Minha Casa Minha Vida

418 visualizações

Publicada em

Titulo: Minha Casa Minha Vida
Alunos:Ana Luisa Bellavinha Maciel,Gabriela Kascher,Marcelo Rideg Moreira,Maria Thereza de Vasconcellos Chagas,Mariana Duttas,Phaolla,
Cidade: Belo Horizonte
Disciplina: G. Programas
Turma: GP54
Data:02-12-2014
Hora:12:14
Comentarios:Programa consiste na contratação de empresas para a construção de 3.600.000 casas com subsídio do governo para famílias de baixa renda, com renda familiar mensal de até
R$ 1.600,00, em todas as regiões do Brasil - Norte, Nordeste,
Centro, Oeste, Sudeste e Sul.
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Minha Casa Minha Vida

  1. 1. TRABALHO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS Trabalho apresentado à disciplina de Gerenciamento de Programas do curso de MBA em Gerenciamento de Projetos da FGV – Turma 54. Orientador: Marco Antônio Coghi, Doutor Belo Horizonte, Novembro/2014
  2. 2. PROGRAMA: REALIZAÇÃO:
  3. 3. EQUIPE Marcelo Rideg Mariana Du<as Thereza Chagas Phaolla Mendonça Ana Luisa Bellavinha Gabriela Kascher
  4. 4. GERENTE DO PROGRAMA: PROGRAM MANAGER THEREZA CHAGAS GERENTE DO PROJETO NORTE: NORTH PROJECT MANAGER GABRIELA KASCHER GERENTE DO PROJETO NORDESTE: NORTHEAST PROJECT MANAGER PHAOLLA DE PAULA GERENTE DO PROJETO CENTRO-OESTE: CENTER-WEST PROJECT MANAGER ANA LUISA BELLAVINHA GERENTE DO PROJETO SUDESTE: SOUTHEAST PROJECT MANAGER MARCELO RIDEG GERENTE DO PROJETO SUL: SOUTH PROJECT MANAGER MARIANA DUTTAS
  5. 5. Em 2009, o APRESENTAÇÃO Governo Federal implantou o Programa Minha Casa Minha Vida-­‐ PMCMV, como uma estratégia para recuperar o passivo social relacionado ao déficit habitacional acumulado, e à demanda futura esXmada até 2023. Além de buscar eliminar a precariedade e a coabitação, levando à população de baixa renda condições dignas de moradia, o Programa ainda tem impacto significaXvo na economia do país. O desafio não é simples de equacionar, mas os números mostram que o país está no caminho. A perspecXva é que, em dez anos, os brasileiros alcancem um novo patamar de acesso à moradia de baixa renda.
  6. 6. O Programa aqui apresentado consiste na contratação de empresas para a construção de 3.600.000 casas com subsídio do governo para famílias de baixa renda, com renda familiar mensal de até R$ 1.600,00, em todas as regiões do Brasil-­‐ Norte, Nordeste, Centro-­‐ Oeste, Sudeste e Sul. Este programa será gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela CAIXA. A execução das obras do empreendimento é realizada por Construtora contratada pela CAIXA, que se responsabiliza pela entrega dos imóveis concluídos e legalizados. Os imóveis contratados são de propriedade exclusiva do CAIXA e integram seu patrimônio até que sejam alienados.
  7. 7. A quem se desWna As famílias a serem beneficiadas pelo Programa são indicadas e selecionadas pelo município ou Governo do Estado/Distrito Federal. Os imóveis são adquiridos pelas famílias beneficiadas por venda com parcelamento. Origem dos Recursos Para viabilizar a construção das unidades habitacionais foram aportados ao FAR -­‐ Fundo de Arrendamento Residencial, recursos transferidos do OGU –Orçamento Geral da União, de acordo com a esXmaXva do déficit habitacional urbano para as famílias com renda até R$ 1.600,00, considerando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD, do InsXtuto Brasileiro de Geografia e EstagsXca – IBGE, referente ao ano de 2008.
  8. 8. TERMO DE ABERTURA DO PROGRAMA Cliente: População brasileira de baixa renda apta a parXcipar do Programa Sponsor: Governo Federal/ Ministério das Cidades Programa: “Minha Casa Minha Vida” Projetos do Programa: * Norte * Nordeste * Centro-­‐Oeste * Sudeste * Sul ObjeWvo: O Programa visa sanar a falta de moradia para população carente de baixa renda, oferecendo casas populares à financiamentos acessíveis e com baixa taxa de juros, além de outras vantagens.
  9. 9. TERMO DE ABERTURA DO PROGRAMA JusWficaWva: • Alto déficit habitacional para população de baixa renda no Brasil • Grande percentual da população com baixo nível de renda familiar (e elevadas despesas com alugueis) • Altas taxas de criminalidade e insegurança nas periferias das cidades • Ocupação territorial de forma irregular e desordenada. Requisitos: • Atender as normas ambientais e de construção civil vigentes no Brasil • Construtoras deverão atender integralmente o projeto civil desenvolvido, o padrão de qualidade e prazo estabelecido no programa • Atendimento integral do manual de operações do Programa para construção civil das construtoras • Casas aprovadas pela Caixa Econômica Federal.
  10. 10. TERMO DE ABERTURA DO PROGRAMA Principais Marcos: • Licitação/ Implantação • Aprovações • Terraplanagem • Obras • Vistorias • Entrega Principais Riscos: • Não adequação aos padrões de qualidade por parte da construtora • Atraso no prazo de entrega das casas • Não adesão da população ao Programa • Oportunidade de Renovação do Programa
  11. 11. TERMO DE ABERTURA DO PROGRAMA Designação do Gerente do Programa: •Autoridade para contratar e nomear a Equipe de Gerentes de Projeto; •Contratar fornecedores; •IdenXficar e Acompanhar possíveis mudanças necessárias •Comunicação com o Cliente Final. Prazo: 04 anos, com revisão de metas e redistribuição de recursos por região Orçamento: 180 bilhões de reais Número de Casa entregue por ano: Ano 01 -­‐ 800.000 Ano 02 -­‐ 1.000.000 Ano 03 -­‐ 1.000.000 Ano 04 -­‐ 800.000 _______________________ Thereza Chagas Gerente do Programa
  12. 12. Programa de Habitação Minha Casa Minha Vida Norte Licitação/ Implantação Aprovações Terraplanage m Obras Vistoria Entrega Nordeste Licitação/ Implantação Aprovações Terraplanage m Obras Vistoria Entrega Centro-­‐ oeste Licitação/ Implantação Aprovações Terraplanage m Obras Vistoria Entrega Sudeste Licitação/ Implantação Aprovações Terraplanage m Obras Vistoria Entrega Sul Licitação/ Implantação Aprovações Terraplanage m Obras Vistoria Entrega
  13. 13. FLUXOGRAMA DE INICIAÇÃO E PLANEJAMENTO
  14. 14. FLUXOGRAMA DE EXECUÇÃO
  15. 15. FLUXOGRAMA DE ENCERRAMENTO

×