SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
APRENDIZAGEM POR
CONDICIONAMENTO OPERANTE
Trabalho realizado por:
Ana Sousa
Mara Cruz
Vítor Caldas
Catarina Neivas
Escola Secundária António Nobre
Módulo 5 – Fatores e Processos de Aprendizagem
Professora Carmen Rocha
Psicologia
Índice
 Introdução
 Definição de Aprendizagem
 Fatores de Aprendizagem
 Importância da Aprendizagem
 Definição de Condicionamento Operante
 Origem do Condicionamento Operante
 Condicionamento Operante e Clássico
Índice
 Autores
 Caixa de Skinner
 Reforço
 Punição
 Caixa-problema
 A “Lei do Efeito”
 Conclusão
 Webgrafia
Introdução
Neste trabalho iremos primeiramente definir aprendizagem.
Posteriormente iremos desenvolver o conceito de
Condicionamento Operante, isto é, iremos explicar em que se
baseia, revelar quem foram os seus principais autores e que
experiências definiram este processo de aprendizagem.
Definição de Aprendizagem
É o processo no qual o ser humano se adapta ao que o rodeia através
de:
 Observação direta;
 Erros cometidos;
 Experiência.
Definição de Aprendizagem
Há uma mudança comportamental e de atitudes relativamente
duradoura e estável que deriva da experiência e da prática.
Fatores de Aprendizagem
 Motivação;
 Os conhecimentos anteriores;
 A quantidade de informação;
 A diversidade das atividades;
 A planificação e a organização;
 A cooperação.
Importância da Aprendizagem
 A aprendizagem permite-nos adquirir novos modos de agir,
de reagir e de alterar os nossos comportamentos para
adaptarmo-nos a novas situações;
 Com a aprendizagem adquirimos saberes, formas de estar;
 A aprendizagem determina o nosso pensamento, a nossa
linguagem, as motivações e as atitudes, a personalidade.
Importância da Aprendizagem
Definição Condicionamento
Operante
Processo através do qual associa-se um comportamento às suas
consequências e efeitos, ou seja, o sujeito adapta as suas
atitudes respostas ao estimulo conforme as consequências dos
seus atos.
Associação de um comportamento às suas consequências e
efeitos. Isto é, as respostas são aprendidas de acordo com um
carácter:
 Satisfatório a resposta ao comportamento
aumenta;
 Desagradável a resposta ao comportamento
diminui.
Definição Condicionamento
Operante
Origem do Condicionamento Operante
Thorndike esteve na origem do surgimento do condicionamento
operante, pois foi baseando-se nas suas primeiras experiências
que, mais tarde, Skinner desenvolveu a sua teoria sobre este
processo de aprendizagem.
Condicionamento Operante e
Clássico
O Condicionamento clássico
antecipa fenómenos do
meio.
O condicionamento
operante modifica o próprio
meio.
Condicionamento Clássico Condicionamento Operante
Autores
Edward Thorndike (1874-1949)
autor da “caixa-problema”.
Frederic Skinner (1904-1990)
autor da “Caixa de Skinner”.
Thorndike Skinner
Caixa de Skinner
Reforço
Skinner mostra que os comportamentos são mais permanentes
e intensos em função do reforço.
O Reforço aumenta a probabilidade de o comportamento
ocorrer de novo ou de se extinguir.
Reforço
Quando o sujeito aprende
novos comportamentos,
cujos efeitos são agradáveis,
porque lhe provocam prazer.
Quando a aprendizagem
tem como efeito a remoção
de estímulos aversivos ou
desagradáveis que lhe
provocariam dor.
Reforço Positivo Reforço Negativo
Punição
O castigo ou punição surge na sequência de um
