Fiocruz / RJ
30 e 31 de outubro de 2013
Oficina de Monitoramento Tecnológico
Ricardo Carvalho Rodrigues
Pesquisador DICOD/...
• Introdução
• Conceitos básicos para elaboração de estudos de
monitoramento tecnológico
• Apresentação das bases de paten...
Monitoramento Tecnológico – “consiste em coletar, analisar
e validar informação sobre desenvolvimentos científicos e
tecno...
• Atualmente, a análise de tecnologias emergentes e suas conseqüências
são vitais para economia, sociedade e empresas.
• E...
Introdução
Por que usar o sistema de patentes em
estudos de monitoramento
tecnológico ?
VANTAGENS
• Cobertura mundial  a maioria dos países permite a proteção por patentes. As
coleções de documentos completos ...
• Segundo a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI),
cerca de 2/3 das Informações Tecnológicas disponíveis e...
DESVANTAGENS
• Fatores institucionais, incluindo aspectos das leis de patentes e de
procedimentos internos que podem varia...
Patentes como Indicadores de Inovação?
Patentes como Indicadores de P&D?
X
Introdução
Invenção X Inovação
Invenção  Concepção de uma nova idéia ou de novos
conhecimentos sobre produtos e processos:
• não nec...
Tempo entre o lançamento de invenções e sua
utilização por mais de 50 milhões de pessoas
Fonte: Ruhoff, 2005
Introdução
Patentes como Indicadores de C&T
• São um meio de proteção de invenções desenvolvidas
por firmas, intituições ou indivíduo...
Patente como Indicador de P&D X
Patente como Indicador de Inovação
Baseia-se no pressuposto:
 do interesse por novas
tecn...
Baseia-se no pressuposto:
 do interesse por novas
tecnologias
 da atividade de P&D
 do nº de depósitos de patente
PATEN...
• Patente é fonte de informação para
elaboração de Estudos de Prospecção e
Monitoramento Tecnológico;
• Os resultados são,...
Principais Indicadores a partir de Patentes
Principais Indicadores a partir de Patentes
Principais Indicadores a partir de Patentes
Onde a
tecnologia foi
desenvolvida;
onde está
protegida
Principais Indicadores a partir de Patentes
Principais Indicadores a partir de Patentes
Outros Levantamentos Possíveis
Introdução
Outros Tipos de Monitoramento a partir da
Informação Tecnológica contida em Patentes
 Identificar o surgimento de uma tec...
 Rastrear competências tecnológicas;
 Identificar novos entrantes;
 Monitorar concorrentes;
 Antecipar movimentos de e...
• Introdução
• Conceitos básicos para elaboração de estudos de
monitoramento tecnológico
• Apresentação das bases de paten...
Informações contidas nos
documentos de patente
Conceitos básicos
Conceitos básicos
• O documento de patente
- Tipos de documentos de patentes
- Estrutura do documento de patente
- Fontes ...
Conceitos básicos
O documento de patente
• Tipos de documentos de patente
- Pedido de patente - documento depositado,
inde...
Pedidos publicados
Pedidos publicados - PCT
Pedidos concedidos
US
BR
Patente de Invenção
Modelo de Utilidade
Utility Patent
Design Patent
Plant Patent
Utility Model P...
Pedidos concedidos
País Nome da proteção Duração da Proteção
Indonesia Simple Patent 5
França Utility Certificate 6
Holand...
Tipos de documentos de patente
Fonte: http://www.wipo.int/export/sites/www/standards/en/pdf/07-03-02.pdf
Conceitos básicos
• O documento de patente
- Tipos de documentos de patentes
- Estrutura do documento de patente
- Fontes ...
• Estrutura do Documento de Patente
- Informações bibliográficas - Folha de rosto
- Relatório descritivo
- Reivindicações
...
Informações bibliográficas - Folha de rosto
Internationally agreed Numbers for the Indentification of bibliographic Data
(...
Informações bibliográficas - Folha de rosto
• Requerente/Titular
• Inventor
• Datas
• Prioridade
• Classificações
• Citaçõ...
Requerente / Titular
No contexto dos estudos envolvendo as patentes, o
Requerente/Titular representa o detentor de uma pat...
Applicants/holders Nº %
UNIV CALIFORNIA 32 1,2%
ONCOTHERAPY SCI INC; UNIV TOKYO 29 1,1%
HOFFMANN LA ROCHE INC 20 0,8%
UNIV...
Inventor
No contexto dos estudos envolvendo as patentes, o
Inventor representa a pessoa ou pessoas responsáveis
pelo esfor...
Datas
No contexto dos estudos envolvendo as patentes, as datas representam o
tempo associado ao desenvolvimento ou patente...
Classificações
No contexto dos estudos envolvendo as patentes, a classificação
representa um meio de identificação das car...
A análise das classificações fornece um meio de se categorizar as
invenções dentro de amplas seções tecnológicas ou subdiv...
Citações
No contexto dos estudos envolvendo as patentes, as
citações representam uma forte relação entre duas
invenções. A...
Campo do Documento Informacões
Data de Depósito
(Filling date ou Application date)
ano do depósito / país do depósito (PCT...
Dados extraídos da Folha de Rosto de todas as patentes US
Obs: Muitos documentos disponíveis no Esp@cenet já trazem esta
i...
Citados e citantes no Esp@cenet
Citados e citantes no Esp@cenet
Citados e citantes no Esp@cenet
- Estrutura do Documento de Patente
- Informações bibliográficas - Folha de rosto
- Relatório descritivo
- Reivindicações
...
Relatório descritivo
Detalha o estado da técnica, a invenção, ressaltando os problemas
técnicos resolvidos, as vantagens a...
Estado da Técnica
Sumário
da
Invenção
O relatório descritivo é uma das partes mais difíceis de interpretar uma vez
que apresentam informações da nova invenção e...
- Estrutura do Documento de Patente
- Informações bibliográficas - Folha de rosto
- Relatório descritivo
- Reivindicações
...
Reivindicações
As reivindicações representam o escopo legal de proteção de uma
patente sendo indiscutivelmente a parte mai...
A partir da leitura das reivindicações...
Família de patentes
Imagine
Não
seria ...
A família de patentes ajuda
- Reduzir a carga de trabalho
- Ultrapassar as barreiras linguísticas
- Descobrir invenções re...
O que significa Família de Patentes ?
Um conjunto de patentes depositadas em vários países
visando a proteção de uma inven...
Família de pessoas
são relacionadas por meio do parentesco
Família de invenções
são relacionadas por meio da prioridade
Fa...
