SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
• O Axé, ou axé music é um gênero
musical surgido no estado da
Bahia na década de
1980 durante as manifestações
populares docarnaval de
Salvador, misturando
frevo pernambucano, ritmos afro-
brasileiros, reggae, merengue,
forró, maracatu e outros ritmos
afro-latinos.
- A palavra "Axé" é uma saudação religiosa usada no
candomblé e na umbanda, que significa "Energia positiva".
ela foi anexada à palavra em inglês music pelo
jornalista Hagamenon Brito para formar um termo que
designaria pejorativamente aquela música dançante com
aspirações internacionais. Essa trilha sonora da folia de
Salvador rapidamente se espalhou pelo país e fortaleceu-se
como indústria, produzindo sucessos o ano inteiro.
O início do Axé :
As origens do carnaval como conhecemos hoje
estão na década de 1950, quando Dodô e
Osmar começaram a tocar o Frevo pernambucano
em guitarras elétricas de producão propria (
batizadas de guitarras baianas).Nascia o trio
elétrico, atração do carnaval baiano que Caetano
Veloso chamou a atenção nos anos 1975 na canção
"atrás do trio elétrico". Eles tocavam ritmos afro
como o ijexá e o samba (utilizando alguns
instrumentos musicais da percussão, comuns nas
baterias das escolas de samba do Rio).
O album O Canto da
Cidade, de Daniela
mercury, é considerado
o responsável por levar o
axé ao público
brasileiro.
No início da década 90 a música baiana ganhava novas caras,
Ricardo Chaves (com a música "É o Bicho") e Daniela Mércury
(com o "Canto da Cidade") consolidaram o ritmo e quebraram as
últimas resistências do sul do país. As rádios, que eram dominadas
pela música estrangeira começaram a dar prioridade para o artista
nacional. O ritmo ganhou novo fôlego com a inclusão do samba de
roda baiano. É o Tchan e Terra Samba são os grandes
responsáveis pela chamada de "terceira onda da música baiana".
Hoje já são vários os grupos de Axé que Dançam pelo Brasil e ajudam a
fortalecer ainda mais esse seguimento cultural originalmente brasileiro. E as
músicas estão se tornando cada vez mais diversificadas dentro do estilo com o
surgimento de várias bandas também.
Junto com esse movimento musical que dominou a década de 90 para frente, veio
acompanhando as danças que eram no começo realizadas pelos dançarinos que
faziam os shows junto com os cantores. Dai acabou indo para as academias de
ginástica e dança com o intuito de que a população pudesse aprender as
coreografias. Dessa forma poderem dançar junto com seus ídolos nos lugares de
espetáculos onde iam. Criou-se campeonatos desse estilo de dança e hoje é
praticado por muitos dançarinos pelo Brasil todo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Carnaval curiosidades
Carnaval curiosidadesCarnaval curiosidades
Carnaval curiosidades
Sueli
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
Carlos Zaranza
 
Musica Popular Brasileira
Musica Popular BrasileiraMusica Popular Brasileira
Musica Popular Brasileira
creaty
 
Apresentação bossa nova
Apresentação   bossa novaApresentação   bossa nova
Apresentação bossa nova
TinaCriis
 
A Origem Da DançA
A Origem Da DançAA Origem Da DançA
A Origem Da DançA
martinsramon
 

Mais procurados (20)

Frevo
FrevoFrevo
Frevo
 
Musica
MusicaMusica
Musica
 
Carnaval curiosidades
Carnaval curiosidadesCarnaval curiosidades
Carnaval curiosidades
 
As danças africanas
As danças africanas As danças africanas
As danças africanas
 
Música
MúsicaMúsica
Música
 
Forró
ForróForró
Forró
 
Carimbó
CarimbóCarimbó
Carimbó
 
Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Jovem guarda
 
Axé Turma 2002
Axé Turma 2002Axé Turma 2002
Axé Turma 2002
 
História da dança
História da dançaHistória da dança
História da dança
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
 
