SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Baixar para ler offline
a tabela periódica
               paulinho
paulinho
perguntas

                              existem relações
    a tabela                   de semelhança
    periódica serve         entre os elementos
    para alguma                      químicos?

    coisa?
                      é possível se descobrir
                       informações sobre os
     tenho que
                      elementos só de olhar
     decorar os
                            em uma tabela?
     elementos da
     tabela?




                                                 paulinho
objetivos
  identificar o processo histórico de desenvolvimento da tabela

                    enunciar a lei de moseley

    identificar as características da tabela periódica moderna

 classificar os elementos químicos de acordo com: configuração
                   eletrônica e propriedades gerais

 relacionar a configuração eletrônica de um elemento com a sua
                   posição na tabela periódica

   identificar as propriedades periódicas e suas periodicidades

  estabelecer comparações entre as propriedades de elementos
                         diferentes

               analisar gráficos de periodicidade
                                                                  paulinho
histórico




            paulinho
dimitri mendeleiev (1834-1907)
□ sibéria - tobolsk

□ descobridor da Tcrítica

□ universidade são petersburgo

□ livro princípios da química

□ cartões Individuais

□ avogadro e o peso das moléculas


        Czar Alexandre:
      “Mendeleiev tem duas
     mulheres sim. Mas eu só
     tenho um Mendeleiev.”


                                    paulinho
paulinho
dimitri mendeleiev (1834-1907)


                                                germânio




os elementos em branco não eram conhecidos na época de mendeleiev
lei periódica de Moseley

                                      as propriedades
                                        químicas dos
                                       elementos são
                                          funções
                                       periódicas de
                                       seus números
                                         atômicos:
                                      correções na tabela
                                        de mendeleiev


morto em 1915 em combate na Turquia
tabela periódica moderna

 □ 18 colunas na vertical: colunas ou famílias

 □ 7 linhas na horizontal: linhas ou períodos

 □ ordem crescente de número atômico

 □ sem intervalos entre os elementos

 □ 90 elementos naturais

 □ elementos com propriedades semelhantes possuem C.V.
 semelhante e se encontram na mesma coluna/família da tabela
 periódica




                                                         paulinho
tabela periódica moderna

     classificação de acordo com as características e propriedades



•   hidrogênio
•   metais
•   semi-metais*
•   ametais
•   gases nobres
tabela periódica moderna

    classificação de acordo com a configuração eletrônica

1. Elementos Representativos – Grupo A
                     Não existem subníveis internos semi-preenchidos.
                                          c.v.
                                                    fora a camada de
       Ex:   35Br-1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p
                    2  2  6  2  6  2  10 5
                                                    valência, todos os
                                                   outros subníveis estão
                                                           cheios
2. Elementos de Transição – Grupo B
                     Existem subníveis internos semi-preenchidos.
                                   c.v.
                                                 não é o mais
      Ex: 26Fe -1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6      externo e não
                                                  está cheio
blocos eletrônicos



                             s

  s                      p
             d
                 f


 transição           transição
  externa              interna
conf. eletrônica e posição
1. Elementos Representativos – Grupo A          o último subnível é   s ou p
 Período = número de camadas eletrônicas
       1º p = 1 nível; 2º p=2 níveis; 3º p=3 níveis; 4º p=4 níveis;
               5º p=5 níveis; 6º p=2 níveis; 7º p=2 níveis


 Coluna = número de elétrons na CV
 1A=1e-; 2A=2e-; 3A=3e-; 4A=4e-; 5A=5e-, 6A=6e-; 7A=7e-; 8A=8e-


          5B-1s 2s 2p
               2  2  1              2op / 3A

  EX     19K-1s 2s 2p 3s 3p 4s
               2  2  6  2  6  1                4op / 1A
         35Br-1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p                     4op / 7A
                2  2  6  2  6  2  10 5
colunas do grupo A
   □ 1A (1) – Metais Alcalinos (Formadores de Cinzas)
       □ Hoje Li Na Kama Robsom Crusoé em Francês

   □ 2A (2) – Metais Alcalino-Terrosos (solo)
       □ Bela Magrela Casou com Sr. Barão