comportamento considerado indesejável e que, por isso
mesmo, se pretende extingui ou inibir, ou seja, diminuir a
probabilidade da sua ocorrência.
Reforço Positivo, Negativo e
Punição
Processo Comportamento Consequência Efeito do
comportamento
Reforço Positivo
Estudar com a
namorada para o
teste de Psicologia.
Boa classificação
no teste para
ambos.
A tendência para
os dois namorados
estudarem em
conjunto para os
outros testes é
fortalecida.
Reforço Negativo
Tomar aspirina para
combater uma
forte dor de
cabeça
Alívio significativo
da dor de cabeça
(remoção deste
estímulo aversivo
ou desagradável).
A tendência para
tomar aspirina
quando surguir
outra dor de
cabeça é
fortalecida.
Punição
Joana recusa-se a
comer a sopa.
Os pais castigam-
na proibindo-a de
ver televisão.
A tendência de
recusar comer
sopa
eventualmente
diminuirá (é
enfraquecida).
Caixa-problema
Concebida por Thorndike, a “caixa-problema” era o nome do
recinto em que o animal da experiência era colocado.
Do lado de fora encontrava-se o seu alimento e o animal podia
vê-lo diretamente do interior da caixa.
Caixa-problema
O animal poderia sair de lá e obter o alimento se desse uma
resposta instrumental apropriada.
Os animais aprendiam a dar a resposta correta por “ensaios e
erros com êxito acidental”.
A "Lei do Efeito"
Um comportamento com consequências satisfatórias é mais
provável do que um comportamento cujas consequências são
insatisfatórias ou pouco satisfatórias.
Thorndike fez muitas experiências com gatos, com o objetivo de
analisar a forma como os animais resolviam uma situação-
problema.
Numa dessas experiências queria estudar como os gatos
aprendiam a sair de uma caixa.
Após a mesma, conclui que o gato fez uma aprendizagem
gradual e progressiva através da lei do efeito.
A "Lei do Efeito"
 Respostas com recompensa, são aprendidas e repetidas;
 Respostas com consequências desagradáveis, tendem a não
se repetir.
A "Lei do Efeito"
Conclusão
Com este trabalho, podemos concluir que a aprendizagem
pode ser realizada através do condicionamento clássico ou
condicionamento operante. Estas são duas formas distintas, que
foram estudadas por Pavlov e Thordike através de
experiências, respetivamente. Mas, mais tarde, Skinner ainda
veio reforçar com a sua experiência - caixa de Skinner - a
aprendizagem por condicionamento operante.
Ainda, podemos concluir que estes dois métodos diferem em
relação ao estimulo, resposta, relação entre resposta e reforço
e por fim, a atitude do sujeito.
Webgrafia
 "http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=9XumLBjBCaQ#
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=EP6GsED0Hmk
 http://psicologiaexperimental.blogs.sapo.pt/877.html
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=iPZdg1S1nL8
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=9XumLBjBCaQ
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=--VoFnc7z-Y
 http://www.psicoloucos.com/Influencias-do-Behaviorismo/a-caixa-problema-de-
thorndike.html
 http://www.notapositiva.com/pt/apntestbs/psicologia/12processcognitaprend.htm
Bibliografia
 Rumos da Psicologia", (Adelino Cardoso e outros, título
10º/11º, 2º volume, Edições Rumo, 3ª Edição, Agosto de 1990);
 "Psicologia B", (Luís Rodrigues, título, 12º, unidade 1, Plátano
Editora, Março de 2009);

