SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Metáfora e novos negócios
Rogério
Higles
Gustavo
Samuel
Contexto Histórico
 A história teve início no dia 3 de agosto de 1905 quando o farmacêutico João
Baptista Raia, inaugurou a primeira loja na cidade de Araraquara, interior do
estado de São Paulo. Naquela época, a farmácia desempenhava um papel
social maior, muitas vezes em substituição à assistência médica básica. Nesse
tempo, o fundador da empresa criou um modelo de relacionamento centrado
no elemento humano, na figura do farmacêutico que preparava
artesanalmente a medicação prescrita pelo médico.
 Em 1918, enquanto os medicamentos que produzia contra a gripe espanhola
ganhavam fama, ele registrou o direito de uso da sua marca, antecipando o
bom negócio que viria a ser no futuro.
Contexto Histórico
 Em 1966, o Arturo Pipponzi, genro do fundador, efetivou a compra da
empresa. Somente em 1982, a rede de farmácias (então com sete lojas)
adotou oficialmente o nome usado atualmente.
 Desde então, a rede foi a primeira empresa varejista do país a concluir seu
processo de automação comercial em 1987, substituindo máquinas
registradoras por computadores.
 Ao final desta década a DROGA RAIA já possuía 37 lojas. Com a estruturação
de benefícios para clientes e o início da constituição de uma carteira de
clientes corporativos, o ritmo de crescimento foi acelerado ainda mais.
 Ao final dos anos 90, o número de lojas já era 78. A empresa se tornou, em
2000, por meio de sua expansão para o Rio de Janeiro, a primeira grande rede
do país a operar fora do seu mercado de origem.
Contexto Histórico
 Depois de rentabilizar e fortalecer sua operação neste novo mercado, a
empresa deu prosseguimento à sua expansão nacional no final de 2003, com a
entrada simultânea nos estados do Paraná e de Minas Gerais.
 Em 2009, a rede continuou a ingressar em novos bairros e cidades, para
alcançar novos consumidores, fortalecer a identidade e oferecer uma
experiência única de compra. Com isso a rede encerrou o ano com 299 lojas,
o que significou, em apenas três anos, dobrar o número de unidades.
 Em 2011 a empresa e a Drogasil comunicaram o fechamento do acordo de
fusão, formando uma fusão e tornando a maior companhia do varejo
farmacêutico do país, com 700 lojas e que juntas somam mais de 180 anos de
experiência e têm em comum a excelência de serviços no atendimento.
 Atualmente essa fusão continua sendo a maior do setor e com 1.457 lojas em
operação atendendo 21 estados em todo o Brasil.
Metáfora da máquina
 A empresa é planejada como uma estrutura racional de tarefas e atividades
com metas e objetivos, seu desenho se torna um organograma, as pessoas são
contratadas para operar a máquina e todo mundo deve comporta-se de
maneira predeterminada. A metáfora das maquinas é evidente em
praticamente todas as organizações modernas, e não é diferente na empresa .
A vida organizacional é muitas vezes roteirizada como a precisão de um
relógio. Espera-se que os funcionários sempre cheguem na mesma hora, e que
cumpram as metas pré-estabelecidas do dia. Os funcionários que trabalham
diretamente com o público têm um “ritual” para atender os clientes, que vai
desde sorrir até a maneira de olhar, tudo isso para passar a confiança ao
cliente.
 É possível ver na empresa muitos dos conceitos que as organizações
mecanicistas que aprenderam com os militares, o uso de escalões e
uniformes, regulamentos rígidos, aumento da especialização, linguagem de
comando e treinamento sistemático.
SWOT
 Forças
-Alto o nível de engajamento dos clientes.
-Eficiência no atendimento.
-União da equipe.
 Fraquezas
-Medicamentos são altamente perecíveis.
-Restrição de vendas a certos públicos.
SWOT
 Ameaças
-Leis que podem restringir ainda mais a venda de medicamentos.
