SlideShare uma empresa Scribd logo
Sistema digestório
PROF. MSC. MARÍLIA GOMES
Tipos de digestão
• Digestão mecânica: quebra física dos alimentos através da mastigação
e dos movimentos peristálticos
• Digestão química: transformação das moléculas mais complexas em
moléculas mais simples através da ação de sucos digestivos, que
contém enzimas
• A maioria dos sucos digestórios contém enzimas digestivas, proteínas
capazes de “digerir” determinado tipo de alimento
Introdução
 Sistema digestório:
• Trato digestivo - boca, faringe, esôfago, estômago ou moela,
intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus ou cloca
• Órgãos acessórios - dentes, língua, glândulas salivares (parótidas,
submandibulares e sublinguais), fígado, vesícula biliar e pâncreas
Funções
• Aproveitamento de substâncias alimentares, manutenção da vida
• Transformação mecânica e química das macromoléculas alimentares
em moléculas de tamanhos e formas adequadas para serem
absorvidas pelo intestino
• Transporte de alimentos digeridos, água e sais minerais da luz
intestinal para os capilares sanguíneos da mucosa do intestino
• Eliminação de resíduos alimentares não digeridos e não absorvidos
juntamente com células descamadas do trato gastrointestinal e
substâncias secretadas na luz do intestino
o Dentes: auxiliam no rompimento físico do alimento
o Língua: auxilia na mastigação e deglutição
o Órgãos anexos: produzem/armazenam secreções que passam para o
trato gastrintestinal e auxiliam na decomposição química
• Funções básicas e resumidas:
o Receber alimentos
o Estocá-lo temporariamente
o Reduzi-lo física e quimicamente
o Absorver os produtos da digestão
o Reter os restos não digeridos
Termos usuais
• Mastigação: desintegração parcial do alimento - mecânico e químico
• Deglutição: condução do alimento através da faringe para o esôfago
• Ingestão: introdução do alimento no estômago
• Digestão: desdobramento do alimento em moléculas mais simples
• Absorção: processo realizado pelos intestinos
• Defecação: eliminação de substâncias não digeridas
Trato digestivo - boca
Boca
• Cavidade oral ou bucal
• Formada por:
o Lábios - limite anterior - superior e inferior
o Bochechas - limites laterais - externamente pele e internamente mucosa
o Palato duro - limite superior anterior
o Palato mole - limite superior posterior - estrutura em forma de V
o Língua - limite inferior - transporte de alimentos e gosto
• Herbívoros: bochechas tendem a ser maiores
• Ruminantes: dieta abrasiva, epitélio espesso e cornificado,
que contém grande quantidade de papilas, dá proteção a
bochecha
• Roedores e primatas: Divertículo do vestíbulo oral –
“bolsas” nas bochechas que armazenam alimento
• Cavidade bucal:
o Alimento é ingerido e preparado para a digestão
o Mastigado pelos dentes
o A saliva facilita a formação do bolo alimentar
o A deglutição é iniciada voluntariamente - empurra o bolo para a
faringe
• A cavidade é dividida em duas partes:
1. Vestíbulo da boca: espaço semelhante a uma fenda entre os
dentes e a gengiva e os lábios e as bochecha
2. Cavidade própria da boca: espaço entre os arcos dentais superior
e inferior
• Equinos - Sensíveis e Móveis (Apreensão e
introdução do alimento na boca)
• Felinos - Menos móveis e menores
(Presença de sulco mediano = limitação da
mobilidade)
• Caninos - Longos e menos móveis
(Presença de sulco mediano)
• Ruminantes - espessos e insensíveis
(dieta abrasiva)
• Suínos - disco rostral (vedação
e sucção)
Trato digestivo
• Vísceras ocas:
o Tubos compostos por 4 ou 5 camadas
o Se estendem da boca ao ânus
1. Serosa
2. Muscular longitudinal
3. Muscular circular
4. Submucosa
5. Mucosa
Trato digestivo - faringe
• Comunica-se com as vias nasal, respiratória e digestória
• Tubo que se estende da boca ao esôfago
• Apresenta paredes espessas devido ao volume dos músculos
• Mucosa faríngea interna - facilita rápida passagem do alimento
• O alimento passa por deglutição facilitada pela saliva e muco
• Dividida em três partes:
1. Parte nasal (nasofaringe) - posteriormente ao nariz e acima do
palato mole, se diferencia da outras partes por permanecer sempre
