SlideShare uma empresa Scribd logo
Com os seus cerca de 92 212 km2, Portugal apresenta uma grande
diversidade de paisagens, nas quais se inserem, quando consideramos o
espaço rural, as paisagens agrárias.
A diversidade de paisagens agrárias
levou à delimitação das nove regiões
agrárias:
Sete regiões em Portugal
Continental.
Duas regiões nas regiões
autónomas dos Açores e da
Madeira.
Caracterização do espaço agrário
I - Morfologia agrária II - Sistema de culturas III - Povoamento rural
As diferentes paisagens agrárias refletem a conjugação da morfologia agrária, do
sistema de cultura e das formas de povoamento rural, que variam de região para
região devido a:
Fatores naturais, como o clima, o relevo e o solo;
Fatores humanos, de ordem histórica, cultural e política.
I – Morfologia agrária
Dimensão das
explorações
- Latifúndios
- Minifúndios
Forma das
explorações
- Regular
- Irregular
Fragmentação
das
explorações
- Elevada
- Reduzida
- Nula
Presença ou
ausência de
vedações
- Campos abertos
- Campos
fechados
Dimensão da
rede de
caminhos
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
Morfologia agrária
Campos de pequena
dimensão, fechados e
irregulares
- Beira Litoral;
- Entre Douro e Minho;
- Algarve;
- Madeira;
- Açores (algumas ilhas).
Campos de grande
dimensão, abertos e
regulares
- Alentejo;
- Trás-os-Montes;
- Ribatejo.
A agricultura portuguesa, quanto à morfologia das explorações agrárias,
carateriza-se:
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
II – Sistemas de culturas
Aproveitamento do
solo
- Intensivo
- Extensivo
Variedade de
culturas
- Policultura
- Monocultura
Rotação de culturas
- Afolhamento com
pousio
- Afolhamento sem
pousio
Utilização ou não
de rega
- Agricultura de
regadio
- Agricultra de
sequeiro
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
II – SISTEMA DE CULTURAS
O sistema
extensivo está
associado...
- À monocultura;
- Aos campos de grande
dimensão, regulares e
abertos.
Ilha da Madeira, costa norte
OLIVAL, ALENTEJO
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
O sistema
intensivo está
associado...
- À policultura;
- Aos campos de
pequena dimensão,
irregulares e fechados.
O sistema extensivo caracteriza-se:
Pela ocupação descontínua dos campos, isto é, o solo não tem uma
ocupação permanente e contínua durante o ano, estando, no geral,
associado ao regime de afolhamento com rotação de culturas;
Pelo predomínio da monocultura;
Por ser praticado em áreas de solo pouco férteis, de relevo mais
plano e de fraca pluviosidade, estando associado a culturas de
sequeiro;
II – SISTEMA DE CULTURAS
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
O sistema extensivo caracteriza-se:
Por utilizar uma mão de obra pouco numerosa, dado que está
associado a uma agricultura mecanizada;
Por registar custos de produção baixos, devido à pouca mão de obra e
à simplificação das operações culturais;
Por predominar em áreas de povoamento concentrado.
II – SISTEMA DE CULTURAS
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
O sistema intensivo caracteriza-se:
Pela ocupação intensiva dos campos, isto é, o solo é total e
continuamente ocupado durante o ano;
Por uma grande diversidade de culturas, isto é, pelo predomínio da
policultura, sobretudo nos sistemas mais tradicionais;
Por ser praticado em áreas de solo fértil, de relevo acidentado e de
elevada pluviosidade, estando associado a culturas de regadio;
II – SISTEMA DE CULTURAS
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
O sistema intensivo caracteriza-se:
Por utilizar uma mão de obra numerosa;
Por registar custos de produção elevados, devido à elevada mão de
obra e à diversificação de equipamentos agrícolas;
Por predominar em áreas de povoamento disperso.
II – SISTEMA DE CULTURAS
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
III – Povoamento rural
Disperso
(Entre Douro e Minho,
Madeira e Açores)
Concentrado
(Alentejo)
Misto
(Beira Litoral e Açores)
CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
De uma forma geral, na atualidade, a agricultura portuguesa caracteriza-se:
Pela diminuição do número de explorações agrícolas;
Pela diminuição do número de explorações de pequena
dimensão;
Pelo aumento do número de explorações de grande dimensão;
CARACTERÍSTICAS DA AGRICULTURA PORTUGUESA
Na atualidade, a agricultura portuguesa caracteriza-se:
Pelo aumento do sistema de cultura extensivo;
Pelo aumento da mecanização;
Por uma maior especialização;
CARACTERÍSTICAS DA AGRICULTURA PORTUGUESA
Pelo decréscimo do número de agricultores;
Pelo envelhecimento dos agricultores;
Pela baixa instrução e formação profissional dos agricultores.
Características da agricultura portuguesa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

