SlideShare uma empresa Scribd logo
A questão do Inferno, 
das Penas Eternas e do 
Sofrimento sob a ótica 
da Doutrina Espírita.
O Céu e o Inferno 
Na visão do Prof. José Herculano 
Pires, Allan Kardec apresenta as 
verdadeiras faces do desejado 
Céu, do temido Inferno, como 
também do chamado Purgatório.
O Céu e o Inferno 
Põe fim, desta forma, às penas 
eternas, demonstrando que tudo 
no universo evolui.
Lendo-se este livro com atenção vê-se 
que a sua estrutura corresponde a um 
verdadeiro processo de julgamento.
Na primeira parte temos a exposição 
dos fatos que o motivaram e a 
apreciação judiciosa, sempre serena, 
dos seus vários aspectos, com a devida 
acentuação dos casos de infração da lei.
Na segunda parte temos o depoimento 
das testemunhas.
Cada uma delas caracteriza-se por sua 
posição no contexto processual. E 
diante dos confrontos necessários o juiz 
pronuncia a sua sentença definitiva, ao 
mesmo tempo enérgica e tocada de 
misericórdia. 
Estamos ante um tribunal divino.
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. I – O porvir e o nada 
. crença no nada – vivencia a vida presente 
. doutrina niilista – dissolução da sociedade 
. materialismo 
. absorção no Todo Universal 
. Panteísmo – Deus é Espírito e Matéria 
. individualidade da alma, antes e após a 
morte
DEUS 
Elemento 
Espiritual 
Elemento 
Material 
Princípio Inteligente 
Mônadas 
Almas 
Espíritos 
IMPONDERÁVEL PONDERÁVEL 
Fluido universal 
Fluidos espirituais 
Perispírito 
Energia 
Átomos 
Matéria inorgânica 
Matéria orgânica 
Sólidos e fluidos
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. II – Temor da Morte 
. causas do temor da morte – instinto de 
conservação 
. da influencia da matéria à do Espírito 
. por que os espíritas não temem a morte: 
mundo corpóreo e mundo espiritual 
relacionam-se continuamente e 
intensamente
- olhar para o mundo 
dos encarnados: Allan 
Kardec 
-olhar para o mundo dos 
desencarnados: André 
Luiz.
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. III – O Céu 
. mundo material e mundo espiritual 
. “Há muitas moradas na Casa de Meu Pai” 
. a felicidade está na razão direta do 
progresso realizado 
. “A cada um segundo suas obras” 
. a encarnação é necessária ao duplo 
progresso: moral e intelectual
O CÉU E O INFERNO 
-Cap. III – O Céu 
VISÕES DO CÉU
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. IV – O Inferno 
. intuição das penas futuras: moldado pela 
intuição do presente 
. o inferno cristão imitado do inferno pagão 
. situações especiais: purgatório e limbo 
(crianças, selvagens...) 
. quadro do inferno pagão: a descrição de 
Fénelon
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. IV – O Inferno 
. Plutão x Satanás: governança x maldade 
. esboço do inferno cristão: a queda de 
Lúcifer, agora Satanás, e o trabalho 
dos demônios nas torturas, com a 
materialidade por base. O êxtase é a 
mais incerta das revelações...
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
O CÉU E O INFERNO 
- Cap. V – O Purgatório 
. admitido pela Igreja no ano de 593 dC 
. mais racional e mais justo que o inferno 
. fogo mais brando e liberdade adquirida 
pelas preces (pagas!) 
. comércio das indulgencias: causa da 
Reforma (Lutero)
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
O CÉU E O INFERNO 
-Cap. V – O Purgatório 
. o Espiritismo confirma a pena futura e a 
