Jornal dezembro

918 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
918
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
384
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal dezembro

  1. 1. EDITORIAL Nossa “vida cristã” nos faz recordar e celebrar o Natal, pois celebrar e recordar significam ter renovada consciência da ‘’visita” de Deus e renovado compromisso de acolhê-la e recolocá-la no coração. O “espírito natalino”, para nós cristãos, é sempre uma busca, um se dispor novo ao encontro com Jesus Cristo e com seu santo Evangelho, encontro capaz de transformar aos poucos nossa existência, tornando-nos mais atentos e sensíveis aos outros. Com o desafio de saber que a Igreja corpo, povo de Deus, estará sempre em construção. Louvemos a Deus por tudo o que Ele realizou através de nós! Amém! Convido a rezarmos no início do novo ano assim: “Senhor Jesus, que eu vibre, neste ano que está iniciando, com o Teu nome, pois sabemos que é Nele que está a Tua força e o Teu poder”. Amém! Feliz Natal e Ano Novo abençoado. PASCOM MENSAGEM DO MÊS A Semente Paróquia São José Bragança Paulista/SP Ano VIII - Edição nº 84 - Dezembro 2013 Janeiro 2014 2013 – O ANO DA JUVENTUDE 2013 foi um ano muito marcante para a Juventude católica. A JMJ veio renascer o ardor missionário em cada coração juvenil e nos impulsionar a Ir e fazer discípulos em todas as nações. E nada melhor do que começar este último jornal de 2013 e o primeiro jornal de 2014 com as palavras do Santo Padre Papa Francisco a estes “Protagonistas do Novo Milênio”. “A juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo. É a janela e, por isso, nos impõe grandes desafios. A nossa geração se demonstrará à altura da promessa contida em cada jovem quando souber abrir-lhe espaço. Isso significa: tutelar as condições materiais e imateriais para o seu pleno desenvolvimento; oferecer a ele fundamentos sólidos, sobre os quais construir a vida; garantir-lhe segurança e educação para que se torne aquilo que ele pode ser; transmitir-lhe valores duradouros pelos quais a vida mereça ser vivida, assegurar-lhe um horizonte transcendente que responda à sede de felicidade autêntica, suscitando nele a criatividade do bem; entregar-lhe a herança de um mundo que corresponda à medida da vida humana; despertar nele as melhores potencialidades para que seja sujeito do próprio amanhã e corresponsável do destino de todos. Com essas atitudes precedemos hoje o futuro que entra pela janela dos jovens. … ambos constituem a esperança de um povo: os jovens, porque eles carregam a força, o sonho, a esperança do futuro, e os idosos, porque eles são a memória, a sabedoria de um povo.” (Palavras do Papa Francisco, em solo brasileiro.) A IGREJA É VIVA! A IGREJA É JOVEM!!!! Ligia e Maria Clara Grupo de Jovens IGNIS NESTA EDIÇÃO Página 2 Cajado do Pastor e Palavra do Papa Página 3 Aconteceu na Matriz Páginas 4, 5, 6, 7 Espaço do Paroquiano, Coluna Jovem, Dizimistas Aniversariantes e Agenda Página 8 Confraternização da Paróquia São José
  2. 2. 2 O CAJADO DO PASTOR MARIA SANTÍSSIMA, MÃE DE DEUS Nesta edição gostaria de meditar com todos vocês, paroquianos de São José, a primeira celebração que realizaremos no ano de 2014, a festa de Maria Santíssima, Mãe de Deus. Desde os primórdios do cristianismo, os padres da Igreja meditaram e escreveram sobre as razões que fazem da Virgem uma criatura de tal modo excelsa, que é digna de um culto todo especial. E foram unânimes em afirmar um só motivo: ela é a Mãe de Deus e, por vontade do próprio Deus, mãe de todos os homens. Comenta São Cirilo de Alexandria, “a Virgem seria a mãe da divindade? A isso respondemos: o Verbo vivo, subsistente, foi gerado pela mesma substancia de Deus Pai, existe por toda a eternidade, conjuntamente com aquele que o gerou, está nele, com ele. Mas se fez carne no tempo, isto é, uniuse a uma carne dotada de alma racional; por isso pode-se dizer que ele nasceu da mulher, segundo a carne. Esse mistério tem alguma analogia com nosso próprio processo de geração.” A Mãe gera os membros do filho, mas Deus é que infunde a alma; apesar disso, ela é mãe de um ser vivo, da criança inteira, alma e corpo. A solenidade que celebramos neste 1º de Janeiro, que, por causa da reforma litúrgica, tomou o lugar da festa in octavaDomini, a Circuncisão, é a mesma que se celebrava a 11 de outubro, em memória do Concílio de Éfeso (431), do qual São Cirilo foi um dos protagonistas. O dogma decretado pelo concilio se liga outra verdade, para nós reconfortante, que é relativa à maternidade espiritual de Maria. Escreve São Pio X: “Nas mesmas entranhas puríssimas da Mãe, foi formada a carne de Cristo e ao mesmo tempo seu corpo espiritual, constituído dos futuros fiéis. Assim, de uma maneira espiritual e mística, nós nos chamamos filhos de Maria, e ela é Mãe de todos nós. Que Maria, mãe de Deus e nossa mãe, nos abençoe e nos proteja durante todo o ano de 2014, e que juntos, como seus filhos, possamos viver nossos dias ouvindo sua voz que nos convida a ouvir seu Filho Amado, Jesus Cristo, “Fazei tudo o que ele vos disser.” Feliz Natal e um Ano Novo cheio de paz e realizações... Deus abençoe você e toda a sua família... Pe. Jeferson Flavio Mengali Pároco PALAVRA DO PAPA Chegando ao final do Ano da Fé, o Papa Francisco, vem esclarecer na nossa profissão de fé, os pontos que renovamos durante toda a vida este dom gratuito de Deus. No Credo, através do qual cada domingo fazemos a nossa profissão de fé, nós afirmamos: «Professo um só batismo, para o perdão dos pecados». Trata-se da única referência explícita a um Sacramento no contexto do Credo. Com efeito, o Batismo constitui a «porta» da fé e da vida cristã. Jesus Ressuscitado deixou aos Apóstolos esta exortação: «Ide pelo mundo inteiro e pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado será salvo» (Mc 16, 15-16). A missão da Igreja é evangelizar e perdoar os pecados através do sacramento batismal. No entanto, voltemos às palavras do Credo. Esta expressão pode ser dividida em três pontos: «professo»; «um só batismo»; e «para o perdão dos pecados».