SlideShare uma empresa Scribd logo
Agência
Comunicação
Projeto Experimental
2
Cliente
Comunicação
De um limão, uma Limonada.
Publcidade e propaganda
Uninove - Memorial
agencialimonada@googlegroups.com
Sumário
4
Brieng
Dados da empresa 05
Contato do cliente 06
Contato da agência 07
Histórico 08
Missão - Visão - Valores 09
Produtos 10 a 11
Distribuíção 12 a 13
PDV 14 a 15
Evolução de vendas 16
Público consumidor 17
Concorrência 18 a 19
Mercado 20 a 23
Problema do cliente 24
Marketing 25
Análises
Análise do cliente 26 a 30
Análise da concorrência 31 a 39
Análise de comunicação 40 a 46
Análise dos consumidores 47 a 51
Tabela analítica 52
Forças externas 53 a 63
Matriz PFOA 64
Problema do cliente 65
Pesquisa de mercado
Objetivos e metodologia 66
Cronograma 67
Questionário 68 a 70
Tabulação - Demográco 71
Tabulação - Coleta de dados 72 a 74
Grácos 75 a 79
Infográco 80
Análise de dados 81 a 84
Decisões estratégicoas 84 a 86
Referências bibliográcas 87 a 90
Briefing
Dados da empresa
BriefingBriefing
Briefing
5
Dados da empresa
Razão Social: Ragi Refrigerantes Ltda.
Nome Fantasia: DOLLY
CNPJ: 02.286.974/0001-09
Endereço: Av. Paranapanema, 192 – Diadema - SP
Endereço Eletrônico: www.dolly.com.br
Setor de atuação: Bebidas não alcoólicas gaseicadas
Linhas de produtos: Refrigerantes e sucos
Porte a empresa: Grande
Quantidade de Funcionários: 5.000
Briefing
6
Contato do Cliente
Nome: Roberto Ronzani
Cargo: Diretor de Marketing
Telefone: (11) 4093-8055
E-mail: robertoronzani@dolly.com.br
Briefing
7
Contato da Agência
Nome: Jean Parra
Cargo: Diretor de Mídia
Nome: Leandro Golfeto
Cargo: Diretor de Criação
A Dolly é uma empresa brasileira de refrigerantes que atua no mercado desde
1987. Sua distribuição é realizada nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e
Minas Gerais.
A marca foi pioneira no segmento de refrigerantes brasileiros dietéticos, sendo a
responsável por apresentar pesquisas cientícas ao Governo Federal e assim
conseguir a autorização para a produção da fórmula Diet no país – produção
que era desde 1973 proibida por lei no Brasil.
O refrigerante é representado pela mascote “Dollynho”, uma humanização do produto voltado
para o público infantil.
Em 2003 a empresa lançou a campanha “Para quem não tem medo de mudar...para melhor”.
Depois vieram as campanhas “Dolly o melhor é brasileiro” e atualmente a marca assina como
“Dolly o melhor”.
O seu jingle permanece inalterado desde o começo da década de 2000. E para as datas
sazonais existem os lmes de páscoa, dia dos pais, dia das mães, natal e boas festas com o
Dollynho.
Briefing
8
Histórico
Briefing
9
Missão - Visão - Valores
Oferecer o melhor produto
para os seus consumidores.
Ser reconhecida como a marca
de refrigerante mais brasileira.
Desempenhar um papel ético e
responsável com o consumidor,
fornecedores e distribuidores.
Missão
Visão
Valores
Briefing
Produtos
10
Briefing
11
Produtos
Característica: Refrigerante nos sabores
guaraná, laranja, limão, uva, cola e citrus.
Versões: Normal e diet.
Garrafas no formato PET.Embalagens:
Cilíndrico.Formatos:
3.3lt., 2lt. e 350ml.Tamanhos:
Formas de comercialização:
Distribuição para varejistas e atacadistas.
3.3lt. - de R$ 3,50 à R$ 3,80Preços:
2lt. - de R$ 2,80 à R$ 3,00
350ml. - de R$ 1,50 à R$ 2,00
O refrigerante
100% brasileiro.
Diferencial
Briefing
12
Distribuição
Formas de distribuição
Os produtos são encaminhados das fabricas para os centros
de distribuição, que hoje estão instalados nos estados de
São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Esses produtos são vendidos para grandes e pequenos atacadistas,
além de algumas grandes redes do varejo, distribuídos pelas cidades
dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Pequenos mercados e armazens, normalmente localizados na periferia
das grandes cidades, compram esses produtos dos grandes atacadistas,
facilitando o acesso do produto para o consumidor nal.
Além disso, existe uma demanda signicativa dos grandes atacadistas
para pequenos comércios gastronômicos, como: bares, restaurantes, padarias,
esharias e pizzarias.
"Centros de distribuição em
São Paulo, Rio de Janeiro
e Minas Gerais"s
MG
RJSP
Belo Horizonte
Rio de Janeiro
São Paulo
65% da produção
é distribuída para
Grande São Paulo.
Briefing
13
Distribuição
Principais praças
A grande São Paulo, sem dúvida, é a maior praça de vendas dos produtos DOLLY, mas devemos
destacar que os produtos também estão efetivamente presentes nas regiões metropolitanas
das cidades do Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
MG
RJSP
Belo Horizonte
Rio de Janeiro
São Paulo
O produto chega ao consumidor através da compra nas lojas
de varejo e atacado, porém, tem uma grande demanda quando
adquirido como brinde na compra de produtos de comércios de
Fast Food, como pizzarias, esharias e empresas do gênero,
chegando até se tornar sinônimo desse tipo de ação.
Briefing
14
PDV
Onde o produto pode ser encontrado
O produto pode ser facilmente encontrado nas redes atacadistas, com uma presença mais
marcante nas capitais dos estados onde são distribuídos.
Com uma presença mais tímida nas grandes lojas de varejo, o consumidor acaba comprando
o produto em pequenos mercados e armazéns próximos a sua residência, mas a um preço
mais elevado.
"Redes atacadistas
são os principais
pontos de venda"a
Principais pontos de venda
Uma presença concisa nos grandes atacadistas, os tornam, sem dúvidas, seus principais PDV’s,
em seguida, mas com menos expressão, estão algumas redes de varejo, pequenos mercados
e armazéns.
Briefing
15
PDV
Apresentação do produto no PDV
A empresa não conta com prossionais responsáveis pelas ações nos PDV’s, cando a cargo das
próprias lojas a localização, arrumação e organização dos produtos.
O produto não conta com ações diferenciadas nos pontos de venda, sendo assim, nas redes
atacadistas os produtos costumam ser encontrados em fardos de 6 unidades, apoiados em
pallets, partindo do chão, e logo acima dispostos em unidades separados por sabores, em meio a
seus concorrentes diretos e próximo dos indiretos. Nas redes de varejo, os produtos são
encontrados sem nenhuma diferenciação em matéria de exposição e comunicação.
Desse modo, encontramos lojas com os produtos em falta, desorganizados e mal posicionados.
Outras marcas na frente
