SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Msc. Marília Gomes
 O tecido nervoso compreende
basicamente dois tipos de celulares: os
neurônios e as células glias:
 Neurônio: é a unidade estrutural e funcional do sistema nervoso que é
especializada para a comunicação rápida. Tem a função básica de
receber, processar e enviar informações.
 Células Glias: compreende as células que ocupam os espaços entre os
neurônios e tem como função sustentação, revestimento ou isolamento
e modulação da atividade neural.
 Neurônios são divididos em:
1. Corpo Celular:
 Centro metabólico do neurônio
 Responsável pela síntese de todas as proteínas neuronais
 Forma e tamanho variáveis conforme o tipo de neurônio
 O corpo celular junto com os dendritos é o local de recepção de estímulos,
através de contatos sinápticos
2. Dendritos:
 Curtos e ramificados
 Processos ou projeções que transmitem impulsos para os corpos celulares
dos neurônios ou para os axônios
 Em geral os dendritos são não mielinizados
 Um neurônio pode apresentar milhares de dendritos
 Especializados em receber estímulos
3. Axônios:
 A maioria dos neurônios possui um axônio
 Prolongamento longo e fino: origina do corpo celular ou de um dendrito
principal
 Apresenta comprimento muito variável
 Processos que transmitem impulsos
 A porção terminal do axônio é ramificada para formar terminais axônicos,
onde são armazenados os neurotransmissores químicos
 Especializado em gerar e conduzir o potencial de ação
1. Sensitivo conduz a informação da periferia em direção ao SNC, sendo
também chamado neurônio aferente (SNC/SNP)
2. Motor conduz informação do SNC em direção à periferia, sendo
conhecido como neurônio eferente (SNC/SNP)
3. Interneurônio são aqueles que conectam um neurônio a outro, sendo
encontrados no SNC
 Bipolares: dois
prolongamentos deixam o
corpo celular, um dendrito e
um axônio
 Multipolares: possuem vários
dendritos e um axônio
 Pseudo-unipolares: um
prolongamento deixa o corpo
celular
Sensitiva: os nervos sensitivos captam informações do meio interno e
externo do corpo e as conduzem ao SNC
Integradora: a informação sensitiva trazida ao SNC é processada ou
interpretada
Motora: os nervos motores conduzem a informação do SNC em direção aos
músculos e às glândulas do corpo, levando as informações do SNC
 Pontos de contato entre neurônios - encontramos vesículas sinápticas
(armazenam neurotransmissores)
 A comunicação ocorre por neurotransmissores – agentes químicos
secretados por um neurônio
 Os neurotransmissores mais comuns são: acetilcolina e norepinefrina.
Outros: epinefrina, serotonina, GABA e endorfinas
 Interneuronais: neurônio –
neurônio
 Neuromusculares: neurônio –
músculo
 Neuroglandulares: neurônio –
célula glandular
 Compreende um axônio e, quando presente, seu envoltório de origem
glial
 O principal envoltório é a bainha de mielina (camadas de substâncias
de lipídeos e proteína) - isolamento elétrico:
 Fibras nervosas mielínicas: quando envolvidos por bainha de mielina
 Fibras nervosas amielínicas: na ausência de mielina
 No SNP a bainha de mielina é formada por células de Schwann
 No SNC é formada por oligodendrócitos
 A bainha de mielina permite condução rápida do impulso nervoso
 Ao longo dos axônios a condução é saltatória (através dos nódulos de
Ranvier)
 Epineuro: envolve vários feixes
 Perineuro: envolve um feixe
 Endoneuro: envolve uma fibra
 Nervos espinhais e cranianos: Após
sair do tronco encefálico, da medula
espinhal ou dos gânglios sensitivos,
as fibras nervosas motoras e
sensitivas reúnem-se em feixes que se
associam a estruturas conjuntivas
 Nervos espinhais: união de uma raiz ventral (motora) e dorsal
(sensorial)
 O tronco do nervo espinhal é funcionalmente misto e deixa o canal
vertebral pelo forame intervertebral
1. Ramo dorsal: inerva a pele e músculos da região dorsal do tronco, da
nuca e região occipital da cabeça
2. Ramo ventral: inerva a pele, musculatura, ossos e vasos dos membros e
região anterolateral do pescoço e tronco
 Astrócitos:
 Captam neurotransmissores
 Tem funções metabólicas
 Tem prolongamentos inseridos nos vasos sanguíneos
 Oligondendrócitos:
 Possuem corpo arrendondado
 Atuam na manutenção dos neurônios
 Síntese das bainhas de mielina
 Espessamento do ectoderma dorsal do embrião => placa neural => suco
neural => tubo neural => 5 vesículas
3
 Regulador das atividades corporais
 Subdivide em três segmentos:
1. Sistema Nervoso Central (SNC)
2. Sistema Nervoso Periférico (SNP)
Sistema Nervoso Autônomo (SNA)
Sistema nervoso - Anatomia animal

