SlideShare uma empresa Scribd logo

Curativos especiais

1 de 38
Baixar para ler offline
Rodrigo Abreu
Curativos especiais
Hidrocolóide
É um curativo semipermeável à água de
 poliuretano (permite a respiração celular),
 contendo dois componentes absorventes e
 formadores de gel. O curativo é uma
 estrutura absorvente, elástica e não
 aderente, graças a combinação de seus
 componentes.
Hidrocolóide
          Principais Benefícios:
•   Proporciona o meio ideal para a cicatrização

• Alivia a dor

• Proteger contra traumas mecânicos

• É econômico (permanece por até 7 dias)

• Atende a todas as fases no processo de cicatrização
Úlceras de Perna

Recomendados

Atualização em curativos
Atualização em curativosAtualização em curativos
Atualização em curativosJocasta Bonmann
 
Feridas e Curativos
Feridas e CurativosFeridas e Curativos
Feridas e CurativosElayne Nunes
 
Curativo apresentação (1)
Curativo apresentação (1)Curativo apresentação (1)
Curativo apresentação (1)Solange Broggine
 
Feridas e curativos
Feridas e curativosFeridas e curativos
Feridas e curativosLuh Soares
 
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)Joseir Saturnino
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tratamento de feridas - Aula 03
Tratamento de feridas - Aula 03Tratamento de feridas - Aula 03
Tratamento de feridas - Aula 03SMS - Petrópolis
 
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENF
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENFAvaliação e tratamento de feridas - CBCENF
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENFJanaína Lassala
 
Aula de feridas e curativos - Completa
Aula de feridas e curativos -  CompletaAula de feridas e curativos -  Completa
Aula de feridas e curativos - CompletaSMS - Petrópolis
 
Anotacoes de enfermagem_em_curativos
Anotacoes de enfermagem_em_curativosAnotacoes de enfermagem_em_curativos
Anotacoes de enfermagem_em_curativosHeberth Macedo
 
Clínica cirúrgica aula teôrica 1 powerpoint data show
Clínica cirúrgica aula teôrica 1  powerpoint data showClínica cirúrgica aula teôrica 1  powerpoint data show
Clínica cirúrgica aula teôrica 1 powerpoint data showCésar Müller
 
Feridas E Curativos
Feridas E CurativosFeridas E Curativos
Feridas E Curativostecnicas
 
Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Aline Bandeira
 
A importância da mudança442
A importância da mudança442A importância da mudança442
A importância da mudança442Naira Viana Viana
 
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdf
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdfAssistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdf
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdfYuriFargom1
 
Cuidados com feridas
Cuidados com feridasCuidados com feridas
Cuidados com feridasRodrigo Abreu
 
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)Will Nunes
 

Mais procurados (20)

Tratamento de feridas - Aula 03
Tratamento de feridas - Aula 03Tratamento de feridas - Aula 03
Tratamento de feridas - Aula 03
 
Curativo
CurativoCurativo
Curativo
 
Tratamento de feridas
Tratamento de feridasTratamento de feridas
Tratamento de feridas
 
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENF
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENFAvaliação e tratamento de feridas - CBCENF
Avaliação e tratamento de feridas - CBCENF
 
Aula de feridas e curativos - Completa
Aula de feridas e curativos -  CompletaAula de feridas e curativos -  Completa
Aula de feridas e curativos - Completa
 
Feridas
FeridasFeridas
Feridas
 
Anotacoes de enfermagem_em_curativos
Anotacoes de enfermagem_em_curativosAnotacoes de enfermagem_em_curativos
Anotacoes de enfermagem_em_curativos
 
Feridas
FeridasFeridas
Feridas
 
Feridas - FSA
Feridas - FSAFeridas - FSA
Feridas - FSA
 
Curativo
CurativoCurativo
Curativo
 
Clínica cirúrgica aula teôrica 1 powerpoint data show
Clínica cirúrgica aula teôrica 1  powerpoint data showClínica cirúrgica aula teôrica 1  powerpoint data show
Clínica cirúrgica aula teôrica 1 powerpoint data show
 