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentocarolmorbach
 
Aprendizagem Social Bandura
Aprendizagem Social BanduraAprendizagem Social Bandura
Aprendizagem Social Banduraaritovi
 
Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1Caio Maximino
 
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialErikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialpsicologiaazambuja
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemMarcelo Assis
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovEduardo Manfré
 
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1Nilson Dias Castelano
 
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoBehaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoAndre Thieme
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerEduardo Petrucci
 
Teoria de Albert Bandura
Teoria de Albert BanduraTeoria de Albert Bandura
Teoria de Albert BanduraAmália Beims
 
Filogénese e Ontogénese
Filogénese e OntogéneseFilogénese e Ontogénese
Filogénese e OntogéneseJorge Barbosa
 
Modelagem e manutenção do comportamento
Modelagem e manutenção do comportamentoModelagem e manutenção do comportamento
Modelagem e manutenção do comportamentoCaio Maximino
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologiaLaércio Góes
 

Mais procurados (20)

Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamento
 
A Psicologia da Aprendizagem
A Psicologia da AprendizagemA Psicologia da Aprendizagem
A Psicologia da Aprendizagem
 
Aprendizagem Social Bandura
Aprendizagem Social BanduraAprendizagem Social Bandura
Aprendizagem Social Bandura
 
teorias da personalidade - Carl Rogers
teorias da personalidade - Carl Rogersteorias da personalidade - Carl Rogers
teorias da personalidade - Carl Rogers
 
Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1
 
Behaviorismo de Skinner
Behaviorismo de SkinnerBehaviorismo de Skinner
Behaviorismo de Skinner
 
Condicionamento respondente
Condicionamento respondenteCondicionamento respondente
Condicionamento respondente
 
O behaviorismo 2
O  behaviorismo 2O  behaviorismo 2
O behaviorismo 2
 
Behaviorismo
Behaviorismo Behaviorismo
Behaviorismo
 
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocialErikson e o desenvolvimento psicossocial
Erikson e o desenvolvimento psicossocial
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
 
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1O comportamento humano e a aprendizagem - v1
O comportamento humano e a aprendizagem - v1
 
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do ComportamentoBehaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
Behaviorismo x Análise Experimental do Comportamento
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de Skinner
 
Teoria de Albert Bandura
Teoria de Albert BanduraTeoria de Albert Bandura
Teoria de Albert Bandura
 
Filogénese e Ontogénese
Filogénese e OntogéneseFilogénese e Ontogénese
Filogénese e Ontogénese
 
Modelagem e manutenção do comportamento
Modelagem e manutenção do comportamentoModelagem e manutenção do comportamento
Modelagem e manutenção do comportamento
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologia
 

Destaque (11)

Condicionamento operante
Condicionamento operanteCondicionamento operante
Condicionamento operante
 
Condicionamento
CondicionamentoCondicionamento
Condicionamento
 
Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014
 
Condicionamento operante
Condicionamento operanteCondicionamento operante
Condicionamento operante
 
Lei do efeito
Lei do efeitoLei do efeito
Lei do efeito
 
Teorias Behavioristas
Teorias BehavioristasTeorias Behavioristas
Teorias Behavioristas
 
Condicionamiento Operante
Condicionamiento OperanteCondicionamiento Operante
Condicionamiento Operante
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
 
Skinner condicionamiento operante
Skinner condicionamiento operanteSkinner condicionamiento operante
Skinner condicionamiento operante
 
Tipos De Aprendizagem
Tipos De AprendizagemTipos De Aprendizagem
Tipos De Aprendizagem
 
Psicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagemPsicologia da aprendizagem
Psicologia da aprendizagem
 

Semelhante a Aprendizagem no Condicionamento Operante

O ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behavioristaO ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behavioristaGLEYDSON ROCHA
 
teoria de ensaio erro.docx
teoria de ensaio erro.docxteoria de ensaio erro.docx
teoria de ensaio erro.docxMrioMabunda1
 
Burrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinnerBurrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinnermagdasimone
 
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdf
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdfMaterial de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdf
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdfJorge925180
 
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamento
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamentoRelatório de aulas práticas de análise experimental do comportamento
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamentoYasmin Behrmann
 
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptx
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptxAula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptx
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptxCndidaPsi
 
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.ppt
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.pptbehaviorismo_em_pavlov_e_skinner.ppt
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.pptMonalisa Costa
 
Aprendizagens Comportamentais.ppt
Aprendizagens Comportamentais.pptAprendizagens Comportamentais.ppt
Aprendizagens Comportamentais.pptAlessandra Pereira
 
aprendizagem.pptx
aprendizagem.pptxaprendizagem.pptx
aprendizagem.pptxHllemLuna
 
slides Introdução à psicologia.ppt
slides Introdução à psicologia.pptslides Introdução à psicologia.ppt
slides Introdução à psicologia.pptceciliamonteiro12
 
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia CientíficaAula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia Científicanatboy51
 

Semelhante a Aprendizagem no Condicionamento Operante (20)

O ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behavioristaO ambientalismo e a abordagem behaviorista
O ambientalismo e a abordagem behaviorista
 
teoria de ensaio erro.docx
teoria de ensaio erro.docxteoria de ensaio erro.docx
teoria de ensaio erro.docx
 
