Jornal dezembro 2014 janeiro 2015

698 visualizações

Publicada em

Jornal Paróquia São José

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
230
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal dezembro 2014 janeiro 2015

  1. 1. A paz que buscamos depende do que prati- camos! Mais um ano novo, mais mil planos, mil promessas, mil objetivos: casar, se formar, mudar de emprego, emagrecer, cuidar da saúde, comprar um carro ou uma casa... De qualquer forma, que bom que sem- pre temos algo a almejar, sonhos a conquistar, afi- nal, isso serve de combustível para nossas vidas, pois sem sonhos, de que valem nossas lutas? O grande problema não é ter essas metas, e sim como lidamos com nós mesmos e com o mundo quando as buscamos, e principal- mente, quando as realizamos... Muitas ve- zes, focamos tanto o desejo material e es- quecemos dos sentimentos, deixando de lado pequenas coisas que vão fazer muita falta lá na frente...Ou então não percebemos que para buscar nossos objetivos estamos agindo de maneira desonesta, injusta, e o resultado disso pode não ser o esperado... Enfim, quem nunca ouviu aquela frase: “De que vale muito dinheiro se não tiver a felicidade?” É um exemplo pontual, mas pode representar muita coisa... Temos nos preocupado loucamente em viver da melhor forma possível do lado de fora... E o nosso interior? Como anda a prática da nossa espiritualidade e da nossa religiosidade? É uma pergunta que deve ser estudada, junto com os planos para 2015. A paz interior certamente refletirá em cada pensamento e ação que realizarmos, e natural- mente tornará cada momento importante e cheio de sabedoria. A espiritualidade nada mais é que o nosso jeito de ser, de pensar, de agir. O que fazemos diante de uma pessoa que pede ajuda nas ruas? Aí está a nossa espiritualidade! A religião virá como uma oportunidade de fortalecer nossa es- piritualidade, e será também um meio grandioso para expressarmos o que queremos ser e o mundo em que queremos viver, além de promover ainda mais a solidariedade e o amor de Deus. Portanto, diante de tudo que está por vir, não deixemos de lado o nosso interior e não desistamos da paz, que está dentro de cada um pedindo urgentemente para ser praticada! Mais que os tradicionais votos de paz, que sejamos a própria paz! Deus jamais nos abandona, nós é que muitas vezes o deixamos de lado ou não temos tempo para sentir a sua presença... Um 2015 cheio de paz, espiritualidade e religiosidade a todos nós! Amanda Graziele Siqueira Pastoral Familiar EDITORIAL MENSAGEM DO MÊS NESTA EDIÇÃO Página 2 Página 8 Página 3 Página 4, 5, 6 e 7Cajado do Pastor, Imaculada Conceição e Sagrada Família Aniversário de Bragança, Coluna Jovem, Dizimistas Aniversariantes e Agenda Baile a Fantasia Aconteceu na Matriz e nas Comunidades ASemente ParóquiaSãoJosé BragançaPaulista/SP AnoIX-Ediçãonº95 Dezembro2014eJaneiro2015 Chegamos ao último mês deste ano e queremos render graças por tantos feitos de Deus em nossas vidas e em nossa Paróquia! Estamos no ADVENTO, tempo de repensarmos nossa vida, nossas ações, nos- sos pensamentos, nossos afazeres, enfim é tempo de fazermos uma avaliação em nossa vida, pois o NATAL se aproxima, e devemos estar de bem com nós mesmos, de coração limpo, para comemorarmos o nascimento do MENINO JESUS, e recebê-lo em nossa vida com alegria e paz. Desejamos a todos um tempo de preparação rico e pleno das graças de Deus. E que o Natal renove em nossos corações o amor pelos irmãos e o desejo de um mundo mais solidário!
  2. 2. Nesta edição gostaria de meditar com to- dos vocês, paroquianos de São José, a pri- meira celebração que realizaremos no ano de 2015, a festa de Maria Santíssima, Mãe de Deus. Desde os primórdios do cristianismo, os padres da Igreja meditaram e escreveram sobre as razões que fazem da Virgem uma criatura de tal modo excelsa, que é digna de um culto todo especial. E foram unânimes em afirmar um só motivo: ela é a Mãe de Deus e, por vontade do próprio Deus, mãe de todos os homens. Comenta São Cirilo de Alexandria, “a Vir- gem seria a mãe da divindade? A isso res- pondemos: o Verbo vivo, subsistente, foi ge- rado pela mesma substancia de Deus Pai, existe por toda a eternidade, conjuntamente com aquele que o gerou, está nele, com ele. Mas se fez carne no tempo, isto é, uniu-se a uma carne dotada de alma racional; por isso pode-se dizer que ele nasceu da mu- lher, segundo a carne. Esse mistério tem al- guma analogia com nosso próprio processo de geração.” A Mãe gera os membros do filho, mas Deus é que infunde a alma; apesar disso, ela é mãe de um ser vivo, da criança inteira, alma e corpo. A solenidade que celebramos neste 1º de Janeiro, que, por causa da refor- ma litúrgica, tomou o lugar da festa in octa- vaDomini, a