SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Programação para
iniciantes
Algoritmos,
Fluxogramas e
Pseudocódigo
1
Programação para iniciantes
O mundo está constantemente a evoluir: desde o
mais pequeno inseto à espécie Humana.
Evolução, mudança, futuro – são das palavras
que mais são ouvidas atualmente.
A tecnologia tem revolucionado o mundo das
mais diversas formas. Se quer entrar no mundo
da tecnologia e deixar a sua marca, pode
começar aqui.
Vamos começar com um tema simples mas
muito importante: Algoritmos, Fluxogramas e
Pseudocódigo.
2
Programação para iniciantes
Algoritmos
Antes de mais nada, vamos começar por falar de
algoritmos pois, durante todo o nosso progresso
na programação, iremos ter sempre contacto
com algoritmos. Vai ver porquê.
Algoritmos são quaisquer sequências de
instruções bem definidas e finitas. Podem ser
executados por computadores, sistemas
automatizados ou mesmo humanos. Exemplo:
3
Programação para iniciantes
Fazer um bolo:
1. Bater duas claras;
2. Adicionar as gemas;
3. Adicionar açúcar;
4. Adicionar um iogurte de morango;
5. Adicionar manteiga;
6. Adicionar farinha e fermento;
7. Colocar na forma e levar ao lume;
Como podem ver, um algoritmo pode ser
qualquer sequência de instruções. A que podem
ver acima, a confeção de um bolo, é realizada por
um ser humano.
4
Programação para iniciantes
Fluxogramas
Os Algoritmos podem ser representados de várias formas.
É aqui que entram os fluxogramas e pseudocódigo. Vamos
começar por falar no primeiro.
Um Fluxograma é uma forma gráfica de represetar um
algoritmo. Como assim? Podemos, através de símbolos,
representar o fluxo de um algoritmo. Antes de mais nada,
vamos começar por ver os símbolos que existem:
5
Programação para iniciantes
O exemplo seguinte é a representação em forma de
fluxograma do algoritmo que falámos antes: a
confeção de um bolo. Vamos ver.
Inicio
Abrir Livro
Ler receita
Comprar
ingredientes
Fazer bolo Fim
Não
Sim
Tenho os ingredientes?
6
Programação para iniciantes
Pseudocódigo
Como referido anteriormente, o pseudocódigo é uma
outra forma de representar algoritmos. Esta já se
aproxima mais das linguagens de programação que
utilizamos.
Pseudocódigo é parecido à linguagem que utilizamos
e “Portugol” é um exemplo muito conhecido para os
programadores de língua portuguesa.
Exemplo referente aos exemplos anteriores:
7
Programação para iniciantes
INICIO
LER (Receita);
SE tenhoIngredientes == verdade ENTÃO
FazerBolo();
SENÃO
ComprarIngredientes();
FazerBolo();
FIM SE
FIM
Como podem ver, é fácil entender as expressões: LER, SE,
SENÃO, ENTÃO… porque é muito parecido com a nossa
língua materna.
8
Programação para iniciantes
Outros conceitos importantes para a programação
Hardware: componentes mecânicos e eletro-eletrônicos que
compõem o computador. Parte dura do computador.
Software: seqüência de instruções e comandos que fazem o
computador realizar determinada tarefa, também chamados de
programas de computador. Devem estar armazenados em algum
tipo de memória.
Bit: menor unidade de informação de um computador (pode
assumir os valores 0 ou 1).
Bytes: conjunto de oito bits.
Periférico: é qualquer componente do computador (hardware)
que não seja a CPU. Ex.: leitoras de disquete, monitores, teclados,
vídeos, impressoras, etc.
9
Programação para iniciantes
Outros conceitos importantes para a programação
Sistema Operacional: coleção de programas que gerencia e aloca
recursos de hardware e de software. Exemplos de tarefas que um
sistema operacional realiza são: leitura de dados pelo teclado,
impressão de informações no vídeo, gerenciamento da execução
de vários programas pela CPU, gerenciamento da memória
principal e da memória secundária para uso dos programas em
execução, etc. Ex.: Linux, Unix, Windows XP, OS2, MS-DOS.
Linguagem de Máquina: conjunto de instruções que podem ser
interpretados e executados diretamente pela CPU de um dado
computador. É específica para cada computador.
Linguagem Assembler (Linguagem de Baixo Nível): Representação
da linguagem de máquina através de códigos mnemônicos.
Também é específica de cada máquina.
10
Programação para iniciantes
Outros conceitos importantes para a programação
Linguagem de alto nível: linguagem que independe do conjunto de
instruções da linguagem de máquina do computador. Cada instrução de
alto nível equivale a várias instruções da linguagem de máquina, sendo
assim mais produtiva. Ex.: Pascal, C, Algol, BASIC, Lisp, Prolog, etc.
Compilador: tradutor de programas escritos em uma linguagem de
programação para programas em linguagem de máquina (ex. GCC). Uma
vez que o programa foi convertido para código de máquina, este pode ser
executado independente do compilador e do programa original.
Interpretador: é um programa que executa outros programas escritos em
alguma linguagem de programação. A execução de um programa
interpretado é em geral mais lenta que o programa compilado. Por outro
lado, o uso de programas interpretados permite que trechos de código
possam ser trocados por novos facilmente, fazendo com que o programa
fonte possa mudar durante sua execução. Este é um dos grandes motivos
de se usar programas interpretados em sistemas especialistas. Duas
linguagens para as quais podemos encontrar interpretadores são Lisp e
Prolog.
11
Programação para iniciantes
12
Luis Fernandes
Email:
luishmafernandes@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

