SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA
NERVOSO
Função do sistema nervoso:
   O sistema nervoso é responsável pelo
    ajustamento do organismo ao ambiente. Sua
    função é perceber e identificar as condições
    ambientais externas, bem como as condições
    reinantes dentro do próprio corpo e elaborar
    respostas que adaptem a essas condições.
   A unidade básica do sistema nervoso é a célula
    nervosa, denominada neurônio, que é uma
    célula extremamente estimulável; é capaz de
    perceber as mínimas variações que ocorrem em
    torno de si, reagindo com uma alteração elétrica
    que percorre sua membrana. Essa alteração
    elétrica é o impulso nervoso.
Neurônios:
   Um neurônio típico apresenta três partes distintas:
    corpo celular, dendritos e axônio.
   No corpo celular, a parte mais volumosa da célula
    nervosa, se localiza no núcleo e a maioria das
    estruturas citoplasmáticas.
   O axônio é um prolongamento fino, geralmente mais
    longo que os dendritos, cuja função é transmitir para
    outras células os impulsos nervosos provenientes do
    corpo celular.
   Os dendritos (do grego dendron, árvore; ou dentrito)
    são prolongamentos finos e geralmente ramificados
    que conduzem os estímulos captados do ambiente ou
    de outras células em direção ao corpo celular.
   Existem 3 tipos de neurônios, que são os Sensoriais,
    Associativos e Motores.
   O Cérebro Não é composto apenas por Neurônios.
Neurôni
Tipos de neurônios:
   Sensoriais: trazem a informação dos órgãos até
    a medula espinhal ou o encéfalo.


   Associativos: recebem a mensagem dos
    neurônios sensoriais e a transfere para os
    neurônios seguintes (que pode ser um neurônio
    motor)


   Motores: levam a resposta que será executada
    pelos músculos ou glândulas.
Organização do sistema
nervoso:
   Sistema nervoso central (SNC): encéfalo
    (cérebro, cerebelo e bulbo) e medula espinhal.

   Sistema nervoso periférico (SNP): nervos
    cranianos e nervos espinhais (nervos
    raquidianos).

   Sistema nervoso autônomo (SNA):
    simpático e parassimpático.
Sistema nervoso central (SNC):
   Função geral : Processamento e integração de
    informações
   O encéfalo se aloja no interior do crânio, e a medula
    espinal no interior de um canal existente na coluna
    vertebral. O encéfalo e a medula são formados por
    células da glia, por corpos celulares de neurônios e
    por feixes de dendritos e axônios.
   A camada mais externa do encéfalo tem cor cinzenta
    e é formada principalmente por corpos celulares de
    neurônios. Já a região encefálica mais interna tem cor
    branca e é constituída principalmente por fibras
    nervosas (dendritos e axônios). A cor branca se deve
    a bainha de mielina que reveste as fibras.
   Na medula espinal, a disposição das substâncias
    cinzenta e branca se inverte em relação ao encéfalo;
    a camada cinzenta é interna e a branca, externa.
Sistema nervoso
MEDULA ESPINAL
Meninges
   Tanto o encéfalo como a medula espinal são
    protegidos por três camadas de tecido
    conjuntivo (as meninges). A meninge externa,
    mais espessa, é a dura-máter; a meninge
    mediana é a aracnóide; e a mais interna é a
    pia-máter, firmemente aderido ao encéfalo e a
    medula. A pia-máter contém vasos sanguíneos
    responsáveis pela nutrição e oxigenação das
    células do sistema nervoso central
MENINGES ESPINHAIS
MENINGES
CEREBRAIS
Sistema nervoso periférico
   (SNP):
     Principal função: Condução de informações entre
      órgãos receptores de estímulos, o SNC e órgãos
      efetuadores (músculos, glândulas...)
    Partes: Nervos e Gânglios*.