A aprendizagem
A aprendizagemA aprendizagem
A aprendizagem
 
Burrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinnerBurrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinner
 
Passo 6 2007 1
Passo 6 2007 1Passo 6 2007 1
Passo 6 2007 1
 
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdf
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdfMaterial de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdf
Material de apoio-Teorias de Aprendizagem2023.pdf
 
APRENDIZAGEM
APRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM
APRENDIZAGEM
 
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamento
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamentoRelatório de aulas práticas de análise experimental do comportamento
Relatório de aulas práticas de análise experimental do comportamento
 
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptx
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptxAula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptx
Aula 01 - Skinner condicionamento e aprendizagem.pptx
 
Passo 5 2007 1
Passo 5 2007 1Passo 5 2007 1
Passo 5 2007 1
 
aprendizagem
aprendizagemaprendizagem
aprendizagem
 
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.ppt
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.pptbehaviorismo_em_pavlov_e_skinner.ppt
behaviorismo_em_pavlov_e_skinner.ppt
 
Aprendizagens Comportamentais.ppt
Aprendizagens Comportamentais.pptAprendizagens Comportamentais.ppt
Aprendizagens Comportamentais.ppt
 
I.p 1
I.p 1I.p 1
I.p 1
 
Behaviorismo ss
Behaviorismo ssBehaviorismo ss
Behaviorismo ss
 
aprendizagem.pptx
aprendizagem.pptxaprendizagem.pptx
aprendizagem.pptx
 
Aprendizagem e memória
Aprendizagem e memóriaAprendizagem e memória
Aprendizagem e memória
 
psic_5_7.pdf
psic_5_7.pdfpsic_5_7.pdf
psic_5_7.pdf
 
slides Introdução à psicologia.ppt
slides Introdução à psicologia.pptslides Introdução à psicologia.ppt
slides Introdução à psicologia.ppt
 
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia CientíficaAula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
 

Mais de CatarinaNeivas

Gestão de recursos humanos no desporto
Gestão de recursos humanos no desportoGestão de recursos humanos no desporto
Gestão de recursos humanos no desportoCatarinaNeivas
 
Gestão de Complexos Desportivos
Gestão de Complexos DesportivosGestão de Complexos Desportivos
Gestão de Complexos DesportivosCatarinaNeivas
 
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionaisInteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionaisCatarinaNeivas
 
Sigmund Freud - Psicanálise
Sigmund Freud - PsicanáliseSigmund Freud - Psicanálise
Sigmund Freud - PsicanáliseCatarinaNeivas
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesCatarinaNeivas
 
Relações Públicas no Desporto
Relações Públicas no DesportoRelações Públicas no Desporto
Relações Públicas no DesportoCatarinaNeivas
 
Planos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no DesportoPlanos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no DesportoCatarinaNeivas
 
Marketing no Desporto - Marca
Marketing no Desporto - MarcaMarketing no Desporto - Marca
Marketing no Desporto - MarcaCatarinaNeivas
 
Financiamento e Patrocínio no Desporto
Financiamento e Patrocínio no Desporto Financiamento e Patrocínio no Desporto
Financiamento e Patrocínio no Desporto CatarinaNeivas
 
Módulo 4 salas e pavilhões desportivos
Módulo 4   salas e pavilhões desportivosMódulo 4   salas e pavilhões desportivos
Módulo 4 salas e pavilhões desportivosCatarinaNeivas
 
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)CatarinaNeivas
 

Mais de CatarinaNeivas (18)

Gestão de recursos humanos no desporto
Gestão de recursos humanos no desportoGestão de recursos humanos no desporto
Gestão de recursos humanos no desporto
 
Gestão de Complexos Desportivos
Gestão de Complexos DesportivosGestão de Complexos Desportivos
Gestão de Complexos Desportivos
 
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionaisInteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
Inteligência - Processos cognitivos, emocionais e motivacionais
 
Sigmund Freud - Psicanálise
Sigmund Freud - PsicanáliseSigmund Freud - Psicanálise
Sigmund Freud - Psicanálise
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa  Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa
 
