SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Sociologia
Prof. Rodrigo Belinaso Guimarães
Bem vindos a nossa página da internet! Nela serão
postadas as atividades previstas para cada bimestre. Neste ano,
vamos analisar a sociedade em que vivemos através de 2 filmes
de ficção científica, da série House M.D. e outros 2 que
retratam vidas descartáveis. Nos filmes, encontraremos vários
dos problemas sociais que vivemos no cotidiano.
Principalmente, vamos tentar responder à questão: sou eu
quem realmente controla a minha vida?
     A ficção científica nos ajudará com uma série de metáforas
para as nossas reflexões sobre a sociedade atual. Acredito que,
após as aulas, nós consigamos olhar para a vida das pessoas
que nos cercam e para a nossa própria de uma forma
diferente, mais detalhada, mais criativa, auxiliados por
conceitos que vamos discutir durante o ano.
     O importante é que as aulas nos ajudem a questionar o
mundo em que vivemos. Construir boas perguntas nos faz
refletir sobre os problemas sociais, entender como nossas
vidas são afetadas por eles e quais os caminhos para solucioná-
los.
Temas das Aulas
1° bimestre: é possível construir uma
sociedade futura onde todos possam ser
iguais e felizes?
2° bimestre: há situações cotidianas que
causam sofrimento a muitas pessoas?
3° bimestre: é possível remodelar o corpo
e a vida humana?
4° bimestre: é preciso que alguns seres
vivos sejam descartados para outros viverem
mais e melhor?
Cenários de sofrimento
 Durante o ano vamos ler um conto de Rubem Fonseca para
   refletirmos sobre o sofrimento coletivo. O conto narra a
  ocorrência de um acidente de trânsito no qual um ônibus
colide com uma vaca sobre uma ponte. O ônibus precipita-se
deixando um saldo de vários cadáveres e em cima da ponte a
 vaca está morta. O acidente é presenciado pelos moradores
    das cercanias que ao invés de ajudarem no resgate das
     vítimas, por viverem na mais absoluta necessidade de
        sobrevivência, lutam entre si pela carne da vaca.
1° bimestre: Matrix (EUA/1999) - Diretor: The Wachowski Brothers
2° bimestre: Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003) - Diretor:
Stephen Frears; Maria Cheia de Graça (Colômbia/EUA/2004) -
Diretor: Joshua Marston.
3° bimestre: House M.D. (EUA/2004) - Criador: David Shore.
4° bimestre: E.T. o extraterrestre (EUA/1982) - Diretor: Steven
Spielberg.
O que é ficção científica?
Projeção do medo do homem em relação às máquinas, medo de
            que a tecnologia domine a humanidade.
 O corpo humano passa a ser misturado com outros elementos,
  como próteses, químicos, chips, metais, etc., gerando seres
        misturados, híbridos, os chamados ciborgues.
  A tecnologia pode ser utilizada no controle e na segurança da
população. O sistema social torna-se mais opressivo na medida em
             que é mais difícil se rebelar contra ele.
  A humanidade se afasta de suas características naturais. Assim,
aspectos como o envelhecimento, a reprodução, o cuidado com os
              filhos são encarados negativamente.
  A humanidade pode se deparar com criaturas desconhecidas,
      estranhas, onde um pode querer dominar o outro.
Tecnologia
   Não parece estranho que vivamos entre tantos aparelhos tecnológicos, onde
    grande parte das nossas relações com os outros seja realizada através deles.
    Novidades tecnológicas estão sendo lançadas constantemente no mercado,
 despertando desejos e uma rápida obsolescência destes equipamentos. Mesmo
   assim, raramente paramos para pensar no impacto das novas tecnologias em
      nossas vidas e em nossas relações com elas. De que forma a tecnologia
 transforma nossa percepção do mundo e de nós mesmos? A tecnologia amplia
nossas potencialidades ou nos escraviza? A tecnologia desenvolve ou limita nossa
 imaginação? Será que os aparelhos aprisionam e fixam nossas experiências aos
       seus recursos ou nos ajudam a ampliar nossas capacidades criativas.
Metáfora
     Nós aproximaremos, nas aulas, o estudo da
  Sociologia com histórias vivenciadas nos filmes.
Assim, a vida dos personagens, o que eles fazem ou
   são obrigados a fazer, ajudarão a compreender
  melhor a realidade social em que vivemos, pois
refletem várias características e problemas do nosso
                      cotidiano.
Conceitos
A Sociologia elabora palavras para significarem idéias
ou fenômenos sociais complexos. Então, ao invés de
descrever alguma coisa com uma série de palavras,
utiliza-se apenas uma que contém toda essa
descrição. Então, nas Ciências Humanas,
aproximamos a realidade social que observamos de
certos conceitos para melhor entendê-la. Por
exemplo, vemos uma pessoa trabalhando 12 horas
diárias, sem férias, por um salário muito baixo e
gerando muitos lucros a outra pessoa, então, para
analisar essa realidade podemos usar o conceito de
exploração do trabalho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ciencia tecnologia sociedade
Ciencia tecnologia sociedadeCiencia tecnologia sociedade
Ciencia tecnologia sociedade
hfisico
 
