SlideShare uma empresa Scribd logo
 
Justificativa  Diante da possivelmente duradoura transição energética em todo o mundo, que nos dias atuais depende quase que exclusivamente do petróleo e carvão mineral, procura-se a cada dia buscar novas alternativas para suprir esta demanda.  Devido à vasta dimensão continental que o Brasil oferece e sua diversidade de clima e solo, estima-se a possibilidade de ter-se mais de 200 espécies oleaginosas com potencial para produzir óleo como fonte de matéria - prima para a produção de biocombustível. Tendo em vista a urgente necessidade de fundir pesquisas na área, busca-se com a planta de girassol ( Helianthus   annuus )  o aprimoramento de estudos para a produção em massa desta oleaginosa, através da  micropropagação   in vitro.  Pois a mesma tem demonstrado grande importância prática e potencial nas áreas agrícolas, apresentando características agronômicas importantes, como maior resistência à seca, ao frio e ao calor do que a maioria das espécies normalmente cultivadas no Brasil.
O Girassol,  Helianthus annuus,  é uma dicotiledônea anual da família Asteraceae, originária do continente Norte Americano. Atualmente, o girassol é cultivado em todos os continentes, em área que atinge aproximadamente 18 milhões de hectares. Destaca-se como a quarta oleaginosa em produção de grãos e a quinta em área cultivada no mundo.  O principal produto do girassol é o óleo extraído dos aquênios
Objetivo Realizar a micropropagação  de meristemas (tecido de crescimento) do girassol,  Helianthus annuus.  submetendo-se  ao tratamento de assepsia das  mudas recém plantadas.
Materiais e Métodos 1ª ETAPA:  Produzir um Jardim Clonal:  Plantio de sementes selecionadas. Escolha das mudas mais desenvolvidas. 2ª ETAPA: Micropropagação do tecido vegetal (meristema)
Materiais e equipamentos: *Bico de Bunsen *Bisturi *Béquer com 250ml água destilada *Béquer com solução 10% de hipoclorito de sódio * Álcool etílico 70% *Placas de Petri esterilizadas *Partes de planta mãe com meristema *Tubo com meio de cultura :  1 litro de água   5g de agar-agar   5 g de sacarose (açúcar)   2 gotas  de super adubo  Em ambiente esterilizado (capela de fluxo laminar): Misturar todos os produtos; ferver  e colocar nos tubos préviamente esterilizados.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura de Tecidos
Cultura de Tecidos Cultura de Tecidos
Cultura de Tecidos
Lucas Alexandre
 
Plantas transgénicas
Plantas transgénicasPlantas transgénicas
Plantas transgénicas
Abílio Duarte
 
Cartilha transgenicos
Cartilha transgenicosCartilha transgenicos
Cartilha transgenicos
fabio silva
 
Organismos transgênico.
Organismos transgênico.Organismos transgênico.
Organismos transgênico.
Petterson Castro
 
Biotecnologia trangenicos
Biotecnologia trangenicosBiotecnologia trangenicos
Biotecnologia trangenicos
profvinicius
 
Transgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticosTransgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticos
Conceição Áquila
 
TRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOSTRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOS
Maria Izabel Chaves
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
Éllon Oliveira
 
Os transgênicos
Os transgênicosOs transgênicos
Os transgênicos
María Paula B
 
Transgênicos final
Transgênicos finalTransgênicos final
Transgênicos final
Sued De Melo Araujo
 
Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos
Ana Rita
 
Ogm
OgmOgm
Organismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificadosOrganismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificados
Guillermo Enrique Guedes Scheel
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
Cassio Leal
 
Alimentos transgénicos Andrea Ortega
Alimentos transgénicos   Andrea OrtegaAlimentos transgénicos   Andrea Ortega
Alimentos transgénicos Andrea Ortega
Andrea Ortega
 
Cultura de tecidos vegetais
Cultura de tecidos vegetais Cultura de tecidos vegetais
Cultura de tecidos vegetais
Anna Clara Rios
 
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9aTema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Francini Domingues
 
Trangênicos
TrangênicosTrangênicos
Trangênicos
Amanda Góes
 
Transgênicos
Transgênicos   Transgênicos
Transgênicos
Rodolfo Sellani
 
Trabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGNTrabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGN
Rui Oliveira
 

Mais procurados (20)

Cultura de Tecidos
Cultura de Tecidos Cultura de Tecidos
Cultura de Tecidos
 
Plantas transgénicas
Plantas transgénicasPlantas transgénicas
Plantas transgénicas
 
Cartilha transgenicos
Cartilha transgenicosCartilha transgenicos
Cartilha transgenicos
 
Organismos transgênico.
Organismos transgênico.Organismos transgênico.
Organismos transgênico.
 