Feridas E Curativos
Feridas E CurativosFeridas E Curativos
Feridas E Curativos
 
Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7
 
Ulcera De Pressao
Ulcera De PressaoUlcera De Pressao
Ulcera De Pressao
 
A importância da mudança442
A importância da mudança442A importância da mudança442
A importância da mudança442
 
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdf
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdfAssistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdf
Assistência de enfermagem a traqueostomia, colostomia, sonda e drenos.pdf
 
Cuidados com feridas
Cuidados com feridasCuidados com feridas
Cuidados com feridas
 
Manual sobre drenos
Manual sobre drenosManual sobre drenos
Manual sobre drenos
 
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)
Unidade de Terapia Intensiva (parte 2)
 
Ostomias
OstomiasOstomias
Ostomias
 

Destaque (6)

Trombose venosa profunda
Trombose venosa profundaTrombose venosa profunda
Trombose venosa profunda
 
Tratamento de feridas - Aula 01
Tratamento de feridas - Aula 01Tratamento de feridas - Aula 01
Tratamento de feridas - Aula 01
 
Manual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saudeManual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saude
 
Catálogo de curativos e coberturas
Catálogo de curativos e coberturasCatálogo de curativos e coberturas
Catálogo de curativos e coberturas
 
úLceras de pressão
úLceras de pressãoúLceras de pressão
úLceras de pressão
 
Úlcera Por Pressão
Úlcera Por PressãoÚlcera Por Pressão
Úlcera Por Pressão
 

Semelhante a Curativos especiais

Semelhante a Curativos especiais (18)

Coberturas 04.ppt
Coberturas 04.pptCoberturas 04.ppt
Coberturas 04.ppt
 
Curativos léia
Curativos  léiaCurativos  léia
Curativos léia
 
FERIDAS E COBERTURAS.pdf
FERIDAS E COBERTURAS.pdfFERIDAS E COBERTURAS.pdf
FERIDAS E COBERTURAS.pdf
 
curativos e coberturas.pdf
curativos e coberturas.pdfcurativos e coberturas.pdf
curativos e coberturas.pdf
 
Coberturas mais usadas na cce
Coberturas mais usadas na cceCoberturas mais usadas na cce
Coberturas mais usadas na cce
 
curativos aula.pptx
curativos aula.pptxcurativos aula.pptx
curativos aula.pptx
 
Principais produtos usados no tratamento de feridas
Principais produtos usados no tratamento de feridasPrincipais produtos usados no tratamento de feridas
Principais produtos usados no tratamento de feridas
 
curativohelpcompleto-160721140724.pdf
curativohelpcompleto-160721140724.pdfcurativohelpcompleto-160721140724.pdf
curativohelpcompleto-160721140724.pdf
 
FERIDAS CURSO.pdf
FERIDAS CURSO.pdfFERIDAS CURSO.pdf
FERIDAS CURSO.pdf
 
Resina acqua multiuso
Resina acqua multiusoResina acqua multiuso
Resina acqua multiuso
 
Limpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médicoLimpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médico
 
aula_2_2022.2.pptx
aula_2_2022.2.pptxaula_2_2022.2.pptx
aula_2_2022.2.pptx
 
evox_catalogo.pdf
evox_catalogo.pdfevox_catalogo.pdf
evox_catalogo.pdf
 
Diphoterine
DiphoterineDiphoterine
Diphoterine
 
Dryko Impermeabilizante Manta Líquida Drykolaje FT
Dryko Impermeabilizante Manta Líquida Drykolaje FTDryko Impermeabilizante Manta Líquida Drykolaje FT
Dryko Impermeabilizante Manta Líquida Drykolaje FT
 
TRATRAMENTO DE FERIDAS.pptx
TRATRAMENTO DE FERIDAS.pptxTRATRAMENTO DE FERIDAS.pptx
TRATRAMENTO DE FERIDAS.pptx
 
Ficha técnica dispositivo
Ficha técnica dispositivoFicha técnica dispositivo
Ficha técnica dispositivo
 