Família extendida Família simples
Pessoas
Segundo o Esp@cenet:
Família Simples: composta por documentos que possuem
exatamente a mesma prioridade ou combinação de p...
PRIORIDADE
P1
PRIORIDADE
P2
PRIORIDADE
P3
DOCUMENTO
D3
DOCUMENTO
D4
DOCUMENTO
D2
DOCUMENTO
D1
Patentes
Família estendida F...
Família de patentes – são documentos de patente depositados em
diferentes países e que possuem prioridades em comum. Os pe...
• Introdução
• Conceitos básicos para elaboração de estudos de
monitoramento
• Apresentação das bases de patente, formas d...
Bases de patentes de
escritórios nacionais
Bases de Patente de Escritórios Nacionais
- Geralmente disponíveis para busca sem custo
- Alguns separam a busca de patent...
Espacenet
- Acesso a base de patentes de mais de 80 países
- Possui diferentes sintaxes de busca
- Possui documentos citados e citan...
http://worldwide.espacenet.com/help?locale=en_EP&method=handleHelpTopic&topic=coverageww
Acesso a base de patentes
de mais...
- Acesso a base de patentes de mais de 80 países
- Possui diferentes sintaxes de busca
- Possui documentos citados e citan...
http://documents.epo.org/projects/babylon/eponet.nsf/0/4E8744EB66E8F944C12577D600598EEF/$File/espacenet_brochure_en.pdf
Po...
http://documents.epo.org/projects/babylon/eponet.nsf/0/4E8744EB66E8F944C12577D600598EEF/$File/espacenet_brochure_en.pdf
Es...
Exemplo: IC = F41 and PN=BR and pd>=1993
Espacenet
Espacenet
Exemplo: IC = F41 and PN=BR and pd within “01.01.2002 31.12.2012”
Espacenet
- Acesso a base de patentes de mais de 80 países
- Possui diferentes sintaxes de busca
- Possui documentos citados e citan...
Espacenet
Espacenet
- Acesso a base de patentes de mais de 80 países
- Possui diferentes sintaxes de busca
- Possui documentos citados e citan...
Espacenet
- Acesso a base de patentes de mais de 80 países
- Possui diferentes sintaxes de busca
- Possui documentos citados e citan...
Espacenet
Espacenet
Espacenet
Espacenet
Mais de 34
milhões de
patentes
Patentscope
- Acesso a base de patentes de mais de 30 * países e pedidos PCT
- Permite diversas combinações de campo de busca
- Permit...
http://patentscope.wipo.int/search/en/help/data_coverage.jsf
Patentscope
- Acesso a base de patentes de mais de 30 * países e pedidos PCT
- Permite diversas combinações de campo de busca
- Permit...
Patentscope
Exemplo: Panorama
F41 ou F42
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Busca realizada em 2009
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Patentscope
Derwent Innovations Index (DII) via Portal Capes
 Possibilita a busca e recuperação de informações relativas a depósitos ...
Busca Simplificada
Combinando os resultados das buscas…
Combinando os resultados das buscas…
Listando os documentos obtidos na busca…
Listando os documentos obtidos na busca…
Elaborando outras estatísticas
que não as ofeceridas pela base
Derwent Innovations Index…
Retornando aos resultados da 1a busca…
Download dos dados bibliográficos dos documentos
(1-500) para Excel (versão anterior)
Download dos dados bibliográficos dos documentos
(1-500) para Excel (versão nova)
Planilha em Excel com os dados
bibliográficos dos 500 primeiros pedidos
Outras bases de dados
gratuitas - On-line
Bases de Patentes Gratuitas - Online
- Características similares às bases dos escritórios nacionais
- Algumas oferecem car...
Bases de Patentes Gratuitas - Online
http://www.patentlens.net/patentlens/structured.html
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
http://www.patentinspiration.com/
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de Patentes Gratuitas - Online
Bases de dados de patente
comerciais
Bases de dados comerciais
• Indexação aperfeiçoada - títulos, resumos e índices bibliográficos são aperfeiçoados
“traduzin...
Empresa Americana: Permite acesso a 900 bases de
dados em todas as áreas de conhecimento.
Endereço: www.dialog.com.
Empres...
• Introdução
• Conceitos básicos para elaboração de estudos de
monitoramento
• Apresentação das bases de patente, formas d...
Estudos de monitoramento
tecnológico publicados pelo
INPI
www.inpi.gov.br
Mapeamento Tecnológico do Biodiesel
sob o Enfoque de Documentos de Patente
Mapeamento Tecnológico do
Biodiesel sob o Enfoque de
Documentos de Patente
Diretoria de Cooperação para o Desenvolvimento ...
Análise das atividades de pesquisa e desenvolvimento
em Biodiesel no mundo e no Brasil, utilizando pedidos
de patente como...
 Planejamento – escolha da base, critérios para a busca
(classificação, palavras-chave, período, etc)
 Busca
 Refino e ...
 Busca
 Refino e Tratamento
 Análise e determinação de tendências
 Conclusão
Etapas
Objetivo - Recuperar o máximo de documentos
sobre a tecnologia a ser estudada.
Etapas:
1. Escolha da base de dados
2. Estr...
Objetivo do trabalho:
Determinar tendências de patenteamento em biodiesel
em nível mundial.
Bases escolhidas – abrangência...
• Epodoc – acervo de mais de 10 milhões documentos.
• DWPI e Chemical Abstracts – busca com palavras-chave é feita
no DWPI...
Busca - Biodiesel ou Bio()diesel
 EPODOC – Cada registro representa um documento de patente
 467 famílias
 DWPI – Cada ...
Busca – Biodiesel ou Bio()diesel
Derwent EPODOC
Chemical
Abstracts**
INPI*
X
X X
X
X X X
X
X X
X X
X X X
X
X X X X
X X
X X...
Busca – Estratégia de busca
 Primeira patente de biodiesel  1937 (G. Chavanne, em
Bruxelas/Bélgica. Patente 422.877)
 B...
Busca – Estratégia de busca
 Termos - “fatty acid” / ester / methyl ou ethyl ou alkyl /
diesel ou fuel  busca nas bases ...
Busca - Resultado
6932 documentos de pedidos e/ou patentes
2836 famílias de patentes
Como tratar?
Etapas
 Busca
 Refino e Tratamento
 Análise e determinação de tendências
 Conclusão
Refino e Tratamento dos Dados
 Ferramenta utilizada  banco de dados Access
 Dados exportados da base Epodoc em txt, tra...
Etapas
• download dos registros das bases;
• indexação dos registros em um banco de dados em
Access;
• leitura dinâmica do...
