ITI – 100
Tecnologia da Informação Aplicada à
Logística
ITI – 100
Tecnologia da Informação Aplicada à
Logística
IntroduçãoIntrodução
Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação
Hoje as organizações passam a valorizar a coletividade ao invés do indivíduo
...
Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação
Para conseguir o diferencial necessário, a informação passa a ser a base para...
Era Pós-Industrial : Sociedade da
Informação
Era Pós-Industrial : Sociedade da
Informação
O grande desafio das empresas no...
Era Pós-Industrial : Sociedade da
Informação
Era Pós-Industrial : Sociedade da
Informação
Um sistema de informação (SI) é ...
Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação
DADOS
Dados consistem numa cadeia de caracteres ou padrões sem interpretaçã...
Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação
TIPOS DE DADOS
Dados Alfanuméricos - Números, letras e outros caracteres.
D...
Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação
Informação (latim informare – dar forma)
Informação consiste num conjunto d...
Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação
Algumas características que a informação precisa ter:
• Clara - apresentar ...
A informação ValiosaA informação Valiosa
Se a informação não for precisa ou completa, decisões ruins podem ser
tomadas, e,...
ConhecimentoConhecimento
O conhecimento representa a percepção e a compreensão de um conjunto de
informações e de como est...
ConhecimentoConhecimento
O conjunto de dados, regras, procedimentos e relacionamentos que precisam
ser seguidos para agreg...
Dado não é Informação e
Informação não é Conhecimento
Dado não é Informação e
Informação não é Conhecimento
No mundo corpo...
Conceito de SistemasConceito de Sistemas
Quando se fala em sistemas, a maioria das pessoas visualiza os sistemas de
comput...
Conceito de SistemasConceito de Sistemas
Existem muitos sistemas que fazem parte do nosso dia-a-dia. Por exemplo, se
olhar...
Conceito de SistemasConceito de Sistemas
Podemos afirmar ainda que um sistema possui subdivisões passíveis de acumular
cer...
Exemplo de SistemasExemplo de Sistemas
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Simples: Possuem pouco componentes; – Rela...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Complexo: Possuem muitos componentes (pess...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Abertos: – Interagem com o ambiente no qua...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Fechados: Não interagem totalmente com o a...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Estáveis (Não-Adaptáveis): – Sofrem pouca ...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Dinâmicos (Adaptáveis): – Sofrem constante...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Permanentes: Existem por muito tempo
Empre...
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Tipos de Sistemas e suas
Classificações
Temporários: Existem por pouco tempo (mese...
Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas
Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas
Entrada (input) – envolve a captação ou coleta de fontes de...
Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas
• Realimentação (feedback) – é a saída que retorna aos memb...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TIL