Limpeza de Feridas
Limpeza de FeridasLimpeza de Feridas
Limpeza de Feridas
 

Mais de Rodrigo Abreu

Aula 3 pesquisas eletrônicas
Aula 3   pesquisas eletrônicasAula 3   pesquisas eletrônicas
Aula 3 pesquisas eletrônicasRodrigo Abreu
 
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
Aula 2   elaboração trabalhos científicosAula 2   elaboração trabalhos científicos
Aula 2 elaboração trabalhos científicosRodrigo Abreu
 
Aula 1 elaboração de trabalhos científicos
Aula 1   elaboração de trabalhos científicosAula 1   elaboração de trabalhos científicos
Aula 1 elaboração de trabalhos científicosRodrigo Abreu
 
Aula 10 termoterapia e crioterapia
Aula 10  termoterapia e crioterapiaAula 10  termoterapia e crioterapia
Aula 10 termoterapia e crioterapiaRodrigo Abreu
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapiaRodrigo Abreu
 
Aula 08 aspiração endotraqueal
Aula 08   aspiração endotraquealAula 08   aspiração endotraqueal
Aula 08 aspiração endotraquealRodrigo Abreu
 
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31Rodrigo Abreu
 
Doenças prevalentes
Doenças prevalentesDoenças prevalentes
Doenças prevalentesRodrigo Abreu
 

Mais de Rodrigo Abreu (20)

Aula 3 pesquisas eletrônicas
Aula 3   pesquisas eletrônicasAula 3   pesquisas eletrônicas
Aula 3 pesquisas eletrônicas
 
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
Aula 2   elaboração trabalhos científicosAula 2   elaboração trabalhos científicos
Aula 2 elaboração trabalhos científicos
 
Aula 1 elaboração de trabalhos científicos
Aula 1   elaboração de trabalhos científicosAula 1   elaboração de trabalhos científicos
Aula 1 elaboração de trabalhos científicos
 
Ciclo iii 04
Ciclo iii 04Ciclo iii 04
Ciclo iii 04
 
Ciclo iii 03
Ciclo iii 03Ciclo iii 03
Ciclo iii 03
 
Ciclo iii 02
Ciclo iii 02Ciclo iii 02
Ciclo iii 02
 
Ciclo iii 01
Ciclo iii 01Ciclo iii 01
Ciclo iii 01
 
Aula 10 termoterapia e crioterapia
Aula 10  termoterapia e crioterapiaAula 10  termoterapia e crioterapia
Aula 10 termoterapia e crioterapia
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapia
 
Aula 08 aspiração endotraqueal
Aula 08   aspiração endotraquealAula 08   aspiração endotraqueal
Aula 08 aspiração endotraqueal
 
Genero 08
Genero 08Genero 08
Genero 08
 
Genero 07
Genero 07Genero 07
Genero 07
 
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31
Praticas integrativas complementares_plantas_medicinais_cab31
 