Exemplos de algumas tecnologias descritas em pedidos sobre o tema
“…Continuous method of preparing biological diesel oil…”...
Setores descritos em patentes relacionadas a biodiesel:
 produção de biodiesel
 Composições
 Automotivo
 matéria-prima...
v
Uniformização dos depositantes
“INST FRANCAIS DU PETROL”
“INSTUTUTFRANCAIS DU PETROLE”
“INST DU PETROLE”
IFP – INSTITUTE F...
Após a leitura dos títulos e resumos:
 2846 pedidos de patente (1021 famílias) foram retirados da base por não
estarem re...
Etapas
 Busca
 Refino e Tratamento
 Análise e determinação de tendências
 Conclusão
Análise
Base de dados relacional permite diversas correlações de dados:
 nº de depósitos x ano
 nº de documentos x depos...
0
50
100
150
200
250
300
350
400
450
2006
2004
2002
2000
1998
1996
1994
1992
1990
1988
1986
1984
1982
1980
1978
1976
1974
...
0
5
10
15
20
25
30
35
40
2006
2005
2004
2003
2002
2001
2000
1999
1998
1997
1996
1995
1994
1993
1992
1991
1990
1989
1988
19...
Principais Depositantes de Patentes
Relacionadas a Biodiesel no Mundo
(1996-2006)
0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50
MONSANTO ...
Mundo
 Cabe ressaltar que os Estados Unidos optaram por proteger as novas cultivares
por meio do sistema de patentes, razão pel...
Principais depositantes em
Biodiesel no Brasil
(documentos publicados
entre 1996-2006)
0 1 2 3 4 5 6
UNIVERSIDADE FEDERAL ...
Brasil
Produção de
Biodiesel
40%
Biodiesel - outros
usos
6%
Setor Automotivo
11%
Catalisadores ou
enzimas
2%
Uso dos
Subprodutos
...
Distribuição Setorial dos Pedidos de Patente Relacionados a Biodiesel
no Brasil no Período 1996-2006
(nº de pedidos public...
Distribuição Setorial dos Pedidos de Patente Relacionados a Biodiesel de
Depositantes Brasileiros no Período 1996-2006
(nº...
Conclusões
O estudo identificou o estágio atual da P&D em biodiesel no Brasil e no
mundo, mapeando os principais depositan...
Oficina de Monitoramento Tecnológico
Fiocruz / RJ
30 e 31 de outubro de 2013
Ricardo Carvalho Rodrigues
Pesquisador DICOD/...
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI

2.082 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.082
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
70
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina de monitoramento de patentes com exercícios INPI

  1. 1. Fiocruz / RJ 30 e 31 de outubro de 2013 Oficina de Monitoramento Tecnológico Ricardo Carvalho Rodrigues Pesquisador DICOD/ACAD/COPPG Rafaela Di Sabato Guerrante Pesquisador DICOD/CEDIN/OBTEC
  2. 2. • Introdução • Conceitos básicos para elaboração de estudos de monitoramento tecnológico • Apresentação das bases de patente, formas de recuperação e ferramentas disponíveis para o tratamento dos dados • Estudo de casos Roteiro
  3. 3. Monitoramento Tecnológico – “consiste em coletar, analisar e validar informação sobre desenvolvimentos científicos e tecnológicos em uma área de interesse definida, para dar suporte a uma ação ou decisão específica. Pode ser um estudo isolado que é iniciado e concluído em poucos meses ou um esforço contínuo e interativo” (CGEE, 2008). Introdução
  4. 4. • Atualmente, a análise de tecnologias emergentes e suas conseqüências são vitais para economia, sociedade e empresas. • Estas análises apóiam decisões críticas em nível governamental (regional, nacional ou supranacional) e institucional (ex. uma empresa). • Os tomadores de decisão precisam estar muito bem informados para: - priorizar esforços de P&D; - entender e gerenciar os riscos de inovação tecnológica; - explorar a propriedade intelectual; - aumentar a competitividade de produtos, processos e serviços. Fonte:Porter, 2004 Introdução
  5. 5. Introdução Por que usar o sistema de patentes em estudos de monitoramento tecnológico ?
  6. 6. VANTAGENS • Cobertura mundial  a maioria dos países permite a proteção por patentes. As coleções de documentos completos estão centralizadas em escritórios nacionais ou regionais de patentes. Muitas delas podem ser acessadas pela internet. Ex. http://www.wipo.int/ipdl/en/resources/links.jsp • Informação tecnológica mais atual  18 meses de sigilo + tempo para indexação nas bases de dados após publicação; • Abrange quase todos os campos tecnológicos, organizados pela Classificação Internacional de Patentes  critério objetivo para acessar documentos relevantes; • Formato universal  dados bibliográficos distribuídos de forma padronizada em campos específicos e codificados (numerados). Introdução
  7. 7. • Segundo a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), cerca de 2/3 das Informações Tecnológicas disponíveis em todo o mundo somente são reveladas nos documentos de patente (Fonte: Marmor 1979, Thomson 2007); • Tem um crescimento anual aproximado de 2.000.000 documentos de patentes no mundo (fonte: OMPI 2009); • Estudo feito na Alemanha concluiu que os custos de P&D poderiam ser reduzidos em 30%, caso a informação técnica disponível fosse utilizada.(Fonte Autrian Patent Office, 2007) • Segundo estimativa da Organização Britânica de Patentes, 20 bilhões de libras por ano são desperdiçadas na Comunidade Européia devido a invenções duplicadas (fonte: UK Intellectual Property Office, 2007) Introdução VANTAGENS
  8. 8. DESVANTAGENS • Fatores institucionais, incluindo aspectos das leis de patentes e de procedimentos internos que podem variar de um país ou instituição para outro. Ex. patentes de plantas nos EUA; • A opção de algumas empresas por proteger suas invenções por meio de segredo industrial, evitando a divulgação obrigatória no caso de patente; • Diferenças na forma de patentear em função das diversidades de cada setor tecnológico, escritório de patente, mercado e/ou tipo de inventor e empresa. Ex. patentes de compostos químicos X patentes de aeronaves; • Período de sigilo. Introdução
  9. 9. Patentes como Indicadores de Inovação? Patentes como Indicadores de P&D? X Introdução
  10. 10. Invenção X Inovação Invenção  Concepção de uma nova idéia ou de novos conhecimentos sobre produtos e processos: • não necessariamente é incorporada ao processo produtivo; • sua comercialização depende da relação entre o custo de produção, os investimentos para a sua comercialização (propaganda etc.) e o mercado a ser atendido. Inovação  Incorporação dos novos conhecimentos à atividade produtiva. Introdução