«Professo». O que quer dizer isto? É um termo solene, que indica a grande importância do objeto, ou seja, do Batismo. Com efeito, pronunciando estas palavras, nós afirmamos a nossa verdadeira identidade de filhos de Deus. Num certo sentido, o Batismo é o bilhete de identidade do cristão, a sua certidão de nascimento e o ato de nascimento na Igreja... Ao mesmo tempo, ao Batismo está ligada a nossa fé na remissão dos pecados. Com efeito, o Sacramento da Penitência ou Confissão é como um «segundo batismo», que se refere sempre ao primeiro, para o consolidar e renovar. Neste sentido, o dia do nosso Batismo é o ponto de partida de um caminho extremamente bonito, um caminho rumo a Deus que dura a vida inteira, um caminho de conversão que é continuamente fortalecido pelo Sacramento da Penitência... Segundo elemento: «um só batismo». Esta expressão evoca as palavras de São Paulo: «Um só Senhor, uma só fé, um só batismo» (Ef 4, 5). Literalmente, a palavra «batismo» significa «imersão» e, com efeito, este Sacramento constitui uma verdadeira imersão espiritual na morte de Cristo, da qual renascemos com Ele como criaturas novas (cf.Rm 6, 4)... o Batismo ilumina-nos a partir de dentro com a luz de Jesus. Em virtude deste dom, o batizado é chamado a tornar-se ele mesmo «luz» — a luz da fé que ele recebeu — para os irmãos, especialmente para quantos estão nas trevas e não vislumbram espirais de claridade no horizonte da própria vida... Finalmente, uma breve referência ao terceiro elemento: «para o perdão dos pecados». No sacramento do Batismo são perdoados os pecados, o pecado original e todos os nossos pecados pessoais, assim como todas as penas do pecado. Mediante o Batismo abre-se a porta a uma novidade de vida concreta, que não é oprimida pelo peso de um passado negativo, mas já presente a beleza e a bondade do Reino dos céus...Trata-se de uma intervenção poderosa da misericórdia de Deus na nossa vida, para nos salvar. Esta intervenção salvífica não priva a nossa natureza humana da sua debilidade — todos nós somos frágeis, todos somos pecadores — e também não nos priva da responsabilidade de pedir perdão cada vez que erramos! Não me posso batizar várias vezes, mas posso confessar-me e deste modo renovar a graça do Batismo. É como se eu fizesse um segundo Batismo. O Senhor Jesus é deveras bondoso e nunca se cansa de nos perdoar. Inclusive quando a porta que o Batismo nos abriu para entrar na Igreja se fecha um pouco, por causa das nossas fraquezas e dos nossos pecados, a Confissão volta a abri-la precisamente porque é como um segundo Batismo que nos perdoa tudo e nos ilumina para irmos em frente com a luz do Senhor. Vamos em frente assim, cheios de alegria, porque a vida deve ser vivida com o júbilo de Jesus Cristo; e esta é uma graça do Senhor! PASCOM Fonte: Os Santos e os Beatos da Igreja do Ocidente e do Oriente MADEIREIRA BRAGANTINA Av. José Gomes da Rocha Leal, 134 - Taboão - Bragança Paulista Tel.: (11) 4033-4048 - Fax: (11) 4033-2328 Souza Silva CORRETORA DE SEGUROS Souza Silva Adm. Corr. Seguros Ltda. Rua Tupi, 153 - Sala 04 - Taboão - Brag Pta - SP - CEP 12.900-290 Fone/Fax: (11) 4032-0450 / 4033-7586 e-mail: sscorr@terra.com.br Tel/Fax: 4033-3684 Rua Arthur Siqueira, 29 - Bragança Paulista - SP mecanicabarca@hotmail.com
  3. 3. 3 Legenda: Rita de Cássia G. Almeida – Pastoral Familiar ACONTECEU NA MATRIZ - CHEGADA DA MÃE RAINHA NA MATRIZ No dia 3 de novembro, às 8h15m recebemos a Capela Auxiliar da Mãe Peregrina onde permaneceu durante toda semana. Ás 8h30m tivemos a celebração da Santa Missa. Que nossa Mãe Peregrina nos traga graças e bênçãos transformando sempre nosso caminho para o bem. “Levem a imagem da Mãe de Deus e deem um lugar de honra nos lares, assim eles hão de se tornar pequenos santuários...” (15/04/1948). ACONTECEU NA MATRIZ - MISSA DE ANIVERSÁRIO PADRE JEFERSON No dia 26 de novembro foi celebrada a santa missa em ação de graças pelo aniversário natalício do Padre Jeferson, e esta foi a mensagem deixa pela paróquia para ele: Deus nos criou a sua imagem e semelhança... apesar de nossa fragilidade, somos especiais. Deus nos criou para a felicidade. Os sintomas da felicidade se traduzem no otimismo, na fé, na esperança, no empenho em ser melhor a cada dia. Desejamos que o senhor, Padre Jeferson, continue pisando com passos firmes os caminhos da justiça e da verdade. Continue trilhando pelos vales da vida, fiel à missão que Deus lhe confiou. Não somente hoje, mas em cada amanhecer, celebre a alegria de fazer anos de esperança. Conta teus anos não pelo tempo... Mas pelos valores cultivados e pelos sentimentos que ocupam o teu coração. Não pela amargura da dor, mas pela ressurreição que ela traz. Não pelo número de troféus de tuas conquistas... Mas pela certeza de tuas buscas. Não pelas vezes que chegaste... Mas pelas vezes que tiveste coragem de partir. Não pelos frutos que colheste... Mas pelo