SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA NEURO-HORMONAL
Organismo Humano em Equilíbrio
Ciências Naturais
9º Ano
Organismo humano

   O organismo humano
    funcionamento como um
    todo, isto é, todos os
    constituintes desde as
    células até aos sistemas
    de órgãos trabalham
    em conjunto para a
    manutenção           das
    condições necessárias à
    sua sobrevivência.
Organismo humano

   O corpo humano é coordenado por
    um sistema ,relativamente complexo,
    que permite a transmissão de
    informação      entre     diferentes
    sistemas de órgãos e seus
    constituintes   para     o      bom
    funcionamento do organismo.

   Esse sistema é o Sistema Neuro-
    Hormonal
       Tem como função coordenar     a
        actividade do corpo humano.
Sistema Neuro-Hormonal
   O nosso organismo tem duas vias de transmitir e
    receber mensagens.

     Via   nervosa

     Via   hormonal


   Já vimos alguns exemplos da via hormonal quando
    falámos do Sistema Reprodutor.
Sistema Nervoso

   O sistema nervoso pode dividir-
    se em duas partes:
     Sistema   Nervoso Central (SNC)

     Sistema   Nervoso Periférico (SNP)
Sistema Nervoso Central

   Constituído por:
                                    Encéfalo
       Encéfalo
                                Espinal medula
       Espinal medula

       Estas duas estruturas
        dado     que      são
        centrais           de
        processamento      de
        informação,       são
        designadas         de
        Centros Nervosos.
Encéfalo

     O encéfalo divide-se no:

         Cérebro

Cérebro Cerebelo
                  – controla a
Crânio coordenação dos movimentos;

      
Hipotálamo
          Tronco cerebral – no tronco
          cerebral encontra-se o Bulbo              Cerebelo
          Raquidiano que controla os
          ritmos cardíaco e respiratório e
          a pressão sanguíneas.              Bolbo Raquidiano


                    Tronco Cerebral
Encéfalo

   O Encéfalo é revestido
    por uma membrana
    denominada          de
    Meninge.

   Por sua vez a meninge e
    o encéfalo é revestido e
    protegido pela caixa
    craniana.
Cérebro

   A parte superior do encéfalo, e
    também a de maior dimensão,
    denomina-se de Cérebro.

   Divide-se em dois hemisférios
    cerebrais, ligados entre por um
    espesso feixe de fibras nervosas
    denominada de Corpo Caloso.

   A zona superficial do cérebro
    denomina-se de Córtex Cerebral
    e       apresenta     inúmeras
    circunvalações.
Cérebro
Cérebro
Espinal medula

   O tronco cerebral
    faz a ligação
    entre o cérebro e
    a espinal medula.

   A espinal medula
    encontra-se
    envolta           e
    protegida     pela
    coluna vertebral.
Sistema Nervoso Periférico

   É constituído por nervos e
    gânglios.

   Os nervos são estruturas
    formadas pela agregação
    de fibras nervosas. Partem
    dos     centros   nervosos,
    ramificando-se em todas as
    direcções e partes do
    corpo.
Nervos Cranianos



   Partem do encéfalo e
    dirigem-se para as
    diferentes zonas da
    cabeça.
Nervos raquidianos



   Têm origem na
    espinal medula
    e ramificam-se
    pelo
    organismo.
Gânglios
   Os gânglios são pequenos agregados de corpos
    celulares de células nervosas, situados fora do SNC.
Neurónio
   Os neurónios são
    constituídos por:

     Corpo   celular;

     Dendrites;



     Axónio;
       Arborização
        terminal;
       Bainha de mielina.
Neurónio
   As células base do sistema nervoso são os
    neurónios.
Neurónio

   Os neurónios têm como
    principal função receber,
    transmitir e responder às
    mensagens que lhes
    chegam.

   A estas mensagens dá-
    se o nome de impulsos
    ou influxos nervosos.
Neurónios
   A ligação        entre dois
    neurónios        denomina-se
    sinapse.

   A sinapse ocorre entre as
    terminações arbóreas de
    um neurónio e as dendrites
    do neurónio seguinte.

       As dendrites e a terminação
        arbórea não se ligam
        directamente, existe um
        espaço entre elas que se
        denomina      de      fenda
        sináptica.
Impulso nervoso
   Ao nível da fenda sináptica
    o       impulso     nervoso
    transmitem-se através da
    passagem de neurónio para
    neurónio de uma substância
    química.

   Essa substância       química
    denomina-se               de
                      .