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Vicente Fernandes
 
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animalSistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
Marília Gomes
 
Anatomia do sistema nervoso do equino
Anatomia do sistema nervoso do  equinoAnatomia do sistema nervoso do  equino
Anatomia do sistema nervoso do equino
Marília Gomes
 
Fisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal VeterináriaFisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal Veterinária
Patrícia Oliver
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Julia Berardo
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
Marília Gomes
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Marília Gomes
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
Marília Gomes
 
Anatomia dos animais de produção ii
Anatomia dos animais de produção iiAnatomia dos animais de produção ii
Anatomia dos animais de produção ii
Francismara Carreira
 
Sistema cardiovascular e linfático veterinária
Sistema cardiovascular e linfático veterináriaSistema cardiovascular e linfático veterinária
Sistema cardiovascular e linfático veterinária
Marília Gomes
 
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia VeterináriaIntrodução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Felipe Damschi
 
Miologia veterinária
Miologia veterináriaMiologia veterinária
Miologia veterinária
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
Marília Gomes
 
Tireoide ( Anatomia Veterinária)
 Tireoide ( Anatomia Veterinária) Tireoide ( Anatomia Veterinária)
Tireoide ( Anatomia Veterinária)
Jacqueline Gomes
 
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterináriaAula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Julia Berardo
 
Sistema sensorial - anatomia animal
Sistema sensorial - anatomia animalSistema sensorial - anatomia animal
Sistema sensorial - anatomia animal
Marília Gomes
 
Respiratorio
RespiratorioRespiratorio
Respiratorio
Jefferson Pastuszak
 
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - FamaAula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
Marília Gomes
 
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Marília Gomes
 

Mais procurados (20)

Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
Sistema Articular (Anatomia Veterinária)
 
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animalSistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
Sistema cardiovascular e linfático - anatomia animal
 
Anatomia do sistema nervoso do equino
Anatomia do sistema nervoso do  equinoAnatomia do sistema nervoso do  equino
Anatomia do sistema nervoso do equino
 
Fisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal VeterináriaFisiologia renal Veterinária
Fisiologia renal Veterinária
 
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
Aula 3 Anatomia - Pele e Anexos
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
 
Anatomia dos animais de produção ii
Anatomia dos animais de produção iiAnatomia dos animais de produção ii
Anatomia dos animais de produção ii
 
Sistema cardiovascular e linfático veterinária
Sistema cardiovascular e linfático veterináriaSistema cardiovascular e linfático veterinária
Sistema cardiovascular e linfático veterinária
 
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia VeterináriaIntrodução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
Introdução a Anatomia e Fisiologia Veterinária
 
Miologia veterinária
Miologia veterináriaMiologia veterinária
Miologia veterinária
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
 
Tireoide ( Anatomia Veterinária)
 Tireoide ( Anatomia Veterinária) Tireoide ( Anatomia Veterinária)
Tireoide ( Anatomia Veterinária)
 
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterináriaAula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
Aula 1 Anatomia - Osteologia veterinária
 
Sistema sensorial - anatomia animal
Sistema sensorial - anatomia animalSistema sensorial - anatomia animal
Sistema sensorial - anatomia animal
 