    é a parte do sistema nervoso que se encontra
      fora do sistema nervoso central.
    Diferentemente do sistema nervoso central, o
      sistema nervoso periférico não se encontra
      protegido pela barreira hematoencefálica.
    É graças a este sistema que o cérebro e a
      medula espinhal recebem e enviam as
      informações permitindo-nos reagir às diferentes
      situações que têm origem no meio externo ou
      interno.
*Gânglios nervosos são fibras nervosas que possuem nervos. Localizam-se nos
órgãos, pré-ganglionário(recebe estímulo),enquanto o pós-ganglionário (envia).
Sistema nervoso Autônomo
     (SNA):
        Sistema nervoso autônomo é a parte do Sistema
         nervoso que está relacionada ao controle da vida
         vegetativa, ou seja, controla funções como a
         respiração, circulação do sangue, controle de
         temperatura e digestão. No entanto, ele não se
         restringe a isso. É também o principal responsável
         pelo controle automático do corpo frente às
         modificações do ambiente.
      Apesar de se chamar sistema nervoso autônomo, ele

         não é independente do restante do sistema nervoso. Na
         verdade, ele é interligado com o hipotálamo, que
*Homeostase (ou Homeostasia) é a comportamental paraaberto, seres vivos
         coordena a resposta propriedade de um sistema garantir a
especialmente, de regular o seu ambiente interno de modo a manter uma condição
         homeostasia*.
estável, mediante múltiplos ajustes de equilíbrio dinâmico controlados por mecanismos
de regulação inter-relacionados.
SNP Autônomo Simpático e SNP
    Autônomo Parassimpático

   O SN autônomo (SNA) é dividido em dois ramos:
    simpático e parassimpático, que se distinguem
    tanto pela estrutura quanto pela função.
   Enquanto os gânglios da via simpática localizam-se
    ao lado da medula espinal, distantes do órgão
    efetuador, os gânglios das vias parassimpáticas estão
    longe do sistema nervoso central e próximos ou
    mesmo dentro do órgão efetuador.
   O SNA simpático, de modo geral, estimula ações que
    mobilizam energia, permitindo ao organismo
    responder a situações de estresse.
   Já o SNA parassimpático estimula principalmente
    atividades relaxantes, como a redução do ritmo
    cardíaco e da pressão sanguínea, entre outras.
Sistema nervoso
Mediadores químicos no SNA
Simpático e Parassimpático
   Tanto nos gânglios do SNA simpático como
    nos do parassimpático ocorrem sinapses
    químicas entre os neurônios pré-ganglionares
    e os pós-ganglionares. Nos dois casos, a
    substância neurotransmissora da sinapse é a
    acetilcolina. No SNA parassimpático, o
    neurotransmissor é a acetilcolina, como nas
    sinapses ganglionares. Já no simpático, o
    neurotransmissor é, com poucas exceções, a
    noradrenalina.
Reflexos:
   Reflexo é uma reação corporal automática à
    estimulação (portanto, involuntária), como por
    exemplo o reflexo patelar. Comportamentos
    reflexos ou respondentes são interações
    estímulo resposta (ambiente-sujeito)
    incondicionadas. Muitos reflexos permanecem
    entre os adultos mas o recém-nascido tem
    alguns reflexos chamados de Reflexos
    primitivos que desaparecem na medida em
    que o córtex vai se desenvolvendo totalmente.
Arco reflexo:
   O arco reflexo é a reação involuntária rápida, consciente
    ou não, que visa uma proteção ou adaptação do
    organismo sendo originado de um estímulo externo antes
    mesmo do cérebro tomar conhecimento do estímulo
    periférico, conseqüentemente, antes deste comandar uma
    resposta. Os atos reflexos são comandados pela
    substância cinzenta da medula espinhal e do bulbo.
   Ocorrendo um estímulo, a fibra sensitiva de um nervo
    raquidiano (nervo aferente ou sensitivo) transmite-o até a
    medula espinhal passando pela raiz posterior. Na medula
    ou no encéfalo, neurônios associativos (centro nervoso ou
    coordenador) transformam o estímulo em uma ordem de
    ação. Essa ordem sairá da medula pela raiz anterior e
    será enviada através das fibra motora (ou eferente) ao
    órgão (glândula ou músculo) que realizará uma resposta
    ao estímulo inicial. Esse movimento forma um arco, que é
    chamado de arco reflexo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula Anatomia
Aula AnatomiaAula Anatomia
Aula Anatomia
Elyane Oliveira
 