ação e o valor da prece sincera, de 
coração 
. o purgatório é a realidade 
. a Igreja, após 6 séculos, decretando a 
existência do Purgatório, considerou 
que Jesus não havia dito tudo...
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.
Para nossa reflexão, 
algumas questões 
argumentando e refutando 
a teoria das penas eterna:
1-Se Deus é infinito em todas as suas perfeições, 
é também infinitamente justo. 
Então, porque predestina Ele algumas almas à 
eterna bem-aventurança e outras à eterna 
condenação? 
Onde a infinita justiça?
1-Se Ele é infinito em todas as suas perfeições, 
como onisciente tem conhecimento prévio do 
destino das almas que vai criando, e como 
presciente sabe que a maior parte delas será 
condenada à perdição eterna. 
Pôr que mesmo assim, Ele continua criando? 
Onde a infinita bondade?
2-Se ele é infinito em todas as suas 
perfeições, é também onipresente. 
Logo, tanto está no céu, contemplando a 
felicidade dos eleitos, como no inferno, 
contemplando o sofrimento dos condenados.
2- 
E como pode ficar insensível a esse 
sofrimento pôr toda a eternidade? 
Onde fica a infinita misericórdia?
3-Se um pecador pode se arrepender dos seus 
erros durante a vida terrena, pôr que não poderá 
fazê-lo após a morte? 
Não vemos nenhuma razão lógica para que não o 
possa.
3- 
Então, pôr que Deus, que mandou que 
perdoemos indefinidamente aos que nos 
ofendem, e que é tão compassivo para com os 
que ainda se encontram no plano físico, é tão 
inflexível com os que já deixaram a Terra? 
Será a justiça humana mais equânime do que a 
justiça divina?
4-Como explicar a condenação da 
humanidade inteira pelo erro de um só 
homem, se Deus disse pôr Ezequiel, (18:20) : 
"O filho não pagará pela maldade do pai, nem 
o pai pela maldade do filho; a alma que 
pecar, essa morrerá"? 
E como pode o sangue de um justo apagar os 
pecados de todo o gênero humano?
5-Que adianta ter fé, se a fé independe da 
vontade do homem, e não resulta das obras, 
pôr ser "um dom de Deus", e se nem sequer 
é necessária, uma vez que a salvação é 
privilégio exclusivo da alguns "eleitos"?
6-Se as almas salvas na beatitude do céu 
conservam a lembrança dos que foram seus 
parentes e amigos na existência terrena, como 
poderão ter felicidade plena sabendo que entes 
queridos estão sofrendo tormentos sem fim no 
inferno?
6- 
Como pode uma mãe carinhosa, que se sacrificou 
pôr um filho rebelde, desfrutar a bem-aventurança 
eterna, sabendo que um filho 
estremecido se consome em sofrimentos pôr toda 
a eternidade???
Com Emmanuel (Espírito) do livro 
"Renúncia"(4) concluímos, definindo as 
regiões de sofrimento no mundo espiritual: 
"Inferno ou purgatório são estados de 
espírito em tribulação pôr faltas graves, 
ou em vias de penitência regeneradora."
Bibliografia 
* Kardec, Allan - "O Céu e o Inferno", edição da FEB; 
* Kardec, Allan - "O Livro dos Espíritos", edição da FEB; 
* Andrade, Jayme - "O Espiritismo e as Igrejas 
Reformadas", 1a edição, 1993, Ed. Gráf. "ABC do 
Interior", Conchas - SP; 
* Xavier, Francisco Cândido/André Luiz, livro 
"Libertação", edição FEB; 
* Xavier, Francisco Cândido/Emmanuel, livro "Renúncia", 
edição FEB. 
A questão do Inferno, das Penas 
Eternas e do Sofrimento sob a ótica 
da Doutrina Espírita.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritualSegundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
CeiClarencio
 
