SlideShare uma empresa Scribd logo
10 Passos para uma
reunião mais produtiva
Indice
1. Marque com antecedência
2. Estabeleça o início mas também o fim
3. Faça uma lista prévia
4. Faça a lista completa
5. Defina as participações
6. Sugira que desliguem o telemóvel
7. Evite entrar em detalhes práticos
8. Estimule a participação equilibrada
9. Deixe assuntos extras para outra reunião
10. Faça uma ata
Introdução
Reuniões são momentos preciosos e importantes para o
andamento de um projeto. No entanto, são também ralos
por onde escoam a produtividade da equipe e a sua.
Sempre existe a pessoa que foge do assunto em lista, ou
aquela que monopoliza a discussão e não dá oportunidade
aos outros darem sua opinião.
O tempo das pessoas envolvidas em reuniões custa muito caro, especialmente
quando envolve a gestão. É preciso colocar esse custo na ponta do lápis para
comprovar a necessidade de reuniões mais objetivos. Entendemos que reuniões são
um “mal necessário”. Para melhor aproveitamento delas, vamos listar 10 passos
para tornar esses encontros mais produtivos.
Antes de tudo, analise se a reunião é realmente
necessária. Em alguns casos, um simples e-mail ou
contato por telefone pode resolver. Em tempos de
facilidade de uso das comunicações gratuitas à
distância (Google Hangout, Skype, etc), vale mais a
pena evitar gastos com deslocamentos.

Se o encontro presencial e exclusivo de um grupo de pessoas for
imprescindível, sugerimos um planeamento prévio e uma
coordenação atenta, para que os assuntos sejam discutidos em
ordem de prioridade, e não dê polêmica.
1. Marque com antecedência
Não adianta marcar uma reunião para daqui a meia hora.
Os envolvidos não terão tempo de se preparar e o
encontro, provavelmente, será improdutivo.

Dê tempo para que os participantes tomem
conhecimento da lista para que possam contribuir
presencialmente.
2. Estabeleça o Inicio mas também o Fim
Geralmente,
as
reuniões têm horário
para começar, mas
não para acabar. A
reunião estende e
quando
se
dá
conta, desperdiçamo
s horas preciosas da
sua equipa. Deixe
claro
no
agendamento
da
reunião qual

o horário previsto
para encerrar a
reunião. A lista
deve ser pensada
para se encaixar
entre uma atividade
e outra.
Com prazo para
terminar,
as
pessoas têm que
ser mais objetivas.
3. Faça uma lista prévia
Identificada a necessidade da reunião, faça uma lista
simples dos assuntos que serão discutidos em grupo
e defina um objetivo para o encontro. Pode comunicar
uma alteração, fazer brainstorming ou tomar uma
decisão. Não precisa entrar em muitos detalhes nesse
momento.
Uma lista prévia serve para que os convidados a
participar saibam do que se trata, analisem a
importância de estarem presentes, verifiquem em
suas agendas a possibilidade de comparecerem e se
preparem para a conversa.
4. Faça uma lista completa
Com todos os confirmados , agora é possível fazer uma lista
mais detalhada. Acrescente as sugestões de assuntos que os
convidados tenham enviado, se for o caso. Faça a lista dos
participantes, dê o horário de início e fim e informe o local.