da Dolly.
Organização padrão
dos atacadistas.
Produto misturado
com outras marcas.
"Carência de
estratégia para
o PDV"a
Briefing
Evolução de vendas
Vendas
Baseado na evolução de investimento em publicidade, podemos constatar que mesmo com um
mercado se mantendo estagnado nos últimos 3 anos, a Dolly vem crescendo e ganhando espaço
no segmento de refrigerantes, além de ter expandido seu portfólio de produtos para linha de
sucos. Isso se deve também ao crescimento das classes C e D, que com um poder aquisitivo
maior, vem gastando mais com supéruos como refrigerante.
Em três anos a Dolly partiu de um investimento de 41 milhões para 60 milhões em anúncios na
TV aberta até o nal de 2014, porém, a perspectiva é de que haja um menor crescimento neste
ano de 2015, por conta da crise econômica e da alta de impostos.
16
Briefing
17
Público consumidor
Quem são seus consumidores
Os refrigerantes DOLLY são consumidos aproximadamente à partir dos 3 anos de idade e seu
público se concentra entre as classes B2, C1, C2 e D.
Devido ao crescimento signicativo das classes C e D, o refrigerante passou a fazer parte da dieta
desse público, fazendo parte da lista de compras e a ser presença constante nas refeições do dia
a dia, além de continuar marcante na realização de eventos e reuniões familiares.
O preço dos refrigerantes Dolly é determinante no ato da compra, pois, o consumidor mesmo
considerando outros refrigerantes concorrentes mais saborosos, acabam optando por Dolly,
porque de qualquer forma o considera uma boa opção, pelo custo x benecio.
Com maior poder aquisitivo, o cliente esta consumindo refrigerante com maior frequência
aumentando consideravelmente a quantidade de litros consumidos por ano, por pessoa.
Briefing
18
Concorrência
Concorrentes diretos
Neste cenário denimos como concorrentes diretos as empresas que mais se asemelham com a
DOLLY nos critérios de público, classe social e preço.
Destacam-se nessa avaliação os Refrigerantes Schin, Convenção e Itubaina.
Briefing
Concorrência
Concorrentes indiretos
Por ser um seguimento muito concorrido restringimos os concorrentes indiretos dentro do próprio
setor de refrigerantes e destacamos a Coca-cola e o Guaraná Antártica, pois são produtos que
normalmente são preteridos pelos consumidores em uma relação de comparação mais ampla.
19
Briefing
20
Mercado
O mercado brasileiro de refrigerantes é extremamente concentrado, devido a isso, podemos notar
diferenças signicativas entre as empresas que as compõe. Isso faz com que separemos o setor
em sistemas ou grupos de empresas: (1) grandes corporações, (2) Grandes empresas e (3)
pequenas empresas regionais.
O primeiro grupo é formado pelo sistema Coca-Cola Brasil, AmBev e Brasil Kirin, todas com
grande capital com participação internacional, que juntas reúnem cerca de 90% do faturamento
do setor.
Outro grupo são as “grandes empresas”, formado por 15 rmas, aproximadamente. Em suma,
não estão vinculadas a nenhum grande grupo de caráter multinacional, contudo, suas
características as fazem descolar do primeiro grupo, bem como do terceiro: o das “Pequenas
Empresas Regionais”.
As Pequenas Empresas Regionais, por sua vez, formam um grupo de cerca de 180 empresas,
espalhadas por todo o território do país. Este é o grupo de empresas que a AFREBRAS representa.
http://afrebras.org.br/setor/refrigerante/composicao-de-mercado-refri/
Briefing
21
Mercado
O nível atual de concentração do mercado de refrigerantes é resultado de ganhos sistemáticos de
market share das grandes corporações na última década. No nal dos anos de 1990, as
pequenas empresas regionais registravam 33% de participação de mercado, sendo que, em
2012, estima-se que tal participação atingiu apenas 11,1%, quanto este medido em volume
(litros). O sistema Coca-Cola é a líder absoluta de mercado, apresentando 60% de market share.
No gráco abaixo, as pequenas empresas nacionais se encontram no tópico “outros”, junto com
outras marcas.
O índice HHI, que mede o grau de concentração dos
mercados, se aproxima dos 4.000 pontos quando este
calculado para o setor. Tal marca credencia a indústria de
refrigerantes como altamente concentrada.
Briefing
22
Mercado
Produção nacional de refrigerantes
Com a instituição do SICOBE (Sistema de Controle de Produção de Bebidas), foi possível controlar
e monitorar a produção de bebidas, especicamente refrigerantes e cervejas.
O gráco abaixo mostra os dados de produção de refrigerantes, de janeiro de 2010 a dezembro
de 2014, de acordo com o SICOBE.
Em 2013, o SICOBE controlou a produção de 15,6 bilhões de litros de refrigerantes, volume 3,6%
menor que 2012, em que o sistema monitorou a produção de 16,2 bilhões de litros da bebida.
Em 2014, a produção de refrigerantes atingiu a marca de 15,8 bilhões de litros, um aumento de
1,46% comparado a 2013.
Briefing
23
Mercado
"O mercado encontra-se
estagnado"_
Briefing
24
Problema do cliente
A DOLLY é uma grande empresa no setor de refrigerantes brasileiro. A primeira empresa
brasileira a trabalhar com produto diet por volta do ano de 1987. Nesse longo tempo de vida a
empresa expandiu seus negócios para linha de refrigerantes convencionais, entrando num
mercado altamente competitivo e com empresas multinacionais no seu franco domínio, ainda sim
a empresa cresceu exponencialmente nos últimos anos, principalmente na região sudeste, onde
concentra quase todo seu mercado, e nos últimos anos entrou para o seguimento de sucos em
caixinha.
E agora, qual é o problema?
Num mercado extremamente concorrido, onde as grandes empresas investem maciçamente em
propaganda, promoção de vendas, merchandising e outras ferramentas para atrair seu
consumidor, a DOLLY se encontra investindo deliberadamente em propaganda televisiva, sem
nem mesmo avaliar segmento, público alvo, ou qualquer outro dado relevante para um
planejamento de comunicação e por enquanto ainda engatinha nas mídias digitais, além de não
expandir sua comunicação para outros meios e plataformas.
A empresa se anula quando falamos em PDV, deixando de promover qualquer ação que seja,
para se diferenciar da concorrência.
Briefing
Marketing
R$ 60 milhões
é a verba de comunicação
disponível para investimento
1,5% de aumento nas vendas,
é o objetivo de marketing
estimado na campanha.
25