Sistema nervoso autônomo
Sistema nervoso autônomoSistema nervoso autônomo
Sistema nervoso autônomo
Erivelton Marinheiro
 
Sistema nervoso periferico
Sistema nervoso perifericoSistema nervoso periferico
Sistema nervoso periferico
Amanda Mazzei
 
Aula sistema-nervoso
Aula sistema-nervosoAula sistema-nervoso
Aula sistema-nervoso
propazleite
 
Sistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonalSistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonal
Rodrigo Garcia
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Isabel Lopes
 
Sistema nervoso autnomo aula
Sistema nervoso autnomo aulaSistema nervoso autnomo aula
Sistema nervoso autnomo aula
bymau90
 
Introdução ao sistema nervoso
Introdução ao sistema nervosoIntrodução ao sistema nervoso
Introdução ao sistema nervoso
Paulo Costa Amaral
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
MatheusMesquitaMelo
 
Sistema nervoso 130805
Sistema nervoso   130805Sistema nervoso   130805
Sistema nervoso 130805
Evandro Sanguinetto
 
Sistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceralSistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceral
Carlos Frederico Almeida Rodrigues
 
Sistema nervoso autônomo reduzido
Sistema nervoso autônomo reduzidoSistema nervoso autônomo reduzido
Sistema nervoso autônomo reduzido
neuroliga-nortemineira
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Gian Gabriel Guglielmelli
 
5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal
Conceição Raposo
 
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSOAula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Leonardo Delgado
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
emanuel
 
Resumo Sistema Nervoso
Resumo Sistema NervosoResumo Sistema Nervoso
Resumo Sistema Nervoso
BriefCase
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
GabriellaFicher
 
apostila-anatomia-sistema-nervoso
apostila-anatomia-sistema-nervosoapostila-anatomia-sistema-nervoso
apostila-anatomia-sistema-nervoso
Ana Clara
 
Aula Sistema Nervoso 8º Ano
Aula Sistema Nervoso 8º AnoAula Sistema Nervoso 8º Ano
Aula Sistema Nervoso 8º Ano
Eliando Oliveira
 

Mais procurados (20)

Aula Anatomia
Aula AnatomiaAula Anatomia
Aula Anatomia
 
Sistema nervoso autônomo
Sistema nervoso autônomoSistema nervoso autônomo
Sistema nervoso autônomo
 
Sistema nervoso periferico
Sistema nervoso perifericoSistema nervoso periferico
Sistema nervoso periferico
 
Aula sistema-nervoso
Aula sistema-nervosoAula sistema-nervoso
Aula sistema-nervoso
 
Sistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonalSistema neuro-hormonal
Sistema neuro-hormonal
 
Sistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - NervosoSistema neuro hormonal - Nervoso
Sistema neuro hormonal - Nervoso
 
Sistema nervoso autnomo aula
Sistema nervoso autnomo aulaSistema nervoso autnomo aula
Sistema nervoso autnomo aula
 
Introdução ao sistema nervoso
Introdução ao sistema nervosoIntrodução ao sistema nervoso
Introdução ao sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso 130805
Sistema nervoso   130805Sistema nervoso   130805
Sistema nervoso 130805
 
Sistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceralSistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceral
 
Sistema nervoso autônomo reduzido
Sistema nervoso autônomo reduzidoSistema nervoso autônomo reduzido
Sistema nervoso autônomo reduzido
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal5 sistema neuro-hormonal
5 sistema neuro-hormonal
 
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSOAula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Resumo Sistema Nervoso
Resumo Sistema NervosoResumo Sistema Nervoso
Resumo Sistema Nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
apostila-anatomia-sistema-nervoso
apostila-anatomia-sistema-nervosoapostila-anatomia-sistema-nervoso
apostila-anatomia-sistema-nervoso
 
Aula Sistema Nervoso 8º Ano
Aula Sistema Nervoso 8º AnoAula Sistema Nervoso 8º Ano
Aula Sistema Nervoso 8º Ano
 

Semelhante a Sistema nervoso

Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
gueste74a91
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
FabianoDoVale
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Luis Silio
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Luis Silio
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Rodrigo Sama
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Gilvânia Jardim
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
leonorsm
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
itamirvieira1
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
Leonardo Alves
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
Paulocosta510
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Claudio Lucio
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
Patrícia Santos
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
AleSclearuc
 
Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
marco :)
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Egberto Neto
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Ana Tapadinhas
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
biancavaleria
 
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
Juliana Gomes
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
Silvia Revez
 
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
Simone Maia
 

Semelhante a Sistema nervoso (20)

Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
 
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1  ano texto.pdfSistema nervoso biologia 1  ano texto.pdf
Sistema nervoso biologia 1 ano texto.pdf
 
Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonalSistema Neuro-hormonal
Sistema Neuro-hormonal
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sist Neurohormonal
Sist NeurohormonalSist Neurohormonal
Sist Neurohormonal
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
 
Sistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 anoSistema neuro hormonal - 9 ano
Sistema neuro hormonal - 9 ano
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
O Sistema Nervoso - Texto Complementar.
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
 
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdfSISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
SISTEMA NERVOSO_6ANO_23.pdf
 

Sistema nervoso

  • 2. Função do sistema nervoso:  O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo e elaborar respostas que adaptem a essas condições.  A unidade básica do sistema nervoso é a célula nervosa, denominada neurônio, que é uma célula extremamente estimulável; é capaz de perceber as mínimas variações que ocorrem em torno de si, reagindo com uma alteração elétrica que percorre sua membrana. Essa alteração elétrica é o impulso nervoso.
  • 3. Neurônios:  Um neurônio típico apresenta três partes distintas: corpo celular, dendritos e axônio.  No corpo celular, a parte mais volumosa da célula nervosa, se localiza no núcleo e a maioria das estruturas citoplasmáticas.  O axônio é um prolongamento fino, geralmente mais longo que os dendritos, cuja função é transmitir para outras células os impulsos nervosos provenientes do corpo celular.  Os dendritos (do grego dendron, árvore; ou dentrito) são prolongamentos finos e geralmente ramificados que conduzem os estímulos captados do ambiente ou de outras células em direção ao corpo celular.  Existem 3 tipos de neurônios, que são os Sensoriais, Associativos e Motores.  O Cérebro Não é composto apenas por Neurônios.
  • 5. Tipos de neurônios:  Sensoriais: trazem a informação dos órgãos até a medula espinhal ou o encéfalo.  Associativos: recebem a mensagem dos neurônios sensoriais e a transfere para os neurônios seguintes (que pode ser um neurônio motor)  Motores: levam a resposta que será executada pelos músculos ou glândulas.
  • 6. Organização do sistema nervoso:  Sistema nervoso central (SNC): encéfalo (cérebro, cerebelo e bulbo) e medula espinhal.  Sistema nervoso periférico (SNP): nervos cranianos e nervos espinhais (nervos raquidianos).  Sistema nervoso autônomo (SNA): simpático e parassimpático.
  • 7. Sistema nervoso central (SNC):  Função geral : Processamento e integração de informações  O encéfalo se aloja no interior do crânio, e a medula espinal no interior de um canal existente na coluna vertebral. O encéfalo e a medula são formados por células da glia, por corpos celulares de neurônios e por feixes de dendritos e axônios.  A camada mais externa do encéfalo tem cor cinzenta e é formada principalmente por corpos celulares de neurônios. Já a região encefálica mais interna tem cor branca e é constituída principalmente por fibras nervosas (dendritos e axônios). A cor branca se deve a bainha de mielina que reveste as fibras.  Na medula espinal, a disposição das substâncias cinzenta e branca se inverte em relação ao encéfalo; a camada cinzenta é interna e a branca, externa.
  • 10. Meninges  Tanto o encéfalo como a medula espinal são protegidos por três camadas de tecido conjuntivo (as meninges). A meninge externa, mais espessa, é a dura-máter; a meninge mediana é a aracnóide; e a mais interna é a pia-máter, firmemente aderido ao encéfalo e a medula. A pia-máter contém vasos sanguíneos responsáveis pela nutrição e oxigenação das células do sistema nervoso central