Circuncisão, é a mesma que se celebrava a 11 de outubro, em memória do Concílio de Éfeso (431), do qual São Cirilo foi um dos protagonistas. O dogma decretado pelo concilio se liga outra verdade, para nós reconfortante, que é relativa à maternidade espiritual de Maria. Escreve São Pio X: “Nas mesmas entra- nhas puríssimas da Mãe, foi formada a car- ne de Cristo e ao mesmo tempo seu corpo espiritual, constituído dos futuros fiéis. Assim, de uma maneira espiritual e místi- ca, nós nos chamamos filhos de Maria, e ela é Mãe de todos nós. Que Maria, mãe de Deus e nossa mãe, nos abençoe e nos proteja durante todo o ano de 2015, e que juntos, como seus fi- lhos, possamos viver nossos dias ouvindo sua voz que nos convida a ouvir seu Filho Amado, Jesus Cristo, “Fazei tudo o que ele vos disser.” Feliz Natal e um Ano Novo cheio de paz e realizações... Deus abençoe você e toda a sua família... Pe. Jeferson Flavio Mengali Pároco Fonte: Os Santos e os Beatos da Igreja do Ocidente e do Oriente 2 Souza Silva CORRETORA DE SEGUROS Souza Silva Adm. Corr. Seguros Ltda. Rua Tupi, 153 - Sala 04 - Taboão - Brag Pta - SP - CEP 12.900-290 Fone/Fax: (11) 4032-0450 / 4033-7586 e-mail: sscorr@terra.com.br O CAJADO DO PASTOR MARIA SANTÍSSIMA, MÃE DE DEUS MADEIREIRA BRAGANTINA Av. José Gomes da Rocha Leal, 134 - Taboão - Bragança Paulista Tel.: (11) 4033-4048 - Fax: (11) 4033-2328 2 Dia 08 de dezembro Dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição No dia 8 de dezembro de 1854, através da bula Ineffabilis Deus do Papa Pio IX, a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma: “Maria isenta do pecado original”. A própria Virgem Maria, na sua aparição em Lourdes, em 1858, confirmou a definição dogmática e a fé do povo dizendo para Santa Bernadette e para todos nós: “Eu Sou a Imaculada Conceição”. A festa é celebrada no tempo litúrgico do Advento, de preparação para o Natal. A celebração da Imaculada dentro do Advento – tempo de preparação para o Natal de Jesus Cristo – deve nos animar a preparar os caminhos do Senhor e a endireitar seus caminhos. Nossa Senhora sob o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição é padroeira de nossa cidade, Bragança Paulista. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós. Amém. Dia 28 de dezembro – Dia da Sagrada Família “Que a família comece e termine sabendo onde vai. E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai. Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor. E que os filhos conheçam a força que brota do amor!” A família é o primeiro grupo a que pertencemos, é a primeira socieda- de em que somos incluídos. É a partir dela que adotamos nossos padrões e que formamos nossa identidade. A famí- lia deve ser criada no amor, na compreensão, no diálogo. Temos como exemplo, A Sagrada Família, a primeira de tantas outras famílias santas. Família de Nazaré, foi nesse ambiente que Jesus cresceu em “sabedoria e em estatura” (Lc 2). A Sagrada Família, imagem modelo de toda a família humana, ajude cada um a caminhar no espírito de Nazaré; Maria, Mãe do amor formoso, e José, Guarda e Redentor, nos acompanhem a todos com a sua incessante proteção. Amém. Dom Sérgio, Parabéns! É com muita alegria e gratidão que lhe parabenizamos pelo 5º ano conduzindo a Diocese de Bragança Paulista! Que Cristo, a luz verdadeira, te ilumine, guiando seus passos e o conduzindo em sua valorosa missão! Obrigado pelo seu trabalho, desempenhado com tanta sabedoria e dedicação! Parabéns! Que Deus o abençoe! Paróquia São José
  3. 3. Pe. Jeferson Mengali comemora mais um aniver- sário com fiéis e amigos. No dia 26 de novembro, Pe. Jeferson Mengali comemorou seu aniversário, presidindo Missa em Ação de Graças, na Capela Nossa Senhora do Bom Parto, com a presença dos fiéis, de toda comunida- de e do bispo emérito Dom José Maria Pinheiro. “Deus é maravilhoso e tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus”, com esta frase Pe. Jeferson iniciou sua homilia, onde inspirado pelo Espirito Santo fez uma profunda comparação entre a alegria da celebração a vida (seu aniversário), o nascimento de Davi e Enrico para Cristo ( batizado dos filhos de Eduardo e Camila, músicos da paró- quia), 50 anos de sacerdócio de Dom José que será celebrado em dezembro e a passagem para a vida eterna de Da. Maria Conceição Pitoco, que numa linda prova de fé e consideração se fez presente no comparecimento do Sr. Pitoco e filho à celebra- ção. Ser cristão não é para qualquer um, como diz o evangelho de Lucas. Mas é permanecendo firmes que vamos ganhar a vida eterna. É na dificuldade que daremos nosso testemunho de fé. Parabéns, Pe. Jeferson, pelo seu aniversário e acima de tudo por assumir esse serviço de evangelização! Sabe- mos que os desafios