180 visualizações

Publicada em

Tecnologia aplicada a logistica

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

TIL

  1. 1. ITI – 100 Tecnologia da Informação Aplicada à Logística ITI – 100 Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
  2. 2. IntroduçãoIntrodução
  3. 3. Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação Hoje as organizações passam a valorizar a coletividade ao invés do indivíduo (Programa de Qualidade Total e Brainstorm – que defendem a participação dos grupos de trabalho). Elas precisam estabelecer diferenciais para conquistar o consumidor (público-alvo), já que a concorrência aumentou devido à facilidade de produção em larga escala e os efeitos causados pela globalização; O mercado antes era disputado somente por empresas locais, hoje convive com empresas de diversos lugares do mundo, outros fatores que contribuíram foram: a facilidade do transporte de mercadorias (logística); a divulgação de produtos e transferência de dinheiro entre países.
  4. 4. Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação Para conseguir o diferencial necessário, a informação passa a ser a base para as transformações operacionais e gerenciais exigidas pelo mercado atual (produtos e serviços de qualidade e baixo preço).
  5. 5. Era Pós-Industrial : Sociedade da Informação Era Pós-Industrial : Sociedade da Informação O grande desafio das empresas nos dias de hoje é atender às necessidades de um mercado cada vez mais instável e que determina uma mudança acentuada e constante. Monitorar para entender o mercado, é a palavra de ordem do momento. A coleta de informações é uma maneira de identificar as direções do mercado permitindo às organizações se adaptarem a essas mudanças.
  6. 6. Era Pós-Industrial : Sociedade da Informação Era Pós-Industrial : Sociedade da Informação Um sistema de informação (SI) é um conjunto de componentes inter- relacionados que coletam, manipulam e disseminam dados e informação, proporcionando um mecanismo de feedback para atender a um objetivo. Todos nós interagimos diariamente com sistemas de informação, tanto particularmente como profissionalmente.
  7. 7. Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação DADOS Dados consistem numa cadeia de caracteres ou padrões sem interpretação. É qualquer característica ou elemento identificado em sua forma bruta que por si só não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação. Por exemplo, nome de um funcionário, nº de determinada peça em estoque, nº de horas trabalhadas, etc.
  8. 8. Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação TIPOS DE DADOS Dados Alfanuméricos - Números, letras e outros caracteres. Dados de Imagem – Imagens gráficas ou fotos Dados de Audio - Som, ruídos ou tons Dados de Vídeo - Imagens em movimento
  9. 9. Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação Informação (latim informare – dar forma) Informação consiste num conjunto de dados aos quais seres humanos deram forma para torná-los significativos e úteis. É uma coleção de fatos organizados de modo que adquirem um valor adicional além do valor dos próprios fatos. Por exemplo, um gerente em particular poderia entender que o total de vendas mensais está mais adequado ao seu objetivo, ou seja, é mais valioso, do que o número de vendas de cada representante individual.
  10. 10. Conceitos de InformaçãoConceitos de Informação Algumas características que a informação precisa ter: • Clara - apresentar o fato com clareza, não o mascarando entre fatos acessórios; • Precisa - deve ter alto padrão de precisão e nunca apresentar termos como: “por volta de...” ”cerca de...” “mais ou menos...”; ela precisa não conter erros; • Rápida - chegar ao ponto de decisão em tempo hábil para que gere efeito na referida decisão; • Dirigida - a quem tenha necessidade dela e que irá decidir com base nessa informação.
  11. 11. A informação ValiosaA informação Valiosa Se a informação não for precisa ou completa, decisões ruins podem ser tomadas, e, conseqüentemente, custar para as organizações milhares ou até mesmo milhões de dólares. A transformação de dados em informação é um processo, ou seja, um conjunto de tarefas logicamente relacionadas e executadas para atingir a um resultado definido. O processo de definição de relacionamentos entre dados exige conhecimento.
  12. 12. ConhecimentoConhecimento O conhecimento representa a percepção e a compreensão de um conjunto de informações e de como estas informações podem ser úteis para uma tarefa específica. A busca do conhecimento exige um esforço de investigação para descobrir aquilo que está oculto, que não está compreendido ainda. Podemos ainda concluir que: · Adquirir conhecimento não é reter informação, mas utilizar estas para desvendar o novo e avançar. · Conhecimento é a capacidade de resolver problemas, inovar e aprender baseando-se em experiências prévias;
  13. 13. ConhecimentoConhecimento O conjunto de dados, regras, procedimentos e relacionamentos que precisam ser seguidos para agregar valor ou alcançar resultados adequados constituem a Base de Conhecimento.