Caso seja um lugar novo, esclareça como chegar
ou dê referências e dicas de onde estacionar, por
exemplo. Recomende que as pessoas cheguem
minutos antes para evitar atrasos. Importante:
comece sempre a reunião no horário agendado.
Isso educa os atrasados a não repetir o
comportamento
5. Defina as participações
Em determinadas reuniões, nem todos os convidados precisam estar presentes
durante todo o período da reunião. Às vezes, só interessa um ponto ou outro.
Com a lista bem desenhada, pode convidar e dispensar pessoas de momentos
em que não são necessárias. Quanto mais gente envolvida, maior é a
complexidade da discussão.
Evite perdas de tempo com debates
infrutíferos. Defina a participação de quem
está diretamente envolvido no assunto. Há
casos em que a leitura da ata já basta para o
entendimento do que foi decidido. Importante:
não exclua os técnicos para que os gestores
não tomem decisões fora da realidade prática
do negócio.
6. Sugira que desliguem o telemóvel
As reuniões têm tanta fama de ser improdutivas que é bastante comum as
pessoas levarem seus telemóveis para tratar de outros assuntos alheios á
reunião. Isso é uma perda de tempo absurda, além de ser deselegante com os
outros. Se o grupo decidiu reunir-se, é de bom tom que todos estejam
concentrados naquela atividade.
Claro que não dá para contar apenas com o bom
senso. Então deixe claras as regras logo de início:
pode atender o celular ou não, é preferível deixar o
aparelho desligado, ou somente o envio de
mensagens é permitido. Esclareça que é para o bem
de todos.
7. Evite entrar em detalhes práticos
Logo após a tomada de uma decisão, é bastante
tentador para os técnicos discutir como será feita
a implementação.
Não fuja da lista! Se o objetivo da reunião era
discutir
“o
que
fazer”
e
não
“como
fazer”, esclareça os participantes e agende uma
próxima reunião para detalhar o assunto. Mas não
deixe que a empolgação
tome conta, ou vocês não verão o fim do encontro
tão cedo.
8. Estimular uma participação equilibrada
Por questão de características pessoais, uns
gostam de falar mais e outros não se sentem tão à
vontade para dar sua opinião. Fique atento ao
andamento do debate.
Evite que pessoas dominem a
discussão e estimule que os
mais calados contribuam com
seus pontos de vista.
Procure equilibrar a conversa
9. Deixe assuntos extras para outra reunião
A dinâmica do encontro possibilita que apareçam
outros assuntos que não estavam previstos
anteriormente na pauta.
Mesmo que sejam bastante pertinentes e envolvam
diretamente os participantes da reunião , não fuja da
pauta. Agende para um outro momento a discussão
sobre os assuntos que surgiram.
10. Faça uma ata
Não é preciosismo. Fazer atas de reuniões é de suma
importância para que o encontro presencial vire um
documento que possa balizar ações e ser comunicado
aos que não estavam presentes.
Pode ser um dos presentes ou um convidado específico para isso. Ele deve:
acompanhar a lista, anotar as decisões e comunicar aos presentes seus registos ao
final, se possível. Defina se a ata será validada pelos participantes, se será divulgada
ou não. Um modelo interessante de ata contém as seguintes partes: assunto; objetivo
ou motivo; informações de data, hora e local; participantes; itens
discutidos, conclusões e responsabilidades

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Como convocar para reuniões efetivas (1)
Como convocar para reuniões efetivas (1)Como convocar para reuniões efetivas (1)
Como convocar para reuniões efetivas (1)
Gianne Lucchesi
 
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresa
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresaComo fazer uma reunião ser produtiva na empresa
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresa
Mauro de Oliveira
 
Reuniões - série ferramentas gerenciais
Reuniões -  série ferramentas gerenciaisReuniões -  série ferramentas gerenciais
Reuniões - série ferramentas gerenciais
Abel Sidney Souza
 
Como conduzir reuniões
Como conduzir reuniõesComo conduzir reuniões
Como conduzir reuniões
Fdtensino
 
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
Rodrigo Novak
 
Reuniões eficientes & Brainstorming
Reuniões eficientes & BrainstormingReuniões eficientes & Brainstorming
Reuniões eficientes & Brainstorming
Daniel Wege
 
Tipos de reuniões
Tipos de reuniõesTipos de reuniões
Tipos de reuniões
Fdtensino
 
Administração do tempo
Administração do tempoAdministração do tempo
Administração do tempo
Aristoteles Cotrim
 
Produtividade: Administração do Tempo
Produtividade: Administração do TempoProdutividade: Administração do Tempo
Produtividade: Administração do Tempo
Mateada
 