-Novas concorrentes que vêm crescendo a partir do segundo semestre de 2016.
-Medicamentos vendidos sem receita/receitas falsas.
 Oportunidades
-Vendas online estão crescendo proporcionalmente a tecnologia.
-Ingressão no mercado de manipulação.
Metáfora do organismo
 A metáfora do organismo sugere que a organização pense como se fosse um
organismo, sistemas vivos que existem em ambientes diferentes e dos quais
dependem da satisfação de várias necessidades. A organização deve ser vista
como um sistema aberto, que sofre constante alterações dependendo do
ambiente exterior, o capitulo sugere que os empregados tem necessidades
complexas que precisam ser satisfeitas, como a empresa estudada trata
diretamente com o cliente, o funcionário tem que estar motivado ou com
essas necessidades supridas para fazer bem o seu trabalho por ser cargos
extremamente dinâmicos a empresa faz com que o funcionário se relacione
com diferentes áreas e funções fazendo com que ele supra automaticamente
as necessidades sociais dentro da empresa e de auto realização se feito um
bom trabalho, sempre se adaptando ao que é necessário.
SWOT
 Forças
-As dinâmicas dos cargos façam com que o funcionário se adapte bem, seja no
cargo ou de forma organizacional.
-Um funcionário com suas necessidades supridas, faz muito bem seu trabalho
melhorando seu rendimento e seu atendimento em loja.
-Por ser empresa de grande porte, a interferência da matriz ajuda a determinar o
que o ambiente determina e quais alterações devem ser feitas.
-O tempo no mercado e o porte da empresa faz com que questões de organização
sejam mais fáceis.
-Empresa totalmente aceita essa forma dinâmica, adaptável.
SWOT
 Fraquezas
-Caso as necessidades não forem supridas vai interferir diretamente no
rendimento da loja, já que o atendimento é feito pessoalmente ao cliente.
-A organização é relativa, não há uma forma determinada,
depende do ambiente e da adaptação a ser feita.
-Necessidade de equilibro no sistema internamente.
SWOT
 Ameaças
-O mais forte sobrevive, então caso não ocorra a adaptação ao ambiente a
empresa correrá riscos.
-Deve haver o equilíbrio interno, sem ele a empresa não será capaz de se adaptar
ao ambiente exterior.
 Oportunidades
-Formas de se organizar mais adaptável, sempre mudando ao que ambiente pedir
e sendo assim sendo melhor do que anteriormente.
-Oportunidade de ser uma organização diferente de outras empresas.
Metáfora da cultura
 Na metáfora da cultura a organização é vista como baseada em ideias,
valores, normas, rituais e crenças que sustentam a organização como uma
realidade construída socialmente, isto é um conjunto de padrões que
compartilham um significado comum aos atores organizacionais. Neste caso as
organizações são vistas como mini sociedades, com seus valores, rituais,
ideologias e crenças próprias.
SWOT
 Forças
-A cultura facilita a todos o entendimento de como a organização funciona.
-Os gerentes e supervisores locais são incentivados a buscarem alternativas para
que todo o grupo seja bem-sucedido.
 Fraquezas
-Uma cultura com valores negativos pode trazer impactos devastadores a toda
organização.
-A cultura da matriz não exerce forte influência nas lojas e filiais como o
esperado e mudanças de padrão e isso resulta em uma mudança de padrão
organizacional.
SWOT
 Ameaças
-Os ideais de alguns grupos da organização não são tangíveis, causando
desmotivação e impacto no atendimento ao cliente.
-O crescimento rápido e continuo da organização dificulta a coesão e solidez da
cultura organizacional.
 Oportunidades
-Aumento na variedade de produtos, para conseguir um público-alvo maior,
consolidando a marca em novos mercados.
-Treinar e capacitar os colaboradores para novos desafios, aproveitando então, o
crescimento e expansão da organização para efetivar e motivar os funcionários.
Metáfora do cérebro
SWOT
SWOT