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismoCei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
Vera Apolinario
 
Palestra o céu e o inferno na visão espírita
Palestra o céu e o inferno na visão espíritaPalestra o céu e o inferno na visão espírita
Palestra o céu e o inferno na visão espírita
carlos freire
 
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maesLivro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Patricia Farias
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
igmateus
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Tiburcio Santos
 
2.6.1 espiritos errantes
2.6.1   espiritos errantes2.6.1   espiritos errantes
2.6.1 espiritos errantes
Marta Gomes
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitórios
igmateus
 
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
Jorge Luiz dos Santos
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1
Denise Aguiar
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
Rodrigo Leite
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
Antonino Silva
 
Cei 100217-i-cap. 4-o inferno
Cei 100217-i-cap. 4-o infernoCei 100217-i-cap. 4-o inferno
Cei 100217-i-cap. 4-o inferno
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado
meebpeixotinho
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiações
Graça Maciel
 
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternasCei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 
Palestra Allan Kardec
Palestra Allan KardecPalestra Allan Kardec
Palestra Allan Kardec
The Fraternity Spiritist Group
 
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan KardecEncarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
marjoriestavismeyer
 

Mais procurados (20)

Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritualSegundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
Segundo Módulo - Aula 14 - Vida espiritual
 
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismoCei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
Cei 100303-i-cap.7-as penas futuras segundo o espiritismo
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
 
Palestra o céu e o inferno na visão espírita
Palestra o céu e o inferno na visão espíritaPalestra o céu e o inferno na visão espírita
Palestra o céu e o inferno na visão espírita
 
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maesLivro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
 
Temor da Morte
Temor da MorteTemor da Morte
Temor da Morte
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
2.6.1 espiritos errantes
2.6.1   espiritos errantes2.6.1   espiritos errantes
2.6.1 espiritos errantes
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitórios
 
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
 
Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1Origem e natureza do Espirito parte 1
Origem e natureza do Espirito parte 1
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
Cei 100217-i-cap. 4-o inferno
Cei 100217-i-cap. 4-o infernoCei 100217-i-cap. 4-o inferno
Cei 100217-i-cap. 4-o inferno
 
Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiações
 
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternasCei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
Cei 100224-i-cap. 6-doutrina das penas eternas
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
Palestra Allan Kardec
Palestra Allan KardecPalestra Allan Kardec
Palestra Allan Kardec
 
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan KardecEncarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Encarnação nos diferentes mundos - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 

Destaque

O céu e o Inferno
O céu e o InfernoO céu e o Inferno
O céu e o Inferno
igmateus
 
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRitaPalestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
cab3032
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
O porvir e o nada vilma
O porvir e o nada vilmaO porvir e o nada vilma
O porvir e o nada vilma
Milena Pinheiro
 
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morteCei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Meu Reino ainda não é deste mundo
Meu Reino ainda não é deste mundoMeu Reino ainda não é deste mundo
Meu Reino ainda não é deste mundo
Rogerio R. Lima Cisi
 
17. o inferno parte 1-slaid
17. o inferno parte 1-slaid17. o inferno parte 1-slaid
17. o inferno parte 1-slaid
Jose Costa
 
Inferno ApresentaçãO1
Inferno   ApresentaçãO1Inferno   ApresentaçãO1
Inferno ApresentaçãO1
Sergio Menezes
 
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
Marcelo Bomfim de Aguiar
 
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestresCei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
Carlos Alberto Freire De Souza
 
O meu reino não é deste mundo
O meu reino não é deste mundoO meu reino não é deste mundo
O meu reino não é deste mundo
Maxuel Alves
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
O inferno
O infernoO inferno
Ceu inferno eternidade
Ceu inferno eternidadeCeu inferno eternidade
Ceu inferno eternidade
Ivan Vargas
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
Cynthia Castro
 
Resignacao
ResignacaoResignacao
Resignacao
Fer Nanda
 
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A Morte
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A  MorteO Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A  Morte
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A Morte
Grupo Espírita Cristão
 
Estudo 26 abr inferno (2)
Estudo 26 abr   inferno (2)Estudo 26 abr   inferno (2)
Estudo 26 abr inferno (2)
zetex001
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 

Destaque (19)

O céu e o Inferno
O céu e o InfernoO céu e o Inferno
O céu e o Inferno
 
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRitaPalestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
Palestra O CéU E O Inferno Na VisãO EspíRita
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
 
O porvir e o nada vilma
O porvir e o nada vilmaO porvir e o nada vilma
O porvir e o nada vilma
 
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morteCei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
Cei 100203-i-cap. 1 e 2-o porvir e o nada-temor da morte
 