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Growth strategies
Growth strategiesGrowth strategies
Growth strategies
Teaching Excellence
 
Plano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
Plano de Comunicação e Relacionamento | MonsantoPlano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
Plano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
Diego Marmo
 
The value of brand
The value of brandThe value of brand
The value of brand
luciantrestler
 
MODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETO
MODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETOMODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETO
Hersheys No Brasil
Hersheys No BrasilHersheys No Brasil
Hersheys No Brasil
Fernanda Lima
 
Oficina de Naming
Oficina de NamingOficina de Naming
Oficina de Naming
self employed
 
Rally Rd. Seed Deck
Rally Rd. Seed DeckRally Rd. Seed Deck
Rally Rd. Seed Deck
Rob Petrozzo
 
Branding aula 1 diego gervaes
Branding aula 1 diego gervaesBranding aula 1 diego gervaes
Branding aula 1 diego gervaes
Diego Gervaes
 
Dados importam, seja data-driven!
Dados importam, seja data-driven!Dados importam, seja data-driven!
Dados importam, seja data-driven!
Renan Moreira de Oliveira
 
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design ValeNaming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Benedict-BrandCrafters
 
Gestão de marcas
Gestão de marcasGestão de marcas
Gestão de marcas
Novos Conceitos
 
Planejamento De Mídia
Planejamento De  MídiaPlanejamento De  Mídia
Planejamento De Mídia
Nicole Simonato
 
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
DigiMarCon - Digital Marketing, Media and Advertising Conferences & Exhibitions
 
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
Demandbase
 
Strategy crash course making the competition irrelevant.pps
Strategy crash course   making the competition irrelevant.ppsStrategy crash course   making the competition irrelevant.pps
Strategy crash course making the competition irrelevant.pps
Gil Rachlin
 
235629204 snapchat-business-deck
235629204 snapchat-business-deck235629204 snapchat-business-deck
235629204 snapchat-business-deck
Yan Rozovsky
 
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
System1 Group
 
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for StartupsThe Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
patrickjwoods
 
Apresentacao dolly
Apresentacao dollyApresentacao dolly
Apresentacao dolly
mgracasilva
 
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
Arezzori
 

Mais procurados (20)

Growth strategies
Growth strategiesGrowth strategies
Growth strategies
 
Plano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
Plano de Comunicação e Relacionamento | MonsantoPlano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
Plano de Comunicação e Relacionamento | Monsanto
 
The value of brand
The value of brandThe value of brand
The value of brand
 
MODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETO
MODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETOMODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETO
MODELO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO PROJETO
 
Hersheys No Brasil
Hersheys No BrasilHersheys No Brasil
Hersheys No Brasil
 
Oficina de Naming
Oficina de NamingOficina de Naming
Oficina de Naming
 
Rally Rd. Seed Deck
Rally Rd. Seed DeckRally Rd. Seed Deck
Rally Rd. Seed Deck
 
Branding aula 1 diego gervaes
Branding aula 1 diego gervaesBranding aula 1 diego gervaes
Branding aula 1 diego gervaes
 
Dados importam, seja data-driven!
Dados importam, seja data-driven!Dados importam, seja data-driven!
Dados importam, seja data-driven!
 