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação1administração
Apresentação1administraçãoApresentação1administração
Apresentação1administraçãomarcos carlos
 
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTRE
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTREBACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTRE
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTREDenis Silva
 
Plano de Negócios Exclusive 2013
Plano de Negócios Exclusive 2013Plano de Negócios Exclusive 2013
Plano de Negócios Exclusive 2013Marcos Lemes
 
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25APAS Associação
 
(20110411) bprh big_ben
(20110411) bprh big_ben(20110411) bprh big_ben
(20110411) bprh big_benbrpharma
 
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 finalbrpharma
 
A gestão de projetos atps 1
A gestão de projetos atps 1A gestão de projetos atps 1
A gestão de projetos atps 1Ana Genesy
 
Mercado: Existe zona de conforto nele?
Mercado: Existe zona de conforto nele?Mercado: Existe zona de conforto nele?
Mercado: Existe zona de conforto nele?Jeferson L. Feuser
 
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno Facundes
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno FacundesCase Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno Facundes
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno FacundesBruno Facundes
 

Mais procurados (10)

Apresentação1administração
Apresentação1administraçãoApresentação1administração
Apresentação1administração
 
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTRE
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTREBACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTRE
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO - 3º SEMESTRE
 
Plano de Negócios Exclusive 2013
Plano de Negócios Exclusive 2013Plano de Negócios Exclusive 2013
Plano de Negócios Exclusive 2013
 
PLANO DE NEGÓCIO - FUNDIÇÃO MONFERRATO
PLANO DE NEGÓCIO - FUNDIÇÃO MONFERRATOPLANO DE NEGÓCIO - FUNDIÇÃO MONFERRATO
PLANO DE NEGÓCIO - FUNDIÇÃO MONFERRATO
 
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25
Revista Acontece - JUL 2013 - Ed. 25
 
(20110411) bprh big_ben
(20110411) bprh big_ben(20110411) bprh big_ben
(20110411) bprh big_ben
 
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final
(120213) brazil pharma_-_apresentação_santana_v2 final
 
A gestão de projetos atps 1
A gestão de projetos atps 1A gestão de projetos atps 1
A gestão de projetos atps 1
 
Mercado: Existe zona de conforto nele?
Mercado: Existe zona de conforto nele?Mercado: Existe zona de conforto nele?
Mercado: Existe zona de conforto nele?
 
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno Facundes
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno FacundesCase Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno Facundes
Case Young Lions 2016 - Cuidar de você. Essa é a atitude - Bruno Facundes
 

Semelhante a Metáforas e SWOT da Droga Raia

Trabalho Metáfora e Novos Negócios
Trabalho Metáfora e Novos NegóciosTrabalho Metáfora e Novos Negócios
Trabalho Metáfora e Novos NegóciosGustavo Sousa
 
Trabalho completo projeto de intervenção
Trabalho completo projeto de intervençãoTrabalho completo projeto de intervenção
Trabalho completo projeto de intervençãohalinedias
 
Tendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anosTendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anosGazin Atacado
 
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)brpharma
 
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociais
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociaisGuia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociais
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociaismLabs
 
Social Business - Onde aplicar em sua empresa
Social Business - Onde aplicar em sua empresaSocial Business - Onde aplicar em sua empresa
Social Business - Onde aplicar em sua empresaSidney Sossai
 
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)Bruno Trindade
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorUniversidade de Pernambuco
 
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...Charlayne Primo
 
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxUFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxScribd917701
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...nandogabriel2
 
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38APAS Associação
 
CHECK-UP Empresarial HBK Consultoria
CHECK-UP Empresarial HBK ConsultoriaCHECK-UP Empresarial HBK Consultoria
CHECK-UP Empresarial HBK ConsultoriaHBK Consultoria
 
Slides assai T.I.G
Slides assai T.I.GSlides assai T.I.G
Slides assai T.I.GJoão Silva
 
Administração de marketing e vendas
Administração de marketing e vendasAdministração de marketing e vendas
Administração de marketing e vendasFábio Guilhon
 
Racismo e violência numa rede de varejo.pdf
Racismo e violência numa rede de varejo.pdfRacismo e violência numa rede de varejo.pdf
Racismo e violência numa rede de varejo.pdfHELENO FAVACHO
 
Atps de adm mercadologica
Atps de adm mercadologicaAtps de adm mercadologica
Atps de adm mercadologicaAna Genesy
 
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...Charlayne Primo
 

Semelhante a Metáforas e SWOT da Droga Raia (19)

Trabalho Metáfora e Novos Negócios
Trabalho Metáfora e Novos NegóciosTrabalho Metáfora e Novos Negócios
Trabalho Metáfora e Novos Negócios
 
Trabalho completo projeto de intervenção
Trabalho completo projeto de intervençãoTrabalho completo projeto de intervenção
Trabalho completo projeto de intervenção
 
Tendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anosTendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anos
 
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)
Relatório anual 2012 (pt) melhor resolução (site)
 
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociais
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociaisGuia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociais
Guia essencial para uma pequena empresa vencer nas redes sociais
 
Social Business - Onde aplicar em sua empresa
Social Business - Onde aplicar em sua empresaSocial Business - Onde aplicar em sua empresa
Social Business - Onde aplicar em sua empresa
 
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)
Marketing de relacionamento/SIM_case bompreço (by Bruno Trindade)
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
 
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
 
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptxUFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
UFCD 7845 Empresas e o seu meio envolvente.pptx
 
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
Gestão comercial. gestão. comercial. marcos antônio queiroz. gestão comercial...
 