terreno que preparaste e as sementes que lançaste. Não pela quantidade dos que te amam... Mas pela medida de teu coração capaz de amar a todos. Não pelos anos que fazes... Mas pelas vezes que teus aniversários se tornaram uma celebração de vida, como o de hoje. Desejamos Padre Jeferson que, no decorrer dos seus dias, Jesus Cristo, sinal da presença de Deus no meio da humanidade, seja por Ti acolhido como manifestação da misericórdia do Pai, e só nele coloques toda a tua segurança. Que Deus te abençoe e ilumine todos os dias de sua vida. Paróquia São José ODONTOLOGIA ESPECIALIZADA Dr. Carlos Eduardo Falleiros CRO 22762 Dr. Felipe M. C. V. Falleiros Implante Prótese Ortodontia CACOCI CONSULTORIA E EMPREENDIMENTOS DE IMÓVEIS LTDA. CRECI 6.414-J www.cacociimoveis.com.br COMPRA - VENDA - INCORPORAÇÃO DE IMÓVEIS Especialista em Implantodontia CRO 76451 R. Octaviano Machado, 26 Santa Luzia 4034-0522 Clínica Geral Cirurgia ALAMEDA POLÔNIA, 34 BRAGANÇA PAULISTA - SP CEP 12916-160 TEL.: (11) 4034-0543 FAX: (11) 4032-0044 CEL.: (11) 9989-1887
  4. 4. 4 FAMÍLIA No dia 08 de dezembro comemoramos o dia da Família. A família é a base do projeto de Deus. No momento que entendermos e dermos o devido valor à família, o projeto de Deus se fará presente, real neste mundo. Através da família, temos nas mãos o destino do mundo, por isso que se deve cada vez mais se preocupar e trabalhar para que a família se torne base sólida e determinante. É na família que o diálogo, o amor, a alegria, a oração, a partilha, a paz, a justiça, enfim todos os sentimentos e ações edificantes são aprendidos e se tornam naturais a pessoa humana. Por isso o resgate de famílias que estão desestrutu- radas se faz essencial, o mais rápido possível, para que o inverso da essência da família não se torne presente, frequente, normal. “A família cristã é a comunhão de pessoas, vestígio e imagem da comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Sua atividade procriadora e educadora é o reflexo da obra criadora do Pai.” (Catecismo Igreja Católica – 2205) Nós quanto humanos, temos um pouco de dificuldade em assimilar, vejamos como temos biblicamente algumas passagens que a primeira vista nos passam despercebidas, mas com um olhar mais atento, percebemos esta dificuldade humana, o contra projeto: Eva induz Adão ao pecado; Caim mata o próprio irmão Abel, o Rei Salomão tem várias esposas, entre outras passagens. Deus, na sua infinita misericórdia, vem até nós, vem fazer parte do nosso humano, vem nos resgatar do contra projeto. Deus quis se fazer família, quis nascer em uma família para demonstrar como pode ser simples, DIA INTERNACIONAL DO RISO - 18 DE JANEIRO Dia 18 de janeiro comemora-se o dia Internacional do Riso e eu coloco aqui a minha mais sonora gargalhada pra alegrar o coraçãozinho de todos da Comunidade São José. Todos os dias merecem um sorriso, mas o de hoje é especial. Um sorriso na hora certa pode mudar o dia de alguém, um sorriso no rosto o dia inteiro muda o seu dia. Viva sorrindo e distribuindo bom humor, essa é a melhor maneira de se viver! Um sorriso tem a capacidade de curar nossa alma, mudar nosso dia e transformar nossa vida. Você já percebeu que o sorriso é contagiante?O sorriso é uma das características que nos distingue. Um simples sorriso pode deixar-nos tão feliz... incutir-nos esperança, ajudar-nos a sonhar e a vencer os obstáculos diários que a vida teima em colocar em nosso caminho. Um sorriso pode ser um santo remédio contra aqueles dias cinzentos, o sustentáculo da felicidade que queremos alcançar.O sorriso traduz, geralmente, um estado de alma; é um convite a entrar na intimidade de alguém, a participar do que lhe é íntimo. O poder do sorriso é grande, e saber sorrir é algo de muito importante. A atração do sorriso é indiscutível, onde há alguém sorrindo sempre haverá alguém por perto. Ninguém se aproxima de alguém com a face séria ou que pareça estar aborrecido com algo, se o sorriso atrai, ao contrário pode-se dizer que sua falta repele. Mesmo quando a vida está sendo dura; mesmo sendo difícil, é preciso sorrir. A princípio você pode achar difícil sorrir, e nesse caso deve considerar o porquê. Sorrir significa nossa essência, que estamos sendo nós mesmos, que estamos tendo soberania sobre o nosso desti- no, que não estamos mergulhados no esquecimento interior. O sorriso ilumina a alma, pois permite que a luz penetre na escuridão interior que cada um de nós carrega em um pedaço do seu ser, ajudando assim a diminuir as sombras e medos interiores. Você deve estar se questionando: Em que mundo eu estou vivendo? Será que é o mesmo mundo que o resto das pessoas? Como será possível alguém sorrir perante os sofrimentos da vida? Segundo a indiana DadiGulzar se você quiser trazer amor e equilíbrio em sua vida e em seus relacionamentos procure manter a meta de praticar três coisas com as pessoas que você encontra durante o dia: a primeira é sempre encontrá-las com um sorriso na face. Mesmo se alguém estiver com alguma atitude de raiva ou agressividade, ainda assim procure manter o seu sorriso. Não reaja, apenas sorria e acalme essa pessoa que está irritada. A segunda coisa é sempre dar felicidade a quem você encontrar e a terceira é manter seu coração feliz. Observe que se você não conseguir praticar a primeira meta, será praticamente impossível atingir as demais por isso o sorriso é o segredo. O Sorriso é a expressão mais bonita que o ser humano tem, nos traz forças e esperanças, élinguagem universal, tem