SlideShare uma empresa Scribd logo
Conetores / Articuladores do discurso
Os conetores ou articuladores têm como função articular, conectar, ligar grupos
de palavras; unir frases simples, formando frases complexas; estabelecer nexos lógicos
entre períodos e parágrafos, de modo a construir textos coesos e coerentes.
Os conectores podem ser classificados com funcionalidades lógicas distintas,
de acordo com o contexto de uso.
Designação Função Articuladores / Conetores do discurso
Aditivos
agrupar, adicionar ideias,
segmentos, sequências,
informação
e, nem (negativa), bem como, não só… mas
também, além disso, mais ainda, igualmente, ainda
Alternativos /
Exclusão
apresentar opções,
alternativas
ou, ou… ou, ora… ora, seja… seja,
alternativamente, em alternativa, opcionalmente
Contrastivos
indicar uma oposição, um
contraste
mas, porém, todavia, contudo, no entanto,
contrariamente, pelo contrário
Concessivos
negar o efeito, a conclusão
exprimir uma concessão
embora, ainda que, mesmoque, conquanto, apesar
de, malgrado, não obstante, mesmo assim, ainda
assim
Temporais
exprimir relações de tempo
entre ossegmentosdo texto /
discurso
quando, mal, assim que, logo que, enquanto,
entretanto, depois que, desde que, antes de, mais
tarde, ao mesmo tempo
Finais
traduzir o fim, a intenção, o
objetivo
para (que), a fim de, a fim de que, de modo / forma
a, com o objetivo de
Comparativos exprimir uma comparação
como, tal como, assim como, bem como, também,
mais / menos do que
Causais exprimir a causa, a razão
porque, visto que, dado que, como, uma vez que,
já que
Condicionais
introduzir hipóteses ou
condições
se, caso, desde que, a não ser que, contanto que
Consecutivos
exprimir a ideia de
consequência, resultado,
efeito
por isso, daí que, de tal forma… que, tanto… que,
tal… que, tão… que
Conclusivas
expressar uma conclusão,
uma inferência (dedução
lógica a partir do já exposto)
portanto, assim, logo, por conseguinte, concluindo,
para concluir, em conclusão, em consequência,
daí, então, deste modo, por isso, por este motivo
Completivos
completar o sentido do
núcleo do grupo verbal
que, se, para
Confirmativos
ou
exemplificativos
documentar
exemplificar
por exemplo, a ilustrar, documentando,
exemplificando
 Outros valores são expressos, por exemplo, pelas conjunções (porque introduz um
valor de causa, etc.).
 Pelos exemplos apresentados no quadro acima, não só preposições, conjunções,
advérbios e expressões que lhes sejam equivalentes desempenham a função de
conetores do discurso. De facto, também os adjetivos numerais (primeiro,
segundo, terceiro, etc.) e as formas verbais não
finitas - gerundivas (sintetizando, prosseguindo, concluindo, recapitulando, etc.)
ou infinitivas antecedidas de preposição (para começar, para concluir, a seguir,
a encerrar, etc.) - podem funcionar como tal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
Paula Angelo
 
Texto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemploTexto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemplo
FJDOliveira
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
nando_reis
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicos
Sílvia Faim
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Paulo Portelada
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
becastanheiradepera
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
Margarida Tomaz
 
Complemento oblíquo
Complemento oblíquoComplemento oblíquo
Complemento oblíquo
Celina Medeiros
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadores
gracacruz
 
Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1
Célia Gonçalves
 
Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
Ana Martins
 
Literatura trovadoresca
Literatura trovadoresca Literatura trovadoresca
Literatura trovadoresca
Lurdes Augusto
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Bárbara Minhoto
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Raquel Antunes
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
Susana Sobrenome
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo
713773
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
Fernanda Monteiro
 
Autopsicografia e Isto
Autopsicografia e IstoAutopsicografia e Isto
Autopsicografia e Isto
Paula Oliveira Cruz
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
Margarida Tomaz
 

Mais procurados (20)

Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Texto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemploTexto argumentativo exemplo
Texto argumentativo exemplo
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicos
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
 
Complemento oblíquo
Complemento oblíquoComplemento oblíquo
Complemento oblíquo
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadores
 
Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1Analise os lusiadas 1
Analise os lusiadas 1
 
Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
 
Literatura trovadoresca
Literatura trovadoresca Literatura trovadoresca
Literatura trovadoresca
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
 
Autopsicografia e Isto
Autopsicografia e IstoAutopsicografia e Isto
Autopsicografia e Isto
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
 

Destaque

Os conetores 10 º
Os conetores 10 ºOs conetores 10 º
Os conetores 10 º
Ulisses Ulisses-Sec. Medina
 
Conetores lógicos
Conetores lógicosConetores lógicos
Conetores lógicos
Isaque Tomé
 
Ficha Informativa_ Articuladores do discurso
Ficha Informativa_ Articuladores do discursoFicha Informativa_ Articuladores do discurso
Ficha Informativa_ Articuladores do discurso
Agrupamento de escolas do Paião
 
Fernando Pessoa Heterónimos
Fernando Pessoa   HeterónimosFernando Pessoa   Heterónimos
Fernando Pessoa Heterónimos
ESVieira do Minho
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
fromgaliza
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
Margarida Rodrigues
 

Destaque (6)

Os conetores 10 º
Os conetores 10 ºOs conetores 10 º
Os conetores 10 º
 
Conetores lógicos
Conetores lógicosConetores lógicos
Conetores lógicos
 
Ficha Informativa_ Articuladores do discurso
Ficha Informativa_ Articuladores do discursoFicha Informativa_ Articuladores do discurso
Ficha Informativa_ Articuladores do discurso
 
Fernando Pessoa Heterónimos
Fernando Pessoa   HeterónimosFernando Pessoa   Heterónimos
Fernando Pessoa Heterónimos
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
 

Semelhante a Conetores

articuladoresdediscurso.doc
articuladoresdediscurso.docarticuladoresdediscurso.doc
articuladoresdediscurso.doc
Isabel273720
 
Articuladores_conectores-do-discurso.pdf
Articuladores_conectores-do-discurso.pdfArticuladores_conectores-do-discurso.pdf
Articuladores_conectores-do-discurso.pdf
RoiRey1
 
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridadeConectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
ssusere05987
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
laiiza
 
Coesão interfrásica
Coesão interfrásicaCoesão interfrásica
Coesão interfrásica
Marluce Brum
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
Amonelocadia
 
Conectivos.pdf
Conectivos.pdfConectivos.pdf
Conectivos.pdf
LilianeBarros17
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
Madalena Nabais
 
Conectores
ConectoresConectores
Conectores
lauraneves
 
OraçõEs
OraçõEsOraçõEs
OraçõEs
Luísa Freixo
 
verbos_de_comando.pdf
verbos_de_comando.pdfverbos_de_comando.pdf
verbos_de_comando.pdf
Caroline Assis
 
Anexo 2
Anexo 2Anexo 2
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
MarisaAlcantaraGoula
 
8 ano
8 ano8 ano
Classes de palavras - Conjunção
Classes de palavras - ConjunçãoClasses de palavras - Conjunção
Classes de palavras - Conjunção
Arthur Wenderson
 
Redacao academica
Redacao academicaRedacao academica
Redacao academica
Cassio Meira Jr.
 
Redação acadêmica
Redação acadêmicaRedação acadêmica
Redação acadêmica
Cassio Meira Jr.
 
Texto expositivo-argumentativo
Texto expositivo-argumentativoTexto expositivo-argumentativo
Texto expositivo-argumentativo
nando_reis
 
Quadro dos pronomes
Quadro dos pronomesQuadro dos pronomes
Quadro dos pronomes
Luisa Cristina Rothe Mayer
 
Resumão portugues2
Resumão portugues2Resumão portugues2
Resumão portugues2
Kelin Cristina
 

Semelhante a Conetores (20)

articuladoresdediscurso.doc
articuladoresdediscurso.docarticuladoresdediscurso.doc
articuladoresdediscurso.doc
 
Articuladores_conectores-do-discurso.pdf
Articuladores_conectores-do-discurso.pdfArticuladores_conectores-do-discurso.pdf
Articuladores_conectores-do-discurso.pdf
 
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridadeConectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
Conectores ( escola virtual).pptx 5º ano de escolaridade
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
 
Coesão interfrásica
Coesão interfrásicaCoesão interfrásica
Coesão interfrásica
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
 