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design ValeNaming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
Naming, voz e discurso da marca - #GO Design Vale
 
Gestão de marcas
Gestão de marcasGestão de marcas
Gestão de marcas
 
Planejamento De Mídia
Planejamento De  MídiaPlanejamento De  Mídia
Planejamento De Mídia
 
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
Brand Strategy Master Class - THE BRAND ALCHEMY METHOD™ - Franziska Iseli, Ba...
 
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
Your Roadmap to Success from the all new Clear and Complete Guide to Account-...
 
Strategy crash course making the competition irrelevant.pps
Strategy crash course   making the competition irrelevant.ppsStrategy crash course   making the competition irrelevant.pps
Strategy crash course making the competition irrelevant.pps
 
235629204 snapchat-business-deck
235629204 snapchat-business-deck235629204 snapchat-business-deck
235629204 snapchat-business-deck
 
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
The Irrationality of Measuring Brand Performance: Using Fame, Feeling & Fluen...
 
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for StartupsThe Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
The Brand Strategy Canvas: a One-Page Strategy for Startups
 
Apresentacao dolly
Apresentacao dollyApresentacao dolly
Apresentacao dolly
 
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
337 arezzo co-relatorio_sustentabilidade_2011
 

Destaque

Briefing SBT 2015-01
Briefing SBT 2015-01Briefing SBT 2015-01
Briefing SBT 2015-01
pablonaba
 
Planejamento dolly
Planejamento dollyPlanejamento dolly
Planejamento dolly
picoelho
 
Satellite - Dolly
Satellite - DollySatellite - Dolly
Satellite - Dolly
Satellite Publicidade
 
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos WebBriefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
Rodrigo Teixeira
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
Neca Boullosa
 
Planejamento finalizado
Planejamento finalizadoPlanejamento finalizado
Planejamento finalizado
mgracasilva
 
Reposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dollyReposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dolly
Amanda Mello
 
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
pablonaba
 
Panorama de industria de bebidas Brasil
Panorama de industria de bebidas BrasilPanorama de industria de bebidas Brasil
Panorama de industria de bebidas Brasil
Filipe Mello
 
Reposicionamento Dolly
Reposicionamento DollyReposicionamento Dolly
Reposicionamento Dolly
Jean Michel Gallo Soldatelli
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
Rodrigo Jorge
 
Gerência de Marca: Cerveja Itaipava
Gerência de Marca: Cerveja ItaipavaGerência de Marca: Cerveja Itaipava
Gerência de Marca: Cerveja Itaipava
Ana Flávia Pereira
 
Briefing pdf
Briefing pdfBriefing pdf
Briefing pdf
Bruno Mastrocolla
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
Tales Augusto
 
Receituario molhos
Receituario molhosReceituario molhos
Receituario molhos
Paula Mello
 
Briefing
BriefingBriefing
Trabalho comportamento do consumidor coca- cola
Trabalho comportamento do consumidor coca- colaTrabalho comportamento do consumidor coca- cola
Trabalho comportamento do consumidor coca- cola
Jamile Hatum
 
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDO
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDOGlossário de Publicidade | PUBLICITANDO
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDO
pamelalima00
 
Cadeia de-valor exemplos
Cadeia de-valor exemplosCadeia de-valor exemplos
Cadeia de-valor exemplos
Ines Salgado
 

Destaque (20)

Briefing SBT 2015-01
Briefing SBT 2015-01Briefing SBT 2015-01
Briefing SBT 2015-01
 
Planejamento dolly
Planejamento dollyPlanejamento dolly
Planejamento dolly
 
Satellite - Dolly
Satellite - DollySatellite - Dolly
Satellite - Dolly
 
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos WebBriefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
Briefing - Expressando a Real Necessidade do Cliente em Projetos Web
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
 
Planejamento finalizado
Planejamento finalizadoPlanejamento finalizado
Planejamento finalizado
 
Reposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dollyReposição marca refrigerante_dolly
Reposição marca refrigerante_dolly
 
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2Guia projeto discente   comunicação e sociedade rádio e tv  2016-2_ v2
Guia projeto discente comunicação e sociedade rádio e tv 2016-2_ v2
 
Panorama de industria de bebidas Brasil
Panorama de industria de bebidas BrasilPanorama de industria de bebidas Brasil
Panorama de industria de bebidas Brasil
 
Reposicionamento Dolly
Reposicionamento DollyReposicionamento Dolly
Reposicionamento Dolly
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
 
Gerência de Marca: Cerveja Itaipava
Gerência de Marca: Cerveja ItaipavaGerência de Marca: Cerveja Itaipava
Gerência de Marca: Cerveja Itaipava
 