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38
Revista Acontece - SET 2014 - Ed. 38
 
Relatório estágio
Relatório estágioRelatório estágio
Relatório estágio
 
CHECK-UP Empresarial HBK Consultoria
CHECK-UP Empresarial HBK ConsultoriaCHECK-UP Empresarial HBK Consultoria
CHECK-UP Empresarial HBK Consultoria
 
Slides assai T.I.G
Slides assai T.I.GSlides assai T.I.G
Slides assai T.I.G
 
Administração de marketing e vendas
Administração de marketing e vendasAdministração de marketing e vendas
Administração de marketing e vendas
 
Racismo e violência numa rede de varejo.pdf
Racismo e violência numa rede de varejo.pdfRacismo e violência numa rede de varejo.pdf
Racismo e violência numa rede de varejo.pdf
 
Atps de adm mercadologica
Atps de adm mercadologicaAtps de adm mercadologica
Atps de adm mercadologica
 
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
A importância do endomarketing para o desenvolvimento corporativo. estudo de ...
 

Metáforas e SWOT da Droga Raia

  • 1. Metáfora e novos negócios Rogério Higles Gustavo Samuel
  • 2. Contexto Histórico  A história teve início no dia 3 de agosto de 1905 quando o farmacêutico João Baptista Raia, inaugurou a primeira loja na cidade de Araraquara, interior do estado de São Paulo. Naquela época, a farmácia desempenhava um papel social maior, muitas vezes em substituição à assistência médica básica. Nesse tempo, o fundador da empresa criou um modelo de relacionamento centrado no elemento humano, na figura do farmacêutico que preparava artesanalmente a medicação prescrita pelo médico.  Em 1918, enquanto os medicamentos que produzia contra a gripe espanhola ganhavam fama, ele registrou o direito de uso da sua marca, antecipando o bom negócio que viria a ser no futuro.
  • 3. Contexto Histórico  Em 1966, o Arturo Pipponzi, genro do fundador, efetivou a compra da empresa. Somente em 1982, a rede de farmácias (então com sete lojas) adotou oficialmente o nome usado atualmente.  Desde então, a rede foi a primeira empresa varejista do país a concluir seu processo de automação comercial em 1987, substituindo máquinas registradoras por computadores.  Ao final desta década a DROGA RAIA já possuía 37 lojas. Com a estruturação de benefícios para clientes e o início da constituição de uma carteira de clientes corporativos, o ritmo de crescimento foi acelerado ainda mais.  Ao final dos anos 90, o número de lojas já era 78. A empresa se tornou, em 2000, por meio de sua expansão para o Rio de Janeiro, a primeira grande rede do país a operar fora do seu mercado de origem.
  • 4. Contexto Histórico  Depois de rentabilizar e fortalecer sua operação neste novo mercado, a empresa deu prosseguimento à sua expansão nacional no final de 2003, com a entrada simultânea nos estados do Paraná e de Minas Gerais.  Em 2009, a rede continuou a ingressar em novos bairros e cidades, para alcançar novos consumidores, fortalecer a identidade e oferecer uma experiência única de compra. Com isso a rede encerrou o ano com 299 lojas, o que significou, em apenas três anos, dobrar o número de unidades.  Em 2011 a empresa e a Drogasil comunicaram o fechamento do acordo de fusão, formando uma fusão e tornando a maior companhia do varejo farmacêutico do país, com 700 lojas e que juntas somam mais de 180 anos de experiência e têm em comum a excelência de serviços no atendimento.  Atualmente essa fusão continua sendo a maior do setor e com 1.457 lojas em operação atendendo 21 estados em todo o Brasil.
  • 5. Metáfora da máquina  A empresa é planejada como uma estrutura racional de tarefas e atividades com metas e objetivos, seu desenho se torna um organograma, as pessoas são contratadas para operar a máquina e todo mundo deve comporta-se de maneira predeterminada. A metáfora das maquinas é evidente em praticamente todas as organizações modernas, e não é diferente na empresa . A vida organizacional é muitas vezes roteirizada como a precisão de um relógio. Espera-se que os funcionários sempre cheguem na mesma hora, e que cumpram as metas pré-estabelecidas do dia. Os funcionários que trabalham diretamente com o público têm um “ritual” para atender os clientes, que vai desde sorrir até a maneira de olhar, tudo isso para passar a confiança ao cliente.  É possível ver na empresa muitos dos conceitos que as organizações mecanicistas que aprenderam com os militares, o uso de escalões e uniformes, regulamentos rígidos, aumento da especialização, linguagem de comando e treinamento sistemático.
