SlideShare uma empresa Scribd logo
O MODELO
QUÂNTICO
O fim da física (1900)
O fenômeno...
Lei de Rayleigh-Jeans

                     8. . 2 . .T
         T ( )d         3
                                    d
                          c
“Qualquer ente físico com
                um grau de liberdade cuja
                “coordenada” é uma função
Lei de Planck   senoidal do tempo (isto é,
                executa oscilações
                harmônicas simples) pode
                possuir apenas energias
                totais E que satisfaçam à
                relação:
                E = n.h. (n = 0, 1, 2, 3...)
                Onde  é a freqüência da
                oscilação e h uma constante
                universal.”
Efeito Fotoelétrico
Solução




              E = h.f
quantização
?
Espectros de
           emissão atômica
                                          Bohr




         • e- girando em até 7 órbitas
                     circulares
            • cada órbita, também
       chamada de nível ou camada           N=1 – 2 e-
               eletrônica possui E          N=2 – 8 e-      No
                   determinada
         • a E do e- é compatível com
                                            N=3 – 18 e-   máximo
                   sua camada               N=4 – 32e-     de e-
         • um e  - não pode ficar entre
                                            N=5 – 32 e-     por
1913             duas camadas
            • um e-, absorvendo ou
                                            N=6 – 18 e-   camada

       liberando E pode pular de uma        N=7 – 8 e-
              camada para outra
O pulo
quântico
teste de chama
O modelo de Bohr funciona bem para o
       H, mas é falho para átomos


MULTIELETRÔNICOS
Louis De Broglie
                                                     1924




       O e- tem comportamento
     dualístico de onda e partícula.
           AO MESMO TEMPO!

comprimento       h
  de onda                       massa

                 m.v
      Toda matéria tem associado um
         componente ondulatório.
O princípio da incerteza


                 
         x.p 
                 2

       Não é possível se
       determinar com
      certeza a posição
      e a velocidade de    Heisenberg
       um e- ao mesmo
            tempo.               1926
A equação mais bela...


               ( x, t )
                   2
                                                         ( x, t )
                           V ( x, t ).( x, t )  i..
            2.m x 2
                                                           t

                     Expressão
                    matemática
                 chamada função
                de onda descreve o
                comportamento do
                elétron. Resolvendo

Schrödinger        a equação se
                 obtém a energia e
                   a região mais
1926            provável que esse e-
                    se encontra.
Orbitais
É a região do espaço
onde a densidade de
 probabilidade de se
  encontrar um e- é
       MÁXIMA.
O gato de
Schrödinger
O spin do elétron
                            Movimento de rotação
                                 do elétron




  Princípio de
Exclusão de Pauli
Em cada orbital cabem no
  máximo 2 e- com spins
       contrários
A eletrosfera
Cidade  Bairros  Ruas  Casas

 Eletrosfera  Níveis  Subníveis  Orbitais



 subnível    orbital     No de     No máx
                        orbitais    de e-


     s          s          1           2

    p           p          3           6

    d           d          5          10

     f          f          7          14
Os números quânticos



No quântico principal
   n = nível (1 a 7)
                                   No quântico secundário
                                      l = subnível (0 a 3)
Diagrama de energia de Linus Pauling
A ligação covalente
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012
Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO  2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
17535069649
 
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
17535069649
 
Exame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solutionExame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solution
17535069649
 
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
17535069649
 
Exame unificado de fisica 2013 1 solution
Exame unificado de fisica 2013 1 solutionExame unificado de fisica 2013 1 solution
Exame unificado de fisica 2013 1 solution
MarcosPacheco65
 
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
17535069649
 
Exame unificado de fisica 2012 1 solution
Exame unificado de fisica 2012 1 solutionExame unificado de fisica 2012 1 solution
Exame unificado de fisica 2012 1 solution
17535069649
 
Exame unificado de física 2011 2 solution
Exame unificado de física 2011 2  solutionExame unificado de física 2011 2  solution
Exame unificado de física 2011 2 solution
17535069649
 
8 orbitais e numeros quanticos
8   orbitais e numeros quanticos8   orbitais e numeros quanticos
8 orbitais e numeros quanticos
daniela pinto
 