são grandes, mas o serviço de santificar o rebanho do Senhor é sobretudo, amor, testemunho de fé e caridade. Que Deus o abençoe! Legenda:AmandaGrazieleSiqueira–PastoralFamiliarLegenda:RitadeCássiaAlmeida–PASCOM No dia 23 de novembro, tivemos a imensa alegria de receber casais de diversas pastorais familiares da nossa região para passar o dia tratando de uma preciosidade da nossa Igreja: a Família.Após a Santa Missa celebrada pelo pároco Padre Jeferson Flávio Mengali, contamos com a importante presença do Bispo Dom Sérgio Aparecido Colombo, que fez a oração inicial e a abertura do evento, enfatizando a Família como experiência de humanização e santidade. A Comissão Arquidiocesana de Bioética e Defesa da Vida esteve presente, representada pelos palestrantes André Misiara e sua esposa, Adriana A. L. M. Costa, que, com muito saber, abordaram vários assuntos que permeavam a importância da preservação da instituição família, que vem sido degradada com o passar dos anos... Foram discutidos seus valores, como será a família no futuro, como a igreja deve agir a favor do bem familiar,eatémesmoquestõesmaisprofundas,como aborto e métodos contraceptivos, esclarecendo muita coisa aos agentes pastorais. Após o almoço, foram realizadas várias discussões em grupos, levantando possíveis ações e soluções, mediadas pela coordenadora diocesana Tânia Cortez. Foi um momento de grande estima e uma oportunidade de estarmos ainda mais a serviço de Deus! COMPRA - VENDA - INCORPORAÇÃO DE IMÓVEIS ALAMEDA POLÔNIA, 34 BRAGANÇA PAULISTA - SP CEP 12916-160 TEL.: (11) 4034-0543 FAX: (11) 4032-0044 CEL.: (11) 9989-1887 CACOCI CONSULTORIA E EMPREENDIMENTOS DE IMÓVEIS LTDA. CRECI 6.414-J www.cacociimoveis.com.br 3 ACONTECEU NA MATRIZ - ENCONTRO DIOCESANO DA PASTORAL FAMILIAR ACONTECEU NA CAPELA N. S. DO BOM PARTO - MISSA ANIVERSÁRIO PADRE JEFERSON Dr. Carlos Eduardo Falleiros Dr. Felipe M. C. V. Falleiros CRO 22762 CRO 76451 Implante Prótese Ortodontia Clínica Geral Cirurgia R. Octaviano Machado, 26 Santa Luzia 4034-0522 ODONTOLOGIA ESPECIALIZADAODONTOLOGIA ESPECIALIZADA Especialista em Implantodontia Rua Arthur Siqueira, 29 - Bragança Paulista - SP mecanicabarca@hotmail.com Tel/Fax: 4033-3684 Rua Cel Assis Gonçalves, 323 Bragança Paulista - SP Tel/Fax: 2473-2555 - 2473-8030 Produtos para sua Saúde! Loja Ampla e Moderna Estacionamento próprio
  4. 4. Chegou o dia. Mais um ano. Mais um aniversário... Muitas expectativas, sonhos e pedidos. É cer- tamente mais que uma ocasião para receber pre- sentes; é uma chance de festejar, agradecer e refletir sobre o que realizamos atu- almente em nossa vida, e, em nossa querida cidade que completa 251 anos. Uma jovem e linda senhora. Sim, minha cidade é uma linda e bela senhora. Falar sobre a sua origem? Todos nós sabemos a sua história. E a história que estamos construindo? O que efetivamente a nossa cidade representa nes- se seu aniversário, em minha vida, no nosso dia a dia em nossas comunidades? Qual a importância de Bragança Paulista em nossas vidas? Quando alguém faz aniversário e nos convida a participar e partilhar esse momento que é único, fi- camos todos na expectativa contando os dias e ho- ras para poder, com alegria, partilhar esse momento especial. Vocês já perceberam o quanto a nossa cidade é importante para cada um de nós, como também para aqueles que nos visitam? E só observamos o seu crescimento, sua atual situação em seus exube- rantes 251 anos e concluímos que nós fazemos par- te sim dessa sua existência, quer como os descen- dentes dos primeiros desbravadores, colonizadores, quer em busca de novos sonhos. Todos convidados a partilhar suas belezas, suas lindas montanhas, além do seu clima especial que atraem tantos outros a conhecer a cidade poesia, e nela fincar morada. E nessas terras entre montanhas, quantos encontros, quantas novas vidas geradas, quanto querer bem, quanto acolhimento... Bragança Paulista recebe, e continua a receber, novos bragantinos, dos mais diversos rincões desse País, que se maravilham logo na chega com o a paisagem que dá acesso a nossa variante, desembocando com a vista maravilhosa do Lago do Taboão, que se encantam com o estilo arrojado da nossa catedral, nossa praça central, nossa Santa Casa de Misericórdia, o nosso Clube Atlético Bragantino, a nossa Universidade, nosso aeroporto, as empresas que aqui fincaram raízes, seus bairros. Acolhe pessoas, famílias que aqui fincam residência, que aprendem a amar, a se apaixonar por essa estrela da serra da Mantiqueira, que brilha cada vez mais forte, e que nos dá a certeza de nos apaixonarmos mais e mais e participar desse seu aniversário com muito carinho e com muita ternura. Como bragantino, por opção, tenho orgulho da minha cidade, que me acolheu, me