C curso - notas de aula
C   curso - notas de aulaC   curso - notas de aula
C curso - notas de aulaLoAlves21
 
Tutorial pascal zim
Tutorial pascal zimTutorial pascal zim
Tutorial pascal zim12anogolega
 
Conceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de ProgramacaoConceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de ProgramacaoJorge Cardoso
 
Visualg introdução aos algoritmos
Visualg introdução aos algoritmosVisualg introdução aos algoritmos
Visualg introdução aos algoritmosLuciano Júnior
 
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08André Phillip Bertoletti
 
Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2Robson Ferreira
 
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - Python
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - PythonTrabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - Python
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - PythonJanderson Campêlo
 
Trabalho sobre a linguagem Python
Trabalho sobre a linguagem PythonTrabalho sobre a linguagem Python
Trabalho sobre a linguagem PythonRicardo Zalla
 
Lógica de Programação - Algoritmos
Lógica de Programação - AlgoritmosLógica de Programação - Algoritmos
Lógica de Programação - AlgoritmosRoney Sousa
 
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01André Phillip Bertoletti
 
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o Visualg
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o VisualgApostila de Introdução aos Algoritmos - usando o Visualg
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o VisualgRegis Magalhães
 
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)Eugenio Caetano
 
Curso de logica de programação aula 1com imagens
Curso de logica de programação aula 1com imagensCurso de logica de programação aula 1com imagens
Curso de logica de programação aula 1com imagensAntonio Tadeu Segat
 
Lógica de programação com visu alg
Lógica de programação com visu algLógica de programação com visu alg
Lógica de programação com visu algLeandro Santos
 
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...Manuel Menezes de Sequeira
 

Mais procurados (20)

Apostila sobre o Visualg
Apostila sobre o VisualgApostila sobre o Visualg
Apostila sobre o Visualg
 
C curso - notas de aula
C   curso - notas de aulaC   curso - notas de aula
C curso - notas de aula
 
Tutorial pascal zim
Tutorial pascal zimTutorial pascal zim
Tutorial pascal zim
 
Conceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de ProgramacaoConceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de Programacao
 
Visualg introdução aos algoritmos
Visualg introdução aos algoritmosVisualg introdução aos algoritmos
Visualg introdução aos algoritmos
 
Aula 07 - Visualg e Pseudocódigo
Aula 07 - Visualg e PseudocódigoAula 07 - Visualg e Pseudocódigo
Aula 07 - Visualg e Pseudocódigo
 
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula08
 
Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2
 
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - Python
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - PythonTrabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - Python
Trabalho de Paradigmas Da Linguagem De Programação - Python
 
Trabalho sobre a linguagem Python
Trabalho sobre a linguagem PythonTrabalho sobre a linguagem Python
Trabalho sobre a linguagem Python
 
Lógica de Programação - Algoritmos
Lógica de Programação - AlgoritmosLógica de Programação - Algoritmos
Lógica de Programação - Algoritmos
 
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01
Lógica de Programação - Unimep/Pronatec - Aula01
 