aberta. Comunica-se anteriormente com as cavidades nasais. Na
parede posterior encontra-se a tonsila faríngea (adenoide em
crianças).
2. Parte oral (orofaringe) - estende-se do palato mole até o osso hioide.
Em sua parede lateral encontra-se a tonsila palatina.
3. Parte laríngea (laringofaringe) - estende-se do osso hioide à
cartilagem cricoide. De cada lado do orifício laríngeo encontra-se um
recesso denominado seio piriforme.
• Três estágios de deglutição:
1. Voluntário: o bolo alimentar vai para a parte oral da faringe
2. Faríngeo: passagem involuntária pela faringe para o esôfago
3. Esofágico: passagem involuntária pelo esôfago para o estômago
Trato digestivo - esôfago
• Responsável por levar o alimento ao estômago
• Liga a faringe até o estômago
• Localizado após a traqueia
o Porção cervical: em contato com a traqueia
o Porção torácica: passa por trás do brônquio esquerdo
o Porção abdominal: repousa sobre o diafragma
Trato digestório - peritônio, mesentério e
omento
• Peritônio:
• Maior membrana serosa do corpo
• Reduz o atrito entre vísceras
• Dividido em:
1. Peritônio parietal
2. Cavidade peritoneal
3. Peritônio visceral
• Omento: pregas que se
estendem entre dois órgãos
• Divide-se em:
o Omento maior
o Omento menor
• Mesentério: considerado o maior órgão
• Divide-se em:
o Mesentério propriamente dito: origina
nas estruturas ventrais da coluna
vertebral e mantém suspenso o intestino
delgado
o Mesocólon transverso: prende o
cólon transverso à parede
posterior abdominal
o Mesocólon sigmoide: mantém o
cólon s sigmoide em conexão
com a parede pélvica
o Mesocólon ascendente e
descendente: ligam o cólon
ascendente a descendente à
parede posterior abdominal
Órgãos acessórios - dentes
• Cônicos, duros, fixados em alvéolos na mandíbula e maxila
• Auxilia a mastigação
• Número variável entre espécies
• Divididos em 3 partes: raiz, colo e
coroa
• Possui 3 camadas: externa ou esmalte,
média ou dentina, interna ou polpa
• Existem 4 tipos: incisivos
(cortar), caninos (perfurar e
cortar), pré-molare e molares
(esmagar e triturar)
Estruturas de o dente
• Desgaste dos dentes:
 Sulco de Galvayne: uma linha longitudinal de cemento preta presente no
esmalte. Conforme o dente é desgastado, é possível estimar a idade do animal
devido à "movimentação" dessa linha
 Cauda de Andorinha: conforme os dentes são desgastados e o anglo de
oclusão muda, as regiões laterais dos cantos não é gasta, formando uma
estrutura denominada cauda de andorinha
 Dentes de Equinos possuem uma
fenda chamada Infundíbulo(na foto
superior, estrutura ovalada) e que,
conforme o dente é gasto, essa fenda
dimui de tamanho. O desgaste pode
acabar expondo a cavidade pulpar.
Dependendo do grau de desgaste é
possível determinar a idade do animal
Plano mediano
Pinça: 2 ½
Médio: 3 ½
Canto: 4 ½
• 1° pré-molar
• 1 a 4 unidades
• 5-6 mês de vida
Órgãos acessórios – língua
• Principal órgão do sentido do gosto
•Auxiliar na mastigação e deglutição dos alimentos
• Localiza-se no assoalho da boca, dentro da curva do corpo da
mandíbula
• Ápice: extremidade anterior, arredondada, se apoia contra a face
lingual dos dentes incisivos inferiores
• Raiz: parte posterior
• Papilas Linguais:
o Projeções do cório
o Distribuídas dando aspereza
o Os tipos de papilas são:
1. Valadas
2. Foliadas
3. Fungiformes
4. Filiformes
5. Cônicas
Órgãos acessórios – glândulas
• Glândulas exócrinas – Salivares
• Saliva: líquido viscoso, claro, sem gosto e sem odor
• Glândulas salivares menores:
o Bucais
o Palatinas
o Linguais
• Glândulas salivares principais
o Parótidas
o Mandibulares
o Sublinguais
o Zigomáticas (cães)
o Molar (felinos)
• Glândulas endócrinas -
Ilhotas pancreáticas
o Células alfa: glucagon
o Células beta: insulina
• Glândulas exócrinas -
Ácinos pancreáticos
• Enzimas do suco
pancreático
Sistemas digestivos
comparados
Obrigada!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema digestório Cães
Sistema digestório CãesSistema digestório Cães
Sistema digestório Cães
Helena Amaral
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Marília Gomes
 