deu filhas e netos bragantinos. Vamos com alegria comemorar essa data, agradecer a grande oportunidade e o privilégio de morar nessa jovem cidade. Pensemos com cari- nho em tudo o que nós e suas famílias conseguimos em terras bragantinas. Procuremos ter uma visão ampla de tudo, as experiências mais significativas, alegres e tristes, tudo o que já vivemos até agora. Façamos uma oração especial e sejamos os primei- ros a dar a nossa querida Bragança Paulista os nos- sos parabéns. Afinal, todos nós queremos expressar a gratidão que sentimos por ter tido a felicidade de ter nascido, vivido, e ser acolhido aqui. Parabéns Bragança Paulista. Wagner Raposo Pimentel Equipe Liturgia 44 Na maioria das culturas, o álcool é a dro- ga mais utili- zada para fins recreativos e seu consumo é fortemente esti- mulado pela so- ciedade e pela mídia. Por ser uma droga socialmente aceita, as pes- soas aprendem a conviver com bebidas alcoólicas, iniciam o consumo moderado, restrito às ocasiões sociais e podem tornar-se dependentes após algum tempo. A passagem do beber moderado para a de- pendência não ocorre da noite para o dia - em geral demora vários anos. O prazo médio para instalação da dependência é de dez anos para homens e oito anos para mulheres, mas, esse tempo pode variar muito de uma pessoa para outra. Com a evolução da doença aumentam os danos e multiplicam-se os sintomas de abstinência. De um modo geral, as pessoas acham surpreendentemen- te fácil manter a abstinência em um hospital, onde não há nenhum estímulo para beber. Por isso, pas- sam a acreditar que são capazes de manter esse comportamento também fora desse local, mas não é o que normalmente ocorre. Depressinha, voltam para o vício. E quais os efeitos do consumo do álcool? Os efeitos predominantes do álcool são altera- ções na capacidade de julgamento e no humor, fala arrastada, atividade motora prejudicada (marcha instável ou oscilante), déficit de atenção, agressivi- dade, amnésia, rubor facial, alteração de compor- tamentos com prejuízos no campo social ou ocu- pacional e ataxia, que a falta de coordenação dos movimentos musculares. Os sintomas de abstinência (ou seja, os períodos em que a pessoa não está bebendo) são tremores que ocorrem eventualmente ou todas as manhãs; náuseas ao escovar os dentes ou após o café da manhã; sudorese e perturbações do humor. Nas fa- ses iniciais, a irritabilidade é comum; em estágios mais avançados, podem aparecer quadros apavo- rantes de agitação e depressão e uma necessidade incontida de acordar no meio da noite para beber. E o que dizer da dependência do álcool ? A dependência de álcool é uma doença biopsi- cossocial, isto é, sua origem, evolução, tratamento e manutenção da abstinência dependem de fatores biológicos (vulnerabilidade orgânica: condição ge- nética favorável à manifestação da doença), psico- lógicos (fuga de situações desagradáveis, redução da tensão ou timidez, etc.) e sociais (exemplos na família, influência de amigos, uso de remédios ca- seiros adicionados de bebidas alcoólicas, etc.). As consequências também atingem todos os as- pectos da vida da pessoa, seja na área biológica (saúde física), psicológica (saúde mental) e social (relacionamentos familiares, sociais e profissionais). A tolerância se reinstala rapidamente, mesmo após vários anos de abstinência se a pessoa voltar a ingerir bebida alcoólica. Isso ocorre pelo fato do uso prolongado de álcool, produzir alterações neu- rológicas e neuroquímicas irreversíveis no cérebro. Veja algumas das perturbações causadas pelo uso de álcool: Alucinose alcoólica: síndrome caracterizada por intensas alucinações visuais ou auditivas (ver ou ou- vir coisas inexistentes). Delírio de ciúme: síndrome caracterizada por ideias de que o cônjuge ou parceiro (a) esteja co- metendo adultério ou traição, gerando conflitos e agressões. Acidentes: são muito comuns os acidentes auto- mobilísticos, atropelamentos, quedas, ferimentos, agressões físicas, incêndios entre outros, associa- dos ao abuso de bebidas alcoólicas. Aqui em Bragança, existem dois grupos do A.A. (Alcóolicos Anônimos) onde dependentes químicos se encontram semanalmente para cuidar da sua de- pendência do álcool e dos caminhos para a recupe- ração: GRUPO APARECIDA – Reuniões às terças e sextas, às 20 horas. Ponto de referência: Igreja Nossa Senhora Apa- recida Local de funcionamento: Igreja Nossa Senhora Aparecida GRUPO ESPERANÇA Av. Dep. Virgílio de Carvalho Pinto 1000 Parque dos Estados Local de funcionamento: Igreja Nossa Senhora da Esperança Reuniões às quintas feiras, às 20 horas. João Roberto Cerasoli Pastoral Familiar ALCOOLISMO TEM CURA? FELIZ ANIVERSARIO, BRAGANCA!!! Av. Antonio Pires Pimentel, 907 - Bragança Paulista sdomincontabil@uol.com.br Fone / Fax: (11) 4034-3049 SÃO CONTABILIDADE
