Conceitos Basicos de Microgiologia

17.262 visualizações

Publicada em

Introdução a Microbiologia Aplicada

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Conceitos Basicos de Microgiologia

  1. 1. LAQB Laboratório de Analises Químicas e BiológicasPrincipais conceitos e técnicas utilizados na microbiologia Aluno: Ivson Cassiano de O. Santos 2012
  2. 2. INTRODUÇÃO A Microbiologia é o ramo da biologia que estuda os microrganismos, incluindo eucariontes unicelulares e procariontes, que incluem Bactérias, Fungos, Vírus, Protozoários, Algas unicelulares, Viróides e Prions. A Bacteriologia é uma ciência, ramo da Biologia, que estuda as bactérias e suas propriedades.
  3. 3. CONDUTAS, BARREIRAS, EQUIPAMENTOS E INSTRUMENTAIS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL E AMBIENTAL ambiente apropriado instrumentais estéreis luvas, máscaras e óculos protetores Flambar as alças e agulhas e boca dos tubos. limpar e desinfetar periodicamente a bancada. Todas as operações envolvendo manipulação de culturas e meios de cultura deverão ser efetuadas na área de proteção conferida pela chama do bico de Bunsen.
  4. 4. ÁLCOOL 70%Sua atividade ocorre pela desnaturação de proteínas e remoção delipídios, inclusive dos envelopes de alguns vírus. Para apresentarsua atividade germicida máxima, o álcool deve ser diluído emágua, que possibilita a desnaturação das proteínas. A concentraçãorecomendada para atingir maior rapidez microbicida com o álcooletílico é de 70% em peso e com o isopropílico, entre 60 e 95%.Possuir fácil aplicabilidade, baixo custo e reduzida toxicidade.Diluição correta e tempo de exposição
  5. 5. CUIDADOS DE ASSEPSIA NA REMOÇÃO DE BACTÉRIAS
  6. 6. CUIDADOS DE ASSEPSIA NA REMOÇÃO DE BACTÉRIAS Fig.: Procedimento para remover bactérias de um caldo com a alça de platina
  7. 7. CUIDADOS DE ASSEPSIA NA REMOÇÃO DE BACTÉRIAS Fig.: Procedimento para inocular um meio Agar inclinado a partir de uma Placa de Petri
  8. 8. INOCULAÇÃO NA PLACA DE PETRI Isolamento de colônias bacterianas e obtenção culturas puras. Estrias múltiplas ou esgotamento
  9. 9. DESCONTAMINAÇÃO Um dos principais problemas nos laboratórios de microbiologia é a grande quantidade de resíduos contendo microrganismos infecciosos. Autoclaves Desinfecção química Os recipientes que acondicionam material com perigos microbiológicos devem conter um desinfetante na diluição de uso apropriada. Compostos à base de fenol 5% , hipocloritos (água sanitária a 2%) e glutaraldeído 2%, formaldeído (solução alcoólica 8% e solução aquosa 10%).
  10. 10. BANCO DE DADOS O nosso laboratório dispõe de uma tabela com as bactérias presentes em estoque com suas devidas informações e observações.Bactéria Cepa/numero Origem EspécieCondições de crescimento Incubação Condições de estoque Ultima data de estoque Observações
  11. 11. INTRODUÇÃO Cepas bacterianas Isto deriva dos fenômenos espontâneas ou induzidos da natureza ou mesmo artificialmente, chamado "Mutação Genética"
  12. 12. CEPAS PADRÃO São cepas destinadas ao controle de qualidade bacteriológico. Apresentam resposta conhecida a uma série de provas laboratoriais, entre as quais bioquimismo, reação tintorial ao Gram, morfologia e resposta a antibióticos. ATCC AYE SDF ACICU AB
  13. 13. CEPAS LAQB Cepas ATCC - American Type Culture Collection. Escherichia coli ATCC 10536
  14. 14. ESCHERICHIA COLI ATCC 10536 Referencia para esta cepa : Di Modugno E et al. 1994 Misiek et al. 1973.
  15. 15. STAPHYLOCOCCUS AUREUS ATCC 8096
  16. 16. PSEUDOMONAS AERUGINOSA ATCC 9027
  17. 17. MICROCOCCUS LUTEUS ATCC 10240 ATCC 14452
  18. 18. MEIO DE CULTURA Conjunto de substâncias, formuladas de maneira adequada, capazes de promover o crescimento bacteriano, em condições laboratoriais. Para isso um meio de cultura necessita conter características básicas, que incluem: - Fonte de carbono e nitrogênio - Fonte de energia - Sais minerais - Fatores de crescimento - Condições físicas - Esterilização