Anatomia do sistema nervoso do equino
Anatomia do sistema nervoso do  equinoAnatomia do sistema nervoso do  equino
Anatomia do sistema nervoso do equino
Marília Gomes
 
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterináriaSistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Marília Gomes
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
Jamile Vitória
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
Luísa Santana
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
Marília Gomes
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana II
Marília Gomes
 
Casqueamento de Equinos
Casqueamento de EquinosCasqueamento de Equinos
Casqueamento de Equinos
Killer Max
 
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Noções de anatomia  das aves i semestre 2014Noções de anatomia  das aves i semestre 2014
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Tiago Merlo
 
Caprinos e Ovinos
Caprinos e OvinosCaprinos e Ovinos
Caprinos e Ovinos
Sheila Cassenotte
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
Marília Gomes
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
Marília Gomes
 
Osteologia Veterinária
Osteologia VeterináriaOsteologia Veterinária
Osteologia Veterinária
Patrícia Oliver
 
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterináriaAula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Julia Berardo
 
Aula 2 Anatomia - Planos e Eixos
Aula 2 Anatomia -  Planos e EixosAula 2 Anatomia -  Planos e Eixos
Aula 2 Anatomia - Planos e Eixos
Julia Berardo
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Julia Berardo
 
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e FunçõesFisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Pedro Augusto
 
Anatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção iAnatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção i
Francismara Carreira
 
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Vicente Fernandes
 

Mais procurados (20)

Sistema digestório Cães
Sistema digestório CãesSistema digestório Cães
Sistema digestório Cães
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
 
Anatomia do sistema nervoso do equino
Anatomia do sistema nervoso do  equinoAnatomia do sistema nervoso do  equino
Anatomia do sistema nervoso do equino
 
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterináriaSistema reprodutor - Anatomia veterinária
Sistema reprodutor - Anatomia veterinária
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
 
Sistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana IISistema digestório - anatomia humana II
Sistema digestório - anatomia humana II
 
Casqueamento de Equinos
Casqueamento de EquinosCasqueamento de Equinos
Casqueamento de Equinos
 
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
Noções de anatomia  das aves i semestre 2014Noções de anatomia  das aves i semestre 2014
Noções de anatomia das aves i semestre 2014
 
Caprinos e Ovinos
Caprinos e OvinosCaprinos e Ovinos
Caprinos e Ovinos
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
 
Osteologia Veterinária
Osteologia VeterináriaOsteologia Veterinária
Osteologia Veterinária
 
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterináriaAula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
 
Aula 2 Anatomia - Planos e Eixos
Aula 2 Anatomia -  Planos e EixosAula 2 Anatomia -  Planos e Eixos
Aula 2 Anatomia - Planos e Eixos
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
 
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e FunçõesFisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
 
Anatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção iAnatomia dos animais de produção i
Anatomia dos animais de produção i
 
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
 

Semelhante a Sistema digestório - Anatomia animal

Anatomia - Sistema Digestório
Anatomia - Sistema Digestório Anatomia - Sistema Digestório
Anatomia - Sistema Digestório
Pedro Miguel
 
Anatomia_II - área de medicina Copia.pdf
Anatomia_II - área  de medicina Copia.pdfAnatomia_II - área  de medicina Copia.pdf
Anatomia_II - área de medicina Copia.pdf
helenaosouza
 
Tubo digestivo Histologia
Tubo digestivo  HistologiaTubo digestivo  Histologia
Tubo digestivo Histologia
Stelyo Manhique
 
4 Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
4  Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor4  Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
4 Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
Michaela Helena Moretto Alves
 
ÓRgãos internos sistema digestório
ÓRgãos internos   sistema digestórioÓRgãos internos   sistema digestório
ÓRgãos internos sistema digestório
Hamilton Nobrega
 
Aula Introducao ao S.digestivo.pptx
Aula Introducao ao S.digestivo.pptxAula Introducao ao S.digestivo.pptx
Aula Introducao ao S.digestivo.pptx
CarlosFranciscoMacuv
 