  5. 5. 5 Ola amigos! E o fim do ano que chegou... quantas coisas vivemos neste ano. Quantas coisas temos que agradecer ou quantas coisas temos que repen- sar para sermos melhor em 2015. Vamos aproveitar este tempo para praticar algo que anda meio esquecido ultimamente: a hospitali- dade! A hospitalidade é muito mais do que receber bem uma pessoa... é mostrar o quanto ela é impor- tante para voce. E para isso, não precisa mais do que um simples abraço! Um natal abençoado a todos e um Ano Novo re- pleto de conquistas! O Dia da Hospitalidade e os tempos atuais Dia 29 de janeiro é o dia da hospitalidade. A co- memoração começou a partir da liturgia da Igreja Católica, que reservava uma data para leituras de reflexão com foco na solidariedade e o acolhimento. Neste momento me vem à lembrança uma crôni- ca da Martha Medeiros que começa seu texto com o seguinte título: Em qual lugar você gostaria de estar agora, neste momento? Quando se lança esta per- gunta, a maioria imagina uma praia, um cenário de filme, um lugar dos sonhos ou estar em casa com a família, filhos curtindo o aconchego e a proximida- de com as pessoas que são importantes e queridas nas nossas vidas. Eis que logo no começo da leitu- ra, ainda no primeiro parágrafo, ela joga no ar que o melhor lugar do mundo onde todos nós gostaríamos de estar, é dentro de um abraço!!! Veja quanto aconchego existe “neste lugar” e quão simples ele pode parecer. Mas será que nos dias atuais o nosso abraço está sempre disponível? Ele nos espera, na sua candura e afeto, no bem querer e na vontade de dividir e somar com o outro, o nosso carinho, a nossa atenção, a nossa vontade de estar junto? Tudo isso junto pode ser traduzido em hospitalidade. Um abraço significa carinho, amor, afeto e ami- zade. Um abraço estabelece uma ligação íntima e saudável entre as pessoas. É bom tanto para quem dá, quanto para quem o recebe. É um gesto simples, porém carregado de senti- mentos. Desde a infância, as pessoas aprendem a abraçar aqueles que lhe são próximos para transmi- tir emoções diversas, seja em momentos de alegria, tristeza, saudade ou, simplesmente, quando dá von- tade. Por isso, neste ano que se inicia, vamos abraçar muito e mostrar como, dentro de algo tão simples, pode haver tanta hospitalidade, carinho e amor! Ligia Spina Grupo de Jovens IGNIS Dia 06 de janeiro comemora- -se “ DIA DO MENSAGEIRO”. O primeiro serviço desse tipo de que se tem notícia remonta há 2400 anos antes de Cristo, no antigo Egito. Na mitologia grega HERMES era o deus mensagei- ro. Hoje, as entregas de correspondências e o tra- balho de mensageiro em todo o país são de respon- sabilidade dos Correios, na figura do carteiro quem tem ainda o auxílio da tecnologia na tarefa. Nesse dia prestamos homenagem a quem leva e traz Men- sagens em todo universo, não importa que seja es- crita ou oral, o importante é que essa transmissão seja verdadeira, pontual, nesse trabalho ele é por- tador de mensagens de amor ou de dor, tudo que anuncia, nem sempre pressagia nossa expectativa. Destacamos também a importância dos Anjos mensageiros em nossa vida cristã. A palavra anjo, do latim “ângelus”, quer dizer mensageiro. Os anjos são servidores e mensagei- ros de Deus, como diz o salmista: “poderosos exe- cutores da sua palavra, obedientes ao som da sua palavra” (Sl 103,20). Deus os fez mensageiros do seu projeto de salva- ção da humanidade na anunciação do anjo Gabriel à Virgem Maria, quando anunciam aos pastores de Belém a grande notícia do nascimento do Messias e nos relatos evangélicos da ressurreição de Jesus (“o sepulcro está aberto e vazio”). O termo anjo também é um dos mais antigos títulos atribuídos ao próprio Jesus. “Jesus é chamado também de Anjo de Deus Pai: Ele é o Mensageiro por excelência do seu amor. Isso significa que, como Jesus foi anunciador do amor de Deus Pai, também nós o devemos ser da caridade de Cristo” e da sua ressurreição, da vitória sobre o mal e sobre a morte. No seu primeiro dia na terra santa, o Papa Fran- cisco nos pede também que sejamos mensageiros da paz, sem medo de sermos também mensageiros de CRISTO. Vera Lucia Pianho Pastoral Familiar No dia 21 de janeiro é come- morado o dia mundial da reli- gião. A criação da data foi com o objetivo de pro- mover a união de todas as religi- ões existentes no mundo, levando mais fé e esperança ao povo. A ideia entrou em vigor a partir de 1949, através da Assembleia Espiritual Nacional. A palavra religião vem do latim “religio,onis” e seu significado define-a como o conjunto de deter- minadas crenças e dogmas que levam o homem ao sagrado, onde cada uma apresenta suas práticas e ritos próprios, envolvendo ainda formas de compor- tamento e de