   □ 3A (13) – Família do Boro

   □ 4A (14) – Família do Carbono

   □ 5A (15) – Família do Nitrogênio

   □ 6A (16) – Família dos Calcogênios (formadores de cobre)
       □ OS SeTe Porquinhos

   □ 7A (17) – Família dos Halogênios (formadores de sais)
       □ Faculdades Clandestinas Bragança Itatiba Atibaia

   □ 8A (18) – Gases Nobres
conf. eletrônica e posição

2. Elementos de Transição – Grupo B         o último subnível é   d ou f
 Período =número de camadas eletrônicas
      1º p = 1 nível; 2º p=2 níveis; 3º p=3 níveis; 4º p=4 níveis;
              5º p=5 níveis; 6º p=2 níveis; 7º p=2 níveis

 Coluna = soma dos e- do último subnível d e da CV

  • 3B a 7B – normal
  • 8B - soma = 8, 9 ou 10
                                                  EX
  • 1B – soma = 11
                                    26Fe -1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d
                                            2  2  6  2  6  2   6
  • 2B – soma = 12

                                              4op / 8B
tabela periódica moderna

         classificação de acordo com configuração eletrônica

                             GRUPO B
                           Elementos de




                                                               Representativos
Representativos




                             Transição
  Elementos




                                                                 Elementos
   GRUPO A




                                                                  GRUPO A
                                                                GRUPO B
raio-x
elementos artificiais
curiosidades
□ 1o a ser descoberto: C
□ 1o radioativo a ser descoberto: U
□ maior descobridor: Seaborg – 9 elementos
□ mais abundante: H
□ um dos menos abundantes: At (45 mg)
□ mais mole: Cgrafite
□ mais duro: Cdiamante (2o: B)
□ mais resistente à pressão: Os (comprime menos que o diamante)
□ mais denso: Os
□ melhores condutores de eletricidade: Au<Cu<Ag
□ mais abundantes em peso na Terra: O, Si, Al, Fe
□ metais mais caros: Rh<Au<Pt
□ 249Bk: 100 US$/mg (meia-vida de 314 dias)
□ lantanídeos: difíceis de isolar – terras raras: fibra óptica
□ Polônia (Po), França (Fr), Alemanha (Ge)
□ Prata (Ag – argentum): Argentina



                                                            paulinho
propriedades periódicas

   são propriedades que estão relacionadas com a posição do elemento




propriedades aperiódicas: não têm relação com a tabela (ex. massa atômica)


                                                                 paulinho
propriedades periódicas

     1raio atômico                                  ra   ra
distância do núcleo até o fim da eletrosfera   ra
quanto maior o raio, maior o átomo

           como varia?


 Coluna – de cima para baixo,                  e na tabela?
 aumenta o número de camadas e
 o raio.

 Período – da direita para esquerda
 diminui o número de prótons,
 diminuindo a atração e como o
 número de camadas se mantém o
 mesmo, o raio aumenta.




                                                              paulinho
raio atômico
raio atômico
raio iônico

1. Raio Catiônico
a perda de e- faz com que o raio diminua

            perde 1e-
   Na                        Na+



2. Raio Aniônico
o ganho de e- faz com que o raio aumente


             ganha 1e-         Cl-
    Cl
propriedades periódicas

 2 potencial ou energia de ionização - PI
    X(g) + P.I.  X+ (g) + e-          energia para se retirar um
                                         e- (o mais afastado)
           como varia?

 Coluna – de baixo para cima,
 diminui o raio, aumentando a                e na tabela?
 atração sobre os elétrons e a
 energia para retirá-los.