DANÇA CLÁSSICA E DANÇA DE SALÃO
DANÇA CLÁSSICA E DANÇA DE SALÃODANÇA CLÁSSICA E DANÇA DE SALÃO
DANÇA CLÁSSICA E DANÇA DE SALÃO
 
Frevo
Frevo Frevo
Frevo
 
Cultura africana
Cultura africanaCultura africana
Cultura africana
 
Musica Popular Brasileira
Musica Popular BrasileiraMusica Popular Brasileira
Musica Popular Brasileira
 
Reggae
ReggaeReggae
Reggae
 
Gêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - SambaGêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - Samba
 
Apresentação bossa nova
Apresentação   bossa novaApresentação   bossa nova
Apresentação bossa nova
 
Música, Origem e História
Música, Origem e HistóriaMúsica, Origem e História
Música, Origem e História
 
A Origem Da DançA
A Origem Da DançAA Origem Da DançA
A Origem Da DançA
 

Destaque

Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Geo Honório
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
Elô Ribeiro
 
Sangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintesSangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintes
davidjpereira
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
Dayane SLima
 

Destaque (20)

Axe
AxeAxe
Axe
 
Slidemusic axe
Slidemusic axeSlidemusic axe
Slidemusic axe
 
Apresentando forró anabel
Apresentando forró anabelApresentando forró anabel
Apresentando forró anabel
 
Case Axe
Case AxeCase Axe
Case Axe
 
Projeto dança
Projeto dançaProjeto dança
Projeto dança
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
 
Axe
AxeAxe
Axe
 
Sangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintesSangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintes
 
Samba fernanda e_larissa
Samba fernanda e_larissaSamba fernanda e_larissa
Samba fernanda e_larissa
 
História do forró
História do forróHistória do forró
História do forró
 
Capoeira Regional
Capoeira RegionalCapoeira Regional
Capoeira Regional
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
 
Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis
 
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
 
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
 
Projeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de SalãoProjeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de Salão
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 

Semelhante a História do axé_(1)

A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
eercavalcanti
 
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docxTRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
ssuserb5a19b
 
Manifestações de repercussão nacional aula 7º ano
Manifestações de repercussão nacional   aula 7º anoManifestações de repercussão nacional   aula 7º ano
Manifestações de repercussão nacional aula 7º ano
Abmael Rocha Junior
 
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
Adriana Morgado
 

Semelhante a História do axé_(1) (20)

Hotmail
HotmailHotmail
Hotmail
 
Hotmail
HotmailHotmail
Hotmail
 
Estilos Musicais
Estilos MusicaisEstilos Musicais
Estilos Musicais
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
 
Danças de salão
Danças de salãoDanças de salão
Danças de salão
 
Música estilo musical
Música   estilo musicalMúsica   estilo musical
Música estilo musical
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
 
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docxTRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
TRABALHANDO GÊNEROS MUSICAIS 6º ANO.docx
 
Danças nordestinas
Danças nordestinasDanças nordestinas
Danças nordestinas
 
História da música
História da músicaHistória da música
História da música
 
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino FundamentalRoteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
 
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdfAULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
 
Manifestações de repercussão nacional aula 7º ano
Manifestações de repercussão nacional   aula 7º anoManifestações de repercussão nacional   aula 7º ano
Manifestações de repercussão nacional aula 7º ano
 
20.baiao
20.baiao20.baiao
20.baiao
 
Musicas afro descendentes
Musicas afro descendentesMusicas afro descendentes
Musicas afro descendentes
 
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
Dança e Luta - Análise das diferenças e semelhanças quanto às danças de massa...
 