Briefing pdf
Briefing pdfBriefing pdf
Briefing pdf
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
 
Receituario molhos
Receituario molhosReceituario molhos
Receituario molhos
 
Briefing
BriefingBriefing
Briefing
 
Trabalho comportamento do consumidor coca- cola
Trabalho comportamento do consumidor coca- colaTrabalho comportamento do consumidor coca- cola
Trabalho comportamento do consumidor coca- cola
 
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDO
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDOGlossário de Publicidade | PUBLICITANDO
Glossário de Publicidade | PUBLICITANDO
 
Cadeia de-valor exemplos
Cadeia de-valor exemplosCadeia de-valor exemplos
Cadeia de-valor exemplos
 

Semelhante a Agência limonada Briefing Dolly

Totvs & pão de açúcar
Totvs & pão de açúcarTotvs & pão de açúcar
Totvs & pão de açúcar
Priscila Brandao
 
09_04_2012
09_04_201209_04_2012
09_04_2012
Ricardo Pastore
 
Desafio profissional. Cacau Show
 Desafio profissional. Cacau Show Desafio profissional. Cacau Show
Desafio profissional. Cacau Show
Paulo Cesar Oliveira Brandão
 
Planejamento de marketing - Icegurt
Planejamento de marketing - IcegurtPlanejamento de marketing - Icegurt
Planejamento de marketing - Icegurt
SavioSilva9
 
white diamond
white diamondwhite diamond
white diamond
Leonardo Braz Soares
 
Apresentação do Projeto Experimental - Agência Avia/Symon Rio
Apresentação do Projeto Experimental  - Agência Avia/Symon RioApresentação do Projeto Experimental  - Agência Avia/Symon Rio
Apresentação do Projeto Experimental - Agência Avia/Symon Rio
Flávio Joele
 
.Bob's
.Bob's.Bob's
Brand Loyalty
Brand LoyaltyBrand Loyalty
Brand Loyalty
Fernando Salles
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
katiagomide
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
katiagomide
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
katiagomide
 
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
Euromonitor International
 
Plano de Marketing Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
Plano de Marketing  Cacau Show (Chocolate Quente) 2010Plano de Marketing  Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
Plano de Marketing Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
Léo Felipe Tobaldini Fröhlich
 
Reunião Comercial / Mkt
Reunião Comercial / MktReunião Comercial / Mkt
Reunião Comercial / Mkt
Hélio Cabral
 
Apresentação Versatil 23062008
Apresentação Versatil 23062008Apresentação Versatil 23062008
Apresentação Versatil 23062008
sitanabe2112
 
13_02_2012
13_02_201213_02_2012
13_02_2012
Ricardo Pastore
 
Trabalho sobre Slim Sal
Trabalho sobre Slim SalTrabalho sobre Slim Sal
Trabalho sobre Slim Sal
Rodrigo De Vincenzo Monteiro
 
Guerra de franquias nas praças de alimentação
Guerra de franquias nas praças de alimentaçãoGuerra de franquias nas praças de alimentação
Guerra de franquias nas praças de alimentação
Universidade Estadual de Londrina, PR
 
Planejamento - Zaffari
Planejamento - ZaffariPlanejamento - Zaffari
Planejamento - Zaffari
Isadora Soibelman
 
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadasAnalise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
Thiago Yajima
 

Semelhante a Agência limonada Briefing Dolly (20)

Totvs & pão de açúcar
Totvs & pão de açúcarTotvs & pão de açúcar
Totvs & pão de açúcar
 
09_04_2012
09_04_201209_04_2012
09_04_2012
 
Desafio profissional. Cacau Show
 Desafio profissional. Cacau Show Desafio profissional. Cacau Show
Desafio profissional. Cacau Show
 
Planejamento de marketing - Icegurt
Planejamento de marketing - IcegurtPlanejamento de marketing - Icegurt
Planejamento de marketing - Icegurt
 
white diamond
white diamondwhite diamond
white diamond
 
Apresentação do Projeto Experimental - Agência Avia/Symon Rio
Apresentação do Projeto Experimental  - Agência Avia/Symon RioApresentação do Projeto Experimental  - Agência Avia/Symon Rio
Apresentação do Projeto Experimental - Agência Avia/Symon Rio
 
.Bob's
.Bob's.Bob's
.Bob's
 
Brand Loyalty
Brand LoyaltyBrand Loyalty
Brand Loyalty
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
 
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm   atividade estratégia va-2014_2_vfAdm   atividade estratégia va-2014_2_vf
Adm atividade estratégia va-2014_2_vf
 
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
O mercado de bebidas nao-alcoólicas no Brasil em 2016
 
Plano de Marketing Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
Plano de Marketing  Cacau Show (Chocolate Quente) 2010Plano de Marketing  Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
Plano de Marketing Cacau Show (Chocolate Quente) 2010
 
Reunião Comercial / Mkt
Reunião Comercial / MktReunião Comercial / Mkt
Reunião Comercial / Mkt
 
Apresentação Versatil 23062008
Apresentação Versatil 23062008Apresentação Versatil 23062008
Apresentação Versatil 23062008
 
13_02_2012
13_02_201213_02_2012
13_02_2012
 
Trabalho sobre Slim Sal
Trabalho sobre Slim SalTrabalho sobre Slim Sal
Trabalho sobre Slim Sal
 