  14. 14. Dado não é Informação e Informação não é Conhecimento Dado não é Informação e Informação não é Conhecimento No mundo corporativo, empresas estão sempre em busca do domínio do conhecimento científico e tecnológico. Como? Acumulando, processando, transformando, armazenando, acessando e disponibilizando esses resultados por meio de redes de comunicação.
  15. 15. Conceito de SistemasConceito de Sistemas Quando se fala em sistemas, a maioria das pessoas visualiza os sistemas de computação que automatizam as tarefas diárias, mas, o conceito de sistemas é muito mais amplo. Considera-se sistema um conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem formando um todo unitário e complexo. Ou Conjunto de elementos ou componentes que interagem para a realização de uma série de objetivos de modo organizado e coordenado.
  16. 16. Conceito de SistemasConceito de Sistemas Existem muitos sistemas que fazem parte do nosso dia-a-dia. Por exemplo, se olharmos para uma cidade, podemos afirmar que ela é um sistema urbano que possui interações com vários elementos que a compõem. São eles: Sistema de transporte; Sistema de água e esgoto; Sistema de energia elétrica; Sistema de controle de trânsito; Sistema de segurança pública e outros.
  17. 17. Conceito de SistemasConceito de Sistemas Podemos afirmar ainda que um sistema possui subdivisões passíveis de acumular certos conceitos que, quando aglomerados, demonstram o todo. Definimos, então, subsistema como um sistema menor possuidor de elementos que fazem parte de um sistema maior. No sistema urbano, existe o subsistema de transporte, que por sua vez pode ser subdividido em sistemas de transporte urbano (ônibus circular), transporte ferroviário (trens), transporte metroviário (metrôs), etc.
  18. 18. Exemplo de SistemasExemplo de Sistemas
  19. 19. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Simples: Possuem pouco componentes; – Relação ou interação entre os componentes é descomplicada; – Ex.: misturar ingredientes para fazer um bolo. Entrada: tempo (compra ingredientes), ingredientes, conhecimento (proporção e ordem dos ingredientes) Processamento: misturar os ingredientes e colocar no forno para assar Saída: bolo acabado (assado e pronto)
  20. 20. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Complexo: Possuem muitos componentes (pessoas, máquinas) – Componentes são altamente relacionados e interconectados – Ex.: fabricação de um automóvel (numerosas peças, componentes, equipamentos e pessoal qualificado). Entrada: peças do carro – chassi, motor, suspensão. Processamento: linha de montagem do carro Saída: carro pronto
  21. 21. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Abertos: – Interagem com o ambiente no qual estão inseridos; – Ex.: empresas e universidades são sistemas abertos Plantas, animais, etc. – alto grau de interação com o ambiente. Empresa (entra matéria prima) sai (bens e serviços)
  22. 22. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Fechados: Não interagem totalmente com o ambiente no qual estão inseridos. Apresentam um comportamento totalmente determinístico e programado. Por exemplo, a matemática é um sistema fechado, pois não sofrerá nenhuma influência do meio ambiente, sempre 1+1 será igual a 2.
  23. 23. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Estáveis (Não-Adaptáveis): – Sofrem pouca influência do ambiente no qual estão inseridos; – Mudanças no ambiente resultam em pouca ou nenhuma mudança no ambiente. (Uma pequena empresa que produz brinquedos de blocos de madeira pode ser bastante estável, desde que a fonte de matéria prima e as preferências tenham se mantido).
  24. 24. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Dinâmicos (Adaptáveis): – Sofrem constantes modificações devido às mudanças ocorridas no ambiente que estão inseridos; – Flexibilidade. Fábrica de computadores /equipamentos eletrônicos (mudanças tecnológicas forçam o desenvolvimento de novos produtos)
  25. 25. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Permanentes: Existem por muito tempo Empresas grandes, Universidades (anos)
  26. 26. Tipos de Sistemas e suas Classificações Tipos de Sistemas e suas Classificações Temporários: Existem por pouco tempo (meses) Grupos de pesquisa nas disciplinas; sociedade que se reúne para obtenção de manuscritos raros e valiosos (depois estes são vendidos e a sociedade é desfeita)
  27. 27. Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas
  28. 28. Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas Entrada (input) – envolve a captação ou coleta de fontes de dados brutos de dentro da organização ou de seu ambiente externo (formulários, registros, edição). • Processamento – conversão da entrada bruta em forma mais útil e apropriada (dados classificados, analisados, manipulados através de cálculos, comparações...). • Saída (output) - transferência da informação as pessoas ou atividades que a usarão (gráficos ou relatórios)
  29. 29. Atividades Básicas dos SistemasAtividades Básicas dos Sistemas • Realimentação (feedback) – é a saída que retorna aos membros adequados da organização para ajudá-los a refinar ou corrigir os dados de entrada • Controle – envolve o monitoramento e avaliação do feedback para determinar se o sistema esta se dirigindo para a realização de sua meta.

×