   Existem cerca de          30
    neurotransmissores
    conhecidos.
Neurónio

   Cada neurónio, devido às suas muitas
    ramificações do corpo celular (dendrites) e do
    axónio (terminação arbórea), consegue
    estabelecer ligação com muitos outros
    neurónios.

   Dependendo das suas funções os neurónios
    classificam-se em:
       Neurónios sensitivos (receptores) – conduzem
        impulsos dos órgãos receptores até ao SNC.

       Neurónios de associação – encontram-se no
        SNC e estabelecem a ligação entre neurónios
        receptores e efectores, além que processam e
        coordenam a informação.

       Neurónios motores (efectores) – conduzem os
        impulsos nervosos do SNC para o órgãos
        efectores como por exemplo músculos e
        glândulas hormonais.
Nervos

   Ao conjunto do axónio,
    de     cada      neurónio,
    envolto na bainha de
    mielina, dá-se o nome de
                  .

   As fibras nervosas por
    sua vez aglomeram-se
    em grande quantidade ,
    formando
             , que ao serem
    envoltos    em    tecido
    denominam-se          de
           .
Estímulos
   Os estímulos são factores que obrigam o organismo a reagir, tais como:
       Luz;
       Som;
       Sabor;
       Medo;
       Sede;
       Fome…

   Estes estímulos são detectados por receptores específicos.

       Os que detectam os estímulos externos reúnem-se nos órgãos dos sentidos.

       Os receptores de estímulos internos, captam estímulos internos, que nos
        informam de estado do nosso organismo.
Estímulo-Resposta
     Para que um estímulo desencadeie uma respostas
      são necessários vários intervenientes….




Receptores      Fibras     Centros     Fibras     Órgãos
 sensoriais   nervosas     nervosos   nervosas   efectores
              sensoriais              motoras
Actos voluntários e involuntários
   A nossa actividade do dia-a-dia envolve diferentes actos
    que se podem dividir em:

                           – são actos conscientes e dependem da nossa
        vontade, nestes casos o impulso nervoso é gerado no cérebro e
        conduzido pelos nervos efectores que enervam os órgãos
        implicados no acto.

                             ou           – são actos que não dependem
        da nossa vontade, são determinados pela espinal medula e
        funcionam como um mecanismo automático de resposta a
        estímulos exteriores, muitas vezes são um mecanismo de defesa.
                      é o trajecto percorrido pelo impulso nervoso, num acto
            reflexo.
Acto reflexo

   Quando o centro nervoso responsável
    pelo acto reflexo é a espinal medula, o
    impulso é também enviado ao cérebro.

   Pelo que temos consciência do acto.

   O cérebro vai então memorizar a
    resposta dada.

   No acto voluntário o único centro
    nervoso interveniente é o encéfalo, já
    no acto involuntário pode ser a espinal
    medula e o cérebro.
Acto reflexo
   Os actos reflexos podem dividir-se em:

              – que são aqueles que já nascem com a pessoa
        e que como tal são característicos de todos nós.

                         ou            – obtêm-se pela
        aprendizagem, sendo que neste processo o encéfalo
        intervém memorizando as respostas de forma a mais
        tarde repeti-las.
Sistema nervoso autónomo
   Temos apenas consciência de uma pequena parte
    da actividade do nosso sistema nervoso.

   Uma grande parte da actividade coordenada pelo
    nosso sistema nervoso não é percepcionado por
    nós.
     Regulação   das condições internas do corpo

   A parte do sistema nervoso que controla essa parte
    é denominada de                               .
Sistema Nervoso
        Autónomo

   Subdivide-se em:

       Parassimpático


       Simpático

   Diferem nos locais de
    origem dos nervos e nas
    funções, que são opostas
    e complementares.
Sistema Nervoso Autónomo
   É controlado ao nível do hipotálamo, que por sua
    vez está relacionado com o córtex cerebral.

   Assim o estado emocional de uma pessoa pode
    influenciar o funcionamento dos órgãos controlado
    pelo sistema SNA.

   O hipotálamo por sua vez controla também a
    hipófise, pelo que controla assim o sistema
    endócrino.
Sistema endócrino

   É constituído pelas glândulas endócrinas que
    produzem e lançam hormonas na corrente sanguínea.

       Hipófise
       Tiróide
       Pâncreas
       Supra-Renais
       Testículos e ovários


   As hormonas são mensageiros químicos que circulam
    pela corrente sanguínea e como tal, por todo o
    corpo.
       Ao contrário do impulso nervoso que é localizado, a
        hormona pode levar uma mensagem a todo o corpo.