Genero 06
Genero 06Genero 06
Genero 06
 
Genero 05
Genero 05Genero 05
Genero 05
 
Saude mental
Saude mentalSaude mental
Saude mental
 
Saude adolescente
Saude adolescenteSaude adolescente
Saude adolescente
 
Ciclo i 03
Ciclo i 03Ciclo i 03
Ciclo i 03
 
Ciclo i 04
Ciclo i 04Ciclo i 04
Ciclo i 04
 
Doenças prevalentes
Doenças prevalentesDoenças prevalentes
Doenças prevalentes
 

Curativos especiais

  • 4. É um curativo semipermeável à água de poliuretano (permite a respiração celular), contendo dois componentes absorventes e formadores de gel. O curativo é uma estrutura absorvente, elástica e não aderente, graças a combinação de seus componentes.
  • 5. Hidrocolóide Principais Benefícios: • Proporciona o meio ideal para a cicatrização • Alivia a dor • Proteger contra traumas mecânicos • É econômico (permanece por até 7 dias) • Atende a todas as fases no processo de cicatrização
  • 11. Áreas de Difícil Oclusão
  • 13. Curativo Aliviador de Pressão Prevenção e tratamento das úlceras de pressão
  • 16. É uma fibra de não-tecido, impregnada de alginato de cálcio e sódio, extraídas de algas marinhas. É indicado para feridas superficiais,com perda parcial de tecido (placa) ou lesões cavitárias, profundas, altamente exsudativas, com ou sem infecção.
  • 17. Cobertura Alginato de Cálcio Características e Benefícios Produzido com fibras de algas marinhas embebidas em íons de sódio e cálcio; Alta absorção de exudato. Induz a hemostasia A fibra se transforma em um gel suave não aderente a ferida. Recortável e moldável Fácil aplicação e remoção  Evita maceração da pele ao redor da ferida  Reduz número de troca de curativos Preenche cavidades Mantém o leito úmido Deve ser trocado no máximo a cada 24 horas.
  • 22. O Hidrogel é um gel estéril, formulado com base hidrofílica enriquecida com óleo de origem vegetal. O produto é indicado para promover o desbridamento autolítico e conferir proteção às feridas secas, superficiais ou profundas, com necrose ou fibrina.
  • 23. Hidrogel Ingredientes: Função:  Carboximetilcelulose  Partículas absorventes de sódio  Desbridamento químico  Alginato de Cálcio Promove Granulação  Água Purificada
  • 24. Indicações:  Tratamento de feridas necrosadas / fibrina  Úlceras de perna (venosa / arterial)  Úlceras por pressão  Úlceras de pé diabético não - infectadas
  • 27. Trata-se de um curativo composto por carvão ativado pulverizado, impregnado com prata (0,15 %), indicado para feridas fétidas, infectadas ou com grande quantidade de exsudato.
  • 28. Indicações:  Possui grande capacidade de absorção de exsudato e odores, sendo indicado para lesões fétidas. Dever ser trocado a cada 48 a 72 horas, e quando existe uma grande quantidade de exsudato deve ser trocado com uma maior freqüência. Não é aconselhado cortar o curativo.
  • 30. Indicações:  Se apresentam como uma fina película de poliuretano adesivo que permite as trocas gasosas e a evaporação de água, sendo impermeável a liquidos e bactérias.  Sãoindicados para a proteção da pele íntegra, fixação cateteres, curativos secundários.  Pode ser mantido por até 7 dias
  • 31. Características:  Reduz risco de infecção por prevenir acúmulo de umidade;  Minimiza as trocas do curativo;  Impermeável à água e bactérias;  Fácil aplicação e remoção;  Permite a inspeção no local da punção para sinais de infecção ou flebite sem a necessidade de retirar o curativo;  Evita o atrito da a pele com as superfícies.
  • 32. É a prática de expor uma ferida a pressão sub-atmosférica por um longo período de tempo para promover o desbridamento e a cicatrização. O valor de pressão negativa de 125 mmHg é o indicado para não ocorrer interrupção do fluxo sanguíneo. Feridas provocadas por acidentes, queimaduras ou diabetes são cobertas pelas esponjas e envolvidas com plástico adesivo. Um tubo ligado à rede de vácuo faz uma sucção constante. Essa drenagem impede infecções e promove a multiplicação de vasos e a regeneração do tecido.
  • 34. Toda a área é coberto com uma membrana adesiva transparente, que é firmemente fixada à pele saudável ao redor da margem da ferida. A extremidade exposta do tubo de escoamento está ligado a uma fonte de vácuo, o líquido é aspirado através da espuma para um reservatório para posterior eliminação.
  • 36. Indicações: •Feridas traumáticas •Feridas subaguda (ou seja, abertura de pontos) •As úlceras por pressão •As feridas crônicas abertas (úlceras de estase e úlceras diabéticas) •Enxertos Contra- indicações: Fístulas Cavidades do corpo O tecido necrosado em escara Osteomielite Feridas Neoplásicas Feridas Hemorragicas