  11. 11. Tempo entre o lançamento de invenções e sua utilização por mais de 50 milhões de pessoas Fonte: Ruhoff, 2005 Introdução
  12. 12. Patentes como Indicadores de C&T • São um meio de proteção de invenções desenvolvidas por firmas, intituições ou indivíduos  indicadores de invenção. • Para uma invenção se tornar uma inovação, há necessidade de esforços empreendedores para desenvolver, produzir e comercializar a invenção. Introdução
  13. 13. Patente como Indicador de P&D X Patente como Indicador de Inovação Baseia-se no pressuposto:  do interesse por novas tecnologias  da atividade de P&D  do nº de depósitos de patente Novos produtos e processos no mercado PATENTE COMO INDICADOR DE P&D PATENTE COMO INDICADOR DE INOVAÇÃO
  14. 14. Baseia-se no pressuposto:  do interesse por novas tecnologias  da atividade de P&D  do nº de depósitos de patente PATENTE COMO INDICADOR DE P&D X X  do nº de artigos publicados BRASIL Patente como Indicador de P&D X Patente como Indicador de Inovação
  15. 15. • Patente é fonte de informação para elaboração de Estudos de Prospecção e Monitoramento Tecnológico; • Os resultados são, na maioria das vezes, quantitativos, mas seu uso no processo decisório deve levar em consideração as avaliações qualitativas dos especialistas. Patente como Indicador de P&D X Patente como Indicador de Inovação
  16. 16. Principais Indicadores a partir de Patentes
  17. 17. Principais Indicadores a partir de Patentes
  18. 18. Principais Indicadores a partir de Patentes
  19. 19. Onde a tecnologia foi desenvolvida; onde está protegida Principais Indicadores a partir de Patentes
  20. 20. Principais Indicadores a partir de Patentes
  21. 21. Outros Levantamentos Possíveis Introdução
  22. 22. Outros Tipos de Monitoramento a partir da Informação Tecnológica contida em Patentes  Identificar o surgimento de uma tecnologia (patente fundamental ou básica) e mapear sua evolução;  Identificar tecnologias emergentes;  Prever novos produtos  Identificar potenciais rotas para aperfeiçoamentos em produtos e processos existentes;  Identificar mudanças na estratégia de P&D;
  23. 23.  Rastrear competências tecnológicas;  Identificar novos entrantes;  Monitorar concorrentes;  Antecipar movimentos de empresas;  Identificar inventores que pesquisam o mesmo tema;  Identificar fontes de licenciamento de tecnologia; etc. Outros Tipos de Monitoramento a partir da Informação Tecnológica contida em Patentes
  24. 24. • Introdução • Conceitos básicos para elaboração de estudos de monitoramento tecnológico • Apresentação das bases de patente, formas de recuperação e ferramentas disponíveis para o tratamento dos dados • Estudo de casos Roteiro
  25. 25. Informações contidas nos documentos de patente Conceitos básicos
  26. 26. Conceitos básicos • O documento de patente - Tipos de documentos de patentes - Estrutura do documento de patente - Fontes de documentos de patente
  27. 27. Conceitos básicos O documento de patente • Tipos de documentos de patente - Pedido de patente - documento depositado, independente de ter sido concedido ou não. - Patente concedida – documento final, após o processamento do pedido.
  28. 28. Pedidos publicados
  29. 29. Pedidos publicados - PCT
  30. 30. Pedidos concedidos US BR Patente de Invenção Modelo de Utilidade Utility Patent Design Patent Plant Patent Utility Model Patent
  31. 31. Pedidos concedidos País Nome da proteção Duração da Proteção Indonesia Simple Patent 5 França Utility Certificate 6 Holanda Short Term Patent 6 Grécia Utility Model 7 Austrália Innovation Patent 8 Tailândia Petty Patent 10 Brasil Utility Model 15 Malásia Utility Innovation 15 Japão Utility Model >15 Coréia Utility Model >15
  32. 32. Tipos de documentos de patente Fonte: http://www.wipo.int/export/sites/www/standards/en/pdf/07-03-02.pdf
  33. 33. Conceitos básicos • O documento de patente - Tipos de documentos de patentes - Estrutura do documento de patente - Fontes de documentos de patente
  34. 34. • Estrutura do Documento de Patente - Informações bibliográficas - Folha de rosto - Relatório descritivo - Reivindicações Conceitos básicos
  35. 35. Informações bibliográficas - Folha de rosto Internationally agreed Numbers for the Indentification of bibliographic Data ( )INID codes
  36. 36. Informações bibliográficas - Folha de rosto • Requerente/Titular • Inventor • Datas • Prioridade • Classificações • Citações Obs: Título e Resumo
  37. 37. Requerente / Titular No contexto dos estudos envolvendo as patentes, o Requerente/Titular representa o detentor de uma patente com os quais devem ser conduzidas as negociações dos direitos associados à invenção.
  38. 38. Applicants/holders Nº % UNIV CALIFORNIA 32 1,2% ONCOTHERAPY SCI INC; UNIV TOKYO 29 1,1% HOFFMANN LA ROCHE INC 20 0,8% UNIV TEXAS 19 0,7% CORIXA CORP 19 0,7% GENENTECH INC 18 0,7% ONCOTHERAPY SCI INC 15 0,6% ASTRAZENECA AB 14 0,5% PROTIA LLC 14 0,5% UNIV JOHNS HOPKINS 13 0,5% UNIV SEOUL NAT IND FOUND 13 0,5% UNIV NANKAI 13 0,5% NOVARTIS AG 12 0,5% UNIV ZHEJIANG 12 0,5% GENENTECH INC; HOFFMANN LA ROCHE 12 0,5% Subtotal 255 9,6% Applicants/holders Nº % ONCOTHERAPY SCI INC 40 1,4% GLAXOSMITHKLINE 29 1,0% UNIV CALIFORNIA 26 0,9% UNIV TOKYO 26 0,9% HOFFMANN LA ROCHE&CO AG F 21 0,7% PROTIA LLC 14 0,5% UNIV NANKAI 13 0,4% UNIV SEOUL NAT IND FOUND 12 0,4% UNIV ZHEJIANG 12 0,4% UNIV JOHNS HOPKINS 11 0,4% UNIV MICHIGAN 11 0,4% CAPRION PHARM INC; CHELSKY D; HAMAIDI L; HUGO P; KEARNEY P E; KONDEJEWSKI L H; LANOIX J; PARAMITHIOTIS E 9 0,3% UNIV SUN YET-SEN 8 0,3% UNIV FUDAN 8 0,3% TAKEDA PHARM CO LTD 8 0,3% UNIV SOUTHERN CALIFORNIA 8 0,3% UNIV TEXAS SYSTEM 8 0,3% UNIV LIAOCHENG 8 0,3% Subtotal 272 9,2% Harmonizado Sem fusão e aquisição Com parceria Não harmonizado Com fusão e aquisição Sem parceria
  39. 39. Inventor No contexto dos estudos envolvendo as patentes, o Inventor representa a pessoa ou pessoas responsáveis pelo esforço intelectual associado com a invenção.