Conectivos.pdf
Conectivos.pdfConectivos.pdf
Conectivos.pdf
 
Texto argumentativo
Texto argumentativoTexto argumentativo
Texto argumentativo
 
Conectores
ConectoresConectores
Conectores
 
OraçõEs
OraçõEsOraçõEs
OraçõEs
 
verbos_de_comando.pdf
verbos_de_comando.pdfverbos_de_comando.pdf
verbos_de_comando.pdf
 
Anexo 2
Anexo 2Anexo 2
Anexo 2
 
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
3s anos argumentação imagens com frases redes sociais
 
8 ano
8 ano8 ano
8 ano
 
Classes de palavras - Conjunção
Classes de palavras - ConjunçãoClasses de palavras - Conjunção
Classes de palavras - Conjunção
 
Redacao academica
Redacao academicaRedacao academica
Redacao academica
 
Redação acadêmica
Redação acadêmicaRedação acadêmica
Redação acadêmica
 
Texto expositivo-argumentativo
Texto expositivo-argumentativoTexto expositivo-argumentativo
Texto expositivo-argumentativo
 
Quadro dos pronomes
Quadro dos pronomesQuadro dos pronomes
Quadro dos pronomes
 
Resumão portugues2
Resumão portugues2Resumão portugues2
Resumão portugues2
 

Último

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 

Último (20)

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 

Conetores

  • 1. Conetores / Articuladores do discurso Os conetores ou articuladores têm como função articular, conectar, ligar grupos de palavras; unir frases simples, formando frases complexas; estabelecer nexos lógicos entre períodos e parágrafos, de modo a construir textos coesos e coerentes. Os conectores podem ser classificados com funcionalidades lógicas distintas, de acordo com o contexto de uso. Designação Função Articuladores / Conetores do discurso Aditivos agrupar, adicionar ideias, segmentos, sequências, informação e, nem (negativa), bem como, não só… mas também, além disso, mais ainda, igualmente, ainda Alternativos / Exclusão apresentar opções, alternativas ou, ou… ou, ora… ora, seja… seja, alternativamente, em alternativa, opcionalmente Contrastivos indicar uma oposição, um contraste mas, porém, todavia, contudo, no entanto, contrariamente, pelo contrário Concessivos negar o efeito, a conclusão exprimir uma concessão embora, ainda que, mesmoque, conquanto, apesar de, malgrado, não obstante, mesmo assim, ainda assim Temporais exprimir relações de tempo entre ossegmentosdo texto / discurso quando, mal, assim que, logo que, enquanto, entretanto, depois que, desde que, antes de, mais tarde, ao mesmo tempo Finais traduzir o fim, a intenção, o objetivo para (que), a fim de, a fim de que, de modo / forma a, com o objetivo de Comparativos exprimir uma comparação como, tal como, assim como, bem como, também, mais / menos do que Causais exprimir a causa, a razão porque, visto que, dado que, como, uma vez que, já que Condicionais introduzir hipóteses ou condições se, caso, desde que, a não ser que, contanto que Consecutivos exprimir a ideia de consequência, resultado, efeito por isso, daí que, de tal forma… que, tanto… que, tal… que, tão… que Conclusivas expressar uma conclusão, uma inferência (dedução lógica a partir do já exposto) portanto, assim, logo, por conseguinte, concluindo, para concluir, em conclusão, em consequência, daí, então, deste modo, por isso, por este motivo Completivos completar o sentido do núcleo do grupo verbal que, se, para Confirmativos ou exemplificativos documentar exemplificar por exemplo, a ilustrar, documentando, exemplificando
  • 2.  Outros valores são expressos, por exemplo, pelas conjunções (porque introduz um valor de causa, etc.).  Pelos exemplos apresentados no quadro acima, não só preposições, conjunções, advérbios e expressões que lhes sejam equivalentes desempenham a função de conetores do discurso. De facto, também os adjetivos numerais (primeiro, segundo, terceiro, etc.) e as formas verbais não finitas - gerundivas (sintetizando, prosseguindo, concluindo, recapitulando, etc.) ou infinitivas antecedidas de preposição (para começar, para concluir, a seguir, a encerrar, etc.) - podem funcionar como tal.