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt baumanGlobalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
Silvânio Barcelos
 
Mudança e transformação social no brasil
Mudança e transformação social no brasilMudança e transformação social no brasil
Mudança e transformação social no brasil
Ilza Brito
 
Ai urgencia de um ethos mundial
Ai urgencia de um ethos mundialAi urgencia de um ethos mundial
Ai urgencia de um ethos mundial
Inês Sagula
 

Mais procurados (13)

Ciencia tecnologia sociedade
Ciencia tecnologia sociedadeCiencia tecnologia sociedade
Ciencia tecnologia sociedade
 
A “Geração do Milênio” e as narrativas de Zumbis: apontamentos a partir de Pe...
A “Geração do Milênio” e as narrativas de Zumbis: apontamentos a partir de Pe...A “Geração do Milênio” e as narrativas de Zumbis: apontamentos a partir de Pe...
A “Geração do Milênio” e as narrativas de Zumbis: apontamentos a partir de Pe...
 
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt baumanGlobalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
 
Mudança e transformação social no brasil
Mudança e transformação social no brasilMudança e transformação social no brasil
Mudança e transformação social no brasil
 
Turista E Vagabundo
Turista E VagabundoTurista E Vagabundo
Turista E Vagabundo
 
Paz na terra 5d (paulo & fernando zornitta)
Paz na terra 5d (paulo & fernando zornitta)Paz na terra 5d (paulo & fernando zornitta)
Paz na terra 5d (paulo & fernando zornitta)
 
A crise da Ciência 2.0
A crise da Ciência 2.0A crise da Ciência 2.0
A crise da Ciência 2.0
 
Caracteristicas e mudanças da sociedade
Caracteristicas e mudanças da sociedadeCaracteristicas e mudanças da sociedade
Caracteristicas e mudanças da sociedade
 
Ai urgencia de um ethos mundial
Ai urgencia de um ethos mundialAi urgencia de um ethos mundial
Ai urgencia de um ethos mundial
 
Condições de vida do trabalhador assalariado no século
Condições de vida do trabalhador assalariado no séculoCondições de vida do trabalhador assalariado no século
Condições de vida do trabalhador assalariado no século
 
Geografia vol10
Geografia vol10Geografia vol10
Geografia vol10
 
A evolução do operariado
A evolução do operariadoA evolução do operariado
A evolução do operariado
 
Apresentação Baudrillard
Apresentação BaudrillardApresentação Baudrillard
Apresentação Baudrillard
 

Destaque

Apresentação Banca Doutorado
Apresentação Banca DoutoradoApresentação Banca Doutorado
Apresentação Banca Doutorado
Professor Belinaso
 

Destaque (10)

Apresentação House
Apresentação HouseApresentação House
Apresentação House
 
Apresentação Banca Doutorado
Apresentação Banca DoutoradoApresentação Banca Doutorado
Apresentação Banca Doutorado
 
Tecnologia travesseiro
Tecnologia travesseiroTecnologia travesseiro
Tecnologia travesseiro
 
Revista tecnologia no ifrs
Revista tecnologia no ifrsRevista tecnologia no ifrs
Revista tecnologia no ifrs
 
Redação sobre o filme Matrix (EUA, 1999)
Redação sobre o filme Matrix (EUA, 1999)Redação sobre o filme Matrix (EUA, 1999)
Redação sobre o filme Matrix (EUA, 1999)
 