  40. 40. Datas No contexto dos estudos envolvendo as patentes, as datas representam o tempo associado ao desenvolvimento ou patenteamento de uma invenção. A análise das datas pode fornecer indicações de quando as invenções foram desenvolvidas e quanto tempo levaram para serem aperfeiçoadas e modificações começarem a ocorrer. Nº de Pedidos de Patente em Biodiesel Publicados por Ano por Brasileiros 0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 200 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997 1996 1995 1994 1993 1992 1991 1990 Ano de Publicação NºdePedidosdePatente Composição Setor Automotivo Matéria prima Produção de biodiesel Nº de pedidos de patente em Biodiesel, por setor, publicados por ano no mundo
  41. 41. Classificações No contexto dos estudos envolvendo as patentes, a classificação representa um meio de identificação das características ou atributos técnicos associados com uma invenção. CIP
  42. 42. A análise das classificações fornece um meio de se categorizar as invenções dentro de amplas seções tecnológicas ou subdividi-las dentro de seções baseadas em novos desenvolvimentos ou melhorias.
  43. 43. Citações No contexto dos estudos envolvendo as patentes, as citações representam uma forte relação entre duas invenções. A análise das citações fornecem um meio de identificar documentos que podem ter tido um alto impacto no desenvolvimento de uma tecnologia.
  44. 44. Campo do Documento Informacões Data de Depósito (Filling date ou Application date) ano do depósito / país do depósito (PCT) Inventor(es) pesquisadores, inventores isolados etc. / país do inventor Depositante(s) (Applicant ou Assignee) empresas, universidades, institutos de pesquisa, agências de fomento, pesquisadores, inventores isolados etc./ país do depositante Data da Prioridade (Priority ou Prior Application Date) Supor a época da finalização do desenvolvimento da tecnologia Data de Publicação / No da Publicação Internacional (PCT) ano da publicação / país de depósito (internacionalização), status do documento (pedido publicado ou patente concedida) Classificação Internacional de Patentes (CIP) código alfanumérico da CIP, edição da CIP – indicação da natureza da tecnologia Informações bibliográficas - Folha de rosto
  45. 45. Dados extraídos da Folha de Rosto de todas as patentes US Obs: Muitos documentos disponíveis no Esp@cenet já trazem esta informação. Referências Citadas (Foreign Patent Documents + Other References) Documentos (relevantes ou do estado da técnica) citados pelo examinador após o exame Referências Citantes (Referenced by) Documentos posteriores ao documento de referência, que o citam Campo do Documento Informacões Informações bibliográficas - Folha de rosto
  46. 46. Citados e citantes no Esp@cenet
  47. 47. Citados e citantes no Esp@cenet
  48. 48. Citados e citantes no Esp@cenet
  49. 49. - Estrutura do Documento de Patente - Informações bibliográficas - Folha de rosto - Relatório descritivo - Reivindicações Conceitos básicos
  50. 50. Relatório descritivo Detalha o estado da técnica, a invenção, ressaltando os problemas técnicos resolvidos, as vantagens alcançadas e um melhor meio de execução da invenção que permita um técnico no assunto implementá-la. Fonte:Abrantes 2011
  51. 51. Estado da Técnica
  52. 52. Sumário da Invenção
  53. 53. O relatório descritivo é uma das partes mais difíceis de interpretar uma vez que apresentam informações da nova invenção e de outras invenções similares que foram desenvolvidas anteriormente. A partir da perspectiva da busca e da mineração de dados esta divisão dentro do estudo pode levar a erros devido a dificuldade de determinar se os termos encontrados ou analisados referem-se a invenção ou ao estado da técnica. Portanto não se indica a realização de mineração de texto ou análise no texto completo de uma patente devido a ambiguidade inerente ao relatório descritivo. Relatório descritivo
  54. 54. - Estrutura do Documento de Patente - Informações bibliográficas - Folha de rosto - Relatório descritivo - Reivindicações Conceitos básicos
  55. 55. Reivindicações As reivindicações representam o escopo legal de proteção de uma patente sendo indiscutivelmente a parte mais importante das patentes uma vez que definem as fronteiras dos direitos protegidos. Com relação aos estudos envolvendo as patentes, a análise das reivindicações normalmente são conduzidas de acordo com cada caso e somente nos documentos que são considerados de alto interesse baseado na interpretação dos outros dados analisados no estudo.
  56. 56. A partir da leitura das reivindicações...
  57. 57. Família de patentes
  58. 58. Imagine
  59. 59. Não seria ...
