SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto utilitário - A CARTA
• A carta
• Intencionalidade comunicativa da carta
• Tipos de carta
• Estrutura da carta
• Sobrescrito
A CARTA
Instrumento de comunicação em que
um “EU” se dirige a um “TU”,
através de um canal que é o papel.
Esquema de comunicação
EU
Destinador
(Emissor)

Papel
(canal)

mensagem

TU
Destinatário
(Receptor)

envia

recebe

a mensagem

a mensagem
Intencionalidade da carta
Permite comunicar com alguém que se encontra ausente para:
- dar

notícias;

- mandar cumprimentos;
- fazer pedidos ou compras;
- reclamar;
- apresentar-se.
Intencionalidade da carta
Por isso, é necessário adequar os
diferentes registos de língua em função das
situações e dos interlocutores:
- registo corrente;

- registo familiar;
- registo cuidado
Tipos de carta
Carta Formal:
- carta oficial;
- carta comercial;
- carta resposta a um pedido de
emprego.
Tipos de carta
–

Carta Informal:
- familiar (a um amigo ou familiar);
- de amor.
Lisboa, 22 de Outubro de 2010
Querida Maria,
Uma carta é pouco para exprimir o quanto és importante para mim.
Para dizer o quanto eu te amo, não bastaria um poema, uma ode ou elegia;
eu precisaria de escrever o mais belo e profundo romance de amor...
Tu és a mais maravilhosa das criaturas, um ser de luz que surgiu
diante de mim para me fazer completo e feliz. Sonho e peço a Deus para
que esta felicidade me acompanhe para sempre, para que acompanhe cada
um dos meus passos. Não consigo conceber outra palavra para definir o
que sinto que não seja "Amor”. Não consigo conceber a ideia de um dia
viver sem este sentimento profundo e maravilhoso; mas não consigo,
também, encontrar a palavra exacta para quantificar e qualificar a força
deste sentimento estranho e belo que nutro por ti.
Um

beiiiiiiiiiiijjjjjoooooos
Apaixonado desconhecido
Ilmos. Srs. Castro & Irmão
Rua do Bonjardim, 150
Porto

Viana, 15 de Dezembro de 2005

Amigos e Srs.
Muito grato lhes ficarei se me remeterem, com a maior
brevidade possível, amostras de riscados e sedas de todas as
qualidades e padrões que tiverem em armazém.
Se os preços e as qualidades me agradarem, farei imediatamente uma encomenda.
Aguardando a resposta, subscrevo-me com estima e consideração.
Muito Atenciosamente e Obrigado
Camilo Arantes
Luís Miguel dos Santos Pires
Rua Bernardino ribeiro, 34
4000 Porto
Telef.: 228 546 753
À COMPUTEX
Direcção de Recursos Humanos
Rua Maria Amélia, 566
4100 Porto
Exmos. Senhores,
Em resposta ao vosso anúncio publicado no Jornal “Diário” do dia 25 de Janeiro de 2006,
com a Ref. 1002/06, anunciando uma vaga para o vosso Departamento de Marketing, venho
apresentar a minha candidatura a esse lugar.
Tenho 23 anos e terminei o ano passado a minha licenciatura em “Gestão de Recursos
Humanos”. Presentemente estou a estagiar numa empresa nacional do sector industrial, o que me
tem permitido adquirir uma experiência prática apreciável. Possuo um grande sentido de
responsabilidade e, nas funções que tenho desempenhado, dei provas de flexibilidade e iniciativa.
Junto envio o meu Curriculum Vitae, estando disponível para uma eventual entrevista
que entendam por necessária.
Na

esperança

de

ser

brevemente

contactado,

apresento

os

meus

melhores

cumprimentos.
Lisboa, 15 de Fevereiro de 2006
Luís Santos Pires
Estrutura da carta Informal
1. Cabeçalho
► Local e data;
► Fórmula inicial ou saudação;
2. Corpo da carta
► Introdução;
► Desenvolvimento;
► Conclusão;
3. Fecho
► Fórmula de despedida;
► Assinatura;
► Post-scriptum
Fórmulas de abertura
da carta Informal