reflexos por toda parte. Aceitar ou não é uma questão de opção, mudar ou não é uma questão de querer, fazer ou não é uma questão de atitude. Sorrir é uma questão de atitude, depende exclusivamente de você. Então, SORRIA! Rita de Cassia Almeida ESPAÇO DO PAROQUIANO A Pastoral da Comunicação da Paróquia São José, vem apresentar os seus agradecimentos a todos os que colaboraram com “A SEMENTE” e com a Paróquia neste ano de 2013. A todos os leitores que nos prestigiaram e divulgaram os trabalhos pastorais e artigos aqui inseridos com carinho e dedicação. A todos os nossos articulistas pelos brilhantes textos e opiniões e às pessoas jurídicas e físicas que utilizaram “A SEMENTE” para divulgar os seus produtos e serviços. Aos nossos queridos, conscientes e caridosos dizimistas, da Matriz, da Capela do Bom Parto, do Biriçá do Campinho, da Comunidade Chácaras Fernão Dias, do Biriçá do Valado e Portal São Marcelo. Aqueles que estão colaborando financeiramente para a construção da nova Matriz de São José e que, com certeza, irão fazer parte dessa linda história de Fé e de Esperança. À Equipe de Festas São José, criativa e especial. A todas as equipes que compõem as diversas Pastorais que trabalharam – e muito – para o crescimento, fortalecimentoe amadurecimento do Reino de Deus entre nós, cada uma em sua área. Ao nosso querido Pároco Pe. Jeferson F. Mengali, pelo prestigio, abnegação e dinamismo em conduzir este pequeno – mas aguerrido e irrequieto– rebanho. Força, Fé e Alegria Padre Jeferson! Ao nosso Bispo Diocesano, D. Sérgio pela confiança. Obrigado a todos. E que, em 2014, continuemos a construir a Igreja física e espiritual de que tanto precisamos, com maior empenho e dedicação. Que Deus e São José os abençoem! PASCOM agradável e vivificante esta convivência, este ato de amor. No dia 29 de dezembro comemoramos o dia da Sagrada Família. Jesus, Maria e José, esta sim, família vestígio e imagem da comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo.Peçamos a Maria, sob o título de Nossa Senhora de Guadalupe, que tem 12 de dezembro como seu dia, que é a padroeira da pastoral familiar. Peçamos à Ela que abençoe todas das famílias, que todas as famílias tenham sempre um vestígio da Sagrada Família. Que as pastorais familiares tenham força, sabedoria e determinação para que o projeto de Deus, projeto de amor, seja sempre o caminho seguro para vivermos neste amor e este caminho é a FAMÍLIA. Jacqueline Rodrigues de Almeida Costa Pascom DIA DO ENFERMO Estamos acostumados a ouvir em nosso dia a dia: “Hoje é o dia do... médico, professor, do índio... etc.” Mas você sabia que temos o dia do ENFERMO? Sim, os doentes também tem seu dia! No mês de janeiro lembramos o dia do enfermo. Mais especificamente dia 14 de janeiro. Nesta data devemos lembrar dos nossos irmãos que estão acamados, tanto em casa, como nos hospitais, precisando apenas de um sorriso, um olhar de carinho, para que seu dia se torne um pouco melhor. Porém, em janeiro, além do dia do enfermo, temos um dia reservado a uma doença pouco falada e divulgada. Dia 04 de janeiro é do dia do Hemofílico. Mas, o que é hemofilia? A hemofilia é uma alteração genética e hereditária no sangue, caracterizada por um defeito na coagulação. O sangue é feito por várias substâncias, onde cada uma tem uma função. Algumas delas são as proteínas chamadas fatores da coagulação, que ajudam a estancar as hemorragias. Esses fatores são numerados, em algarismos romanos (I a XIII) e trabalham como uma equipe, onde cada um tem seu momento de ação, passando instruções ao seguinte. A pessoa que tem hemofilia não possui um dos fatores em quantidade ou qualidade suficiente para exercer suas funções. Por isso, o sangue da pessoa com hemofilia demora mais para formar um coágulo e, quando este se forma, não é capaz de fazer o sangue parar de escorrer pelo local da lesão.Essa doença acomete mais homens que mulheres. A hemofilia é pouco divulgada e pouco falada pela mídia, por isso muitas pessoas nunca ouviram falar. E você, conhece alguém com hemofilia? Se algum conhecido falasse para você que tem hemofilia, você saberia conversar com ela sobre a doença? Não? O que acha de se aprofundar no assunto e transmiti-lo para que mais pessoas conheçam e, quem sabe, possa ajudar pessoas com esse problema? Já que janeiro é o mês do enfermo, vamos fazer o propósito de nos aprofundarmos nesta doença, para podermos ajudar a divulgar esta doença que é tão pouco falada, porém, muito importante. Taíza Pires Spina Comunidade Nossa Senhora de Fátima Chácaras Fernão Dias
  5. 5. 6 COLUNA JOVEM INTOLERÂNCIA RELIGIOSA Olá amigos! Enfim, o fim de ano. Quantas coisas maravilhosas vivemos em 2013, hein?? E agora, 2014 vem com todas as expectativas e promessas de VIDA NOVA! E, para esta Coluna Jovem, me pediram para escrever sobre Intolerancia Religiosa. Quantas vezes não aceitamos o que é diferente, o que não faz parte do “mundo” que vivemos. Respeitar o irmão, independente da religião é obrigação de todos e é a lição que Cristo nos deixou. Que em 2014 possamos exercitar o respeito com o diferente e praticar o bem sem olhar para quem! Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de outros. Em casos extremos esse tipo de intolerância torna-se uma perseguição. Sendo definida como um crime de ódio que fere a liberdade e a dignidade humana, a perseguição religiosa é de extrema gravidade e costuma ser caracterizada pela ofensa, discriminação e até mesmo atos que atentam à vida de um determinado grupo que tem em comum certas crenças. Crítica não é o mesmo que intolerância. O direito de criticar encaminhamentos e dogmas de uma religião, desde que isso seja feito sem desrespeito ou ódio, é assegurado pelas liberdades de opinião e expressão. Mas, no acesso ao trabalho, à escola, à moradia, a órgãos públicos ou privados, não se admite tratamento diferente em função da crença ou religião. Isso também se aplica a transporte público, estabelecimentos comerciais e lugares públicos, como bancos, hospitais e restaurantes. Ainda assim, o problema é frequente no país. Algumas denúncias se referem à destruição de imagens de orixás do candomblé ou de santos católicos. Ficou famoso no Brasil o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus Sérgio Von Helder, que, em 1995, chutou uma imagem de Nossa Senhora Aparecida em rede nacional de TV. Há também casos de testemunhas de Jeová que são processadas por não aceitarem que parentes recebam doações de sangue, de adventistas do Sétimo Dia a que não são dadas alternativas quando não trabalham ou não fazem prova escolar no sábado, e de medidas judiciais que impedem sacrifício de animais em ritos religiosos, entre outros. “Cristo pregou o amor ao próximo e podemos afirmar, como cristãos, que a base da tolerância está calcada na figura de Cristo, que nos passou todos os ensinamentos de como amar o próximo como a nós mesmos. Ao renunciar a si mesmo em favor da humanidade, ele nos deu o exemplo do que devemos fazer. Rosa de Saron – Clip Aurora Católico + Evangélico = Respeito! Em suas pregações, nos alerta de que devemos ser severos para conosco mesmos e indulgentes para com o próximo, e não o contrário.” Rev. Luiz Alberto Barbosa - Secretário geral do Conselho nacional de Igrejas Cristãs do Brasil Por isso, precisamos respeitar as crenças de todos, pois Cristo nos deixou essa lição. Lembrem-se do Bom Samaritano: Vários passaram pelo homem caído e machucado, mas apenas aquele que respeita o ser humano como irmão pode parar e ajudar. Somos todos iguais e esta na hora de não ficarmos somente olhando ou criticando os outros, mas sim, agir e aprender a vivermos como Filho de Deus. Ligia Pires Spina Grupo de Jovens IGNIS COLUNA JMJ Uma experiência de JMJ: a de não ter ido Depois de algumas colunas falando sobre como foi a experiência lá na Jornada, pediram para eu escrever sobre a experiência de não ter ido. Desde que entrei no grupo IGNIS, eles já estavam planejando ir para o Rio de Janeiro e eu abracei a causa e também tracei isso como um objetivo meu. Trabalhei juntamente com o grupo para conseguimos alcançar nosso objetivo. Foram muitas festas, muitos brigadeiros, muita correria, muitas colunas escritas e cada vez mais se aproximava o tão esperado momento. Quando soubemos que receberíamos os jovens franceses na semana da pré-jornada também já começamos a nos preparar para esse momento, para essa experiência totalmente diferente que viveríamos. Eu ansiava muito por todo esse momento especial e único que estávamos para viver. Mas as coisas mudaram para mim quando a Jornada foi ficando mais próxima. Primeiro eu soube que não poderia ir para o Rio porque seria madrinha de casamento bem no final de semana da Jornada. Fiquei extremamente chateada, desapontada, frustrada, brava, irritada, inconformada; pois além de ir com o grupo eu iria também com a minha família. Contudo, depois de superar todos os sentimentos, percebi que não havia nada que eu pudesse fazer e me conformei que não poderia ir. Assim, ansiei pela vinda dos franceses e pelas atividades que teríamos com eles. Mas isso não deu certo para mim também. Como a Jornada foi nas férias, soube que iria viajar logo no começo e voltaria só na semana da Jornada para ir ao casamento. Bem, mais um momento único que eu não participaria. E depois de passar pela mesma sensação da notícia de não poder ir, restou-me somente a conformação novamente. Mas é como eu sempre digo: “o que tiver que ser, será”; então, não era para ser para mim. Mas, eu pude acompanhar tudo pela televisão e eu rezei muito por todos os que tiveram a maravilhosa oportunidade se estar lá e viver todo aquele momento especial, e sei que o grupo rezou por mim lá também. Então, quando tudo passou, eu fui convidada para ir à reunião dos peregrinos da Paróquia e daqueles de outras paróquias, mas que foram todos em um mesmo grupo, com o padre para conversarem sobre a experiência da JMJ 2013. Naquele momento eu senti que Deus tinha colocado essa oportunidade de ouvir cada um para eu me sentir parte da Jornada; para eu perceber que apesar de não ter estado lá fisicamente eu estava com o coração, em oração; para eu enxergar que mesmo tendo trabalhado para ir e não ter ido, eu ajudei os meus amigos a fazerem parte de tudo aquilo; para eu ver que tudo aquilo que eles estavam contando foram experiências que, de algum modo, eu ajudei eles a vivenciarem. E, com isso, eu pude realmente superar todos aqueles sentimentos que eu passei com as notícias que não me deixaram vivenciar aquele momento maravilhoso. Chorei ouvindo o relato de cada um deles, mas foram lágrimas de felicidade, de satisfação. Chorei ainda mais vendo a linda entrevista do Papa Francisco que a Rede Globo fez, e essas foram lágrimas de esperança, de fé. Esperança e fé de que Deus vai me dar novas oportunidades de ter experiências como as que eu ouvi sobre a Jornada. Maynara Furquim Grupo de Jovens IGNIS Produtos para sua Saúde! Loja Ampla e Moderna Estacionamento próprio Tel/Fax: 2473-2555 - 2473-8030 Rua Cel Assis Gonçalves, 323 Bragança Paulista - SP BIRIÇÁ Blocos e Lajes Ltda. IRMÃOS BARLETTA - CREA - 0372392 blocos e lajes. ltda. LAJES CONVENCIONAL E TRELIÇADA ESCRITÓRIO: (11) 4035-1878 9989-3388 FÁBRICA: (11) 4031-8295 Depósito: AV. DOS IMIGRANTES 4289 - JD. SÃO LOURENÇO - BRAGANÇA PAULISTA - SP Matriz: SÍTIO SÃO CLEMENTE - BAIRRO BIRIÇÁ DO VALADO - BRAGANÇA PAULISTA - SP SÃO CONTABILIDADE Fone / Fax: (11) 4034-3049 Av. Antonio Pires Pimentel, 907 - Bragança Paulista sdomincontabil@uol.com.br