Meu Reino ainda não é deste mundo
Meu Reino ainda não é deste mundoMeu Reino ainda não é deste mundo
Meu Reino ainda não é deste mundo
 
17. o inferno parte 1-slaid
17. o inferno parte 1-slaid17. o inferno parte 1-slaid
17. o inferno parte 1-slaid
 
Inferno ApresentaçãO1
Inferno   ApresentaçãO1Inferno   ApresentaçãO1
Inferno ApresentaçãO1
 
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
O Céu e o Inferno (Allan Kardec) / Heaven and Hell (Allan Kardec) / Cielo y e...
 
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestresCei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
Cei 100505-ii-cap.7 e 8-espíritos endurecidos e expiações terrestres
 
O meu reino não é deste mundo
O meu reino não é deste mundoO meu reino não é deste mundo
O meu reino não é deste mundo
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
O inferno
O infernoO inferno
O inferno
 
Ceu inferno eternidade
Ceu inferno eternidadeCeu inferno eternidade
Ceu inferno eternidade
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
Seminário Memórias de Um Suicida - Abertura - 15-02-2016
 
Resignacao
ResignacaoResignacao
Resignacao
 
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A Morte
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A  MorteO Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A  Morte
O Futuro E O Nada Palestra A PreocupaçãO Com A Morte
 
Estudo 26 abr inferno (2)
Estudo 26 abr   inferno (2)Estudo 26 abr   inferno (2)
Estudo 26 abr inferno (2)
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 

Semelhante a A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.

O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infiernoO ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
Marcelo Eugenio Bomfim de Aguiar
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
Izabel Cristina Fonseca
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
Marta Gomes
 
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredoresCei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
Carlos Alberto Freire De Souza
 
palestra ceu e inferno.pdf
palestra ceu e inferno.pdfpalestra ceu e inferno.pdf
palestra ceu e inferno.pdf
Simone Ivo Sousa
 
Céu e Inferno definitivo
Céu e Inferno definitivoCéu e Inferno definitivo
Céu e Inferno definitivo
Euzebio Raimundo
 
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos HabitadosD 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
JPS Junior
 
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
Carlos Alberto Freire De Souza
 
080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2
Carlos Alberto Freire De Souza
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
JPS Junior
 
150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno
Escola da Vida
 
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv o inferno (itens 1 a 8)
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv  o inferno (itens 1 a 8)Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv  o inferno (itens 1 a 8)
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv o inferno (itens 1 a 8)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Apostila6 eeci
Apostila6 eeciApostila6 eeci
Apostila6 eeci
Ednelson Alves
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
Izabel Cristina Fonseca
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Patricia Farias
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizesCei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizesCei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
carlos freire
 
Terraescolados Espiritos
Terraescolados EspiritosTerraescolados Espiritos
Terraescolados Espiritos
cab3032
 
Terra - Escola de Espiritos
Terra - Escola de EspiritosTerra - Escola de Espiritos
Terra - Escola de Espiritos
Alfweb Sistemas
 

Semelhante a A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita. (20)

O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infiernoO ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
O ceu e o inferno / Heaven and Hell / Рай и Ад / El cielo y el infierno
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredoresCei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
Cei 100421-ii-cap.4-espíritos sofredores
 
palestra ceu e inferno.pdf
palestra ceu e inferno.pdfpalestra ceu e inferno.pdf
palestra ceu e inferno.pdf
 
Céu e Inferno definitivo
Céu e Inferno definitivoCéu e Inferno definitivo
Céu e Inferno definitivo
 
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos HabitadosD 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
 
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
080813 le-parte iv-cap.2-paraiso,inferno e purgatório
 
080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2080813 le-parte iv-cap.2
080813 le-parte iv-cap.2
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
 
150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno
 
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv o inferno (itens 1 a 8)
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv  o inferno (itens 1 a 8)Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv  o inferno (itens 1 a 8)
Ceuinferno 007 1a. parte_capítulo iv o inferno (itens 1 a 8)
 
Apostila6 eeci
Apostila6 eeciApostila6 eeci
Apostila6 eeci
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
 