 Período – da esquerda para a
 direita, diminui o raio e aumenta
 a energia para retirar os elétrons.


quanto menor o raio, MAIOR o PI


                                                                paulinho
potencial ou energia de ionização - PI
potencial ou energia de ionização - PI
potencial ou energia de ionização - PI

    1a ionização

    X(g) + PI1  X+ (g) + e-
    2a ionização

   X+ (g) + PI2  X2+ (g) + e-

 quanto mais e- são retirados, menor
 fica o átomo, maior a atração sobre
 os e- restantes e maior o PI


      PI1 < PI2 < PI3 < PI4 <...
ufmg - 1994
As sucessivas energias de ionização do nitrogênio estão representadas no
gráfico.
a) EXPLIQUE a variação observada nos valores de energia de ionização
entre o primeiro e o quinto elétron.
b) EXPLIQUE por que o valor da energia de ionização do sexto elétron é
muito maior do que a do quinto. Dados: N (Z = 7)




                                                                   paulinho
propriedades periódicas

3 afinidade eletrônica ou eletroafinidade - AE
                                         energia liberada ao se
     X(g) + e-        X-   (g)   + AE      adicionar um e-

           como varia?

  Coluna – de baixo para cima,                e na tabela?
  diminui o raio, aumentando a
  atração sobre os elétrons.

  Período – da esquerda para a
  direita, diminui o raio e aumenta
  a atração sobre os elétrons.


quanto menor o raio, MAIOR a AE


                                                                  paulinho
resumo
propriedades periódicas

  4 eletronegatividade
         capacidade que o átomo tem de atrair elétrons
             para perto si em uma ligação química


          como varia?
                                           e na tabela?
 Coluna – de baixo para cima,
 diminui o raio, aumentando a
 atração sobre os elétrons.

 Período – da esquerda para a
 direita, diminui o raio e aumenta
 a atração sobre os elétrons.


quanto menor o raio, MAIOR a EN


                                                          paulinho
propriedades periódicas
   demais propriedades



  densidade



                         volume




                                  paulinho
propriedades periódicas

    PF e PE




                    REATIVIDADE




                                  paulinho
sugestão de leituras




                       paulinho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Química - Tabela periódica
Química - Tabela periódicaQuímica - Tabela periódica
Química - Tabela periódica
Carson Souza
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
Karol Maia
 
Aula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono anoAula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono ano
Professora Raquel
 
História da tabela periódica(final)
História da tabela periódica(final)História da tabela periódica(final)
História da tabela periódica(final)
ct-esma
 

Mais procurados (20)

Química - Tabela periódica
Química - Tabela periódicaQuímica - Tabela periódica
Química - Tabela periódica
 
9 tabela periodica
9   tabela periodica9   tabela periodica
9 tabela periodica
 
Tabela peridica
Tabela peridicaTabela peridica
Tabela peridica
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Tabela PerióDica
Tabela PerióDicaTabela PerióDica
Tabela PerióDica
 
Slide tabela periodica
Slide tabela periodicaSlide tabela periodica
Slide tabela periodica
 
Quimica - tabela periodica dos elementos
Quimica -  tabela periodica dos elementosQuimica -  tabela periodica dos elementos
Quimica - tabela periodica dos elementos
 
Tabela periódica Noções
Tabela periódica NoçõesTabela periódica Noções
Tabela periódica Noções
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
www.centroapoio.com - Química - Tabela Periódica - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Tabela Periódica - Vídeo Aulawww.centroapoio.com - Química - Tabela Periódica - Vídeo Aula
www.centroapoio.com - Química - Tabela Periódica - Vídeo Aula
 
Professor Gil Motta - 8a série - Tabela periódica
Professor Gil Motta - 8a série - Tabela periódicaProfessor Gil Motta - 8a série - Tabela periódica
Professor Gil Motta - 8a série - Tabela periódica
 
Atividade tabela periódica
Atividade   tabela periódicaAtividade   tabela periódica
Atividade tabela periódica
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Aula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono anoAula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono ano
 
Aula 7 tabela periódica
Aula 7   tabela periódicaAula 7   tabela periódica
Aula 7 tabela periódica
 
Tabela periódica dos elementos
Tabela periódica dos elementosTabela periódica dos elementos
Tabela periódica dos elementos
 
Tabela periódica cas
Tabela periódica casTabela periódica cas
Tabela periódica cas
 
História da tabela periódica(final)
História da tabela periódica(final)História da tabela periódica(final)
História da tabela periódica(final)
 