       Exemplo:
Hipófise
   É considerada a glândula
    mestra, pois além de
    produzir um conjunto muito
    diversificado de hormonas
    que actuam a diversos
    níveis, controla também a
    actividade      de   outras
    glândulas.

   A                é uma
    hormona produzida na
    hipófise    que   controla
    várias          glândulas
    endócrinas.
Relação Sistema Nervoso – Sistema
    Endócrino
   Os Sistemas Nervoso e
    Hormonal actuam em
    estreita coordenação.

   A     interpretação    de
    sensações, actuam sobre o
    sistema nervoso autónomo
    que por sua vez actua
    sobre as glândulas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Andrea Lemos
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porco
Maria Freitas
 
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
Rita Varejão
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Solange Ferreira de Paula
 
Neuronio
NeuronioNeuronio
Neuronio
Rita Pereira
 
Impulso nervoso
Impulso nervosoImpulso nervoso
Impulso nervoso
Rita Pereira
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
Hugo Martins
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Tânia Reis
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Jorge Barbosa
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
Catir
 
Tipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguíneaTipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguínea
Catir
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Catir
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
isabelourenco
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
MariaJoão Agualuza
 
11 sistema linfatico
11 sistema linfatico11 sistema linfatico
11 sistema linfatico
ruiricardobg
 
Sistema neuro hormonal (aulas)
Sistema neuro   hormonal (aulas)Sistema neuro   hormonal (aulas)
Sistema neuro hormonal (aulas)
isabelalexandrapinto
 
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
LusaCosta19
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
César Milani
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
maria clara veronico
 
Aula sm (sn)
Aula sm (sn)Aula sm (sn)
Aula sm (sn)
Carlos Andrade
 

Mais procurados (20)

Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porco
 
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
Relatório de dissecação do coração de um mamífero.
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Neuronio
NeuronioNeuronio
Neuronio
 
Impulso nervoso
Impulso nervosoImpulso nervoso
Impulso nervoso
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Tipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguíneaTipos de circulação sanguínea
Tipos de circulação sanguínea
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
 
11 sistema linfatico
11 sistema linfatico11 sistema linfatico
11 sistema linfatico
 
Sistema neuro hormonal (aulas)
Sistema neuro   hormonal (aulas)Sistema neuro   hormonal (aulas)
Sistema neuro hormonal (aulas)
 
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
Ciências Naturais 9º Ano - O que é uma alimentação saudável - Alimentos e nut...
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
 
Aula sm (sn)
Aula sm (sn)Aula sm (sn)
Aula sm (sn)
 

Destaque

Gasometria arterial
Gasometria arterialGasometria arterial
Gasometria arterial
resenfe2013
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
emanuel
 
3EM #07 Sistema Respiratório
3EM #07 Sistema Respiratório3EM #07 Sistema Respiratório
3EM #07 Sistema Respiratório
Professô Kyoshi
 
Gasometria Arterial
Gasometria ArterialGasometria Arterial
Gasometria Arterial
resenfe2013
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
Raul Tomé
 
Fisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
Fisiologia Humana 7 - Sistema RespiratórioFisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
Fisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
Herbert Santana
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
carlotabuchi
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Douglas Barreto
 
Sistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aulaSistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aula
Fabiano Reis
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Cláudia Moura
 
Sistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpointSistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpoint
isabelalexandrapinto
 

Destaque (11)

Gasometria arterial
Gasometria arterialGasometria arterial
Gasometria arterial
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
3EM #07 Sistema Respiratório
3EM #07 Sistema Respiratório3EM #07 Sistema Respiratório
3EM #07 Sistema Respiratório
 
Gasometria Arterial
Gasometria ArterialGasometria Arterial
Gasometria Arterial
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
 
Fisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
Fisiologia Humana 7 - Sistema RespiratórioFisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
Fisiologia Humana 7 - Sistema Respiratório
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aulaSistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aula
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpointSistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpoint
 

Semelhante a (7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal

5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal
Conceição Raposo
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Darsoni da Silva
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
Patrícia Santos
 
Sistema neurohormonal
Sistema neurohormonalSistema neurohormonal
Sistema neurohormonal
Patrícia Santos
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
Silvia Revez
 
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
Simone Maia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Gilvânia Jardim
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
Gustavo Sousa
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
Leonardo Alves
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
Cristina Vitória
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
cnaturais9
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
FabianoDoVale
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
gueste74a91
 