cumprimento dos preceitos morais. O berço das religiões foi o Oriente Médio e a Ásia, onde nasceram as religiões monoteístas, que pregam a crença em um só Deus - como o cristianis- mo, o judaísmo e o islamismo. Porém, aquilo que deveria servir de ligação e harmonia entre os homens, também se tornou gran- de fonte de conflitos, por abranger opiniões e con- cepções divergentes em relação à divindade, que aparecem envolvendo princípios éticos, filosóficos e metafísicos. Um exemplo disso foram as cruzadas, guerra entre cristãos e muçulmanos, que acontece- ram entre os séculos VI e VIII, com o objetivo de impor o cristianismo no território onde se localizam Israel, Gaza e Cisjordânia, na época considerados Terra Santa. Dentre as principais religiões do mundo temos: - o Hinduísmo: surgiu na Índia em 1500 a.C e seu livro sagrado é o Vedas. É uma religião que apre- senta vários deuses, mas os principais deles, que formam a sagrada trindade, são: Brahma – deus da criação, Vishnu – deus da preservação e Shiva – deus da destruição e da recriação. - o Budismo: também da Índia, surgiu em 600 a.C, a doutrina é fundamentada nos preceitos do príncipe Sidarta Gautama, o Buda. - o Judaísmo: advindo da Palestina (Israel), em meados do século XVII a.C. o livro sagrado é a Ta- nach, que contém os mandamentos do judaísmo, onde creem ser descendentes de Abraão. - o Islamismo, da Arábia Saudita, tem como livro sagrado o Corão, baseado na doutrina de Maomé, enviado de Allah para ditar os mandamentos. Para os muçulmanos, “Abraão, Moisés e Jesus foram pro- fetas e receberam mensagens divinas” e não haverá outros profetas. - o Cristianismo se originou na região da atual Israel, antiga Palestina, no século I. Seu livro sagrado é a Bíblia, dividida em velho e novo testamento, que apresenta a vida e os ensinamentos de Jesus Cristo. - o Catolicismo é o maior ramo do cristianismo e o mais antigo como igreja organizada. A sede da Igre- ja e residência oficial do Papa estão localizados no Vaticano, país encravado na capital italiana, Roma. O livro sagrado dos católicos também é a bíblia, tendo como crença a Santíssima Trindade, através da relação entre o Pai, o Filho e o Espírito Santo. A crença também é atribuída à santidade de Maria, mãe de Jesus e a todos os santos. O Brasil é o maior país católico do mundo, com quase cento e vinte e cinco milhões de fiéis, que tra- duzem 74% da população do país. Porém, com o surgimento das igrejas evangéli- cas ou neopentecostais, a diversidade das religiões tem aumentado, o Brasil é um país altamente reli- gioso, abrangendo 95% da população. Além disso, o aumento das pessoas que não seguem religião alguma também tem crescido consideravelmente. No Brasil, as outras religiões somam apenas 5% da população, divididos entre espíritas, cultos afro- -brasileiros, judeus e seguidores das doutrinas orientais. Maurício Malengo COLUNA JOVEM DIA DO MENSAGEIRO DIA MUNDIAL DA RELIGIÃO AUGUSTO ALBERTO ROSSI R. Santa Clara, 1017 - Centro PABX: 4033-2021 Estacionamento Privativo para clientes Desde 1972 OAB/SP 27.126 ROSSANO ROSSI OAB/SP 93.560 ADVOGADOS Paul Wax LimpPaul Wax Limp AGORA MERCADÃO DA LIMPEZA SUPER ECONOMIA, E NO SEU CARRINHO VÃO PRODUTOS DE LIMPEZA A PREÇOS BARATOS PORQUE SOMOS DIFERENCIADOS Amplo Estacionamento Entrega em Domicílio Rua Alfredo Ortenzi, 133 - Jardim São José (Próximo cabeceira da pista do aeroclube) 4032-3815 / 4033-2638 / 9916-5020 EM NOVO ENDEREÇO
  6. 6. UNIMAGEM Unidade de Diagnóstico por Imagem Rua Bahia, 342 • Recreio Estoril Atibaia • SP • CEP 12944-060 Ressonância Magnética • Tomografia Computadorizada Mamografia • Densitometria Óssea • Radiologia Ultrassonografia • Angiografia Digital Fones (11) 4414-5029/5030 Fax (11) 4412-3267 56 A gula é fato tão presente na vida das pesso- as que até foi incluída na lista dos sete Peca- dos Capitais, Os sentimentos en- volvidos nos Pe- cados Capitais por si só não são negativos. O ne- gativo é alimen- tá-los e agir sob o efeito deles, não combatendo-os, nem trazendo novas alternativas de comportamento, minando com isso o crescimento e o fortalecimento das competências dentro das organizações. Ganhou dia de comemoração, dia 26 de janeiro, e não há quem não tenha resistido ou capitulado a ela ao menos uma vez: a gula é a bola da vez... Hummmm… melhor desculpa para sair da dieta é impossível! Ela geralmente é associada ao impulso de comer demais, mas este termo também pode ser aplicado a outras ações cometidas de maneira voraz e exces- siva. O impulso descontrolado pode vir sob a forma de consumismo, de ambição ou até mesmo como o vício pelo trabalho. Um deslize aqui e outro acolá são compreensíveis. Mas é preciso atenção para se certificar de que a gula não está tomando conta da sua