Como Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
Como Administrar Seu Tempo - Marc ManciniComo Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
Como Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
Ricardo Sotnas
 
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
Marcio Abreu
 
Voce s.a. administre seu tempo
Voce s.a.   administre seu tempoVoce s.a.   administre seu tempo
Voce s.a. administre seu tempo
Bruno Barros
 
organização do trabalho
organização do trabalhoorganização do trabalho
organização do trabalho
Sylvie Boas
 
TCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
TCC Gestão do Tempo na Profissão do AdministradorTCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
TCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
Universidade de São Paulo (EEL USP)
 
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
ABCursos OnLine
 
Controle seu Tempo!
Controle seu Tempo!Controle seu Tempo!
Controle seu Tempo!
Murillo Boga
 
Como administrar seu tempo
Como administrar seu tempoComo administrar seu tempo
Como administrar seu tempo
EstudoFacil.com
 
Administra temp0 2011
Administra temp0 2011Administra temp0 2011
Administra temp0 2011
Patricia
 
Gestao tempo aprenda_gerenciar
Gestao tempo aprenda_gerenciarGestao tempo aprenda_gerenciar
Gestao tempo aprenda_gerenciar
wdnilmacms
 
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
ABCursos OnLine
 

Mais procurados (20)

Como convocar para reuniões efetivas (1)
Como convocar para reuniões efetivas (1)Como convocar para reuniões efetivas (1)
Como convocar para reuniões efetivas (1)
 
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresa
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresaComo fazer uma reunião ser produtiva na empresa
Como fazer uma reunião ser produtiva na empresa
 
Reuniões - série ferramentas gerenciais
Reuniões -  série ferramentas gerenciaisReuniões -  série ferramentas gerenciais
Reuniões - série ferramentas gerenciais
 
Como conduzir reuniões
Como conduzir reuniõesComo conduzir reuniões
Como conduzir reuniões
 
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
Dicas para condução de reuniões e técnicas para tornar a sua comunicação mais...
 
Reuniões eficientes & Brainstorming
Reuniões eficientes & BrainstormingReuniões eficientes & Brainstorming
Reuniões eficientes & Brainstorming
 
Tipos de reuniões
Tipos de reuniõesTipos de reuniões
Tipos de reuniões
 
Administração do tempo
Administração do tempoAdministração do tempo
Administração do tempo
 
Produtividade: Administração do Tempo
Produtividade: Administração do TempoProdutividade: Administração do Tempo
Produtividade: Administração do Tempo
 
Como Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
Como Administrar Seu Tempo - Marc ManciniComo Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
Como Administrar Seu Tempo - Marc Mancini
 
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
10 dicas para você trabalhar menos e produzir mais
 
Voce s.a. administre seu tempo
Voce s.a.   administre seu tempoVoce s.a.   administre seu tempo
Voce s.a. administre seu tempo
 
organização do trabalho
organização do trabalhoorganização do trabalho
organização do trabalho
 
TCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
TCC Gestão do Tempo na Profissão do AdministradorTCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
TCC Gestão do Tempo na Profissão do Administrador
 
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
Curso de Gestão do tempo -Parte 2/3
 
Controle seu Tempo!
Controle seu Tempo!Controle seu Tempo!
Controle seu Tempo!
 
Como administrar seu tempo
Como administrar seu tempoComo administrar seu tempo
Como administrar seu tempo
 
Administra temp0 2011
Administra temp0 2011Administra temp0 2011
Administra temp0 2011
 
Gestao tempo aprenda_gerenciar
Gestao tempo aprenda_gerenciarGestao tempo aprenda_gerenciar
Gestao tempo aprenda_gerenciar
 
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
Curso de Gestão do tempo - Parte 1/3
 

Destaque

Os 4 p do marketing
Os 4 p do marketingOs 4 p do marketing
Os 4 p do marketing
MarcondesAnderson
 