Tabela Periódica ENEM 2016
Tabela Periódica ENEM 2016Tabela Periódica ENEM 2016
Tabela Periódica ENEM 2016
 
Familias da Tabela Periódica
Familias da Tabela PeriódicaFamilias da Tabela Periódica
Familias da Tabela Periódica
 

Semelhante a Tabela Periódica 2012 ANGLO

Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
Paulo Filho
 
Tópico 3 estrutura atomica parte 2
Tópico 3   estrutura atomica parte 2Tópico 3   estrutura atomica parte 2
Tópico 3 estrutura atomica parte 2
estead2011
 
Aula tabela periódica
Aula tabela periódicaAula tabela periódica
Aula tabela periódica
dandias5
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
Kassen Azanki
 
Química - Tabela periódica
Química - Tabela periódicaQuímica - Tabela periódica
Química - Tabela periódica
Carson Souza
 

Semelhante a Tabela Periódica 2012 ANGLO (20)

Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
 
Propriedades periódicas
Propriedades periódicasPropriedades periódicas
Propriedades periódicas
 
Escola estadual josé maria de morais
Escola estadual josé maria de moraisEscola estadual josé maria de morais
Escola estadual josé maria de morais
 
Classificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementosClassificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementos
 
Classificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementosClassificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementos
 
Classificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementosClassificacao periodica dos_elementos
Classificacao periodica dos_elementos
 
Modelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohrModelo atômico de bohr
Modelo atômico de bohr
 
Classificação periódica e propriedades periódicas dos elementos químicos
Classificação periódica e propriedades periódicas dos elementos químicosClassificação periódica e propriedades periódicas dos elementos químicos
Classificação periódica e propriedades periódicas dos elementos químicos
 
Tópico 3 estrutura atomica parte 2
Tópico 3   estrutura atomica parte 2Tópico 3   estrutura atomica parte 2
Tópico 3 estrutura atomica parte 2
 
Aula tabela periódica
Aula tabela periódicaAula tabela periódica
Aula tabela periódica
 
tabela-periodica-e-propriedades-periodicas.pptx
tabela-periodica-e-propriedades-periodicas.pptxtabela-periodica-e-propriedades-periodicas.pptx
tabela-periodica-e-propriedades-periodicas.pptx
 
Simulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicasSimulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicas
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
 
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
 
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
99805816 apostila-quimica-1-tabela-periodica-ifms
 
Química - Tabela periódica
Química - Tabela periódicaQuímica - Tabela periódica
Química - Tabela periódica
 
Tabela e Propriedades Periódicas (ERE).pdf
Tabela e Propriedades Periódicas (ERE).pdfTabela e Propriedades Periódicas (ERE).pdf
Tabela e Propriedades Periódicas (ERE).pdf
 
9ano ciencias.dat
9ano ciencias.dat9ano ciencias.dat
9ano ciencias.dat
 
Aula tabela
Aula tabelaAula tabela
Aula tabela
 
Características do átomo
Características do átomoCaracterísticas do átomo
Características do átomo
 

Mais de Paulo Filho (18)

Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
 
Bioquímica 2012
Bioquímica 2012Bioquímica 2012
Bioquímica 2012
 
Petróleo 2012
Petróleo 2012Petróleo 2012
Petróleo 2012
 
Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012
 
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto KyklosClonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Aula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria ÓpticaAula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria Óptica
 
Isomeria Geométrica
Isomeria GeométricaIsomeria Geométrica
Isomeria Geométrica
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
HOPI VENTURI
HOPI VENTURIHOPI VENTURI
HOPI VENTURI
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 