Biotecnologia trangenicos
Biotecnologia trangenicosBiotecnologia trangenicos
Biotecnologia trangenicos
 
Transgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticosTransgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticos
 
TRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOSTRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOS
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
 
Os transgênicos
Os transgênicosOs transgênicos
Os transgênicos
 
Transgênicos final
Transgênicos finalTransgênicos final
Transgênicos final
 
Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos
 
Ogm
OgmOgm
Ogm
 
Organismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificadosOrganismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificados
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
 
Alimentos transgénicos Andrea Ortega
Alimentos transgénicos   Andrea OrtegaAlimentos transgénicos   Andrea Ortega
Alimentos transgénicos Andrea Ortega
 
Cultura de tecidos vegetais
Cultura de tecidos vegetais Cultura de tecidos vegetais
Cultura de tecidos vegetais
 
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9aTema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
 
Trangênicos
TrangênicosTrangênicos
Trangênicos
 
Transgênicos
Transgênicos   Transgênicos
Transgênicos
 
Trabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGNTrabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGN
 

Semelhante a Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos

4
44
Aula2Substrat.pdf
Aula2Substrat.pdfAula2Substrat.pdf
Aula2Substrat.pdf
RamonRgo2
 
Girassol
GirassolGirassol
Slide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptxSlide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptx
IvanildoCalixto3
 
O linho
O linhoO linho
O linho
Manuela Alves
 
2aqui
2aqui2aqui
Aula girassol 2-2012
Aula girassol 2-2012Aula girassol 2-2012
Aula girassol 2-2012
Governo do Estado do Paraná
 
Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012
AprendizRuralPardinho
 
Viveiricultura
Viveiricultura Viveiricultura
Viveiricultura
Amanda Letícia
 
Ce cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicaoCe cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicao
Vida Agroecologia - Agricultura do Futuro
 
272681180 cartillha-agroecologia
272681180 cartillha-agroecologia272681180 cartillha-agroecologia
272681180 cartillha-agroecologia
Paulo Do Amaral
 
Ce cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicaoCe cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicao
João Siqueira da Mata
 
Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012
AprendizRuralPardinho
 
Revista aprendiz
Revista aprendizRevista aprendiz
Revista aprendiz
AprendizRuralPardinho
 
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
afermartins
 
Manua Cultivo de Plantas Medicinais
Manua Cultivo de Plantas MedicinaisManua Cultivo de Plantas Medicinais
Manua Cultivo de Plantas Medicinais
mnmaill
 
Cultivo de cogumelos senai
Cultivo de cogumelos   senaiCultivo de cogumelos   senai
Cultivo de cogumelos senai
Jorge Fernandez
 
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostosCompostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Luna Oliveira
 
Cocoinucultura apresentação
Cocoinucultura apresentaçãoCocoinucultura apresentação
Cocoinucultura apresentação
Evangela Gielow
 
Relatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
Relatório de estágio curricular - Bruna RegensburgerRelatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
Relatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
Bruna Regensburger
 

Semelhante a Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos (20)

4
44
4
 
Aula2Substrat.pdf
Aula2Substrat.pdfAula2Substrat.pdf
Aula2Substrat.pdf
 
Girassol
GirassolGirassol
Girassol
 
Slide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptxSlide-Couve.pptx
Slide-Couve.pptx
 
O linho
O linhoO linho
O linho
 
2aqui
2aqui2aqui
2aqui
 
Aula girassol 2-2012
Aula girassol 2-2012Aula girassol 2-2012
Aula girassol 2-2012
 
Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012
 
Viveiricultura
Viveiricultura Viveiricultura
Viveiricultura
 
Ce cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicaoCe cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicao
 
272681180 cartillha-agroecologia
272681180 cartillha-agroecologia272681180 cartillha-agroecologia
272681180 cartillha-agroecologia
 
Ce cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicaoCe cartilha agroecologia_3edicao
Ce cartilha agroecologia_3edicao
 
Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012Revista aprendiz2012
Revista aprendiz2012
 
Revista aprendiz
Revista aprendizRevista aprendiz
Revista aprendiz
 
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
Plastico verde -_cana_de_açular_(1)
 
Manua Cultivo de Plantas Medicinais
Manua Cultivo de Plantas MedicinaisManua Cultivo de Plantas Medicinais
Manua Cultivo de Plantas Medicinais
 