Caderno escola ativa 2
Caderno escola ativa 2Caderno escola ativa 2
Caderno escola ativa 2
josicleiaoliveira
 
Formatação da franquia metodologia aplicada - tonelli franquias
Formatação da franquia   metodologia aplicada - tonelli franquiasFormatação da franquia   metodologia aplicada - tonelli franquias
Formatação da franquia metodologia aplicada - tonelli franquias
tonelli2011
 
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digitalMarketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
Pedro Quintanilha
 
A questão de Referência - Denis Grogan
A questão de Referência - Denis GroganA questão de Referência - Denis Grogan
A questão de Referência - Denis Grogan
Patricia Neubert
 
Modelo de briefing
Modelo de briefingModelo de briefing
Modelo de briefing
Daniel Brandão
 
Coleta de dados
Coleta de dadosColeta de dados
Coleta de dados
gallojunior
 
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
Diego Ventura
 
Mix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4PsMix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4Ps
Nyedson Barbosa
 
Os 4 p do marketing
Os 4 p do marketingOs 4 p do marketing
Os 4 p do marketing
MarcondesAnderson
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
Neca Boullosa
 
Técnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dadosTécnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dados
Raquel Stela de Sá
 

Destaque (12)

Os 4 p do marketing
Os 4 p do marketingOs 4 p do marketing
Os 4 p do marketing
 
Caderno escola ativa 2
Caderno escola ativa 2Caderno escola ativa 2
Caderno escola ativa 2
 
Formatação da franquia metodologia aplicada - tonelli franquias
Formatação da franquia   metodologia aplicada - tonelli franquiasFormatação da franquia   metodologia aplicada - tonelli franquias
Formatação da franquia metodologia aplicada - tonelli franquias
 
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digitalMarketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
Marketing digital perguntas iniciais para planejamento de marketing digital
 
A questão de Referência - Denis Grogan
A questão de Referência - Denis GroganA questão de Referência - Denis Grogan
A questão de Referência - Denis Grogan
 
Modelo de briefing
Modelo de briefingModelo de briefing
Modelo de briefing
 
Coleta de dados
Coleta de dadosColeta de dados
Coleta de dados
 
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
TÉCNICAS DE COLETA DE DADOS.
 
Mix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4PsMix Marketing - 4Ps
Mix Marketing - 4Ps
 
Os 4 p do marketing
Os 4 p do marketingOs 4 p do marketing
Os 4 p do marketing
 
MODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André FélixMODELOS de Briefing - by André Félix
MODELOS de Briefing - by André Félix
 
Técnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dadosTécnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dados
 

Semelhante a 10 passosreuniões

A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
BIBrasil
 
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
Marcelo Krug
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
nivaldotavares9
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
nivaldotavares9
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
nivaldotavares9
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
nivaldotavares9
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsxReflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
AntonioCandidoRodrig2
 
Reuniões Lean e o problema com osM&Ms
Reuniões Lean e o problema com osM&MsReuniões Lean e o problema com osM&Ms
Reuniões Lean e o problema com osM&Ms
CLT Valuebased Services
 
Playbook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivasPlaybook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivas
Fernanda Lorenzetti Alves
 
Estou em reuniao (resumo)
Estou em reuniao (resumo)Estou em reuniao (resumo)
Estou em reuniao (resumo)
Pitty Bull
 
Como administrar seu tempo
Como administrar seu tempoComo administrar seu tempo
Como administrar seu tempo
EstudoFacil.com
 
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
Sinapse
 
JAD - Joint Application Design (or Development)
JAD - Joint Application Design (or Development)JAD - Joint Application Design (or Development)
JAD - Joint Application Design (or Development)
Fernando Santucci
 
Administração do tempo
Administração do tempoAdministração do tempo
Administração do tempo
marcelo rodrigues
 
Gestão Eficiente do Tempo
Gestão Eficiente do TempoGestão Eficiente do Tempo
Gestão Eficiente do Tempo
Milton Henrique do Couto Neto
 