Tabela Periódica 2012 ANGLO

  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. perguntas existem relações a tabela de semelhança periódica serve entre os elementos para alguma químicos? coisa? é possível se descobrir informações sobre os tenho que elementos só de olhar decorar os em uma tabela? elementos da tabela? paulinho
  • 10. objetivos  identificar o processo histórico de desenvolvimento da tabela  enunciar a lei de moseley  identificar as características da tabela periódica moderna  classificar os elementos químicos de acordo com: configuração eletrônica e propriedades gerais  relacionar a configuração eletrônica de um elemento com a sua posição na tabela periódica  identificar as propriedades periódicas e suas periodicidades  estabelecer comparações entre as propriedades de elementos diferentes  analisar gráficos de periodicidade paulinho
  • 11. histórico paulinho
  • 12. dimitri mendeleiev (1834-1907) □ sibéria - tobolsk □ descobridor da Tcrítica □ universidade são petersburgo □ livro princípios da química □ cartões Individuais □ avogadro e o peso das moléculas Czar Alexandre: “Mendeleiev tem duas mulheres sim. Mas eu só tenho um Mendeleiev.” paulinho
  • 14. dimitri mendeleiev (1834-1907) germânio os elementos em branco não eram conhecidos na época de mendeleiev
  • 15. lei periódica de Moseley as propriedades químicas dos elementos são funções periódicas de seus números atômicos: correções na tabela de mendeleiev morto em 1915 em combate na Turquia
  • 16. tabela periódica moderna □ 18 colunas na vertical: colunas ou famílias □ 7 linhas na horizontal: linhas ou períodos □ ordem crescente de número atômico □ sem intervalos entre os elementos □ 90 elementos naturais □ elementos com propriedades semelhantes possuem C.V. semelhante e se encontram na mesma coluna/família da tabela periódica paulinho
  • 17. tabela periódica moderna classificação de acordo com as características e propriedades • hidrogênio • metais • semi-metais* • ametais • gases nobres
  • 18. tabela periódica moderna classificação de acordo com a configuração eletrônica 1. Elementos Representativos – Grupo A Não existem subníveis internos semi-preenchidos. c.v. fora a camada de Ex: 35Br-1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 2 2 6 2 6 2 10 5 valência, todos os outros subníveis estão cheios 2. Elementos de Transição – Grupo B Existem subníveis internos semi-preenchidos. c.v. não é o mais Ex: 26Fe -1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6 externo e não está cheio
  • 19. blocos eletrônicos s s p d f transição transição externa interna
  • 20. conf. eletrônica e posição 1. Elementos Representativos – Grupo A o último subnível é s ou p Período = número de camadas eletrônicas 1º p = 1 nível; 2º p=2 níveis; 3º p=3 níveis; 4º p=4 níveis; 5º p=5 níveis; 6º p=2 níveis; 7º p=2 níveis Coluna = número de elétrons na CV 1A=1e-; 2A=2e-; 3A=3e-; 4A=4e-; 5A=5e-, 6A=6e-; 7A=7e-; 8A=8e- 5B-1s 2s 2p 2 2 1 2op / 3A EX 19K-1s 2s 2p 3s 3p 4s 2 2 6 2 6 1 4op / 1A 35Br-1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 4op / 7A 2 2 6 2 6 2 10 5
  • 21. colunas do grupo A □ 1A (1) – Metais Alcalinos (Formadores de Cinzas) □ Hoje Li Na Kama Robsom Crusoé em Francês □ 2A (2) – Metais Alcalino-Terrosos (solo) □ Bela Magrela Casou com Sr. Barão □ 3A (13) – Família do Boro □ 4A (14) – Família do Carbono □ 5A (15) – Família do Nitrogênio □ 6A (16) – Família dos Calcogênios (formadores de cobre) □ OS SeTe Porquinhos □ 7A (17) – Família dos Halogênios (formadores de sais) □ Faculdades Clandestinas Bragança Itatiba Atibaia □ 8A (18) – Gases Nobres