Guerra de franquias nas praças de alimentação
Guerra de franquias nas praças de alimentaçãoGuerra de franquias nas praças de alimentação
Guerra de franquias nas praças de alimentação
 
Planejamento - Zaffari
Planejamento - ZaffariPlanejamento - Zaffari
Planejamento - Zaffari
 
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadasAnalise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
Analise setorial - Setor de bebidas não alcoólicas gaseificadas
 

Mais de pablonaba

Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
pablonaba
 
Rodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamariaRodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamaria
pablonaba
 
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
pablonaba
 
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
pablonaba
 
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturnoRodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
pablonaba
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
pablonaba
 
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
pablonaba
 
Rodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mmRodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mm
pablonaba
 
Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
pablonaba
 
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturnoRodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
pablonaba
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
pablonaba
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
pablonaba
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
pablonaba
 
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
pablonaba
 
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
pablonaba
 
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
pablonaba
 
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
pablonaba
 
Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016
pablonaba
 
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
pablonaba
 
Prex ii cronograma 2016
Prex ii cronograma 2016Prex ii cronograma 2016
Prex ii cronograma 2016
pablonaba
 

Mais de pablonaba (20)

Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
 
Rodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamariaRodizio 8 a3_vilamaria
Rodizio 8 a3_vilamaria
 
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
Atendimento agências vila maria 8 b - 201602
 
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
Atendimento agências sto. amaro 8 b - 2016-02
 
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturnoRodizio de atendimento 7 b memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 b memorial noturno
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
 
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02Guia do projeto portfólio   módulo comunicação e sociedade 2016-02
Guia do projeto portfólio módulo comunicação e sociedade 2016-02
 
Rodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mmRodízio atendimento 7a1_mm
Rodízio atendimento 7a1_mm
 
Rodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorialRodizio 8 b3_memorial
Rodizio 8 b3_memorial
 
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturnoRodizio de atendimento 7 a memorial noturno
Rodizio de atendimento 7 a memorial noturno
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
 
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2Guia projeto discente   comunicação e história - 2016-2 - v2
Guia projeto discente comunicação e história - 2016-2 - v2
 
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02Projeto campanha responsável   módulo gestão e mercado 2016-02
Projeto campanha responsável módulo gestão e mercado 2016-02
 
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02Briefing johnny rockets   projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
Briefing johnny rockets projeto portfólio comunicação transmídia 2016-02
 
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...Projeto portfólio narrativa transmídia   5º semestre módulo comunicação trans...
Projeto portfólio narrativa transmídia 5º semestre módulo comunicação trans...
 
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02Guia   projeto discente 6 semestre 2016-02
Guia projeto discente 6 semestre 2016-02
 
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
Prexii termo cessao_direitosautorais_2016
 
Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016Prexii roteirode criação_2016
Prexii roteirode criação_2016
 
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
Prexii roteirode comunicaçãointegrada_2016
 
Prex ii cronograma 2016
Prex ii cronograma 2016Prex ii cronograma 2016
Prex ii cronograma 2016
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 