  6. 6. 5 DIA DO MÁGICO - 31 DE JANEIRO Esse dia foi escolhido em homenagem a São João Bosco. A data é de sua morte e, segundo a história, ele também era mágico. O mágico é um profissional da arte do ilusionismo. Encanta o público, maravilha e surpreende com sua capacidade de transformar o impossível em realidade. Coelhos saem da cartola; cartas são encontradas; flores surgem no meio de um pano; corpos são cortados ao meio. A magia atrai os olhares, aguça o desejo de desvendar o “mistério” e, por isso, dizem que as mãos do mágico são mais ágeis que nosso olhar. Mas ainda assim continua sendo um truque. E hoje? Não somos todos nós os mágicos deste mundo? O que é magia senão olhar a vida com os olhos da alma? O que mais nos surpreende do que a natureza que, num piscar de olhos, muda suas cores, suas folhas, abrem-se lindos botões e transformam-se rapidamente em flores? Ninhos que se formam, aves voam ao suave toque da brisa da primavera.O Sol nasce e se põe, encanto que acontece a cada dia. Hoje o mundo nos oferece rapidamente coisas que não conseguimos enxergar. Ilusionismo! Nos iludimos com o ter e esquecemos de ser. Ser cristão que encanta quando chega à casa de alguém. Ou será que perdemos a magia de visitar os amigos? Surpreendemos alguém, mesmo desconhecido, com nossas mãos ágeis que se abaixam para pegar algo que caiu, ou nos encontramos no modernismo do “Ah, não é meu, ele que pegue.”? Se magia é capacidade de mudar, transformar al- guma coisa num piscar de olhos, por que é tão difícil mudar nosso jeito de ser? Temos sido “mágicos” na vida de alguém? Temos despertado mudanças? Temos encantado? Conseguimos atrair a atenção? A infância de cada um de nós nos leva a magia da saudade. Saudade de imaginar, desvendar, descobrir, entender, sonhar com este mundo tão grande. Mas com o passar dos anos, não nos permitimos mais viver esse encanto. Perdemos a essência, a maravilha que nos é oferecida gratuitamente por Deus. Sonhar é mágico. Viver é magia. Descobrir é surpreendente. Amar é tornar sonho em realidade. Estamos especialmente vivendo um tempo de magia, quando o encanto acontece cada dia: é tempo de Natal! A ansiedade que esta época provoca nas crianças, encantadas com os enfeites e aexpectativa de imaginar qual será o presente, de desvendar o mistério do que está na “cartola” embrulhada com seu laço colorido, faz todos nós sermos os mágicos que encantam e surpreendem nossas crianças; e também idosos, muitas vezes abandonados em asilos. Não deixe de presentar alguém nesse Natal. Ilumine o rosto de quem é desprovido de recursos financeiros. Seja mágico de um inocente. Atraia o olhar abandonado. Atraia a felicidade. ´ Ser mágico é isso. É ser feliz e fazer alguém feliz. Feliz dia do mágico e feliz Natal! Que 2014 seja de magia e encanto! Janice Ludwig Bender A CONVERSÃO DE SÃO PAULO No dia 25 de janeiro se celebra a conversão de São Paulo que, de perseguidor tornou-se o maior anunciador do Cristianismo. Contemplar uma conversão é contemplar a misericórdia de Deus agindo no mundo. Conversão é ato de amor do Pai do céu. É claro que depende de nossa vontade, mas o que nós fazemos, quando nos convertemos, é deixar agir a graça de Deus em nós. Somos obstinados, teimosos, fracos, mas o Senhor sempre aparece, estendendo-nos a mão e, de uma maneira ou de outra, apontando-nos um novo e verdadeiro caminho a seguir. O exemplo de São Paulo nos leva a perceber a luz de Deus em nossa vida, ainda que fechemos os olhos e os ouvidos para o seu plano de amor. São Paulo é conhecido por suas cartas, lidas frequentemente nas celebrações eucarísticas, na Liturgia da Palavra. Através de suas cartas, sabemos muita coisa a respeito de sua vida e das verdades fundamentais de nossa fé. UNIMAGEM Unidade de Diagnóstico por Imagem Ressonância Magnética • Tomografia Computadorizada Mamografia • Densitometria Óssea • Radiologia Ultrassonografia • Angiografia Digital Ele nasceu em Tarso da Cilícia, por volta do ano 10 da era cristã. Além de ser judeu, era também cidadão romano. Desde a infância, foi educado conforme a doutrina dos fariseus por um sábio chamado Gamaliel. Destacou-se inicialmente como um implacável perseguidor das primeiras comunidades cristãs. Foi conivente com o assassinato de Santo Estevão, o primeiro Mártir do Catolicismo. Sua conversão ocorreu de modo inesperado a caminho de Damasco, quando liderava uma perseguição contra os cristãos daquela cidade. Jesus Ressuscitado apareceu-lhe e o derrubou do cavalo, transformando-o de cruel perseguidor dos cristãos em ardoroso apóstolo dos gentios. Ele consagrou a sua vida ao serviço de Cristo, viajando por todo o mundo conhecido de então, anunciando o Evangelho de Jesus Cristo e o mistério de sua paixão, morte e ressurreição. É sem dúvida uma das principais colunas do cristianismo. A conversão de São Paulo é muito significativa no contexto pessoal de todos nós. Que também nós possamos nos converter de coração sincero a viver uma vida conforme