  • 6. SWOT  Forças -Alto o nível de engajamento dos clientes. -Eficiência no atendimento. -União da equipe.  Fraquezas -Medicamentos são altamente perecíveis. -Restrição de vendas a certos públicos.
  • 7. SWOT  Ameaças -Leis que podem restringir ainda mais a venda de medicamentos. -Novas concorrentes que vêm crescendo a partir do segundo semestre de 2016. -Medicamentos vendidos sem receita/receitas falsas.  Oportunidades -Vendas online estão crescendo proporcionalmente a tecnologia. -Ingressão no mercado de manipulação.
  • 8. Metáfora do organismo  A metáfora do organismo sugere que a organização pense como se fosse um organismo, sistemas vivos que existem em ambientes diferentes e dos quais dependem da satisfação de várias necessidades. A organização deve ser vista como um sistema aberto, que sofre constante alterações dependendo do ambiente exterior, o capitulo sugere que os empregados tem necessidades complexas que precisam ser satisfeitas, como a empresa estudada trata diretamente com o cliente, o funcionário tem que estar motivado ou com essas necessidades supridas para fazer bem o seu trabalho por ser cargos extremamente dinâmicos a empresa faz com que o funcionário se relacione com diferentes áreas e funções fazendo com que ele supra automaticamente as necessidades sociais dentro da empresa e de auto realização se feito um bom trabalho, sempre se adaptando ao que é necessário.
  • 9. SWOT  Forças -As dinâmicas dos cargos façam com que o funcionário se adapte bem, seja no cargo ou de forma organizacional. -Um funcionário com suas necessidades supridas, faz muito bem seu trabalho melhorando seu rendimento e seu atendimento em loja. -Por ser empresa de grande porte, a interferência da matriz ajuda a determinar o que o ambiente determina e quais alterações devem ser feitas. -O tempo no mercado e o porte da empresa faz com que questões de organização sejam mais fáceis. -Empresa totalmente aceita essa forma dinâmica, adaptável.
  • 10. SWOT  Fraquezas -Caso as necessidades não forem supridas vai interferir diretamente no rendimento da loja, já que o atendimento é feito pessoalmente ao cliente. -A organização é relativa, não há uma forma determinada, depende do ambiente e da adaptação a ser feita. -Necessidade de equilibro no sistema internamente.
  • 11. SWOT  Ameaças -O mais forte sobrevive, então caso não ocorra a adaptação ao ambiente a empresa correrá riscos. -Deve haver o equilíbrio interno, sem ele a empresa não será capaz de se adaptar ao ambiente exterior.  Oportunidades -Formas de se organizar mais adaptável, sempre mudando ao que ambiente pedir e sendo assim sendo melhor do que anteriormente. -Oportunidade de ser uma organização diferente de outras empresas.
  • 12. Metáfora da cultura  Na metáfora da cultura a organização é vista como baseada em ideias, valores, normas, rituais e crenças que sustentam a organização como uma realidade construída socialmente, isto é um conjunto de padrões que compartilham um significado comum aos atores organizacionais. Neste caso as organizações são vistas como mini sociedades, com seus valores, rituais, ideologias e crenças próprias.
  • 13. SWOT  Forças -A cultura facilita a todos o entendimento de como a organização funciona. -Os gerentes e supervisores locais são incentivados a buscarem alternativas para que todo o grupo seja bem-sucedido.  Fraquezas -Uma cultura com valores negativos pode trazer impactos devastadores a toda organização. -A cultura da matriz não exerce forte influência nas lojas e filiais como o esperado e mudanças de padrão e isso resulta em uma mudança de padrão organizacional.
  • 14. SWOT  Ameaças -Os ideais de alguns grupos da organização não são tangíveis, causando desmotivação e impacto no atendimento ao cliente. -O crescimento rápido e continuo da organização dificulta a coesão e solidez da cultura organizacional.  Oportunidades -Aumento na variedade de produtos, para conseguir um público-alvo maior, consolidando a marca em novos mercados. -Treinar e capacitar os colaboradores para novos desafios, aproveitando então, o crescimento e expansão da organização para efetivar e motivar os funcionários.
  • 16. SWOT
  • 17. SWOT