Respiratorio
RespiratorioRespiratorio
Respiratorio
 
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - FamaAula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
Aula 8 - anatomia I - sistema nervoso - Fama
 
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
Sindesmologia veterinária - anatomia animal I
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 

Semelhante a Sistema nervoso - Anatomia animal

Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
marco :)
 
Est.mov. m3 - sistema nervoso
Est.mov.   m3 - sistema nervosoEst.mov.   m3 - sistema nervoso
Est.mov. m3 - sistema nervoso
Filipe Matos
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
Gustavo Sousa
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
leonorsm
 
O Cérebro
O CérebroO Cérebro
O Cérebro
Ana Isabel
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Ana Tapadinhas
 
Tecido Nervoso Pris
Tecido Nervoso PrisTecido Nervoso Pris
Tecido Nervoso Pris
Natalianeto
 
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdf
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdfAula 10 - Tecido Nervoso.pdf
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdf
MarianePatricioCosta
 
Sist nervoso
Sist nervosoSist nervoso
Sist nervoso
Carla Patrícia Lima
 
Fisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SNFisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SN
Defesa da Classe Biomédica
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Colégios particulares
 
Aula Anatomia
Aula AnatomiaAula Anatomia
Aula Anatomia
Elyane Oliveira
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
itamirvieira1
 
06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc
Andrezza Belota Lopes Machado
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
Paulocosta510
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Tânia Reis
 
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdfDescobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
moniquedornelas
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Rodrigo Sama
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
Simone Alvarenga
 
693153
693153693153

Semelhante a Sistema nervoso - Anatomia animal (20)

Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
 
Est.mov. m3 - sistema nervoso
Est.mov.   m3 - sistema nervosoEst.mov.   m3 - sistema nervoso
Est.mov. m3 - sistema nervoso
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
 
O Cérebro
O CérebroO Cérebro
O Cérebro
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
 
Tecido Nervoso Pris
Tecido Nervoso PrisTecido Nervoso Pris
Tecido Nervoso Pris
 
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdf
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdfAula 10 - Tecido Nervoso.pdf
Aula 10 - Tecido Nervoso.pdf
 
Sist nervoso
Sist nervosoSist nervoso
Sist nervoso
 
Fisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SNFisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SN
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Aula Anatomia
Aula AnatomiaAula Anatomia
Aula Anatomia
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
 
06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdfDescobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
Descobrindo o tecido nervoso aula 05.pdf
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
693153
693153693153
693153
 

Mais de Marília Gomes

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Marília Gomes
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
Marília Gomes
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
Marília Gomes
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Marília Gomes
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
Marília Gomes
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
Marília Gomes
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
Marília Gomes
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
Marília Gomes
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
Marília Gomes
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
Marília Gomes
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
Marília Gomes
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Marília Gomes
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
Marília Gomes
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
Marília Gomes
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
Marília Gomes
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
Marília Gomes
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
Marília Gomes
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Marília Gomes
 