Fórmulas de despedida
da carta Informal

Amigo:
Olá João,

Um abraço

Caro João,

Um forte abraço

Querido amigo,

Com amizade

Estimado amigo,
João,
Familiar
Queridos pais

Beijinhos

Querida mãe / pai

Muitos beijinhos

Queridos tios

Beijinhos e abraços

Padrinho
Estrutura da carta Formal
1. Cabeçalho
► Nome e morada do remetente
► Local e data;
► Fórmula inicial ou saudação;
2. Corpo da carta
► Introdução;
► Desenvolvimento;
► Conclusão;
3. Fecho
► Fórmula de despedida;
► Assinatura;
► Post-scriptum

Viagens de Sonho, S. A.
Rua dos Desportos Radicais, 46
4000 - 000 Porto
Ex.ª ma. Sra. Professora, Graça Machado
Escola E. B. 2/3 de Paranhos
Rua Direita
4200-000 Porto
Porto, 4 de Janeiro de 2011
Distinta cliente,
Muito nos apraz apresentar-lhe um novo destino turístico
que, pela sua qualidade e atractivos, pode ser do seu interesse.
Trata-se de uma promoção especial de viagens à Grécia, em
que seleccionámos dois itinerários, minuciosamente estudados
por nós em todos os seus detalhes – voos, hotéis, excursões,
guias… - , para que possa eleger o que mais lhe agrada, com a
segurança a que a nossa agência já a habituou.
No folheto que anexamos, encontrará mais informações
sobre as viagens que lhe oferecemos. De qualquer forma, se
tiver dúvidas, não hesite em contactar a nossa agência pois
receberá a nossa melhor atenção.
Com os melhores cumprimentos,
António Aventura
(Director de Marketing)
Carta Formal
Autoridade

Fórmulas de abertura da carta
Formal

Ministro

Ex. mo Senhor Ministro

Papa

Santíssimo Padre

Presidente

Ex. mo Senhor Presidente…

Cardeal

Eminentíssimo Senhor

Bispo

Reverendíssimo Senhor Bispo

Médico

Ex.mo Senhor Doutor…

Rei

Excelentíssima Majestade

Juiz

Excelentíssimo Senhor Doutor
Juiz

Comandante

Ex.mo Senhor Comandante….

Pessoa
desconhecida

Ex.mo Senhor

Fórmulas de despedida da
carta Formal

Com os melhores cumprimentos
Muito atenciosamente
Apresento a V. Ex. os meus
melhores cumprimentos
Com os mais respeitosos
cumprimentos
Agradeço antecipadamente a
atenção de V. Ex.ª
Faz corresponder o destinatário e a respectiva fórmula inicial ou de saudação
Destinatários
Presidente da República

○

○

Fórmula inicial
Excelentíssima Majestade

Ministro

○

○

Reverendíssimo Senhor

Papa

○

○

Santíssimo Padre

Cardeal

○

○

Prezado(a) Senhor(a)

Arcebispo e Bispo

○

○

Excelentíssimo (a) Senhor(a) Doutor(a)

Licenciado ou grau superior

○

○

Eminentíssimo Senhor

Cidadão (em geral)

○

○

Excelentíssimo(a) Senhor(a) Presidente(a)

Rei

○

○

Excelentíssimo(a) Senhor(a) Ministro(a)
Preenche os quadros com as seguintes fórmulas de saudação e
despedida:

Saudação inicial
Carta formal
Carta pessoal

Fórmula de despedida
Carta formal
Carta pessoal

Com amizade
Com os melhores cumprimentos
Meu caro Senhor
Estimado amigo
Com a mais elevada consideração
Muitos beijinhos
Um grande abraço
Queridos Pais Caro Senhor
Atenciosamente
Cara Senhora

Querida Joana
Post-scriptum:
- do latim: depois de escrito;
- registo de algo após conclusão da carta

(facultativo)
Post-scriptum:

P.S. – Esqueci-me de te dizer que espero ir a
tua casa nas férias do Natal.
Sobrescrito
Sobrescrito

REMETENTE

SELO

DESTINATÁRIO
Sobrescrito
De: Ana das Flores
Rua do Vaso, n.º2
Floreira
8000-200 Florelândia
Sobrescrito

Para:
Joana das Silvas
Rua da Mata, Lt 2 r/c
Matagal
2000-800 Bosquelândia
Sobrescrito
De: Maria das Flores
Rua do Vaso, n.º2
Floreira
8000-200 Florelândia
Para:
Joana das Silvas
Rua da Mata, Lt 2 r/c
Matagal
2000-800 Bosquelândia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Classes Palavras 7ano
Classes Palavras 7anoClasses Palavras 7ano
Classes Palavras 7ano
Teresa Pombo
 