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
Elaine Cristine da Silva
 
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
Marley Marques
 
5 Pontos Importantes Sobre Umareunião
5  Pontos  Importantes  Sobre  Umareunião5  Pontos  Importantes  Sobre  Umareunião
5 Pontos Importantes Sobre Umareunião
nivadalva
 
5 Pontos Importantes Sobre Uma ReuniãO
5 Pontos Importantes Sobre  Uma ReuniãO5 Pontos Importantes Sobre  Uma ReuniãO
5 Pontos Importantes Sobre Uma ReuniãO
nivadalva
 
5 Pontos Importantes Sobre UmareuniãO
5 Pontos Importantes Sobre  UmareuniãO5 Pontos Importantes Sobre  UmareuniãO
5 Pontos Importantes Sobre UmareuniãO
nivadalva
 

Semelhante a 10 passosreuniões (20)

A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
 
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...A21   paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
A21 paper - perfil business intelligence - o papel das reuniões e o verdade...
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto1 Lry211129.pptx.pdf
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas -.pdf
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdfReflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
Reflexões sobre Reuniões Produtivas - Mario Antônio Porto 090223.pdf
 
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsxReflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
Reflexões sobre Reuniões Produtivas.ppsx
 
Reuniões Lean e o problema com osM&Ms
Reuniões Lean e o problema com osM&MsReuniões Lean e o problema com osM&Ms
Reuniões Lean e o problema com osM&Ms
 
Playbook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivasPlaybook reuniões produtivas
Playbook reuniões produtivas
 
Estou em reuniao (resumo)
Estou em reuniao (resumo)Estou em reuniao (resumo)
Estou em reuniao (resumo)
 
Como administrar seu tempo
Como administrar seu tempoComo administrar seu tempo
Como administrar seu tempo
 
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
Guiarápidoparaconversassignificativas1.5
 
JAD - Joint Application Design (or Development)
JAD - Joint Application Design (or Development)JAD - Joint Application Design (or Development)
JAD - Joint Application Design (or Development)
 
Administração do tempo
Administração do tempoAdministração do tempo
Administração do tempo
 
Gestão Eficiente do Tempo
Gestão Eficiente do TempoGestão Eficiente do Tempo
Gestão Eficiente do Tempo
 
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
Home Office e agora? O que é preciso para trabalhar de casa.
 
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
10 boas razões para fazer reuniões com a equipe
 
5 Pontos Importantes Sobre Umareunião
5  Pontos  Importantes  Sobre  Umareunião5  Pontos  Importantes  Sobre  Umareunião
5 Pontos Importantes Sobre Umareunião
 
5 Pontos Importantes Sobre Uma ReuniãO
5 Pontos Importantes Sobre  Uma ReuniãO5 Pontos Importantes Sobre  Uma ReuniãO
5 Pontos Importantes Sobre Uma ReuniãO
 
5 Pontos Importantes Sobre UmareuniãO
5 Pontos Importantes Sobre  UmareuniãO5 Pontos Importantes Sobre  UmareuniãO
5 Pontos Importantes Sobre UmareuniãO
 

Mais de Luis Fernandes

Como se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecionalComo se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecional
Luis Fernandes
 
Como fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service deskComo fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service desk
Luis Fernandes
 
Introdução á programação - 1ª parte
Introdução á programação - 1ª parteIntrodução á programação - 1ª parte
Introdução á programação - 1ª parte
Luis Fernandes
 
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficienteDicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
Luis Fernandes
 
Aula3 xhtml
Aula3 xhtmlAula3 xhtml
Aula3 xhtml
Luis Fernandes
 
Aula2 xhtml
Aula2 xhtmlAula2 xhtml
Aula2 xhtml
Luis Fernandes
 
Aula1 xhtml
Aula1 xhtmlAula1 xhtml
Aula1 xhtml
Luis Fernandes
 
Especificação requisitos
Especificação requisitosEspecificação requisitos
Especificação requisitos
Luis Fernandes
 