áReas funcionais
áReas funcionaisáReas funcionais
áReas funcionaisPocarolas
 
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º anoA expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano713773
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaIlda Bicacro
 
O mundo rural em portugal
O mundo rural em portugalO mundo rural em portugal
O mundo rural em portugalCacilda Basto
 
Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Joao Paulo Curto
 
As caracteristicas da_rede_urbana
As caracteristicas da_rede_urbanaAs caracteristicas da_rede_urbana
As caracteristicas da_rede_urbanaIlda Bicacro
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano713773
 
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumA agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumIlda Bicacro
 
Áreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte IÁreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte Iabarros
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoDavide Ferreira
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoSara Guerra
 
Indústria e desenvolvimento rural 11ºse
Indústria e desenvolvimento rural 11ºseIndústria e desenvolvimento rural 11ºse
Indústria e desenvolvimento rural 11ºsemariajosantos
 
Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícolaMaria Adelaide
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumMaria Adelaide
 
Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)Maria Inês Jorge
 
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º anoAs áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano713773
 
Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)Idalina Leite
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Idalina Leite
 

Mais procurados (20)

áReas funcionais
áReas funcionaisáReas funcionais
áReas funcionais
 
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º anoA expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano
A expansão urbana em Portugal - Geografia 11º ano
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
 
2 Áreas Funcionais
2 Áreas Funcionais2 Áreas Funcionais
2 Áreas Funcionais
 
O mundo rural em portugal
O mundo rural em portugalO mundo rural em portugal
O mundo rural em portugal
 
Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6
 
Geografia11ºano
Geografia11ºanoGeografia11ºano
Geografia11ºano
 
As caracteristicas da_rede_urbana
As caracteristicas da_rede_urbanaAs caracteristicas da_rede_urbana
As caracteristicas da_rede_urbana
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
 
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumA agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
 
Áreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte IÁreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte I
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- Alentejo
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
 
Indústria e desenvolvimento rural 11ºse
Indústria e desenvolvimento rural 11ºseIndústria e desenvolvimento rural 11ºse
Indústria e desenvolvimento rural 11ºse
 
Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícola
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola Comum
 
Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)
 
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º anoAs áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
 
Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)Problemas urbanos, soluções (2)
Problemas urbanos, soluções (2)
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1
 

Semelhante a Características da agricultura portuguesa

1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02
1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp021 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02
1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02Gonçalo Simões
 
A - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdfA - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdfDomingosSantos40
 
As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosIlda Bicacro
 
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdfAULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdfalessandraleal20
 
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)Joana Filipa Rodrigues
 
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-20111.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011Helena Saraiva
 
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas AgrícilasO Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas AgrícilasFábio Luz
 
Agricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaAgricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaDébora Sales
 
Agricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaAgricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaDébora Sales
 
1. A_agricultura.pptx
1. A_agricultura.pptx1. A_agricultura.pptx
1. A_agricultura.pptxPaula Lima
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Idalina Leite
 
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdfC - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdfDomingosSantos40
 
Bioma Semi-árido
Bioma Semi-áridoBioma Semi-árido
Bioma Semi-áridoJade
 
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Joel Loureiro
 

Semelhante a Características da agricultura portuguesa (20)

Agricultura portugal
Agricultura portugalAgricultura portugal
Agricultura portugal
 
1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02
1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp021 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02
1 agricultura1conceitos2010-2011-101026071558-phpapp02
 
A - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdfA - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdf
 
As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agrários
 
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdfAULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
 
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)
A Agricultura portuguesa (11º ano) e a Ação erosiva do mar (10º ano)
 
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-20111.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
 
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas AgrícilasO Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
 
Agricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaAgricultura e pecuaria
Agricultura e pecuaria
 
Agricultura e pecuaria
Agricultura e pecuariaAgricultura e pecuaria
Agricultura e pecuaria
 
1. A_agricultura.pptx
1. A_agricultura.pptx1. A_agricultura.pptx
1. A_agricultura.pptx
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2
 
Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
 
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdfC - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
 
Bioma Semi-árido
Bioma Semi-áridoBioma Semi-árido
Bioma Semi-árido
 
Bioma Semi áRido
Bioma Semi áRidoBioma Semi áRido
Bioma Semi áRido
 
Biogeografia 16
Biogeografia 16Biogeografia 16
Biogeografia 16
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
 
2º ano dominios morfoclimáticos
2º ano dominios morfoclimáticos2º ano dominios morfoclimáticos
2º ano dominios morfoclimáticos
 