Conetores
ConetoresConetores
Conetores
Sandrina Azoia
 
O comentário
O comentárioO comentário
O comentário
Josete Perdigao
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
Leisiane Jesus
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
Caique Fernando Silva Fistarol
 
Como escrever artigos de opinião
Como escrever artigos de opiniãoComo escrever artigos de opinião
Como escrever artigos de opinião
Cícero Nogueira
 
Estrutura da Notícia
Estrutura da NotíciaEstrutura da Notícia
Estrutura da Notícia
sextoD
 
Voz ativa e passiva
Voz ativa e passivaVoz ativa e passiva
Voz ativa e passiva
António Fernandes
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
Susana Sobrenome
 
Tipos e formas de frases
Tipos e formas de frasesTipos e formas de frases
Tipos e formas de frases
Paula Oliveira Cruz
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
Renally Arruda
 
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º anoClasses e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
carol slides
 
Ficha informativa sobre o Comentário
Ficha informativa sobre o ComentárioFicha informativa sobre o Comentário
Ficha informativa sobre o Comentário
School help
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
Maurício Marques
 
Pronome em adjacencia_verbal
Pronome em adjacencia_verbalPronome em adjacencia_verbal
Pronome em adjacencia_verbal
gracacruz
 
Ficha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavrasFicha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavras
Raquel Antunes
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
Ana Arminda Moreira
 
conto tradicional-popular
 conto tradicional-popular conto tradicional-popular
conto tradicional-popular
sesal
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
Isis Barros
 
A entrevista
A entrevistaA entrevista
A entrevista
Fernanda Monteiro
 

Mais procurados (20)

Classes Palavras 7ano
Classes Palavras 7anoClasses Palavras 7ano
Classes Palavras 7ano
 
Conetores
ConetoresConetores
Conetores
 
O comentário
O comentárioO comentário
O comentário
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
 
Como escrever artigos de opinião
Como escrever artigos de opiniãoComo escrever artigos de opinião
Como escrever artigos de opinião
 
Estrutura da Notícia
Estrutura da NotíciaEstrutura da Notícia
Estrutura da Notícia
 
Voz ativa e passiva
Voz ativa e passivaVoz ativa e passiva
Voz ativa e passiva
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
 
Tipos e formas de frases
Tipos e formas de frasesTipos e formas de frases
Tipos e formas de frases
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
 
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º anoClasses e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
 
Ficha informativa sobre o Comentário
Ficha informativa sobre o ComentárioFicha informativa sobre o Comentário
Ficha informativa sobre o Comentário
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
 
Pronome em adjacencia_verbal
Pronome em adjacencia_verbalPronome em adjacencia_verbal
Pronome em adjacencia_verbal
 
Ficha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavrasFicha formativa_ Relação entre palavras
Ficha formativa_ Relação entre palavras
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
conto tradicional-popular
 conto tradicional-popular conto tradicional-popular
conto tradicional-popular
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
 
A entrevista
A entrevistaA entrevista
A entrevista
 

Semelhante a A carta

A carta
A cartaA carta
A carta
7aeb23dalousa
 
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Elisa Dias
 
Carta
CartaCarta
A carta
A cartaA carta
A carta
annapasilva
 
A carta
A cartaA carta
A carta
pief2
 
06 2 a_aula_carta
06 2 a_aula_carta06 2 a_aula_carta
06 2 a_aula_carta
marcelocaxias
 
Carta formal e informal
Carta formal e informalCarta formal e informal
Carta formal e informal
Murtinheira1964
 
A carta
A cartaA carta
A carta estrutura
A carta    estruturaA carta    estrutura
A carta estrutura
Maria Inês Reino
 
Jb news informativo nr. 2342
Jb news   informativo nr. 2342Jb news   informativo nr. 2342
Jb news informativo nr. 2342
JB News
 
Carta
CartaCarta
Carta
Dulce2015
 
Carta
CartaCarta
Jb news informativo nr. 2237
Jb news   informativo nr. 2237Jb news   informativo nr. 2237
Jb news informativo nr. 2237
JB News
 
7075924 carta
7075924 carta7075924 carta
7075924 carta
Rosa1969
 
Aula09 Comunicação oral e escrita
Aula09 Comunicação oral e escritaAula09 Comunicação oral e escrita
Carta formal
Carta formalCarta formal
Carta formal
Anabela Guedes
 