  • 22. conf. eletrônica e posição 2. Elementos de Transição – Grupo B o último subnível é d ou f Período =número de camadas eletrônicas 1º p = 1 nível; 2º p=2 níveis; 3º p=3 níveis; 4º p=4 níveis; 5º p=5 níveis; 6º p=2 níveis; 7º p=2 níveis Coluna = soma dos e- do último subnível d e da CV • 3B a 7B – normal • 8B - soma = 8, 9 ou 10 EX • 1B – soma = 11 26Fe -1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 2 2 6 2 6 2 6 • 2B – soma = 12 4op / 8B
  • 23. tabela periódica moderna classificação de acordo com configuração eletrônica GRUPO B Elementos de Representativos Representativos Transição Elementos Elementos GRUPO A GRUPO A GRUPO B
  • 26. curiosidades □ 1o a ser descoberto: C □ 1o radioativo a ser descoberto: U □ maior descobridor: Seaborg – 9 elementos □ mais abundante: H □ um dos menos abundantes: At (45 mg) □ mais mole: Cgrafite □ mais duro: Cdiamante (2o: B) □ mais resistente à pressão: Os (comprime menos que o diamante) □ mais denso: Os □ melhores condutores de eletricidade: Au<Cu<Ag □ mais abundantes em peso na Terra: O, Si, Al, Fe □ metais mais caros: Rh<Au<Pt □ 249Bk: 100 US$/mg (meia-vida de 314 dias) □ lantanídeos: difíceis de isolar – terras raras: fibra óptica □ Polônia (Po), França (Fr), Alemanha (Ge) □ Prata (Ag – argentum): Argentina paulinho
  • 27. propriedades periódicas são propriedades que estão relacionadas com a posição do elemento propriedades aperiódicas: não têm relação com a tabela (ex. massa atômica) paulinho
  • 28. propriedades periódicas 1raio atômico ra ra distância do núcleo até o fim da eletrosfera ra quanto maior o raio, maior o átomo como varia? Coluna – de cima para baixo, e na tabela? aumenta o número de camadas e o raio. Período – da direita para esquerda diminui o número de prótons, diminuindo a atração e como o número de camadas se mantém o mesmo, o raio aumenta. paulinho
  • 31. raio iônico 1. Raio Catiônico a perda de e- faz com que o raio diminua perde 1e- Na Na+ 2. Raio Aniônico o ganho de e- faz com que o raio aumente ganha 1e- Cl- Cl
  • 32. propriedades periódicas 2 potencial ou energia de ionização - PI X(g) + P.I.  X+ (g) + e- energia para se retirar um e- (o mais afastado) como varia? Coluna – de baixo para cima, diminui o raio, aumentando a e na tabela? atração sobre os elétrons e a energia para retirá-los. Período – da esquerda para a direita, diminui o raio e aumenta a energia para retirar os elétrons. quanto menor o raio, MAIOR o PI paulinho
  • 33. potencial ou energia de ionização - PI
  • 34. potencial ou energia de ionização - PI
  • 35. potencial ou energia de ionização - PI 1a ionização X(g) + PI1  X+ (g) + e- 2a ionização X+ (g) + PI2  X2+ (g) + e- quanto mais e- são retirados, menor fica o átomo, maior a atração sobre os e- restantes e maior o PI PI1 < PI2 < PI3 < PI4 <...
  • 36. ufmg - 1994 As sucessivas energias de ionização do nitrogênio estão representadas no gráfico. a) EXPLIQUE a variação observada nos valores de energia de ionização entre o primeiro e o quinto elétron. b) EXPLIQUE por que o valor da energia de ionização do sexto elétron é muito maior do que a do quinto. Dados: N (Z = 7) paulinho
  • 37. propriedades periódicas 3 afinidade eletrônica ou eletroafinidade - AE energia liberada ao se X(g) + e-  X- (g) + AE adicionar um e- como varia? Coluna – de baixo para cima, e na tabela? diminui o raio, aumentando a atração sobre os elétrons. Período – da esquerda para a direita, diminui o raio e aumenta a atração sobre os elétrons. quanto menor o raio, MAIOR a AE paulinho
  • 39. propriedades periódicas 4 eletronegatividade capacidade que o átomo tem de atrair elétrons para perto si em uma ligação química como varia? e na tabela? Coluna – de baixo para cima, diminui o raio, aumentando a atração sobre os elétrons. Período – da esquerda para a direita, diminui o raio e aumenta a atração sobre os elétrons. quanto menor o raio, MAIOR a EN paulinho
  • 40. propriedades periódicas demais propriedades densidade volume paulinho
  • 41. propriedades periódicas PF e PE REATIVIDADE paulinho