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 

Sistema nervoso - Anatomia animal

  • 2.  O tecido nervoso compreende basicamente dois tipos de celulares: os neurônios e as células glias:
  • 3.  Neurônio: é a unidade estrutural e funcional do sistema nervoso que é especializada para a comunicação rápida. Tem a função básica de receber, processar e enviar informações.  Células Glias: compreende as células que ocupam os espaços entre os neurônios e tem como função sustentação, revestimento ou isolamento e modulação da atividade neural.
  • 4.  Neurônios são divididos em: 1. Corpo Celular:  Centro metabólico do neurônio  Responsável pela síntese de todas as proteínas neuronais  Forma e tamanho variáveis conforme o tipo de neurônio  O corpo celular junto com os dendritos é o local de recepção de estímulos, através de contatos sinápticos
  • 5. 2. Dendritos:  Curtos e ramificados  Processos ou projeções que transmitem impulsos para os corpos celulares dos neurônios ou para os axônios  Em geral os dendritos são não mielinizados  Um neurônio pode apresentar milhares de dendritos  Especializados em receber estímulos
  • 6. 3. Axônios:  A maioria dos neurônios possui um axônio  Prolongamento longo e fino: origina do corpo celular ou de um dendrito principal  Apresenta comprimento muito variável  Processos que transmitem impulsos  A porção terminal do axônio é ramificada para formar terminais axônicos, onde são armazenados os neurotransmissores químicos  Especializado em gerar e conduzir o potencial de ação
  • 7.
  • 8. 1. Sensitivo conduz a informação da periferia em direção ao SNC, sendo também chamado neurônio aferente (SNC/SNP) 2. Motor conduz informação do SNC em direção à periferia, sendo conhecido como neurônio eferente (SNC/SNP) 3. Interneurônio são aqueles que conectam um neurônio a outro, sendo encontrados no SNC
  • 9.  Bipolares: dois prolongamentos deixam o corpo celular, um dendrito e um axônio  Multipolares: possuem vários dendritos e um axônio  Pseudo-unipolares: um prolongamento deixa o corpo celular
  • 10. Sensitiva: os nervos sensitivos captam informações do meio interno e externo do corpo e as conduzem ao SNC Integradora: a informação sensitiva trazida ao SNC é processada ou interpretada Motora: os nervos motores conduzem a informação do SNC em direção aos músculos e às glândulas do corpo, levando as informações do SNC
  • 11.  Pontos de contato entre neurônios - encontramos vesículas sinápticas (armazenam neurotransmissores)  A comunicação ocorre por neurotransmissores – agentes químicos secretados por um neurônio  Os neurotransmissores mais comuns são: acetilcolina e norepinefrina. Outros: epinefrina, serotonina, GABA e endorfinas
  • 12.  Interneuronais: neurônio – neurônio  Neuromusculares: neurônio – músculo  Neuroglandulares: neurônio – célula glandular
  • 13.  Compreende um axônio e, quando presente, seu envoltório de origem glial  O principal envoltório é a bainha de mielina (camadas de substâncias de lipídeos e proteína) - isolamento elétrico:  Fibras nervosas mielínicas: quando envolvidos por bainha de mielina  Fibras nervosas amielínicas: na ausência de mielina
  • 14.
  • 15.  No SNP a bainha de mielina é formada por células de Schwann  No SNC é formada por oligodendrócitos  A bainha de mielina permite condução rápida do impulso nervoso  Ao longo dos axônios a condução é saltatória (através dos nódulos de Ranvier)
  • 16.
  • 17.
  • 18.  Epineuro: envolve vários feixes  Perineuro: envolve um feixe  Endoneuro: envolve uma fibra
  • 19.
  • 20.  Nervos espinhais e cranianos: Após sair do tronco encefálico, da medula espinhal ou dos gânglios sensitivos, as fibras nervosas motoras e sensitivas reúnem-se em feixes que se associam a estruturas conjuntivas
  • 21.
  • 22.
  • 23.  Nervos espinhais: união de uma raiz ventral (motora) e dorsal (sensorial)  O tronco do nervo espinhal é funcionalmente misto e deixa o canal vertebral pelo forame intervertebral 1. Ramo dorsal: inerva a pele e músculos da região dorsal do tronco, da nuca e região occipital da cabeça 2. Ramo ventral: inerva a pele, musculatura, ossos e vasos dos membros e região anterolateral do pescoço e tronco
  • 24.
  • 25.  Astrócitos:  Captam neurotransmissores  Tem funções metabólicas  Tem prolongamentos inseridos nos vasos sanguíneos  Oligondendrócitos:  Possuem corpo arrendondado  Atuam na manutenção dos neurônios  Síntese das bainhas de mielina
  • 26.
  • 27.
  • 28.  Espessamento do ectoderma dorsal do embrião => placa neural => suco neural => tubo neural => 5 vesículas
  • 29. 3
  • 30.
  • 31.
  • 32.  Regulador das atividades corporais  Subdivide em três segmentos: 1. Sistema Nervoso Central (SNC) 2. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Sistema Nervoso Autônomo (SNA)