A publicidade, a carta e a notícia
A publicidade, a carta e a notíciaA publicidade, a carta e a notícia
A publicidade, a carta e a notícia
inessalgado
 
Carta Informal_exercício de Produção escrita
Carta Informal_exercício de Produção escritaCarta Informal_exercício de Produção escrita
Carta Informal_exercício de Produção escrita
GiselaAlves15
 
Carta
CartaCarta
Informativo semanal pibangra 36 2012
Informativo semanal pibangra 36 2012Informativo semanal pibangra 36 2012
Informativo semanal pibangra 36 2012
Primeira Igreja Batista em Angra dos Reis
 

Semelhante a A carta (20)

A carta
A cartaA carta
A carta
 
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
06 2 a_aula_carta
06 2 a_aula_carta06 2 a_aula_carta
06 2 a_aula_carta
 
Carta formal e informal
Carta formal e informalCarta formal e informal
Carta formal e informal
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
A carta estrutura
A carta    estruturaA carta    estrutura
A carta estrutura
 
Jb news informativo nr. 2342
Jb news   informativo nr. 2342Jb news   informativo nr. 2342
Jb news informativo nr. 2342
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Jb news informativo nr. 2237
Jb news   informativo nr. 2237Jb news   informativo nr. 2237
Jb news informativo nr. 2237
 
7075924 carta
7075924 carta7075924 carta
7075924 carta
 
Aula09 Comunicação oral e escrita
Aula09 Comunicação oral e escritaAula09 Comunicação oral e escrita
Aula09 Comunicação oral e escrita
 
Carta formal
Carta formalCarta formal
Carta formal
 
A publicidade, a carta e a notícia
A publicidade, a carta e a notíciaA publicidade, a carta e a notícia
A publicidade, a carta e a notícia
 
Carta Informal_exercício de Produção escrita
Carta Informal_exercício de Produção escritaCarta Informal_exercício de Produção escrita
Carta Informal_exercício de Produção escrita
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Informativo semanal pibangra 36 2012
Informativo semanal pibangra 36 2012Informativo semanal pibangra 36 2012
Informativo semanal pibangra 36 2012
 

Mais de Paulo Fonseca Pauloprofpt

A notícia
A notíciaA notícia
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Síntese cav da dinamarca
Síntese cav da dinamarcaSíntese cav da dinamarca
Síntese cav da dinamarca
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
O Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca sínteseO Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca síntese
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - SínteseO Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Apresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarcaApresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarca
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Apresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarcaApresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarca
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Sinais pontuação auxiliares_escrita
Sinais pontuação auxiliares_escritaSinais pontuação auxiliares_escrita
Sinais pontuação auxiliares_escrita
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
2 pontuação
2 pontuação2 pontuação
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Preposições exercícos práticos
Preposições exercícos práticosPreposições exercícos práticos
Preposições exercícos práticos
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Banda desenhada 2
Banda desenhada 2Banda desenhada 2
Banda desenhada 2
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Banda desenhada
Banda desenhadaBanda desenhada
Banda desenhada
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Texto publicitário
Texto publicitárioTexto publicitário
Texto publicitário
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 
Notícias alunos
Notícias alunosNotícias alunos
Notícias alunos
Paulo Fonseca Pauloprofpt
 

Mais de Paulo Fonseca Pauloprofpt (20)

A notícia
A notíciaA notícia
A notícia
 
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 3
 
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
Síntese Cavaleiro da Dinamarca 2
 
Síntese Cavaleiro da Dinamarca
Síntese Cavaleiro da DinamarcaSíntese Cavaleiro da Dinamarca
Síntese Cavaleiro da Dinamarca
 
Síntese cav da dinamarca
Síntese cav da dinamarcaSíntese cav da dinamarca
Síntese cav da dinamarca
 
O Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca sínteseO Cavaleiro Dinamarca síntese
O Cavaleiro Dinamarca síntese
 
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - SínteseO Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
 
Apresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarcaApresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarca
 
Apresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarcaApresentação c. dinamarca
Apresentação c. dinamarca
 
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
 
Sinais pontuação auxiliares_escrita
Sinais pontuação auxiliares_escritaSinais pontuação auxiliares_escrita
Sinais pontuação auxiliares_escrita
 