Codigo barras
Codigo barrasCodigo barras
Codigo barras
Luis Fernandes
 
Procrastinação
ProcrastinaçãoProcrastinação
Procrastinação
Luis Fernandes
 
Satisfazer clientes
Satisfazer clientesSatisfazer clientes
Satisfazer clientes
Luis Fernandes
 
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Luis Fernandes
 
Iva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirenteIva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirente
Luis Fernandes
 

Mais de Luis Fernandes (13)

Como se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecionalComo se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecional
 
Como fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service deskComo fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service desk
 
Introdução á programação - 1ª parte
Introdução á programação - 1ª parteIntrodução á programação - 1ª parte
Introdução á programação - 1ª parte
 
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficienteDicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
 
Aula3 xhtml
Aula3 xhtmlAula3 xhtml
Aula3 xhtml
 
Aula2 xhtml
Aula2 xhtmlAula2 xhtml
Aula2 xhtml
 
Aula1 xhtml
Aula1 xhtmlAula1 xhtml
Aula1 xhtml
 
Especificação requisitos
Especificação requisitosEspecificação requisitos
Especificação requisitos
 
Codigo barras
Codigo barrasCodigo barras
Codigo barras
 
Procrastinação
ProcrastinaçãoProcrastinação
Procrastinação
 
Satisfazer clientes
Satisfazer clientesSatisfazer clientes
Satisfazer clientes
 
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
 
Iva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirenteIva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirente
 