Questão coimbrã
Questão coimbrãQuestão coimbrã
Questão coimbrã
 
Escravatura
EscravaturaEscravatura
Escravatura
 
Canoagem Sebenta
Canoagem SebentaCanoagem Sebenta
Canoagem Sebenta
 
Golfe Sebenta
Golfe SebentaGolfe Sebenta
Golfe Sebenta
 
Basquetebol Sebenta
Basquetebol SebentaBasquetebol Sebenta
Basquetebol Sebenta
 
Relações Públicas no Desporto
Relações Públicas no DesportoRelações Públicas no Desporto
Relações Públicas no Desporto
 
Planos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no DesportoPlanos de Comunicação no Desporto
Planos de Comunicação no Desporto
 
Marketing no Desporto
Marketing no DesportoMarketing no Desporto
Marketing no Desporto
 
Marketing no Desporto - Marca
Marketing no Desporto - MarcaMarketing no Desporto - Marca
Marketing no Desporto - Marca
 
Financiamento e Patrocínio no Desporto
Financiamento e Patrocínio no Desporto Financiamento e Patrocínio no Desporto
Financiamento e Patrocínio no Desporto
 
Módulo 4 salas e pavilhões desportivos
Módulo 4   salas e pavilhões desportivosMódulo 4   salas e pavilhões desportivos
Módulo 4 salas e pavilhões desportivos
 