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp018 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
8 entreaterraeoceu-1954-101008115411-phpapp01
 
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizesCei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
 
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizesCei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
Cei 100407-ii-cap.1 e 2-o passamento e espíritos felizes
 
Terraescolados Espiritos
Terraescolados EspiritosTerraescolados Espiritos
Terraescolados Espiritos
 
Terra - Escola de Espiritos
Terra - Escola de EspiritosTerra - Escola de Espiritos
Terra - Escola de Espiritos
 

Mais de Leonardo Pereira

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
Leonardo Pereira
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Leonardo Pereira
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
Leonardo Pereira
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
Leonardo Pereira
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
Leonardo Pereira
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
Leonardo Pereira
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
Leonardo Pereira
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 

Mais de Leonardo Pereira (20)

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 

Último

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 

Último (14)

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 

A questão do inferno, das penas eternas e do sofrimento sob a ótica da doutrina espírita.

  • 1. A questão do Inferno, das Penas Eternas e do Sofrimento sob a ótica da Doutrina Espírita.
  • 2. O Céu e o Inferno Na visão do Prof. José Herculano Pires, Allan Kardec apresenta as verdadeiras faces do desejado Céu, do temido Inferno, como também do chamado Purgatório.
  • 3. O Céu e o Inferno Põe fim, desta forma, às penas eternas, demonstrando que tudo no universo evolui.
  • 4. Lendo-se este livro com atenção vê-se que a sua estrutura corresponde a um verdadeiro processo de julgamento.
  • 5. Na primeira parte temos a exposição dos fatos que o motivaram e a apreciação judiciosa, sempre serena, dos seus vários aspectos, com a devida acentuação dos casos de infração da lei.
  • 6. Na segunda parte temos o depoimento das testemunhas.
  • 7. Cada uma delas caracteriza-se por sua posição no contexto processual. E diante dos confrontos necessários o juiz pronuncia a sua sentença definitiva, ao mesmo tempo enérgica e tocada de misericórdia. Estamos ante um tribunal divino.
  • 8. O CÉU E O INFERNO - Cap. I – O porvir e o nada . crença no nada – vivencia a vida presente . doutrina niilista – dissolução da sociedade . materialismo . absorção no Todo Universal . Panteísmo – Deus é Espírito e Matéria . individualidade da alma, antes e após a morte
  • 9. DEUS Elemento Espiritual Elemento Material Princípio Inteligente Mônadas Almas Espíritos IMPONDERÁVEL PONDERÁVEL Fluido universal Fluidos espirituais Perispírito Energia Átomos Matéria inorgânica Matéria orgânica Sólidos e fluidos
  • 10. O CÉU E O INFERNO - Cap. II – Temor da Morte . causas do temor da morte – instinto de conservação . da influencia da matéria à do Espírito . por que os espíritas não temem a morte: mundo corpóreo e mundo espiritual relacionam-se continuamente e intensamente
  • 11. - olhar para o mundo dos encarnados: Allan Kardec -olhar para o mundo dos desencarnados: André Luiz.
  • 12. O CÉU E O INFERNO - Cap. III – O Céu . mundo material e mundo espiritual . “Há muitas moradas na Casa de Meu Pai” . a felicidade está na razão direta do progresso realizado . “A cada um segundo suas obras” . a encarnação é necessária ao duplo progresso: moral e intelectual
  • 13. O CÉU E O INFERNO -Cap. III – O Céu VISÕES DO CÉU
  • 19. O CÉU E O INFERNO - Cap. IV – O Inferno . intuição das penas futuras: moldado pela intuição do presente . o inferno cristão imitado do inferno pagão . situações especiais: purgatório e limbo (crianças, selvagens...) . quadro do inferno pagão: a descrição de Fénelon