Agência limonada Briefing Dolly

  • 3. Comunicação De um limão, uma Limonada. Publcidade e propaganda Uninove - Memorial agencialimonada@googlegroups.com
  • 4. Sumário 4 Brieng Dados da empresa 05 Contato do cliente 06 Contato da agência 07 Histórico 08 Missão - Visão - Valores 09 Produtos 10 a 11 Distribuíção 12 a 13 PDV 14 a 15 Evolução de vendas 16 Público consumidor 17 Concorrência 18 a 19 Mercado 20 a 23 Problema do cliente 24 Marketing 25 Análises Análise do cliente 26 a 30 Análise da concorrência 31 a 39 Análise de comunicação 40 a 46 Análise dos consumidores 47 a 51 Tabela analítica 52 Forças externas 53 a 63 Matriz PFOA 64 Problema do cliente 65 Pesquisa de mercado Objetivos e metodologia 66 Cronograma 67 Questionário 68 a 70 Tabulação - Demográco 71 Tabulação - Coleta de dados 72 a 74 Grácos 75 a 79 Infográco 80 Análise de dados 81 a 84 Decisões estratégicoas 84 a 86 Referências bibliográcas 87 a 90
  • 6. Briefing 5 Dados da empresa Razão Social: Ragi Refrigerantes Ltda. Nome Fantasia: DOLLY CNPJ: 02.286.974/0001-09 Endereço: Av. Paranapanema, 192 – Diadema - SP Endereço Eletrônico: www.dolly.com.br Setor de atuação: Bebidas não alcoólicas gaseicadas Linhas de produtos: Refrigerantes e sucos Porte a empresa: Grande Quantidade de Funcionários: 5.000
  • 7. Briefing 6 Contato do Cliente Nome: Roberto Ronzani Cargo: Diretor de Marketing Telefone: (11) 4093-8055 E-mail: robertoronzani@dolly.com.br
  • 8. Briefing 7 Contato da Agência Nome: Jean Parra Cargo: Diretor de Mídia Nome: Leandro Golfeto Cargo: Diretor de Criação
  • 9. A Dolly é uma empresa brasileira de refrigerantes que atua no mercado desde 1987. Sua distribuição é realizada nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A marca foi pioneira no segmento de refrigerantes brasileiros dietéticos, sendo a responsável por apresentar pesquisas cientícas ao Governo Federal e assim conseguir a autorização para a produção da fórmula Diet no país – produção que era desde 1973 proibida por lei no Brasil. O refrigerante é representado pela mascote “Dollynho”, uma humanização do produto voltado para o público infantil. Em 2003 a empresa lançou a campanha “Para quem não tem medo de mudar...para melhor”. Depois vieram as campanhas “Dolly o melhor é brasileiro” e atualmente a marca assina como “Dolly o melhor”. O seu jingle permanece inalterado desde o começo da década de 2000. E para as datas sazonais existem os lmes de páscoa, dia dos pais, dia das mães, natal e boas festas com o Dollynho. Briefing 8 Histórico
  • 10. Briefing 9 Missão - Visão - Valores Oferecer o melhor produto para os seus consumidores. Ser reconhecida como a marca de refrigerante mais brasileira. Desempenhar um papel ético e responsável com o consumidor, fornecedores e distribuidores. Missão Visão Valores
  • 12. Briefing 11 Produtos Característica: Refrigerante nos sabores guaraná, laranja, limão, uva, cola e citrus. Versões: Normal e diet. Garrafas no formato PET.Embalagens: Cilíndrico.Formatos: 3.3lt., 2lt. e 350ml.Tamanhos: Formas de comercialização: Distribuição para varejistas e atacadistas. 3.3lt. - de R$ 3,50 à R$ 3,80Preços: 2lt. - de R$ 2,80 à R$ 3,00 350ml. - de R$ 1,50 à R$ 2,00 O refrigerante 100% brasileiro. Diferencial
  • 13. Briefing 12 Distribuição Formas de distribuição Os produtos são encaminhados das fabricas para os centros de distribuição, que hoje estão instalados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Esses produtos são vendidos para grandes e pequenos atacadistas, além de algumas grandes redes do varejo, distribuídos pelas cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Pequenos mercados e armazens, normalmente localizados na periferia das grandes cidades, compram esses produtos dos grandes atacadistas, facilitando o acesso do produto para o consumidor nal. Além disso, existe uma demanda signicativa dos grandes atacadistas para pequenos comércios gastronômicos, como: bares, restaurantes, padarias, esharias e pizzarias. "Centros de distribuição em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais"s MG RJSP Belo Horizonte Rio de Janeiro São Paulo
  • 14. 65% da produção é distribuída para Grande São Paulo. Briefing 13 Distribuição Principais praças A grande São Paulo, sem dúvida, é a maior praça de vendas dos produtos DOLLY, mas devemos destacar que os produtos também estão efetivamente presentes nas regiões metropolitanas das cidades do Rio de Janeiro e Belo Horizonte. MG RJSP Belo Horizonte Rio de Janeiro São Paulo O produto chega ao consumidor através da compra nas lojas de varejo e atacado, porém, tem uma grande demanda quando adquirido como brinde na compra de produtos de comércios de Fast Food, como pizzarias, esharias e empresas do gênero, chegando até se tornar sinônimo desse tipo de ação.
  • 15. Briefing 14 PDV Onde o produto pode ser encontrado O produto pode ser facilmente encontrado nas redes atacadistas, com uma presença mais marcante nas capitais dos estados onde são distribuídos. Com uma presença mais tímida nas grandes lojas de varejo, o consumidor acaba comprando o produto em pequenos mercados e armazéns próximos a sua residência, mas a um preço mais elevado. "Redes atacadistas são os principais pontos de venda"a Principais pontos de venda Uma presença concisa nos grandes atacadistas, os tornam, sem dúvidas, seus principais PDV’s, em seguida, mas com menos expressão, estão algumas redes de varejo, pequenos mercados e armazéns.
  • 16. Briefing 15 PDV Apresentação do produto no PDV A empresa não conta com prossionais responsáveis pelas ações nos PDV’s, cando a cargo das próprias lojas a localização, arrumação e organização dos produtos. O produto não conta com ações diferenciadas nos pontos de venda, sendo assim, nas redes atacadistas os produtos costumam ser encontrados em fardos de 6 unidades, apoiados em pallets, partindo do chão, e logo acima dispostos em unidades separados por sabores, em meio a seus concorrentes diretos e próximo dos indiretos. Nas redes de varejo, os produtos são encontrados sem nenhuma diferenciação em matéria de exposição e comunicação. Desse modo, encontramos lojas com os produtos em falta, desorganizados e mal posicionados. Outras marcas na frente da Dolly. Organização padrão dos atacadistas. Produto misturado com outras marcas. "Carência de estratégia para o PDV"a