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
 

Aprendizagem no Condicionamento Operante

  • 1. APRENDIZAGEM POR CONDICIONAMENTO OPERANTE Trabalho realizado por: Ana Sousa Mara Cruz Vítor Caldas Catarina Neivas Escola Secundária António Nobre Módulo 5 – Fatores e Processos de Aprendizagem Professora Carmen Rocha Psicologia
  • 2. Índice  Introdução  Definição de Aprendizagem  Fatores de Aprendizagem  Importância da Aprendizagem  Definição de Condicionamento Operante  Origem do Condicionamento Operante  Condicionamento Operante e Clássico
  • 3. Índice  Autores  Caixa de Skinner  Reforço  Punição  Caixa-problema  A “Lei do Efeito”  Conclusão  Webgrafia
  • 4. Introdução Neste trabalho iremos primeiramente definir aprendizagem. Posteriormente iremos desenvolver o conceito de Condicionamento Operante, isto é, iremos explicar em que se baseia, revelar quem foram os seus principais autores e que experiências definiram este processo de aprendizagem.
  • 5. Definição de Aprendizagem É o processo no qual o ser humano se adapta ao que o rodeia através de:  Observação direta;  Erros cometidos;  Experiência.
  • 6. Definição de Aprendizagem Há uma mudança comportamental e de atitudes relativamente duradoura e estável que deriva da experiência e da prática.
  • 7. Fatores de Aprendizagem  Motivação;  Os conhecimentos anteriores;  A quantidade de informação;  A diversidade das atividades;  A planificação e a organização;  A cooperação.
  • 8. Importância da Aprendizagem  A aprendizagem permite-nos adquirir novos modos de agir, de reagir e de alterar os nossos comportamentos para adaptarmo-nos a novas situações;
  • 9.  Com a aprendizagem adquirimos saberes, formas de estar;  A aprendizagem determina o nosso pensamento, a nossa linguagem, as motivações e as atitudes, a personalidade. Importância da Aprendizagem
  • 10. Definição Condicionamento Operante Processo através do qual associa-se um comportamento às suas consequências e efeitos, ou seja, o sujeito adapta as suas atitudes respostas ao estimulo conforme as consequências dos seus atos.
  • 11. Associação de um comportamento às suas consequências e efeitos. Isto é, as respostas são aprendidas de acordo com um carácter:  Satisfatório a resposta ao comportamento aumenta;  Desagradável a resposta ao comportamento diminui. Definição Condicionamento Operante
  • 12. Origem do Condicionamento Operante Thorndike esteve na origem do surgimento do condicionamento operante, pois foi baseando-se nas suas primeiras experiências que, mais tarde, Skinner desenvolveu a sua teoria sobre este processo de aprendizagem.
  • 13. Condicionamento Operante e Clássico O Condicionamento clássico antecipa fenómenos do meio. O condicionamento operante modifica o próprio meio. Condicionamento Clássico Condicionamento Operante
  • 14. Autores Edward Thorndike (1874-1949) autor da “caixa-problema”. Frederic Skinner (1904-1990) autor da “Caixa de Skinner”. Thorndike Skinner
  • 16. Reforço Skinner mostra que os comportamentos são mais permanentes e intensos em função do reforço. O Reforço aumenta a probabilidade de o comportamento ocorrer de novo ou de se extinguir.
  • 17. Reforço Quando o sujeito aprende novos comportamentos, cujos efeitos são agradáveis, porque lhe provocam prazer. Quando a aprendizagem tem como efeito a remoção de estímulos aversivos ou desagradáveis que lhe provocariam dor. Reforço Positivo Reforço Negativo
  • 18. Punição O castigo ou punição surge na sequência de um comportamento considerado indesejável e que, por isso mesmo, se pretende extingui ou inibir, ou seja, diminuir a probabilidade da sua ocorrência.
  • 19. Reforço Positivo, Negativo e Punição Processo Comportamento Consequência Efeito do comportamento Reforço Positivo Estudar com a namorada para o teste de Psicologia. Boa classificação no teste para ambos. A tendência para os dois namorados estudarem em conjunto para os outros testes é fortalecida. Reforço Negativo Tomar aspirina para combater uma forte dor de cabeça Alívio significativo da dor de cabeça (remoção deste estímulo aversivo ou desagradável). A tendência para tomar aspirina quando surguir outra dor de cabeça é fortalecida. Punição Joana recusa-se a comer a sopa. Os pais castigam- na proibindo-a de ver televisão. A tendência de recusar comer sopa eventualmente diminuirá (é enfraquecida).
  • 20. Caixa-problema Concebida por Thorndike, a “caixa-problema” era o nome do recinto em que o animal da experiência era colocado. Do lado de fora encontrava-se o seu alimento e o animal podia vê-lo diretamente do interior da caixa.
  • 21. Caixa-problema O animal poderia sair de lá e obter o alimento se desse uma resposta instrumental apropriada. Os animais aprendiam a dar a resposta correta por “ensaios e erros com êxito acidental”.
  • 22. A "Lei do Efeito" Um comportamento com consequências satisfatórias é mais provável do que um comportamento cujas consequências são insatisfatórias ou pouco satisfatórias.
  • 23. Thorndike fez muitas experiências com gatos, com o objetivo de analisar a forma como os animais resolviam uma situação- problema. Numa dessas experiências queria estudar como os gatos aprendiam a sair de uma caixa. Após a mesma, conclui que o gato fez uma aprendizagem gradual e progressiva através da lei do efeito. A "Lei do Efeito"
  • 24.  Respostas com recompensa, são aprendidas e repetidas;  Respostas com consequências desagradáveis, tendem a não se repetir. A "Lei do Efeito"
  • 25. Conclusão Com este trabalho, podemos concluir que a aprendizagem pode ser realizada através do condicionamento clássico ou condicionamento operante. Estas são duas formas distintas, que foram estudadas por Pavlov e Thordike através de experiências, respetivamente. Mas, mais tarde, Skinner ainda veio reforçar com a sua experiência - caixa de Skinner - a aprendizagem por condicionamento operante. Ainda, podemos concluir que estes dois métodos diferem em relação ao estimulo, resposta, relação entre resposta e reforço e por fim, a atitude do sujeito.
  • 26. Webgrafia  "http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=9XumLBjBCaQ#  http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=EP6GsED0Hmk  http://psicologiaexperimental.blogs.sapo.pt/877.html  http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=iPZdg1S1nL8  http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=9XumLBjBCaQ  http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=--VoFnc7z-Y  http://www.psicoloucos.com/Influencias-do-Behaviorismo/a-caixa-problema-de- thorndike.html  http://www.notapositiva.com/pt/apntestbs/psicologia/12processcognitaprend.htm
  • 27. Bibliografia  Rumos da Psicologia", (Adelino Cardoso e outros, título 10º/11º, 2º volume, Edições Rumo, 3ª Edição, Agosto de 1990);  "Psicologia B", (Luís Rodrigues, título, 12º, unidade 1, Plátano Editora, Março de 2009);