Indices financeiros

266 visualizações

Publicada em

good archive,how to develop a good investiment tool, aproaching a wide view based RSPL and detailed issues

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
266
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Indices financeiros

  1. 1. ANÁLISE FINANCEIRA DO INVESTIMENTO As demonstrações financeiras fornecem um conjunto de dados organizados sobre a empresa, que com o emprego de técnicas de análise, transformam-se em informações que poderão orientar o processo decisório do empresário. Índices Financeiros Os índices são relações entre grupos de contas do Balanço Patrimonial e da Demonstração de Resultado do Exercício, refletindo a situação econômica, financeira e de estrutura do capital da empresa. Índices de Rentabilidade Retorno sobre o Patrimônio Líquido – RSPL Este Índice mede quanto à empresa gerou de lucro pelo capital investido. Ao ser comparado com os rendimentos das aplicações no mercado, essa taxa indica se o negócio está valendo a pena ou não para os proprietários da empresa. RSPL = Lucro Líquido x 100 Patrimônio Líquido Ex.: Se o Lucro Líquido, depois do Imposto de Renda, é de R$ 230.000 e o Patrimônio Líquido for de R$ 1.954.000, então temos: RSPL = 230000 x 100 = 11,77% 1954000 Interpretando, o investimento de R$ 1.954.000, pelos proprietários da empresa, gerou um retorno de 11,77%. Este percentual pode ser comparado com os rendimentos de mercado para verificar a viabilidade do investimento. Retorno sobre o Ativo Total – RSA Mede a eficiência global da administração na geração de lucros com seus ativos disponíveis. Quanto mais alta esta taxa, melhor. RSA = Lucro Líquido x 100 Ativo Total Ex.: Se o Lucro Líquido, depois do Imposto de Renda, é de R$ 230.000 e o Ativo Total for de R$ 3.597.000, então temos: RSA = 230000 x 100 = 6,39% 3597000 Interpretando, o lucro líquido corresponde a 6,39% de todo o ativo da empresa.
  2. 2. Índices de Liquidez Os Índices de Liquidez indicam a estrutura da situação econômica da empresa. Bons índices de liquidez demonstram que a empresa possui capacidade de pagar seus credores. Os principais Índices de Liquidez são: Liquidez Corrente – LC Através deste índice verifica-se a capacidade da empresa em pagar seus compromissos a curto prazo. Dessa forma, o Índice de liquidez corrente indica quanto a empresa possui em haveres e direitos de curto prazo para cada R$ 1,00 de obrigação vencível, também a curto prazo. LC = Ativo Circulante (AC) Passivo Circulante (PC) Se o LC for superior a 1, existe Capital Circulante Líquido ( CCL = AC – PC ) positivo, ou seja, a empresa goza de certa folga financeira. O índice de liquidez mais elevado demonstra uma maior capacidade potencial de pagamento, mas não há garantias de que o pagamento das dívidas ocorrerá, de fato, dada a natureza estática desses indicadores. Ex.: Se o Ativo Circulante de uma empresa é de R$ 1.223.000 e o Passivo Circulante for de R$ 620.000 então temos: LC = 1223000 = 1,97 620000 Interpretando, a empresa possui R$ 1,97 de ativo circulante para cada R$ 1,00 de passivo circulante (dívida) Liquidez Seca – LS Devemos lembrar que as três formas básicas de ativo circulante incluem dinheiro, contas a receber e estoques. Podemos tornar nossa medição da liquidez mais restritiva se excluirmos do numerador o estoque, que constitui a porção do ativo circulante dotada de menor liquidez. LS = Ativo Circulante(AC) – Estoque(ES) Passivo Circulante (PC) Ex.: Se o Ativo Circulante de uma empresa é de R$ 1.223.000, tem Estoque de R$ 289.000 e o Passivo Circulante for de R$ 620.000 então temos: LS = (1223000 – 289000) = 1,51 620000
  3. 3. Interpretando, mesmo excluindo o estoque, a empresa possui R$ 1,51 de ativo circulante para cada R$ 1,00 de passivo circulante (dívida) Índices de Atividade Prazo Médio de Estocagem – PME O Prazo Médio de Estocagem, na empresa comercial, corresponde ao tempo médio, em dias, necessário à completa renovação dos estoques. Na empresa industrial, corresponde ao tempo de produção e estocagem. PME = Estoque x 360 . Custo da Mercadoria Vendida Quanto maior for esse índice, maior será o prazo pelo qual os produtos permanecerão estocados e serão mais elevadas as necessidades de investimentos em estoques. Ex.: Se o Estoque é de R$ 289.000 e o Custo da Mercadoria Vendida for de R$ 2.088.000, então temos: PME = 289000 x 360 = 49,83 dias 2088000 Interpretando, o resultado informa quantos dias de venda poderão ser atendidos com os estoques existentes. Prazo Médio de Recebimento – PMR Este índice expressa o tempo médio, em dias que a empresa necessita para converter seus itens de contas a receber em dinheiro. PMR = Contas a Receber x 360 Vendas anuais Ex.: Se o Contas a Receber é de R$ 503.000 e as Vendas anuais são de R$ 3.074.000, então temos: PMR = 503000 x 360 = 58,91 dias 3074000 Interpretando, a empresa leva, em média, 58,9 dias para converter o contas a receber em dinheiro. Prazo Médio de Pagamento – PMP Mede quanto tempo, em média, a empresa leva para pagar seus fornecedores.
  4. 4. A dificuldade para calcular este índice decorre do fato de não termos o valor das compras anuais disponíveis nas demonstrações financeiras. PMP = Contas a Pagar x 360 Compras anuais Ex.: Se o Contas a Pagar é de R$ 382.000 e as Compras anuais são de R$ 1.461.600, então temos: PMP = 382000 x 360 = 94,09 dias 1461600 Interpretando, a empresa leva, em média, 94,09 dias para pagar os seus fornecedores. É interessante para as empresas que o Prazo Médio de Recebimento seja menor que o Prazo Médio de Pagamento, exigindo, assim, menos capital de giro. Índices de Endividamento Endividamento Geral – EG Este índice mostra se a empresa esta sendo financiada mais através de capital de terceiros ou através do patrimônio da empresa. EG = (Passivo Circulante + Passivo não Circulante) x 100 Ativo Total Ex.: Se o Capital de Terceiros (Passivo Circulante + Passivo não Circulante) é de R$ 1.643.000 e o Ativo Total for de R$ 3.597.000, então temos: EG = 1.643.000 x 100 = 45,68% 3.597.000 Interpretando, o capital de terceiros financia 45,68% dos investimentos da empresa e o capital próprio está financiando 54,32%. Composição do Endividamento – CE Este índice mostra a participação de dívidas a curto prazo em relação à divida total com terceiros, mostrando o aperto ou a folga da empresa. CE = . PC x 100 . Passivo Circulante + Passivo não Circulante
  5. 5. Ex.: Se o Passivo circulante é de R$ 620.000 e o Capital de Terceiros (Passivo Circulante + Passivo não Circulante) for de R$ 1.643.000, então temos: CE = 620.000 x 100 = 37,74% 1.643.000 Interpretando, a dívida de curto prazo da empresa, com terceiros, corresponde a 37,74% e a de longo prazo 62,26%.

×