  • 17. Briefing Evolução de vendas Vendas Baseado na evolução de investimento em publicidade, podemos constatar que mesmo com um mercado se mantendo estagnado nos últimos 3 anos, a Dolly vem crescendo e ganhando espaço no segmento de refrigerantes, além de ter expandido seu portfólio de produtos para linha de sucos. Isso se deve também ao crescimento das classes C e D, que com um poder aquisitivo maior, vem gastando mais com supéruos como refrigerante. Em três anos a Dolly partiu de um investimento de 41 milhões para 60 milhões em anúncios na TV aberta até o nal de 2014, porém, a perspectiva é de que haja um menor crescimento neste ano de 2015, por conta da crise econômica e da alta de impostos. 16
  • 18. Briefing 17 Público consumidor Quem são seus consumidores Os refrigerantes DOLLY são consumidos aproximadamente à partir dos 3 anos de idade e seu público se concentra entre as classes B2, C1, C2 e D. Devido ao crescimento signicativo das classes C e D, o refrigerante passou a fazer parte da dieta desse público, fazendo parte da lista de compras e a ser presença constante nas refeições do dia a dia, além de continuar marcante na realização de eventos e reuniões familiares. O preço dos refrigerantes Dolly é determinante no ato da compra, pois, o consumidor mesmo considerando outros refrigerantes concorrentes mais saborosos, acabam optando por Dolly, porque de qualquer forma o considera uma boa opção, pelo custo x benecio. Com maior poder aquisitivo, o cliente esta consumindo refrigerante com maior frequência aumentando consideravelmente a quantidade de litros consumidos por ano, por pessoa.
  • 19. Briefing 18 Concorrência Concorrentes diretos Neste cenário denimos como concorrentes diretos as empresas que mais se asemelham com a DOLLY nos critérios de público, classe social e preço. Destacam-se nessa avaliação os Refrigerantes Schin, Convenção e Itubaina.
  • 20. Briefing Concorrência Concorrentes indiretos Por ser um seguimento muito concorrido restringimos os concorrentes indiretos dentro do próprio setor de refrigerantes e destacamos a Coca-cola e o Guaraná Antártica, pois são produtos que normalmente são preteridos pelos consumidores em uma relação de comparação mais ampla. 19
  • 21. Briefing 20 Mercado O mercado brasileiro de refrigerantes é extremamente concentrado, devido a isso, podemos notar diferenças signicativas entre as empresas que as compõe. Isso faz com que separemos o setor em sistemas ou grupos de empresas: (1) grandes corporações, (2) Grandes empresas e (3) pequenas empresas regionais. O primeiro grupo é formado pelo sistema Coca-Cola Brasil, AmBev e Brasil Kirin, todas com grande capital com participação internacional, que juntas reúnem cerca de 90% do faturamento do setor. Outro grupo são as “grandes empresas”, formado por 15 rmas, aproximadamente. Em suma, não estão vinculadas a nenhum grande grupo de caráter multinacional, contudo, suas características as fazem descolar do primeiro grupo, bem como do terceiro: o das “Pequenas Empresas Regionais”. As Pequenas Empresas Regionais, por sua vez, formam um grupo de cerca de 180 empresas, espalhadas por todo o território do país. Este é o grupo de empresas que a AFREBRAS representa. http://afrebras.org.br/setor/refrigerante/composicao-de-mercado-refri/
  • 22. Briefing 21 Mercado O nível atual de concentração do mercado de refrigerantes é resultado de ganhos sistemáticos de market share das grandes corporações na última década. No nal dos anos de 1990, as pequenas empresas regionais registravam 33% de participação de mercado, sendo que, em 2012, estima-se que tal participação atingiu apenas 11,1%, quanto este medido em volume (litros). O sistema Coca-Cola é a líder absoluta de mercado, apresentando 60% de market share. No gráco abaixo, as pequenas empresas nacionais se encontram no tópico “outros”, junto com outras marcas. O índice HHI, que mede o grau de concentração dos mercados, se aproxima dos 4.000 pontos quando este calculado para o setor. Tal marca credencia a indústria de refrigerantes como altamente concentrada.
  • 23. Briefing 22 Mercado Produção nacional de refrigerantes Com a instituição do SICOBE (Sistema de Controle de Produção de Bebidas), foi possível controlar e monitorar a produção de bebidas, especicamente refrigerantes e cervejas. O gráco abaixo mostra os dados de produção de refrigerantes, de janeiro de 2010 a dezembro de 2014, de acordo com o SICOBE. Em 2013, o SICOBE controlou a produção de 15,6 bilhões de litros de refrigerantes, volume 3,6% menor que 2012, em que o sistema monitorou a produção de 16,2 bilhões de litros da bebida. Em 2014, a produção de refrigerantes atingiu a marca de 15,8 bilhões de litros, um aumento de 1,46% comparado a 2013.
  • 25. Briefing 24 Problema do cliente A DOLLY é uma grande empresa no setor de refrigerantes brasileiro. A primeira empresa brasileira a trabalhar com produto diet por volta do ano de 1987. Nesse longo tempo de vida a empresa expandiu seus negócios para linha de refrigerantes convencionais, entrando num mercado altamente competitivo e com empresas multinacionais no seu franco domínio, ainda sim a empresa cresceu exponencialmente nos últimos anos, principalmente na região sudeste, onde concentra quase todo seu mercado, e nos últimos anos entrou para o seguimento de sucos em caixinha. E agora, qual é o problema? Num mercado extremamente concorrido, onde as grandes empresas investem maciçamente em propaganda, promoção de vendas, merchandising e outras ferramentas para atrair seu consumidor, a DOLLY se encontra investindo deliberadamente em propaganda televisiva, sem nem mesmo avaliar segmento, público alvo, ou qualquer outro dado relevante para um planejamento de comunicação e por enquanto ainda engatinha nas mídias digitais, além de não expandir sua comunicação para outros meios e plataformas. A empresa se anula quando falamos em PDV, deixando de promover qualquer ação que seja, para se diferenciar da concorrência.
  • 26. Briefing Marketing R$ 60 milhões é a verba de comunicação disponível para investimento 1,5% de aumento nas vendas, é o objetivo de marketing estimado na campanha. 25