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o Visualg
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o VisualgApostila de Introdução aos Algoritmos - usando o Visualg
Apostila de Introdução aos Algoritmos - usando o Visualg
 
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)
3. ambiente de desenvolvimento do vb (parte 2)
 
C++
C++C++
C++
 
Curso de logica de programação aula 1com imagens
Curso de logica de programação aula 1com imagensCurso de logica de programação aula 1com imagens
Curso de logica de programação aula 1com imagens
 
Apostila Visualg
Apostila VisualgApostila Visualg
Apostila Visualg
 
Lógica de programação com visu alg
Lógica de programação com visu algLógica de programação com visu alg
Lógica de programação com visu alg
 
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...
1. Computador; Línguas naturais; Linguagens de Programação; Algoritmo e progr...
 
Apostila visualgv25
Apostila visualgv25Apostila visualgv25
Apostila visualgv25
 

Destaque

Aula 01 introdução a linguagem pascal
Aula 01   introdução a linguagem pascalAula 01   introdução a linguagem pascal
Aula 01 introdução a linguagem pascalTácito Graça
 
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestãoSistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestãoSousa1973
 
Organogramas
OrganogramasOrganogramas
Organogramascattonia
 
Lógica de Programação - Fluxograma
Lógica de Programação - FluxogramaLógica de Programação - Fluxograma
Lógica de Programação - FluxogramaWesley R. Bezerra
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacionalCorreios
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisRafael Evans
 
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaAula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaProf. Leonardo Rocha
 
Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes
Aula03   conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoesAula03   conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes
Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoesGrupo Tiradentes
 

Destaque (12)

Aula 01 introdução a linguagem pascal
Aula 01   introdução a linguagem pascalAula 01   introdução a linguagem pascal
Aula 01 introdução a linguagem pascal
 
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestãoSistemas organizacionais e introdução á gestão
Sistemas organizacionais e introdução á gestão
 
Aula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - FluxogramaAula Qualidade - Fluxograma
Aula Qualidade - Fluxograma
 
Fluxogramas
FluxogramasFluxogramas
Fluxogramas
 
Organogramas
OrganogramasOrganogramas
Organogramas
 
Lógica de Programação - Fluxograma
Lógica de Programação - FluxogramaLógica de Programação - Fluxograma
Lógica de Programação - Fluxograma
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaAula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
 
Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes
Aula03   conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoesAula03   conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes
Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes
 
Modelos de Gestão
Modelos de GestãoModelos de Gestão
Modelos de Gestão
 

Semelhante a Aprenda Programação

Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoUbirajara Cavaco
 
Aprenda a programar python
Aprenda a programar pythonAprenda a programar python
Aprenda a programar pythonLourenço Junior
 
Introducao ao small basic
Introducao ao small basicIntroducao ao small basic
Introducao ao small basicGabriel Kois
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoWeldir Fernando Dias
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoFelipeDi
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoandreluizlugon
 
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardo
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardoAlgoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardo
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardozedaesquina98
 
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.ppt
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.pptINFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.ppt
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.pptPatricaNascimento1
 
Int. sistemas de informação iii
Int. sistemas de informação iiiInt. sistemas de informação iii
Int. sistemas de informação iiiRay Fran Pires
 
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)Leinylson Fontinele
 
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesEbook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesMarcio Lima
 
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdf
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdfTREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdf
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdfssuser059c2c1
 
Introdução a linguagem java
Introdução a linguagem javaIntrodução a linguagem java
Introdução a linguagem javaRosicleia Frasson
 
Aula de C para Linux
Aula de C para LinuxAula de C para Linux
Aula de C para LinuxChris x-MS
 
Apostila de Introdução a Programação
Apostila de Introdução a ProgramaçãoApostila de Introdução a Programação
Apostila de Introdução a ProgramaçãoThiago Reis da Silva
 
apostila sobre Algoritmos
apostila sobre Algoritmosapostila sobre Algoritmos
apostila sobre AlgoritmosDenise Carmo
 

Semelhante a Aprenda Programação (20)

Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalho
 
Aprenda a programar python
Aprenda a programar pythonAprenda a programar python
Aprenda a programar python
 
Introducao ao small basic
Introducao ao small basicIntroducao ao small basic
Introducao ao small basic
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalho
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalho
 
Aprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalhoAprenda a programar-luciano_ramalho
Aprenda a programar-luciano_ramalho
 