Atividade Amizade Preenchida
Atividade Amizade PreenchidaAtividade Amizade Preenchida
Atividade Amizade Preenchida
 
Questionário Final Doutorado
Questionário Final DoutoradoQuestionário Final Doutorado
Questionário Final Doutorado
 
Atividade Filme Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003)
Atividade Filme Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003)Atividade Filme Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003)
Atividade Filme Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003)
 
Cronograma das Aulas de Sociologia em 2011
Cronograma das Aulas de Sociologia em 2011Cronograma das Aulas de Sociologia em 2011
Cronograma das Aulas de Sociologia em 2011
 
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação ReligiosaApostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
Apostila Para as 40 aulas de Educação Religiosa
 

Semelhante a Apresentação aulas sociologia 2011

Tema da redação
Tema da redaçãoTema da redação
Tema da redação
Piaget1623
 
Introducao a sociologia
Introducao a sociologiaIntroducao a sociologia
Introducao a sociologia
unisocionautas
 
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.pptINTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
ssuser2af87a
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
dinicmax
 
Revisão Pg1 Ciências Sociais
Revisão Pg1 Ciências SociaisRevisão Pg1 Ciências Sociais
Revisão Pg1 Ciências Sociais
Fernando Pimentel
 
Introdução à Sociologia.pdf
Introdução à Sociologia.pdfIntrodução à Sociologia.pdf
Introdução à Sociologia.pdf
LilianeBA
 
Apostila de formação série o que é
Apostila de formação série o que éApostila de formação série o que é
Apostila de formação série o que é
Daniel Ferreira
 

Semelhante a Apresentação aulas sociologia 2011 (20)

Tema da redação
Tema da redaçãoTema da redação
Tema da redação
 
Antropologia do Ciborgue
Antropologia do CiborgueAntropologia do Ciborgue
Antropologia do Ciborgue
 
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 34
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 34Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 34
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 34
 
Introducao a sociologia
Introducao a sociologiaIntroducao a sociologia
Introducao a sociologia
 
Introducao a sociologia
Introducao a sociologiaIntroducao a sociologia
Introducao a sociologia
 
Desenvolvimento
DesenvolvimentoDesenvolvimento
Desenvolvimento
 
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.pptINTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
INTRODUCAO-AS-CIENCIAS-SOCIAIS-II.pptx.ppt
 
O efeito do Comportamento na Comunicação - Aula 01 - Faculdade CCAA
O efeito do Comportamento na Comunicação - Aula 01 - Faculdade CCAAO efeito do Comportamento na Comunicação - Aula 01 - Faculdade CCAA
O efeito do Comportamento na Comunicação - Aula 01 - Faculdade CCAA
 
Ética nas relações intrapessoais
Ética nas relações intrapessoaisÉtica nas relações intrapessoais
Ética nas relações intrapessoais
 
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
Introducão à Sociologia - Prof.Altair Aguilar.
 
Ressignificação
RessignificaçãoRessignificação
Ressignificação
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
 
BYUNG-CHUL HAN.pptx
BYUNG-CHUL HAN.pptxBYUNG-CHUL HAN.pptx
BYUNG-CHUL HAN.pptx
 
Revisão Pg1 Ciências Sociais
Revisão Pg1 Ciências SociaisRevisão Pg1 Ciências Sociais
Revisão Pg1 Ciências Sociais
 
Narrativas hipertextuais 2017
Narrativas hipertextuais 2017Narrativas hipertextuais 2017
Narrativas hipertextuais 2017
 
Introdução à Sociologia.pdf
Introdução à Sociologia.pdfIntrodução à Sociologia.pdf
Introdução à Sociologia.pdf
 
Sentir pensar
Sentir pensarSentir pensar
Sentir pensar
 
Disrupturas dos modos de pensar e viver os relacionamentos no mundo das tecno...
Disrupturas dos modos de pensar e viver os relacionamentos no mundo das tecno...Disrupturas dos modos de pensar e viver os relacionamentos no mundo das tecno...
Disrupturas dos modos de pensar e viver os relacionamentos no mundo das tecno...
 