Cultivo de cogumelos senai
Cultivo de cogumelos   senaiCultivo de cogumelos   senai
Cultivo de cogumelos senai
 
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostosCompostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
 
Cocoinucultura apresentação
Cocoinucultura apresentaçãoCocoinucultura apresentação
Cocoinucultura apresentação
 
Relatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
Relatório de estágio curricular - Bruna RegensburgerRelatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
Relatório de estágio curricular - Bruna Regensburger
 

Mais de Paulo Filho

Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
Paulo Filho
 
Bioquímica 2012
Bioquímica 2012Bioquímica 2012
Bioquímica 2012
Paulo Filho
 
Petróleo 2012
Petróleo 2012Petróleo 2012
Petróleo 2012
Paulo Filho
 
Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012
Paulo Filho
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
Paulo Filho
 
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
Paulo Filho
 
Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
Paulo Filho
 
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLOTabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Paulo Filho
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
Paulo Filho
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
Paulo Filho
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
Paulo Filho
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
Paulo Filho
 
Aula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria ÓpticaAula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria Óptica
Paulo Filho
 
Isomeria Geométrica
Isomeria GeométricaIsomeria Geométrica
Isomeria Geométrica
Paulo Filho
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
Paulo Filho
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
Paulo Filho
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
Paulo Filho
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Paulo Filho
 
HOPI VENTURI
HOPI VENTURIHOPI VENTURI
HOPI VENTURI
Paulo Filho
 

Mais de Paulo Filho (19)

Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
 
Bioquímica 2012
Bioquímica 2012Bioquímica 2012
Bioquímica 2012
 
Petróleo 2012
Petróleo 2012Petróleo 2012
Petróleo 2012
 
Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
 
Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
 
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLOTabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLO
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Aula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria ÓpticaAula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria Óptica
 
Isomeria Geométrica
Isomeria GeométricaIsomeria Geométrica
Isomeria Geométrica
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
HOPI VENTURI
HOPI VENTURIHOPI VENTURI
HOPI VENTURI
 

Último

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
marcos oliveira
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 

Último (20)

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 

Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos

  • 1.  
  • 2. Justificativa Diante da possivelmente duradoura transição energética em todo o mundo, que nos dias atuais depende quase que exclusivamente do petróleo e carvão mineral, procura-se a cada dia buscar novas alternativas para suprir esta demanda. Devido à vasta dimensão continental que o Brasil oferece e sua diversidade de clima e solo, estima-se a possibilidade de ter-se mais de 200 espécies oleaginosas com potencial para produzir óleo como fonte de matéria - prima para a produção de biocombustível. Tendo em vista a urgente necessidade de fundir pesquisas na área, busca-se com a planta de girassol ( Helianthus annuus ) o aprimoramento de estudos para a produção em massa desta oleaginosa, através da micropropagação in vitro. Pois a mesma tem demonstrado grande importância prática e potencial nas áreas agrícolas, apresentando características agronômicas importantes, como maior resistência à seca, ao frio e ao calor do que a maioria das espécies normalmente cultivadas no Brasil.
  • 3. O Girassol, Helianthus annuus, é uma dicotiledônea anual da família Asteraceae, originária do continente Norte Americano. Atualmente, o girassol é cultivado em todos os continentes, em área que atinge aproximadamente 18 milhões de hectares. Destaca-se como a quarta oleaginosa em produção de grãos e a quinta em área cultivada no mundo. O principal produto do girassol é o óleo extraído dos aquênios
  • 4. Objetivo Realizar a micropropagação de meristemas (tecido de crescimento) do girassol, Helianthus annuus. submetendo-se ao tratamento de assepsia das mudas recém plantadas.
  • 5. Materiais e Métodos 1ª ETAPA: Produzir um Jardim Clonal: Plantio de sementes selecionadas. Escolha das mudas mais desenvolvidas. 2ª ETAPA: Micropropagação do tecido vegetal (meristema)
  • 6. Materiais e equipamentos: *Bico de Bunsen *Bisturi *Béquer com 250ml água destilada *Béquer com solução 10% de hipoclorito de sódio * Álcool etílico 70% *Placas de Petri esterilizadas *Partes de planta mãe com meristema *Tubo com meio de cultura : 1 litro de água 5g de agar-agar 5 g de sacarose (açúcar) 2 gotas de super adubo Em ambiente esterilizado (capela de fluxo laminar): Misturar todos os produtos; ferver e colocar nos tubos préviamente esterilizados.
  • 7.
  • 8.