Último

Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxEduardaMedeiros18
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 

Último (20)

Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 

Características da agricultura portuguesa

  • 1.
  • 2. Com os seus cerca de 92 212 km2, Portugal apresenta uma grande diversidade de paisagens, nas quais se inserem, quando consideramos o espaço rural, as paisagens agrárias. A diversidade de paisagens agrárias levou à delimitação das nove regiões agrárias: Sete regiões em Portugal Continental. Duas regiões nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.
  • 3. Caracterização do espaço agrário I - Morfologia agrária II - Sistema de culturas III - Povoamento rural As diferentes paisagens agrárias refletem a conjugação da morfologia agrária, do sistema de cultura e das formas de povoamento rural, que variam de região para região devido a: Fatores naturais, como o clima, o relevo e o solo; Fatores humanos, de ordem histórica, cultural e política.
  • 4. I – Morfologia agrária Dimensão das explorações - Latifúndios - Minifúndios Forma das explorações - Regular - Irregular Fragmentação das explorações - Elevada - Reduzida - Nula Presença ou ausência de vedações - Campos abertos - Campos fechados Dimensão da rede de caminhos CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 5. Morfologia agrária Campos de pequena dimensão, fechados e irregulares - Beira Litoral; - Entre Douro e Minho; - Algarve; - Madeira; - Açores (algumas ilhas). Campos de grande dimensão, abertos e regulares - Alentejo; - Trás-os-Montes; - Ribatejo. A agricultura portuguesa, quanto à morfologia das explorações agrárias, carateriza-se: CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 6. II – Sistemas de culturas Aproveitamento do solo - Intensivo - Extensivo Variedade de culturas - Policultura - Monocultura Rotação de culturas - Afolhamento com pousio - Afolhamento sem pousio Utilização ou não de rega - Agricultura de regadio - Agricultra de sequeiro CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 7. II – SISTEMA DE CULTURAS O sistema extensivo está associado... - À monocultura; - Aos campos de grande dimensão, regulares e abertos. Ilha da Madeira, costa norte OLIVAL, ALENTEJO CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO O sistema intensivo está associado... - À policultura; - Aos campos de pequena dimensão, irregulares e fechados.
  • 8. O sistema extensivo caracteriza-se: Pela ocupação descontínua dos campos, isto é, o solo não tem uma ocupação permanente e contínua durante o ano, estando, no geral, associado ao regime de afolhamento com rotação de culturas; Pelo predomínio da monocultura; Por ser praticado em áreas de solo pouco férteis, de relevo mais plano e de fraca pluviosidade, estando associado a culturas de sequeiro; II – SISTEMA DE CULTURAS CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 9. O sistema extensivo caracteriza-se: Por utilizar uma mão de obra pouco numerosa, dado que está associado a uma agricultura mecanizada; Por registar custos de produção baixos, devido à pouca mão de obra e à simplificação das operações culturais; Por predominar em áreas de povoamento concentrado. II – SISTEMA DE CULTURAS CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 10. O sistema intensivo caracteriza-se: Pela ocupação intensiva dos campos, isto é, o solo é total e continuamente ocupado durante o ano; Por uma grande diversidade de culturas, isto é, pelo predomínio da policultura, sobretudo nos sistemas mais tradicionais; Por ser praticado em áreas de solo fértil, de relevo acidentado e de elevada pluviosidade, estando associado a culturas de regadio; II – SISTEMA DE CULTURAS CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 11. O sistema intensivo caracteriza-se: Por utilizar uma mão de obra numerosa; Por registar custos de produção elevados, devido à elevada mão de obra e à diversificação de equipamentos agrícolas; Por predominar em áreas de povoamento disperso. II – SISTEMA DE CULTURAS CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 12. III – Povoamento rural Disperso (Entre Douro e Minho, Madeira e Açores) Concentrado (Alentejo) Misto (Beira Litoral e Açores) CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO AGRÁRIO
  • 13. De uma forma geral, na atualidade, a agricultura portuguesa caracteriza-se: Pela diminuição do número de explorações agrícolas; Pela diminuição do número de explorações de pequena dimensão; Pelo aumento do número de explorações de grande dimensão; CARACTERÍSTICAS DA AGRICULTURA PORTUGUESA
  • 14. Na atualidade, a agricultura portuguesa caracteriza-se: Pelo aumento do sistema de cultura extensivo; Pelo aumento da mecanização; Por uma maior especialização; CARACTERÍSTICAS DA AGRICULTURA PORTUGUESA Pelo decréscimo do número de agricultores; Pelo envelhecimento dos agricultores; Pela baixa instrução e formação profissional dos agricultores.