Apostila de formação série o que é
Apostila de formação série o que éApostila de formação série o que é
Apostila de formação série o que é
 
RESUMO - O DILEMA DAS REDES - PROF GISELA.pdf
RESUMO - O DILEMA DAS REDES - PROF GISELA.pdfRESUMO - O DILEMA DAS REDES - PROF GISELA.pdf
RESUMO - O DILEMA DAS REDES - PROF GISELA.pdf
 

Mais de Professor Belinaso

Mais de Professor Belinaso (20)

Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
O Mito e o Homem
O Mito e o HomemO Mito e o Homem
O Mito e o Homem
 
Poderes Globais: Islâmismo, Comunismo e Ocidente
Poderes Globais: Islâmismo, Comunismo e Ocidente Poderes Globais: Islâmismo, Comunismo e Ocidente
Poderes Globais: Islâmismo, Comunismo e Ocidente
 
Livro de Daniel cap. 5
Livro de Daniel cap. 5Livro de Daniel cap. 5
Livro de Daniel cap. 5
 
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes SociaisAtividade de Sociologia - Redes Sociais
Atividade de Sociologia - Redes Sociais
 
Livro de Daniel - Introdução
Livro de Daniel - IntroduçãoLivro de Daniel - Introdução
Livro de Daniel - Introdução
 
Joaquim Nabuco Escravidão
Joaquim Nabuco EscravidãoJoaquim Nabuco Escravidão
Joaquim Nabuco Escravidão
 
Marx - escravidão.pdf
Marx - escravidão.pdfMarx - escravidão.pdf
Marx - escravidão.pdf
 
trabalho escravo.pdf
trabalho escravo.pdftrabalho escravo.pdf
trabalho escravo.pdf
 
Indivíduo e Sociedade (Novo)
Indivíduo e Sociedade (Novo)Indivíduo e Sociedade (Novo)
Indivíduo e Sociedade (Novo)
 
Estudo em Esdras: capítulo 4
Estudo em Esdras: capítulo 4Estudo em Esdras: capítulo 4
Estudo em Esdras: capítulo 4
 
Estudo em Esdras: capítulo 2
Estudo em Esdras: capítulo 2Estudo em Esdras: capítulo 2
Estudo em Esdras: capítulo 2
 
Redação House M.D: maternidade
Redação House M.D: maternidadeRedação House M.D: maternidade
Redação House M.D: maternidade
 
O Dia do Senhor: Malaquias 4
O Dia do Senhor: Malaquias 4O Dia do Senhor: Malaquias 4
O Dia do Senhor: Malaquias 4
 
A Secularização do Cristianismo
A Secularização do CristianismoA Secularização do Cristianismo
A Secularização do Cristianismo
 
Entre Lobos
Entre LobosEntre Lobos
Entre Lobos
 
Análise de Conjuntura : Movimentos da esquerda antes da campanha eleitoral
Análise de Conjuntura : Movimentos da esquerda antes da campanha eleitoralAnálise de Conjuntura : Movimentos da esquerda antes da campanha eleitoral
Análise de Conjuntura : Movimentos da esquerda antes da campanha eleitoral
 
Eclesiastes 10: conselhos para o povo de Deus
Eclesiastes 10: conselhos para o povo de DeusEclesiastes 10: conselhos para o povo de Deus
Eclesiastes 10: conselhos para o povo de Deus
 
Pesquisa sobre Protestos em Cuba 2021
Pesquisa sobre Protestos em Cuba 2021Pesquisa sobre Protestos em Cuba 2021
Pesquisa sobre Protestos em Cuba 2021
 
Política para Cristãos
Política para CristãosPolítica para Cristãos
Política para Cristãos
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 