  19. 19. TIPOS DE MEIOS DE CULTURA  Meios de enriquecimentos Caldo Brain Heart Infusion (BHI) Caldo Tetrationato  Meios de transporte Meio de Stuart Meio de Cary-Blair Caldo Tioglicolato Meio seletivo o Agar Manitol Salgado Agar SS
  20. 20. TIPOS DE MEIOS DE CULTURA Meio diferencial Agar Eosin Meteiolene Blue (EMB) Agar McConkey Agar Hektoen.  Meio indicador Agar Triple Sugar Iron (TSI) Agar Citrato de simimons.
  21. 21. PROCEDIMENTOS E CUIDADOS NA PREPARAÇÃODE MEIOS DE CULTURA Na preparação de um meio, deve-se adicionar uma pequena quantidade de água até que o meio fique úmido e então completar com o resto de água homogeneizando a solução. O tempo de esterilização em autoclave é de 15 minutos á temperatura de 121°C. Os meios devem ser autoclavados com as tampas semi-abertas, para que a esterilização seja por igual em todo o conteúdo dos tubos - tampas fechadas não permitem a entrada do vapor.
  22. 22. Todos os meios confeccionados devem ser devidamente identificados com o nome domeio e do responsável, data de fabricação, data de validade e tipo de armazenamento.
  23. 23. MANUTENÇÃO DE CULTURAS A manutenção de culturas é realizada para que se possa manter viável as cepas em estoque.De acordo com a cepa a concentração de glicerol pode variar.Ex.: E. coli 50% glicerol e 50% Ágar Nutriente. Prazo de validade: 3 meses á -20°C.
  24. 24. PLANO DE TRABALHO LAQB - 2012Objetivo: Fazer o levantamento de cepas atualmente encontradas noLAQB e preparar o mesmo para aquisição de outras. Método:1°- Inoculado as amostras em meio enriquecido para proporcionar ocrescimento das amostras. O meio de enriquecimento escolhido foi ocaldo BHI, após a semeadura , incubar por 24h á 37ºC.Resultados: POSITIVO para turvação no meio. NEGATIVO para coloração intacta do meio.2° - De acordo com os resultados obtidos na etapa 1, será semeado asamostras de acordo com o meio seletivo de cada espécie. Staphylococcus aureus = manitol E. coli = EMB Pseudomonas areuginosa = agar Pseudomonas Micrococcus luteus = MH
  25. 25. Método: Análise do crescimento bacteriano (morfologia e coloração) O Manitol é fermentado pelo Staphylococcus Aureus, mas não pela maioria dos Staphylococcus; o Sal inibe o crescimento da maioria dos microrganismos, mas o Staphylococcus Aureus. Meio Manitol salgado para Staphylococcus Aureus. O meio EMB, o azul de Eosina e Metileno inibem o crescimento de Gram positivas. E. coli apresentam colônias escuras ou verde metalico, fermentação da lactose e sacarose. Meio EMB (Eosine Methylene Blye) para E. coli
  26. 26. Método:Análise do crescimento bacteriano (morfologia e coloração) Permite a diferenciação de P. aeroginosa de outras Pseudomonas. As P. aeroginosa apresentam pigmento azul-verde escuro que se funde ao meio. Meio Agar Pseudomonas. M. luteus apresentam pigmentação amarela tanto em meio AN, quanto em MH.Micrococcus luteus em meio MH
  27. 27. Método:3° - Ressemear, por esgotamento, todas as amostras crescidase isoladas em meio agar nutriente 24h 37°C Meio Agar Nutriente4° - Teste bioquímico A investigação das atividades metabólicas das bactérias “in vitro” é chamada deProvas Bioquímicas e servem para auxiliar o microbiologista a identificar grupos ouespécies de bactérias
  28. 28. Método:4° - Teste bioquímico Meio TSI, meio SIM, meio citrato de Simons, Meio úreia.5° - Preparo para estoque Semear em placa, com swab, as amostras cultivadas no caldo6° - Estoque NEXT
  29. 29. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS APOSTILA DE AULAS PRÁTICAS – DISCIPLINA: BACTERIOLOGIA. PROFESSOR ALOYSIO CERQUEIRA, UFF. Descrição dos Meios de Cultura Empregados nos Exames Microbiológicos – ANVISA. Protocolos para Preparo de Meios de Cultura da Embrapa Agrobiologia, 1999. Biossegurança em Laboratórios Biomédicos de Microbiologia - 3.a edicao, 2006.

×