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
 
2 pontuação
2 pontuação2 pontuação
2 pontuação
 
F informativa texto_opinião
F informativa texto_opiniãoF informativa texto_opinião
F informativa texto_opinião
 
Preposições exercícos práticos
Preposições exercícos práticosPreposições exercícos práticos
Preposições exercícos práticos
 
Banda desenhada 2
Banda desenhada 2Banda desenhada 2
Banda desenhada 2
 
Banda desenhada
Banda desenhadaBanda desenhada
Banda desenhada
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
 
Texto publicitário
Texto publicitárioTexto publicitário
Texto publicitário
 
Notícias alunos
Notícias alunosNotícias alunos
Notícias alunos
 

A carta

  • 1.
  • 2. Texto utilitário - A CARTA • A carta • Intencionalidade comunicativa da carta • Tipos de carta • Estrutura da carta • Sobrescrito
  • 3. A CARTA Instrumento de comunicação em que um “EU” se dirige a um “TU”, através de um canal que é o papel.
  • 5. Intencionalidade da carta Permite comunicar com alguém que se encontra ausente para: - dar notícias; - mandar cumprimentos; - fazer pedidos ou compras; - reclamar; - apresentar-se.
  • 6. Intencionalidade da carta Por isso, é necessário adequar os diferentes registos de língua em função das situações e dos interlocutores: - registo corrente; - registo familiar; - registo cuidado
  • 7. Tipos de carta Carta Formal: - carta oficial; - carta comercial; - carta resposta a um pedido de emprego.
  • 8. Tipos de carta – Carta Informal: - familiar (a um amigo ou familiar); - de amor.
  • 9.
  • 10. Lisboa, 22 de Outubro de 2010 Querida Maria, Uma carta é pouco para exprimir o quanto és importante para mim. Para dizer o quanto eu te amo, não bastaria um poema, uma ode ou elegia; eu precisaria de escrever o mais belo e profundo romance de amor... Tu és a mais maravilhosa das criaturas, um ser de luz que surgiu diante de mim para me fazer completo e feliz. Sonho e peço a Deus para que esta felicidade me acompanhe para sempre, para que acompanhe cada um dos meus passos. Não consigo conceber outra palavra para definir o que sinto que não seja "Amor”. Não consigo conceber a ideia de um dia viver sem este sentimento profundo e maravilhoso; mas não consigo, também, encontrar a palavra exacta para quantificar e qualificar a força deste sentimento estranho e belo que nutro por ti. Um beiiiiiiiiiiijjjjjoooooos Apaixonado desconhecido
  • 11. Ilmos. Srs. Castro & Irmão Rua do Bonjardim, 150 Porto Viana, 15 de Dezembro de 2005 Amigos e Srs. Muito grato lhes ficarei se me remeterem, com a maior brevidade possível, amostras de riscados e sedas de todas as qualidades e padrões que tiverem em armazém. Se os preços e as qualidades me agradarem, farei imediatamente uma encomenda. Aguardando a resposta, subscrevo-me com estima e consideração. Muito Atenciosamente e Obrigado Camilo Arantes
  • 12. Luís Miguel dos Santos Pires Rua Bernardino ribeiro, 34 4000 Porto Telef.: 228 546 753 À COMPUTEX Direcção de Recursos Humanos Rua Maria Amélia, 566 4100 Porto Exmos. Senhores, Em resposta ao vosso anúncio publicado no Jornal “Diário” do dia 25 de Janeiro de 2006, com a Ref. 1002/06, anunciando uma vaga para o vosso Departamento de Marketing, venho apresentar a minha candidatura a esse lugar. Tenho 23 anos e terminei o ano passado a minha licenciatura em “Gestão de Recursos Humanos”. Presentemente estou a estagiar numa empresa nacional do sector industrial, o que me tem permitido adquirir uma experiência prática apreciável. Possuo um grande sentido de responsabilidade e, nas funções que tenho desempenhado, dei provas de flexibilidade e iniciativa. Junto envio o meu Curriculum Vitae, estando disponível para uma eventual entrevista que entendam por necessária. Na esperança de ser brevemente contactado, apresento os meus melhores cumprimentos. Lisboa, 15 de Fevereiro de 2006 Luís Santos Pires