Apresentação aulas sociologia 2011

  • 2. Bem vindos a nossa página da internet! Nela serão postadas as atividades previstas para cada bimestre. Neste ano, vamos analisar a sociedade em que vivemos através de 2 filmes de ficção científica, da série House M.D. e outros 2 que retratam vidas descartáveis. Nos filmes, encontraremos vários dos problemas sociais que vivemos no cotidiano. Principalmente, vamos tentar responder à questão: sou eu quem realmente controla a minha vida? A ficção científica nos ajudará com uma série de metáforas para as nossas reflexões sobre a sociedade atual. Acredito que, após as aulas, nós consigamos olhar para a vida das pessoas que nos cercam e para a nossa própria de uma forma diferente, mais detalhada, mais criativa, auxiliados por conceitos que vamos discutir durante o ano. O importante é que as aulas nos ajudem a questionar o mundo em que vivemos. Construir boas perguntas nos faz refletir sobre os problemas sociais, entender como nossas vidas são afetadas por eles e quais os caminhos para solucioná- los.
  • 3. Temas das Aulas 1° bimestre: é possível construir uma sociedade futura onde todos possam ser iguais e felizes? 2° bimestre: há situações cotidianas que causam sofrimento a muitas pessoas? 3° bimestre: é possível remodelar o corpo e a vida humana? 4° bimestre: é preciso que alguns seres vivos sejam descartados para outros viverem mais e melhor?
  • 4. Cenários de sofrimento Durante o ano vamos ler um conto de Rubem Fonseca para refletirmos sobre o sofrimento coletivo. O conto narra a ocorrência de um acidente de trânsito no qual um ônibus colide com uma vaca sobre uma ponte. O ônibus precipita-se deixando um saldo de vários cadáveres e em cima da ponte a vaca está morta. O acidente é presenciado pelos moradores das cercanias que ao invés de ajudarem no resgate das vítimas, por viverem na mais absoluta necessidade de sobrevivência, lutam entre si pela carne da vaca.
  • 5. 1° bimestre: Matrix (EUA/1999) - Diretor: The Wachowski Brothers 2° bimestre: Coisas Belas e Sujas (Reino Unido/2003) - Diretor: Stephen Frears; Maria Cheia de Graça (Colômbia/EUA/2004) - Diretor: Joshua Marston. 3° bimestre: House M.D. (EUA/2004) - Criador: David Shore. 4° bimestre: E.T. o extraterrestre (EUA/1982) - Diretor: Steven Spielberg.
  • 6.
  • 7. O que é ficção científica? Projeção do medo do homem em relação às máquinas, medo de que a tecnologia domine a humanidade. O corpo humano passa a ser misturado com outros elementos, como próteses, químicos, chips, metais, etc., gerando seres misturados, híbridos, os chamados ciborgues. A tecnologia pode ser utilizada no controle e na segurança da população. O sistema social torna-se mais opressivo na medida em que é mais difícil se rebelar contra ele. A humanidade se afasta de suas características naturais. Assim, aspectos como o envelhecimento, a reprodução, o cuidado com os filhos são encarados negativamente. A humanidade pode se deparar com criaturas desconhecidas, estranhas, onde um pode querer dominar o outro.
  • 8. Tecnologia Não parece estranho que vivamos entre tantos aparelhos tecnológicos, onde grande parte das nossas relações com os outros seja realizada através deles. Novidades tecnológicas estão sendo lançadas constantemente no mercado, despertando desejos e uma rápida obsolescência destes equipamentos. Mesmo assim, raramente paramos para pensar no impacto das novas tecnologias em nossas vidas e em nossas relações com elas. De que forma a tecnologia transforma nossa percepção do mundo e de nós mesmos? A tecnologia amplia nossas potencialidades ou nos escraviza? A tecnologia desenvolve ou limita nossa imaginação? Será que os aparelhos aprisionam e fixam nossas experiências aos seus recursos ou nos ajudam a ampliar nossas capacidades criativas.
  • 9. Metáfora Nós aproximaremos, nas aulas, o estudo da Sociologia com histórias vivenciadas nos filmes. Assim, a vida dos personagens, o que eles fazem ou são obrigados a fazer, ajudarão a compreender melhor a realidade social em que vivemos, pois refletem várias características e problemas do nosso cotidiano.
  • 10. Conceitos A Sociologia elabora palavras para significarem idéias ou fenômenos sociais complexos. Então, ao invés de descrever alguma coisa com uma série de palavras, utiliza-se apenas uma que contém toda essa descrição. Então, nas Ciências Humanas, aproximamos a realidade social que observamos de certos conceitos para melhor entendê-la. Por exemplo, vemos uma pessoa trabalhando 12 horas diárias, sem férias, por um salário muito baixo e gerando muitos lucros a outra pessoa, então, para analisar essa realidade podemos usar o conceito de exploração do trabalho.