SISTEMA DIGESTÓRIO
SISTEMA DIGESTÓRIOSISTEMA DIGESTÓRIO
SISTEMA DIGESTÓRIO
Carlos Carvalho
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Regina Rafael Teixeira
 
Sistema digestivo
Sistema  digestivoSistema  digestivo
Sistema digestivo
HOSPITAL GERAL DE PROMISSÃO
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
parambu
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
biomedunifil
 
Sistema digestorio de caes
Sistema digestorio de caesSistema digestorio de caes
Sistema digestorio de caes
Roosivelt Honorato
 
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptxSISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
AldieresSilva1
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
LarissaComparini
 
Aula sistema digestório pedro
Aula sistema digestório   pedroAula sistema digestório   pedro
Aula sistema digestório pedro
Pedro Clementoni
 
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
Caroline Augusta
 
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
Caroline Augusta
 
Nutricão e Digestão
Nutricão e DigestãoNutricão e Digestão
Nutricão e Digestão
Colégio Cardeal Arcoverde
 
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Aula 3 ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
Aula 3   ef - cie (1) [modo de compatibilidade]Aula 3   ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
Aula 3 ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
Walney M.F
 

Semelhante a Sistema digestório - Anatomia animal (20)

Anatomia - Sistema Digestório
Anatomia - Sistema Digestório Anatomia - Sistema Digestório
Anatomia - Sistema Digestório
 
Anatomia_II - área de medicina Copia.pdf
Anatomia_II - área  de medicina Copia.pdfAnatomia_II - área  de medicina Copia.pdf
Anatomia_II - área de medicina Copia.pdf
 
Tubo digestivo Histologia
Tubo digestivo  HistologiaTubo digestivo  Histologia
Tubo digestivo Histologia
 
4 Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
4  Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor4  Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
4 Apostila Anato - Sis. Digestório, Sis. Urinário e Sis. Genital/Reprodutor
 
ÓRgãos internos sistema digestório
ÓRgãos internos   sistema digestórioÓRgãos internos   sistema digestório
ÓRgãos internos sistema digestório
 
Aula Introducao ao S.digestivo.pptx
Aula Introducao ao S.digestivo.pptxAula Introducao ao S.digestivo.pptx
Aula Introducao ao S.digestivo.pptx
 
SISTEMA DIGESTÓRIO
SISTEMA DIGESTÓRIOSISTEMA DIGESTÓRIO
SISTEMA DIGESTÓRIO
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestivo
Sistema  digestivoSistema  digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
Sistema digestorio de caes
Sistema digestorio de caesSistema digestorio de caes
Sistema digestorio de caes
 
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptxSISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
SISTEMA DIGESTÓRIO.pptx
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Aula sistema digestório pedro
Aula sistema digestório   pedroAula sistema digestório   pedro
Aula sistema digestório pedro
 
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio (1)
 
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
11126333 apostila-anatomia-sistema-digestorio
 
Nutricão e Digestão
Nutricão e DigestãoNutricão e Digestão
Nutricão e Digestão
 
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
Apresentaomamferoseatividadesonline 121112180336-phpapp01
 
Aula 3 ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
Aula 3   ef - cie (1) [modo de compatibilidade]Aula 3   ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
Aula 3 ef - cie (1) [modo de compatibilidade]
 

Mais de Marília Gomes

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Marília Gomes
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
Marília Gomes
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
Marília Gomes
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Marília Gomes
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
Marília Gomes
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
Marília Gomes
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
Marília Gomes
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
Marília Gomes
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
Marília Gomes
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
Marília Gomes
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
Marília Gomes
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Marília Gomes
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Marília Gomes
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
Marília Gomes
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
Marília Gomes
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
Marília Gomes
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Marília Gomes
 
Processos inflamatórios - agudo e crônico
Processos inflamatórios - agudo e crônicoProcessos inflamatórios - agudo e crônico
Processos inflamatórios - agudo e crônico
Marília Gomes
 

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
 
Processos inflamatórios - agudo e crônico
Processos inflamatórios - agudo e crônicoProcessos inflamatórios - agudo e crônico
Processos inflamatórios - agudo e crônico
 

Último

Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 

Último (20)

Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 

Sistema digestório - Anatomia animal

  • 2.
  • 3. Tipos de digestão • Digestão mecânica: quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos • Digestão química: transformação das moléculas mais complexas em moléculas mais simples através da ação de sucos digestivos, que contém enzimas
  • 4.
  • 5. • A maioria dos sucos digestórios contém enzimas digestivas, proteínas capazes de “digerir” determinado tipo de alimento
  • 6. Introdução  Sistema digestório: • Trato digestivo - boca, faringe, esôfago, estômago ou moela, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus ou cloca • Órgãos acessórios - dentes, língua, glândulas salivares (parótidas, submandibulares e sublinguais), fígado, vesícula biliar e pâncreas
  • 7.
  • 8.
  • 9. Funções • Aproveitamento de substâncias alimentares, manutenção da vida • Transformação mecânica e química das macromoléculas alimentares em moléculas de tamanhos e formas adequadas para serem absorvidas pelo intestino
  • 10. • Transporte de alimentos digeridos, água e sais minerais da luz intestinal para os capilares sanguíneos da mucosa do intestino • Eliminação de resíduos alimentares não digeridos e não absorvidos juntamente com células descamadas do trato gastrointestinal e substâncias secretadas na luz do intestino
  • 11. o Dentes: auxiliam no rompimento físico do alimento o Língua: auxilia na mastigação e deglutição o Órgãos anexos: produzem/armazenam secreções que passam para o trato gastrintestinal e auxiliam na decomposição química
  • 12. • Funções básicas e resumidas: o Receber alimentos o Estocá-lo temporariamente o Reduzi-lo física e quimicamente o Absorver os produtos da digestão o Reter os restos não digeridos
  • 13. Termos usuais • Mastigação: desintegração parcial do alimento - mecânico e químico • Deglutição: condução do alimento através da faringe para o esôfago • Ingestão: introdução do alimento no estômago • Digestão: desdobramento do alimento em moléculas mais simples • Absorção: processo realizado pelos intestinos • Defecação: eliminação de substâncias não digeridas
  • 15. Boca • Cavidade oral ou bucal • Formada por: o Lábios - limite anterior - superior e inferior o Bochechas - limites laterais - externamente pele e internamente mucosa o Palato duro - limite superior anterior o Palato mole - limite superior posterior - estrutura em forma de V o Língua - limite inferior - transporte de alimentos e gosto
  • 16. • Herbívoros: bochechas tendem a ser maiores • Ruminantes: dieta abrasiva, epitélio espesso e cornificado, que contém grande quantidade de papilas, dá proteção a bochecha • Roedores e primatas: Divertículo do vestíbulo oral – “bolsas” nas bochechas que armazenam alimento
  • 17. • Cavidade bucal: o Alimento é ingerido e preparado para a digestão o Mastigado pelos dentes o A saliva facilita a formação do bolo alimentar o A deglutição é iniciada voluntariamente - empurra o bolo para a faringe
  • 18. • A cavidade é dividida em duas partes: 1. Vestíbulo da boca: espaço semelhante a uma fenda entre os dentes e a gengiva e os lábios e as bochecha 2. Cavidade própria da boca: espaço entre os arcos dentais superior e inferior
  • 19. • Equinos - Sensíveis e Móveis (Apreensão e introdução do alimento na boca) • Felinos - Menos móveis e menores (Presença de sulco mediano = limitação da mobilidade) • Caninos - Longos e menos móveis (Presença de sulco mediano)
  • 20. • Ruminantes - espessos e insensíveis (dieta abrasiva) • Suínos - disco rostral (vedação e sucção)
  • 21. Trato digestivo • Vísceras ocas: o Tubos compostos por 4 ou 5 camadas o Se estendem da boca ao ânus 1. Serosa 2. Muscular longitudinal 3. Muscular circular 4. Submucosa 5. Mucosa
  • 22. Trato digestivo - faringe • Comunica-se com as vias nasal, respiratória e digestória • Tubo que se estende da boca ao esôfago • Apresenta paredes espessas devido ao volume dos músculos • Mucosa faríngea interna - facilita rápida passagem do alimento • O alimento passa por deglutição facilitada pela saliva e muco