  • 13. Estrutura da carta Informal 1. Cabeçalho ► Local e data; ► Fórmula inicial ou saudação; 2. Corpo da carta ► Introdução; ► Desenvolvimento; ► Conclusão; 3. Fecho ► Fórmula de despedida; ► Assinatura; ► Post-scriptum
  • 14. Fórmulas de abertura da carta Informal Fórmulas de despedida da carta Informal Amigo: Olá João, Um abraço Caro João, Um forte abraço Querido amigo, Com amizade Estimado amigo, João, Familiar Queridos pais Beijinhos Querida mãe / pai Muitos beijinhos Queridos tios Beijinhos e abraços Padrinho
  • 15. Estrutura da carta Formal 1. Cabeçalho ► Nome e morada do remetente ► Local e data; ► Fórmula inicial ou saudação; 2. Corpo da carta ► Introdução; ► Desenvolvimento; ► Conclusão; 3. Fecho ► Fórmula de despedida; ► Assinatura; ► Post-scriptum Viagens de Sonho, S. A. Rua dos Desportos Radicais, 46 4000 - 000 Porto Ex.ª ma. Sra. Professora, Graça Machado Escola E. B. 2/3 de Paranhos Rua Direita 4200-000 Porto Porto, 4 de Janeiro de 2011 Distinta cliente, Muito nos apraz apresentar-lhe um novo destino turístico que, pela sua qualidade e atractivos, pode ser do seu interesse. Trata-se de uma promoção especial de viagens à Grécia, em que seleccionámos dois itinerários, minuciosamente estudados por nós em todos os seus detalhes – voos, hotéis, excursões, guias… - , para que possa eleger o que mais lhe agrada, com a segurança a que a nossa agência já a habituou. No folheto que anexamos, encontrará mais informações sobre as viagens que lhe oferecemos. De qualquer forma, se tiver dúvidas, não hesite em contactar a nossa agência pois receberá a nossa melhor atenção. Com os melhores cumprimentos, António Aventura (Director de Marketing)
  • 16. Carta Formal Autoridade Fórmulas de abertura da carta Formal Ministro Ex. mo Senhor Ministro Papa Santíssimo Padre Presidente Ex. mo Senhor Presidente… Cardeal Eminentíssimo Senhor Bispo Reverendíssimo Senhor Bispo Médico Ex.mo Senhor Doutor… Rei Excelentíssima Majestade Juiz Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Comandante Ex.mo Senhor Comandante…. Pessoa desconhecida Ex.mo Senhor Fórmulas de despedida da carta Formal Com os melhores cumprimentos Muito atenciosamente Apresento a V. Ex. os meus melhores cumprimentos Com os mais respeitosos cumprimentos Agradeço antecipadamente a atenção de V. Ex.ª
  • 17. Faz corresponder o destinatário e a respectiva fórmula inicial ou de saudação Destinatários Presidente da República ○ ○ Fórmula inicial Excelentíssima Majestade Ministro ○ ○ Reverendíssimo Senhor Papa ○ ○ Santíssimo Padre Cardeal ○ ○ Prezado(a) Senhor(a) Arcebispo e Bispo ○ ○ Excelentíssimo (a) Senhor(a) Doutor(a) Licenciado ou grau superior ○ ○ Eminentíssimo Senhor Cidadão (em geral) ○ ○ Excelentíssimo(a) Senhor(a) Presidente(a) Rei ○ ○ Excelentíssimo(a) Senhor(a) Ministro(a)
  • 18. Preenche os quadros com as seguintes fórmulas de saudação e despedida: Saudação inicial Carta formal Carta pessoal Fórmula de despedida Carta formal Carta pessoal Com amizade Com os melhores cumprimentos Meu caro Senhor Estimado amigo Com a mais elevada consideração Muitos beijinhos Um grande abraço Queridos Pais Caro Senhor Atenciosamente Cara Senhora Querida Joana
  • 19. Post-scriptum: - do latim: depois de escrito; - registo de algo após conclusão da carta (facultativo)
  • 20. Post-scriptum: P.S. – Esqueci-me de te dizer que espero ir a tua casa nas férias do Natal.
  • 23. Sobrescrito De: Ana das Flores Rua do Vaso, n.º2 Floreira 8000-200 Florelândia
  • 24. Sobrescrito Para: Joana das Silvas Rua da Mata, Lt 2 r/c Matagal 2000-800 Bosquelândia
  • 25. Sobrescrito De: Maria das Flores Rua do Vaso, n.º2 Floreira 8000-200 Florelândia Para: Joana das Silvas Rua da Mata, Lt 2 r/c Matagal 2000-800 Bosquelândia