  60. 60. A família de patentes ajuda - Reduzir a carga de trabalho - Ultrapassar as barreiras linguísticas - Descobrir invenções relacionadas - Definir a corbertura geográfica - Identificar tendências tecnológicas Família de patentes
  61. 61. O que significa Família de Patentes ? Um conjunto de patentes depositadas em vários países visando a proteção de uma invenção. Onde o “direito a prioridade” do primeiro depósito é estendido aos depósitos subsequentes em outros países. Fonte: EPO Família de patentes
  62. 62. Família de pessoas são relacionadas por meio do parentesco Família de invenções são relacionadas por meio da prioridade Famílias
  63. 63. Família extendida Família simples Pessoas
  64. 64. Segundo o Esp@cenet: Família Simples: composta por documentos que possuem exatamente a mesma prioridade ou combinação de prioridades; Família estendida: composta por documentos ligados direta ou indiretamente por um documento de prioridade. Fonte: EPO Família de patentes
  65. 65. PRIORIDADE P1 PRIORIDADE P2 PRIORIDADE P3 DOCUMENTO D3 DOCUMENTO D4 DOCUMENTO D2 DOCUMENTO D1 Patentes Família estendida Família simples
  66. 66. Família de patentes – são documentos de patente depositados em diferentes países e que possuem prioridades em comum. Os pedidos da mesma família podem apresentar diferenças entre si quanto ao conteúdo, como resultado do processo de exame diferenciado em cada país, ou porque não apresentam exatamente as mesmas prioridades. O pedido original é o primeiro pedido depositado. Os outros pedidos podem referir-se a ele, se forem depositados no período de um ano de prioridade unionista tal como estabelecido na Convenção de Paris. Fonte: Abrantes 2011 Informações associadas ao documento de patente
  67. 67. • Introdução • Conceitos básicos para elaboração de estudos de monitoramento • Apresentação das bases de patente, formas de recuperação e ferramentas disponíveis para o tratamento dos dados • Estudo de casos Roteiro
  68. 68. Bases de patentes de escritórios nacionais
  69. 69. Bases de Patente de Escritórios Nacionais - Geralmente disponíveis para busca sem custo - Alguns separam a busca de patentes publicadas e concedidas - A maioria permite buscar em Inglês independente da língua nativa - Possuem diferentes sintaxes de busca e funcionalidades - Alguns permitem o “download” dos documentos da busca - Poucos dispõem de exportação dos dados bibliográficos dos documentos - Análise on-line dos documentos da busca de forma elementar - EPO (Espacenet) e WIPO (Patentscope)
  70. 70. Espacenet
  71. 71. - Acesso a base de patentes de mais de 80 países - Possui diferentes sintaxes de busca - Possui documentos citados e citantes - Permite o “download” dos documentos da busca - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos Espacenet
  72. 72. http://worldwide.espacenet.com/help?locale=en_EP&method=handleHelpTopic&topic=coverageww Acesso a base de patentes de mais de 80 países Espacenet
  73. 73. - Acesso a base de patentes de mais de 80 países - Possui diferentes sintaxes de busca - Possui documentos citados e citantes - Permite o “download” dos documentos da busca - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos Espacenet
  74. 74. http://documents.epo.org/projects/babylon/eponet.nsf/0/4E8744EB66E8F944C12577D600598EEF/$File/espacenet_brochure_en.pdf Possui diferentes sintaxes de busca Espacenet
  75. 75. http://documents.epo.org/projects/babylon/eponet.nsf/0/4E8744EB66E8F944C12577D600598EEF/$File/espacenet_brochure_en.pdf Espacenet
  76. 76. Exemplo: IC = F41 and PN=BR and pd>=1993 Espacenet
  77. 77. Espacenet
  78. 78. Exemplo: IC = F41 and PN=BR and pd within “01.01.2002 31.12.2012” Espacenet
  79. 79. - Acesso a base de patentes de mais de 80 países - Possui diferentes sintaxes de busca - Possui documentos citados e citantes - Permite o “download” dos documentos da busca - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos Espacenet
  80. 80. Espacenet
  81. 81. Espacenet
  82. 82. - Acesso a base de patentes de mais de 80 países - Possui diferentes sintaxes de busca - Possui documentos citados e citantes - Permite o “download” dos documentos da busca - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos Espacenet
  83. 83. Espacenet
  84. 84. - Acesso a base de patentes de mais de 80 países - Possui diferentes sintaxes de busca - Possui documentos citados e citantes - Permite o “download” dos documentos da busca - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos * Espacenet
  85. 85. Espacenet
  86. 86. Espacenet
  87. 87. Espacenet
  88. 88. Espacenet
  89. 89. Mais de 34 milhões de patentes Patentscope
  90. 90. - Acesso a base de patentes de mais de 30 * países e pedidos PCT - Permite diversas combinações de campo de busca - Permite o “download” dos documentos da busca * - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos * Patentscope
  91. 91. http://patentscope.wipo.int/search/en/help/data_coverage.jsf Patentscope
  92. 92. - Acesso a base de patentes de mais de 30 * países e pedidos PCT - Permite diversas combinações de campo de busca - Permite o “download” dos documentos da busca * - Dispõe de exportação dos dados bibliográficos dos documentos * Patentscope
  93. 93. Patentscope
  94. 94. Exemplo: Panorama F41 ou F42 Patentscope
  95. 95. Patentscope
  96. 96. Patentscope
  97. 97. Patentscope
  98. 98. Patentscope
  99. 99. Patentscope
  100. 100. Patentscope
  101. 101. Patentscope
  102. 102. Patentscope
  103. 103. Busca realizada em 2009 Patentscope
  104. 104. Patentscope
  105. 105. Patentscope
  106. 106. Patentscope
  107. 107. Patentscope
  108. 108. Derwent Innovations Index (DII) via Portal Capes  Possibilita a busca e recuperação de informações relativas a depósitos de patentes em mais de 80 países, por meio de busca em vários campos.  Os resumos dos documentos de patente indexados são refeitos por especialistas em diferentes áreas do conhecimento. Permite a elaboração de estatísticas dos dados de patente.  Disponível, gratuitamente, via Portal Capes para universidades federais e algumas estaduais.  O custo de acesso desta base via bancos de dados privados é extremamente alto.
  109. 109. Busca Simplificada
  110. 110. Combinando os resultados das buscas…
  111. 111. Combinando os resultados das buscas…
  112. 112. Listando os documentos obtidos na busca…
  113. 113. Listando os documentos obtidos na busca…
  114. 114. Elaborando outras estatísticas que não as ofeceridas pela base Derwent Innovations Index…
  115. 115. Retornando aos resultados da 1a busca…
  116. 116. Download dos dados bibliográficos dos documentos (1-500) para Excel (versão anterior)
  117. 117. Download dos dados bibliográficos dos documentos (1-500) para Excel (versão nova)
  118. 118. Planilha em Excel com os dados bibliográficos dos 500 primeiros pedidos
  119. 119. Outras bases de dados gratuitas - On-line
  120. 120. Bases de Patentes Gratuitas - Online - Características similares às bases dos escritórios nacionais - Algumas oferecem características adicionais normalmente não encontradas nas bases dos escritórios nacionais - Permitem a busca em diversos dados bibliográficos das patentes - Exemplos: Patentlens, Chemspider, PatentInspiration
  121. 121. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  122. 122. http://www.patentlens.net/patentlens/structured.html Bases de Patentes Gratuitas - Online
  123. 123. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  124. 124. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  125. 125. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  126. 126. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  127. 127. http://www.patentinspiration.com/ Bases de Patentes Gratuitas - Online
  128. 128. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  129. 129. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  130. 130. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  131. 131. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  132. 132. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  133. 133. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  134. 134. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  135. 135. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  136. 136. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  137. 137. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  138. 138. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  139. 139. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  140. 140. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  141. 141. Bases de Patentes Gratuitas - Online
  142. 142. Bases de dados de patente comerciais
  143. 143. Bases de dados comerciais • Indexação aperfeiçoada - títulos, resumos e índices bibliográficos são aperfeiçoados “traduzindo” a linguagem usada nas patentes em termos mais comuns aos usuários. • Sistemas integrados - os principais fornecedores comerciais permitem ao usuário buscar, refinar, revisar, analisar e compartilhar projetos e resultados de busca dentro do mesmo sistema. • Exportação com maior grau de liberdade - geralmente possuem um limite superior de campos buscáveis, fornecendo maiores opções para o usuário explorar. • Ferramentas para tratamento e refino dos dados - frequentemente são encontrados erros tipográficos no nome dos depositantes das patentes ou dos inventores. Muitas bases de dados possuem ferramentas que auxiliam os usuários durante a harmonização dos dados, resultando em redução de tempo no preparo dos dados a serem analisados.