Exame unificado de física 2011 1 solution
Exame unificado de física 2011 1 solutionExame unificado de física 2011 1 solution
Exame unificado de física 2011 1 solution
MarcosPacheco65
 
Aula 20: O átomo de hidrogênio
Aula 20: O átomo de hidrogênioAula 20: O átomo de hidrogênio
Aula 20: O átomo de hidrogênio
Adriano Silva
 
Aula 7: A partícula livre
Aula 7: A partícula livreAula 7: A partícula livre
Aula 7: A partícula livre
Adriano Silva
 
Exame unificado de fisica 2012 2 - solution
Exame unificado de fisica 2012 2 - solutionExame unificado de fisica 2012 2 - solution
Exame unificado de fisica 2012 2 - solution
17535069649
 
Números Quânticos: Introdução
Números Quânticos: IntroduçãoNúmeros Quânticos: Introdução
Números Quânticos: Introdução
Underground Escola de Música e Estúdio
 
Aula 16: Exercícios
Aula 16: ExercíciosAula 16: Exercícios
Aula 16: Exercícios
Adriano Silva
 
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicaçõesAula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
Adriano Silva
 

Mais procurados (16)

Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
Questões resolvidas exame unificado de fisica 2013 2
 
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2015 1
 
Exame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solutionExame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solution
 
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
Questões resolvidas exame unificado de física 2014 1
 
Exame unificado de fisica 2013 1 solution
Exame unificado de fisica 2013 1 solutionExame unificado de fisica 2013 1 solution
Exame unificado de fisica 2013 1 solution
 
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
Questoes resolvidas exame unificado de fisica 2014 2
 
Exame unificado de fisica 2012 1 solution
Exame unificado de fisica 2012 1 solutionExame unificado de fisica 2012 1 solution
Exame unificado de fisica 2012 1 solution
 
Exame unificado de física 2011 2 solution
Exame unificado de física 2011 2  solutionExame unificado de física 2011 2  solution
Exame unificado de física 2011 2 solution
 
8 orbitais e numeros quanticos
8   orbitais e numeros quanticos8   orbitais e numeros quanticos
8 orbitais e numeros quanticos
 
Exame unificado de física 2011 1 solution
Exame unificado de física 2011 1 solutionExame unificado de física 2011 1 solution
Exame unificado de física 2011 1 solution
 
Aula 20: O átomo de hidrogênio
Aula 20: O átomo de hidrogênioAula 20: O átomo de hidrogênio
Aula 20: O átomo de hidrogênio
 
Aula 7: A partícula livre
Aula 7: A partícula livreAula 7: A partícula livre
Aula 7: A partícula livre
 
Exame unificado de fisica 2012 2 - solution
Exame unificado de fisica 2012 2 - solutionExame unificado de fisica 2012 2 - solution
Exame unificado de fisica 2012 2 - solution
 
Números Quânticos: Introdução
Números Quânticos: IntroduçãoNúmeros Quânticos: Introdução
Números Quânticos: Introdução
 
Aula 16: Exercícios
Aula 16: ExercíciosAula 16: Exercícios
Aula 16: Exercícios
 
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicaçõesAula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
Aula 12: Barreira de potencial: Exemples e aplicações
 

Semelhante a Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012

Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicasSandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
Profª Cristiana Passinato
 
Sandrogreco Teoria AtôMica Q. Geral
Sandrogreco Teoria AtôMica   Q. GeralSandrogreco Teoria AtôMica   Q. Geral
Sandrogreco Teoria AtôMica Q. Geral
Profª Cristiana Passinato
 
Química Geral - Estrutura Atômica
Química Geral - Estrutura AtômicaQuímica Geral - Estrutura Atômica
Química Geral - Estrutura Atômica
Francisco Garrido
 
Aula geral-meri
Aula  geral-meriAula  geral-meri
Aula geral-meri
andreiafaion
 
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptxAula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Universidade Federal de Pernambuco
 
Ea02 alunos
Ea02 alunosEa02 alunos
Ea02 alunos
iqscquimica
 
Postulados de bohr
Postulados de bohrPostulados de bohr
Postulados de bohr
Joao Manoel Ravasio
 