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardo
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardoAlgoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardo
Algoritmia para o site do 10gi marcelo e ricardo
 
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.ppt
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.pptINFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.ppt
INFORMATICA LOGICA DE PROGRAMAÇÃO E ALGORITIMOS AULA- 01.ppt
 
Int. sistemas de informação iii
Int. sistemas de informação iiiInt. sistemas de informação iii
Int. sistemas de informação iii
 
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)
Introdução à Computação Aula 09 - Algoritmos (Linguagens de Programação)
 
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesEbook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
 
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdf
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdfTREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdf
TREINAMENTO EM LOGICA DE PROGRAMAÇÃO (Sandra Rita) (z-lib.org).pdf
 
Introdução a linguagem java
Introdução a linguagem javaIntrodução a linguagem java
Introdução a linguagem java
 
Aula de C para Linux
Aula de C para LinuxAula de C para Linux
Aula de C para Linux
 
Linguagem visualg2.0
Linguagem visualg2.0Linguagem visualg2.0
Linguagem visualg2.0
 
Apostila de Introdução a Programação
Apostila de Introdução a ProgramaçãoApostila de Introdução a Programação
Apostila de Introdução a Programação
 
Apostila visualg
Apostila visualgApostila visualg
Apostila visualg
 
Algoritimo1
Algoritimo1Algoritimo1
Algoritimo1
 
apostila sobre Algoritmos
apostila sobre Algoritmosapostila sobre Algoritmos
apostila sobre Algoritmos
 
Visual g
Visual gVisual g
Visual g
 

Mais de Luis Fernandes

Como se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecionalComo se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecionalLuis Fernandes
 
Como fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service deskComo fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service deskLuis Fernandes
 
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficienteDicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficienteLuis Fernandes
 
Especificação requisitos
Especificação requisitosEspecificação requisitos
Especificação requisitosLuis Fernandes
 
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1Luis Fernandes
 
Iva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirenteIva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirenteLuis Fernandes
 

Mais de Luis Fernandes (13)

Como se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecionalComo se tornar um líder excecional
Como se tornar um líder excecional
 
Como fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service deskComo fazer evoluir a sua área de service desk
Como fazer evoluir a sua área de service desk
 
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficienteDicas para gerir o tempo de forma eficiente
Dicas para gerir o tempo de forma eficiente
 
Aula3 xhtml
Aula3 xhtmlAula3 xhtml
Aula3 xhtml
 
Aula2 xhtml
Aula2 xhtmlAula2 xhtml
Aula2 xhtml
 
Aula1 xhtml
Aula1 xhtmlAula1 xhtml
Aula1 xhtml
 
Especificação requisitos
Especificação requisitosEspecificação requisitos
Especificação requisitos
 
Codigo barras
Codigo barrasCodigo barras
Codigo barras
 
Procrastinação
ProcrastinaçãoProcrastinação
Procrastinação
 
Satisfazer clientes
Satisfazer clientesSatisfazer clientes
Satisfazer clientes
 
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
Como gerir o seu tempo e ganhar produtividade 1
 
Iva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirenteIva liquidado pelo adquirente
Iva liquidado pelo adquirente
 
