O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Ler, um prazer partilhado

5.226 visualizações

Publicada em

Projeto Todos Juntos Podemos Ler

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ler, um prazer partilhado

  1. 1. Projeto Todos Juntos Podemos Ler Agrupamento de Escola José Cardoso Pires “Ler, um prazer partilhado” A Finalidade deste projeto é a promoção do sucesso escolar, criando oportunidades de leitura para os alunos, incluindo os que apresentam Necessidades Educativas Especiais. Os principais objetivos são: dotar as bibliotecas de recursos em diferentes formatos acessíveis aos alunos com NEE; desenvolver boas práticas de promoção da leitura tendo em conta as capacidades e necessidades dos alunos e contribuir para a implementação de práticas inclusivas. Este projeto contempla todas as escolas e níveis de ensino e o trabalho desenvolvido é articulado entre a BE, a Educação Especial e os docentes, abrangendo a maioria dos alunos com NEE. No 3º ciclo, para além da leitura, adquire outra dinâmica integrando os alunos como Monitores da Biblioteca. No início do ano letivo a equipa responsável dinamiza uma reunião com todos os docentes cujas turmas incluam alunos com NEE, com o objetivo de conhecer o projeto e partilhar experiências, materiais e recursos. Todas as escolas têm BE com boas acessibilidades estando equipadas com computadores e tablets com aplicações adequadas aos alunos. Dispõem de software atualizado e fundo documental em formato acessível. Alguns destes equipamentos e materiais resultaram da implementação do projeto e possibilitaram novas experiências de aprendizagem promotoras da literacia leitora. As principais atividades realizadas são: trabalhos de expressão plástica; dramatizações; filmes; textos; fichas adaptadas; reconto oral; PPT feito pelos alunos com textos e ilustrações e leitura e gravação de histórias para narração de filmes. E os recursos produzidos são: painéis, cartazes, fichas, fantoches, livros com e sem SPC, BD e jogos.
  2. 2. O que conseguimos A generalidade dos alunos partilha ideias e conhecimentos com os pares e as atividades realizadas facilitaram a relação entre os alunos com NEE e a turma. Verificou-se um progressivo domínio da escrita, nomeadamente na interpretação dos textos e evolução na oralidade; satisfatória interação com diferentes suportes de leitura; maior capacidade de concentração e manutenção da atenção nas tarefas propostas; crescente auto estima, confiança e autonomia no trabalho realizado.

×