  144. 144. Empresa Americana: Permite acesso a 900 bases de dados em todas as áreas de conhecimento. Endereço: www.dialog.com. Empresa Alemã: Acesso em mais de 300 bases de dados de informação em ciência e tecnologia. Endereço: www.fiz-karlsruhe.de Empresa Francesa: Acesso a todas as áreas de conhecimento. Especializada em inteligência competitiva . Endereço: www.questel.orbit.com Bases de dados comerciais
  145. 145. • Introdução • Conceitos básicos para elaboração de estudos de monitoramento • Apresentação das bases de patente, formas de recuperação e ferramentas disponíveis para o tratamento dos dados • Estudo de casos Roteiro
  146. 146. Estudos de monitoramento tecnológico publicados pelo INPI
  147. 147. www.inpi.gov.br
  148. 148. Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  149. 149. Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente Diretoria de Cooperação para o Desenvolvimento – DICOD Centro de Disseminação da Informação Tecnológica – CEDIN Coordenação de Estudos e Programas – CEPRO Maio 2008
  150. 150. Análise das atividades de pesquisa e desenvolvimento em Biodiesel no mundo e no Brasil, utilizando pedidos de patente como indicadores. Objetivo
  151. 151.  Planejamento – escolha da base, critérios para a busca (classificação, palavras-chave, período, etc)  Busca  Refino e Tratamento  Análise e determinação de tendências  Conclusão Etapas
  152. 152.  Busca  Refino e Tratamento  Análise e determinação de tendências  Conclusão Etapas
  153. 153. Objetivo - Recuperar o máximo de documentos sobre a tecnologia a ser estudada. Etapas: 1. Escolha da base de dados 2. Estratégia de busca Busca
  154. 154. Objetivo do trabalho: Determinar tendências de patenteamento em biodiesel em nível mundial. Bases escolhidas – abrangência mundial Busca
  155. 155. • Epodoc – acervo de mais de 10 milhões documentos. • DWPI e Chemical Abstracts – busca com palavras-chave é feita no DWPI, mas a informação referente aos documentos é recuperada na base Epodoc. • Base de Patentes do INPI Bases Consultadas Escolha da Base de Patentes
  156. 156. Busca - Biodiesel ou Bio()diesel  EPODOC – Cada registro representa um documento de patente  467 famílias  DWPI – Cada registro representa uma família de documentos de patentes  1475 documentos  Chemical Abstracts - Cada registro de patente representa o primeiro documento da família.  Espacenet – Só disponibiliza os primeiros 500 registros, sendo que cada um representa uma família. Base Pesquisada Registros Epodoc 886 DWPI 577 Chemical Abstracts 605 Espacenet 483
  157. 157. Busca – Biodiesel ou Bio()diesel Derwent EPODOC Chemical Abstracts** INPI* X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X Total 1981 1475 886 605 73 1 1 2 2 14 22 31 44 386 730 Número de Documentos 109 204 204 231 * A base engloba somente depósitos no Brasil **A base disponibiliza apenas o primeiro documento publicado de cada família
  158. 158. Busca – Estratégia de busca  Primeira patente de biodiesel  1937 (G. Chavanne, em Bruxelas/Bélgica. Patente 422.877)  Biodiesel  Termo utilizado pela primeira vez em 1988, por WANG R., no artigo “Development of Biodiesel Fuel”, Taiyangneng Xuebao 9:434-436(1988), China. Necessário Ampliar a Busca
  159. 159. Busca – Estratégia de busca  Termos - “fatty acid” / ester / methyl ou ethyl ou alkyl / diesel ou fuel  busca nas bases DWPI e Epodoc  Busca na base XFULL do sistema Epoque  busca no documento completo Ampliação da Busca Biodiesel  Mistura de ésteres mono-alquílicos de ácidos graxos (ésteres de ácidos graxos etílicos ou metílicos)
  160. 160. Busca - Resultado 6932 documentos de pedidos e/ou patentes 2836 famílias de patentes Como tratar?
  161. 161. Etapas  Busca  Refino e Tratamento  Análise e determinação de tendências  Conclusão
  162. 162. Refino e Tratamento dos Dados  Ferramenta utilizada  banco de dados Access  Dados exportados da base Epodoc em txt, tratados e inseridos na base de dados criada em Access.  Informações importadas • Indexador; • título; • IPC; • nº de publicação; • nº do pedido; • entre outros. • país de publicação; • nº da prioridade; • ano de publicação; • depositante; • resumo; • inventor;
  163. 163. Etapas • download dos registros das bases; • indexação dos registros em um banco de dados em Access; • leitura dinâmica dos documentos; • uniformização e consolidação dos dados; • estatísticas e análise dos resultados; e • conclusão. Refino e Tratamento dos Dados
  164. 164. Exemplos de algumas tecnologias descritas em pedidos sobre o tema “…Continuous method of preparing biological diesel oil…”  Produção de biodiesel “…Fuel preparation, useful for diesel engines, comprises vegetable oil monoalcohol esters, and paraffins, olefins and alcohols…”  Composição “…Fuel injector for diesel engine used for road vehicles, trains, airplane and marine craft, activates magnetic field generation units to generate magnetic field changing at ultrasonic frequencies within cavity, on fuel injection detection to combustion chamber…”  Motores e Setor Automotivo Setores Diferentes!!!!! Refino e Tratamento dos Dados
  165. 165. Setores descritos em patentes relacionadas a biodiesel:  produção de biodiesel  Composições  Automotivo  matéria-prima  uso de subprodutos  outros Como separar os documentos ? Refino e Tratamento dos Dados
  166. 166. v
  167. 167. Uniformização dos depositantes “INST FRANCAIS DU PETROL” “INSTUTUTFRANCAIS DU PETROLE” “INST DU PETROLE” IFP – INSTITUTE FRANCAIS DU PETROLE Refino e Tratamento dos Dados