10 passosreuniões
10 passosreuniões10 passosreuniões
10 passosreuniões
 

Aprenda Programação

  • 2. Programação para iniciantes O mundo está constantemente a evoluir: desde o mais pequeno inseto à espécie Humana. Evolução, mudança, futuro – são das palavras que mais são ouvidas atualmente. A tecnologia tem revolucionado o mundo das mais diversas formas. Se quer entrar no mundo da tecnologia e deixar a sua marca, pode começar aqui. Vamos começar com um tema simples mas muito importante: Algoritmos, Fluxogramas e Pseudocódigo. 2
  • 3. Programação para iniciantes Algoritmos Antes de mais nada, vamos começar por falar de algoritmos pois, durante todo o nosso progresso na programação, iremos ter sempre contacto com algoritmos. Vai ver porquê. Algoritmos são quaisquer sequências de instruções bem definidas e finitas. Podem ser executados por computadores, sistemas automatizados ou mesmo humanos. Exemplo: 3
  • 4. Programação para iniciantes Fazer um bolo: 1. Bater duas claras; 2. Adicionar as gemas; 3. Adicionar açúcar; 4. Adicionar um iogurte de morango; 5. Adicionar manteiga; 6. Adicionar farinha e fermento; 7. Colocar na forma e levar ao lume; Como podem ver, um algoritmo pode ser qualquer sequência de instruções. A que podem ver acima, a confeção de um bolo, é realizada por um ser humano. 4
  • 5. Programação para iniciantes Fluxogramas Os Algoritmos podem ser representados de várias formas. É aqui que entram os fluxogramas e pseudocódigo. Vamos começar por falar no primeiro. Um Fluxograma é uma forma gráfica de represetar um algoritmo. Como assim? Podemos, através de símbolos, representar o fluxo de um algoritmo. Antes de mais nada, vamos começar por ver os símbolos que existem: 5
  • 6. Programação para iniciantes O exemplo seguinte é a representação em forma de fluxograma do algoritmo que falámos antes: a confeção de um bolo. Vamos ver. Inicio Abrir Livro Ler receita Comprar ingredientes Fazer bolo Fim Não Sim Tenho os ingredientes? 6
  • 7. Programação para iniciantes Pseudocódigo Como referido anteriormente, o pseudocódigo é uma outra forma de representar algoritmos. Esta já se aproxima mais das linguagens de programação que utilizamos. Pseudocódigo é parecido à linguagem que utilizamos e “Portugol” é um exemplo muito conhecido para os programadores de língua portuguesa. Exemplo referente aos exemplos anteriores: 7
  • 8. Programação para iniciantes INICIO LER (Receita); SE tenhoIngredientes == verdade ENTÃO FazerBolo(); SENÃO ComprarIngredientes(); FazerBolo(); FIM SE FIM Como podem ver, é fácil entender as expressões: LER, SE, SENÃO, ENTÃO… porque é muito parecido com a nossa língua materna. 8
  • 9. Programação para iniciantes Outros conceitos importantes para a programação Hardware: componentes mecânicos e eletro-eletrônicos que compõem o computador. Parte dura do computador. Software: seqüência de instruções e comandos que fazem o computador realizar determinada tarefa, também chamados de programas de computador. Devem estar armazenados em algum tipo de memória. Bit: menor unidade de informação de um computador (pode assumir os valores 0 ou 1). Bytes: conjunto de oito bits. Periférico: é qualquer componente do computador (hardware) que não seja a CPU. Ex.: leitoras de disquete, monitores, teclados, vídeos, impressoras, etc. 9
  • 10. Programação para iniciantes Outros conceitos importantes para a programação Sistema Operacional: coleção de programas que gerencia e aloca recursos de hardware e de software. Exemplos de tarefas que um sistema operacional realiza são: leitura de dados pelo teclado, impressão de informações no vídeo, gerenciamento da execução de vários programas pela CPU, gerenciamento da memória principal e da memória secundária para uso dos programas em execução, etc. Ex.: Linux, Unix, Windows XP, OS2, MS-DOS. Linguagem de Máquina: conjunto de instruções que podem ser interpretados e executados diretamente pela CPU de um dado computador. É específica para cada computador. Linguagem Assembler (Linguagem de Baixo Nível): Representação da linguagem de máquina através de códigos mnemônicos. Também é específica de cada máquina. 10
  • 11. Programação para iniciantes Outros conceitos importantes para a programação Linguagem de alto nível: linguagem que independe do conjunto de instruções da linguagem de máquina do computador. Cada instrução de alto nível equivale a várias instruções da linguagem de máquina, sendo assim mais produtiva. Ex.: Pascal, C, Algol, BASIC, Lisp, Prolog, etc. Compilador: tradutor de programas escritos em uma linguagem de programação para programas em linguagem de máquina (ex. GCC). Uma vez que o programa foi convertido para código de máquina, este pode ser executado independente do compilador e do programa original. Interpretador: é um programa que executa outros programas escritos em alguma linguagem de programação. A execução de um programa interpretado é em geral mais lenta que o programa compilado. Por outro lado, o uso de programas interpretados permite que trechos de código possam ser trocados por novos facilmente, fazendo com que o programa fonte possa mudar durante sua execução. Este é um dos grandes motivos de se usar programas interpretados em sistemas especialistas. Duas linguagens para as quais podemos encontrar interpretadores são Lisp e Prolog. 11
  • 12. Programação para iniciantes 12 Luis Fernandes Email: luishmafernandes@gmail.com