrico
  • 14. Conforme Relatório de Diagnóstico do Plano Integrado de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, o potencial de poluição orgânica das diversas formas de despejo é medido pela sua carga de material orgânico, quantificado pela Demanda Bioquímica de Oxigênio - DBO5,20. A figura a seguir, mostra o balanço de massa em termos de DBO5,20, considerando a população urbana da região da bacia como um todo e os dados considerados no presente estudo. Efluentes tratados na Bacia
  • 15. Nesse contexto, observa-se que os municípios da bacia produzem cerca de 305 toneladas de DBO5,20 por dia, das quais 247 toneladas são recolhidas por redes coletoras e o restante disposto em sistemas de fossas. Da quantidade recolhida pelas redes coletoras, 144 toneladas são lançadas diretamente nos cursos d’água. O restante passa por sistemas de tratamento que conseguem reduzir, em cerca de 80% a carga de material orgânico. Efluentes tratados na Bacia
  • 16. Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul A bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul enfrentou nos anos de 2014 e 2015 a maior seca já registrada em sua história, o que consequentemente, ocasionou uma queda drástica no nível de todos os reservatórios que compõe o esquema de reservatórios da bacia. No decorrer de 2014, com a diminuição gradativa do nível dos reservatórios e a estiagem prolongada, foi sendo estabelecida uma situação crítica de escassez hídrica na Bacia, com os piores índices registrados desde a maior seca já ocorrida, no ano de 1955.
  • 17. Ações do CEIVAP para mitigação da Crise Hídrica Acompanhamento dos reservatórios realizado no âmbito do Grupo de Trabalho Permanente de Acompanhamento da Operação Hidráulica do Rio Paraíba do sul (GTAOH), do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP) evitando o esvaziamento dos mesmos com a manutenção da capacidade de armazenamento do reservatório equivalente da Bacia do rio Paraíba do Sul; Realização de obras emergenciais para adequações nas captações dos municípios que poderiam ter prejuízos severos com as reduções de vazões, no valor total de R$ 8.500.000,00 (oito milhões e quinhentos mil reais) para os municípios com as captações mais afetadas. Tendo em vista, a ocorrência de maior de volume de chuvas, principalmente a partir de dezembro de 2015, atreladas às ações citadas acima, foi possível a recuperação da capacidade de armazenamento do reservatório equivalente da bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. → → →
  • 18. Acordo entre STF e Órgãos Gestores com participação do CEIVAP Em 10 de dezembro de 2015 foi firmado dia Acordo do Supremo Tribunal Federal com órgãos gestores e Resolução Conjunta (ANA, DAEE, IGAM e INEA) com novas regras sobre a operação do Sistema Hidráulico da Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul onde o CEIVAP atuou desde a instância de seu grupo de trabalho GTAOH discutindo as propostas, bem como no Grupo criado pela ANA com a participação dos órgãos gestores e CEIVAP. As novas regras para viabilizar a interligação Jaguari-Atibainha, foram criadas para garantir aportes adicionais de até 5,3m³/s de água da Bacia do Paraíba do Sul ao Sistema Cantareira, quando necessário, porém a interligação só poderia funcionar quando o padrão de chuvas registradas estivesse dentro da normalidade e respeitando o limite mínimo de vazões a jusante dos reservatórios que compõe o sistema.
  • 19. Regra atual de operação do Sistema Hidráulico do Rio Paraíba do Sul Conforme Resolução Conjunta ANA/DAEE/IGAM/INEA Nº1382, de 07/12/2015, segue a Regra atual de operação do Sistema Hidráulico do Rio Paraíba do Sul:
  • 20. Conclusão A Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul é de suma importância para as cidades abrangidas na mesma. Neste sentido, todos as medidas tem sido tomadas, principalmente no que diz à respeito à atuação do CEIVAP, para garantia de água em quantidade e qualidade. Cabe ressaltar que os esforços para evitar-se uma nova crise hídrica continuam sendo realizados de forma constante através do acompanhamento do GTAOH e da Diretoria Colegiada do CEIVAP. A atual Diretoria do Comitê tem atuado desde o início do seu mandato, em junho de 2017, com a preocupação de uma gestão participativa que envolva todos os segmentos do Comitê (União, Estado, Municípios, Usuários e Sociedade Civil) com a finalidade de uma aplicação efetiva dos recursos disponibilizados em prol do desenvolvimento da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.
  • 21. OBRIGADO Matheus Machado Cremonese Vice-Presidente do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul – CEIVAP cremonese78@yahoo.com.br ceivap@agevap.org.br