vida. Quando a vida social começa a ser afeta- da, é preciso identificar de onde vêm esses anseios e buscar alternativas para lidar com isso da melhor maneira possível. De acordo com o Dicionário Auré- lio, a gula é o excesso na comida e na bebida, além de apego excessivo a boas iguarias. No dia-a-dia tem sempre aquela guloseima a qual não conseguimos resistir. Olho grande ou não, a tentação é grande. Se você cair em tentação, não se puna e nem fique com peso na consciência: um diazinho só de excesso não faz mal a ninguém! Abraço a todos...Fiquem com Deus!!! Dulcinéia Monichetti A Festa da Epifania do Senhor, celebrada pela Igreja Católica, é uma data especial em que o Menino Jesus foi apresentado para o mundo, que popularmente, recebe outros nomes, como o Dia de Reis - visita dos Reis Magos a Jesus.Os Magos seguiram a estre- la. Não duvidaram, porque sua fé era sólida, firme; não titubearam perante a fadiga de tão longa viagem, porque o seu coração era gene- roso. Não adiaram a viagem para mais tarde, porque tinham alma decidida.Sejamos estrelas que vão indicando o caminho ao próximo para que ele encontre o Messias Salvador. Há mui- tas maneiras de sermos estas estrelas, dando testemunho de Jesus Cristo. Isso na família, na Igreja e na sociedade. Que na festa da Epi- fania nos deixemos guiar pela estrela, iluminar por ela, e poderemos ser luz para os outros. blocos e lajes. ltda. BIRIÇÁ Blocos e Lajes Ltda. IRMÃOS BARLETTA - CREA - 0372392 ESCRITÓRIO: (11) 4035-1878 9989-3388 FÁBRICA: (11) 4031-8295 Depósito: AV. DOS IMIGRANTES 4289 - JD. SÃO LOURENÇO - BRAGANÇA PAULISTA - SP Matriz: SÍTIO SÃO CLEMENTE - BAIRRO BIRIÇÁ DO VALADO - BRAGANÇA PAULISTA - SP LAJES CONVENCIONAL E TRELIÇADA DIA DA GULA JOÃO ROBERTO CERASOLI ADVOGADO - OAB 137.519 SP CÍVEL - FAMÍLIA - TRABALHISTA PREVIDENCIÁRIO FONES: 2277-6343 / 4033-0843 / 97384-3288 (vivo) R. JOSÉ MATHIAS FARHAT SOBRINHO 11 - SALA 07 (EDIFICIO CAPITAL - AO LADO DA PADARIA VARANDA AMÉRICA - a 50 METROS DO FÓRUM) A Festa do Batismo do Senhor, celebrada no Domingo depois da Epifania encerra o ciclo das Festas da Manifestação do Senhor, o ciclo de Na- tal. Comemoramos o Batismo de Jesus por São João Batista nas águas do rio Jordão. Sem ter mancha alguma que purificar, Jesus quis subme- ter-se a esse rito tal como se submetera às de- mais observâncias legais que também não o obri- gavam. O Senhor desejou ser batizado, diz Santo Agostinho: “para proclamar com a sua humilda- de o que para nós era uma necessidade”. Com o batismo de Jesus, ficou preparado o Batismo cristão, diretamente instituído por Jesus Cristo e imposto por Ele como lei universal no dia da sua Ascensão: Todo poder me foi dado no céu e na terra, dirá o Senhor; ide, pois, ensinai a todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (Mt 28, 18-19).
  7. 7. 7 MATRIZ e CAPELA N. S. DO BOM PARTO aniversário de nascimento Adhemar José Magrini Liza Adriano Aparecido Furquim Cláudia Pintor Marcantonio Conceição Aparecida dos Santos Elza Aparecida Casotto Cacoci Francisca Dias Nani Geilda Rocha Fernandes Hevaldo Perlingeiro Abreu José Alonso de Toledo Lourival Antonio Polato Bim Luiz Fernandes Maria Aparecida da Silva Camussi Maria Conceição Vasques Lima Milene Martins da Cunha Natalino Vieira de Moraes Rosa Maria de Godoy Marchelli Sueli de Fátima Camargo Candido Ferreira Taisa de Araujo Cintra Tania Regina F. Silva Washingtion Luis Romagnoli aniversário de CASAMENTO Adriana e Adhemar José Magrini Lisa Adriana Moreira da Silva e Luiz Marciano Alayde Bernarde e Oswaldo Finco Ana Rosa e Wilson Albuquerque Lima Inez Almeida e Geraldo Luiz de Abreu Lucia e Antonio Augusto Queiroz Telles Maria Beatriz e Mateus da Costa Kawasaki Maria Cristina e Lourival Antonio Polato Bim Maria Emília e Luis Bernardino Barrio Terezinha Apparecida e Luiz Manoel de Araujo Vilma e Raphael Wohlers de Freitas Zélia Geralda e Vicente de Oliveira Souza BIRIÇA DO CAMPINHO aniversário de nascimento Amarildo Donizete Albergoni Diego de Souza Monteiro Eloi Gonçalves de Camargo Estevam Bueno Pinto Lucinéia Silveira Luis Carlos Alves Reginaldo Donizete Amaro Alves Rivail de Moraes Cardoso aniversário de casamento Ana Paula e Miltom de Moraes Cardoso Jandyra de Lima e Benedito Francisco Pereira Marceline Maria e Diego Antonio de Camargo Orlanda e Benedito João Cavallaro Sandra Aparecida e Amarildo Donizete Albergoni Valquiria e Luiz Gustavo Delchiaro COMUNIDADE CHÁCARAS FERNÃO DIAS aniversário de nascimento Dirce Spina Durvalina Egino de Souza Ilvana Ap. dos Santos aniversário de CASAMENTO Dirce S. Spina e Edison Spina Hilda Augusta e Jose Roberto Pires de Godoi BIRIÇA DO VALADO aniversário de nascimento Aline Luiza Cavallaro Ines Aparecida da Silva Israel Augusto da Silva José Antonio