Sistemaneurohormonalaulas
SistemaneurohormonalaulasSistemaneurohormonalaulas
Sistemaneurohormonalaulas
Deolinda Silva
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
Paulocosta510
 
Sistema Neuro Hormonal 9ºAno
Sistema Neuro Hormonal 9ºAnoSistema Neuro Hormonal 9ºAno
Sistema Neuro Hormonal 9ºAno
tfintas
 
Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
marco :)
 
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANOSISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
Raquel Dias
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Pedro Kangombe
 
Snh
SnhSnh

Semelhante a (7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal (20)

5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
Sistema neurohormonal
Sistema neurohormonalSistema neurohormonal
Sistema neurohormonal
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
 
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistemaneurohormonalaulas
SistemaneurohormonalaulasSistemaneurohormonalaulas
Sistemaneurohormonalaulas
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
 
Sistema Neuro Hormonal 9ºAno
Sistema Neuro Hormonal 9ºAnoSistema Neuro Hormonal 9ºAno
Sistema Neuro Hormonal 9ºAno
 
Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
 
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANOSISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
SISTEMA NEURO-HORMANAL --> 9ºANO
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Snh
SnhSnh
Snh
 

Mais de Hugo Martins

Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Resumo   sismologia e estrutura interna da terraResumo   sismologia e estrutura interna da terra
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Hugo Martins
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
Hugo Martins
 
Resumo 10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochasResumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo 10º ano - ciclo das rochas
Hugo Martins
 
Resumo 11º ano - rochas sedimentares
Resumo   11º ano - rochas sedimentaresResumo   11º ano - rochas sedimentares
Resumo 11º ano - rochas sedimentares
Hugo Martins
 
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
Resumo   11º ano - rochas metamórficasResumo   11º ano - rochas metamórficas
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
Hugo Martins
 
Resumo 11º ano - rochas magmáticas
Resumo   11º ano - rochas magmáticasResumo   11º ano - rochas magmáticas
Resumo 11º ano - rochas magmáticas
Hugo Martins
 
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
Hugo Martins
 
Apoio para os testes intermédios
Apoio para os testes intermédiosApoio para os testes intermédios
Apoio para os testes intermédios
Hugo Martins
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
Hugo Martins
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
Hugo Martins
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
Hugo Martins
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
Hugo Martins
 
Matriz de teste 11º - fevereiro
Matriz de teste   11º - fevereiroMatriz de teste   11º - fevereiro
Matriz de teste 11º - fevereiro
Hugo Martins
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
Hugo Martins
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
Hugo Martins
 
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
Hugo Martins
 
(6) 2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
(6)   2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade(6)   2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
(6) 2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
Hugo Martins
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
Hugo Martins
 
(3) ciclos de vida
(3) ciclos de vida(3) ciclos de vida
(3) ciclos de vida
Hugo Martins
 
(2) Divisão celular
(2) Divisão celular(2) Divisão celular
(2) Divisão celular
Hugo Martins
 

Mais de Hugo Martins (20)

Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Resumo   sismologia e estrutura interna da terraResumo   sismologia e estrutura interna da terra
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
 
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
(1) reprodução humana e manipulação da ferilidade
 
Resumo 10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochasResumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo 10º ano - ciclo das rochas
 
Resumo 11º ano - rochas sedimentares
Resumo   11º ano - rochas sedimentaresResumo   11º ano - rochas sedimentares
Resumo 11º ano - rochas sedimentares
 
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
Resumo   11º ano - rochas metamórficasResumo   11º ano - rochas metamórficas
Resumo 11º ano - rochas metamórficas
 
Resumo 11º ano - rochas magmáticas
Resumo   11º ano - rochas magmáticasResumo   11º ano - rochas magmáticas
Resumo 11º ano - rochas magmáticas
 
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
 
Apoio para os testes intermédios
Apoio para os testes intermédiosApoio para os testes intermédios
Apoio para os testes intermédios
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
 
Diagramas fotossíntese
Diagramas   fotossínteseDiagramas   fotossíntese
Diagramas fotossíntese
 
Matriz de teste 11º - fevereiro
Matriz de teste   11º - fevereiroMatriz de teste   11º - fevereiro
Matriz de teste 11º - fevereiro
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
 
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade(5)   2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
(5) 2008-2009 - 9º ano - noções básicas de hereditariedade
 
(6) 2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
(6)   2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade(6)   2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
(6) 2008-2009 - 9º ano - genética & sociedade
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
 