  168. 168. Após a leitura dos títulos e resumos:  2846 pedidos de patente (1021 famílias) foram retirados da base por não estarem relacionados a biodiesel.  Os outros 4197 (1808 famílias) pedidos de patente foram separados em 8 setores: Setor Nº de Pedidos de Patente Nº de Famílias de Patentes Produção de Biodiesel 1494 762 Composição 1265 399 Setor Automotivo 417 195 Matéria prima 330 194 Biodiesel - outros usos 294 103 Outros 184 65 Uso de subprodutos 135 51 Produção de biodiesel - Catalisadores ou enzimas 78 39 Total 4197 1808 Refino e Tratamento dos Dados
  169. 169. Etapas  Busca  Refino e Tratamento  Análise e determinação de tendências  Conclusão
  170. 170. Análise Base de dados relacional permite diversas correlações de dados:  nº de depósitos x ano  nº de documentos x depositantes  origem da tecnologia  ano x depositante  nº de documentos x classificação  outras…
  171. 171. 0 50 100 150 200 250 300 350 400 450 2006 2004 2002 2000 1998 1996 1994 1992 1990 1988 1986 1984 1982 1980 1978 1976 1974 1972 1970 1968 1966 1964 1962 1960 Ano de Publicação NºdePedidosdePatente Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente Nº de Pedidos de Patente em Biodiesel Publicados por Ano no Mundo
  172. 172. 0 5 10 15 20 25 30 35 40 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997 1996 1995 1994 1993 1992 1991 1990 1989 1988 1987 1986 1985 1984 1983 1982 1981 Ano de Publicação NºdePedidosdePatente Nº de Pedidos de Patente em Biodiesel Publicados por Ano no Brasil Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  173. 173. Principais Depositantes de Patentes Relacionadas a Biodiesel no Mundo (1996-2006) 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 MONSANTO [US] THE LUBRIZOL CORPORATION[US] MERTECLCC[US] AFTONCHEMICAL CORPORATION(EX- ETHYL PETROLEUM ADDITIVES, INC.) [US] ETHYL CORPORATION[US] BASF [DE] CLARIANT[DE] IFP - INSTITUTFRANCAIS DUPETROLE [FR] TSINGHUA UNIVERSITY [CN] J. EBERSPACHERGMBH& CO. KG [DE] CARGILL INC[US] COGNIS [DE] RENESSENLLC[US] LEUNA POLYMERGMBH[DE] NIPPONSHOKUBAICO., LTD. [JP] SHELL [HL] CLEANDIESEL TECHNOLOGIES, INC.[US] O2DIESEL CORP (ex - AAE TECH. INT.) [US] PIONEERHIBREDINT[US] SIEGFRIED, PETER[DE] SUMITOMO CHEMICAL COMPANY [JP] AB-CWT, LLC[US] DUPONT[US] PETROLEO BRASILEIRO S.A.- PETROBRAS [BR] CDM CONSULTING KK [JP] ENERGEA UMWELTTECHNOLOGIE GMBH[AT] KIMBERLY CLARK CO [US] MALAYSIANPALM OIL BOARD[MY] Depositantes Número de Pedidosde Patente Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  174. 174. Mundo
  175. 175.  Cabe ressaltar que os Estados Unidos optaram por proteger as novas cultivares por meio do sistema de patentes, razão pela qual a Monsanto aparece liderando o ranking dos depositantes de patentes de biodiesel. No Brasil, estas cultivares não estão protegidas pelo sistema de patentes. Observações... A Lei de Proteção de Cultivares e a Lei da Propriedade Industrial são mecanismos distintos de proteção à propriedade intelectual. • A proteção de cultivares não é patente de novas variedades vegetais. • Os direitos de exclusividade concedidos pela Lei de Cultivares não impedem o uso, para pesquisa, de cultivar protegida para a obtenção de novos cultivares por terceiros, mesmo sem a autorização do detentor do direito. Proteção no Brasil
  176. 176. Principais depositantes em Biodiesel no Brasil (documentos publicados entre 1996-2006) 0 1 2 3 4 5 6 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ [BR] ROHMAXADDITIVES GMBH [DE] AFTON CHEMICAL CORPORATION (EX- ETHYL PETROLEUM ADDITIVES, INC.) [US] THE LUBRIZOL CORPORATION [US] IFP - INSTITUT FRANCAIS DU PETROLE [FR] O2DIESEL CORP (ex - AAE TECH. INT.) [US] COGNIS [DE] MONSANTO [US] CARGILL INC [US] RENESSEN LLC [US] ETHYL CORPORATION [US] PETROLEO BRASILEIRO S.A.- PETROBRAS [BR] SIEGFRIED, PETER [DE] STEPAN COMPANY [US] Depositantes Nº de Pedidos de Patente Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  177. 177. Brasil
  178. 178. Produção de Biodiesel 40% Biodiesel - outros usos 6% Setor Automotivo 11% Catalisadores ou enzimas 2% Uso dos Subprodutos 3% Matéria Prima 11% Outros 4% Composição 23% Distribuição Setorial dos Pedidos de Patente Relacionados a Biodiesel no Mundo, no Período 1996-2006 (nº de pedidos publicados no período - 1371) Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  179. 179. Distribuição Setorial dos Pedidos de Patente Relacionados a Biodiesel no Brasil no Período 1996-2006 (nº de pedidos publicados no período - 112) Produção de Biodiesel 47% Composição 27% Setor Automotivo 4% Outros 6% Catalisadores ou enzimas 2% Uso dos Subprodutos 2% Matéria Prima 9% Biodiesel - outros usos 4% Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  180. 180. Distribuição Setorial dos Pedidos de Patente Relacionados a Biodiesel de Depositantes Brasileiros no Período 1996-2006 (nº de pedidos publicados no período - 35) Mapeamento Tecnológico do Biodiesel sob o Enfoque de Documentos de Patente
  181. 181. Conclusões O estudo identificou o estágio atual da P&D em biodiesel no Brasil e no mundo, mapeando os principais depositantes, suas tecnologias, os países nos quais elas estão sendo desenvolvidas e protegidas e o grau de desenvolvimento tecnológico. Próximas etapas:  utilização da banco de dados criado para este estudo no desenvolvimento de outros levantamentos com enfoque em cada um dos elos da cadeia de biodiesel.  estudos prospectivos, que levem em consideração os resultados apresentados neste trabalho, direcionados a formuladores de políticas públicas, ao meio acadêmico e às empresas atuantes no setor.
  182. 182. Oficina de Monitoramento Tecnológico Fiocruz / RJ 30 e 31 de outubro de 2013 Ricardo Carvalho Rodrigues Pesquisador DICOD/ACAD/COPPG Rafaela Di Sabato Guerrante Pesquisador DICOD/CEDIN/OBTEC Obrigado!!!

×