Cavallaro José Antonio de Souza Luis Carlos de Godoy Maria Pereira de Souza Marcia Fátima Cavallaro Paulina I. Cavallaro Rogério Tadeu do Prado Vanessa Luzia Ortiz aniversário de CASAMENto Cezilda e Luiz Antonio Fumachi Luzia de Fátima e José Airton de Araújo Madalena Pelacani e Pedro Antonio Cavallaro Maria de Lurdes e José Antonio Cavallaro Neusa e Jorge de Oliveira Valdinéia dos Santos e Joelson Dias Ribeiro Vergília da Silva e Jair Marques da Silva COMUNIDADE SAGRADA FAMÍLIA aniversário de nascimento Adão Antonio Alves Lucilene Camargo Ferreira Maria Aparecida da Silva Maria da Conceição S. Santos Manoela Ap. O. Nascimento aniversário de CASAMENTO Joicy e Jaime Gonçalves da Silva Maria do Carmo e Wilson Albino Maria da Conceição e Severino Fidelis dos Santos Neuza Ap. e Luiz Carlos Bueno da Silva Sonia Ap. e Adão Antonio Alves MATRIZ e CAPELA N. S. DO BOM PARTO aniversário de nascimento Adriana Cristina Silva Batista Adriana Vilchez Magrini Liza Alessandro de Oliveira Machado Anderson Aparecido Silva André Tejeda Delgado Antonio Carlos Dell’Orti Armando Pitocco Claudete de Lima Felizardo Davina de Araújo Zanini Geraldo Silva Júnior Hélio Sabbadim Filho Ioli Rizardi Ivete Pallis Domingues Alonso Lucas Turella Siqueira da Costa Othilia Mara de Oliveira Vicchiatti Patrícia de Oliveira Bellini Regina Aparecida Vieria Silva Regina de Almeida Furquim Simone de Jesus Dias Sabião Sirlei dos Santos Vera Lúcia Pianho Vilma Aparecida Tescke de Freitas aniversário de CASAMENTO Anna e Alentino Garcia Ramiro Aparecida de Fátima e Antonio Carlos Mateus Claudete e José Gilberto Felizardo Josiane Aparecida e Hélio Sabbadim Filho Maria Aparecida e Eliseu Donizetti Camussi BIRIÇA DO CAMPINHO aniversário de nascimento Adão Soares de Souza Alessandro Antonio Nobre da Luz Antonio Tadeu de Campos Francisco de Assis Mazochi Francisco Donizete Cypriano de Souza Fernando Silvio Nobre da Luz Haroldo Cipriano de Souza Ivone Ap. Ferro Moreno João Domingos Fontanive Maria Helena Moreno Ferro Marceline Maria F. de Souza Camargo Orlando Cypriano de Souza Sebastião Domingos de Souza Zilda Pereira da Silva Moraes aniversário de casamento Cinthía Helena e Afonso Luis C. de Souza Ivone Ap. e José Serafim Moreno Lucimara e João Domingos Fontanive Silvana e Francisco de Assis Mazochi COMUNIDADE CHÁCARAS FERNÃO DIAS aniversário de nascimento Benedita Ap. Vacari Maria Ap. de Melo Nauza de Souza Gomes aniversário de CASAMENTO Anizia Soares e Antonio Celestino Pereira Fabiana Martins e Elieldo Freitas Cavalcanti BIRIÇA DO VALADO aniversário de nascimento Anilda Vasco da Silva Aurora Cavallaro Eliseu Roberto da Silva Emidio José de Souza Éric Henrique da Silva Oliveira Joelson Dias Ribeiro Luiz Petroni Luis Carlos Morais Madalena Pelacani Cavallaro Maria Luiza Ribeiro Natália Aparecida da Silva Valdir Ap. de Souza aniversário de CASAMENto Aparecida Maria e Vinicio de Souza Anilda e Mario Rodrigues da Silva Cleide e Valdir Ap. de Souza Sonia Regina e João Roberto de Lima Lucilene e Rogério Tadeu do Prado COMUNIDADE SAGRADA FAMÍLIA aniversário de nascimento Denise Araújo Silva Igor Bras Silva Peixoto aniversário de CASAMENTO Maria Aparecida e José Roberto da Silva Sueli e Josenaldo Silva de Faria Geralda e Valdeci Ribeiro Casanaves Dia 07 – quarta-feira - 15h00’ – Missa da Saúde Dia 27 – terça-feira - 20h00’ – Reza do terço dos homens. Dia 28 – quarta-feira - 20h00’ – Hora Santa na Capela de N.Sra. do Bom Parto Dia 04 – quarta-feira - 15h00’ – Missa da Saúde Dia 06 – sexta-feira - 20h00’ – Missa votiva ao Sagrado Coração de Jesus Dia 18 – quarta-feira - 20h00’ – Missa de Cinzas Dia 24 – terça-feira - 20h00’ – Reza do terço dos homens. Dia 25 – quarta-feira - 20h00’ – Hora Santa na Capela de N.Sra. do Bom Parto AGENDA DE JANEIRO AGENDA DE FEVEREIRO DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES dezembro 2014 DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES dezembro 2014 DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES janeiro 2015 PREZADO DIZIMISTA Caso seu nome não esteja aqui relacionado, favor procurar um agente da Pastoral do Dízimo para atualização de seu cadastro. Obrigado!
  8. 8. 88 Agradecidos a Deus por todas as realizações e conquistas de 2014, realizamos o último evento festivo da Paróquia São José, o Baile a Fantasia, que foi realiza- do no Clube de Regatas Bandeirantes e contou com a presença de grande e animado público. Com a sensação de dever cumprido, que possamos abrir nossos corações e receber o Deus menino e então renovemos nossas forças para iniciar 2015 com muita garra e principalmente muita fé! Nosso muito obrigado a cada um que fez parte desta caminhada, Deus os abençoe! BAILE A FANTASIA DA PARÓQUIA SÃO JOSÉ Legenda:IlzeC.Bertin–PASCOM

×