a vontade de Deus abandonando os erros e procurando a virtude e a graça de Deus! Vera Pianho Fones (11) 4414-5029/5030 Fax (11) 4412-3267 O que significa a palavra Solidariedade nos dias de hoje? O que ela representa? Sabemos que é pouco ou quase nada aplicada nos dias de hoje, chegando ao ponto ser marginalizada, ignorada ou simplesmente não praticada, porque vivemos num mundo individualista onde cada um só se preocupa consigo mesmo, e o outro... bem, o outro... é o outro. Franz Kafka dizia que a solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana. Se a solidariedade esta vinculada ao respeito humano, acredito que todos os dias é dia de ser solidário ao próximo, enxergando no próximo as lágrimas nunca choradas e as angustias nunca verbalizadas. Portanto ser solidário é quem age com o intuito de confortar, consolar, oferecer ajuda, em qualquer circunstância seja ela boa ou má. Acredito que não se ensina a solidariedade com palavras, e sim com gestos e exemplos que nasce no íntimo do ser humano. Não existe outra via para a solidariedade humana senão a procura e o respeito da dignidade da pessoa, e para ser solidário basta você ter outra pessoa para poder auxiliar, saber ouvir o desabafo de alguém que precisa, dar um agasalho a uma criança, ser gentil ao oferecer um banco para um idoso se sentar, bem como nas práticas solidarias diante de questões sociais, educacionais e culturais, acredito que esse é o caminho para uma sociedade mais justa e igualitária, na qual as tensões possam ser mais bem resolvidas e os conflitos encontrem mais facilmente sua solução por consenso. O que é necessário e que cada cidadão dedique se envolva e disponibilize tempo, amor, esperança e carinho. É importante que as pessoas compreendam que praticar a virtude da solidariedade não se limita às coisas matérias, vai muito além, podemos doar alegria e motivação e colaborar com o outro nos 365 dias do ano, é só trocar aquilo que você tem por algo que o outro não tem. Basta ensinar e colocar em práticas essas atitudes, mostrar aos nossos filhos e a outras crianças o que é ser solidário, esse simples gesto com certeza beneficiara outras pessoas. Você se esforça para ajudar alguém em troca recebe carinho, e assim por diante este ato circula na sociedade. Essa troca é fundamental para que a solidariedade aconteça entre seres humanos iguais com aspecto de vida diferente, porém para que a solidariedade seja verdadeira não pode haver superioridade em relação ao outro, pois nós só temos o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se. Gabriel Garcia Marquez diz que a SOLIDARIEDADE É O AMOR EM MOVIMENTO. Vamos nos colocar em movimento. Pense nisso... Wagner Raposo Pimentel AUGUSTO ALBERTO ROSSI OAB/SP 27.126 ROSSANO ROSSI OAB/SP 93.560 Desde 1972 ADVOGADOS Rua Bahia, 342 • Recreio Estoril Atibaia • SP • CEP 12944-060 31 DE JANEIRO DIA DA SOLIDARIEDADE R. Santa Clara, 1017 - Centro PABX: 4033-2021 Estacionamento Privativo para clientes Paul Wax Limp EM NOVO ENDEREÇO AGORA MERCADÃO DA LIMPEZA SUPER ECONOMIA, E NO SEU CARRINHO VÃO PRODUTOS DE LIMPEZA A PREÇOS BARATOS PORQUE SOMOS DIFERENCIADOS Amplo Estacionamento Entrega em Domicílio Rua Alfredo Ortenzi, 133 - Jardim São José (Próximo cabeceira da pista do aeroclube) 4032-3815 / 4033-2638 / 9916-5020
  7. 7. 7 DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES dezembro MATRIZ e CAPELA N. S. DO BOM PARTO aniversário de nascimento Adhemar José Magrini Liza Adriano Aparecido Furqui Antonia de Moura Mazzolla Cláudia Pintor Marcantonio Clovis Vieira Júnior Conceição Aparecida dos Santos Eledi de Fátima Ferreira Zucco Elza Aparecida Casotto Cacoci Francisca Dias Nani Geilda Rocha Fernandes Hevaldo Perlingeiro Abreu José Alonso de Toledo Lourival Antonio Polato Bim Luiz Fernandes Maria Aparecida da Silva Camussi Maria Conceição C. Pitocco Maria Conceição Vasques Lima Mauren Luiza Bender Milene Martins da Cunha Paulo César Gomes Pinto Sueli de Fátima Camargo Candido Ferreira Tania Regina F. Silva Wesley Bruno de Oliveira Russo aniversário de CASAMENTO Adriana e Adhemar José Magrini Lisa Adriana Mireira da Silva e Luiz Marciano Alayde Bernarde e Oswaldo Finco Inez Almeida e Geraldo Luiz de Abreu Lucia e Antonio Augusto Queiroz Telles Maria Cristina e Lourival Antonio Polato Bim Maria Emília e Luis Bernardino Barrio Terezinha Apparecida e Luiz Manoel de Araujo Vilma e Raphael Wohlers de Freitas Zélia Geralda e Vicente de Oliveira Souza BIRIÇA DO CAMPINHO aniversário de nascimento Antonio Cypriano de Souza Amarildo Donizete Albergoni Eloi Gonçalves de Camargo Estevam Bueno Pinto Lucinéia Silveira Luis Carlos Alves Reginaldo Donizete Amaro Alves Rivail Moraes Cardoso aniversário de casamento Ana Paula e Miltom de Moraes Cardoso Jandyra e Benedito Francisco Pereira Marceline Maria e Diego Antonio de Camargo Orlanda e Benedito João Cavallaro Sandra Ap. e Amarildo Donizete Albergoni Valquiria e Luis Gustavo Delchiaro COMUNIDADE CHÁCARAS FERNÃO DIAS aniversário de nascimento Dirce Spina Durvalina Egino de Souza Iluana Ap. dos Santos aniversário de CASAMENTO Dirce S. Spina e Edison Spina BIRIÇA DO VALADO aniversário de nascimento Almerindo Cardoso Ribeiro Ines Aparecida da Silva José Antonio Cavallaro José Antonio Luis Carlos de Godoy Maria Pereira de Souza Marcia Fátima Cavallaro Paulina I. Cavallaro Rogério Tadeu do Prado aniversário de casamento Cezilda e Luiz Antonio Fumachi Luzia e José Airton de Araújo Madalena e Pedro Antonio Cavallaro Maria de Lourdes e