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zaçãoCamargo emerson zíngaro  - música sertaneja e globa ll-zação
Camargo emerson zíngaro - música sertaneja e globa ll-zação
 
GENEROS.pptx
GENEROS.pptxGENEROS.pptx
GENEROS.pptx
 
Tema blog
Tema blogTema blog
Tema blog
 
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
42877_048e221328d6475b6ae1cb069a2e2a0b (2).pptx
 

Mais de Elô Ribeiro (12)

Bossanova3
Bossanova3Bossanova3
Bossanova3
 
Ppt trabalho pratico funk
Ppt trabalho pratico   funkPpt trabalho pratico   funk
Ppt trabalho pratico funk
 
Rock no brasil dos anos 80 e 90
Rock no brasil dos anos 80 e 90Rock no brasil dos anos 80 e 90
Rock no brasil dos anos 80 e 90
 
Presentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 sambaPresentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 samba
 
Sertanejo
SertanejoSertanejo
Sertanejo
 
Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
 
Interjeições
InterjeiçõesInterjeições
Interjeições
 
Aula de língua portuguesa como le
Aula de língua portuguesa como leAula de língua portuguesa como le
Aula de língua portuguesa como le
 
Você é bom administrador
Você é bom administradorVocê é bom administrador
Você é bom administrador
 
Os quadrinhos como um recurso didático 1
Os quadrinhos como um recurso didático 1Os quadrinhos como um recurso didático 1
Os quadrinhos como um recurso didático 1
 
Maria e carol
Maria e carolMaria e carol
Maria e carol
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 

História do axé_(1)

  • 1.
  • 2. • O Axé, ou axé music é um gênero musical surgido no estado da Bahia na década de 1980 durante as manifestações populares docarnaval de Salvador, misturando frevo pernambucano, ritmos afro- brasileiros, reggae, merengue, forró, maracatu e outros ritmos afro-latinos.
  • 3. - A palavra "Axé" é uma saudação religiosa usada no candomblé e na umbanda, que significa "Energia positiva". ela foi anexada à palavra em inglês music pelo jornalista Hagamenon Brito para formar um termo que designaria pejorativamente aquela música dançante com aspirações internacionais. Essa trilha sonora da folia de Salvador rapidamente se espalhou pelo país e fortaleceu-se como indústria, produzindo sucessos o ano inteiro.
  • 4. O início do Axé : As origens do carnaval como conhecemos hoje estão na década de 1950, quando Dodô e Osmar começaram a tocar o Frevo pernambucano em guitarras elétricas de producão propria ( batizadas de guitarras baianas).Nascia o trio elétrico, atração do carnaval baiano que Caetano Veloso chamou a atenção nos anos 1975 na canção "atrás do trio elétrico". Eles tocavam ritmos afro como o ijexá e o samba (utilizando alguns instrumentos musicais da percussão, comuns nas baterias das escolas de samba do Rio).
  • 5. O album O Canto da Cidade, de Daniela mercury, é considerado o responsável por levar o axé ao público brasileiro.
  • 6. No início da década 90 a música baiana ganhava novas caras, Ricardo Chaves (com a música "É o Bicho") e Daniela Mércury (com o "Canto da Cidade") consolidaram o ritmo e quebraram as últimas resistências do sul do país. As rádios, que eram dominadas pela música estrangeira começaram a dar prioridade para o artista nacional. O ritmo ganhou novo fôlego com a inclusão do samba de roda baiano. É o Tchan e Terra Samba são os grandes responsáveis pela chamada de "terceira onda da música baiana".
  • 7. Hoje já são vários os grupos de Axé que Dançam pelo Brasil e ajudam a fortalecer ainda mais esse seguimento cultural originalmente brasileiro. E as músicas estão se tornando cada vez mais diversificadas dentro do estilo com o surgimento de várias bandas também. Junto com esse movimento musical que dominou a década de 90 para frente, veio acompanhando as danças que eram no começo realizadas pelos dançarinos que faziam os shows junto com os cantores. Dai acabou indo para as academias de ginástica e dança com o intuito de que a população pudesse aprender as coreografias. Dessa forma poderem dançar junto com seus ídolos nos lugares de espetáculos onde iam. Criou-se campeonatos desse estilo de dança e hoje é praticado por muitos dançarinos pelo Brasil todo.