  • 13. Sistema nervoso periférico (SNP):  Principal função: Condução de informações entre órgãos receptores de estímulos, o SNC e órgãos efetuadores (músculos, glândulas...)  Partes: Nervos e Gânglios*.  é a parte do sistema nervoso que se encontra fora do sistema nervoso central.  Diferentemente do sistema nervoso central, o sistema nervoso periférico não se encontra protegido pela barreira hematoencefálica.  É graças a este sistema que o cérebro e a medula espinhal recebem e enviam as informações permitindo-nos reagir às diferentes situações que têm origem no meio externo ou interno. *Gânglios nervosos são fibras nervosas que possuem nervos. Localizam-se nos órgãos, pré-ganglionário(recebe estímulo),enquanto o pós-ganglionário (envia).
  • 14. Sistema nervoso Autônomo (SNA):  Sistema nervoso autônomo é a parte do Sistema nervoso que está relacionada ao controle da vida vegetativa, ou seja, controla funções como a respiração, circulação do sangue, controle de temperatura e digestão. No entanto, ele não se restringe a isso. É também o principal responsável pelo controle automático do corpo frente às modificações do ambiente.  Apesar de se chamar sistema nervoso autônomo, ele não é independente do restante do sistema nervoso. Na verdade, ele é interligado com o hipotálamo, que *Homeostase (ou Homeostasia) é a comportamental paraaberto, seres vivos coordena a resposta propriedade de um sistema garantir a especialmente, de regular o seu ambiente interno de modo a manter uma condição homeostasia*. estável, mediante múltiplos ajustes de equilíbrio dinâmico controlados por mecanismos de regulação inter-relacionados.
  • 15. SNP Autônomo Simpático e SNP Autônomo Parassimpático  O SN autônomo (SNA) é dividido em dois ramos: simpático e parassimpático, que se distinguem tanto pela estrutura quanto pela função.  Enquanto os gânglios da via simpática localizam-se ao lado da medula espinal, distantes do órgão efetuador, os gânglios das vias parassimpáticas estão longe do sistema nervoso central e próximos ou mesmo dentro do órgão efetuador.  O SNA simpático, de modo geral, estimula ações que mobilizam energia, permitindo ao organismo responder a situações de estresse.  Já o SNA parassimpático estimula principalmente atividades relaxantes, como a redução do ritmo cardíaco e da pressão sanguínea, entre outras.
  • 17. Mediadores químicos no SNA Simpático e Parassimpático  Tanto nos gânglios do SNA simpático como nos do parassimpático ocorrem sinapses químicas entre os neurônios pré-ganglionares e os pós-ganglionares. Nos dois casos, a substância neurotransmissora da sinapse é a acetilcolina. No SNA parassimpático, o neurotransmissor é a acetilcolina, como nas sinapses ganglionares. Já no simpático, o neurotransmissor é, com poucas exceções, a noradrenalina.
  • 18. Reflexos:  Reflexo é uma reação corporal automática à estimulação (portanto, involuntária), como por exemplo o reflexo patelar. Comportamentos reflexos ou respondentes são interações estímulo resposta (ambiente-sujeito) incondicionadas. Muitos reflexos permanecem entre os adultos mas o recém-nascido tem alguns reflexos chamados de Reflexos primitivos que desaparecem na medida em que o córtex vai se desenvolvendo totalmente.
  • 19. Arco reflexo:  O arco reflexo é a reação involuntária rápida, consciente ou não, que visa uma proteção ou adaptação do organismo sendo originado de um estímulo externo antes mesmo do cérebro tomar conhecimento do estímulo periférico, conseqüentemente, antes deste comandar uma resposta. Os atos reflexos são comandados pela substância cinzenta da medula espinhal e do bulbo.  Ocorrendo um estímulo, a fibra sensitiva de um nervo raquidiano (nervo aferente ou sensitivo) transmite-o até a medula espinhal passando pela raiz posterior. Na medula ou no encéfalo, neurônios associativos (centro nervoso ou coordenador) transformam o estímulo em uma ordem de ação. Essa ordem sairá da medula pela raiz anterior e será enviada através das fibra motora (ou eferente) ao órgão (glândula ou músculo) que realizará uma resposta ao estímulo inicial. Esse movimento forma um arco, que é chamado de arco reflexo.