José Antonio Cavallaro Neusa e Jorge de Oliveira Valdinéia e Joelson Dias Ribeiro Vergília e Jair Marques da Silva COMUNIDADE SAGRADA FAMÍLIA aniversário de nascimento Lucilene Camargo Ferreira Maria Aparecida da Silva Mario FurgioIshimoto aniversário de CASAMENto Joicy Albino e Jaime Gonçalves da Silva Neuza Ap. e Luiz Carlos Bueno da Silva complemento da AGENDA DE DEZEMBRO Dia 24 – terça-feira - 20h00’ – Missa da Vigília de Natal, no Centro Comunitário da Universidade São Francisco Dia 31 – terça-feira - 20h00’ – Missa de Ano Novo, no Centro Comunitário da Universidade São Francisco DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES janeiro MATRIZ e CAPELA N. S. DO BOM PARTO aniversário de nascimento Adriana Vilchez Magrini Liza Alessandro de Oliveira Machado Anderson Aparecido Silva André Tejeda Delgado Antonio Carlos Dell’Orti Armando Pitocco Claudete de Lima Felizardo Davina de Araújo Zanini Geraldo Silva Júnior Hélio Sabbadim Filho Ioli Rizardi Ivete Pallis Domingues Alonso Jacqueline Rodrigues Almeida da Costa Kelli Jordana Restivo Lucas Turella Siqueira da Costa Othilia Mara de Oliveira Vicchiatti Regina Aparecida Vieria Silva Regina de Almeida Furquim Sirlei dos Santos Vera Lúcia Pianho Vilma Aparecida Tescke de Freitas aniversário de CASAMENTO Anna e Alentino Garcia Ramiro Aparecida de Fátima e Antonio Carlos Mateus Claudete e José Gilberto Felizardo Josiane Aparecida e Hélio Sabbadim Filho Maria Aparecida e Eliseu Donizetti Camussi Rosângela Maia e José Geraldo Pereira de Jesus BIRIÇA DO CAMPINHO aniversário de nascimento Adão Soares de Souza Alessandro Antonio Nobre da Luz Antonio Tadeu de Campos Benedito Francisco Pereira Francisco de Assis Mazochi Francisco Donizete Cypriano de Souza Fernando Silvio Nobre da Luz Haroldo Cypriano de Souza Ivone Ap. Ferro Moreno João Domingos Fontanive Maria Helena Moreno Ferro Marceline Maria F. de Souza Camargo Orlando Cypriano de Souza Sebastião Domingos de Souza Zilda Pereira da Silva Moraes aniversário de casamento Cinthia Helenae Afonso Luis Cypriano de Souza Ivone Ap. e José Serfim Moreno Lucimara e João Domingos Fontanive Silvana e Francisco de Assis Mazochi COMUNIDADE CHÁCARAS FERNÃO DIAS aniversário de nascimento Neuza de Souza Gomes Benedita Ap. Vacari Geraldo Junior Alves Feitoza aniversário de CASAMENTO Anizia Soares Limoeiro e Antonio Celestino BIRIÇA DO VALADO aniversário de nascimento Anilda Vasco da Silva Aurora Cavallaro Eliseu Roberto da Silva Emidio José de Souza Éric Henrique da Silva Oliveira Joelson Dias Ribeiro Luis Carlos Morais Luiz Petroni Madalena Pelacani Cavallaro Maria Luiza Ribeiro Natália Aparecida da Silva Valdir Ap. de Souza aniversário de casamento Anilda e Mario Rodrigues da Silva Aparecida e Vinicio de Souza Cleide e Valdir Ap. de Souza Sonia e João Roberto de Lima COMUNIDADE SAGRADA FAMÍLIA aniversário de nascimento Denise Araujo Silva Igor Brás Silva Peixoto José Vinicius Martins aniversário de CASAMENto Maria Aparecida e José Roberto da silva Sueli e Josenaldo Silva de Faria Geralda e Valdeci Ribeiro Casanaves AGENDA DE JANEIRO Dia 03 – sexta-feira - 20h00’ – missa votiva do Sagrado Coração de Jesus Dia 28 – terça-feira - 20h00’ – Reza do terço dos homens Dia 29 – quarta-feira - 20h00’ – Hora Santa na Capela de N.Sra. do Bom Parto EPIFANIA DO SENHOR A Festa da Epifania do Senhor celebrada pela Igreja Católica, é uma data especial em que o Menino Jesus foi apresentado para o mundo, que popularmente, recebe outros nomes, como o Dia de Reis - visita dos Reis Magos a Jesus. Os Magos seguiram a estrela. Não duvidaram, porque sua fé era sólida, firme; não titubearam perante a fadiga de tão longa viagem, porque o seu coração era generoso. Não adiaram a viagem para mais tarde, porque tinham alma decidida.Sejamos estrelas que vão indicando o caminho ao próximo para que ele encontre o Messias Salvador. Há muitas maneiras de sermos estas estrelas, dando testemunho de Jesus Cristo. Isso na família, na Igreja e na sociedade. Que na festa da Epifania nos deixemos guiar pela estrela, iluminar por ela, e poderemos ser luz para os outros. FESTA DO BATISMO DO SENHOR A Festa do Batismo do Senhor, celebrada no Domingo depois da Epifania encerra o ciclo das Festas da Manifestação do Senhor, o ciclo de Natal. Comemoramos o Batismo de Jesus por São João Batista nas águas do rio Jordão. Sem ter mancha alguma que purificar, Jesus quis submeter-se a esse rito tal como se submetera às demais observâncias legais que também não o obrigavam. O Senhor desejou ser batizado, diz Santo Agostinho: “para proclamar com a sua humildade o que para nós era uma necessidade”. Com o batismo de Jesus, ficou preparado o Batismo cristão, diretamente instituído por Jesus Cristo e imposto por Ele como lei universal no dia da sua Ascensão: Todo poder me foi dado no céu e na terra, dirá o Senhor; ide, pois, ensinai a todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (Mt 28, 18-19)
  8. 8. 8 BAILE A FANTASIA DA PARÓQUIA SÃO JOSÉ Legenda: Ilze Cavallaro Bertin - PASCOM Com grande alegria, a Paróquia São José realizou seu último evento festivo de 2013 “O 4º Baile a Fantasia”. Foi uma gostosa e animada confraternização, onde crianças, jovens e adultos se divertiram e passaram momentos de muita alegria. Nosso muito obrigado a todos que fazem parte da “família São José” e que durante todo ano se doaram, fazendo parte desta caminhada. Que Deus os abençoe e renove suas forças e principalmente a fé! Que 2014 seja repleto de alegria e bençãos!

×