(3) ciclos de vida
(3) ciclos de vida(3) ciclos de vida
(3) ciclos de vida
 
(2) Divisão celular
(2) Divisão celular(2) Divisão celular
(2) Divisão celular
 

(7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal

  • 1. SISTEMA NEURO-HORMONAL Organismo Humano em Equilíbrio Ciências Naturais 9º Ano
  • 2. Organismo humano  O organismo humano funcionamento como um todo, isto é, todos os constituintes desde as células até aos sistemas de órgãos trabalham em conjunto para a manutenção das condições necessárias à sua sobrevivência.
  • 3. Organismo humano  O corpo humano é coordenado por um sistema ,relativamente complexo, que permite a transmissão de informação entre diferentes sistemas de órgãos e seus constituintes para o bom funcionamento do organismo.  Esse sistema é o Sistema Neuro- Hormonal  Tem como função coordenar a actividade do corpo humano.
  • 4. Sistema Neuro-Hormonal  O nosso organismo tem duas vias de transmitir e receber mensagens.  Via nervosa  Via hormonal  Já vimos alguns exemplos da via hormonal quando falámos do Sistema Reprodutor.
  • 5. Sistema Nervoso  O sistema nervoso pode dividir- se em duas partes:  Sistema Nervoso Central (SNC)  Sistema Nervoso Periférico (SNP)
  • 6. Sistema Nervoso Central  Constituído por: Encéfalo  Encéfalo Espinal medula  Espinal medula  Estas duas estruturas dado que são centrais de processamento de informação, são designadas de Centros Nervosos.
  • 7. Encéfalo  O encéfalo divide-se no:  Cérebro Cérebro Cerebelo  – controla a Crânio coordenação dos movimentos;  Hipotálamo Tronco cerebral – no tronco cerebral encontra-se o Bulbo Cerebelo Raquidiano que controla os ritmos cardíaco e respiratório e a pressão sanguíneas. Bolbo Raquidiano Tronco Cerebral
  • 8. Encéfalo  O Encéfalo é revestido por uma membrana denominada de Meninge.  Por sua vez a meninge e o encéfalo é revestido e protegido pela caixa craniana.
  • 9. Cérebro  A parte superior do encéfalo, e também a de maior dimensão, denomina-se de Cérebro.  Divide-se em dois hemisférios cerebrais, ligados entre por um espesso feixe de fibras nervosas denominada de Corpo Caloso.  A zona superficial do cérebro denomina-se de Córtex Cerebral e apresenta inúmeras circunvalações.
  • 12. Espinal medula  O tronco cerebral faz a ligação entre o cérebro e a espinal medula.  A espinal medula encontra-se envolta e protegida pela coluna vertebral.
  • 13. Sistema Nervoso Periférico  É constituído por nervos e gânglios.  Os nervos são estruturas formadas pela agregação de fibras nervosas. Partem dos centros nervosos, ramificando-se em todas as direcções e partes do corpo.
  • 14. Nervos Cranianos  Partem do encéfalo e dirigem-se para as diferentes zonas da cabeça.
  • 15. Nervos raquidianos  Têm origem na espinal medula e ramificam-se pelo organismo.
  • 16. Gânglios  Os gânglios são pequenos agregados de corpos celulares de células nervosas, situados fora do SNC.
  • 17. Neurónio  Os neurónios são constituídos por:  Corpo celular;  Dendrites;  Axónio;  Arborização terminal;  Bainha de mielina.
  • 18. Neurónio  As células base do sistema nervoso são os neurónios.
  • 19. Neurónio  Os neurónios têm como principal função receber, transmitir e responder às mensagens que lhes chegam.  A estas mensagens dá- se o nome de impulsos ou influxos nervosos.
  • 20. Neurónios  A ligação entre dois neurónios denomina-se sinapse.  A sinapse ocorre entre as terminações arbóreas de um neurónio e as dendrites do neurónio seguinte.  As dendrites e a terminação arbórea não se ligam directamente, existe um espaço entre elas que se denomina de fenda sináptica.
  • 21. Impulso nervoso  Ao nível da fenda sináptica o impulso nervoso transmitem-se através da passagem de neurónio para neurónio de uma substância química.  Essa substância química denomina-se de .  Existem cerca de 30 neurotransmissores conhecidos.