Eletrosfera
EletrosferaEletrosfera
Eletrosfera
Cláudio Santos
 
Modelo atomico
Modelo atomicoModelo atomico
Modelo atomico
Graziella Trovati
 
Exame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solutionExame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solution
MarcosPacheco65
 
Campo cristalino-1
Campo cristalino-1Campo cristalino-1
Campo cristalino-1
Marcelo de Souza
 
Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2
Cristiane Tavolaro
 
Pp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo HPp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo HPp 2ª Aula áTomo H
Qge estrutura atomica_parte1
Qge estrutura atomica_parte1Qge estrutura atomica_parte1
Qge estrutura atomica_parte1
Scirea Barbosa Nunes Barbosa Nunes
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Kelly Freitas
 
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino MédioAula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
Newton Silva
 
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IV
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IVSlides de Aula - Física Moderna - Aula IV
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IV
Andressa624812
 
Números quânticos.
Números quânticos.Números quânticos.
Números quânticos.
Lara Lídia
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
estead2011
 

Semelhante a Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012 (20)

Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicasSandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
Sandrogreco Orbitais E LigaçõEs QuíMicas
 
Sandrogreco Teoria AtôMica Q. Geral
Sandrogreco Teoria AtôMica   Q. GeralSandrogreco Teoria AtôMica   Q. Geral
Sandrogreco Teoria AtôMica Q. Geral
 
Química Geral - Estrutura Atômica
Química Geral - Estrutura AtômicaQuímica Geral - Estrutura Atômica
Química Geral - Estrutura Atômica
 
Aula geral-meri
Aula  geral-meriAula  geral-meri
Aula geral-meri
 
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptxAula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
Aula3 modeloatômicoenúmerosquânticos.pptx
 
Ea02 alunos
Ea02 alunosEa02 alunos
Ea02 alunos
 
Postulados de bohr
Postulados de bohrPostulados de bohr
Postulados de bohr
 
Eletrosfera
EletrosferaEletrosfera
Eletrosfera
 
Modelo atomico
Modelo atomicoModelo atomico
Modelo atomico
 
Exame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solutionExame unificado de física 2010 2 solution
Exame unificado de física 2010 2 solution
 
Campo cristalino-1
Campo cristalino-1Campo cristalino-1
Campo cristalino-1
 
Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2Modelos Atmicos2
Modelos Atmicos2
 
Pp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo HPp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo H
 
Pp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo HPp 2ª Aula áTomo H
Pp 2ª Aula áTomo H
 
Qge estrutura atomica_parte1
Qge estrutura atomica_parte1Qge estrutura atomica_parte1
Qge estrutura atomica_parte1
 
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
Anexo 5 -_aula_em_power_point_sobre_estrutura_da_materia_2009
 
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino MédioAula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
Aula 7 - Uma Aula de Quântica no Ensino Médio
 
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IV
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IVSlides de Aula - Física Moderna - Aula IV
Slides de Aula - Física Moderna - Aula IV
 
Números quânticos.
Números quânticos.Números quânticos.
Números quânticos.
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 

Mais de Paulo Filho

Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
Paulo Filho
 
Bioquímica 2012
Bioquímica 2012Bioquímica 2012
Bioquímica 2012
Paulo Filho
 
Petróleo 2012
Petróleo 2012Petróleo 2012
Petróleo 2012
Paulo Filho
 
Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012
Paulo Filho
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
Paulo Filho
 
Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
Paulo Filho
 
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLOTabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Paulo Filho
 
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto KyklosClonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Paulo Filho
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
Paulo Filho
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
Paulo Filho
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
Paulo Filho
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
Paulo Filho
 
Aula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria ÓpticaAula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria Óptica
Paulo Filho
 
Isomeria Geométrica
Isomeria GeométricaIsomeria Geométrica
Isomeria Geométrica
Paulo Filho
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
Paulo Filho
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
Paulo Filho
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
Paulo Filho
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Paulo Filho
 
HOPI VENTURI
HOPI VENTURIHOPI VENTURI
HOPI VENTURI
Paulo Filho
 

Mais de Paulo Filho (19)

Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
 
Bioquímica 2012
Bioquímica 2012Bioquímica 2012
Bioquímica 2012
 
Petróleo 2012
Petróleo 2012Petróleo 2012
Petróleo 2012
 
Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012Bioquímica Porto 2012
Bioquímica Porto 2012
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Tabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 portoTabela periódica 2012 porto
Tabela periódica 2012 porto
 
Tabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLOTabela Periódica 2012 ANGLO
Tabela Periódica 2012 ANGLO
 
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto KyklosClonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
Clonagem por micropropagação - Projeto Kyklos
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
 
Equilíbrio Iônico
Equilíbrio IônicoEquilíbrio Iônico
Equilíbrio Iônico
 
Deslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de EquilíbrioDeslocamento de Equilíbrio
Deslocamento de Equilíbrio
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Aula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria ÓpticaAula de Isomeria Óptica
Aula de Isomeria Óptica
 
Isomeria Geométrica
Isomeria GeométricaIsomeria Geométrica
Isomeria Geométrica
 
Isomeria Plana
Isomeria PlanaIsomeria Plana
Isomeria Plana
 
Funções Orgânicas
Funções OrgânicasFunções Orgânicas
Funções Orgânicas
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
HOPI VENTURI
HOPI VENTURIHOPI VENTURI
HOPI VENTURI
 

Último

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 

Modelo Quântico - Aprofundamento MÁXIMO 2012

  • 2. O fim da física (1900)
  • 4. Lei de Rayleigh-Jeans 8. . 2 . .T T ( )d  3 d c
  • 5. “Qualquer ente físico com um grau de liberdade cuja “coordenada” é uma função Lei de Planck senoidal do tempo (isto é, executa oscilações harmônicas simples) pode possuir apenas energias totais E que satisfaçam à relação: E = n.h. (n = 0, 1, 2, 3...) Onde  é a freqüência da oscilação e h uma constante universal.”
  • 6.
  • 8. Solução E = h.f quantização
  • 9. ?
  • 10. Espectros de emissão atômica Bohr • e- girando em até 7 órbitas circulares • cada órbita, também chamada de nível ou camada N=1 – 2 e- eletrônica possui E N=2 – 8 e- No determinada • a E do e- é compatível com N=3 – 18 e- máximo sua camada N=4 – 32e- de e- • um e - não pode ficar entre N=5 – 32 e- por 1913 duas camadas • um e-, absorvendo ou N=6 – 18 e- camada liberando E pode pular de uma N=7 – 8 e- camada para outra
  • 12.
  • 14.
  • 15.
  • 16. O modelo de Bohr funciona bem para o H, mas é falho para átomos MULTIELETRÔNICOS
  • 17. Louis De Broglie 1924 O e- tem comportamento dualístico de onda e partícula. AO MESMO TEMPO! comprimento h de onda  massa m.v Toda matéria tem associado um componente ondulatório.
  • 18. O princípio da incerteza  x.p  2 Não é possível se determinar com certeza a posição e a velocidade de Heisenberg um e- ao mesmo tempo. 1926
  • 19.
  • 20. A equação mais bela...   ( x, t ) 2 ( x, t )   V ( x, t ).( x, t )  i.. 2.m x 2 t Expressão matemática chamada função de onda descreve o comportamento do elétron. Resolvendo Schrödinger a equação se obtém a energia e a região mais 1926 provável que esse e- se encontra.
  • 21. Orbitais É a região do espaço onde a densidade de probabilidade de se encontrar um e- é MÁXIMA.
  • 22.
  • 24. O spin do elétron Movimento de rotação do elétron Princípio de Exclusão de Pauli Em cada orbital cabem no máximo 2 e- com spins contrários
  • 25. A eletrosfera Cidade  Bairros  Ruas  Casas Eletrosfera  Níveis  Subníveis  Orbitais subnível orbital No de No máx orbitais de e- s s 1 2 p p 3 6 d d 5 10 f f 7 14
  • 26. Os números quânticos No quântico principal n = nível (1 a 7) No quântico secundário l = subnível (0 a 3)
  • 27. Diagrama de energia de Linus Pauling
  • 28.
  • 29.
  • 30.