  • 23. • Dividida em três partes: 1. Parte nasal (nasofaringe) - posteriormente ao nariz e acima do palato mole, se diferencia da outras partes por permanecer sempre aberta. Comunica-se anteriormente com as cavidades nasais. Na parede posterior encontra-se a tonsila faríngea (adenoide em crianças).
  • 24. 2. Parte oral (orofaringe) - estende-se do palato mole até o osso hioide. Em sua parede lateral encontra-se a tonsila palatina. 3. Parte laríngea (laringofaringe) - estende-se do osso hioide à cartilagem cricoide. De cada lado do orifício laríngeo encontra-se um recesso denominado seio piriforme.
  • 25. • Três estágios de deglutição: 1. Voluntário: o bolo alimentar vai para a parte oral da faringe 2. Faríngeo: passagem involuntária pela faringe para o esôfago 3. Esofágico: passagem involuntária pelo esôfago para o estômago
  • 26. Trato digestivo - esôfago • Responsável por levar o alimento ao estômago • Liga a faringe até o estômago • Localizado após a traqueia o Porção cervical: em contato com a traqueia o Porção torácica: passa por trás do brônquio esquerdo o Porção abdominal: repousa sobre o diafragma
  • 27.
  • 28. Trato digestório - peritônio, mesentério e omento • Peritônio: • Maior membrana serosa do corpo • Reduz o atrito entre vísceras • Dividido em: 1. Peritônio parietal 2. Cavidade peritoneal 3. Peritônio visceral
  • 29. • Omento: pregas que se estendem entre dois órgãos • Divide-se em: o Omento maior o Omento menor
  • 30. • Mesentério: considerado o maior órgão • Divide-se em: o Mesentério propriamente dito: origina nas estruturas ventrais da coluna vertebral e mantém suspenso o intestino delgado
  • 31. o Mesocólon transverso: prende o cólon transverso à parede posterior abdominal o Mesocólon sigmoide: mantém o cólon s sigmoide em conexão com a parede pélvica o Mesocólon ascendente e descendente: ligam o cólon ascendente a descendente à parede posterior abdominal
  • 32. Órgãos acessórios - dentes • Cônicos, duros, fixados em alvéolos na mandíbula e maxila • Auxilia a mastigação • Número variável entre espécies
  • 33. • Divididos em 3 partes: raiz, colo e coroa • Possui 3 camadas: externa ou esmalte, média ou dentina, interna ou polpa
  • 34.
  • 35.
  • 36. • Existem 4 tipos: incisivos (cortar), caninos (perfurar e cortar), pré-molare e molares (esmagar e triturar)
  • 37.
  • 39. • Desgaste dos dentes:  Sulco de Galvayne: uma linha longitudinal de cemento preta presente no esmalte. Conforme o dente é desgastado, é possível estimar a idade do animal devido à "movimentação" dessa linha  Cauda de Andorinha: conforme os dentes são desgastados e o anglo de oclusão muda, as regiões laterais dos cantos não é gasta, formando uma estrutura denominada cauda de andorinha
  • 40.
  • 41.
  • 42.  Dentes de Equinos possuem uma fenda chamada Infundíbulo(na foto superior, estrutura ovalada) e que, conforme o dente é gasto, essa fenda dimui de tamanho. O desgaste pode acabar expondo a cavidade pulpar. Dependendo do grau de desgaste é possível determinar a idade do animal
  • 43. Plano mediano Pinça: 2 ½ Médio: 3 ½ Canto: 4 ½
  • 44. • 1° pré-molar • 1 a 4 unidades • 5-6 mês de vida
  • 45. Órgãos acessórios – língua • Principal órgão do sentido do gosto •Auxiliar na mastigação e deglutição dos alimentos • Localiza-se no assoalho da boca, dentro da curva do corpo da mandíbula
  • 46. • Ápice: extremidade anterior, arredondada, se apoia contra a face lingual dos dentes incisivos inferiores • Raiz: parte posterior
  • 47.
  • 48. • Papilas Linguais: o Projeções do cório o Distribuídas dando aspereza o Os tipos de papilas são: 1. Valadas 2. Foliadas 3. Fungiformes 4. Filiformes 5. Cônicas
  • 49. Órgãos acessórios – glândulas • Glândulas exócrinas – Salivares • Saliva: líquido viscoso, claro, sem gosto e sem odor • Glândulas salivares menores: o Bucais o Palatinas o Linguais
  • 50.
  • 51.
  • 52. • Glândulas salivares principais o Parótidas o Mandibulares o Sublinguais o Zigomáticas (cães) o Molar (felinos)
  • 53.
  • 54. • Glândulas endócrinas - Ilhotas pancreáticas o Células alfa: glucagon o Células beta: insulina • Glândulas exócrinas - Ácinos pancreáticos • Enzimas do suco pancreático
  • 55.
  • 57.