  • 22. O CÉU E O INFERNO - Cap. IV – O Inferno . Plutão x Satanás: governança x maldade . esboço do inferno cristão: a queda de Lúcifer, agora Satanás, e o trabalho dos demônios nas torturas, com a materialidade por base. O êxtase é a mais incerta das revelações...
  • 26. O CÉU E O INFERNO - Cap. V – O Purgatório . admitido pela Igreja no ano de 593 dC . mais racional e mais justo que o inferno . fogo mais brando e liberdade adquirida pelas preces (pagas!) . comércio das indulgencias: causa da Reforma (Lutero)
  • 28. O CÉU E O INFERNO -Cap. V – O Purgatório . o Espiritismo confirma a pena futura e a ação e o valor da prece sincera, de coração . o purgatório é a realidade . a Igreja, após 6 séculos, decretando a existência do Purgatório, considerou que Jesus não havia dito tudo...
  • 31. Para nossa reflexão, algumas questões argumentando e refutando a teoria das penas eterna:
  • 32. 1-Se Deus é infinito em todas as suas perfeições, é também infinitamente justo. Então, porque predestina Ele algumas almas à eterna bem-aventurança e outras à eterna condenação? Onde a infinita justiça?
  • 33. 1-Se Ele é infinito em todas as suas perfeições, como onisciente tem conhecimento prévio do destino das almas que vai criando, e como presciente sabe que a maior parte delas será condenada à perdição eterna. Pôr que mesmo assim, Ele continua criando? Onde a infinita bondade?
  • 34. 2-Se ele é infinito em todas as suas perfeições, é também onipresente. Logo, tanto está no céu, contemplando a felicidade dos eleitos, como no inferno, contemplando o sofrimento dos condenados.
  • 35. 2- E como pode ficar insensível a esse sofrimento pôr toda a eternidade? Onde fica a infinita misericórdia?
  • 36. 3-Se um pecador pode se arrepender dos seus erros durante a vida terrena, pôr que não poderá fazê-lo após a morte? Não vemos nenhuma razão lógica para que não o possa.
  • 37. 3- Então, pôr que Deus, que mandou que perdoemos indefinidamente aos que nos ofendem, e que é tão compassivo para com os que ainda se encontram no plano físico, é tão inflexível com os que já deixaram a Terra? Será a justiça humana mais equânime do que a justiça divina?
  • 38. 4-Como explicar a condenação da humanidade inteira pelo erro de um só homem, se Deus disse pôr Ezequiel, (18:20) : "O filho não pagará pela maldade do pai, nem o pai pela maldade do filho; a alma que pecar, essa morrerá"? E como pode o sangue de um justo apagar os pecados de todo o gênero humano?
  • 39. 5-Que adianta ter fé, se a fé independe da vontade do homem, e não resulta das obras, pôr ser "um dom de Deus", e se nem sequer é necessária, uma vez que a salvação é privilégio exclusivo da alguns "eleitos"?
  • 40. 6-Se as almas salvas na beatitude do céu conservam a lembrança dos que foram seus parentes e amigos na existência terrena, como poderão ter felicidade plena sabendo que entes queridos estão sofrendo tormentos sem fim no inferno?
  • 41. 6- Como pode uma mãe carinhosa, que se sacrificou pôr um filho rebelde, desfrutar a bem-aventurança eterna, sabendo que um filho estremecido se consome em sofrimentos pôr toda a eternidade???
  • 42. Com Emmanuel (Espírito) do livro "Renúncia"(4) concluímos, definindo as regiões de sofrimento no mundo espiritual: "Inferno ou purgatório são estados de espírito em tribulação pôr faltas graves, ou em vias de penitência regeneradora."
  • 43. Bibliografia * Kardec, Allan - "O Céu e o Inferno", edição da FEB; * Kardec, Allan - "O Livro dos Espíritos", edição da FEB; * Andrade, Jayme - "O Espiritismo e as Igrejas Reformadas", 1a edição, 1993, Ed. Gráf. "ABC do Interior", Conchas - SP; * Xavier, Francisco Cândido/André Luiz, livro "Libertação", edição FEB; * Xavier, Francisco Cândido/Emmanuel, livro "Renúncia", edição FEB. A questão do Inferno, das Penas Eternas e do Sofrimento sob a ótica da Doutrina Espírita.