10 passosreuniões

  • 1. 10 Passos para uma reunião mais produtiva
  • 2. Indice 1. Marque com antecedência 2. Estabeleça o início mas também o fim 3. Faça uma lista prévia 4. Faça a lista completa 5. Defina as participações 6. Sugira que desliguem o telemóvel 7. Evite entrar em detalhes práticos 8. Estimule a participação equilibrada 9. Deixe assuntos extras para outra reunião 10. Faça uma ata
  • 3. Introdução Reuniões são momentos preciosos e importantes para o andamento de um projeto. No entanto, são também ralos por onde escoam a produtividade da equipe e a sua. Sempre existe a pessoa que foge do assunto em lista, ou aquela que monopoliza a discussão e não dá oportunidade aos outros darem sua opinião. O tempo das pessoas envolvidas em reuniões custa muito caro, especialmente quando envolve a gestão. É preciso colocar esse custo na ponta do lápis para comprovar a necessidade de reuniões mais objetivos. Entendemos que reuniões são um “mal necessário”. Para melhor aproveitamento delas, vamos listar 10 passos para tornar esses encontros mais produtivos.
  • 4. Antes de tudo, analise se a reunião é realmente necessária. Em alguns casos, um simples e-mail ou contato por telefone pode resolver. Em tempos de facilidade de uso das comunicações gratuitas à distância (Google Hangout, Skype, etc), vale mais a pena evitar gastos com deslocamentos. Se o encontro presencial e exclusivo de um grupo de pessoas for imprescindível, sugerimos um planeamento prévio e uma coordenação atenta, para que os assuntos sejam discutidos em ordem de prioridade, e não dê polêmica.
  • 5. 1. Marque com antecedência Não adianta marcar uma reunião para daqui a meia hora. Os envolvidos não terão tempo de se preparar e o encontro, provavelmente, será improdutivo. Dê tempo para que os participantes tomem conhecimento da lista para que possam contribuir presencialmente.
  • 6. 2. Estabeleça o Inicio mas também o Fim Geralmente, as reuniões têm horário para começar, mas não para acabar. A reunião estende e quando se dá conta, desperdiçamo s horas preciosas da sua equipa. Deixe claro no agendamento da reunião qual o horário previsto para encerrar a reunião. A lista deve ser pensada para se encaixar entre uma atividade e outra. Com prazo para terminar, as pessoas têm que ser mais objetivas.
  • 7. 3. Faça uma lista prévia Identificada a necessidade da reunião, faça uma lista simples dos assuntos que serão discutidos em grupo e defina um objetivo para o encontro. Pode comunicar uma alteração, fazer brainstorming ou tomar uma decisão. Não precisa entrar em muitos detalhes nesse momento. Uma lista prévia serve para que os convidados a participar saibam do que se trata, analisem a importância de estarem presentes, verifiquem em suas agendas a possibilidade de comparecerem e se preparem para a conversa.
  • 8. 4. Faça uma lista completa Com todos os confirmados , agora é possível fazer uma lista mais detalhada. Acrescente as sugestões de assuntos que os convidados tenham enviado, se for o caso. Faça a lista dos participantes, dê o horário de início e fim e informe o local. Caso seja um lugar novo, esclareça como chegar ou dê referências e dicas de onde estacionar, por exemplo. Recomende que as pessoas cheguem minutos antes para evitar atrasos. Importante: comece sempre a reunião no horário agendado. Isso educa os atrasados a não repetir o comportamento
  • 9. 5. Defina as participações Em determinadas reuniões, nem todos os convidados precisam estar presentes durante todo o período da reunião. Às vezes, só interessa um ponto ou outro. Com a lista bem desenhada, pode convidar e dispensar pessoas de momentos em que não são necessárias. Quanto mais gente envolvida, maior é a complexidade da discussão. Evite perdas de tempo com debates infrutíferos. Defina a participação de quem está diretamente envolvido no assunto. Há casos em que a leitura da ata já basta para o entendimento do que foi decidido. Importante: não exclua os técnicos para que os gestores não tomem decisões fora da realidade prática do negócio.
  • 10. 6. Sugira que desliguem o telemóvel As reuniões têm tanta fama de ser improdutivas que é bastante comum as pessoas levarem seus telemóveis para tratar de outros assuntos alheios á reunião. Isso é uma perda de tempo absurda, além de ser deselegante com os outros. Se o grupo decidiu reunir-se, é de bom tom que todos estejam concentrados naquela atividade. Claro que não dá para contar apenas com o bom senso. Então deixe claras as regras logo de início: pode atender o celular ou não, é preferível deixar o aparelho desligado, ou somente o envio de mensagens é permitido. Esclareça que é para o bem de todos.
  • 11. 7. Evite entrar em detalhes práticos Logo após a tomada de uma decisão, é bastante tentador para os técnicos discutir como será feita a implementação. Não fuja da lista! Se o objetivo da reunião era discutir “o que fazer” e não “como fazer”, esclareça os participantes e agende uma próxima reunião para detalhar o assunto. Mas não deixe que a empolgação tome conta, ou vocês não verão o fim do encontro tão cedo.
  • 12. 8. Estimular uma participação equilibrada Por questão de características pessoais, uns gostam de falar mais e outros não se sentem tão à vontade para dar sua opinião. Fique atento ao andamento do debate. Evite que pessoas dominem a discussão e estimule que os mais calados contribuam com seus pontos de vista. Procure equilibrar a conversa
  • 13. 9. Deixe assuntos extras para outra reunião A dinâmica do encontro possibilita que apareçam outros assuntos que não estavam previstos anteriormente na pauta. Mesmo que sejam bastante pertinentes e envolvam diretamente os participantes da reunião , não fuja da pauta. Agende para um outro momento a discussão sobre os assuntos que surgiram.
  • 14. 10. Faça uma ata Não é preciosismo. Fazer atas de reuniões é de suma importância para que o encontro presencial vire um documento que possa balizar ações e ser comunicado aos que não estavam presentes. Pode ser um dos presentes ou um convidado específico para isso. Ele deve: acompanhar a lista, anotar as decisões e comunicar aos presentes seus registos ao final, se possível. Defina se a ata será validada pelos participantes, se será divulgada ou não. Um modelo interessante de ata contém as seguintes partes: assunto; objetivo ou motivo; informações de data, hora e local; participantes; itens discutidos, conclusões e responsabilidades