  • 22. Neurónio  Cada neurónio, devido às suas muitas ramificações do corpo celular (dendrites) e do axónio (terminação arbórea), consegue estabelecer ligação com muitos outros neurónios.  Dependendo das suas funções os neurónios classificam-se em:  Neurónios sensitivos (receptores) – conduzem impulsos dos órgãos receptores até ao SNC.  Neurónios de associação – encontram-se no SNC e estabelecem a ligação entre neurónios receptores e efectores, além que processam e coordenam a informação.  Neurónios motores (efectores) – conduzem os impulsos nervosos do SNC para o órgãos efectores como por exemplo músculos e glândulas hormonais.
  • 23. Nervos  Ao conjunto do axónio, de cada neurónio, envolto na bainha de mielina, dá-se o nome de .  As fibras nervosas por sua vez aglomeram-se em grande quantidade , formando , que ao serem envoltos em tecido denominam-se de .
  • 24. Estímulos  Os estímulos são factores que obrigam o organismo a reagir, tais como:  Luz;  Som;  Sabor;  Medo;  Sede;  Fome…  Estes estímulos são detectados por receptores específicos.  Os que detectam os estímulos externos reúnem-se nos órgãos dos sentidos.  Os receptores de estímulos internos, captam estímulos internos, que nos informam de estado do nosso organismo.
  • 25. Estímulo-Resposta  Para que um estímulo desencadeie uma respostas são necessários vários intervenientes…. Receptores Fibras Centros Fibras Órgãos sensoriais nervosas nervosos nervosas efectores sensoriais motoras
  • 26. Actos voluntários e involuntários  A nossa actividade do dia-a-dia envolve diferentes actos que se podem dividir em:  – são actos conscientes e dependem da nossa vontade, nestes casos o impulso nervoso é gerado no cérebro e conduzido pelos nervos efectores que enervam os órgãos implicados no acto.  ou – são actos que não dependem da nossa vontade, são determinados pela espinal medula e funcionam como um mecanismo automático de resposta a estímulos exteriores, muitas vezes são um mecanismo de defesa.  é o trajecto percorrido pelo impulso nervoso, num acto reflexo.
  • 27. Acto reflexo  Quando o centro nervoso responsável pelo acto reflexo é a espinal medula, o impulso é também enviado ao cérebro.  Pelo que temos consciência do acto.  O cérebro vai então memorizar a resposta dada.  No acto voluntário o único centro nervoso interveniente é o encéfalo, já no acto involuntário pode ser a espinal medula e o cérebro.
  • 28. Acto reflexo  Os actos reflexos podem dividir-se em:  – que são aqueles que já nascem com a pessoa e que como tal são característicos de todos nós.  ou – obtêm-se pela aprendizagem, sendo que neste processo o encéfalo intervém memorizando as respostas de forma a mais tarde repeti-las.
  • 29. Sistema nervoso autónomo  Temos apenas consciência de uma pequena parte da actividade do nosso sistema nervoso.  Uma grande parte da actividade coordenada pelo nosso sistema nervoso não é percepcionado por nós.  Regulação das condições internas do corpo  A parte do sistema nervoso que controla essa parte é denominada de .
  • 30. Sistema Nervoso Autónomo  Subdivide-se em:  Parassimpático  Simpático  Diferem nos locais de origem dos nervos e nas funções, que são opostas e complementares.
  • 31. Sistema Nervoso Autónomo  É controlado ao nível do hipotálamo, que por sua vez está relacionado com o córtex cerebral.  Assim o estado emocional de uma pessoa pode influenciar o funcionamento dos órgãos controlado pelo sistema SNA.  O hipotálamo por sua vez controla também a hipófise, pelo que controla assim o sistema endócrino.
  • 32. Sistema endócrino  É constituído pelas glândulas endócrinas que produzem e lançam hormonas na corrente sanguínea.  Hipófise  Tiróide  Pâncreas  Supra-Renais  Testículos e ovários  As hormonas são mensageiros químicos que circulam pela corrente sanguínea e como tal, por todo o corpo.  Ao contrário do impulso nervoso que é localizado, a hormona pode levar uma mensagem a todo o corpo.  Exemplo:
  • 33. Hipófise  É considerada a glândula mestra, pois além de produzir um conjunto muito diversificado de hormonas que actuam a diversos níveis, controla também a actividade de outras glândulas.  A é uma hormona produzida na hipófise que controla várias glândulas endócrinas.
  • 34. Relação Sistema Nervoso – Sistema Endócrino  Os Sistemas Nervoso e Hormonal actuam em estreita coordenação.  A interpretação de sensações, actuam sobre o sistema nervoso autónomo que por sua vez actua sobre as glândulas.